Anda di halaman 1dari 1

Página 123

1. A primeira parte corresponde às estâncias 1 e 2 e identifica o assunto da epopeia. A segunda


parte é a estância 3 e apresenta o propósito do poeta e da obra.

2.1. O protagonista referido no verso 1 são os homens ilustres e os seus feitos de armas, ou
seja, os valentes navegadores portugueses.

3.1. Os outros protagonistas são os reis portugueses envolvidos na expansão da fé e do


império e todos os que merecem ser recordados pelo seu valor.

4. d

5. “Cantando espalharei por toda a parte”.

5.1. A divulgação dos feitos dos portugueses deverá no futura chegar a todo o mundo e esse
conhecimento nunca deverá ser esquecido. O uso do gerúndio e do futuro do indicativo
remetem para a universalidade e intemporalidade da obra.

6.1. A realização desse projeto depende do talento na conceção da obra e da habilidade na sua
execução.

7.1. O herói de Os Lusíadas é o Povo Português, um herói coletivo.

7.1.1. O herói de Os Lusíadas é digno de ser cantado porque venceu o mar desconhecido,
expandiu a fé cristã, edificou um novo reino e fez obras “valerosas”.

7.1.2. O Humanismo valoriza o homem e os seus feitos. Assim, os portugueses demonstraram


valor, no modo como os deuses lhe obedeceram, chegando a alcançar a recompensa dos
deuses..