Anda di halaman 1dari 6

Roteiro de Aulas Práticas – Disciplinas de Biofísica –

AULA PRÁTICA: SOLUÇÕES TAMPÃO

1. INTRODUÇÃO

Nos diversos compartimentos biológicos, a concentração hidrogenônica


exerce profunda influência no desempenho das biomoléculas. Daí a importância
de se conhecer, não só os processos utilizados para medir esta concentração, mas
também mecanismos capazes de atenuar variações de pH : as soluções tampão.
O desempenho das soluções tampão depende de dois fatores termodinâmicos: a
relação A/D (fator intensivo, ou intrínseco) e da quantidade de tampão (fator
extensivo ou extrínseco).

2. CONHECIMENTOS PRÉVIOS

 Conceito de pH
 Conceito de solução tampão
 Constante de dissociação
 Equação de handerson-Hasselbach
 Indicadores de pH

3. MATERIAL

1. Soluções Tampão Fosfato de Sódio 0,05M de pH 5,8, 6,8 e 7,8


2. Ácido Clorídrico (HCl) 0,1M
3. Hidróxido de Sódio (NaOH) 0,1M
4. Indicador misto no. 2
5. Séries de padrões de pH (2,0 5,8 6,8 7,8 10,0)
6. Tubos de ensaio
7.Conta gotas
Roteiro de Aulas Práticas – Disciplinas de Biofísica –

EXPERIMENTO: PARÂMETROS DE
TAMPONAMENTO

PARTE 1: RELAÇÃO A/D e pK

1. OBJETIVO

Mostrar que a poder tamponamento depende da relação entre as


concentrações de aceptor e doador de prótons (relação A/D) e do pK do sistema
tampão.

2. MÉTODOS

1. Dispor os tubos de ensaio de maneira a formar 2 séries com 3 tubos


cada uma: série ácida e série básica.

2. Colocar 5mL de cada tampão nas 2 séries.

3. Acrescentar 1 gota de indicador misto no.2 a cada tubo e observar a


cor desenvolvida em cada tubo, comparando com os padrões de pH.

4. Acrescentar 3 gotas de HCl 0,1M a cada um dos 3 tubos que formam a


série ácida e 3 gotas de NaOH 0,1M a cada um dos 3 tubos que
compõem a série básica.

5. Comparar a nova coloração desenvolvida e comparar com os padrões


de pH.
Roteiro de Aulas Práticas – Disciplinas de Biofísica –

3. QUESTÕES
1. Explique como é composta e como funciona cada uma das soluções
tampão usadas neste experimento.

2. O que você conclui em relação a existência ou não, de mudança de pH


nos diversos tubos? A que você atribui essas mudanças? Explique.

3. Qual solução tampão é mais resistente a adição de ácido? e de


hidróxido? Por que?

4. Como se comporta o tampão de pH 6,8?

5. Qual a importância do pK de um sistema tampão?

PARTE 2: QUANTIDADE DE TAMPÃO

1. OBJETIVO
Mostrar que a capacidade de tamponamento de uma solução tampão
depende da quantidade de tampão existente no meio.
Roteiro de Aulas Práticas – Disciplinas de Biofísica –

2. MÉTODO

1. Preparar 5 tubos de ensaio, utilizando a solução tampão Fosfato de


Sódio 0,05M de pH 6,8 e o indicador misto no.2, como indicado a
seguir:

Tampão 2 mL 4 mL 6 mL 8 mL 10 mL

Indicado 1 2 3 4 5
r misto gota gotas gotas gotas gotas
no.2

2. Observar a coloração desenvolvida em cada tubo e comparar com o


padrão de pH.

3. Acrescentar 3 gotas de HCl 0,1M a cada tubo e observar os resultados.

3. QUESTÕES
1. Explique como ocorreu as alterações de pH nos diversos tubos.
Roteiro de Aulas Práticas – Disciplinas de Biofísica –

PARTE 3: DILUIÇÃO DO TAMPÃO

1. OBJETIVO
Mostrar o efeito da diluição de uma solução tampão sobre o pH e a
capacidade de tamponamento da mesma.

2. MÉTODO
1. Preparar 5 tubos de ensaio, utilizando o tampão Fosfato de Sódio
0,05M, água e indicador misto no.2, como mostrado no quadro abaixo:

Tubo 1 2 3 4 5

Tampão 5 mL 5 mL 5 mL 5 mL 5 mL
(mL)

H20 (mL) --- 2 mL 4 mL 6 mL 8 mL

Indicador 1 1 2 2 3
misto no.2 gota gota gotas gotas gotas

2. Observar a coloração desenvolvida em cada tubo. Comparar com o


padrão de pH
Roteiro de Aulas Práticas – Disciplinas de Biofísica –

3. Acrescentar 3 gotas de HCl 0,1M a cada tubo e observar os resultados.

3. QUESTÕES

1. O que se pode concluir em relação ao resultado observado no item (2)?


Explique.

2. O que se conclui a partir dos resultados obtidos no item (3)? Explique.

3. Para um mesmo tampão com concentrações diferentes o que pode-se


afirmar sobre a capacidade de tamponamento e o poder tamponante?
Explique.