Anda di halaman 1dari 28

MATÉRIA E ENERGIA

Ao final deste assunto, espera-se desenvolver a capacidade de:

I Compreender a definição de matéria, bem como suas propriedades, seus estados físicos e transformações.

Curso Médio e Técnico de Química (QUI 211)

Química Geral I

Prof.: Ana Paula Bernardo dos Santos

Aula1: 22 de agosto de 2016

ATIVIDADES E AVALIAÇÃO

TIPOS DE AVALIAÇÕES

  • 1 - Atividade de casa/Problemas e desafios na aula (0,15 NF)

  • 2 - Projeto: Tele jornal(0,1 NF) + apresentação do projeto (0,1 NF)

  • 3 - Relatório: 0,15 NF

  • 4 - Prova 0,5 NF

CÁLCULO DA NOTA

N1 = Média das atividades*0,15 + Projeto*0,2 + Média dos relatórios*0,15 +

Prova1*0,5

MV1 = N1

N2 = Média das atividades*0,15 + Projeto*0,2 + Média dos relatórios*0,15+

Prova2*0,5

MV2 = (N1 + 2N2)/3 MF = MV2 > 6,0 = Aprovado 6,0 < MF = MV2 > 3,0 = Recuperação Mf = MV2< 3,0 = Reprovado

2

QUÍMICA

https://www.youtube.com/watch?v=2RWwc3amMc8 https://www.youtube.com/watch?v=XiGtOFEsCC0  MATÉRIA é tudo aquilo que tem massa e ocupa espaço, e que portanto
https://www.youtube.com/watch?v=2RWwc3amMc8
https://www.youtube.com/watch?v=XiGtOFEsCC0
MATÉRIA é tudo aquilo
que
tem massa
e
ocupa
espaço, e que
portanto pode ser medido. Inclui coisas que podemos ver, tocar,
sentir,
bem
como
coisas
que
são
inperceptíveis
aos nossos
sentidos.
É composta por átomos e partículas.
Apresentam
3
estados
de
agregação
(estados
físicos)
sólido,
líquido e gasosos.
3

ENERGIA

  • ENERGIA (grego energhea”/energos):

EN (formada por) + ERGON (trabalho, ação).

  • Representa a capacidade que um corpo, uma substância ou um

sistema físico têm de realizar trabalho, ação ou movimento.

 ENERGIA (grego “ energhea ”/ energos ): EN (formada por) + ERGON (trabalho, ação). ttps://www.youtube.com/watch?v=iYPMZamqSH4 BUCUSSI, A. A. Introdução ao conceito de energia. Texto de apoio ao professor de física. V. 17, n.3, 1-32, 2007. Disponível em http://www.if.ufrgs.br/tapf/v17n3_Bucussi.pdf Acessada em julho de 2015. 4 " id="pdf-obj-3-25" src="pdf-obj-3-25.jpg">
  • Propriedade que expressa as alterações ocorridas nos sistemas devido aos processos de transferência e

transformação

realizados através de

interações.

BUCUSSI, A. A. Introdução ao conceito de energia. Texto de apoio ao professor de física. V. 17, n.3, 1-32, 2007. Disponível em http://www.if.ufrgs.br/tapf/v17n3_Bucussi.pdf Acessada em julho de 2015.

4

ESTADOS DE AGREGAÇÃO DA MATÉRIA

  • Todas as substâncias existem em 3 estados (sólido, líquido e gasoso), que podem ser interconvertidos, alterando-se por exemplo a temperatura e/ou pressão do sistema.

  • O aumento da temperatura

e

da

pressão

aumentam

o

grau

de

agitação das moléculas, provocando uma desorganização na

interação entre as moléculas, até que se rompem.

 Todas as substâncias existem em 3 estados (sólido, líquido e gasoso), que podem ser interconvertidos,CLIQUE EM https://phet.colorado.edu/pt_BR/s imulation/legacy/states-of-matter- basics " id="pdf-obj-4-33" src="pdf-obj-4-33.jpg">
 Todas as substâncias existem em 3 estados (sólido, líquido e gasoso), que podem ser interconvertidos,CLIQUE EM https://phet.colorado.edu/pt_BR/s imulation/legacy/states-of-matter- basics " id="pdf-obj-4-35" src="pdf-obj-4-35.jpg">

5

ESTADOS DE AGREGAÇÃO DA MATÉRIA

  • Todas as substâncias existem em 3 estados (sólido, líquido e gasoso), que podem ser interconvertidos, alterando-se por exemplo a temperatura e/ou pressão do sistema.

  • O aumento da temperatura

e

da

pressão

aumentam

o

grau

de

agitação das moléculas, provocando uma desorganização na

interação entre as moléculas, até que se rompem.

 Todas as substâncias existem em 3 estados (sólido, líquido e gasoso), que podem ser interconvertidos,CLIQUE EM https://phet.colorado.edu/pt_BR/s imulation/legacy/states-of-matter- basics " id="pdf-obj-5-33" src="pdf-obj-5-33.jpg">
 Todas as substâncias existem em 3 estados (sólido, líquido e gasoso), que podem ser interconvertidos,CLIQUE EM https://phet.colorado.edu/pt_BR/s imulation/legacy/states-of-matter- basics " id="pdf-obj-5-35" src="pdf-obj-5-35.jpg">

6

ESTADOS DE AGREGAÇÃO DA MATÉRIA

  • FUSÃO Passagem do estado SÓLIDO para o LÍQUIDO.

  • SOLIDIFICAÇÃO Passagem do estado LÍQUIDO para o SÓLIDO.

  • VAPORIZAÇÃO Passagem do estado LÍQUIDO para o VAPOR.

  • CONDENSAÇÃO OU LIQUEFAÇÃO Passagem do estado GASOSO para o LÍQUIDO.

  • SUBLIMAÇÃO Passagem do estado SÓLIDO para o GASOSO, sem passar pelo estado líquido .

OBSERÇÕES IMPORTANTES

  • EVAPORAÇÃO Ocorre em qualquer temperatura de forma espontânea. Ex.: A água deixada em um copo evapora constatemente.

  • EBULIÇÃO Ocorre de forma forçada em uma determinada tempertura. Ex.: A água evapora em qualquer temperatura, mas entra em ebulição a 100°C.

  • VAPOR Matéria no estado gasoso que coexiste com seu líquido ou sólido e é capaz de liquefazer pelo simples abaixamento da temperatura.

  • GÁS Fluido impossível de ser liquefeito só pelo efeito do aumento da pressão ou redução da temperatura.

7

ESTADOS DE AGREGAÇÃO DA MATÉRIA

 FUSÃO – Passagem do estado SÓLIDO para o LÍQUIDO .  SOLIDIFICAÇÃO – Passagem do
  • FUSÃO Passagem do estado SÓLIDO para o LÍQUIDO.

  • SOLIDIFICAÇÃO Passagem do estado LÍQUIDO para o SÓLIDO.

  • VAPORIZAÇÃO Passagem do estado LÍQUIDO para o VAPOR.

  • CONDENSAÇÃO OU LIQUEFAÇÃO Passagem do estado GASOSO para o LÍQUIDO.

  • SUBLIMAÇÃO Passagem do estado SÓLIDO para o GASOSO, sem passar pelo estado líquido .

OBSERÇÕES IMPORTANTES

  • EVAPORAÇÃO Ocorre em qualquer temperatura de forma espontânea. Ex.: A água deixada em um copo evapora constatemente.

  • EBULIÇÃO Ocorre de forma forçada em uma determinada tempertura. Ex.: A água evapora em qualquer temperatura, mas entra em ebulição a 100°C.

  • VAPOR Matéria no estado gasoso que coexiste com seu líquido ou sólido e é capaz de liquefazer pelo simples abaixamento da temperatura.

  • GÁS Fluido impossível de ser liquefeito só pelo efeito do aumento da pressão ou redução da temperatura.

8

EXERCÍCIO 1 - VAMOS PRATICAR?

Qual será o estado físico de cada uma das substâncias a seguir a temperatura ambiente (25°C) e no deserto da Arábia (50°C)?

Substância

Ponto de fusão (°C) (1 atm)

Ponto de ebulição (°C) (1 atm)

Estado físico a 25 °C

Estado físico a 50 °C

Mercúrio

-

38,87

356,9

   

Amônia

 

-77,7

- 33,4

   

Benzeno

 

5,5

80,1

   

Naftaleno

 

80,0

217,0

   

Clorofórmio

 

- 63,0

61,0

   

Éter etílico

 

-116,0

34,0

   

Etanol

-

117,0

78,0

   

Fenol

 

41,0

182,0

   

Pentano

-

130,0

36,0

   

9

NUVEM NA GARRAFA

<a href=https://www.youtube.com/watch?v=kCHOe5cEaAw 10 " id="pdf-obj-9-7" src="pdf-obj-9-7.jpg">

10

EXERCÍCIO 2 - GRÁFICO DE MUDANÇA DE ESTADO FÍSICO DA ÁGUA E DO ETANOL  Em
EXERCÍCIO 2 - GRÁFICO DE MUDANÇA DE ESTADO
FÍSICO DA ÁGUA E DO ETANOL
 Em
uma
folha
de
papel
A4
trace uma linha:
 (A)
Vertical
(eixo
Y
=
Temperatura) contendo 25 cm,
fazendo marcações a cada 10
cm (cada 10 cm = 10°C).
 (B)
Na altura
dos
2
cm
do eixo
Y,
trace
uma
linha
perpendicular (eixo X = Tempo)
contendo
18
cm,
fazendo
marcações a cada
2 cm = 5 min).
2
cm
(cada
S
S - L
L L
-
V
G
 GRÁFICO 1 (Sólido - Gás)
Tempo
0 a 15
15 a
25 a 35
35 a 45
> 45
Linha 1 (Água)
(min)
25
Linha 2 (Etanol)
T (°C)
-40 a 0
0 0 a 100
100 > 100
 GRÁFICO 2 (Gás – Sólido)
ÁGUA
Linha 1 (Água)
T (°C)
-120 a -
-114
-114 a
78
> 78
ETANOL
114
78
Linha 2 (Etanol)
11
EXERCÍCIO 2 - GRÁFICO DE MUDANÇA DE ESTADO FÍSICO DA ÁGUA E DO ETANOL  Em

MUDANÇA DE ESTADO DA ÁGUA

 A partir da imagem ilustrada nos quadrinhos: (A) Explique que transformações ocorrem entre A, B
  • A partir da imagem ilustrada nos quadrinhos:

(A) Explique que transformações ocorrem entre A, B e C

(B) Justifique a fala do Cascão no 4o quadrinho.

12

PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS DA MATÉRIA

<a href=http://pt.slideshare.net/AldinhaSantos/classificao-propriedades-e-transformaes-fsicas-da-matria 13 " id="pdf-obj-12-7" src="pdf-obj-12-7.jpg">

13

PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS DA MATÉRIA

As substâncias são caracterizadas mediante suas propriedades,

que podem ser:

  • PROPRIEDADES FÍSICAS

Pode ser medida e observada sem alterar a composição ou a

identidade de uma substância. Ex.: Fusão e solubilidade.

  • PROPRIEDADES QUÍMICAS

Ocorre através de uma transformação que provoca a alteração da

composição e da identidade de uma substância. Ex.: Reação de

combustão.

  • PROPRIEDADES EXTENSIVAS

Depende da quantidade de matéria considerada.

Ex.: Massa e volume

  • PROPRIEDADES INTENSIVAS

Não depende da quantidade de matéria considerada.

Ex.: Densidade e Temperatura.

14

PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS DA MATÉRIA

As substâncias são caracterizadas mediante suas propriedades,

que podem ser:

  • PROPRIEDADES FÍSICAS

Pode ser medida e observada sem alterar a composição ou a

identidade de uma substância. Ex.: Fusão e solubilidade.

  • PROPRIEDADES QUÍMICAS

Ocorre através de uma transformação que provoca a alteração da

composição e da identidade de uma substância. Ex.: Reação de

combustão.

Classifique as seguintes transformações em propriedade física e química:

  • (C) Dissolução do sal de cozinha na água para fazer macarrão;

(D)Ferver água para fazer café;

  • (E) Produção de um bolo.

  • (A) Formação do orvalho;

  • (B) Queima de papel;

RESPONDA

DENSIDADE

  • Corresponde a relação entre a massa e o volume de um objeto.

 Corresponde a relação entre a massa e o volume de um objeto. 16
 Corresponde a relação entre a massa e o volume de um objeto. 16

16

DENSIDADE

Qual é a semelhança entre as imagens?

Qual é a diferença entre as imagens?

Calcule a densidade de cada substância.

   Qual é a semelhança entre as imagens? Qual é a diferença entre as
   Qual é a semelhança entre as imagens? Qual é a diferença entre as
   Qual é a semelhança entre as imagens? Qual é a diferença entre as
17
17

DENSIDADE

 Qual é a semelhança entre as imagens?  Qual é a diferença entre as imagens?
Qual é a semelhança entre as imagens?
Qual é a diferença entre as imagens?
Calcule a densidade de cada substância.
18

DENSIDADE MATERIAL COMPLEMENTAR

Para praticar o conceito que acabamos de estudar, entre no link a seguir. É necessário

fazer o download e executar o programa da Universidade do Colorado. O Java precisa

Para praticar o conceito que acabamos de estudar, entre no link a seguir. É necessário fazerhttps://phet.colorado.edu/pt_BR/simulation/legacy/density 19 " id="pdf-obj-18-17" src="pdf-obj-18-17.jpg">

19

EXPERIMENTO SOBRE DENSIDADE

<a href=https://www.youtube.com/watch?v=k1Fid3UwtF4 20 " id="pdf-obj-19-7" src="pdf-obj-19-7.jpg">

20

DETERMINANDO A DENSIDADE NO LABORATÓRIO

 ETAPA 1 - Em uma balança analítica, determine a massa de um bécher de 50
ETAPA 1 - Em uma balança analítica, determine a massa de um bécher
de 50 mL limpo e seco, mantendo-o na balança
para
a
adição
do
líquido. Esta corresponde a MASSA DO BECHER.
ETAPA
2
-
Com
uma
pipeta
volumétrica,
pipete
10
mL
de
água
deionizada
e
transfira
para
o
becher,
anotando
sua
massa.
Esta
corresponde a MASSA DO BECHER + ÁGUA.
ETAPA
3
-
Determine
a
massa
da
água
fazendo
a
diferença
entre
a
etapa
1 e 2.
ETAPA 4 - Determine a densidade da água,
Dividindo o valor da etapa 3 pelo volume do
E = (d teórica – d experimental ) X 100
d
teórica
Líquido na pipeta.
Repita os itens 1 a 4 para o álcool etílico.
Substância
d
Erro
Substância
d
Erro
d TEÓRICA
EXP
d TEÓRICA
EXP
(g/cm 3 )
(g/cm 3 )
percentual
(g/cm 3 )
(g/cm 3 )
percentual
Água
0,985
Mel
1,450
Óleo vegetal
Glicerina
Água + Sal
0,895
Óleo mineral
Álcool etílico
0,829
1,247
0,789
21
-
-

ATIVIDADE DE CASA

EXERCÍCIO 1 (CONTINUAÇÃO)

  • Termine a tabela do slide 6

ATIVIDADE 2 (CONTINUAÇÃO)

  • Construa o gráfico 2 do slide 8

22

CONSTRUÇÃO DE UM DENSÍMETRO

23

23

ATIVIDADE COMPLEMENTAR

ATIVIDADE

  • Determine a densidade dos líquidos a seguir:

  • Óleo vegetal, glicerina, mel, óleo mineral e água com sal.

  • Faça

registro

da

medição

por

meio

de

fotografia

e

traga

junto aos dados da tabela a seguir.

impresso

Substância

h 1 (cm)

h 2 (cm)

d 1 (g/cm 3 )

d 2 (g/cm 3 )

Erro percentual

Água

 

-

0,985

-

-

Óleo vegetal

   

0,895

   

Glicerina

   

1,247

   

Mel

   

1,450

   

Óleo mineral

   

0,829

   

Álcool etílico

   

0,789

   

Água com sal

         
ATIVIDADE  Determine a densidade dos líquidos a seguir:  Óleo vegetal, glicerina, mel, óleo mineralp erimental teórica 24 " id="pdf-obj-23-144" src="pdf-obj-23-144.jpg">

E = (d teórica d experimental ) X 100

  • d teórica

24

MATERIAL COMPLEMENTAR

PARA ASSISTIR CLIQUE EM <a href=https://www.youtube.com/watch?v=WgO1znTgVss 25 " id="pdf-obj-24-7" src="pdf-obj-24-7.jpg">

PARA ASSISTIR CLIQUE EM

25

MATERIAL COMPLEMENTAR PARA ASSISTIR CLIQUE EM <a href=https://www.youtube.com/watch?v=WgO1znTgVss 25 " id="pdf-obj-24-15" src="pdf-obj-24-15.jpg">

MATERIAL COMPLEMENTAR

PARA ASSISTIR CLIQUE EM <a href=http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/1414/Web/labvirtq/simulacoes /tempUpLoad/sim_qui_supermicroscopio.htm 26 " id="pdf-obj-25-7" src="pdf-obj-25-7.jpg">

PARA ASSISTIR CLIQUE EM

26

MATERIAL COMPLEMENTAR PARA ASSISTIR CLIQUE EM <a href=http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/1414/Web/labvirtq/simulacoes /tempUpLoad/sim_qui_supermicroscopio.htm 26 " id="pdf-obj-25-17" src="pdf-obj-25-17.jpg">

MATERIAL COMPLEMENTAR

PARA ASSISTIR CLIQUE EM <a href=https://www.youtube.com/watch?v=MuaDGu_8XuQ 27 " id="pdf-obj-26-7" src="pdf-obj-26-7.jpg">

PARA ASSISTIR CLIQUE EM

27

MATERIAL COMPLEMENTAR PARA ASSISTIR CLIQUE EM <a href=https://www.youtube.com/watch?v=MuaDGu_8XuQ 27 " id="pdf-obj-26-15" src="pdf-obj-26-15.jpg">

MATERIAL COMPLEMENTAR

PARA ASSISTIR CLIQUE EM <a href=https://www.youtube.com/watch?v=ZCGwatTa8r8 28 " id="pdf-obj-27-7" src="pdf-obj-27-7.jpg">

PARA ASSISTIR CLIQUE EM

28

MATERIAL COMPLEMENTAR PARA ASSISTIR CLIQUE EM <a href=https://www.youtube.com/watch?v=ZCGwatTa8r8 28 " id="pdf-obj-27-15" src="pdf-obj-27-15.jpg">