Anda di halaman 1dari 1

REVOLUÇÃO DE 1830 Liberalismo

a) Temas anteriores: Liberdade Econômica em detrimento da ação do Estado


Propriedade Privada (viés jurídico de legalidade)
Congresso de Viena & Princípio da legitimidade Igualdade jurídica – fim dos privilégios de nascimento
Voto censitário (tendência do século XIX)
Principais teóricos: Adam Smith e Davdid Ricardo.
Crítica ao absolutismo Teses de Malthus sobre densidade demográfica e produção
De alimentos.
b) Caso Francês;
Socialismo Utópico
Dinastia Bourbon restaurada – Luís XVIII. (1815-1824).

Restabelecimento de uma ordem social elitizada. Voto censitário Mudanças “românticas e reformistas”.
– (gerando tensões políticas). Tentativa de suavizar a exploração da mão de obra.
Principais teóricos:
Saint-Simon, Charles Fourier e Robert Owen.
Tensões Políticas = surgimento de grupos políticos com
interesses variados. Século XIX – A afirmação do
Capital
Ultrarrealistas: retorno do absolutismo monárquico Socialismo Científico

Constitucionalistas: Defensores do governo de Luís XVIII Análise científica do funcionamento do capital


“Luta de classes como o motor da história”
Materialismo Histórico Dialético:
Liberais: defensores de Bonaparte
Infraestrutura e Superestrutura
Principais teóricos: Karl Marx e Friederich Engels
Revolucionários radicais: Preservação das conquistas
revolucionárias.
Anarquismo

1824 – Morte de Luís XVIII


Crítica ao marxismo
Sob ao trono, Carlos X, irmão do rei e apoiado pelos Crítica ao capital- Propriedade e ao Estado
ultrarrealistas. Propunha mudanças “radicais” e abruptas.
Crítica ao patriarcado, casamento e ao cristianismo.
Tensões entre os liberais e Carlos X Principais teóricos: Pierre Joseph Proudhon, Mikhael Bakunin,
StinerMalatesta, Piotr Kropotikin, Elissé Reclus