Anda di halaman 1dari 1

Trabalho de CA

23/11/2017

Vítor Mendes Melo Silva

164 compassos

Partes:

Intro – Violinos com melodias mais movimentadas com resposta dos sopros menos
movimentadas. Caminha para o agudo.
A – Repetição da intro com madeiras movimentando fazendo a melodia e violinos mais parados.
Inverte a ordem com violinos tomando a melodia. Caminha para o grave.
B – Solo do Fagote caminhando no grave. Melodia diferente. Cordas seguram a harmonia.
C – Parte mais romântica. Trompas em tercinas. Menos movimento entre madeiras e cordas.
Violino 2 reforça Violino 1.
D – Continuação da parte anterior com movimento em tercinas das madeiras. Cordas mantêm
pouco movimento. Melodia aparenta caminhar na tonalidade dominante.
E – Parte de bastante densidade e bastante crescimento harmônico. Madeiras fazem um
contracanto em tercinas enquanto violinos fazem a melodia em ritmo menor. Há um aumento
de densidade caminhando para F.
F – Apogeu da primeira parte. Cordas aumentam a intensidade, altura e movimento. Madeiras
diminuem em contraste. Retomando à introdução.
G – Retoma a introdução. Em Tutti. Trompa faz melodia enquanto as cordas fazem cama.
H – É uma parte B. Com alterações nas cordas se tornando mais fortes as densidades. Os sopros
diminuem seus movimentos.
I – Diminuem os movimentos do violino em trêmulo. Metais fazem uma base intensa para as
cordas. Contrabaixo aumenta o movimento em tercinas de semicolcheia. Divisi e uníssonos nas
cordas.
J – Retorno ao tema principal em trêmulo e intenso.
K- Movimento mais intenso. Todos os instrumentos em fortíssimo
L – Sopros carregam a melodia e harmonia da música homofônicamente.
M – Retorno das cordas com pouco movimento e contrabaixo bastante movimentado. Metais
acompanham a harmonia com calma.
N – Desconstrução harmônica até sobrar apenas instrumentos graves.