Anda di halaman 1dari 23

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA A DISTÂNCIA

Portal Educação

CURSO DE
PROGRAMA 5S´s

Aluno:

EaD - Educação a Distância Portal Educação

AN02FREV001/REV 4.0

32
CURSO DE
PROGRAMA 5S´s

MÓDULO II

Atenção: O material deste módulo está disponível apenas como parâmetro de estudos para este
Programa de Educação Continuada. É proibida qualquer forma de comercialização ou distribuição
do mesmo sem a autorização expressa do Portal Educação. Os créditos do conteúdo aqui contido
são dados aos seus respectivos autores descritos nas Referências Bibliográficas.

AN02FREV001/REV 4.0

33
MÓDULO II

3 ORIGEM DO PROGRAMA

O Programa 5 S’s tem sua origem no Japão, quando em maio de 1950, o


professor Kaoro Ishikawa apresenta um método para combater o desperdício, e
ajudar o país destroçado pela guerra e sem recursos naturais.
O programa 5S’s tem como base à prática milenar de princípios
educacionais, que os pais ensinam aos seus filhos, e que os acompanham até a
fase adulta, que são:
 HIGIENE;
 SEGURANÇA;
 BEM-ESTAR;
 SENSATEZ;
 RESPEITO AO PRÓXIMO.

Depois de ocidentalizada, essa técnica foi difundida e aplicada em diversas


empresas de manufatura, tendo como objetivo a melhoria do ambiente de
trabalho no “chão de fábrica”. No fim da década de 60, o estilo japonês de
administração passou a ser adotado por Organizações no mundo inteiro,
juntamente com as técnicas do TQC (Total Quality Control), que chegaram ao
Brasil no início dos anos 80, com o nome de Qualidade Total.
O Programa 5S´s é considerado pelas indústrias japonesas, como sendo o
fator básico para que as técnicas do TQC tivessem chances de serem bem-
sucedidas, e recebeu esta denominação como uma analogia à letra inicial dos cinco
princípios adotados que são:

AN02FREV001/REV 4.0

34
TABELA 4 – OS 5 SENSOS
SEIRI UTILIZAÇÃO
SEITON ORGANIZAÇÃO
SEISO LIMPEZA
SEIKETSU CONSERVAÇÃO
SHITSUKE DISCIPLINA

FONTE: Elaborado pelo autor.

Na interpretação dos ideogramas que representam as palavras do japonês


para o inglês, conseguiu-se encontrar palavras que iniciavam com a letra S e que
tinham um significado aproximado do original em japonês. Como você pode
perceber, todas as palavras apresentadas em japonês iniciam com a letra S, por isso
o nome do Programa 5S’s. Ao se traduzir as palavras japonesas para o português
não foi possível manter a mesma terminologia com termos que iniciassem com a
letra S. Dessa forma, no Brasil foi acrescentado o termo “senso de” antes de cada
palavra para manter a denominação original do programa.
Dependendo da bibliografia utilizada à denominação dos sensos pode variar,
por exemplo, para alguns autores o senso de utilização também pode ser aplicado
com os termos Arrumação, Organização ou Seleção, o senso de Organização pode
ser denominado de Sistematização ou Classificação, o senso de Limpeza pode ser
chamado de Zelo, o senso de Conservação também é utilizado com os termos de
Asseio, Higiene, Saúde e Integridade e, por fim, o senso de Disciplina, para alguns
autores, também pode ser reconhecido como Autodisciplina, Educação e
Compromisso. Os termos utilizados neste curso são os mais difundidos e os que
melhor representam a essência do modelo Japonês.
Algumas empresas utilizam conceitos adicionais que complementam o
entendimento do Programa 5S’s e incorporam outros sensos que podem ser
absorvidos pelos cinco sensos originais, incluindo itens de verificação e orientações
relacionadas a treinamentos e desenvolvimentos, meio ambiente, ética, dedicação,
comprometimento, procedimentos, trabalho em equipe, motivação, entre outros.

AN02FREV001/REV 4.0

35
O Programa 5S’s é uma importante ferramenta de gestão que pode ser
aplicada em qualquer empresa, independente do país onde se encontra ou porte e
característica. Além disso, pode ser aplicado em sua vida pessoal, pois em sua
essência são adotadas práticas que objetivam o bem-estar, ética, respeito e saúde e
segurança.
Grandes empresas no Brasil e no mundo, estão utilizando esta prática, como
recurso fundamental para a preparação do ambiente para a implantação da
qualidade total. Atualmente o Programa deixou de ser visto como uma ferramenta
direcionada exclusivamente para melhoria de ambientes fabris, e está sendo
implementado também em áreas administrativas e empresas de serviço.

3.1 OBJETIVOS GERAIS

Os objetivos gerais do Programa 5S´s podem ser considerados como os


macrorresultados possíveis de serem alcançados por meio da sua implantação, são
eles:

 MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA

A prática de cada princípio visa, sobretudo, à qualidade de vida, harmonizando


os recursos ambientais disponíveis na natureza, e ao nosso redor, com as diversas
atividades que desenvolvemos diariamente nos ambientes que frequentamos: familiar,
profissional, social, etc. Lembre-se! O Programa 5S’s deve ser aplicado tanto na sua
vida profissional como pessoal.

 PREVENÇÃO DE ACIDENTES

Nos ambientes organizados e limpos, a quantidade de acidentes reduz-se


cada vez mais, diminuindo assim o sofrimento das pessoas envolvidas nestes
acidentes. Geralmente os acidentes de trabalho estão relacionados a erros das

AN02FREV001/REV 4.0

36
pessoas, e na grande maioria poderiam ser evitados por meio de atos simples e
seguros. A responsabilidade pela segurança no ambiente de trabalho é de
todos.

 MELHORIA DA PRODUTIVIDADE

O conceito de produtividade para algumas pessoas está restrito à simples


relação entre o volume de recursos utilizados e o resultado obtido.
Muitas vezes não se aumenta a produtividade reduzindo o volume dos
recursos ou melhorando os resultados, é preciso envolver todas as pessoas para o
alcance dos objetivos da Organização, que são sobrevivência e prosperidade.
Se as pessoas realizam suas atividades querendo fazer bem-feito, e são
permanentemente educadas e treinadas, os índices melhorarão, aumentando os
lucros e garantindo a sobrevivência da Organização.

 REDUÇÃO DE CUSTOS

O Programa 5S´s combate o desperdício, possibilitando a utilização racional


dos recursos disponíveis e matérias-primas. O problema da escassez nos preocupa
hoje, porque junto com a diminuição dos recursos disponíveis, está ocorrendo a
destruição de materiais já utilizados e que poderiam ser reciclados. Com a aplicação
do Programa 5S’s as pessoas procuram utilizar de forma consciente os recursos,
harmonizando às necessidades de maneira sustentável.

 CONSERVAÇÃO DE ENERGIA

As fontes de energia estão cada vez mais escassas, levando a um aumento


de custos. Mas existe outra energia, proveniente de uma fonte inesgotável, que está
dentro de cada ser humano. Esta energia vem da nossa mente e deve ser utilizada
para o bem de todos. Nossas ações devem ser controladas e direcionadas para
atitudes positivas, como a conservação de energia. E isso pode ser realizado por
meio de ações simples, como apagar as luzes em ambientes vazios e desligar

AN02FREV001/REV 4.0

37
equipamentos que não estão sendo utilizados. Além de realizar ações para a
conservação de energia você também pode orientar as pessoas que estão no seu
convívio social e profissional para adotar estas práticas. Sensibilize todos de tal
forma que percebam os ganhos positivos reais que uma atitude consciente pode
proporcionar à sociedade.

 PREVENÇÃO QUANTO ÀS PARADAS POR QUEBRAS

Quando usamos indevidamente uma ferramenta ou equipamento, corremos


o risco de provocar danos a esses itens. Podemos até mesmo ser vítimas de
acidentes e causar danos físicos e/ou materiais a outras pessoas. Às vezes uma
fábrica para, devido à quebra de um equipamento causada pelo seu uso indevido,
causando sérios prejuízos.
O programa 5S’s ajuda a eliminar esses riscos, porque cada vez mais as
pessoas se conscientizam da importância de definir e seguir procedimentos e
padrões estabelecidos para utilização de máquinas e equipamentos.
Preocupe-se também com a sua saúde, pois assim como as máquinas e
equipamentos, o seu corpo precisa de atenção. Procure frequentemente um médico
e faça os exames periódicos para acompanhar a sua saúde. O comportamento
preventivo auxilia muito no combate às doenças ocupacionais e torna a sua rotina
mais produtiva.

 MELHORIA DOS AMBIENTES FREQUENTADOS

O Programa 5´Ss proporciona melhoria no relacionamento das pessoas e


desenvolve a prática de atitudes pautadas em padrões éticos e morais superiores,
aceitos e praticados por todos, contribuindo até para melhorar o clima
organizacional, familiar e social.

 MELHORIA DO MORAL DAS PESSOAS

AN02FREV001/REV 4.0

38
Uma das boas consequências geradas com a implantação do Programa 5S’s
é a melhoria do clima organizacional. Quando você trabalha em um ambiente mais
confortável, limpo e seguro, certamente estará mais motivado para realizar as
atividades relativas ao seu trabalho. Esta motivação também influencia no seu
comportamento fora do ambiente de trabalho, o seu humor e a disposição física e
mental auxiliará a proporcionar benefícios pessoais para você e sua família.

3.2 CONCEITUAÇÃO DOS SENSOS

De forma a se manter a identificação original com cada um dos “s” relativos


a cada princípio, estes foram denominados de “sensos”.
Você vai conhecer agora os conceitos de cada senso do Programa 5S’s e
alguns comentários e dicas sobre eles, de modo que você possa entender e
perceber a abrangência e aplicação prática destes conceitos.

Você sabe o que significa a palavra senso?

TABELA 4 – SIGNIFICADO DA PALAVRA SENSO


Senso: “faculdade de apreciar, de julgar, de entender”. Significa, também,
“entendimento; juízo, tino” e aplicação correta da razão para julgar ou raciocinar em
cada caso particular.
FONTE: Dicionário Aurélio, 2012.

Para facilitar o entendimento, você deve lembrar que quando desejamos


destacar a característica ou boa qualidade de uma pessoa, normalmente utilizamos
a palavra senso, como por exemplo, senso de responsabilidade, senso de moral,
etc.

 SEIRI - SENSO DE UTILIZAÇÃO

AN02FREV001/REV 4.0

39
Consiste em identificar o que é necessário, e o que não é necessário para o
trabalho; onde somente o que for necessário deve permanecer no local. Materiais,
equipamentos e máquinas podem ser relacionados. Os itens desnecessários
deverão ser descartados, ou disponibilizados para outros locais.
Todos os recursos disponíveis devem ser avaliados de tal forma que
somente sejam mantidos aqueles que realmente sejam úteis para realização de
determinada atividade. Uma ação importante neste momento é não ter apego a
velhos objetos ou materiais que não têm utilidade para o seu trabalho. É muito
comum pensarmos que em “algum dia” aquele material pode ser necessário e por
isso eu vou guardá-lo. Essa é uma das grandes falhas comuns que ocorrem no
âmbito do senso de utilização.
Questione-se! Avalie se todos os objetos são necessários e se a quantidade
a ser adquirida está bem dimensionada. Não compre em excesso. Lembre que
materiais estocados representam dinheiro parado. Um dos problemas relacionados a
custos das empresas está associado à má administração dos estoques. Seja
consciente na utilização de matéria-prima e compre somente a quantidade
necessária.
Esse e os outros sensos podem ser aplicados também na sua casa, por
exemplo, verifique aquele espaço em casa onde se coloca tudo que não serve, os
brinquedos quebrados, a roupa velha, as revistas e jornais que não serão mais lidos
novamente, entre outros.
Verifique a tabela a seguir como uma forma resumida de orientá-lo para
utilização adequada de itens para o seu dia a dia:

AN02FREV001/REV 4.0

40
TABELA 5 – ORGANIZAÇÃO DE ITENS

Sempre usado Perto de você


Itens Usado uma vez no dia Próximo a você
Necessários
Usado uma vez por
Deixe-o afastado
semana
Podendo ser usado por Transferir para local a ser
Itens outros usado
Desnecessários Encaminhar para
Sobras ou sucata sem uso
reciclagem

FONTE: Elaborado pelo autor.

Esta tabela pode ser mais detalhada dependo da necessidade e da


dificuldade inicial de implantação do Senso de Utilização. Verifique a seguir um
exemplo de um detalhamento ainda maior da classificação dos itens necessários e
desnecessários para o seu dia a dia:

FIGURA 14 – CLASSIFICAÇÃO DE ITENS NECESSÁRIOS E DESNECESSÁRIOS

FONTE: Adaptado de Pearson, 2011.

AN02FREV001/REV 4.0

41
BENEFÍCIOS ESPERADOS:
 Liberação de espaço;
 Disponibilidade de objetos para outros usuários.

ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS NA IMPLANTAÇÃO DESTE SENSO:

1. Discutir amplamente com as pessoas do ambiente o que deve ser guardado e o


que deve ser descartado;
2. Identificar as causas que levaram à desarrumação e a guarda desnecessária de
materiais e objetos sem utilidade e eliminar estas causas;
3. Registrar e quantificar o que estiver sendo guardado, disponibilizado ou
descartado;
4. Tomar cuidado para não descartar itens que ainda podem ser utilizados, ou que
são úteis para outras pessoas.

REGRA: ELIMINAR TUDO QUE É DESNECESSÁRIO.

 SENSO DE ORGANIZAÇÃO (SEITON)

Organizar é dispor adequadamente o material de trabalho, de forma a


possibilitar a localização fácil, com rapidez e segurança, de qualquer item ou
informação, a qualquer momento. Organização é a consequência natural de se
arrumar o que se utiliza.
Organizar a disposição dos materiais, objetos, máquinas, equipamentos e
ferramentas, tanto no ambiente administrativo quanto no operacional, ajudam você a
economizar tempo localizando os itens necessários. Vejam a importância de aplicar
inicialmente o primeiro senso de forma adequada. Tendo no seu ambiente de
trabalho apenas os itens necessários, fica muito mais fácil organizá-los. Nunca se
esqueça de que depois do uso de qualquer material, ferramenta ou produto, ele
deve voltar para o seu lugar de origem.

AN02FREV001/REV 4.0

42
Verifique se o layout dos móveis, máquinas e equipamentos está adequado.
Em algumas ocasiões a disposição inadequada das ferramentas de trabalho gera
esforço adicional desnecessário para a realização das tarefas. Torne o seu ambiente
funcional e agradável por meio de um layout bem definido e um bom método de
comunicação visual. Identifique tudo que for necessário de modo que auxilie na
localização dos materiais e objetos.
Da mesma forma que o Senso de Utilização, o Senso de Organização
também pode ser aplicado no seu dia a dia, como por exemplo, não é incomum a
cena pela manhã de procura de agenda, documentos, celular, chaves, etc. Estas e
outras cenas podem ser evitadas com a organização do ambiente armazenando os
objetos de maneira adequada.
Esteja atento na utilização de materiais estocados, é importante controlar a
quantidade e a data de validade dos mesmos. Uma boa prática que pode ser
adotada para gerenciamento do estoque de materiais é o método Primeiro que
Entra, Primeiro que Sai (PEPS) e Último que Entra, Primeiro que Sai (UEPS).

FIGURA 15 – ETAPAS PARA ORGANIZAÇÃO DO AMBIENTE DE TRABALHO

FONTE: Adaptado de Pearson, 2011.

AN02FREV001/REV 4.0

43
BENEFÍCIOS ESPERADOS
 Rapidez e facilidade na busca de objetos, documentos, etc.
 Redução de tempo perdido;
 Melhor aparência do ambiente de trabalho.

ASPECTOS A SEREM OBSERVADOS NA IMPLANTAÇÃO DESTE SENSO:

1. Padronizar as nomenclaturas utilizadas para identificação e guarda dos


materiais e objetos;
2. Usar etiquetas e código de cores para identificar os locais de guarda
dos materiais e objetos;
3. Determinar como guardar levando-se em conta a facilidade de
manuseio e reabastecimento;
4. Treinar e educar todas as pessoas no processo de organização
estabelecido.

REGRA: UM LUGAR PARA CADA COISA E CADA COISA EM SEU LUGAR.

 SENSO DE LIMPEZA (SEISO)

Limpar é eliminar qualquer tipo de sujeira, cumprindo um conjunto de ações


preventivas, de forma a manter o ambiente sempre limpo. Devemos executar a
rigorosa inspeção dos locais de trabalho, máquinas, objetos, equipamentos e
ferramentas de forma a detectar possíveis problemas. Geralmente a atividade de
limpeza é considerada como de responsabilidade exclusiva do “pessoal da limpeza”
quando na verdade todos são responsáveis por manter a sua área limpa, pois
“ambiente limpo não é aquele que mais se limpa, mas aquele que menos se suja”.
Ao se manter em excelentes condições de limpeza o ambiente de trabalho e
os equipamentos, contribui-se para o bem-estar e a segurança de todos, bem como
o aumento de produtividade. Este senso também pode ser encarado como uma

AN02FREV001/REV 4.0

44
parte do processo de gestão ambiental, já que cria o hábito da eliminação de fontes
de poluição.

FIGURA 16 – ETAPAS PARA MANUTENÇÃO DA LIMPEZA NO AMBIENTE DE


TRABALHO

FONTE: Adaptado de Pearson, 2011.

BENEFÍCIOS ESPERADOS
 Satisfação dos colaboradores em trabalhar em ambientes limpos.
 Preservação da imagem da empresa junto aos clientes.
 Maior equilíbrio físico e mental.

ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS NA IMPLANTAÇÃO DESTE SENSO:


1. Limpar todos os locais, incluindo paredes, tetos, janelas, móveis, objetos, de
forma a deixar tudo limpo;

AN02FREV001/REV 4.0

45
2. Utilizar as máquinas, equipamentos, móveis e instalações inspecionando a
limpeza e o funcionamento dos mesmos, detectando defeitos ou falhas durante o
uso.

REGRA: MAIS IMPORTANTE QUE LIMPAR, É NÃO SUJAR.

 SENSO DE CONSERVAÇÃO (SEIKETSU)

Manter a Organização, a Ordem e a Limpeza tendo cuidado para que os


estágios alcançados não retrocedam. Verificar constantemente se os três sensos
anteriores estão implantados e sendo praticados, com resultados favoráveis. Nesse
senso, para não retroceder aos estágios iniciais, é importante controlar as ações do
dia a dia no que tange a seleção, organização e limpeza dos objetos e do próprio
ambiente de trabalho.
Podemos incluir ainda neste senso a conservação de ferramentas, máquinas
e equipamentos (manutenção industrial), instalações em geral (manutenção predial),
bem como a conservação de energia (redução do consumo: luz, água, telefone,
etc.).
No senso de conservação também são considerados os aspectos de saúde
e segurança, em um sentido amplo (físico, mental e emocional). Nesse aspecto, é
importante eliminar as fontes de perigo, além de manter conservada em boas
condições a estrutura do ambiente de trabalho, tornando-o mais agradável para
realização das atividades.

AN02FREV001/REV 4.0

46
FIGURA 17 – ETAPAS PARA IMPLANTAÇÃO DO SENSO DE CONSERVAÇÃO

FONTE: Adaptado de Pearson, 2011.

BENEFÍCIOS ESPERADOS
 Redução de custos;
 Redução de paradas por quebra de máquina;
 Redução do desperdício;
 Melhoria da produtividade;
 Redução de acidentes.

AN02FREV001/REV 4.0

47
ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS NA IMPLANTAÇÃO DESTE SENSO:

1. Manter e melhorar permanentemente as condições do ambiente;


2. Cuidar sempre de nossa saúde física e mental;
3. Manter e melhorar permanentemente os padrões de operação e segurança das
atividades desenvolvidas no dia a dia.

REGRA: MELHORAR CONTINUAMENTE PARA QUE OS SENSOS ANTERIORES NÃO


RETROCEDAM.
CONSERVAR MATERIAIS, MÁQUINAS E AMBIENTES.
CONSERVAR ENERGIA.

 SENSO DE DISCIPLINA/AUTODISCIPLINA (SHITSUKE)

Cumprir procedimentos operacionais, éticos e padrões estabelecidos,


respeitando a hierarquia, e seguindo os princípios da empresa e de conduta.
Disciplinar-se é fazer tudo isso espontaneamente, e fazer disso um modo de vida,
um modo de pensar e agir.
É importante todos estarem conscientizados a realizar as atividades de
maneira natural, sem que seja necessário o controle por meio de fiscalizações.
Nenhum ambiente está tão bom que não possa evoluir. A melhoria contínua deve
ser buscada em todos os casos.
É o momento de observar o hábito de cumprir o que foi estabelecido, com a
participação de todos e com objetivo de promover melhorias constantes visando ao
aperfeiçoamento comportamental e operacional.
Seja pontual quanto aos horários da jornada de trabalho e em relação às
entregas acordadas. Caso seja necessário se ausentar, informe aos seus colegas.
Ter consciência das responsabilidades, obrigações e direitos pessoais e alheios,
colocando qualidade no trabalho que se faz.
Este senso é um reforço dos quatro sensos anteriores, pois só por meio da
autodisciplina é possível manter e melhorar os outros S’s. Isso significa que os
procedimentos e padrões de trabalho devem ser respeitados e cumpridos. O Senso
de Disciplina avalia também os aspectos relativos à ética, proatividade e motivação.

AN02FREV001/REV 4.0

48
A prática desse senso pode ser constatada ao observar e avaliar a rotina
estabelecida na implantação dos sensos anteriores, portanto, a implantação do
Senso de Disciplina consiste na avaliação sistemática feita pela própria equipe,
abrangendo os quatro sensos já implantados. Essa prática assume um papel
impulsionador da melhoria contínua e contribui para consolidar conceitos aprendidos
e praticados até então.

FIGURA 18 – ETAPAS PARA IMPLANTAÇÃO DO SENSO DE DISCIPLINA

FONTE: Adaptado de Pearson, 2011.

BENEFÍCIOS ESPERADOS

 Cumprimento de normas e procedimentos;


 Autoanálise e busca de aperfeiçoamento.
 Incentivo à capacidade criativa.
 Eliminação da fiscalização.

AN02FREV001/REV 4.0

49
ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS NA IMPLANTAÇÃO DESTE SENSO:

1. Escrever padrões e orientações de forma clara e simples, informando o


porquê das ações;
2. Identificar as causas de manifestações comportamentais inadequadas
das pessoas;
3. Conscientizar a todos da necessidade da dedicação e compromisso
com o que se está fazendo.
4. Motivar as pessoas, à participação no programa.

REGRA: FAZER DO PROGRAMA 5S’s UM HÁBITO DE VIDA.

3.3 APLICAÇÃO DOS CONCEITOS

Os padrões operacionais são descritos para especificar os métodos,


procedimentos e condições de trabalho de tal forma que, ao serem adotados, a
qualidade requerida do resultado do trabalho pode ser obtida. Eles devem ser
redigidos de forma clara e objetiva para facilitar o entendimento das pessoas na
realização das tarefas de forma adequada.
Os padrões de trabalho operacionais não descrevem apenas sequências de
tarefas ou ações, mas também devem especificar quais os recursos são necessários
para a sua execução. Isso se torna relevante porque, a partir desse conhecimento a
pessoa responsável pela execução pode controlar a eficiência do seu trabalho em
termos de facilidade de execução, qualidade do resultado e segurança nas ações.
Ou seja, a repetição do resultado das tarefas não é assegurada sem a existência de
padrões de trabalho operacionais a serem seguidos, constituindo uma das etapas da
busca pela excelência na produtividade. A utilização dos padrões operacionais faz
com que os erros e eventuais falhas sejam reduzidos, assim, é possível eliminar o
desperdício e diminuir o consumo de materiais e energia.

AN02FREV001/REV 4.0

50
Em ambientes desorganizados se torna mais difícil a aplicação dos padrões
de trabalho, pois o foco das pessoas acaba sendo destinado à resolução de
problemas e correção de atividades.
Da mesma forma, a existência de objetos estranhos, poeira, lixo e restos de
materiais pode não apenas influenciar negativamente na saúde e integridade dos
responsáveis pela execução, como também causar danos, defeitos e falhas em
equipamentos. O resultado disso são eventuais quebras inesperadas de
equipamentos, ferramentas não disponíveis, deterioração de peças e materiais,
entre outros.
Dessa forma, o sucesso da adoção de padrões operacionais pode ser
alcançado após o estabelecimento de padrões ambientais adequados em relação à
utilização, organização e limpeza, bem como o desenvolvimento da conservação e
saúde, além da educação para a execução dos padrões de maneira disciplinada.
Resumindo, o Programa 5S’s é uma poderosa ferramenta para a criação da cultura
da Qualidade Total e o desenvolvimento de atitudes proativas e integradoras.
Na observação da execução de tarefas, normalmente percebemos que
diversas ações não significam necessariamente que estamos desenvolvendo um
trabalho produtivo, ou seja, não agregam valor para a empresa. Estas ações não
produtivas envolvem manuseio, transporte de objetos, localização de itens,
mudanças de posicionamento, etc. Essas situações não contribuem para as pessoas
se concentrarem na execução das tarefas, além de gerarem perda de tempo
significativa.
As paradas dos processos em virtude das quebras de máquinas e
equipamentos podem estar associadas a vários motivos. Um deles é a falta de
manutenção preventiva e a inexistência de procedimentos específicos para
manutenção. A organização dos materiais de reposição e das peças que são
utilizados na manutenção, auxilia a acelerar os reparos em máquinas e
equipamentos. Como já abordado, utilize dos momentos de limpeza dos ambientes
para detectar eventuais necessidades de correção de falhas.
Resumindo, a adoção do hábito dos 5S’s pode ajudar em muito na melhoria
da qualidade da manutenção, na facilidade e na prevenção de falhas e defeitos.
Outro aspecto que também deve ser considerado na elaboração e execução
de padrões de trabalho operacionais é a segurança. Com a execução de hábitos de

AN02FREV001/REV 4.0

51
segurança as pessoas podem exercer as suas funções confortavelmente, além de
constituir um importante instrumento de educação, na adoção de atitudes proativas
na busca da melhoria do ambiente de trabalho.
Objetos desnecessários nos locais de trabalho podem ser agentes
causadores de acidentes. A identificação das áreas de circulação de pessoas e
espaços para movimentação de cargas é uma importante ação que auxilia na
prevenção de acidentes.
Também é importante a regulamentação de uso e manuseio de materiais
perigosos, avisos de advertência com sinalização visível e a manutenção de
extintores, hidrantes e mangueiras são fundamentais para a criação de um ambiente
de trabalho seguro.

 PREPARAÇÃO DA EMPRESA PARA A IMPLANTAÇÃO DOS 5S’S

Para facilitar o seu entendimento, a seguir é apresentado um resumo com


lembretes de ações que devem ser executadas para a preparação adequada da
empresa para a implantação de todos os sensos do Programa 5S’s.

TABELA 6 – ATIVIDADES DE PREPARAÇÃO DOS SENSOS


Senso de Utilização
Quesito Atividades de preparação
- Identificar onde cada tarefa do processo é executada;
- Estar atento para que cada tarefa seja executada em local
Espaço
adequado e preparado para tal;
- Discutir com as pessoas envolvidas.
- Identificar cada item de mobiliário, relacionando-os;
- Incluir na relação o número do patrimônio;
Mobiliário
- Avaliar a real necessidade de utilização dos móveis;
- Admita adaptações criativas, mas não improvisações inseguras.
- Listar todos os documentos existentes e utilizados;
Documentos - Verificar a utilização dos documentos, ou seja, por que existem,
por que estão ali, qual a utilidade deles, qual a frequência de uso,

AN02FREV001/REV 4.0

52
quantas pessoas utilizam.
- Relacionar a matéria-prima existente e a consumida no setor;
Insumos - Verificar a aplicação e o consumo;
- Verificar se o uso é compatível com a necessidade.

Senso de Organização
Quesito Atividades de preparação
- Padronizar os nomes dos dispositivos;
- Agrupar por tipo, natureza, função ou aplicação;
Dispositivos - Discutir amplamente com as pessoas envolvidas a melhor
maneira de ordenar os locais de guarda e a melhor forma de
acondicionamento.
- Agrupar os itens por tipo para facilitar a organização (parafusos,
fios elétricos, material de limpeza, etc.) e separar por tamanho,
Matéria-prima
finalidade, aplicação e características;
- Definir uma única forma para dispor materiais.
- Uniformizar a nomenclatura dos documentos;
- Definir a forma de agrupamento (por assunto, origem,
Documentos procedência, finalidade, conteúdo);
- Estratificar o agrupamento de tal forma a facilitar a localização e a
guarda.

Senso de Limpeza
Quesito Atividades de preparação
- Identificar as formas de sujeira;
- Planejar as ações para eliminar os problemas de limpeza;
Espaço - Identificar as causas de fontes de sujeira;
- Planejar ações para a eliminação das fontes e causas
identificadas.
- Identificar as formas de sujeira;
Mobiliário e
- Planejar ações para eliminar os efeitos;
dispositivos
- Identificar as causas e fontes de sujeira;

AN02FREV001/REV 4.0

53
- Planejar ações para eliminar as fontes e as causas identificadas.

Senso de Conservação
Quesito Atividades de preparação
- Identificar as necessidades de manutenção;
- Identificar os fatores de risco no ambiente de trabalho;
- Elaborar um plano de manutenção definindo responsáveis,
Espaço prazos e máquinas, equipamentos, ferramentas e objetos
Mobiliário necessários;
Dispositivos - Identificar as fontes e possíveis efeitos nocivos às pessoas;
Documentos - Identificar os cargos expostos a cada risco;
Matéria-prima - Identificar necessidade de Equipamentos de Proteção Individual
(EPIs) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs);
- Identificar as causas e elaborar um plano de ação para bloquear
as causas, eliminar as fontes de risco ou atenuar os seus efeitos.

Senso de Utilização
Quesito Atividades de preparação
- Criar uma folha de verificação de não conformidades baseadas
nos quatro primeiros sensos;
- Estabelecer uma frequência de avaliação das áreas a serem
Todos
submetidas ao Senso de Disciplina;
- Definir um calendário de avaliações;
- Definir um critério para a formação dos grupos de avaliação.
FONTE: Elaborado pelo autor.

FIM DO MÓDULO II

AN02FREV001/REV 4.0

54