Anda di halaman 1dari 1

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS - FACULDADE DE MEDICINA

DISCIPLINA DE FARMACOLOGIA. Professor Luiz Antonio Ranzeiro de Bragança


Prescritor (a): ________________________________________________ Data: _____ 2017
PRESCRIÇÃO RACIONAL DE ANTI-HIPERTENSIVOS
Passo 1 _ DEFINIR O PROBLEMA DO PACIENTE. Fisiopatologia da doença. Anote os fármacos que causam aumento da
PA e o mecanismo (verso)
Passo 2 _ ESPECIFICAR O OBJETIVO TERAPÊUTICO para o paciente em questão (ver Diretriz).
Passo 3 _ VERIFICAR SE O SEU TRATAMENTO É ADEQUADO PARA O PACIENTE EM QUESTÃO.
Inventário das estratégias terapêuticas medicamentosas e outras de apoio (MEV). Seleção de grupos de fármacos.
1)Diuréticos tiazídicos, de alça, poupadores de potássio 5) Vasodilatadores diretos
Inibidores adrenérgicos (2, 3, 4): 6) Bloqueadores dos canais de cálcio
2) Ação central – agonistas alfa-2 centrais 7) Inibidores da enzima conversora da angiotensina
3) Betabloqueadores – bloqueadores beta-adrenérgicos 8) Bloqueadores do receptor AT1 da angiotensina II
4) Alfabloqueadores – bloqueadores alfa-1 adrenérgicos 9) Inibidor direto da renina

Classe terapeut. Eficácia / Mecanismo de Ação Segurança / Efeitos colaterais Conveniência/ no de tomadas, Custo
Nome genérico dose mínima/máxima ao dia
(Resumo de farmacocinética)
1

Passo 4 _ COMEÇAR O TRATAMENTO. FAZER A PRESCRIÇÃO. (use o verso) Nome do fármaco; nome genérico; forma farmacêutica; via de administração; esquema de
administração. A prescrição deve ser clara, legível e indicando com precisão o que deve ser fornecido ao paciente.
Passo 5 _ FORNECER INFORMAÇÕES, INSTRUÇÕES E RECOMENDAÇÕES. fornecer informações e recomendações ao paciente. Efeitos do medicamento. Efeitos
colaterais. Instruções. Avisos. Próxima consulta. Tudo claro?
Passo 6 _ MONITORIZAR (INTERROMPER?) O TRATAMENTO. O tratamento foi eficaz?
A. Sim, e a doença está curada. Interrompa o tratamento. B. Sim, mas não está completo. Algum efeito colateral sério? Não: o tratamento pode continuar. Sim: reavalie a dose ou o
fármaco. C. Não, doença não curada. Verifique todas as etapas: Diagnóstico correto? Objetivo terapêutico correto? O frm é adequado para esse paciente? .O medicamento foi prescrito
corretamente? .O paciente recebeu instruções corretas? Os efeitos foram monitorizados corretamente?