Anda di halaman 1dari 7

Universidade Federal de Minas Gerais

Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas


Departamento de História

Curso: Relações Econômicas Internacionais


Código: HIS236
Disciplina: História das Relações Internacionais I
Professor: Pedro Henrique Barbosa Montandon de Araújo
Carga Horária: 60 horas
Créditos: 04
Turma: D
1º Semestre de 2017
Ementa: Formação do sistema mundial a partir das grandes navegações. Processo de formação dos
impérios coloniais mercantilistas. Sucessivos ciclos de hegemonia, vinculados à expansão européia
até o fim do século XIX.

02/05) Introdução (1:40)

04/05) Realismo e Idealismo na Península Itálica (XV-XVI) (1:40)


BIGNOTTO, Newton. "Introdução" "O secretário florentino". In: Maquiavel. Rio de Janeiro: Jorge
Zahar, 2003.
SKINNER, Quentin. "Introdução" "O Diplomata". In: Maquiavel. Porto Alegre: L&PM, 2010.

Leituras Complementares:
BOBBIT, Phillip. "Dos Príncipes aos Estados Principescos: 1494-1648". In: A Guerra e a Paz na
História Moderna: O impacto dos grandes conflitos e da política na formação das nações. Rio de
Janeiro: Campus, 2003.
WATSON, Adam. "O Renascimento na Itália: O Stato". In: A Evolução da Sociedade Internacional:
Uma análise histórica comparativa. Brasília: UnB, 2004.

05/05) Reposição: Verbete Relações Internacionais


BOBBIO, Norberto. Verbete Relações Internacionais. Brasília: EdUnB, 1986.

09/05) Guerras Religiosas e a Formação do Estado Hobbesiano (1:40)


TUCK, Richard. Hobbes. São Paulo: Edições Loyola, 2001.

Leituras Complementares:
BARNABÉ, Gabriel Ribeiro. "As Relações Internacionais no Pensamento de Thomas Hobbes".
UFG: Philósophos, v.14, n.1, p.45-77, Jan./2009.
REIS, Bruno Cardoso. "Religiões Mundiais e Segurança Internacional: ensaio de análise macro-
histórica da violência religiosa". In: RODRIGUES, Luís Nuno; MARTINS, Fernando (Orgs.).
História das Relações Internacionais: Temas e Debates. Lisboa: Colibri, 2004.

11/05) O Império Universal dos Habsburgos (1:40)


WATSON, Adam. "A Tentativa Hegemônica dos Habsburgos". In: A Evolução da Sociedade
Internacional: Uma análise histórica comparativa. Brasília: UnB, 2004.

Leituras Complementares:
KENNEDY, Paul. "A tentativa de domínio dos Habsburgos, 1519-1659". In: Ascensão e Queda das
Grandes Potências: Transformação Econômica e Conflito Militar de 1500-2000. Rio de Janeiro:
Campus, 1989. pp.39-61.

12/05) Reposição: Primeira Expansão Europeia (1:40)


ELLIOTT, J. H. "A Conquista Espanhola e a Colonização da América". In: BETHELL, Leslie.
História da América Latina: América Latina Colonial. São Paulo: Edusp, 1997. (Vol.1)

Leituras Complementares:
GRUZINSKI, Serge. "Pontes Sobre o Mar". In: As Quatro Partes do Mundo: História de uma
mundialização. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

16/05) Paz de Vestfália e Tratado de Utrecht (1:40)


ARAÚJO, Marcelle Pires. "A Ordem Mundial de Vestfália". In: ZHEBIT, Alexander. Ordens e
Pacis: abordagem comparativa das relações internacionais. Rio de Janeiro: Mauad X, 2008.
WATSON, Adam. "O Tratado de Vestfália: Uma comunidade de Estados anti-hegemônica". In: A
Evolução da Sociedade Internacional: Uma análise histórica comparativa. Brasília: UnB, 2004.
PIRES, Verônica. "A Ordem Mundial de Utrecht: um rearranjo em Vestfália". In: ZHEBIT,
Alexander. Ordens e Pacis: abordagem comparativa das relações internacionais. Rio de Janeiro:
Mauad X, 2008.

Leituras Complementares:
BOBBITT, Phillip. "A Paz de Vestfália". In: A Guerra e a Paz na História Moderna: O impacto dos
grandes conflitos e da política na formação das nações. Rio de Janeiro: Campus, 2003.
______. "O Tratado de Utrecht". In: A Guerra e a Paz na História Moderna: O impacto dos
grandes conflitos e da política na formação das nações. Rio de Janeiro: Campus, 2003.
SILVA, Marcelo. "A influência da Discórdia Religiosa Ocidental sobre a afirmação dos princípios
da secularização das relações internacionais: interpretações da Paz de Vestfália". In: ZHEBIT,
Alexander. Ordens e Pacis: abordagem comparativa das relações internacionais. Rio de Janeiro:
Mauad X, 2008.

18/05) O Tratado de Tordesilhas e a Formação Territorial da América Portuguesa (1:40)


GOES FILHO, Synesio Sampaio. "O Tratado de Tordesilhas" "Bandeirismo: a superação de
Tordesilhas". In: Navegantes, Bandeirantes, Diplomatas: Um ensaio sobre a formação das
fronteiras do Brasil. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

19/05) Reposição: O Tratado de Madri e a Expansão do Território Colonial Português (1:40)


GOES FILHO, Synesio Sampaio. "O Tratado de Madri e Alexandre de Gusmão". In: Navegantes,
Bandeirantes, Diplomatas: Um ensaio sobre a formação das fronteiras do Brasil. São Paulo:
Martins Fontes, 2001.
\\

23/05) O Sonho da Paz Perpétua (1:40)


KANT, Immanuel. A Paz Perpétua: Um projeto filosófico.
WATSON, Adam. "A Idade da Razão e do Equilíbrio". In: A Evolução da Sociedade Internacional:
Uma análise histórica comparativa. Brasília: UnB, 2004.

Leituras Complementares:
REZA, Germán. "A dimensão cosmopolita. Federação dos povos livres de Emmanuel Kant". In: A
Invenção da Paz: Da República Cristã do duque de Sully à Federação das Nações de Simón
Bolívar. São Paulo: Humanitas, 2014.

25/05) A Expansão Napoleônica e Congresso de Viena (1:40)


COSTA, Jessica. "A Ordem de Viena". In: ZHEBIT, Alexander. Ordens e Pacis: abordagem
comparativa das relações internacionais. Rio de Janeiro: Mauad X, 2008.
WATSON, Adam. "O Império Napoleônico". In: A Evolução da Sociedade Internacional: Uma
análise histórica comparativa. Brasília: UnB, 2004.
Leituras Complementares:
ARAÚJO, Marcelle Pires. "Pax Napoleonica". In: ZHEBIT, Alexander. Ordens e Pacis: abordagem
comparativa das relações internacionais. Rio de Janeiro: Mauad X, 2008.
BOBBITT, Phillip. "O Congresso de Viena". In: A Guerra e a Paz na História Moderna: O impacto
dos grandes conflitos e da política na formação das nações. Rio de Janeiro: Campus, 2003.
GODECHOT, Jacques. "Guerra dos Bloqueios". In: Europa e América no Tempo de Napoleão
(1800-1815). São Paulo: Pioneira, 1984.

26/05) Reposição: Discussão sobre Realismo (1:40)


NOGUEIRA, João Pontes; MESSARI, Nizar. "O Realismo". In: Teoria das Relações
Internacionais: correntes e debates. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

30/05) Surgimento dos Estados Nacionais (1:40)


ANDERSON, Benedict. "Introdução" "Imperialismo e Nacionalismo Oficial". In: Comunidades
Imaginadas: Reflexões sobre a origem e a difusão do nacionalismo. São Paulo: Companhia das
Letras, 2009.

Leituras Complementares:
HOBSBAWM, Eric. "Introdução" "A nação como novidade: da revolução ao liberalismo". In:
Nações e Nacionalismo: Desde 1780. São Paulo: Paz e Terra, 2008.

Era do Imperialismo
01/06) A Conferência de Berlim (1:40)
BRUNSCHWIG, Henri. "Primeira Parte: os fatos". In: A Partilha da África Negra. São Paulo:
Perspectiva, 2004.

Leituras Complementares:
UZOIGWE, Godfrey N. "Partilha europeia e conquista da África: apanhado geral" . In: BOAHEN,
Albert Adu (Org.). História Geral da África VII: África sob dominação colonial (1880-1935).
Brasília: UNESCO, 2010.

02/06) Reposição: O Imperialismo no Extremo Oriente (1:40)


CHESNEAUX, Jean. A Ásia Oriental nos Séculos XIX e XX. São Paulo: Pioneira, 1976. pp.19-41.

Leituras Complementares:
ARRIGHI, Giovanni; AHMAD, Iftikhar; SHIH, Miin-wen. "As Hegemonias Ocidentais em
Perspectiva Histórica Mundial". In: ARRIGHI, Giovanni; SILVER, Beverly J. (Orgs.). Caos e
Governabilidade: No moderno sistema mundial. Rio de Janeiro: Contraponto, 2001.
SPENCE, Jonathan. "O Primeiro Choque com o Ocidente". In: Em Busca da China Moderna:
Quatro Séculos de História. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

06/06) A Pax Britannica (1:40)


NAZARÉ, Emília Carmem. "Pax Britannica". In: ZHEBIT, Alexander. Ordens e Pacis: abordagem
comparativa das relações internacionais. Rio de Janeiro: Mauad X, 2008.
LESSA, Antônio Carlos. "Liberalismo e expansão do modelo liberal inglês". In: História das
Relações Internacionais: A Paz Britânica e o mundo do século XIX. Petrópolis: Editora Vozes,
2005.

Leituras Complementares:
DÖPCKE, Wolfgang. "A Realização Plena da Hegemonia Europeia no Mundo: O Novo
Imperialismo". In: SARAIVA, José Flávio. Relações Internacionais Contemporâneas: Da
Construção do Mundo Liberal à Globalização - de 1815 a nossos dias. Brasília: Paralelo 15, 1997.

08/06) O Sistema Bismarckiano (1:40)


SILVA, Francisco Carlos. "A Paz Germânica ou o Sistema Bismarck de Alianças (1871-1890)" In:
ZHEBIT, Alexander. Ordens e Pacis: abordagem comparativa das relações internacionais. Rio de
Janeiro: Mauad X, 2008.

Leituras Complementares:
KENNEDY, Paul. "As guerras da unificação alemã". In: Ascensão e Queda das Grandes Potências:
Transformação Econômica e Conflito Militar de 1500-2000. Rio de Janeiro: Campus, 1989.

09/06) Reposição: A Teoria Marxista das Relações Internacionais


NOGUEIRA, João Pontes; MESSARI, Nizar. "O Marxismo". In: Teoria das Relações
Internacionais: Correntes e Debates. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.
Leituras Complementares:
ESPINOSA, Antônio Roberto. "Marxismo e as Relações Internacionais". In: NEVES, André Luiz
Varella (Org.). Teoria das Relações Internacionais: As questões mundiais em debate. Petrópolis:
Vozes, 2014.
PECEQUILO, Cristina Soreanu. "O marxismo: economia e dominação". In: Introdução às Relações
Internacionais: Temas, atores e visões. Petrópolis: Vozes, 2004.

Brasil
13/06) Política de Independência (1:40)
RICUPERO, Rubens. "O Brasil no Mundo". In: CARVALHO, José Murilo (Org.). História do
Brasil Nação (1808-2010) - Volume 1: Crise Colonial e Independência (1808-1830). Rio de
Janeiro: Objetiva, 2011.

Leituras Complementares:
DORATIOTO, Francisco; VIDIGAL, Carlos Eduardo. "Independência e definição do estado
nacional (1822-1845)". In: LESSA, Antônio Carlos; OLIVEIRA, Henrique Altemani. História das
Relações Internacionais no Brasil. São Paulo: Saraiva, 2014.

20/06) Relações Internacionais no Império (1:40)


BETHELL, Leslie. "O Brasil no Mundo". In: CARVALHO, José Murilo (Org.). História do Brasil
Nação (1808-2010) - Volume 2: A Construção Nacional (1830-1889). Rio de Janeiro: Objetiva,
2011.

Leituras Complementares:
DORATIOTO, Francisco; VIDIGAL, Carlos Eduardo. "Soberania, Intervencionismo e Pragmatismo
(1845 – 1889)". In: LESSA, Antônio Carlos; OLIVEIRA, Henrique Altemani. História das
Relações Internacionais no Brasil. São Paulo: Saraiva, 2014.

22/06) O Sistema Global (1:40)


WATSON, Adam. "O Sistema Europeu Torna-se Mundial". In: A Evolução da Sociedade
Internacional: Uma análise histórica comparativa. Brasília: UnB, 2004.
23/06) Reposição: Tratado de Versalhes (1:40)
FERRER, Jorge Luiz Pereira. "A Ordem Mundial de Versalhes e Washington". In: ZHEBIT,
Alexander. Ordens e Pacis: abordagem comparativa das relações internacionais. Rio de Janeiro:
Mauad X, 2008.

27/06) Carr e a Fundação das Relações Internacionais


CARR, Edward H. Vinte Anos de Crise: 1919-1939. Brasília: EdUnB, 1981. (Capítulos: I, VI e VII)

29/06) Prova Final (1:40)

Avaliações:
Trabalho Final
O aluno elaborará um trabalho final a ser entregue no último dia de aula. Com um tema à sua
escolha, o estudante deverá utilizar tanto a bibliografia básica quanto a recomendada, além de
interpretar as fontes primárias.
- 40 Pontos;
- 4 a 8 páginas. Espaçamento 1,5. Margens Superior e Esquerda 3, Inferior e Direita 2. Fonte
Times New Roman.

Prova Final
No último dia de aula os estudantes terão 1:40 para escreverem, presencialmente, uma resposta a
uma pergunta abrangente sobre o tema. Será bem avaliado aquele que souber articular conteúdos e
aprofundar as análises.
- 40 pontos.

Participação
Sendo a disciplina pensada para ser ministrada de forma dialogal, a participação estudantil se torna
essencial. Dessa forma, os alunos serão avaliados pela participação em sala de aula, devendo ler os
textos e opinarem sobre os temas, ajudando no andamento do curso.
- 20 Pontos.