Anda di halaman 1dari 5

Alfabetização, Letramento “Nem caçador, nem pescador

e Literatura Infantil Caminhante...


Talvez um guia, que conhece um
Teleaula 1 certo trecho da estrada.
Talvez um tocador de flauta,
Profa. Me. Sarita A. Oliveira
Fortunato Buscando um ritmo para
tutoriaalfabetizacao@grupouninter.com.br o caminho.”

Alfabetização e Letramento (Fernando Lemos)

O Conceito de Alfabetização A Construção do Conceito:


e sua Trajetória Alfabetização e Letramento

 Pessoa considerada “alfabetizada”:  Últimos 30 anos – atrelado ao


conceito de letramento
• até 1940: escrever o próprio
nome  Passa a envolver não só o “saber
ler e escrever”, mas a capacidade
• de 1950 até o senso de 2000: de fazer uso da leitura e da
ler/escrever um bilhete simples escrita na sociedade

A Construção do Conceito: A Construção do Conceito:


Alfabetização Letramento

 Soares (2003):  O letramento relaciona-se ao


“estado” ou condição de quem
• afirma que alfabetizar é envolve-se nas diversas práticas
“tornar o indivíduo capaz de ler sociais
e escrever.”

1
Diferenças entre
Para essa autora (SOARES, Alfabetização e Letramento
2003), alfabetizar e letrar  Alfabetização: desenvolve-se
são processos “em um contexto” e “por meio”
inseparáveis. de práticas sociais de escrita e
leitura
 Letramento: só pode
Por quê? desenvolver-se “com contexto” e
“por meio” da aprendizagem da
alfabetização

O Conceito de Alfabetização Importante destacar


e suas Interfaces
 Até meados da década de 80, a
leitura e a escrita eram
Prontidão?
consideradas como processos de
Coordenação
motora? decodificação e codificação e,
Período
preparatório? para ensiná-las, era preciso
Discriminação
escolher o “melhor” método
auditiva?
Visual? entre os analíticos ou os
sintéticos
Método?

Alfabetizar e Letrar Alfabetizar e letrar: a escola

 Um diálogo entre teoria e prática  Morais e Albuquerque (2006)


implica a consideração da leitura enfatizam que caberia “à escola
e da escrita como domínios inserir os alunos o mais
específicos precocemente possível em
 Envolvimento dos alunos com situações reais de uso da língua
diversos gêneros sociais escrita”

2
 Letrar e alfabetizar Como Alfabetizar Letrando?
simultaneamente Letramento: tecido social

Reflexão
sobre novas
Construção da possibilidades
autoria e da de ação
cidadania pedagógica

Inclusão e
participação
efetivas dos
sujeitos
Apropriação da variedade
padrão da língua e da
linguagem escrita

Teorias de Bakhtin e
Vygotsky
Alfabetização

 Estudo da linguagem – homem


um ser essencialmente social e
Letramento
Caráter
ético-político histórico
• Na relação com o outro
Organização
Prática
pedagógica
Espaços
educativos
social e de • Intermediada pela linguagem
educação

• Se constitui e se desenvolve
enquanto sujeito

Como Afirma Vygotsky  Uma das principais consequências


(1988) que a análise da noção de
 Ao mesmo tempo em que a letramento traz é:
linguagem é um fator
importante para o
desenvolvimento mental da reflexão criticidade

criança, exercendo uma função


organizadora e planejadora do
seu pensamento, ela tem oralidade interação
também função social e
comunicativa
diálogo

3
Métodos de Alfabetização

Uma reflexão didática

Método Sintético

Método Misto
“período preparatório”

Método Analítico

Método Fônico
 Consciência Escola
fonológica
 Manipular os sons “Um lugar onde a leitura e a
da fala
escrita sejam práticas vitais”
 “Essa técnica
começa com uma
história. O trabalho (LERNER, 2002)
é baseado nos sons
das letras”

4
Referências de Apoio
 CAGLIARI, L. C. Alfabetizando
“Não podemos esquecer de que
sem o bá – bé – bí – bó – bú.
o que somos guarda algo que foi São Paulo: Scipione, 1998.
e que nos chega pela
 CARVALHO, M. Alfabetizar e
continuidade histórica [...] e
letrar: um diálogo entre teoria e
pelas marcas culturais que prática. 4 ed. Rio de Janeiro:
herdamos” Vozes, 2007.
 GANDIN, D. Planejamento como
(FREIRE, 2007, p. 24) prática educativa. 11. ed. São
Paulo: Loyola, 2000.

 MAINARDES, J. A escola em
ciclos: fundamentos e debates.
São Paulo: Cortes, 2009.
 SOARES, M. Letramento e
escolarização. São Paulo: Global,
2003.
• ARROYO, 2003.
• FREIRE, 2007.
• LERNER, 2002.
• VYGOTSKY, 1998.