Anda di halaman 1dari 3

Terceira Lista de Exercícios - Engenharia Civil

Disciplina Cálculo II - IFSP

2o sem. - 2014

Prof. José Renato

. Cálculo de áreas. Sólidos de revolução. Comprimento de curva.

Exercício 1: Calcule a área da região limitada pelo gráco de f (x) = x3 , pelo eixo x e pelas
retas x = 0 e x = 1, isto é, calcule
Z 1
x 3 dx .
0

Exercício 2: Calcule a área da região limitada pelo gráco de f (x) = x2 , pelo eixo x e pelas
retas x = 1 e x = 2.

Exercício 3: Calcule a área da região limitada pelas retas x = 0, x = 1, y = 2 e pelo gráco


de y = x2 . (Resp.: 5/3)

Exercício 4: Calcule a área do conjunto de todos os pontos (x, y) tais que x2 ≤ y ≤ x.
(Resp.: 1/3)

Dica: Notar que as funções x2 e x se interseccionam nos pontos 0 e 1, onde esses serão os
limites de integração; ou ver Guidorizzi, p. 318.

Exercício 5: Desenhe o conjunto A dado e calcule a área.

a) A é o conjunto de todos (x, y) tais que x2 − 1 ≤ y ≤ 0; (Resp.: 4/3)


b) A é o conjunto do plano limitado pelas retas x = −1, x = 2, y = 0 e pelo gráco de
y = x2 + 2x + 5; (Resp.: 21)

c) A é o conjunto do plano limitado pelo eixo 0x, pelo gráco de y = x3 − x, para −1 ≤ x ≤ 1;


(Resp.: 1/2. Dica: Obtenha as raízes e esboce o gráco.)
d) A é o conjunto de todos (x, y) tais que x ≤ 0 e x3 ≤ y ≤ x; (Resp.: 1/4. Dica: Obtenha
a intersecção das curvas e esboce o gráco.)
1
e) A é o conjunto de todos (x, y) tais que x > 0 e 2 ≤ y ≤ 5 − 4x2 ; (Resp.: 1/3.
x
Dica: Obtenha a intersecção das curvas e esboce o gráco. Os limites de integração serão:
1/2 e 1.)

1
Exercício 6: Determine a área da região entre o eixo x e o gráco de f (x) = x3 − 3x2 + 2 x,
para 0 ≤ x ≤ 2. (Resp.: 1/2)
Dica: Esboçar o gráco de x3 − 3x2 + 2 x, notando que a mesma terá parte do gráco abaixo
do eixo x, entre 1 e 2. Deverá ser feita a divisão de integração entre 0 e 1, e entre 1 e 2. As
raízes desta equção são 0, 1 e 2.

Exercício 7: Encontre a área da região delimitada pelas curvas y = sen(x), y = cos(x),


x = 0 e x = π2 .

Dica: Desenha a gura e verique onde as funções se encontram. A resposta é 2 2 − 2.

Exercício 8: Esboce a região delimitada pelas curvas y = x e y = x2 . Então calcule a área


da região.
Dica: Desenha a gura e verique onde as funções se encontram. A resposta é 1/6.

Exercício 9: Encontre os valores de c tais que a área da região delimitada pelas parábolas
y = x2 − c2 e y = c2 − x2 seja 576.
Dica: Assuma que c > 0 pois se c = 0 não teremos região. Desenhe a gura e observe a
simetria nos grácos. A partir daí, teremos que a área A desejada é quatro vezes a área do
primeiro quadrante. Enm, a área é 38 c3 e o valor de c é 6.

Exercício 10: Determine o volume dos sólidos obtidos com a rotação, em torno do eixo x,
das regiões limitadas pelas retas e curvas indicadas.

a) y = x2 , y = 0, x = 2;

b) y = 9 − x2 , y = 0;

c) y = cos(x), 0 ≤ x ≤ π2 , y = 0, x = 0;
p

Respostas: A resposta do item a) é 32π/5. Do item b) é 36π , e do item c) é π .

Exercício 11:Encontre o volume do sólido obtido pela rotação da região delimitada pelas
curvas dadas em torno das retas especicadas. Esboce a região e o sólido.

a) y = 2 − 21 x, y = 0, x = 1, x = 2; em torno do eixo x
b) y = 1 − x2 , y = 0; em torno do eixo x
c) y = x1 , y = 0, x = 1, x = 2; em torno do eixo x
d) y = x3 , y = x, x ≤ 0; em torno do eixo x

Respostas: A resposta do item a) é 19π/12. Do item c) é π/2, e do item d) é 4π/21.

2
Exercício 12:

Determine o volume do sólido obtido com a rotação da região limitada por
y = x e pelas retas y = 2 e x = 0 em torno do eixo x.
Dica: Desenhe a gura e observe a região pedida. Em seguida, calcule a integral observando
que o limite de integração será de 0 a 4. A resposta é 8 π .

Exercício 13: Use a fórmula do comprimento de arco para encontrar o comprimento da


curva y = 2x − 5, −1 ≤ x ≤ 3. Verique o seu resultado observando que a curva
√ é um segmento
de reta e calculando seu comprimento pela fórmula da distância. (Resp.: 3 10)
3
Exercício 14: Encontre o comprimento exato da curva 1 + 6 x 2 , para 0 ≤ x ≤ 1.

(Resp.: 243
2
(82 82 − 1))

Exercício 15: Nas curvas a seguir, determine os respectivos comprimentos.


3
a) y = 13 (x2 + 2) 2 , de x = 0 a x = 3
3
b) y = x 2 , de x = 0 a x = 4
4 2
c) y = 34 x 3 − 38 x 3 + 5, de x = 1 a x = 8

Respostas: A resposta do item a) é 12. Neste


√ item, forme o quadrado perfeito para simplicar
a expressão. A resposta do item b) é 278
(10 10 − 1). Neste item b) será necessário realizar a
mudança de variável. A resposta do item c) é 99/8; a diculdade deste item c) é perceber a
formação do quadrado perfeito.
3
Exercício 16: Encontre a função comprimento de arco para a curva y = 2 x 2 , com ponto
inicial P0 (1, 2).
Dica: Faça as contas usualmente, notando que a resposta dependerá de x ou alguma outra
variável. Observo ainda que para3 o cálculo√ da integral precisaremos utilizar a mudança de
variável. A resposta é 27
2
((1 + 9 x) 2 − 10 10)

Exercício 17: Uma partícula desloca-se sobre o eixo 0x com velocidade v(t) = sen(2 t),
t ≥ 0. Calcule o espaço percorrido entre os instantes t = 0 e t = π . (Resp.: 2)

Exercício 18: Calor especíco de um gás. (Resp.: aproximadamente 5.434)


A capacidade térmica Cv é a quantidade de calor necessária para acrescentar 1o C à
temperatura de uma dada massa de gás, a um volume constante, medida em cal/o C.mol (caloria
por grau centígrafo, por mol). A capacidade térmica do oxigênio depende de sua temperatura T
e satisfaz a fórmula
C v = 8, 27 + 0, 00001 (26 T − 1, 87 T 2 ) .
Determine o valor médio de C v para 20o ≤ T ≤ 675o C, notando que
R 675
Cv dT
20
C v médio = .
(675 − 20)