Anda di halaman 1dari 2

PROBLEMA 1 – GEOMETRIA MÉTRICA DO CIRCULO

RESOLUÇÃO

PRIMEIRA MODO [GEOMÉTRIA SINTÉTICA]

Seja  (COD) = 2. Logo,  (AOB ) = 3.  (COD) = 6. Como AB// CD , o quadrilátero ABCD inscrito é um
AOB  COD 6  2
trapézio isósceles com AD = BC. Dai,  (BOC) = (DOA) =   2 = COD e, portanto,
2 2
os arcos menores BC, DA e CD têm medidas iguais a 2 e BC  DA  CD  18 [ FIGURA 1 ]

FIGURA 1 FIGURA 2

Ainda mais, sendo E e F projeções ortogonais de C e D sobre o lado AB respectivamente, claramente :

AB  FE 46  18
FE = 18 , AF = EB =   14 ,
2 2
( BOD ) ( BOC )  ( COD ) 4 ( BOC )
 (ABC) =  (BAD) =    2 e  (EAC) =  (BAD) = .
2 2 2 2

Nestas condições,  AEC é retângulo em E, AE = AB – EB = 46 – 14 = 32 e  BEC é retângulo em E com EB = 14.


Então, fazendo AC = a e CE = h, resultam do teorema de Pitágoras aplicado aos  BEC e  AEC :
h2  14 2  18 2  h  8. 2 .
 2 , donde obtém-se  [ FIGURA 2 ]
h  32 2  a2 a  24 2 .

Agora, construindo uma corda BP na circunferência circunscrita ao trapézio ABCD, com P  C e BP = BC = 18,
tem-se  (POB ) =  (COD) = 2 . Então, sendo M ponto médio da corda BP,  PMO é retângulo em M,
POB BP
 (POM ) =  e PM =  9 . [ FIGURA 2 ]
2 2
r 9 r 9
Portanto,  (EAC) =  (POM) = ,  AEC   PMO [  AA]. Dai,  , ou seja,  , o que implica r = 27.
a h 24 2 8 2

1
SEGUNDA MODO [ USANDO CONCEITOS GEOMÉTRICOS E TRIGONOMÉTRICOS ]

Usando todas as considerações feitas durante a resolução do 10 modo e também os resultados obtidos, tem-se

14 7
cos 2 =  (  BEC retângulo em E, FIGURA 1 )
18 9

9
e sen  = (  PMO retângulo em M, FIGURA 2 ).
r

Portanto, em consequência destes resultados e da identidade trigonométrica “ cos 2 = 1 – 2 sen2  “,


2
7 9 9 1
obtém-se  1  2.  e, portanto, = , ou seja, r = 27.
9 r r 3

RESPOSTA: 27

AUTOR; LUIZ ANTONIO PONCE ALONSO [ 23/12/ 2017 ]