Anda di halaman 1dari 11

DISCIPLINA: TERMODINÂMICA II

PROF. BRUNO
UNIDADE II: CICLOS DE POTÊNCIA
Ê A GÁS
Á

DIA 16
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador - Funcionamento
Função: pré-aquecer o ar antes de entrar na C. de Combustão.
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador - Funcionamento

vindo do compressor
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador - Análise
Aplicando a 1ª Lei para este componente em Regeneradores
Ideais :

(TROCA
COMPLETA)

por
identidade
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador - Análise
O gráfico Txs do Ciclo Brayton com Regenerador é apresentado abaixo,
com indicação da Regeneração
Regeneração.

O trabalho líquido (wT - wC) é o


mesmo de um ciclo sem
regenerador (1-2-3-4-1), porém qH
diminui de h3 - h2 para h3 - hx´ Logo, o
rendimento
di t aumenta. t

Determinadas elevações de pressão


no Ciclo
Ci l BBrayton
t podem
d não
ã ttornar
possível a utilização de
regeneradores (inviável quando T2´ ≥
T4).
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador - Análise
O Rendimento do Ciclo Brayton com Regenerador Ideal.

O Rendimento
R di t d do Ci
Ciclo
l BBrayton
t com R Regenerador
d di
diminui
i i com o
aumento de rp, mantendo-se fixo os pontos 1 e 3.
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador Não Ideal - Análise
Para Regeneradores Reais a transferência de calor não é total, e os pontos
ideais x
x´ e y
y´ sofrem mudanças para x e y.
y O resultado dessa transferência
é que Ty > Ty´ (= T2 ) e Tx< Tx´ (=T4)
Sabendo qque as energias
g reais são menores
que as ideais:

Podendo o Rendimento Térmico ser calculado por:

Onde,
Onde
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton
Exemplo 11.8: Considere que um regenerador ideal foi incorporado ao ciclo
descrito no Ex.
Ex 11 6 Determine o rendimento térmico do ciclo modificado
11.6. modificado.
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador com Múltiplos Estágios de
Compressão e de Expansão, com resfriamento e aquecimento
intermediários
O rendimento do ciclo Brayton poderia ter um significativo aumento, caso o trabalho
de compressão fosse menor e o de expansão, maior. Isso poderia ser conseguido
com trabalhos isotérmicos, como pode ser visto:

Compressor a T=cte.:
Compressor a ss=cte.:
cte :

Turbina a T=cte.:
Turbina a s=cte.:
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador com Múltiplos Estágios de
Compressão e de Expansão, com resfriamento e aquecimento
intermediários
A aplicação prática da compressão e expansão isotérmicos está na implantação de
múltiplos estágios de compressão e de expansão, com resfriamento e aquecimento
intermediários, respectivamente.
CICLOS DE POTÊNCIA A GÁS
Ciclo Brayton com Regenerador com Múltiplos Estágios de
Compressão e de Expansão, com resfriamento e aquecimento
intermediários
À medida que o número de compressões e expansões aumentam, aumenta a
proximidade com um Ciclo Ideal - de Rendimento Térmico igual ao de Carnot -
chamado Ciclo Ericsson.

Múltiplos estágios de compressão e expansão Ciclo Ericsson

Devido a questões econômicas, o número de estágios de compressão e de


expansão se restringem de 2 a 3.