Anda di halaman 1dari 2

Universidade Federal de Goiás

Faculdade de Artes Visuais


Curso: Artes Visuais EaD. Licenciatura/UAB III /Percurso 1.

Disciplina: História da Arte: da Pré-História ao Barroco


Professor Formador: Samuel de Jesus
Prof. Tutor (a):--------------------------------------------------------Polo:-------------------------------------
Aluno (a):- ------------------------------------------------------------------------Data:-----/----/---------------

Atividade 1: Metodologia de Análise e de Comentário de Obra.

(Modelo para formatação do texto) Fonte: Times New Roman. Tamanho: 12. Espaçamento: 1,5.
Texto: Justificado e fazer os parágrafos. Observar as normas de citações de autores no texto
(citações diretas, indiretas, etc.).

Copie e cole a imagem da obra que escolheu para analisar

INTRODUÇÃO

Ela deve seguir a estrutura seguinte • Apresentação da obra: tentar seguir esta ordem, na medida do
possível: 1. Nome do artista 2. Título da obra, nome do monumento 3. Datas de realização 4.
Natureza dos materiais e estado de conservação (Matéria e técnica) 5. Medidas 6. Localização da
obra, do monumento, do objeto estudado ou lugar de conservação 7. Natureza da obra (arquitetura,
pintura, escultura, baixo relevo, etc.) 8. Assunto da cena representada quando trata-se de uma
iconografia.

I. HISTÓRICO (CONTEXTO GERAL)

Recolocar a obra dentro do seu contexto histórico global. Cuidado: isso implica o fato de ser
seletivo a respeito dos eventos escolhidos. Não é possível de estabelecer uma cronologia detalhada
do período, mais eleger sim as datas / os eventos pertinentes pelo estudo.

II. DESCRIÇÃO

Seguir uma ordem precisa - Usar um vocabulário especifico, e sem erros. Por isso, o sucesso
dessa descrição consiste essencialmente no domínio da nomenclatura, que dizer o vocabulário. Esse
ponto é crucial se nós desejamos ser bem e rapidamente entendidos (sem perífrases, redundâncias,
etc. Descrição do lugar da obra em seu contexto de origem • Descrição da obra: sempre seguindo o
movimento partindo do geral ao particular: - Descrição geral: Forma e aspecto da obra o de um
conjunto de obras - no caso de um tríptico, por exemplo – (Redondo, angular, fragmentado, etc.),
medidas (grande, médio, pequeno, imponente, etc.), tema (se tivesse um), matéria, cores... -
Descrição detalhada: descreveremos em seguida, de modo detalhado a obra: assunto, cena,
personagens, composição, planos sucessivos. No quadro de nossa disciplina, essa parte pode ser ás
vezes longa, ás vezes curta.

III. ANÁLISE.

Evitar todo julgamento ou apreciação pessoal de valor ou estético O estudo ou a análise de


uma obra consiste afinal em responder as sei perguntas básicas: Porque? Para quem? Por quem?
Quando? Onde? Como? III. 1 SITUAÇÃO E FUNÇÃO - Situar da obra em seu contexto de
produção (movimento, época) implica de contextualizar de modo muito preciso e detalhado a sua
situação. Além disso, isso implica uma análise estilística e iconográfica. - A situação tem com alvo
a necessidade de mostrar e explicar segundo quais requisitos ela pode estimada representativa – ou
não – do seu contexto de produção. - A função tem como objetivo explicitar de forma concreta o
uso/ a função/ a destinação da obra (encomenda público do Estado, encomenda privada, etc.) e
eventualmente aquele que a possuiu posteriormente (mudança, desvio, etc.) III. 2
COMPARAÇÕES - As comparações estão diretamente em relação com a situação. Elas permitem
nesse sentido de localizar e entender melhor a obra, tudo como elas ajudam de demonstrar se essa
obra é única ou não, se ela beneficiou de influências diretas ou, caso contrário, se ela influenciou
outras obras posteriores. - Em todos casos, é sempre crucial de proceder ao exercício das
comparações, apoiando – se com vários exemplos precisos.

IV. CONCLUSÃO

A conclusão não consiste em resumir o que acabou de ser escrito, mas apresentar de forma
concisa um relatório reunindo todas ideias desenvolvidas ao logo do argumento. Por isso, melhor
evitar as repetições desnecessárias, lugares comuns, e evidências ingênuas. Esse relatório precisa
alcançar e destacar as principais problemáticas essenciais ligadas à obra. Nessa perspectiva, essas
problemáticas serão convocadas para abrir o assunto principal desse estudo, desenvolvido através
desse comentário e dessa análise. Bom trabalho!

REFERÊNCIAS (Citar as referências das bibliografias utilizadas de acordo com as normas da


ABNT).

Minat Terkait