Anda di halaman 1dari 5

1 – O que é o Gerenciamento de Aquisições em Projetos¿

Inclui os processos necessários para comprar ou adquirir produtos, serviços ou resultados externos à equipe
de projeto.
2 – Qual a finalidade do Gerenciamento de Aquisições em Projetos¿
Otimizar as aquisições a fim de atingir os objetivos traçados e entregar os produtos ou serviços determinados
no escopo do projeto. Reduzir o risco da aquisição e transformá-la em contribuição para o resultado do
projeto.
3 – Quais os processos de Gerenciamento de Aquisições¿
Planejar as aquisições (planejamento), Conduzir as aquisições (execução), Administrar as aquisições
(monitoramento e controle) e Encerrar as aquisições (encerramento).
4 – Quais os processos de Planejar as Aquisições¿
Análise Make-or-Buy; Mapa da Aquisições / Plano de Gerenciamento das Aquisições; Planejamento de cada
Aquisição; EAP da Aquisição; Registro de Riscos; Declaração do Trabalho (Escopo de Contrato); Critérios
de Avaliação dos Fornecedores; Documento de Aquisição; Contrato.
5 – O que contratamos em projetos¿
Pacotes de trabalho; Recursos (materiais, equipamentos e pessoas) necessários e não disponíveis para o
trabalho. Caso esses recursos não estejam disponíveis na organização, será necessária a contratação dos
mesmos; Um conjunto de pacotes de trabalho e ou recursos, com o objetivo de elaborar um pacote de
contratação.
6 – O que levar em consideração na análise Make-or-Buy¿
Capacidade (quantidade e qualidade) da equipe; Necessidade de fornecimento especializado; Necessidade de
absorção da tecnologia; Restrições de custos; Restrições de prazo; Restrições de subcontratação; Existência
de fornecedores confiáveis; O core business da empresa; Compartilhamentos de riscos; Problemas legais ou
de segurança da informação.
7 – O que é o Plano de Gerenciamento de Aquisições¿
É um conjunto auxiliar do plano de gerenciamento de projetos; Deve descrever como serão gerenciados os
processos de aquisição de bens e serviços; Algumas empresas possuem normas e políticas organizacionais
para as aquisições (basta referenciar); Somente os projetos intensivos em contratações necessitam de um
plano. Porém, é necessário planejar a aquisições mesmo sem ter um plano
8 – O que levar em consideração no Plano de Gerenciamento de Aquisições¿
Tipo de contratos a serem usados; Mapas das aquisições; Documentos de aquisições padronizados;
Responsabilidades por preparar estimativas e sua aplicabilidade; Autonomia do projeto com relação à
aquisições; Política de gerenciamento dos fornecedores; Restrições e premissas das empresas.
9 – Qual o processo é mais importante em Aquisição¿ Por quê¿
Planejamento, porque os outros processos são consequência.
10 – O que é Risco¿
Evento incerto que, se ocorrer, vai impactar o projeto de forma positiva ou de forma negativa;
Probabilidade: Chance de ocorrência; Impacto: A extensão de perda ou ganho resultante da incidência do
evento de risco; Envolve os principais stakehoulders; Reduz as surpresas no projeto; Aumenta as chances de
sucesso; Exposição ao risco = Probabilidade x Impacto.
11 – Como podemos responder aos riscos de uma aquisição¿
Nas especificações (ESP); Na escolha (pré-qualificação) das empresas convidadas a participar do processo
de seleção do fornecedor (PQ); No processo de seleção do fornecedor, utilizando critérios de avaliação
obrigatórios e / ou facultativos (SEL); Em cláusulas contratuais que protejam os principais objetivos do
projeto e os direitos daí decorrentes (CONT); Na administração do contrato (ADM); No encerramento do
contrato (ENC); No planejamento do projeto (PLAN).
12 – O que é a Declaração do Trabalho (SOW – Statement Of Work)¿
Especificação/ descrição dos itens a serem fornecidos, em detalhe tal que os potenciais fornecedores possam
avaliar se são capazes de fornecê-lo. Baseado na EAP e no dicionário da EAP. Ex. memorial descritivo ou
objeto de uma licitação. Para os pacotes a serem contratados, é necessário que a descrição do trabalho a ser
realizado ou dos produtos a serem entregues seja elaborada com mais detalhes do que para aqueles que serão
gerados pela equipe do projeto.
13 – O que levar em consideração na Declaração do Trabalho (SOW)¿
Especificações técnicas; Qualidade Requerida; Quantidades; Prazos; Suporte técnico; Treinamentos
desejados; Nível de serviço de manutenção desejado; Garantia; Local de entrega.
14 – Explique a ponderação na EAP do escopo contratado¿
Pesos na EAP do contrato representam um acordo entre os envolvidos em relação à importância dada às
entregas de um projeto, tanto para a medição do avanço físico como para o cumprimento de desembolsos
financeiros; Atribuímos, portanto, os pesos de acordo com a importância de cada item da EAP para o
projeto, podendo ser levada em consideração: custo; participação no caminho crítico; importância
estratégica para o cliente; etc.
15 – O que são os critérios de medição¿
Correspondem ao aceite parcial/ total de cada entrega do projeto e contribuem para o estabelecimento do
avanço físico do projeto.
16 – Quais são os critérios de avaliação¿
Eliminatórios (pré-requisitos obrigatórios) / Habilitação; Classificatórios / Julgamento. Formas de
classificação: Menor Preço; Melhor Técnica; Melhor Técnica e Preço.
17 – Explique os critérios de avaliação eliminatórios¿
Atendimento às cláusulas obrigatórias do instrumento de consulta (capacidade financeira, capacidade de
produção, capacidade e experiência técnica, regularização jurídica e fiscal, desempenho em contratos
anteriores). Atendimento aos requisitos obrigatórios da Declaração de Trabalho (SOW).
18 – Explique os critérios de avaliação classificatórios¿
Oferta acima dos requisitos (opcionais, serviços agregados, tecnologia); Redução de prazos (tendência,
porque os custos e preços estão cada vez mais parecidos entre os competidores); Preços e / ou condições de
pagamento; Garantias acima do mínimo especificado; Capacidade técnica; Capacidade de gerenciamento;
Qualificação da equipe técnica e / gerencial; Posicionamento do mercado.
19 – Quais são as vantagens e desvantagens da divulgação dos critérios de classificação¿
VANTAGENS: Transparência do processo; Proponente procura adequar sua proposta às necessidades e
prioridades do cliente; Prioridade são pensadas previamente, levando a uma melhor qualidade da RFP
(mesmo sem divulgar); Processo de seleção mais rápido e objetivo (mesmo sem divulgar).
DESVANTAGENS: Necessidade de elaboração dos critérios antes da divulgação da RFP, podendo atrasar o
processo (mesmo sem divulgar); Possibilidade de questionamento dos critérios pelos proponentes;
Possibilidade de questionamento do resultado pelos proponentes.
20 – O que são Documentos de Aquisição¿
São documentos usados para solicitar propostas dos potenciais fornecedores. Elaborada a solicitação de
proposta, ela deve ser divulgada aos potenciais fornecedores. Vários meios poderão ser empregados para
atingir o mercado: E-mail; Publicação de Editais; Divulgação de Cartas-Convite; Sites na Internet; Anúncios
em Jornais; Correspondências diretas a fornecedores.
21 – Quais as formas de contratação segundo o Código Civil Brasileiro¿ Explique¿
-CONTRATO FORMAL – é aquele que observa as formalidades previstas no Código Civil, cujas condições
podem estar descritas em um instrumento com cláusulas.
-CONTRATO TÁCITO – ocorre quando uma das partes solicita à outra o fornecimento de um produto ou
serviço e aquela que recebe a demanda concorda, por meio de manifestação não formal, em implementar o
solicitado.
22 – O que é um contrato¿
É o conjunto de regras definidas pelas partes interessadas, por meio de cláusulas contratuais, negociadas ou
não, que definem a forma de se relacionar, guardando princípios de probidade e boa-fé. Alguns tipos de
contratos são: Acordo; Carta convite; Subcontrato; Ordem de compra; Carta de intenções.
23 – Segundo o Código Civil, quais são as espécies de contrato¿
Compra e venda; Troca ou permuta; Doação; Estimatório (consignação); Locação de coisas; Empréstimo
(Comodato e Mútuo); Prestação de serviços; Empreitada (obra).
24 – Segundo o PMBOK, quais são os tipos de contrato¿
Preço global, preço fixo ou preço fechado (Lump Sum or Fixed Price); Tempo e Material ou Preço Unitário
(Time & Material or Unit Price); Custos reembolsáveis ou Por administração (Cost Reimbursable or Cost
Plus); Contratos Mistos, ou seja, a combinação dos contratos anteriores.
25 – Quais os tipos de incentivos no contrato¿
Desempenho de custo; Desempenho de cronograma ou entrega; Desempenho de qualidade.
26 – O que pode influenciar o tipo de contrato¿
Quão clara é ou pode ser a definição do escopo do trabalho; Quantidade ou frequência de mudanças
esperada após o início do projeto; Esforço ou expertise do contratante (buyer) para gerenciar o fornecedor /
contratado (seller); Urgência do produto; Tipo ou complexidade dos requisitos; Análise custo / preço;
Propensão ao risco (ameaça ou oportunidade).
27 – Quais as características dos tipos de contrato sob a ótica do contratante¿
-POR ADMINISTRAÇÃO: Facilidade de negociação e contratação; Flexibilidade na condução do contrato;
Agilidade quanto a modificação; Assunção dos riscos pelas variações dos fatores formadores do preço;
Energia gasta com o controle contratual.
-POR PREÇO GLOBAL: Necessidade de conhecimento detalhado do objeto e escopo da prestação de
serviço; Criação de condições indutoras à maior eficiência na equipe própria e na da contratada.
-POR PREÇO UNITÁRIO: Possui todas as características dos contratos anteriores, porém com menos
facilidades e dificuldades em suas características.
28 – Qual o melhor tipo de contrato¿
SITUAÇÃO CONTRATO
Você precisa
começar Preço Unitário
imediatamente
o trabalho.
O escopo está
Preço Global
bem definido.
Você está
contratando os
serviços de
um
profissional Preço Unitário
para ampliar
sua equipe,
pagando por
mês.
Você não tem
conhecimento
Preço Global
para auditar o
faturamento.
Você sabe
exatamente o
que e como
Por
precisa ser
Administração
feito o escopo
do contrato, e
vai fiscalizar.

29 – O que são Licitações¿


É o procedimento administrativo pelo qual a Administração Pública seleciona candidatos aptos a celebrar
acordos ou a tornarem-se permissionários ou concessionários, conforme Norma Federal, Lei 8.666/93 e no
caso da Petrobras, Decreto 2.745/98.
30 – Quais as modalidades de licitação¿
Convite; Tomada de Preços; Concorrência; Concurso; Leilão; Pregão.
31 – Qual o papel do Administrador de Contrato¿
É fazer com que ele seja cumprido pelas partes envolvidas. Deve ter a atitude de respeito ao contrato pela
contratante e cobrança de respeito ao contrato por parte da contratada. Deve fiscalizar a autorização de
trabalho / ordens de serviço, auditorias (qualidade / segurança), diligenciamentos, medição / controle de
qualidade, controle integrado de mudanças, monitoramento e controle de riscos, administrar claims (pleitos /
reinvidicações), avaliação do fornecedor. Em projetos com múltiplos fornecedores, um aspecto crítico da
administração de contratos é o gerenciamento das interfaces entre os contratados.
32 – Quais os tipos de relatórios de desempenho¿
-RELATÓRIO DIÁRIO DE OBRA / OCORRÊNCIAS (RDO) – Condições de trabalho do período;
Atividades realizadas e progresso medido; Pessoal mobilizado; Eventos relevantes.
-BOLETIM DE MEDIÇÃO (BM) – Período de medição; Atividades monitoradas; avanço medido em cada
atividade; valor dos avanços medidos; custos extra-escopo ocorridos no período; despesas reembolsáveis.
33 – Quais as melhores práticas na administração de contratos¿
Ler e analisar o contrato; Planejar a administração do contrato, indicando um gestor de contratos para
assegurar que a organização entregue aquilo a que ele se propôs; Observar e respeitar os termos e condições
do contrato; Controlar mudanças e manter cópias atualizadas do contrato; Resolver claims e disputas
prontamente, utilizando negociação e arbitragem para resolver disputas. Medir, acompanhar e controlar o
desempenho, elaborando relatórios de progresso; Administrar o processo de faturamento e de pagamento;
Fazer o acompanhamento de todas as ações corretivas; Documentar as comunicações relevantes; Realizar
reuniões produtivas; Documentar as lições aprendidas e promover a sua difusão na empresa.
32 – O que pode ser abordado e definido em uma reunião de Kick-Off do contrato¿
Posicionamento quanto à importância do projeto; Escopo do trabalho e Milestones; Informações sobre o
cliente e contatos principais; Papéis e Responsabilidades; Incentivos e multas, se aplicável; Plano de
comunicação; Processo para gerenciamento de mudanças; Premissas e restrições.
34 – Explique o Processo de Encerramento das Aquisições¿
Dá suporte ao processo de encerrar o projeto, pois envolve a confirmação de que todas as entregas foram
aceitas. Este processo também envolve atividades administrativas, como a atialização de registros para
refletir resultados finais e o arquivamento das informações para uso futuro. Do ponto de vista do cliente, a
fase de encerramento é das mais importantes, uma vez que é nela que se dará a “entrega final” dos produtos
ou serviços contratados.
35 – Como pode ser encerrado um contrato¿
Término das atividades contratuais (terminação); Acordo mútuo entre as partes (resilição); Não observância
das obrigações contratuais (recisão).
36 – Explique o encerramento do contrato por Termo¿
TERMO: O modo normal de execução do contrato, com o pleno cumprimento das obrigações por ambas as
partes.
CONDIÇÕES DE EXTINÇÃO A TERMO: Escopo completado nas condições especificadas; Pagamentos
efetuados conforme o contrato; Obrigações tributárias, trabalhista e fiscais cumpridas; Inexistência de
pendências judiciais ou arbitrais em aberto.
TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO (TRD).
37 – O que deve ser arquivado do contrato¿
Contrato e seus aditivos; Cronogramas; Alterações solicitadas aprovadas e reprovadas; Documentações
técnicas e atas de reuniões; Relatórios de desempenho; Cópias das faturas e pagamentos; Resultados de
fiscalizações; Correspondências; Termos de aceitação; Lições aprendidas.