Anda di halaman 1dari 7

PROCEDIMENTO OPERACIONAL POP NUPSO SVS - 001

PADRÃO

TÍTULO: ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS PELO SERVIÇO SOCIAL

I - CONTROLE HISTÓRICO

HISTÓRICO
REVISÃO DATA Nº PÁGINAS ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
ALTERAÇÃO
Maria Celi Neto
00 19/11/2012 05 Emissão Inicial Denise Marlene Ana Paula Renault
Ferreira
Daneize Fátima
Maria de Ana Paula Renault
01 21/11/2016 07 Revisão Marcia Barbosa
Lourdes Silva Maristela Soares
Marcia Luciene

1. Introdução
O acompanhamento realizado pela equipe do Serviço Social compreende o atendimento
aos beneficiários e familiares em situação de risco social, conforme definido em
legislações vigentes, sendo estas: Estatuto do Idoso; Estatuto da Criança e Adolescente –
ECA; Estatuto dos Portadores de Necessidades Especiais; Estatuto da Pessoa com
deficiência e Mulheres em situação de Violência. Prevê ainda o acompanhamento aos
beneficiários internados nas especialidades oncologia e hemodiálise e na Unidade de
Cuidados Paliativos e Prolongados – UCPP.
No âmbito deste acompanhamento, que abrange o período da internação até a alta
hospitalar, estão previstos os procedimentos: suporte familiar na alta hospitalar e
encaminhamentos para continuidade do tratamento (através da rede de atendimentos dos
Postos de Saúde e Secretarias de Saúde na cidade de origem dos beneficiários), nos
casos de uso de medicamentos de alto custo, oxigenoterapia, dieta nutricional, transporte
fora do domicílio – TFD.

2. Objetivos
 Registrar informações: história de vida do paciente, sua composição familiar, local de
moradia, formação, profissão, vínculo com o IPSEMG, dentre outras.
 Atender interconsultas solicitadas para beneficiários não classificados inicialmente
como em situação de risco social.
 Apoiar beneficiários e familiares em situação de risco social no período de sua
internação até a alta hospitalar.
 Promover a agilização da alta.

3. Campos de aplicação
 Unidades de internação

ASSINATURA E CARIMBO 1
PROCEDIMENTO OPERACIONAL POP NUPSO SVS - 001
PADRÃO

TÍTULO: ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS PELO SERVIÇO SOCIAL

I - CONTROLE HISTÓRICO

HISTÓRICO
REVISÃO DATA Nº PÁGINAS ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
ALTERAÇÃO
Maria Celi Neto
00 19/11/2012 05 Emissão Inicial Denise Marlene Ana Paula Renault
Ferreira
Daneize Fátima
Maria de Ana Paula Renault
01 21/11/2016 07 Revisão Marcia Barbosa
Lourdes Silva Maristela Soares
Marcia Luciene

 Unidades previstas em legislação vigente, com obrigatoriedade de acompanhamento


pela equipe do Serviço Social, tais como: Hemodiálise, Quimioterapia, UCPP, Pediatria,
Psiquiatria e Serviço Médico de Urgência – SMU.

4. Referências normativas
 Lei 8.662/93 - Regulamentação da profissão.
 Resoluções CFESS nº 290/94 e 293/94.
 Resolução CFESS nº 383, de 29/03/1999.
 Estatuto de Idoso Lei nº 10.741 de 1º de outubro de 2003.
 Estatuto da Pessoa com Necessidades Especiais nº 7853 de 24/10/1989.
 Pessoas com Transtorno mental Lei nº 10.216 de 06 de abril de 2001.
 Lei Maria da Penha nº 11.340 de 07 de agosto de 2006.
 Estatuto da Criança e do Adolescente nº 10216 de 06 de abril de 2001.
 Lei Orgânica de Assistência Social nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993.

5. Responsabilidade/ competência
 Compete ao Assistente Social realizar o acompanhamento do beneficiário em situação
de risco social internado no HGIP, desde sua admissão até a alta hospitalar.
 Competem às demais categorias profissionais da assistência solicitar interconsultas,
sempre que necessário.

6. Definições
 Não se aplica.

7. Conteúdo do padrão
7.1 Recursos necessários

ASSINATURA E CARIMBO 2
PROCEDIMENTO OPERACIONAL POP NUPSO SVS - 001
PADRÃO

TÍTULO: ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS PELO SERVIÇO SOCIAL

I - CONTROLE HISTÓRICO

HISTÓRICO
REVISÃO DATA Nº PÁGINAS ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
ALTERAÇÃO
Maria Celi Neto
00 19/11/2012 05 Emissão Inicial Denise Marlene Ana Paula Renault
Ferreira
Daneize Fátima
Maria de Ana Paula Renault
01 21/11/2016 07 Revisão Marcia Barbosa
Lourdes Silva Maristela Soares
Marcia Luciene

 Recursos Humanos: Assistente Social com lotação respeitando as legislações vigentes.


Secretária para suporte administrativo.
 Materiais: transporte, telefone com acesso a ligações interurbanas, computador com
acesso à internet.
 Infraestrutura: sala para atendimento individual (garantindo o sigilo).

7.2 Principais passos


 Acolher o paciente no ato da internação e realizar a admissão social.
 Acompanhar e agilizar a alta hospitalar do beneficiário.
 Atender interconsultas solicitada pela equipe multiprofissional.
 Realizar estudo socioeconômico do beneficiário e seu núcleo familiar para subsidiar o
encaminhamento as rede sociais da sua comunidade, tais como: ONGs, Casas de
Apoio, dentre outros.
 Lançar diariamente os atendimentos realizados no prontuário eletrônico.
 Identificar os pontos críticos para a desocupação do leito no momento da alta
hospitalar, tais como: resistência dos familiares em receber o beneficiário, necessidade
de medicamentos, oxigenoterapia, materiais de finalidade terapêutica, transporte para
retorno a domicílio, dentre outros.
 Orientar o beneficiário e seus familiares, quando necessário, sobre o processo de
aquisição de medicamentos, dietas especiais e materiais de finalidade terapêutica
através da Secretaria de Estado da Saúde.
 Registrar no prontuário eletrônico, no momento da alta hospitalar, os fatores que
impactaram na desocupação do leito, tais como: transporte, documentação, término de
procedimentos, orientações de alta, presença de familiares (capital/interior).

ASSINATURA E CARIMBO 3
PROCEDIMENTO OPERACIONAL POP NUPSO SVS - 001
PADRÃO

TÍTULO: ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS PELO SERVIÇO SOCIAL

I - CONTROLE HISTÓRICO

HISTÓRICO
REVISÃO DATA Nº PÁGINAS ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
ALTERAÇÃO
Maria Celi Neto
00 19/11/2012 05 Emissão Inicial Denise Marlene Ana Paula Renault
Ferreira
Daneize Fátima
Maria de Ana Paula Renault
01 21/11/2016 07 Revisão Marcia Barbosa
Lourdes Silva Maristela Soares
Marcia Luciene

 Solicitar ambulância ao Setor de Transporte do HGIP, através de relatório médico e


formulário do Serviço Social, justificando a necessidade deste (somente para
beneficiários residentes em Belo Horizonte).
 Solicitar ambulância/TFD na Prefeitura Municipal da cidade de origem do beneficiário,
mediante relatório médico (para beneficiários que residem fora de Belo Horizonte).

7.3 Cuidados especiais


 Não se aplica.

8. Siglas
 IPSEMG: Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais
 HGIP: Hospital Governador Israel Pinheiro
 ECA: Estatuto da Criança e Adolescente
 UCPP: Unidade de Cuidados Paliativos e Prolongados
 TFD: Transporte fora do domicílio
 SMU: Serviço Médico de Urgência
 NUPSO: Núcleo Psicossocial
 SVS: Serviço Social

9. Indicadores
 Percentual de beneficiários com alta hospitalar monitorada pelo SVS.
 Percentual de beneficiários que desocupam o leito em até 2 horas após a alta assinada
e comunicada.

ASSINATURA E CARIMBO 4
PROCEDIMENTO OPERACIONAL POP NUPSO SVS - 001
PADRÃO

TÍTULO: ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS PELO SERVIÇO SOCIAL

I - CONTROLE HISTÓRICO

HISTÓRICO
REVISÃO DATA Nº PÁGINAS ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
ALTERAÇÃO
Maria Celi Neto
00 19/11/2012 05 Emissão Inicial Denise Marlene Ana Paula Renault
Ferreira
Daneize Fátima
Maria de Ana Paula Renault
01 21/11/2016 07 Revisão Marcia Barbosa
Lourdes Silva Maristela Soares
Marcia Luciene

10. Gerenciamento de riscos


Falhas potenciais
Categoria Ações de Ações frente ao
geradoras de Evento
de risco prevenção evento
riscos
Assistencial Indisponibilidade do Atraso na Manutenção Solicitar a TI a
Sistema MV desocupação do preventiva do sistema solução do problema
leito Realizar registro
físico

Assistencial Cadastro no sistema Dificuldade para Atenção do Correção do


MV incompleto e /ou localizar o profissional cadastro pela Setor
incorreto paciente responsável no de internação.
momento de executar Registar não
o cadastro e conformidade
conferencia dos
dados antes de gravar
os mesmos no
sistema

Assistencial Escala não Não monitorar Cobertura de 06 Solicitar cobertura


contempla todos os as altas nos fins horas aos sábados das escalas do
dias e horários da de semana Serviço Social
semana

ASSINATURA E CARIMBO 5
PROCEDIMENTO OPERACIONAL POP NUPSO SVS - 001
PADRÃO

TÍTULO: ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS PELO SERVIÇO SOCIAL

I - CONTROLE HISTÓRICO

HISTÓRICO
REVISÃO DATA Nº PÁGINAS ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
ALTERAÇÃO
Maria Celi Neto
00 19/11/2012 05 Emissão Inicial Denise Marlene Ana Paula Renault
Ferreira
Daneize Fátima
Maria de Ana Paula Renault
01 21/11/2016 07 Revisão Marcia Barbosa
Lourdes Silva Maristela Soares
Marcia Luciene

Assistencial Atraso do transporte Atraso na Entrar em contato Manter contato com


para beneficiário do desocupação do com as Prefeituras a Prefeitura até a
Interior leito em tempo hábil chegada da
(considerar distância ambulância
e trajeto para cidade
de origem)

Assistencial Atraso familiar Atraso na Avisar data da alta Acompanhar o caso


desocupação do previamente, junto aos familiares
leito observando horário
de trabalho e
localidade de origem.
Acompanhar através
de contato telefônico
a situação e tempo de
deslocamento

Assistencial Atraso nas Atraso na Atenção do Comunicar ao setor/


orientações de alta desocupação do profissional profisisonal
ou na entrega do leito responsável para que responsável para
sumário de alta evite atrasos que sejam tomadas
desnecessários as providencias
cabíveis

11. Referências

 Legislação vigente e normas do CRESS (Conselho Regional de Serviço Social).

ASSINATURA E CARIMBO 6
PROCEDIMENTO OPERACIONAL POP NUPSO SVS - 001
PADRÃO

TÍTULO: ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS PELO SERVIÇO SOCIAL

I - CONTROLE HISTÓRICO

HISTÓRICO
REVISÃO DATA Nº PÁGINAS ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
ALTERAÇÃO
Maria Celi Neto
00 19/11/2012 05 Emissão Inicial Denise Marlene Ana Paula Renault
Ferreira
Daneize Fátima
Maria de Ana Paula Renault
01 21/11/2016 07 Revisão Marcia Barbosa
Lourdes Silva Maristela Soares
Marcia Luciene

12. Anexos
 Não se aplica.

ASSINATURA E CARIMBO 7