Anda di halaman 1dari 4

FIBRAS E TIPOS DE TECIDO CONJUNTIVO

1. FIBRAS COLÁGENAS

♦ + freqüentes no tec. conjuntivo


♦ estado fresco - são brancas. P. ex.: tendões (ricos em colágeno)
♦ fibrilas - fibras - feixes
♦ preparado por distensão - cilíndricas, alongadas e flexuosas, têm estriação longitudinal
♦ M.E. - estriação transversal típica, mostrando faixas claras e escuras.
♦ M.O. - acidófilas - róseo (H.E.)

2. FIBRAS RETICULARES

♦ Muito delicadas
♦ H.E. - não são visíveis
♦ PAS ou impregnações argênticas (fibras argirófilas)
♦ Colágeno tipo III e ↑glicídios
♦ Órgãos hematopoéticos (baço, linfonodos, m.o. vermelha)
♦ Redes em torno das céls. musculares, fígado, rins e gls. endócrinas.

3. FIBRAS ELÁSTICAS

♦ Preparados por distensão


♦ H.E. - coram-se mal e irregularmente
♦ Sintetizadas por fibroblastos, condrócitos e céls musculares lisas.

Elastina

M.E. - fibrotúbulos (microfibrilas tubulares) e 1 parte central, amorfa.


⇓ ⇓
glicoproteína elastina
4. FIBRAS ELAUNÍNICAS E OXITALÂNICAS

♦ Menor freqüência
♦ f. elaunínicas - mto fibrotúb. / pouca elastina - pele
♦ f. oxitalânica - fibrotúb. / ligamento periodontal e tendões

TIPOS DE TECIDO CONJUNTIVO

1. TECIDO CONJUNTIVO FROUXO


sustenta estruturas normalmente sujeitas a pressão e atrito pequenos

• + comum
• preenche espaços entre fibras e feixes musculares
forma camada em torno dos vasos sangüíneos / linfáticos
serve de apoio para os epitélios (pele, mucosas e glândulas)
• céls. + comuns : fibroblastos / macrófagos
• fibras : sistema colágeno / elástico
• consistência delicada, flexível e pouco resistente à trações

2. TECIDO CONJUNTIVO DENSO


adaptado para oferecer resistência e proteção

• predominância acentuada de fibras colágenas ⇒ tec. - flexível e + resistente à trações


• qdo as fibras colágenas se dispõem em feixes arranjados sem orientação fixa ⇒ Denso não-
modelado - o tec. apresenta certa resistência à trações exercidas em qqr. direção. Ex.: derme
profunda da pele
• qdo os feixes colágenos estão orientados, seguindo uma organização fixa ⇒ Denso modelado - as
fibras orientam-se de modo a oferecer o máximo de resistência às forças que normalmente atuam
sobre o tecido. Ex.: tendões
TENDÕES
• cilíndricos, alongados, bcos e inextensíveis
• formados por feixes paralelos de fibras colágenas, entre as quais existe pequena quanti// subst.
fundamental amorfa e fibroblastos com certas características próprias : núcleos alongados
paralelos às fibras, citoplasma delgado, com prolongamentos que tendem a envolver os feixes
colágenos
• os feixes colágenos do tendão (feixes 1ários) formam conjuntos (feixes 2ários) envolvidos por tec.
conj. frouxo que contém vasos sangüíneos e nervos. E finalmente o tendão é envolvido
externamente por uma bainha de conj. denso. Em alguns tendões esta bainha é dividida em 2
camadas : uma presa ao tendão e a outra ligada à estruturas vizinhas. Forma-se assim uma cavi//
revestida por céls. achatadas e que contém um líquido viscoso (água, proteínas,
gicosaminoglicanas, glicoproteínas e íons) que tem por função facilitar o deslizamento do tendão
dentro da sua bainha.

3. TECIDO ELÁSTICO
• feixes paralelos de fibras elásticas grossas ⇒ cor AMARELA e gde ELASTICIDADE
• o espaço entre as fibras - fibras colágenas finas e fibroblastos achatados.
• pouco freqüente ⇒ ligamentos amarelos da coluna vertebral / ligamento suspensor do pênis

4. TECIDO RETICULAR

• fibras reticulares + céls. reticulares


• céls. reticulares - longos prolongamentos (macrófagos) que se unem aos das céls. vizinhas. Têm
núcleos gdes, cromatina fina, e 1 ou + nucléolos.
(fibroblastos especializados na produção de fibras reticulares)
• órgãos formadores de céls. do sangue (m. óssea e órgãos linfáticos), constituindo o arcabouço.

5. TECIDO MUCOSO

• predomina a subst. fundamental amorfa , poucas fibras colágenas , consistência gelatinosa

• raras fibras elásticas e reticulares

• células - principalmente fibroblastos


• principal componente do cordão umbilical, onde é chamado gelatina de Wharton.