Anda di halaman 1dari 4

EDUCAÇÃO FÍSCA – HISTÓRICO

CAPITULO I: INICIO DO SECULO XIX

Século passado XIX (1800 A 1899) - Educação Física esteve estreitamente vinculada às
instituições militares e à classe médica.

HIGIENISTA – SECULO XIX

 Médicos assumiram uma função HIGIENISTA, buscando modificar hábitos de saúde e


higiene da população, Favorecendo a Educação do Corpo.
 Educação Sexual vinculada a matéria para manter a pureza da raça branca
 Atividade física visto com mals olhos, pelo esforço físico ser associado considerado
menor

MILITARISTA – SÉCULO XIX

 Os militares tiveram influência da filosofia positivista,


 O que favoreceu tais instituições a pregar a educação do físico,
 O lema fundamental era importância de formar indivíduos fortes e saudáveis para
defender a pátria

REFORMA COUTO FERRAZ 1851 – SÉCULO - XIX

 Em 1851 tornou-se obrigatório a educação física nas escolas do município da corte


 Houve grande contrariedade por parte dos país em ver seus filhos envolvidos em
atividades que não tinha caráter educacional.
 Havia pais que proibiam meninas de participar das aulas
 Os menino teve menos resistência pela ideia da ginastica estar associada as instituições
militares.

PROJETO 224 de 1882 – RUI BARBOSA

 Em 1882, Rui Barbosa decretou a inclusão da ginastica nas escolas;


 Nesse decreto defendeu a equiparação dos professores de ginastica as outras disciplina;
 Destacando a importância do corpo saudável para sustentar atividade intelectual.
CAPITULO II: INICIO DO SECULO XX

No início do século 20, a educação física ainda sob o nome de ginastica, foi incluído nos currículos
do estado da bahia, ceará, distrito federal, minas gerais, Pernambuco e São Paulo

EDUCAÇÃO ESCOLA-NOVISTA - 1929

 Nessa mesma época a educação brasileira sofria influência do movimento escola-


novista;
 A mesma evidenciou a importância da educação física no desenvolvimento integral do
ser humano.
 Essa conjuntura, possibilitou que profissionais em 1929, ano da grande depressão,
discutissem métodos, as prática e os problemas relativos a educação física.
 A educação física desse período era baseada nos métodos europeus (sueco, alemão e
depois o francês), que se firmavam princípios biológicos.
 Faziam parte de um movimento mais amplo, de natureza cultural, politica e cientifica,
conhecido como movimento ginástico europeu.

DECADA DE 30 - HIGIENISTA

 Na década de 30, com ascensão nazista e fascistas, ganham força novamente a


EUGENIZAÇÃO da raça na educação física.
 O exercito passou ser a instituição a comandar um movimento prol do ideal da educação
física.
 A mesma mesclava objetivos patrióticos e de preparação pré-militar;
 Os discursos eugênicos, logo deram lugar aos objetivos HIGIÊNICOS e de prevenção de
doenças. Esses sim, passiveis de ser trabalhados dentro de um contexto educacional.
 Nos anos 30 pela mudança conjuntural significativa: o processo de industrialização e
urbanização e o estabelecimento do Estado Novo. A educação física ganhou novas
atribuições: fortalecer o trabalhador, melhorando capacidade produtiva.

EDUCAÇÃO FÍSICA NA CONSTITUIÇÃO DE 37

 Em 1937, na elaboração da constituição, foi feita a primeira referencia da educação em


textos constitucionais federais.
 incluindo como pratica educativa obrigatória (e não como disciplina curricular).
FINAL DO ESTADO ATÉ LDB DE 61

 Na LDB de 61 ficou determinada a obrigatoriedade da educação física para o ensino


primário e médio.
 O processo de esportivização da educação física escolar iniciou com a introdução do
método desportivo generalizado.

REGIME MILITAR: EDUCAÇÃO FÌSICA PÓS-1964

DECADA DE 60 - TECNICISTA

INFLUENCIAS TECNICISTA

 Após 1964, a educação, sofreu as influencias TECNICISTA.


 O ensino era visto como uma maneira de se formar mão-de-obra qualificada.
 Em 1971, com a lei 5692, a educação física teve seu caráter reforçado: era considerada
uma atividade prática, voltada para o desempenho técnico e físico do aluno.

DECADA DE 70

 Na década de 70 a educação física ganhou novamente funções na manutenção da


ordem e progresso.
 O governo pautou a mesma na formação de um exercito forte e saudável.
 As atividades esportivas também foram consideradas como fatores que poderiam
colaborar na melhoria da força de trabalho para o milagre econômico.
 Nesse período estreitaram os vínculos entre esporte e nacionalismo.um bom exemplo
foi a campanha da seleção na copa de 1970.
 A iniciação esportiva nesse período se a partir da quinta série, buscando novas
descobertas de talento para participar de competições internacionais.
 Nesse período o MODELO PIRAMIDAL norteou as diretrizes politicas na educação física.

DECADA DE 80

 A partir da década de 80, com o fracasso dos modelos imposto pelos militares (com o
brasil não se tornando uma potencia olímpica), a educação física deixou de ser exclusivo
na escolaridade da 5ª a 8ª série.
 A educação física passou a ser currículo priorizado na pré-escola e ensino infantil
 Nesse período a educação física teve seu enfoque ao desenvolvimento psicomotor do
aluno, tirando a escola a função de promover os esportes de alto rendimento.
 As relações entre a educação física e sociedade passaram a ser discutidas sob a
influencia das TEORIAS CRÍTICAS DA EDUCAÇÃO.
 Ocorreu então uma mudança de enfoque – primeiro na natureza da área (Objetivos,
conteúdos e pressupostos pedagógicos).
 No primeiro aspecto se ampliou a visão da área biológica, concebendo o aluno como ser
humano integral.
 No segundo aspecto, o foco foi os objetivos educacionais mais amplos (não apenas
voltada para formação do físico), conteúdos diversificados (não apenas esporte) e
pressupostos pedagógicos mais humanos (e não apenas adestramentos)