Anda di halaman 1dari 19

PROCESSO GERAL DE

AIA EM PORTUGAL

Fases do processo de AIA


SELECÇÃO DE
ACÇÕES

1 – Selecção dos Projectos (das Acções)


DEFINIÇÃO DO
2 – Definição do Âmbito do EIA ÂMBITO

3 – Elaboração do EIA PREPARAÇÃO


DO EIA
4 – Apreciação Técnica (ou Revisão) do EIA
5 – Decisão APRECIAÇÃO
TÉCNICA
6 – Seguimento ou Pós-Avaliação (REVISÃO)

DECISÃO

PÓS-AVALIAÇÃO
Processo de selecção das acções (screening)

Processo através do qual se analisam e seleccionam as


acções/projectos susceptíveis de causar impactes significativos
no ambiente.

Métodos de selecção de projectos:

¾ Limiares dos projectos

¾ Critérios das áreas sensíveis

¾ Listas positivas e negativas

¾Avaliação ambiental inicial


Métodos de selecção das acções/projectos

¾ Limiares dos projectos

Definição dos limiares do projecto a partir dos quais é


necessário um processo de AIA.

Caso de projectos que ultrapassam determinada área,


capacidade de produção...

Método simples mas vulnerável...

Fácil manipulação da dimensão do


projecto de modo a evitar o processo de AIA
Métodos de selecção das acções/projectos

¾ Critérios das áreas sensíveis

Foca essencialmente na sensibilidade ambiental do local de


implantação do projecto segundo 3 vertentes:

1. Avaliação da qualidade da área – uso actual ou potencial versus


uso proposto;

2. Avaliação do valor da área, em termos da sua abundância ou


raridade, multiplicidade de oferta de usos, diversidade de
riqueza ecológica;

3. Avaliação da sensibilidade da área a alterações que afectam o seu


estado de equilíbrio (Determinação da capacidade de carga do
meio).

Dificuldades na definição da capacidade de carga...


Métodos de selecção das acções/projectos

¾ Listas positivas e negativas


Identificação de projectos em relação aos seus efeitos
significativos no ambiente, baseadas nas características do
projecto.

Listas positivas (ou obrigatórias) - explicitam as condições em


que um determinado projecto deve ser submetido a AIA

Listas negativas (ou de exclusão) - explicitam as condições em


que um determinado projecto não deve ser submetido a AIA

Os Anexos I e II do DL n.º 69/2000 constituem exemplos de


listas positivas.
Métodos de selecção das acções/projectos

Critérios para listas positivas:

• Categoria de projecto (classificação, objectivos, características do


empreendimento, tipo de produtos fabricados);

• Localização (áreas protegidas, litoral, ….);

• Dimensão (área, extensão, volumes ou caudais, tensão, potência,


capacidade instalada, quantidade de matéria-prima utilizada, n.º de
unidades);

• Proximidade de projectos similares (somatório de dimensões);

• Horizonte temporal;

• Valor do investimento;

• Conjugação de dois ou mais dos critérios indicados.


Métodos de selecção das acções/projectos

¾ Avaliação ambiental inicial

Utiliza directrizes e listagens na identificação dos impactes


significativos e das possíveis medidas de mitigação. Tem por
objectivo focalizar os impactes significativos e determinar a
necessidade de se proceder a um estudo completo de
impacte ambiental.

Leva mais tempo e envolve o público o que pode levar a uma


melhoria do próprio projecto.
Processo de definição do âmbito (scoping)

Processo através do qual se seleccionam as questões ambientais


significativas que podem ser afectadas pelos impactes ambientais
causados pelas acções seleccionadas e que deverão ser objecto de
EIA.

Uma vez identificado o projecto susceptível de provocar impactes


significativos no ambiente, importa identificar os atributos ou componentes
do ambiente sobre os quais existe maior preocupação do público ou grupos
interessados.

Focalizar o trabalho nas componentes ambientais prioritárias

Definição dos termos de referência do EIA


Objectivos do processo de definição do âmbito

1. Identificar questões e efeitos ambientais significativos provocados


por determinadas acções;

2. Identificar efeitos significativos sobre a população;

3. Avaliar as preocupações expressas pela população em relação aos


efeitos possíveis da acção e determinar se e como prosseguir com a
acção;

4. Definir os limites de um desejável aprofundamento da análise e


avaliação feitas em termos de optimização de tempo e recursos;

5. Determinar a natureza dessa avaliação em termos de métodos


analíticos e procedimento de consulta por forma a tornar eficiente o
processo de AIA.
A definição do âmbito permite o planeamento do EIA e o
estabelecimento dos termos de referência em relação à:

a) definição do programa, dos recursos e das especialidades técnicas


necessárias à realização do EIA;

b) definição dos estudos ambientais de base e inventários a


desenvolver;

c) apreciação adequada das alternativas do projecto a desenvolver;

d) selecção dos métodos a utilizar para previsão da magnitude dos


impactes;

e) definição dos critérios para apreciação do significado dos impactes;

f) identificação dos grupos que interessará envolver no processo de


participação pública.
Métodos de definição do âmbito

¾ Listas de verificação (Checklists)

¾Matrizes

¾ Fluxogramas (Networks)
Métodos de definição do âmbito

¾ Listas de verificação
Listas simples - indicam factores ambientais a ser considerados,
sem requerer informação sobre a magnitude ou importância dos
impactes.
Parte de uma lista de verificação simples:

Questão sim não talvez


(a) Ruído. Irá o projecto:
- aumentar os níveis sonoros existentes? … … …
- expôr pessoas a níveis de ruído
excessivos ? … … …
(b) Vegetação. Irá o projecto:
- alterar a diversidade das espécies? … … …
- introduzir novas espécies de plantas
na área ? … … …
- danificar alguma cultura agrícola? … … …
Métodos de definição do âmbito

Listas descritivas - Requerem informação sobre a magnitude e


importância dos impactes, bem como indicação sobre métodos de
previsão a utilizar.

Parte de uma lista descritiva:

Dados necessários Métodos de previsão


Saúde
Alteração na concentração dos poluentes Emissões de poluentes atmosféricos
previstas. População afectada. Modelos de dispersão. Cartografia.

Qualidade da água
Alteração dos usos da água e a população Efluentes existentes e previstos,
concentrações afectada existentes. Modelos de qualidade da água.

Ruído
Alteração dos níveis de ruído, frequência de Modelos de propagação ocorrência e
população afectada. do ruído, Inquéritos à população
Métodos de definição do âmbito

¾ Matrizes

Baseia-se em duas matrizes sequenciais - na 1ª matriz são


identificados tipos de impacte potencial para as diversas
fases de desenvolvimento do projecto.

Desta matriz resulta a identificação de impactes potenciais


significativos que são utilizados na 2ª matriz onde são
definidos, subdivididos e novamente relacionados com as
fases de desenvolvimento do projecto.

Os impactes desconhecidos são alvo de estudo.


Métodos de definição do âmbito

Matriz de Leopold

z Desenvolvida pelo United States Geological Survey (1971)

z 100 acções x 88 factores ambientais

z IMPACTE - corresponde a uma interacção entre a acção e o factor ambiental

z Os impactes podem ser identificados:


– qualitativamente
– quantitativamente

z Impactes podem ser POSITIVOS ou NEGATIVOS


Métodos de definição do âmbito

Matriz de Leopold

Acções

Magnitude
Factores ambientais

M
S

Significado
Métodos de definição do âmbito
Métodos de definição do âmbito

Matriz sequencial

Acções
1 2 3 4 5 A B F G H
Factores ambientais

A
B
C
D
E
F

A
B
C
H
I
J
Métodos de definição do âmbito

¾ Fluxogramas
Os fluxogramas, ou árvores de impactes, constituem uma
metodologia que identifica as interrelações entre causas e
efeitos, incluindo os impactes indirectos.