Anda di halaman 1dari 6

70 anos

das Inspetorias Regionais


de Estatistica Municipal

As Unidades Estaduais (UEs) no formato que


hoje as conhecemos foram criadas em 2002,
mas a história dessas 27 representações do
IBGE teve início em 1944 com a implementação
das Inspetorias Regionais de Estatística
Municipal que, em cada unidade da federação,
passaram a ter a incumbência de estar
à frente das Agências Municipais de
Estatística (AMEs).

As Inspetorias recolhiam o imposto oriundo


do “selo de estatística”, prestavam
assessoria técnica na coleta e crítica dos
dados e no treinamento dos agentes, de forma
a garantir o aprimoramento da apuração das
informações estatísticas nos municípios.

Ao londo do tempo, mudaram de denominação


algumas vezes, passando a se chamar
Delegacias do IBGE ou Divisões de Pesquisa,
por exemplo, como também sofreram mudanças
em sua estrutura, mas nunca deixaram de
ocupar papel estratégico na Rede de Coleta
do instituto.
Cronologia
1936 Efetiva instalação do Instituto A Convenção previa a criação de
Nacional de Estatística (INE) e repartições locais ou regionais para
celebração da Convenção Nacional de coleta de informações estatísticas,
Estatística. tendo em vista a construção de um
sistema estatístico nacional.
1942 Início da celebração de Convênios
Nacionais de Estatística
Municipal, que regulam a criação
e funcionamento das Agências
Municipais de Estatística (AMEs)
por meio de acordos entre a
União, estados e municípios, com
base no princípio da cooperação
interadministrativa.

1944 Criação das Inspetorias Regionais de Às Inspetorias cabia a prestação de


Estatística Municipal (IRs) em cada assessoria técnica às AMEs e, ainda,
unidade federativa. a fiscalização do recolhimento do
“selo de estatística”, uma taxação
1946 Criação da carreira de Agente de sobre diversões públicas que vigorou
Estatística. entre 1944 e 1967.

1946 Criação das Agências Modelo na A elas, além das atribuições normais
organização dos serviços municipais de uma AME, cabia também coordenar
de estatística. e supervisionar as atividades de
agências sob sua jurisdição, bem
1969 Extinção das Inspetorias Regionais como promover o treinamento e
de Estatística Municipal e criação aperfeiçoamento do pessoal lotado em
das Delegacias de Estatística do sua área.
Instituto Brasileiro de Estatística
(IBE) nos estados, as DELESTs.

1971 Criação da Rede Nacional de Agências


de Coleta.

1975 As Delegacias de Estatística do Tal alteração não foi acompanhada


IBE (DELESTs) são transformadas de mudanças funcionais e
em Delegacias do IBGE nos estados organizacionais significativas.
(DELIBGEs).

1977 As Delegacias do IBGE (DELIBGEs) Sua nomenclatura foi mantida: seriam


são submetidas a uma ampla Delegacias do IBGE nos estados,
reestruturação em suas atribuições, substituindo somente a sigla
competências e organização. DELIBGEs por DEGEs.

1990 Criação dos Departamentos Regionais Instâncias subordinadas à


(DEREs). Presidência do IBGE com jurisdição
sobre as representações do órgão em
1992 Todos os ESETs tornam-se Divisões uma ou mais Unidades Federativas.
de Pesquisa (DIPEQs), uma para cada Nessa mesma reforma, as DEGEs
Unidade da Federação. foram extintas e substituídas por
Escritórios Estaduais (ESETs) e
2002 Criação das Unidades Estaduais do Divisões de Pesquisa (DIPEQs) em
IBGE (UEs) com base em conclusões do cada Unidade Federativa.
Projeto Presença, iniciado em 1999,
que foram publicadas em 2001. Foram
extintos os DEREs e as DIPEQs.
Sedes

Acre, s.d.
Rio de Janeiro, 1972

Bahia, s.d.

Alagoas, 1976

Ceara,
a s.d. Pernambuco, s.d.

Santa Catarina, s.d.


Parana,
a 1970

Rio Grande do Norte, s.d.

Rio Grande do Sul, 1972


Piaui,
i 1944?

Mato Grosso, s.d.


Paraiba, s.d.

Para, s.d.

Sergipe, 194-?
Amazonas, s.d.
-
Sao Paulo, 1972
Fotos: Acervo Memória IBGE
Dia a dia

Instalações da Inspetoria Regional de Estatística José B. Duarte, inspetor Regional no Amazonas


Municipal no Amapá. Em 1º plano: Davino da Silva [s.d.].
Souza; 2º plano: Altair Cavalcante de Lemos e
Joaquina de Ameida Teixeira; 3º plano: Mair
Naftali Bermerguy e Jomar Rodrigues Tavares.
Ao fundo o gabinete do Inspetor Regional, [s.d.].

Salão da Inspetoria Regional de Estatística Balcão de atendimento ao público e guichê de venda


Municipal da Bahia (1950). e pagamento selo de estatística da Inspetoria
Regional de Estatística Municipal da Bahia (1950).

Interior das primeiras instalações da Interior das primeiras instalações da


Inspetoria Regional de Estatística Municipal Inspetoria Regional de Estatística Municipal
em Florianópolis, Santa Catarina [s.d]. em Florianópolis, Santa Catarina [s.d].

Interior da Inspetoria Regional de Estatística Interior da Inspetoria Regional de Estatística


Municipal em São Paulo (1950). Municipal em São Paulo (1950).

Fotos: Acervo Memória IBGE


Acontecimentos
Sebastião Oliveira
Reis, diretor do
Departamento de Visita do Inspetor
Censos, inaugura as Regional Arthur
novas instalações Herreira ao prefeito
da Delegacia de da capital, Eng.º
Estatística do Virgildásio de Senna
Instituto Brasileiro (1963).
de Estatística (IBE),
no Amazonas (1969).

Autoridades e Posse do inspetor


funcionários no regional da
evento de instalação Secretaria-Geral do
da Delegacia de Conselho Nacional de
Estatística do IBE no Estatística do Ceará
Ceará (1969). (1956).

Inauguração das
Inauguração da instalações da
sede da Inspetoria Inspetoria Regional
Regional de de Estatística
Estatística Municipal Municipal do Rio de
do Paraná (1958). Janeiro (1953), em
Niterói.

Comemoração do
Reunião de agentes 20º aniversário da
de estatística na Inspetoria Regional
Inspetoria Regional de Estatística
de Estatística Municipal no Rio
de Janeiro, na
Municipal do Rio de Catedral São João
Janeiro, em Niterói Batista (ou Catedral
(1957).
Metropolitana de
Niterói) (1964).

Participação da
Inauguração do Inspetoria Regional
gabinete dentário da de Estatística
Inspetoria Regional
de Estatística Municipal de São
Municipal em São Paulo no X Congresso
Estadual dos
Paulo [s.d.]. Municípios (1965).

Fotos: Acervo Memória IBGE


Raridades

Placa comemorativa da inauguração Sorteio das propriedades agrícolas para levantamento


da sede da Inspetoria Regional de agropecuário pelo método de amostragem.(1954).
Estatística Municipal no Paraná
(1958).

Esquerda:
Mavis Pinheiro Bauerfeldt
com cetro e coroa de rainha
da Inspetoria Regional de
Estatística Municipal no
Rio de Janeiro, Niterói
(1949).

Direita:
Reportagem do jornal Diário
do Povo sobre a festa de
comemoração do fim do ano de
1949 na Inspetoria Regional
de Estatística Municipal no
Rio de Janeiro, em Niterói
(1949).

Fotos: Acervo Memória IBGE