Anda di halaman 1dari 2

PROJETO J-L GODARD

A Tragdia de uma gerao


Ihering Guedes Alcoforado

O filme Formidvel ao colocar em tela um momento de inflexo de um dos


projetos cinematogrficos mais festejados da segunda metade do sculo, o
de J-l Godard, o representante emblemtico da Nouvelle Vague, evidencia
as impossibilidade e contradies de uma gerao, a do Maio 68 francs e
seus desdobramentos, que no s sonhou que um outro mundo era
possvel, mas mobilizou os afetos e intelectos na sua viabilizao. No
filme, a impossibilidade se manifesta no prprio projeto de
instrumentalizar os princpios poltico do socialismo numa crtica radical ao
cinema ento existente e na fundamentao de um novo cinema para um
novo mundo, enquanto a contradio se reporta as experincias dos seus
protagonistas envolvidos no "mundo da vida" burgus que pretendem
superar.

A impossibilidade e manifesta no projeto de JL Godard de aplicao da


lgica da revoluo socialista a revoluo artstica, universo de prticas
que se caracterizam por alcanar seus pontos culminantes por meio de
individualidades geniais, das quais JL Godard um representante no
mbito do cinema. As revolues artsticas fruto de individualidades
geniais e, nunca podem ser subordinada: a) quer seja ao senso comum de
uma coletividade numa sociedade democrtica, a exemplo dos impasses
do Grupo Vertov, b) quer seja ao senso pragmtico de um ditador, numa
sociedade totalitria. o que se expressa na desconsiderao da obra de
Godard pelos chineses. essa impossibilidade o que o filme evidencia, ao
nos por diante de dois momentos marcantes que pontuam a tragdia
poltica do genial Godard no seu projeto de instrumentalizar os princpios
da revoluo socialista numa revoluo no mbito do cinema, tendo como
pano de fundo o Maio de 68 francs.
A contradio se revela a nvel dos protagonistas com a invaso do
"mundo da vida" locus das interaes pessoais davidosas da troca de
afetos entre os amantes e que alimenta a criao artstica, pela lgica do
"sistema", locus da interao entre as coisas, ou pessoas consideradas
como tal, a exemplo do que acontece na poltica totalitria. A irrupo
do discurso poltico durante um ato sexual, provoca o riso que corri todas
as pontes possveis e imaginrias entre o mundo dos afetos mtuos e o
mundo das ordens e princpios unidirecionais da poltica totalitria.