Anda di halaman 1dari 31

Aula 5

Desenho Técnico

Geometria Descritiva Básica

Aula 5 - Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros


Aula 6 - Retas, círculos e tangências
Aula 7- Tipos de linhas: Uso de linhas contínuas,
tracejadas e traço-ponto
Aula 8 - Figuras planas e sólidos geométricos

Hermom Leal Moreira, Msc.


Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Ângulos é muito importante no Desenho Técnico, pois possibilita a geração de


construções geométricas, que muito ajudam na construção dos desenhos.

Os diedros também são essenciais, pois nos auxiliam a aprender sobre


projeções ortográficas, que é uma forma de representar o desenho projetivo,
usualmente utilizado na área da Engenharia.

O conceito de ângulo aparece em geometria e seus estudos estão desde a história


antiga. Em situações contemporâneas do dia a dia, existem condições em que o ângulo
pode ser responsável por ações de sucesso, como, por exemplo: o ângulo de uma curva,
o ângulo de uma foto, o ângulo de curvatura de um projeto de asa de avião, dentre
outras possibilidades que envolvam o estudo de ângulos.

Eles são utilizados em diversas áreas, como, por exemplo, na matemática, e no desenho
técnico é um conceito muito importante.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Para trabalhar com a construção de ângulos, torna-se necessário


definir: ponto, linha, reta, semirreta e segmento de reta.
Ponto

O ponto é a figura geométrica mais simples. Não tem dimensão, isto é, não tem
comprimento, nem largura, nem altura.
Graficamente temos um ponto através do cruzamento de duas linhas. Para
identificá-lo, usam-se letras maiúsculas do alfabeto latino, conforme ilustra a
Figura.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Linha

A linha tem uma única dimensão: o comprimento. O deslocamento de um ponto


também gera uma linha. Para se ter a ideia de linha reta, observe um fio bem
esticado. A reta é ilimitada, isto é, não tem início nem fim. As retas são
identificadas por letras minúsculas do alfabeto latino e de acordo com sua
posição a reta pode ser: horizontal, vertical e inclinada. A Figura apresenta um
exemplo de representação de uma linha reta horizontal.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Semirreta

Tomando um ponto qualquer de uma reta, dividimos a reta em duas

partes, chamadas semirretas. A semirreta sempre tem um ponto de origem,

mas não tem fim. Pode ser representada por: , ,conforme ilustra a Figura
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Segmento de reta

tomando dois pontos distintos sobre uma reta, obtém-se um pedaço limitado de reta.
A esse pedaço de reta, limitado por dois pontos, define-se como segmento de reta. Os
pontos que limitam o segmento de reta são chamados de extremidades. No exemplo a
seguir tem-se o segmento de reta AC, que é representado por: conforme mostra a
Figura.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

EXEMPLO 1
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Classificação dos ângulos quanto à abertura das semirretas


Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Classificação dos ângulos quanto à abertura das semirretas


Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Classificação dos ângulos quanto à abertura das semirretas


Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Classificação dos ângulos quanto à abertura das semirretas


Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Classificação dos ângulos quanto à abertura das semirretas


Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Classificação dos ângulos quanto à abertura das semirretas


Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

EXEMPLO 2
Classifique os ângulos:

Ângulo reto
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Atividade Prática

Utilizando uma régua, um transferidor e um compasso, trace a bissetriz com origem no


vértice de duas semirretas que formam um ângulo de 60º.

Responda:

1) Qual o valor dos novos ângulos formados?

2) Estes valores são coerente? Explique.


Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Projeção Ortográfica

Ao imaginar um objeto envolvido por um cubo, em que


cada face corresponderá a uma vista da peça, ou seja, o
que você estaria enxergando da peça se estivesse
olhando esta peça de frente. Este cubo de vistas é então
planificado, ou seja, ele é desdobrado. Desta forma é
possível enxergar todas as vistas da peça em uma folha
de papel, ou seja, o modelo que é tridimensional passa a
ser bidimensional com a demonstração das vistas,
conforme Figura.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Projeção Ortográfica
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros

Projeção Ortográfica
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Projeção Ortográfica
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Projeção Ortográfica

A projeção ortográfica pode ser realizada de duas formas:

• 1° diedro: imagine você vendo o modelo a partir de um dos lados do


cubo.
Desta forma, o desenho será realizado do lado oposto a que o
observador se localiza.

• 3° diedro: imagine você vendo o modelo de um dos lados do cubo.


Desta
forma, o desenho será realizado no mesmo lado em que o observador
se localiza.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Projeção Ortográfica
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Projeção Ortográfica
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Projeção Ortográfica

É imprescindível que o projetista, ao interpretar um desenho,


identifique de imediato em qual diedro está a representação
das projeções, ou seja, qual o plano de projeção do modelo.

Os planos formam um ângulo de 90° entre si e existem três


planos de projeção: vertical, horizontal e lateral. Os diedros
usam o sentido anti-horário e, pela norma, a representação
dos diedros é indicada por ícones que ficam geralmente na
legenda do desenho.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Projeção Ortográfica

É imprescindível que o projetista, ao interpretar um desenho,


identifique de imediato em qual diedro está a representação
das projeções, ou seja, qual o plano de projeção do modelo.

Os planos formam um ângulo de 90° entre si e existem três


planos de projeção: vertical, horizontal e lateral. Os diedros
usam o sentido anti-horário e, pela norma, a representação
dos diedros é indicada por ícones que ficam geralmente na
legenda do desenho.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Projeção Ortográfica
As figuras abaixo mostram a diferença prática entre as duas
representações.
Ângulos, diedros e traçados no 1º e 3º diedros
Projeção Ortográfica
As figuras abaixo mostram a diferença prática entre as duas
representações.