Anda di halaman 1dari 27
CHAKRA LARÍNGEO – Vishuddha Significado – Puro ou centro da pureza .
CHAKRA LARÍNGEO – Vishuddha Significado – Puro ou centro da pureza .

CHAKRA LARÍNGEO Vishuddha Significado Puro ou centro da pureza.

CHAKRA LARÍNGEO • O quinto chakra. É também chamado de:  chakra da garganta,  Vishuddha

CHAKRA LARÍNGEO

O quinto chakra. É também chamado de:

chakra da garganta, Vishuddha (hindu).

Centro da capacidade de expressão e comunicação;

Símbolo: flor de lótus de 16 pétalas; Cor: azul; Elemento: éter.

CHAKRA LARÍNGEO • Glândulas relacionadas:  Tireóide  Paratireóides.

CHAKRA LARÍNGEO

Glândulas relacionadas:

Tireóide

Paratireóides.

CHAKRA LARÍNGEO • Glândulas relacionadas:  Tireóide  Paratireóides.
Glândula Tireóide

Glândula Tireóide

Glândula Tireóide
Glândula Tireóide

Glândula Tireóide

Glândula Tireóide
Glândula Tireóide

Glândula Tireóide

Glândula Tireóide
Glândulas Para-Tireóide

Glândulas Para-Tireóide

Glândulas Para-Tireóide
Glândulas Paratireóide Tem 0,5 cm. de comprimento e localizam-se por trás da glândula tireóide. Geralmente são

Glândulas Paratireóide

Tem 0,5 cm. de comprimento e localizam-se por trás da glândula tireóide. Geralmente são duas superiores e duas inferiores. São quatro massas de tecidos do tamanho de uma ervilha pequena, espalhadas na parte anterior e posterior da tireóide.

Hormônio paratireóide intervêm na regulação do metabolismo do

cálcio, controlando o equilíbrio cálcio-fósforo a nível dos ossos,

sangue e rins. Sua extirpação ou lesão provoca a tetania, que

pode asfixiar ao paciente. São quatro pequenas glândulas

localizadas no lado interno da tireóide.O hormônio das

paratireóides regula a assimilação de cálcio e fósforo pelo

organismo. A insuficiência desse hormônio causa contrações musculares. O excesso pode provocar descalcificação acentuada nos dentes e ossos

CHAKRA LARÍNGEO • A tiróide é responsável pela síntese de TSH – ( t hyroid- s

CHAKRA LARÍNGEO

A tiróide é responsável pela síntese de TSH (thyroid-stimulating hormone) é um hormônio que induz a maior ou menor

atividade da Tireóide. T3 Triiodotironina e T4 Tetraiodotironina

A sua função é estimular o metabolismo

basal das células através de vários

mecanismos que regulam o metabolismo

proteico e calórico.

CHAKRA LARÍNGEO • É influenciada pela hipófise. • As paratireóides são responsáveis pelo metabolismo do cálcio

CHAKRA LARÍNGEO

É influenciada pela hipófise.

As paratireóides são responsáveis pelo metabolismo do cálcio e fósforo.

CHAKRA LARÍNGEO • O mal funcionamento destas glândulas podem causar:  Déficit metabólico;  Descalcificação óssea;

CHAKRA LARÍNGEO

O mal funcionamento destas glândulas podem causar:

Déficit metabólico; Descalcificação óssea; Contração generalizada (tetania); Diminuição da capacidade intelectual; Calcificações no rim (Nefrocalcinose).

CHAKRA LARÍNGEO • Plexos correpondentes:  Cervical inerva: - Musculatura da face; - Lingua; - Cordas

CHAKRA LARÍNGEO

Plexos correpondentes:

Cervical inerva:

  • - Musculatura da face;

  • - Lingua;

  • - Cordas vocais;

  • - Laringe;

  • - Traquéia;

  • - Brônquios;

  • - Pulmões.

Relação mediúnica da psicofonia.

Plexo Cervical
Plexo Cervical
CHAKRA LARÍNGEO  Plexo braquial inerva: - Espáduas; - Braços; - Antebraços; - Mãos. Relação mediúnica

CHAKRA LARÍNGEO

  • Plexo braquial inerva:

    • - Espáduas;

    • - Braços;

    • - Antebraços;

    • - Mãos.

Relação mediúnica da psicografia e pictografia.

Plexo Braquial
Plexo Braquial

CHAKRA LARÍNGEO

“Sua mais importante função é sustentar e controlar as atividades vocais, o funcionamento das glândulas timo-tireóide e

paratireóides, estabilizando a voz depois da época da puberdade.

É um centro de forças etéricas responsável pela saúde da

garganta e das cordas vocais. Ele carreia a vitalidade que deve suprir o mecanismo vocal e o dispêndio energético no falar. É um

órgão muito ativo e brilhante em homens com o dom da palavra, o magnetismo, a voz hipnótica. Ajuda a percepção dos sons

provindos do mundo etéreo-físico, da superfície da crosta

terráquea e a auscultação dos sons do mundo oculto astralino. É um dos chacras que influi muitíssimo nos demais centros de

forças e nos plexos nervosos do organismo humano, porque a materialização das idéias através da fonação é fenômeno que

concentra todas as forças etéreo-magnéticas do perispírito,

atuando em vigorosa sinfonia com os demais centros etéricos

reguladores das funções orgânicas.Ramatis

CHAKRA LARÍNGEO Funcionamento harmônico: • Comunicação da vida interior com exterior; • Linguagem rica e clara;

CHAKRA LARÍNGEO

Funcionamento harmônico:

Comunicação da vida interior com exterior;

Linguagem rica e clara;

Comunicação direta com seres de outra esfera da existência.

CHAKRA LARÍNGEO Funcionamento desarmônico: • Dificuldade de expressão de sentimentos verdadeiros; • Linguagem e gestos rudes

CHAKRA LARÍNGEO

Funcionamento desarmônico:

Dificuldade de expressão de sentimentos

verdadeiros;

Linguagem e gestos rudes e frios, sem aprofundamento

dos conteúdos;

Mal uso das palavras (excesso de intelectualidade);

Manipulação dos semelhantes para atrair a atenção;

Ausência de troca entre os chakras inferiores e superiores.

CHAKRA LARÍNGEO Hipofuncionamento: • Dificuldade de se expressar; • Timidez e retraimento; • Sensação de nó

CHAKRA LARÍNGEO

Hipofuncionamento:

Dificuldade de se expressar;

Timidez e retraimento;

Sensação de nó na garganta e gagueira;

Sem acesso às mensagens da alma;

Ausência de confiança nas forças intuitivas.

CHAKRA LARÍNGEO Desequilibio no corpo físico • Lariginte e Faringite; • Problemas de tireóide e paratireóide;

CHAKRA LARÍNGEO

Desequilibio no corpo físico

Lariginte e Faringite;

Problemas de tireóide e paratireóide;

Doenças mentais;

Disturbios da fala;

Gagueira e surdez.

CHAKRA LARÍNGEO Ativação e Purificação: • Contato com a natureza (ficar deitado sob o céu azul

CHAKRA LARÍNGEO

Ativação e Purificação:

Contato com a natureza (ficar deitado sob o céu azul e se

abrir para as mensagens celestiais);

Música: New Age;

Cromoterapia: azul claro;

Terapia de pedras preciosas: água marinha, turqueza e

calcedônia;

CHAKRA LARÍNGEO Ativação e Purificação: • Contato com a natureza (ficar deitado sob o céu azul
CHAKRA LARÍNGEO Ativação e Purificação: • Contato com a natureza (ficar deitado sob o céu azul
CHAKRA LARÍNGEO Ativação e Purificação: • Contato com a natureza (ficar deitado sob o céu azul
CHAKRA LARÍNGEO Ativação e Purificação: • Aromoterapia: salva e eucalipto; • Mantra-ioga: HAM. • Nota Musical

CHAKRA LARÍNGEO

Ativação e Purificação:

Aromoterapia: salva e eucalipto;

Mantra-ioga: HAM.

Nota Musical - Sol

CHAKRA LARÍNGEO • Ativação

CHAKRA LARÍNGEO

Ativação

CHAKRA LARÍNGEO • Ativação
CHAKRA LARÍNGEO Frases que devem ser relembradas no cotidiano para equilibrio do interior com exterior: •

CHAKRA LARÍNGEO

Frases que devem ser relembradas no cotidiano para equilibrio do interior com

exterior:

“Faça aos outros aquilo que você gostaria

que os outros fizessem a você.”

“Nunca uses teu verbo para o serviço que não

edifica (Espírito Miramez).

CHAKRA LARÍNGEO • “Nunca fale com tristeza, mesmo que a melancolia dos outros se aproxime de

CHAKRA LARÍNGEO

“Nunca fale com tristeza, mesmo que a

melancolia dos outros se aproxime de ti.”

“Nunca fales com nervosismo, mesmo que a

intolerância dos outros te inquiete.”

“Nunca fale ferindo, mesmo que o descuido dos

outros te fira.”

Espírito Miramez

Bibliografia • O Evangelho Segundo o Espiritismo Site NENL ( <a href=www.nenossolar.com.br ) • Elucidações do Além- Ramatis. • Medicina Vibracional (Richard Gerber) • Chakras- Mandalas de Vitalidade e Poder (Sharamon e Baginski) • Chakras e os Campos de Energia (Karangulla e Kunz) • Técnicas da Mediunidade (Carlos Pastorinho) • Anatomia e Fisiologia Humana (Ana L. M. Vilela) " id="pdf-obj-26-2" src="pdf-obj-26-2.jpg">

Bibliografia

O Evangelho Segundo o Espiritismo Site NENL (www.nenossolar.com.br)

Elucidações do Além- Ramatis.

Medicina Vibracional (Richard Gerber)

Chakras- Mandalas de Vitalidade e Poder (Sharamon e

Baginski)

Chakras e os Campos de Energia (Karangulla e Kunz)

Técnicas da Mediunidade (Carlos Pastorinho)

Anatomia e Fisiologia Humana (Ana L. M. Vilela)