Anda di halaman 1dari 9

Ic é bium Engil, Gabriel bium ic hetan, o gio para goda standu, anduuard para eles

I am o seu anjo, Gabriel eu sou chamado, o que sempre diante de Deus eu estou, presente para o

alouualdon, ne si que ele me um é huarod arundi uuillea sendean. Nu Hiet ele


all-governante, (mas) não ele quando ele me em sua mensagem / recado onde send ele quer. Agora disse ele

-me um Faran Sid Thesan, Hiet que a CI thi thoh gicuðdi, que thi tipo giboran, fon thinera
me neste tempo passa, disse que eu lhe ainda dar a conhecer, de que seu filho vai nascer, do seu

alderu IDIS odan scoldi uuerðan um uueroldi thesero, uuordun spahi. Isso scal ni um é li ƀ um gio
esposa velho dado deve foram neste mundo, palavras sábias. Isso não deve, em sua vida para sempre

lides anbitan uuines um uueroldi é, assim ha ƀ ed im uurdgiscapu, metod gimarcod endi maht
hard-maçã cidra * beber vinho em seu mundo como tem o seu destino, o Medidor * determinado e poder

Godes. Het que a CI thi thoh sagdi, que scoldi gisið uuesan ele ƀ ancuninges, het
De Deus. Disse-me que você ainda (deve) dizem, que ele deve um companheiro de guerra ser de rei do Céu, disse

* ' uurdgiscapu 'E' metod ' . Destino e o medidor. Destino e tempo são muito importantes em Saxon religião. A existência de destino não é negado
pelo autor do Heliand. Por uma questão de fato, neste verso, ela é comparada como um igual a “Poder de Deus.” Enquanto 'uurdgiscapu' é uma
palavra comum no Heliand, 'metod' outra palavra para “medidor” é raro. “ lithes ”É melhor traduzida aqui como‘cidra de maçã duro.’A palavra
para‘vinho’( uuines ) Ocorre apenas duas palavras depois. Portanto, João não foi permitido beber ambos os tipos de bebidas alcoólicas que os
saxões bebiam em seus salões de vinho.
um Burgun. Bed aftar thiu que uurdigiscapu uuif. Skred o Ford uuintar, Geng thes
no Hill-forte * . Esperou após o destino que a esposa (on) ** . derrapou o inverno para a frente, indo por este

Gerês. Iohannes quam um lioht liudeo, lik uuas im sconi, uuas im fel Fagar, Fahs endi naglos,
ano. John veio à luz do homem, o corpo foi ele bonito, era o seu justo pele, cabelo e forte,

uuangun uuarun im uulitige. Tho Forun homem thar uuise, tesamne snelle, Thea suasostun mest,
bochechas estavam seu resplendor. Então vieram os homens sábios, rápido reunidos, que (são) forte maioria,

uundrodun thes uuerkes, Bihui ele gio Mahti giuuerðan assim, que undar tão aldun tuem odan uurði
perguntando estas obras, por isso sempre ser capaz ser assim, que sob assim dois anos de idade dado o destino **

celeiro um giburdeon, uuari ni que Gibod Godes sel ƀ es uuari, afsuo ƀ un sie garo, que
uma criança no nascimento, não era que ele ordenou o próprio Deus era, eles reconheceram plenamente, que

* ' Fortaleza da Colina. ' Zacarias é retratado como um guerreiro saxão com companheiros guerreiro, mas um homem nobre heirless num Hill-forte.
Ele também é retratado como um thane Saxon, não um sacerdote judeu. Enquanto o Heliand no final da canção 1 menciona que Zacarias é um
descendente de Levi, a Bíblia menciona Zacarias como sacerdote, ou seja, um descendente de Aarão, irmão de Moisés, o primeiro sumo sacerdote
de Israel.

* * Elizabeth espera no destino, e não sobre o poder do deus estranho. A palavra Saxon para 'destino' é “ giscapu " Aqui está " uurdigiscapu ”Literalmente
significa‘Fates de Uurd.’Uurd é o IDIS of Fate em Saxon mitologia, que atribui as almas que ainda não nasceram para o útero da mãe. Uurd
determina assim o status na vida da alma iria realizar. Uurd tem o poder aqui, não o Deus cristão.
brudigumon giuualdan si ƀ un saman uuintar. Tho ic gifragn que Iru thar Sorga gistod que
marido governou ***** juntos sete de inverno. Em seguida, pediu que eu que ela não se preocupar se levantou, que

sie thiu mikila maht metodes tedelda, uureð uurdigiscap. Tho uuas siu uuidouua aftar thiu
-lhe o grande poder do Medidor * separados, o destino irritado. Então foi ela uma viúva após este

para eles friðuuuiha fior endi antahtoda uuintro um uueroldi iro, por isso siu nia thana
no pátio do templo quatro e oitenta invernos ** em seu mundo, então ela nunca mais de lá

uuih ni forlet, ac siu thar ira dages drohtine uuel endi nahtes, gode thionode. Siu quam
o templo não sair, também ela lá seus dias bem Senhor e noites, boa solteira. Ela chegou

gangan oc thar a um sel Thea ƀ un tid, san antkende que Godes celeiro helage ENDI los Helidon
há também vindo no seu tempo próprio, reconheceu imediatamente que santo Filho de Deus e os homens

cuðde, eles uueroda aftar los uuiha uuilspel mikil, quad que im neriandas ginist
dado a conhecer, as pessoas após o Temple boa notícia grande, disse que a sua economia de salvação

ginahid uuari, Helpa ele ƀ encuninges, “Nu é o helago Krist, uualdand sel ƀ o um uuih Thesan
perto foi, ajudar o rei do Céu, “Agora ele Santo Cristo, o próprio governante no Templo

cuman te Thea liudi, o seu nu Lango um middilgard thesara, Managa huuila, thurftig thioda,
veio ao povo, o aqui e agora tempo nesta Terra-média *** muitos cada um, faltam (pobres) pessoas,

assim nu thes thinges mugun Mendian.”Manag fagonoda uuerod aftar los uuiha, gihordun
agora essa coisa são capazes de se alegrar.”Muitas pessoas se alegrou depois (em) o Templo, ouviu

uuilspel mikil fon gode seggean. Isso habde geld tho gilestid thiu IDIS um
a boa notícia grande de falar bem. Em seguida, o culto ainda tinha realizado a mulher

eles Alaha, ai assim que im um IRA euua Gibod endi um burg Thera berhtun giuuisdun Bok, helagaro
o templo, todos por isso ele em seu seu comando e lá brilhante livro hill-fort mostrado **** piedosos

handgiuuerk. Giuuitun im tho te hus thanan fon Hierusalem Ioseph endi Maria, helag hiuuiski,
handywork. Fui ele então para a casa depois de Jerusalém José e Maria, santa casa,
______________________________________________________________________________
* ' metodes tedelda uureð uurdigiscap ' O Medidor separa, Destino raiva. O medidor, ou o destino, a separava aqui marido. Em Saxon pensou, sua
vida foi medida pelo Destino, que determinado quando a vida iria acabar. O destino era “raiva”.

* * ' uuintro 'Winters. Os saxões contados os anos, com o número de invernos.

* * * ' middilgard ' Literalmente “reino do meio” ou “terra do meio”. Na cosmologia saxão, havia a árvore do mundo, chamado de “Irminsul”, que ligava
os oito reinos ou mundos. (Eu não acredito que os saxões sabia Vanaheim). O reino da humanidade foi Middle Earth.

* * * * ' berhtun burg bok giuuisdun ' Brilhante livro hill-fort mostrado. Esta é uma frase estranha. Estou assumindo que significa um livro do Velho
Testamento em Hill-fort Jerusalém. É possível que o autor quis dizer a Torah a maneira como os judeus teriam dentro de uma “arca” em uma
sinagoga. É um dos manuscritos cristãos medievais coloridas? Talvez esta seja uma escultura Heathen Runic?

* * * * * Nobres governaram um saxão colina-forte. O texto sugere que ela era a esposa de um nobre de uma colina-forte.
thar en aha fliutid, Nilstrom mikil Nord te seuua, Flodo fagorosta. Thar que friðubarn
lá em fluxos de água, Nile-rio grande norte para o mar, que flui de forma justa. Não que a paz com crianças

Godes uuonoda um uuilleon, antthat uurd fornam Herodes thana cuning, eldeo que ele forlet
de Deus viveu em falta, até Fate / Urd * destruiu o rei Herodes, que ele deixou (a) idade de

celeiro, modag Manno drom. Tho scolda Egan Thero marca giuuald é er ƀ iuuard, os uuas
criança / homens, homem louco de sonho. ** Então, se a força limite possuir seu (a) hier, em seguida, foi

Arquelau Hetan, heritogo helmberandero, o scolda folkes Umbi Hierusalem Iudeono,


Arquelau chamado, governante do capacete portadores, então, deve cerca de Jerusalém judeus pessoa,

uuerodes giuualdan. Tho uuarð cuman uuord thar um eðiliun Manne egypti, que te thar
o poder do povo. Em seguida, foi notícia chegou lá no Egito (a) homem nobre, que há a

Iosepe, Godes Engil sprac, drohtines Bodo, het ina EFT que celeiro thanan ledien te lande.
José, o anjo de Deus falou, mensageiro Senhor o chamou novamente a criança de lá levar a pousar.
______________________________________________________________________________
* ' uurd ' Destino. Fate (ou a deusa do destino: Uurd) é visto como trazendo Herodes a sua morte, não o Deus cristão. Na mitologia Saxon, o Irminsul
(árvore do mundo) cria o material para a humanidade: frutos do Irminsul que cai de seus ramos para a Terra (a Deusa Saxon Erda). Cada vez fruto
do Irminsul cai de seus ramos, uma criança é concebida. Uuoden seria atribuir a cada criança recém-concebido um espírito, mas Uurd, os IDIS of
Fate e seus Norns, determinar quais almas vão para as gestantes, pois há mais almas que esperam vida do que mulheres grávidas. Uurd e os
Norns determinar, bem muito de cada pessoa na vida. Uurd decidiu Herodes deve ser “destruído” ( fornam ). Este era o “destino” de Herodes em
termos saxões, destruída por conta de suas ações. O autor está afirmando que a Deusa Uurd ( “Destino”, que foi chamado de “raiva” no início do
Heliand, ver nota de rodapé na p.124 acima - ' metodes tedelda uureð uurdigiscap ') Determinado tempo de Herodes tinha acabado. Para Destino e
não “Deus / Senhor” para “destruir” Herodes, diminui o deus cristão. É agradavelmente surpreendente como Heathen e anti cristão a Heliand é às
vezes. O cristianismo tem uma mentalidade de “um Deus verdadeiro”, e “Deus é um Deus zeloso” ideal, e é intolerante com adorar outros deuses
fora de Cristo.

(Embora, pedindo feriados pagãos e


cristianização-los foi uma prática comum, apesar do fato de que era proibido pelas escrituras cristãs e judaicas.)

É óbvio que o autor está recorrendo a Heathen pensamento aqui, para apelar aos corações de seu público saxão. A reação emocional em toda esta
seção, superando em muito o relato bíblico, contra o rei Herodes, seus motivos egoístas, sua morte, sem sentimentos de culpa, seu uso cruel de
seu exército, aponta, sem dúvida, a outra figura régia determinado, Carlos Magno. Reação a cuja, 33 anos “guerra de conquista e forçou a
conversão ao cristianismo” implacável contra os saxões há dúvida alimentando o fogo de sentimentos do autor. O fato de que Carlos Magno
impiedosamente matou saxões, e impôs leis da morte por não obedecer o jejum quaresmal (Lex Saxonum 4), a morte a qualquer Saxon para
enterrar um corpo na forma Pagan (pira) (Lex Saxonum 7), a morte a qualquer Saxon que despreza batismo e continua a ser um Pagan (Lex
Saxonum 8),

18), forçando de todas as crianças saxões para ser batizado (Lex Saxonum 19), forçados enterros saxões em cemitérios cristãos (Lex Saxonum 22)
etc etc etc. A Lex Saxonum foi o Charlemagne código legal imposto aos saxões conquistados no ano 802.

* * Carlos Magno morreu no ano 814 AD. A história Herodes no Heliand pode levar alguém a especular que o autor estava lá quando a notícia
fatídica viajou para o leste e chegou Saxônia. (Eu acredito que o autor está dando a entender que o destino determinou a morte de Carlos Magno
acordo com a nota acima sobre ' Uurd '.)
Tho geuuet IMU o helogo Crist forðuuardes Faren, fremide alomahtig alloro dago
Então foi ele o Santo Cristo, viajar para a frente, levando a cabo o Todo-Poderoso muito (muitos) dias

gehuilikes, drohtin o godo, liudeo barnum Leof, lerde meados uuordun Godes uuilleon
cada, comandante as pessoas boas e as crianças adorável, ensinou com palavras a vontade de Deus

gumun, habda imu iungorono filu simbla te gisiðun, salig Folc Godes,
(A) os homens, ele tinha discípulos muito sempre como guerreiros-companheiros, as pessoas felizes de Deus,

Manno megincraft, managoro Theodo, helag heriskepi, uuas é helpono deus, mannun mildi.
Os homens podem-força, muitas pessoas, exército santo (multidão), era a sua ajuda bom, um homem generoso.

Tho oi meados Theru menigi quam, mid thiu brahtmu que celeiro Godes te burg Theru hohon,
Então ele com a muitos vieram, com pessoas trouxe a criança de Deus, para a colina-fort o maior

o neriendo te Naim. Thar scolde é namo uuerðen mannun gemarid. mahtig Geng Tho para
o salvador de Naim. Não deve o seu nome ser (a) homem famoso. Em seguida, foi (a) poderoso para

neriendo Crist, antat ele ginahid uuas, heleandero bezt. Tho sahun sie thar en hreo
salvador Cristo, até que ele se aproximou foi, (a) curador melhor. Então viu que há um cadáver

Dragan Enan liflosan likhamon Thea liudi forien, Beran um ut enaru baru em Thera
trazendo um corpo lifelost, a quem (as) pessoas transportando, uma criança em uma maca para fora no

Burges dore homem maguiungan. Thiu moder aftar Geng um iro hugi hriuuig endi handun
porta de hillfort, filho homem-young. A mãe depois veio, em sua mente preocupada e mãos

slog, carode endi cumde iro kindes DoD, o IDIS armscapan. Ele uuas ira ENAG celeiro.
impressionante, luto e luto a morte de seu filho, uma mulher misterable. Ele era seu único filho.

siu uuas iru uuidouua, ne habda uunnea de mer biuten te themu enagun sunie al gelatina
Ela era ela uma viúva, não teve a felicidade de mais, exceto para o único filho todo dedicado,

uunnea endi uuillean, anttat ina iru uurd benam mari metodogescapu. Megin folgode,
felicidade e querendo, até que ele o seu destino tomou, brilhante medidor. Muitos seguiram, (a)

burgliudeo gebrac, homem thar ina um drog baru, homem iungan te gra ƀ e. Thar uuarð imu
hill-fort trouxe, há o homem-lo em uma maca trouxe, jovem a (o) sepultura. Lá estava ele

o Godes sunu, mahtig mildi endi te Theru moder sprac, het que thiu uuidouua uuop farleti
o filho de Deus, poderoso e generoso para a mãe falou, disse que o choro viúva abandonar

Cara aftar themu kinde, `qui scalt hir ofício Sehan, uualdandes giuuerc. Thi scal hir uuilleo
pesar após a criança: “Você deve aqui pode ver, o trabalho (a) do governante. Você deve aqui vai

gestanden, frofra muito thesumu folke. ne tharft qui ferah Caron barnes thines.' Thuo hie ti
ficar de pé, um favor antes de essas pessoas. Não preciso de você (a) espírito lamentar criança seus da “. Então ele a

Thero barão Geng iac hie ina sel ƀ O anthren, drohtines Suno, Handon helagon, endi ti-los
a criança foi e ele também ele se tocou, filho do Senhor, mãos santas, e para o

heliðe SPRAK, Hiet ina tão alaiungan-se astandan, Arisan restun fã Theru. Thie RINC
as pessoas falavam, disse isso a ele muito jovem levantar-se, surgem a partir de (a) que descansa (place). O jovem
-se asat, que celeiro um Thero Barun. uuarð im eft um é Briost cominho thie gest thuru Godes
-se sentou a criança na maca. ele foi novamente em seu peito vindo do espírito através de Deus

criar endi hie tegegnes sprac, o homem UUID é magos. Thuo ina eft Thero muoder bifalah
poder, e ele antes de falar, o homem com seus relatvies. Então ele novamente ao elenco mãe (a),

helandi Crist uma mão. hugi uuarð iro te fro ƀ ra thes IUU ƀ ES um uunneon, huand iro Thar
curandeiro Cristo na mão. Mente era o seu é para confortar a mulher em felicidade, porque ela lá

Sulic uuilleo gistuod. siu caiu tho te fuotun Cristes endi thena Folco drohtin
tal vontade / favor levantou (aconteceu). Caiu ela então aos Cristo dos pés e cacique do povo

lo ƀ oda para Thero liudeo menigi, huand iro hie no modo lio ƀ es ferahe mundoda uuiðer
elogiou diante do povo muitos, porque ela em assim o espírito de uma vida protegida contra

metodigisceftie farstuod siu que hie uuas thie mahtigo drohtin, helago thie, thie
O medidor. Entendida ela que ele era o chefe poderoso, o santo, o

himiles giuualdid, ENDI que hie Mahti gihelpan managon, irminthiedon allon.
Régua de Deus, e que ele foi capaz de ajudar muitos, toda a humanidade.
______________________________________________________________________________
v.2167-2212 Esta é uma imagem aqui de um líder saxão (como Widukind), que faz uma passagem pelo seu território, com seus guerreiros. Cristo
em um sentido estava fazendo rondas. A observação do seu nome se tornar famoso entre os homens é o lugar muito comum entre germânica
Heathen Sagas, como o nome de Beowulf se tornar famoso, ser lembrado, e vivendo após sua morte. Por favor, note nesta passagem, vemos o
destino novamente decidir quando alguém vai morrer. O destino nesta passagem é as palavras saxão antigo “ uurd ”E“ metodogescapu “. Também é
mostrado nesta passagem é o conceito Saxon de um “ uuarsago ." UMA uuarsago é um adivinho, uma cartomante. No Heliand, parece que o
adivinho tinha duas funções, a de um homem sábio e uma pessoa de magia. Nesta passagem, Cristo é comparado a um milagreiro saxão. Isto é
visto especificamente no fato de que nos evangelhos bíblicos, Cristo toca a maca, mas aqui no Heliand ele toca o menino. (Tocando o morto em um
contexto judaico é un-santo, levando a um estado impuro na Lei de Moisés.) No contexto da Heliand, Cristo tocar o menino faz dele mais como um
assistente Saxon, a magia de trabalho ( magik ).

ia behuiu thiu marie burg Hiericho hetid thiu thar um gimacod stad Iudeon
também, portanto, o brilhante hill-fort Jericho é chamado, a não na Judéia que fica é feito

mid Murun thiu é aftar themu manen ginemnid aftar themu torhten Tungle ele ni mag é
com paredes este é depois da lua nomeado, após a constelação radiante não é capaz

tidi bemiðen ac ele Dago gehuilikes duod oðerhueðer, uuanod ohtho uuahsid. Então dod um thesaro
Evite tempo, mas dia cada um faz outro-que, Wanning ou em crescimento. Então fazer neste

uueroldi-lhe um thesaru middilgard menniscono celeiro farad endi folgod frode ster ƀ ad uuerðad eft
mundo aqui, nesta humanidade criança Terra-média vai e segue, o velho morrer, ser igualmente

iunga aftar Kumane uueros auuahsane unttat sie eft uurd farnimid.
o jovem que vem, estar crescendo (idade), até que ela novamente Destino tira.
______________________________________________________________________________
v.3624b-3633 Esta passagem mostra a compreensão Saxon of Fate e hora de forma muito clara. A palavra “Yericho” (Jericho) em hebraico bíblico
significa “lua”. Desde a lua é a principal deidade que mostra o tempo para os saxões, o autor expõe o entendimento Saxon of Time e como tudo
está sujeito a tempo e pelo destino. A palavra saxão antigo para Fate ( Uurd ) Novamente aqui também.

"uue uuarð thi, Hierusalem", Quad ele ", thes Qui te uuarun ni uuest Thea uurdegiskefti o noh thi
“Ai de ti, ó Jerusalém”, disse ele, “que você não ser saber quem o destino, que ainda

giuuerðen sculun huo qui noh uuirðis behabd heries craftu endi thi bisittiad
será devem, como você ainda digno de ser cercada pelo exército forte e você beseiged por

Homem sliðmode fiund meados folcun. Que ha ni ƀ como qui friðu huergin mundburd
slithery-minded homens inimigos com as pessoas. Então não tem paz em qualquer lugar, a protecção

mid mannun lediad thi-la a gerenciar a Ordos endi eggia orlegas uuord
com homens que vão levar você aqui muitos para spearpoints e sword's-arestas, as palavras de guerra.
______________________________________________________________________________
v. 3691-3697 Um vidente, ou mais precisamente em Old Saxon, um adivinho ( “ uuarsago ”Significa, literalmente, uma‘verdade sayer’ou seja, um que
conhece o futuro) é alguém que fala a verdade sobre o futuro. Cristo está agindo como um saxão Soothsayer aqui, explicando o destino de
Jerusalém. A palavra “Uurd” é mencionado, como Uurd é mencionado muitas vezes no Heliand. Esta passagem faz-me pensar sobre o quão
poderosa a palavra falada era no Velho Saxon Society. Por favor note, I, Robert Sass acreditam que na antiga religião cultura ea cultura eram uma
ea mesma coisa, e aprendendo saxão antigo, podemos entender que a cultura melhor, como a língua de qualquer sociedade mostra sua cultura.
Parece que as palavras foram ditas em batalha no mundo dos nossos antepassados.

"uue uuarð thi, Hierusalem", Quad ele ", thes Qui te uuarun ni uuest Thea uurdegiskefti o noh thi
“Ai de ti, ó Jerusalém”, disse ele, “que você não ser saber quem o destino, que ainda

giuuerðen sculun huo qui noh uuirðis behabd heries craftu endi thi bisittiad
será devem, como você ainda digno de ser cercada pelo exército forte e você beseiged por

Homem sliðmode fiund meados folcun. Que ha ni ƀ como qui friðu huergin mundburd
slithery-minded homens inimigos com as pessoas. Então não tem paz em qualquer lugar, a protecção

mid mannun lediad thi-la a gerenciar a Ordos endi eggia orlegas uuord
com homens que vão levar você aqui muitos para spearpoints e sword's-arestas, as palavras de guerra.
______________________________________________________________________________
v. 3691-3697 Um vidente, ou mais precisamente em Old Saxon, um adivinho ( “ uuarsago ”Significa, literalmente, uma‘verdade sayer’ou seja, um que
conhece o futuro) é alguém que fala a verdade sobre o futuro. Cristo está agindo como um saxão Soothsayer aqui, explicando o destino de
Jerusalém. A palavra “Uurd” é mencionado, como Uurd é mencionado muitas vezes no Heliand. Esta passagem faz-me pensar sobre o quão
poderosa a palavra falada era no Velho Saxon Society. Por favor note, I, Robert Sass acreditam que na antiga religião cultura ea cultura eram uma
ea mesma coisa, e aprendendo saxão antigo, podemos entender que a cultura melhor, como a língua de qualquer sociedade mostra sua cultura.
Parece que as palavras foram ditas em batalha no mundo dos nossos antepassados.
ser que ele Thea uurdi farsihit endi ele thes ar ƀ Edies endi scauuot
Mas quando ele os Fates viu e ele a labuta e viu
______________________________________________________________________________
v. 4581-4582 Eu acredito que este é um vislumbre Saxon mitologia. Jesus aqui está falando de Judas vendo seu fim, com a morte de seu Drohtin,
não o seu herói ou seu fro (senhor), mas a morte de seu Drohtin, o seu “chefe”. No entanto, é possível em Saxon mitologia que, antes de um
morreu, eles viram as Parcas. Talvez esta foi apenas uma expressão Saxon também. Isso também pode ser entendido como “mas quando viu Uurd
...”

Nam ele tho aftar thiu thes Moisés para eles mannun endi GAF é themu menscaðen, Iudase um
Tomou ele então depois disso a comida antes que os homens e deu-o (a) ele o criminoso, Judas em

mão endi imu tegegnes sprac sel ƀ o para eles é endi gesiðun ina sniumo het
mão e ele antes falava-se antes que eles seus guerreiros companheiros e ele rapidamente disse

Faran fã themu é folke. `Frumi thenkis tão Thu, 'Quad ele,' fazer isso qui duan scalt, qui ni
(A) ir de seguida, o seu povo. “Carryout assim que você pensa”, disse ele, “fazer o que você está fazendo deve, você não

maht bidernien leng uuilleon thinan. Thiu uurd está em handun, Thea tidi sind nu ginahid.'
capaz hide (a) (é) de comprimento intenções seus. O destino está na mão, a hora é agora vir.”

Então tho o treulogo que mos antfeng endi meados é anbet Mudu, então afgaf ina tho thiu Godes
Assim, pois, a verdade-liar a comida que ele tomou e com a boca comeu, por isso o deixou então o Deus

ofício, Gramon em geuuitun um likhamon Thene, leda uuihti, uuarð imu Satanas sero bitengi,
poder, o mal em espírito veio, no corpo, wights mal, era ele Satanás muito apreendidos,

Hardo Umbi é herte, Sítios ine thiu helpe Godes Farlet um liohte thesumu. Então é thena uue liudio,
Dificilmente em torno de seu coração, depois que ele a ajuda de Deus abandonada sob essa luz. Assim é o povo nós,

o modo undar thesumu himile scal herron uuehslon.


os (as) como assim sob este céu deve (a) mudança herói.
______________________________________________________________________________
v.4613b-4627. Alguns estudiosos acreditam que o “O destino está na mão, os tempos já chegou perto” frase para se referir a Cristo em vez de Judas. Eu vejo isso como uma alteração saxão da

história do Evangelho, como o destino não é mencionado nos Evangelhos em tudo. Embora eu concorde O destino pode ser gravado tanto para ser sobre a decisão Judas' e quando a morte de

Cristo (decisão do destino de quando o fio de Cristo será cortado), não podemos superestimar a compreensão anti-semita do verso no pensamento medieval. A palavra hebraica “Judá” é o nome

hebraico para Judas, e de Judá em grego é “Judas” no Novo Testamento. A palavra “judeu” vem da palavra hebraica para Judá (ou Judas) e não há dúvida de que a cristandade historicamente

culpou a morte de Cristo em Judá / Judas e os judeus. O último verso parece ser um ataque contra saxões, que o batismo depois forçado deu um juramento para ser cristãos. Muitas vezes, uma vez

conversões forçadas não são verdadeiras conversões, os saxões foram olhados como “disjuntores juramento” quando “revertido” de volta ao seu Heathenry após os juramentos batismais. No

entanto, acredito que saxões também iria entender essa passagem como mudar de Thunaer, Uuoden e Sassnot, a Cristo, e depois de volta a seus deuses, de forma bastante diferente do que como

os vencedores cristão visto aqueles que “voltaram ao paganismo.” Tanto a RFA e Einhard chamar os saxões traiçoeira para quebrar seus votos e tratados forçados. como diferentes situações

surpreendentes pode olhar de ambos os lados da mesma cerca. Meu ponto: O último verso parece implicar que a abandonar Cristo é semelhante a trair seu chefe na batalha. os saxões foram

olhados como “disjuntores juramento” quando “revertidos” de volta ao seu Heathenry após os juramentos batismais. No entanto, acredito que saxões também iria entender essa passagem como

mudar de Thunaer, Uuoden e Sassnot, a Cristo, e depois de volta a seus deuses, de forma bastante diferente do que como os vencedores cristão visto aqueles que “voltaram ao paganismo.” Tanto a

RFA e Einhard chamar os saxões traiçoeira para quebrar seus votos e tratados forçados. como diferentes situações surpreendentes pode olhar de ambos os lados da mesma cerca. Meu ponto: O

último verso parece implicar que a abandonar Cristo é semelhante a trair seu chefe na batalha. os saxões foram olhados como “disjuntores juramento” quando “revertidos” de volta ao seu Heathenry

após os juramentos batismais. No entanto, acredito que saxões também iria entender essa passagem como mudar de Thunaer, Uuoden e Sassnot, a Cristo, e depois de volta a seus deuses, de

forma bastante diferente do que como os vencedores cristão visto aqueles que “voltaram ao paganismo.” Tanto a RFA e Einhard chamar os saxões traiçoeira para quebrar seus votos e tratados

forçados. como diferentes situações surpreendentes pode olhar de ambos os lados da mesma cerca. Meu ponto: O último verso parece implicar que a abandonar Cristo é semelhante a trair seu

chefe na batalha. bastante diferente do que como os vencedores cristão visto aqueles que “voltaram ao paganismo.” Tanto a RFA e Einhard chamar os saxões traiçoeira para quebrar seus votos e forçou tratados. como diferen
O problema é que, para aceitar a Cristo era negar saxões pagãos ancestrais deuses e deusas, e seus chefes que os levaram a lutar para defender
suas casas e vidas. Claro, wights maus são responsáveis ​pela morte de Cristo, bem como, que também foi uma crença do cristianismo na época.

“Hui uuilliad gi tão Slapen?” Quad ele, “ni mugun samad meados mi uuacon eno tid? Thiu uurd é
“Por que te quero tanto (a) dormir?”, Disse ele, “Não é possível junto comigo acordado uma vez? O destino é

em handun, que assim gigangen scal, por isso deus fader gimarcode mahtig.”
em mãos, que então venha deveria, por isso Deus (a) Pai (tem) determinou poderoso “.
_____________________________________________________________________________________________
v.4777-4780. Canção 57 da Heliand continua com os discípulos adormecer no Jardim do Getsêmani depois da Páscoa (Last Super.) O destino
mais uma vez é mencionado por Cristo (e Destino nunca é mencionado nos Evangelhos.) Esta é novamente uma referência Saxon ao destino.
Claro, aqui o autor está dizendo que Deus, o Pai determinou Destino. O autor não nega a existência do Destino, mas afirma Deus controla, que é o
oposto de Saxon crença religiosa.

Thiu uurd Nahida Thuo, mari maht Godes endi Middi dag,
O destino se aproximou então, brilhante poderia Deus e (a) meio do dia,

que sia tia ferahquala frummian scoldun.


quando a tortura carry-out deve.

______________________________________________________________________________ _______________________________
v.5394a-5396. O destino novamente é mencionado. Aqui afirma-se que o destino está sob poder brilhante de Deus. Esta é basicamente dizendo
aos saxões que a Deusa que eles entendem como o destino é realmente a figura do pai cristã da Trindade.