Anda di halaman 1dari 9

Aula 3

Assunto: ESCALÍMETRO

Hermom Leal Moreira, Msc.

Escalas em Desenho
O escalímetro é um instrumento de medição linear na forma de prisma
triangular cujas faces possuem duas graduações (totalizando seis
graduações). Estas graduações
correspondem a diferentes escalas numéricas, nesse caso as de
redução.

Fig 1. Escala

ESCALA 1/100: escala de 1 cm para 100 cm (1m), como 10


subdivisões que correspondem a 10 cm (0,10 m) cada.

Obs.: Essa subdivisão, que varia de 10 em 10cm, também corresponde a


escala 1:125.

Escalas em Desenho
O escalímetro é um instrumento de medição linear na forma de prisma
triangular cujas faces possuem duas graduações (totalizando seis
graduações). Estas graduações
correspondem a diferentes escalas numéricas, nesse caso as de
redução.

Fig 1. Escala

ESCALA 1/100: escala de 1 cm para 100 cm (1m), como 10


subdivisões que correspondem a 10 cm (0,10 m) cada.

Obs.: Essa subdivisão, que varia de 10 em 10cm, também corresponde a


escala 1:125.

Escalas em Desenho
Com certeza, você teria que colar muitas folhas de papel mesmo
num formato maior que A1 ou A0 para elaborar o tal desenho.

Fig 2. Formatação Padrão


O escalímetro traz vantagem ao desenhista de economizar seu tempo no
cálculo das dimensões do desenho assim como de reduzir ou ampliá-lo
proporcionalmente na escala desejada. A escala é a relação entre a
medida do desenho proposta e a sua dimensão real no objeto.
Escalas em Desenho
No escalímetro n⁰ 1, todas as graduações são feitas utilizando o metro
como unidade de medida. Ela inicia da escala 1:20 até 1:125.

Ao contrário do que se pensa, elas representam escalas de redução e


não de ampliação. Tente fazer um objeto começando pela escala 1:20
até a 1:125 e perceba que a dimensão do objeto será reduzida
proporcionalmente.

As escalas de redução mais recomendadas pela NBR 6492


(Representação de projetos de arquitetura) são: 1:5, 1:50, 1:500; 1:75;
1:10, 1:100; 1:2, 1:20, 1:200; 1:25, 1:250.

Veja que, quando se deseja reduzir o tamanho de um desenho em


proporções iguais, leia-se 1:X ou 1/ X (um para X). Ex: Escala 1:20 (
escala um para 20).

Escalas em Desenho
Exemplo de Fixação:

“Como ler um desenho de fachada de uma casa na escala 1:100”?

É muito simples: cada 1 cm do desenho representa 100 cm (cem centímetros) lineares da


fachada. E 100 cm, matematicamente falando, corresponde a 1 m (um metro).
O escalímetro pode ser usado para outras escalas além das seis graduações indicadas no de
n⁰ 1. Por exemplo, para utilizar a escala 1/10 utilizamos, no escalímetro, a escala 1/100.

O processo é simples: basta dividir o número 100 por 10 e conseqüentemente todas as


graduações também são divididas por 10.

Escalas em Desenho
Para transformarmos a escala 1:100 para 1:1000, ocorre o nverso:
multiplica-se o número 100 por 10 e logo todas as suas graduações
também são multiplicadas por 10.

Neste caso a graduação 1m da escala 1:100 torna-se 10 m (1000 cm) na


escala 1:1000 e as suas subdivisões correspondem a 1 m cada.

Escalas em Desenho
Nas transformações de outras escalas (1:20; 1:25; 1:50;1:75 ou 1:125) para ampliar ou reduzir
o desenho, usa-se o mesmo processo explicado acima para a escala 1:100, ou seja,
divide-se ou multiplica-se por 10, respectivamente.

Por exemplo,usando a escala 1:20, quando se faz uma linha nas escalas 1:2, 1:20 e por 1:200,
verifica-se que a linha da escala 1:2 é maior que a de 1:20 que é maior que a de 1:200. Para
notar as diferenças nos tamanhos das linhas, faça uma linha de 1 metro nas três escalas
citadas anteriormente.

Abaixo, estão os desenhos das outras escalas existentes no escalímetro n⁰1, para
compreender a sua leitura no dia-a-dia.

Escalas em Desenho