Anda di halaman 1dari 98

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Introdução

Tudo na Yamaha é tratado com muito carinho, dedicação e recebe toda a assistência
necessária. É por isso que hoje existem milhares de lojas da Yamaha espalhadas pelo
mundo, oferecendo produtos e serviços de excelência.

Este manual é um importante ponto de contato com o cliente e mostra o verdadeiro espírito
da Yamaha.

Assim como o mercado, a Yamaha não pára e os negócios têm sido cada vez mais bem-
sucedidos. E para as pessoas continuarem se identificando com a marca e a filosofia da
Yamaha, é necessário um cuidado especial com a comunicação visual.

Por isso, é importante que o Manual do Concessionário Yamaha seja a fonte oficial das
regras gerais de identidade visual Yamaha. Assim, é imprescindível que sejam seguidas as
regras definidas para usar a marca do diapasão, o logotipo, as cores da Yamaha e outros
elementos pertinentes.

As informações contidas neste manual são relevantes para garantir o sucesso da sua
concessionária e o ótimo gerenciamento da loja e do seu dia-a-dia. As regras definidas
neste manual e suas atualizações periódicas - para utilização da marca Yamaha - são
de caráter obrigatório para o concessionário, lembrando que a 1ª Convenção Parcial
da Marca Yamaha, 22/09/2006, estabelece os aspectos legais quanto ao uso da marca,
inclusive suas restrições, devendo sempre este manual ser interpretado em conjunto com
a referida convenção.

Em caso de dúvida, o Planejamento de Rede estará à disposição para atendê-lo.

Material elaborado em junho de 2008


MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Índice
LOGOMARCA CORPORATIVA
1. Significado da marca 09
2. Filosofia da empresa 11
3. Uso da logomarca corporativa 12
3.1. Elementos básicos que compõem a logomarca corporativa 13
3.2. Áreas de proteção 14
3.3. Logotipo Yamaha 14
3.4. A marca do diapasão 15
3.5. Logomarca corporativa 16
4. Cores 17
4.1. Divisão de cores 17
4.2. Aplicação em cores de fundo 17
4.3. Formas coloridas 18
4.4. Demais logomarcas 19

LOGOMARCA DA CONCESSIONÁRIA
5. Uso da logomarca da concessionária 23

PADRONIZAÇÃO DA CONCESSIONÁRIA
6. O conceito de concessionária 27
6.1. Satisfação é a garantia de retorno de nossos clientes 27
6.2. Design para as Concessionárias Autorizadas Yamaha 28
7. Aparência externa 29
7.1. Conceito de design 29
7.2. Especificações externas 30
8. Sinalização 32
8.1. Tipos de sinalização 32
8.2. Tamanhos-padrão 33
8.3. Logomarca interior 34
8.4. Sinalização de serviços / sinalização da área de serviços 34
8.5. Sinalização comercial 35
8.6. Totem de comunicação visual 35
9. Como montar a loja ideal 36
9.1. Área de vendas 36
9.1.1. Setor de vendas ou exposição 37
9.1.2. Centro de serviço 38
9.1.3. Peças 38
9.2. Aparência interna 39
9.2.1. Tipo usuário profissional/comercial 40
9.2.2. Tipo usuário casual 41
9.2.3. Tipo usuário sofisticado/formador de opinião 42
10. Imagem da criação do design 43
10.1. Ponto-de-venda 46
10.2. Memorial descritivo – Yamaha concessionárias/ponto-de-venda 48

PÓS-VENDAS
11. Serviços 53
11.1. Visão de serviços 53
12. Objetivos da prestação de serviços 54
13. Serviço atrativo 56
14. Funções e operações da área de serviços 57
14.1. Cores da área de serviços 61
14.2. Amostra e cores 62
14.3. Aplicação 63
14.4. Boxes de serviço 64
14.5. Quadro de ferramentas especiais 65
14.6. Sinalização operacional 66
14.7. Uniformes 67
14.8. Requisitos básicos de serviço 68
14.9. Imagem de serviços 69

PEÇAS E ACESSÓRIOS
15. Funções e operações da área de peças 73
15.1. Estoque e armazenagem 74
15.2. Funcionamento on-line, em tempo real 74

APLICAÇÃO DO MATERIAL PROMOCIONAL NA LOJA


16. Material administrativo 79
16.1. Formato de papéis 79
16.2. Cartões de apresentação, envelopes, papéis 79
16.3. Brindes 80
17. Web site 81

MATERIAL PUBLICITÁRIO
18. Material publicitário 85
20.1. Utilização da logomarca em material publicitário 87
19. Mídia impressa 87
20. Mídia eletrônica 90
21. Ficha cadastral 91
6
LOGOMARCA CORPORATIVA

7
8
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

1. Significado da marca

O nome Yamaha usado pela Yamaha Motor originou-se do nome de Torakusu Yamaha, o
fundador da companhia matriz, Nippon Gakki, a atual Yamaha Corporation.

Torakusu Yamaha, terceiro filho de um astrônomo que servia ao clã Kishu Tokugawa,
nasceu em 1851, momento em que o Japão experimentava profundas reformas, à medida
que se transformava de um país feudal em uma sociedade moderna.

Ainda jovem, Torakusu Yamaha foi a Nagasaki, única cidade em que se podia entrar em contato
com a civilização ocidental, estudar o mecanismo dos relógios e instrumentos médicos.

Aos 35 anos, consertava órgãos avariados numa escola primária em Hamamatsu, quando
lhe ocorreu a idéia de construir ele mesmo os órgãos. Torakusu Yamaha superou grandes
dificuldades e, em 1887, teve sucesso com a produção do primeiro órgão feito no Japão.

Em 1888, foi criada a Yamaha Reed Organ Manufacturing, logo substituída pela Nippon
Gakki, da qual se tornou o primeiro presidente em 1897. No ano seguinte, o arranjo de três
diapasões, afinadores de instrumentos musicais, foi definido como logomarca da empresa.
Na idéia original, os três diapasões significavam produção, marketing e tecnologia.

A Yamaha Motor Corporation Ltd., que inicialmente fazia parte da Nippon Gakki Corporation,
foi fundada por Genichi Kawakami em 1955. Genichi Kawakami sucedeu seu pai aos 38
anos, como o quarto presidente da Nippon Gakki em 1950. Ele possuía uma ambição
ardente em seu jovem coração. “É responsabilidade de um líder corporativo melhorar
a performance da companhia e, quando houver possibilidades financeiras, promover
pesquisas dos próximos produtos que levarão ao desenvolvimento de novos negócios”.

Hoje, a Yamaha Motor acrescenta sua própria definição de clientes, sociedade e indivíduos,
que representam os três elementos da nossa filosofia corporativa: a criação de valores que
satisfaçam as expectativas do cliente, a realização das nossas responsabilidades sociais
e a concretização de um ambiente corporativo no qual cada indivíduo possa se orgulhar
de seu próprio trabalho. Para completar, o círculo significa a cooperação e a determinação
de todos os colaboradores em prol da evolução mundial.

Dessa forma, o nome Yamaha e a logomarca do diapasão têm representado por mais
de um século, desde o tempo de Torakusu Yamaha, a continuação de um espírito de
entusiasmo empresarial e de fabricante.

9
10
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

2. Filosofia da empresa

Nada define tão bem a trajetória da Yamaha quanto sua capacidade de transformar
sonhos em realidade. E é esse o caminho que vamos continuar seguindo com dedicação,
comprometimento e entusiasmo para superar as expectativas dos nossos clientes e
garantir sua total satisfação.

Trabalhar com o Kando é fazer parte de uma filosofia de vida. É provar para si mesmo
que tudo é possível e se surpreender com a marca todos os dias. É traduzir todo esse
sentimento em produtos e serviços que alimentam a paixão do consumidor pela emoção,
que tocam o seu coração.

Para realizar com êxito a implantação dessa filosofia, alguns princípios devem ser
compreendidos por todos.

1. Superar as expectativas do cliente.


Ficar atento às constantes e renovadas necessidades dos clientes para desenvolver e
aperfeiçoar produtos e serviços com qualidade e valor.

2. Estabelecer um ambiente corporativo que propicie a auto-estima dos colaboradores.


Nosso ambiente corporativo deve ser constituído por colaboradores com autonomia,
autoridade e responsabilidade no desempenho de suas atividades. O estímulo à criatividade
e ao desenvolvimento das habilidades de nossos colaboradores deve propiciar um adequado
sistema de avaliação e de reconhecimento do trabalho e satisfação dos nossos profissionais.

3. Cumprir globalmente as responsabilidades sociais.


Nossa atuação deve visar ao sucesso empresarial, colaborando sempre para o
desenvolvimento social e a preservação do meio ambiente.

11
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

3. Uso da logomarca corporativa

A logomarca corporativa da empresa é formada com a fusão de 2 elementos distintos:

+
marca do diapasão logotipo

logomarca corporativa

Para o uso correto da logomarca corporativa, é importante respeitar as regras básicas que
envolvem sua concepção e aplicação: os formatos, as cores e como utilizar os elementos
básicos que a compõem, tais como a marca do diapasão, o logotipo Yamaha, os logotipos
com o nome da companhia, as fontes, as cores de letras definidas, etc.

A logomarca corporativa é uma das três marcas mais usadas para a identificação da
marca Yamaha, basicamente a marca do diapasão, a marca do diapasão + logotipo
Yamaha (logomarca corporativa) e só o logotipo Yamaha. Ela é usada sozinha, como
unidade independente, e não pode ser alterada nem usada em combinação com outros
elementos (exceto quando a combinação tenha sido aprovada pela Corporate Brand
Management Division).

A marca do diapasão é usada somente em combinação com o logotipo


da Yamaha, formando, assim, o que chamamos de logomarca corporativa,
salvo raras exceções.

12
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

3.1. Elementos básicos que compõem a logomarca corporativa

Regras básicas - A marca do diapasão + o logotipo Yamaha:

Existem três formas distintas de se aplicar a logomarca corporativa: o formato 3-D positivo,
o formato 2-D positivo e o formato 2-D negativo, nas variações horizontal (formato-padrão)
e vertical (formato especial), dependendo da maneira como elas se comportam nos
materiais. Dessas variações, deve-se usar preferencialmente o formato 3-D no formato-
padrão (Tipo A), limitando-se ao formato 2-D somente para materiais impressos ou em
produtos com limitações especiais. Já o uso do formato especial (tipo B) deve ser restrito
a raras exceções de aplicação.

Formato-padrão (Tipo A) Formato especial (Tipo B)

3-D formato
positivo

2-D formato
positivo

2-D formato
negativo

Os contornos dos diapasões nos formatos 2-D positivo e 2-D negativo


são diferentes. Portanto, atenção quanto às suas aplicações.

13
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

3.2. Áreas de proteção

Use a marca do diapasão + o logo Yamaha isoladamente como uma entidade única.
É por definição o caso em que não há nenhum outro elemento à volta toda, num espaço
equivalente à metade da largura da marca do diapasão.

3.3. Logotipo Yamaha

A) Regras básicas
Como regra básica, o logotipo da Yamaha não pode ser usado sozinho, exceto nos
produtos.

B) Proporções do logotipo Yamaha


Observar o diagrama para calcular as proporções do logotipo da Yamaha.

24.9 20.4 16.6 27.8

A=23.70
36.5
44.6

B C D E

B=18.20
C=18.20
100.00

D=17.30
51.8

E=22.60
32.8

21.7 12.6 11.0 18.8 17.8 20.4 22.3 20.2


62.6 78.95 78.95 72.15 72.15
429

O logotipo Yamaha foi desenvolvido com uma fonte determinada. Não utilize
fontes similares para reconstruí-la.

14

60º
1.00

60º
1.70
.00
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

3.4. A marca do diapasão

A marca do diapasão só pode ser utilizada de forma independente no emblema/distintivo


e nos produtos da companhia. Em hipótese alguma ela pode ser utilizada em combinação
com qualquer outra logomarca, ou mesmo individualmente, exceto nos produtos.  Os
formatos da marca do diapasão, do logotipo Yamaha e da logomarca corporativa (marca
do diapasão + logotipo Yamaha) não podem ser modificados ou distorcidos.

Observar os diagramas para calcular as proporções das formas 2-D positiva e 2-D negativa
invertida da marca do diapasão.
A) Regras básicas
Como regra básica, o diapasão não pode ser utilizado sozinho, exceto nos produtos
24.9 20.4 16.6 27.8
Yamaha.
A=23.70
36.5
44.6

B C D E
B=18.20
3-D formato 2-D formato 2-D fundo 2-D formato 2-D fundo
C=18.20 2-D fundo

100.00
D=17.30
positivo positivo preto negativo branco preto
51.8

E=22.60
32.8

21.7 12.6 11.0 18.8 17.8 20.4 22.3 20.2


62.6 78.95 78.95 72.15 72.15
429

B) Proporções da marca do diapasão


As proporções da circunferência da marca do diapasão e as dimensões do logotipo
Yamaha são as mesmas para as formas 2-D e 3-D.

Para versão 3-D, Para versão


2-D positivo 60º
2-D negativo
1.00

60º
1.70
1.00

R=5.0
1.00
50.00

R=5.0
10.00

48.70
7.5

10.00
7.5
R=

R=
100.00

97.40
5.00

70
51.
5.00

70
40.00

.00 51.
40.00

10 R=0.5 0
16 .50 10.0
50 R=0.5
35º

16.
8.00

º
35

8.70
2.00

4.00 4.00
4.00 4.00
15.00
15.00

A marca do diapasão no formato 2-D positivo deve ter cor branca


no círculo e também nos diapasões, e nunca deve ser utilizada
em transparência.

15
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

3.5. Logomarca corporativa

Observe os diagramas abaixo para calcular as proporções da logomarca corporativa.


As proporções da circunferência da marca do diapasão e as dimensões do logotipo
Yamaha são as mesmas para as formas 2-D e 3-D.

(Tipo A) (Tipo B) 3-D

ø 257.30
ø 118.2

100.00

174.30
50.00

101.70

100.00
2-D
Positivo
ø 257.30
ø 118.2

100.00
50.00

174.30

101.70
100.00

2-D
Negativo
ø 257.30
ø 118.2

100.00
50.00

174.30

101.70
100.00

Apesar de apresentarmos as proporções para a construção da logomarca


corporativa, ela não deve ser reconstruída. Solicite-a na extensão de sua
preferência ao Departamento de Marketing.

16
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

4. Cores

As cores são tão importantes quanto o uso correto da logomarca e não podem ser alteradas.
Assegure-se de que as cores estão dentro do padrão, utilizando as misturas corretas
indicadas neste manual. A designação das cores expressa o espírito da companhia e
passa sua imagem de maneira padronizada. O vermelho Yamaha é a cor corporativa da
Yamaha no mundo inteiro.

4.1. Divisão de cores

O vermelho Yamaha é uma cor vibrante, forte e alegre que remete a chama, paixão e um
espírito desafiador. Esta cor foi escolhida como a cor apropriada para aplicação do logo
corporativo da Yamaha, que pretende ser uma empresa que gera inspiração.

A) O vermelho Yamaha é usado para as seguintes divisões:


• Operações Motocicletas • Operações Quadriciclos • Operações Náutica

DIC Bronze Vermelho 4.5


Proporção DIC Crimson 2.5
da mistura de tinta DIC Amarelo 2
na impressão offset DIC Branco 1

Guia de Cores DIC DIC 158


Guia de Cores Pantone PANTONE 1788C
Número de Munsell 7.3R4.7/15.8
Proporção cor offset Y100% + M100%
RGB valor(*) R:255, G:000, B:000 #FF0000

* O valor RGB é um valor de display de output especialmente designado.


Converter esse valor, tal como ele é, em CMYK resultará numa cor diferente,
que não é aceitável. As especificações técnicas de mistura de tintas foram tiradas do
catálogo de referência da 3M.

17
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

4.2. Aplicação em cores de fundo

Repare abaixo que, no caso da aplicação da logomarca corporativa em fundo vermelho


Yamaha ou outro tom de vermelho, deve ser utilizado o formato 3-D negativo (em branco)
ou o formato 2-D negativo. No caso da impressão de qualquer material em uma única cor
em que as letras de tipo sólido ficam em branco, deve-se utilizar o formato 2-D negativo.
Toda vez que o formato 2-D positivo for utilizado, certificar-se de que os diapasões e o
anel que os rodeia sejam brancos.

4.3. Formas coloridas


3-D positivo 2-D positivo

Fundo claro

Fundo preto

3-D negativo 2-D negativo


Fundo vermelho Yamaha
ou outros tons de vermelho

2-D positivo 2-D negativo

Impressão com uma única


cor em que as letras de tipo
sólido ficam em preto ou branco 3-D positivo 3-D negativo

Com os atuais recursos de computação gráfica, é muito comum observarmos distorções


de nomes, palavras, logotipos, etc. Assim como as letras do logotipo Yamaha, as cores não
podem ser alteradas. Somente a Yamaha Motor do Brasil poderá utilizar esses recursos
por motivos de criação, fantasia, filmes, animações, etc.

Está expressamente proibida a alteração das formas coloridas da logomarca


Yamaha entre as condições citadas acima.

18
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

4.4. Demais logomarcas

Além das divisões da Yamaha representada pela cor vermelha, os produtos e serviços
oferecidos pela empresa nos diversos segmentos atuantes apresentam cada um a sua
logomarca, que deve ser utilizada respeitando suas aplicações.
Para facilitar o uso, apresentamos abaixo as aplicações positiva e negativa de cada
logomarca.
Formatos Coloridos Formatos Preto e Branco

SAC SAC SAC SAC


(11) 6431-6500 (11) 6431-6500 (11) 6431-6500 (11) 6431-6500
sac@yamaha-motor.com.br
sac@yamaha-motor.com.br sac@yamaha-motor.com.br sac@yamaha-motor.com.br

Não reconstrua as logomarcas. Solicite-as na extensão desejada ao


Departamento de Marketing da Yamaha.

19
20
LOGOMARCA DA CONCESSIONÁRIA

21
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

22
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

5. Uso da logomarca da concessionária

É comum a concessionária desenvolver uma logomarca própria para a divulgação em sua


região de atuação. No entanto, para o desenvolvimento dessa logomarca é necessário
respeitar algumas regras. Desenvolvemos um nome fantasia de uma concessionária
“Padrão Motos” para uma melhor compreensão das limitações, nos mais diversos tipos
de material.

A) Regras básicas

É proibido o uso da marca do diapasão ou do logotipo, incorporados à logomarca da


concessionária.

Ao interagir a logomarca corporativa da Yamaha com a logomarca de sua concessionária,


deve-se respeitar um espaçamento mínimo que corresponde à metade da marca do
diapasão. Essa área de segurança deve valer para todas as extremidades da logomarca
corporativa da Yamaha.

A logomarca da concessionária só poderá se posicionar ao lado esquerdo ou acima da


logomarca corporativa da Yamaha.
3x altura
máxima

14x 1,5x 14x


largura máxima

Alinhado à direita

23
largura máxima

Alinhado à direita
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Alinhado
ao centro

14x largura
máxima

3x
altura
máxima
1/2x

14x

Se a logomarca da concessionária estiver posicionada ao lado esquerdo da logomarca


corporativa da Yamaha, alinha-se a logomarca da concessionária do lado esquerdo
do espaçamento disponível para inserção, respeitando-se o espaçamento mínimo que
corresponde à metade da marca do diapasão. O tamanho da logomarca da concessionária
não deve ser maior do que a altura ou a largura da logomarca da Yamaha aplicada.

Se a logomarca da concessionária estiver acima da logomarca corporativa da Yamaha,


alinha-se a logomarca da concessionária com o centro da logomarca corporativa da
Yamaha, respeitando-se o espaçamento mínimo que corresponde à metade da marca do
diapasão citado acima.

A logomarca da concessionária pode estar mais distante da logomarca da Yamaha, desde


que respeite o tamanho máximo da altura ou da largura da logomarca Yamaha.

É proibido o uso da expressão “concessionária autorizada” abaixo da logomarca


da Yamaha. Caso seja necessário o uso da logomarca da concessionária em um
espaçamento maior que o indicado, deve-se respeitar a proporção indicada acima.

24
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

PADRONIZAÇÃO DA CONCESSIONÁRIA

25
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

26
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

6. O conceito de concessionária

A imagem da Yamaha no Brasil vem se tornando cada vez mais sólida, conquistando assim
o coração das pessoas. Para que isso continue, é importante que todas as Concessionárias
Autorizadas Yamaha compreendam:
• A importância do primeiro contato com o cliente (a satisfação do cliente como prioridade
máxima).
• A importância do cumprimento das regras estabelecidas para as concessionárias. Isso
se refere ao uso correto da marca do diapasão + logo Yamaha, além das cores básicas
das concessionárias.
• A importância do relacionamento com a comunidade (tradições comerciais, hábitos de
vida/culturais, consciência das tendências).

Abordagem do gerenciamento
da concessionária

Tradições
Primeira
Abordagem
comerciais Símbolo da marca
Costumes de vida
do Cliente e Culturais (marca do diapasão + logotipo Yamaha)
Tendências

Expressão da marca
(cores das concessionárias)

6.1. Satisfação é a garantia do retorno de nossos clientes

Quando um cliente está satisfeito com os serviços e/ou produtos oferecidos por uma
marca, ele se sente à vontade e tende a se tornar um cliente fiel e multiplicador da marca.
Para que isso aconteça, é fundamental que todo ponto de contato dele com a marca seja
uma experiência única e, nesse ponto, as concessionárias têm papel crucial dentro do
processo. Afinal, quantos clientes gostariam de comprar uma motocicleta em uma loja
empoeirada e suja, ou mesmo entregar sua motocicleta a uma loja desarrumada, com
ferramentas espalhadas por toda parte?
Uma concessionária que se mantém limpa e em ordem transmite a seus clientes
credibilidade, seriedade e acima de tudo comprometimento tanto na aquisição do produto
e/ou serviço como no processo de pós-venda.
Assim é importante que toda a rede autorizada respeite as regras básicas, de modo a
manter o padrão de qualidade de uma concessionária:

27
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

A) Limpeza

Uma concessionária limpa apresenta um aspecto luminoso e refrescante, o que faz com
que os produtos exibidos “pareçam” mais novos e atraentes. Nunca se esqueça de
substituir as lâmpadas queimadas.

B) Cuidado e ordem

As ferramentas, os equipamentos e os produtos devem estar sempre organizados de


maneira cuidadosa e em ordem, pois assim transmitem a confiabilidade do seu centro de
serviços e da sua concessionária. Evite sempre a exposição de objetos desnecessários
na concessionária e exponha sempre os modelos dos produtos de forma que apresentem
uma boa visibilidade.
Organize a loja de forma que seu interior possa ser visto claramente do lado de fora,
sem cartazes ou objetos que bloqueiem a visibilidade da entrada.

C) Exibição dos produtos

Exibir os produtos como estrelas na área de vendas ou no salão de exposição é fundamental


para que a concessionária possa atrair novos clientes. Os cartazes e encartes devem atuar
como coadjuvantes a fim de ajudar na promoção dos produtos expostos na concessionária,
criando um ambiente favorável e acolhedor.

6.2. Design para as Concessionárias Autorizadas Yamaha

As fachadas externas das Concessionárias Autorizadas Yamaha devem obedecer a um


único padrão visual em todo o Brasil, com o objetivo de promover uma imagem sólida e
uniforme da marca Yamaha no país.

Profissional / Comercial
Imagens meramente ilustrativas.

Casual
Showroom

Sofisticado / Formador de opinião

28
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

7. Aparência externa

7.1. Conceito de design

Em toda a América Latina, a Yamaha mantém um padrão visual externo que busca expressar
imagens de “classe” e “desempenho”. A performance é representada basicamente por
imagens de esportes motorizados que transmitem potência, velocidade, curvas, situações
de risco, natureza e prazer. A “classe” é representada pelas imagens de categoria, qualidade
e estilo que todos os produtos Yamaha devem transmitir.
Imagens meramente ilustrativas.

29
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

7.2. Especificações externas

A fachada das Concessionárias Autorizadas Yamaha deve sempre apresentar boa aparência
e uma entrada ampla que convide os clientes a entrarem, permitindo uma boa visão do
showroom e da área de serviços. Para isso, algumas regras precisam ser seguidas.

• A placa do luminoso deve estar centralizada e posicionada na parte mais visível da loja,
considerando sempre a utilização de materiais escolhidos entre os determinados aqui.
• Para as paredes, abaixo do luminoso, devem ser utilizados materiais externos na cor
cinza claro (referência Pantone 428C) conforme referências na página seguinte para
pintura e revestimento.
• Utilizar uma pintura vermelha na área de serviços para destacar o local.
• Batentes de portas e janelas da fachada devem utilizar métodos e cores que os tornem
o menos evidente possível.
• A fachada contribuirá para uma atmosfera expansiva se tiver uma entrada ampla e um
grande vidro frontal.
• O bom uso da iluminação natural deixará o interior da loja mais claro.
• Se o interior da loja for visível pelo lado de fora, os produtos expostos chamarão a
atenção das pessoas.
• Conforme regra de segurança de comunicação visual da ABNT*, no vidro externo aplicar
uma faixa adesiva com acabamento jateado e aplicação da logomarca Yamaha à altura
de 1,0m conforme as especificações abaixo.

0,024m ACABAMENTO JATEADO


0,015m

0,150m 0,12m

0,015m
0,667m ACABAMENTO TRANSPARENTE
Imagens meramente ilustrativas.

30
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Opção 1: Opção 2:
revestimento de alumínio pintura em cinza
pintado na cor da fachada (referência de cor
(referência de cor Pantone 425C)
Parede da fachada Pantone 425C C65 M 55 Y52 K27
C65 M55 Y52 K 27 R 87 G 90 B 93
R 87 G 90 B 93 Tinta Suvinil:
cód. P156 (acrílica com
acabamento acetinado)

Opção 1: Opção 2:
revestimento pintura prata
com placas de ACM (referência de cor
Paredes
C 23 M 16 Y 17 K 0 Pantone 428C)
do estabelecimento R 196 G 199 B 200 C 23 M 16 Y 17 K 0
R 196 G 199 B 200
Tinta Suvinil: cód. B159

Cor básica das concessionárias: vermelho


DIC: F101
Pantone: 1788C
Área de serviço C 0 M 100 Y 100 K 0
R 237 G 28 B 36
Tinta Suvinil: cód. R113

*ABNT: Associação Brasileira de Normas Técnicas

31
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

8. Sinalização

Uma genuína loja da Yamaha tem basicamente a mesma imagem em qualquer parte
do mundo. Externamente, a loja deve exibir os mesmos símbolos característicos e
reconhecidos como sendo da marca Yamaha: o desenho do diapasão e da logomarca
Yamaha. A fachada deve ser posicionada seguindo as regras de fixação e também
obedecer às regulamentações locais e às normas de edificação. Este manual contém
todas as informações detalhadas sobre as placas de sinalização da loja.
A sinalização é um fator básico na imagem que o cliente forma ao entrar na loja pela
primeira vez. Ela faz com que o cliente sinta-se mais seguro e assim contribui para
aumentar a confiança dele na sua loja. Tenha em mente a importância dessa sinalização
quando for montar a sua loja ideal.

8.1. Tipos de sinalização

Essa é a sinalização exterior obrigatória para as Concessionárias Autorizadas Yamaha no


Brasil.

j
k

l m

n
Imagens meramente ilustrativas.

32
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

8.2. Tamanhos-padrão

O tamanho da fachada é determinado de acordo com o tamanho da área da parede da


fachada do estabelecimento.
•P
 ara estabelecimentos com testada de 4 a 7 metros, a fachada corresponde a 3,26m x 0,45m.
3,26m

0,14m 1,44m 0,15 m 1,51m


=
0,45m

0,18m
0,25m
0,30
=

Logomarca recortada e vazada Logotipo recortado e Módulos de alumínio Nome concessionário


com fechamento de acrílico cristal vazado com fechamento pintados na cor cinza recortado e vazado com
moldado tipo bolha, aplicação de acrílico cristal moldado, fechamento de acrílico liso,
interna de vinil adesivo impresso iluminação interna por iluminação interna por
em quadricromia e iluminação fluorescentes fluorescentes (aproximadamente
por fluorescentes 14 caracteres)

• Para estabelecimentos com testada de 7,01 a 15 metros, a fachada corresponde a 5,33m x 0,75m.
5,33m

0,24m 2,36m 0,26m 2,47m


0,12m
0,75m

0,18m
0,5m

0,42m
0,12m

• Para estabelecimentos com testada acima de 15,01 a 20m, a fachada corresponde a 8,52m x 1,2m.
8,52m

0,34m 3,76m 0,46m 3,96m


0.2m

0,28m
0,8m
1,2m

0,67
0,2m

• Para estabelecimentos com testada acima de 20,01m a fachada corresponde a 11,90m x 1,67m.
11,90m

0,53m 5,26m 1,64m 4,47m


0,27m
1,11m

1,19m

0,4m
1,67m

0,27m

Toda solicitação de luminosos deve ser feita através do e-mail:


identidade-visual@yamaha-motor.com.br

33
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

A) Cor de fundo
A fachada só pode ser montada quando a cor de fundo da parede da fachada estiver
na cor cinza Yamaha (Pantone 425C), seja pintura ou placa de alumínio na cor da estrutura.

B) Número de sinalizações
O número de sinalizações depende das possibilidades de exibição de cada estabelecimento,
além de estar em conformidade à legislação local.

8.3. Logomarca interior

Quando exibida no interior da concessionária, a logomarca Yamaha deve estar posicionada


no sentido da entrada da loja.
As opções de confecção da logomarca no interior da loja são:
- logomarca confeccionada em acrílico ou
- logomarca confeccionada em adesivo de parede.

8.4. Sinalização de serviços/sinalização da área de serviços

As sinalizações de serviços e área de serviços têm o objetivo de evidenciar a presença e a


disponibilidade do setor de serviços para as pessoas que vêem a concessionária de fora.
Imagens meramente ilustrativas.

Consulte o manual da oficina para explicações mais detalhadas dos serviços e


sinalização / sinalização da área de serviços.

34
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

8.5. Sinalização comercial

A sinalização comercial é exibida na parede externa para mostrar aos clientes o que há
dentro da sua loja, assim como os horários de funcionamento.

8.6. Totem de comunicação visual

O totem deve estar bem visível, até mesmo a longas distâncias, levando-se em conta
também o entorno.
2,00m

1,80m 0,59m

1,50m 1,5m
0,90m

1,35m 0,44m 0,15m 1,35m


1,80m

0,35m
0,67m

0,67m
1,35m

1,35m

PADRÃO
0,15m

1,96m

MOTOS
0,26m
0,26m

0,15m
0,38m

MOTOCICLETAS ESPORTIVAS
0,11m 0,11m

PADRÃO PADRÃO
0,11m 0,11m

MOTOS MOTOCICLETAS STREET MOTOS


0,28m

MOTOCICLETAS ESPORTIVAS
0,12m

ATV/QUADRICICLO
MOTOCICLETAS STREET
8,0m

ACESSÓRIOS
0,09m

ATV/QUADRICICLO
0,02m

MOTOCICLETAS OFF ROAD


6,0m

ACESSÓRIOS
0,015m

PEÇAS
MOTOCICLETAS OFF ROAD

SERVIÇOS
Imagens meramente ilustrativas.

PEÇAS

SERVIÇOS

35
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

9. Como montar a loja ideal

Uma loja em que os setores de vendas, de serviços e de peças de reposição estejam em


equilíbrio atrairá clientes, aumentará o faturamento e abrirá novas possibilidades.
Para criar uma loja onde o cliente sinta-se bem, a organização deve ser muito clara.
Portanto crie um ambiente onde a comunicação seja tranqüila, além de promover e
incentivar o melhor da equipe em termos de desempenho.

• Encontre um espaço adequado para trabalhar.


• Use as cores corporativas da Yamaha para criar um sentido de união.
• Lembre-se do meio ambiente.
• Tenha um estoque de peças completo e bem organizado.
• Exponha a mercadoria de modo a facilitar a compra.
• Instale um balcão de peças.

A) Aumente a eficiência melhorando a aparência da loja.

No setor de serviços, tome medidas para melhorar a aparência geral da loja e a reposição
de equipamento para que o trabalho seja feito com rapidez e eficiência. Cuide para que os
locais de desmontagem e lavagem da moto estejam sempre em ordem e organizados.

B) Uma oficina em que o cliente possa “ver” para se sentir seguro.

Uma área de serviços onde o cliente possa acompanhar visualmente o serviço que está
sendo realizado em seu produto transmite confiança na qualidade desse serviço. Para
segurança e conforto do cliente, indicamos o acompanhamento do serviço prestado em
uma área reservada que dê visibilidade através de uma parede de vidro.

C) Na concessionária, a decoração e a inclusão dos acessórios originais Yamaha agregam


muito ao valor e à imagem da motocicleta. Utilize desse artifício para expor melhor as
motocicletas e agregar valor à decoração de sua concessionária.

9.1. Área de vendas

O objetivo básico é ter uma área de vendas que seja limpa e bem organizada, com
atmosfera e vitalidade adequadas.
Expor os produtos não significa apenas alinhá-los. Eles devem estar separados por
categorias, para que os clientes escolham com facilidade.

36
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

• Tenha cuidado em destacar a sensação de volume na sua seleção de produtos.


• Para expor as motocicletas, elas ficam muito mais atraentes se todas as rodas dianteiras
estiverem alinhadas uniformemente.
• Não mantenha objetos na área de vendas que não estejam relacionados com a venda
dos produtos.
• Quando exibir capacetes, evite colocar os de mesma cor um ao lado do outro.
• As mesas de atendimento devem estar sempre limpas. Esse é um lugar dos clientes.
• Mantenha sua sala limpa e organizada com as coisas bem distribuídas.
• Esvazie a lixeira regularmente.
• Substitua materiais publicitários velhos por novos.
• Utilize um estilo de exposição que dê ao cliente a impressão de que você tem uma linha
completa de produtos novos.
• Os produtos das prateleiras e das vitrines devem estar expostos o mais à frente possível,
com os produtos mais vendidos, distribuídos nos melhores espaços das prateleiras.

9.1.1. Setor de vendas ou exposição

O interior da loja deve ser dividido em quatro espaços. Um deles é o setor de vendas ou de
exposição. Um modelo especial de motocicleta montado sobre um estande chamará muita
atenção, bem como outras peças decorativas exibindo as características dos seus produtos.
O setor de vendas é onde o cliente presta mais atenção. Aproveite esse espaço para
despertar o interesse dele e oferecer incentivos para que a compra se concretize.

A) Crie um layout que permita ter uma visão de toda a loja.

É importante projetar um layout aberto para que clientes e equipe tenham uma visão de
toda a loja. Com esse tipo de layout o cliente obtém a atenção da equipe de vendedores
com facilidade e sente-se mais seguro.

B) Exponha os produtos com elegância.

Os produtos exibidos no espaço de exposição devem ser atraentes. Criar uma imagem da
loja e encontrar soluções exclusivas deixará seus clientes muito satisfeitos.

C) Exibir as informações claramente.

Para o cliente confiar e decidir comprar o seu produto, é importante que as informações
necessárias sejam exibidas claramente. Deixe o cliente mais seguro exibindo informações
sobre preços e desempenho básico.

37
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

9.1.2. Centro de serviço

Um centro de serviço bem organizado e com distribuição adequada de equipamentos


e prateleiras de armazenamento é muito mais atrativo e produtivo para o trabalho
de uma oficina.

• Após o uso, limpar imediatamente as ferramentas e os resíduos de óleo no chão.


• As peças devem ser colocadas ordenadamente nas estantes e guardadas em seu devido
lugar depois de utilizadas.
• Organizar os espaços nas estantes para um uso fácil e eficiente.
• É importante ter uma lista de preços dos serviços.
• Mostrar preocupação com o meio ambiente, como, por exemplo, usando recipientes
separados para água e óleo.

9.1.3. Peças

O setor de reposição de peças é muito importante, pois é onde as peças das motocicletas
estão expostas para a venda. O bom funcionamento dele é fundamental para a administração
da loja.
É importante manter as prateleiras de peças em condição atraente, sem danos ou sujeira,
e com espaço suficiente para um fluxo de trabalho adequado.
O setor de peças de reposição é um espaço onde o cliente pode conhecer melhor as
motocicletas, expandir seu estilo de vida, encontrar o que precisa e formar uma imagem
da loja como um todo.

A) Um estoque bem organizado e completo.

A variedade de peças e acessórios em exposição está diretamente ligada à imagem da


loja. O cliente pode se apaixonar ainda mais pela sua motocicleta se você exibir as peças
com elegância.

B) Exponha a mercadoria de modo a facilitar a compra.

Além de expor as peças, você pode criar um espaço onde a mercadoria poderá ser vendida
com facilidade, permitindo que o cliente manipule peças e acessórios. Agrade ao seu
cliente com as prateleiras sempre renovadas com o que há de mais moderno no mercado,
e usando displays que reflitam as últimas tendências.

38
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

9.2. Aparência interna

Existem três tipos básicos de design interno definidos pela marca, dirigidos a diferentes
perfis de público: um voltado para o usuário profissional/comercial, outro para o usuário
casual urbano e um terceiro para o sofisticado/formador de opinião. Cabe a você escolher
o que melhor se adapta ao seu mercado.

Profissional/comercial

Casual
Imagens meramente ilustrativas.

Sofisticado/formador de opinião

39
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

9.2.1. Tipo usuário profissional/comercial

Tem como meta oferecer um design de concessionária prático e objetivo, sem a intervenção
de elementos desnecessários. Esse design é voltado para as concessionárias cujos
clientes utilizam suas motos para fins profissionais. O design precisa transmitir confiança
ao cliente e restringe-se apenas às instalações para serviços básicos e exposição de
produtos.

Display Yamalube

Montagem

Display Y-TEQ Yamaha Serviço Rápido

Imagem de design interno:


design simples e discreto
nas cores branco e prata.

Público-alvo: Principais produtos: Exposição: Balcões: Serviços: Outras funções:


Imagens meramente ilustrativas.

• Mototáxis, • Motos para uso profissional, • Grande quantidade de • Recepção (tem o • Oficina Mecânica / • Provador / Quadro com as
motoboys (motofrete). motos para transporte motos expostas e poucos objetivo de atender Serviço Rápido / últimas notícias / Lounge
urbano e peças de reposição. modelos distintos. os operadores de Prestação de Serviços para história da marca,
• Você deve sempre usar o grandes frotas de ao Cliente (recepção, revistas e Internet, entre
espaço de forma eficiente empresas e do governo) área de espera, espaço outros.
para valorizar e destacar / Vendas / Serviços / de entrega) / Sala de
o seu bom estoque de Peças de Reposição Equipamentos Pesados
produtos. (especialmente o (área de lavagem, espaço
suprimento completo) e para armazenagem de
Financeiro/Seguros. óleo usado, quadro com
os preços dos consertos,
entre outros).

40
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

9.2.2. Tipo usuário casual

Esse design é voltado para concessionárias cujos clientes usam moto como meio de
transporte para o trabalho, escola ou compras e para as concessionárias que têm uma
linha completa dos últimos modelos e geram grande demanda, oferecendo pilotagem
segura, minuciosa manutenção e o prazer único proporcionado pelas motos.

Montagem

Display Y-TEQ

Yamaha Serviço Rápido

Display Yamalube

Aparência do design interno:


um design acolhedor pode ser obtido usando
basicamente branco na área de vendas e materiais
naturais na área dos clientes.

Público-alvo: Exposição: Balcões: Serviços: Outras funções:


Imagens meramente ilustrativas.

• Empresários que usam motos no • Grande quantidade de motos • Vendas / Serviços / Consulta • Oficina Mecânica / Serviço • Sala de espera com espaço
dia-a-dia / estudantes que usam expostas e poucas unidades (muito importante) / Peças Rápido / Atenção ao Cliente para promoção de eventos,
moto como meio de transporte / por modelo. de Reposição / Financeiro/ (recepção, sala de espera, bem como palestras sobre
donas de casa / novos usuários • Roupas e acessórios Seguros. O balcão da recepção espaço de entrega) / Sala de condução e manutenção
(primeira moto). combinando com as motos nesse caso é eliminado Equipamentos Pesados (área responsáveis.
expostas. propositadamente, visto que os de lavagem, espaço para
representantes se relacionam armazenagem de óleo usado,
com os clientes pessoalmente. quadro com os preços dos
consertos, entre outros).

41
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

9.2.3. Tipo usuário sofisticado/formador de opinião

Uma concessionária que valoriza as relações interpessoais. Esse é um design voltado para
concessionárias cujos principais clientes usam suas motos ou quadriciclos para o seu lazer,
como, por exemplo, em competições ou passeios nos finais de semana. Oferecem itens
mais caros como roupas, acessórios e peças de alto desempenho. São concessionárias
que valorizam as relações interpessoais e têm espaço onde os clientes possam interagir.

Montagem

Balcão de Peças
de Reposição

Oficina Mecânica

Display Y-TEQ

Yamaha Serviço Rápido


Display Yamalube

Aparência do design interno:


materiais que traduzem qualidade e status são
utilizados para criar um ambiente especial na
concessionária.

Público-alvo: Principais produtos: Exposição: Balcões: Serviços: Outras funções:


Imagens meramente ilustrativas.

• Motociclistas amadores / clientes • Motocicletas de competição / • Poucas unidades e • Recepção / O balcão da • Oficina Mecânica / • Sala dos proprietários
de maior poder aquisitivo que motocicletas para viajar / poucos modelos expostos. recepção deve estar de Funções de Atenção ao (para espera e eventos
têm moto como hobby. motocicletas esportivas / Alguns sofás devem estar frente para quem entra Cliente (recepção, sala de promocionais) /
quadriciclos / motocicletas dispostos em determinados na loja / As consultas e espera, sala de consulta, Provadores / Quadro com
para crianças / roupas / peças locais da concessionária, conversas de venda não sala de entrega) / Sala de últimas notícias / Área
de desempenho e acessórios. para criar um ambiente ocorrem no balcão, mas Equipamentos Pesados com história da marca e
agradável em que os sim no interior da loja / (área de lavagem, espaço área para as crianças.
clientes possam relaxar O vendedor designado para armazenagem de
e permanecer o quanto atende cada cliente, óleo usado, quadro com
quiserem. respondendo à sua os preços dos consertos,
demanda por peças entre outros).
ou serviços.

42
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

10. Imagem da criação do design

A) Tipo usuário profissional/comercial


Imagens meramente ilustrativas.

43
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

B) Tipo usuário casual

Imagens meramente ilustrativas.

44
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

C) Tipo usuário sofisticado/formador de opinião

Sala dos
Sofa proprietários
Leather
Flooring
Carpet
Imagens meramente ilustrativas.

Sofa
Leather

Wall Floor Display table Sofa


Wall paper, Aluminum-type silver Ceramic tiles Make different tones with paste-on Leather
finish Make different tones with Make different tones with finishes of dark silver or light silver
paste-on finishes paste-on finishes

45
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Showroom
Wall Floor Display table Sofa
Wall paper, Aluminum-type silver Ceramic tiles Make different tones with paste-on Leather
finish Make different tones with Make different tones with finishes of dark silver or light silver
paste-on finishes paste-on finishes

10.1. Ponto-de-venda

Os pontos-de-venda que estiverem devidamente regulamentados e registrados na


Yamaha seguirão os mesmos padrões de identidade visual que as matrizes e terão como
identificação um luminoso de medida única, como no exemplo abaixo:

5,33m

0,24m 2,35m 0,26 m 2,47m


0,12m
0,75m

0,18m
0,42m
0,50
=

Imagens meramente ilustrativas.

A planta de um ponto de venda pode ser desenvolvida seguindo o padrão 3S ou


1S, conforme exemplo pág. 47.
No padrão “3S”, a loja deve conter as três operações: Vendas, Peças de Reposição e
Serviços (Sales, Spare Parts, Service).
Já no padrão 1S, a loja contem apenas a operação de Vendas (Sales)

46
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Yamaha
Serviço Rápido

Padrão 3S Padrão 1S

Planta padrão do ponto de venda


Imagens meramente ilustrativas.

47
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

10.2. Memorial descritivo – Yamaha concessionárias/ponto-de-venda

Um ambiente bem decorado, organizado, com visual limpo e definido por padronização
uniforme só irá contribuir para o bem-estar do cliente e de seus funcionários. A organização
e o bom gosto são notados pelo cliente, que, sentindo-se bem e sendo bem atendido,
certamente sairá com uma opinião favorável e indicará a loja aos amigos. Para isso é
fundamental respeitar o memorial descritivo abaixo.

1. PAREDES DRY WALL

As paredes internas devem ser de alvenaria ou dry wall – parede constituída por chapas
de gesso acartonado pré-fabricadas, aparafusadas em uma estrutura composta por perfis
metálicos de chapa galvanizada; a junta entre as placas deve receber massa de rejunte
para gesso e fita telada. Internamente, a parede pode ser composta por painéis em lã de
vidro para isolação térmica e sonora dos ambientes.

2. FORRO
Imagens meramente ilustrativas.

O forro da loja, assim como o da área de espera, recepção de cliente, escritório, retirada
de materiais e banheiros, deve ser de gesso acartonado do tipo Gypsun* com tabica,
estruturado com perfis metálicos fixos à estrutura. Na área de estoque poderá ser
aplicado forro linear de PVC rígido, com réguas de 20cm de largura, estruturadas com
perfis metálicos, suspensos por tirantes presos à estrutura do telhado.

48
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

3. REVESTIMENTO DOS PISOS

Em toda a área de loja e escritório deve ser instalado piso cerâmico, 45cm x 45cm da marca
Cecrisa/Portinari*, modelo white plain matte, ou similar, com junta a prumo, assentado
com argamassa Quartzolit* ou similar específica e rejuntamento de cor semelhante à do
piso. O rodapé pode ser feito com o corte do próprio piso. Na área de oficina, o piso deve
estar nivelado para receber a aplicação de fundo preparador de superfície e, em seguida,
pintura na cor cinza com tinta específica para piso.

4. ESQUADRIAS

Batentes e guarnições de todas as portas devem ser de madeira imbuia e ferragens


(dobradiças e fechaduras) cromadas da marca La Fonte*, modelo ref. 235 CRA. As folhas
de porta das áreas frias de madeira imbuia, revestidas com fórmica branca TX, com faixa de
aço escovado e puxador interno cromado, providas, ainda, de mola aérea, cinza alumínio
Dorma* e grelha de alumínio 30cm x 30cm para troca com ar externo. As portas restantes
devem ser de madeira imbuia para pintura. Os painéis da área de gerência devem ser
estruturados, de madeira imbuia e os visores de vidro temperado liso incolor 8mm, duplo,
com persianas internas horizontais 16mm, acabamento tipo aço escovado.

5. DIVISÓRIAS BOXES VESTIÁRIOS

As divisórias internas dos vestiários devem ser de MDF com acabamentos estruturais em
tubos de alumínio natural.

6. VIDROS/ESPELHOS

As portas de acesso à loja, providas de puxador cromado tipo alça e mola de piso Dorma*,
assim como os painéis frontais (fachada), devem ser de vidro temperado incolor (10mm).
Os painéis de vidro nas salas de gerentes, e eventualmente nas salas de Reunião e
Administrativo, devem ser de vidro temperado liso incolor 10mm, duplo, fixo à estrutura
de madeira imbuia. Nos banheiros, devem ser instalados espelhos lapidados de 4mm no
comprimento da bancada de granito com altura de 1m, colados à parede.

7. PERSIANAS

Devem ser instaladas persianas horizontais 16mm, acabamento tipo aço escovado,
internamente aos painéis de vidro duplo.

8. PINTURA

Devem ser executados serviços no forro acartonado, com aplicação de fundo preparador
de paredes, emassamento com massa corrida base PVA, lixado e pintado com tinta Coral*
látex acrílica fosca, branco neve ou similar.

49
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

As paredes de dry wall e alvenaria devem receber tratamento semelhante ao forro,


pintadas com tinta látex acrílica Coral* fosca, branco neve ou similar. Nas paredes dos
banheiros deve ser aplicada textura rústica branca da Suvinil* ou similar. As portas devem
ser pintadas com esmalte acetinado, na cor branca, da Suvinil* ou similar.

9. ESTRUTURA PARA PAINÉIS DE VIDRO

A estrutura para fixação dos vidros, Gerência, Reunião e Administrativo, deve ser de
madeira imbuia envernizada, com larguras de acordo com a espessura da alvenaria
acabada/dry wall e os requadros (“guarnições”) de 10cm de largura.

10. FACHADA

A fachada deve ser de vidro temperado incolor, com paredes laterais texturizadas rústicas
cinza Yamaha, da marca Suvinil* ou similar. Vinil com logomarca Yamaha, tipo jato de areia
incolor. Painel superior de ACM com back light, letra caixa de acrílico pintada (verificar a
regra de pintura no item 7.2).

11. AR-CONDICIONADO

Para o sistema de ar-condicionado, podem ser utilizados aparelhos tipo split, dimensionados
de acordo com a necessidade.

12. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

Devem ser instaladas tomadas de piso (onde não houver a possibilidade de piso elevado).
Cada estação de trabalho deve conter uma régua com quatro tomadas elétricas e duas
tomadas RJ 45 fêmea cat.5e. Para as áreas de loja e circulação devem ser utilizadas
luminárias tipo PL 26w, acabamento branco, vidro incolor, marca Larong*.
Para as áreas de escritórios, luminárias de alumínio com aletas 4x16w e para o estoque
luminárias 2x32w sem aletas, de alumínio, marca Larong*.

13. VINIL

Pode ser instalado vinil tipo jato de areia com logo da Yamaha nos painéis de vidro
temperado incolor da fachada da loja (verificar a regra de pintura no item 7.2).

14. MOBILIÁRIO

Estações de trabalho – Linha R da Guido Contini*, painel argila com base e estrutura
cinza ocidente. Balcões e armários – estrutura argila com puxadores tipo alça 128mm,
cinza ocidente. Cadeiras – com base cinza, tecido crepe, cinza-escuro. Estante para
demonstração de acessórios e peças – de madeira imbuia com prateleiras de vidro
temperado e ferragens cromadas. Sofás – de couro ecológico preto com pés cromados.
Biombos – estrutura cinza ocidente, tecido crepe cinza-escuro, 50mm.
* Fornecedores indicados apenas como referência.

50
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

PÓS-VENDAS

51
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

52
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

11. Serviços

É fundamental ter o foco na satisfação do cliente, afinal um cliente satisfeito acaba sendo
fidelizado e, mais do que isso, torna-se um multiplicador da marca para outros potenciais
clientes. Assim, a Yamaha criou o Departamento de Suporte ao Cliente, o DSC, pensando
em estreitar cada vez mais o relacionamento entre a marca e seus clientes. Os principais
clientes do DSC (Departamento de Suporte ao Cliente) são:
1. Os usuários de nossos produtos.
2. Os concessionários.
3. Nossos colaboradores.
4. Os clientes preferenciais para a futura compra dos nossos produtos.
PÓS-VENDAS
11.1. Visão de serviços

A visão de serviços está baseada em três principais aspectos no relacionamento da


Yamaha com seus clientes:
1. V alor: oferecer serviços que superem as expectativas e criem um vínculo de valor
emocional que contribua para a fidelização dos clientes.
2. Kando: treinar os colaboradores para que, sistematicamente, promovam kando nos clientes.
3. Informação: produzir informações sobre produtos e serviços e, dessa maneira, participar
do desenvolvimento de produtos atrativos e de alta qualidade.
Imagens meramente ilustrativas.

Serviços

53
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

veneziana fechada veneziana aberta

12. Objetivos da prestação de serviços

O papel da prestação de serviços e suas três normas.

A missão da prestação de serviços é conquistar a confiança do consumidor, realizando


revisões, manutenções, consertos e personalização com alta qualidade, criando assim
uma relação permanente entre o consumidor e a sua loja. Para cumprir essa missão,
todas as Concessionárias Autorizadas Yamaha devem respeitar os “Requisitos Básicos
de Serviço” e as “Normas de Identidade Visual de Serviços” que a Yamaha tem como meta
dos negócios.

Os passos para alcançar uma prestação de serviço de qualidade são:


1. R
 equisitos Básicos de Serviço: instalações básicas, equipamentos e funções necessárias
para as operações de Serviços Yamaha.
2. N
 ormas de Identidade Visual de Serviços: denominada identidade visual para construir
a imagem da marca Yamaha.
3. S
 erviço Atrativo: recomendação de serviços da Yamaha para alcançar um nível máximo
de excelência em serviços ao cliente.

Serviço Atrativ
o

Normas de Id
entidade
Visual de Serv
iços

Requisitos Bá
sicos
de Serviço

54
Lugar Item Necessidades Requisitos Básicos Normas de Identidade Visual Serviço Atrativo
Placa de serviço Colocar a placa de serviço em local visível.
Exterior A entrada externa do departamento de serviço é contornada por faixas vermelhas e painéis para demarcar
Placa da área de serviço
claramente sua existência.
Área específica para serviços, com todos os equipamentos e instalações necessários para mostrar ao cliente
Área de prestação de serviço
que ele pode confiar nos serviços Yamaha.
Definidos e coloridos de tal maneira que não haja interferência nos serviços e obedeça às cores definidas no
Chão, paredes e tetos
manual de identidade visual.
Os boxes de serviços devem ser largos o suficiente para os mecânicos trabalharem com segurança e eficiência.
Box de serviços
A cor básica deve ser cinza-serviço escuro.
Elevadores e quadro de
A oficina deve ter bancadas com seus respectivos quadros de ferramentas e elevadores.
ferramentas
Posicione a divisória parede cega, de modo a esconder da vista dos clientes itens como carretéis de mangueiras
Divisória
de ar comprimido, se estiver na parte superior.
Itens de Controle de Serviço

Área de prestação Dutos de exaustão Os dutos devem ser instalados para se ter um ambiente de trabalho saudável e seguro na oficina.
de serviços Carretéis ou dutos de ar
Devem estar bem instalados para facilitar o andamento dos trabalhos nas áreas de serviço.
comprimido
Iluminação da oficina Deve haver iluminação suficiente para o bom andamento dos trabalhos.
Máquina de pneu Recomendado.
Balanceador de roda Recomendado.
Aparafusador pneumático Recomendado.
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Serviço
Bancada Permite trabalhar de maneira mais rápida e eficiente.
Placas, diapasão + logo Yamaha
O interior da loja deve ter uma parede-símbolo, com placas exibindo o diapasão + o logo Yamaha.
interno
Estantes/prateleiras Tenha-as em número suficiente para armazenar as peças e o equipamento de serviço de maneira organizada.
Espaço para revisão completa Tenha um espaço que permita desmontar e montar motor. (Não deve ficar à vista do cliente).
Sala de motor
Estantes para manuais Para manter os manuais à mão.
Tenha um lugar para lavagem do veículo com o equipamento necessário e os cuidados ambientais adequados,
Área de lavagem do Espaço para revisão completa
como tanque e drenagem de separador de óleo que contenha água e sabão.
veículo
Tanque separador de água–óleo Tenha um tanque de tratamento de água de reúso que não agrida o meio ambiente.
Sucata e lixo Mantenha esse espaço fora da vista do consumidor.
A área de estacionamento das motos dos clientes não deve estar exposta a chuva ou intempéries e deve ser
Espaço de estacionamento de moto
protegida contra roubo.
O balcão de recepção deve ser facilmente reconhecido pelo cliente. Os certificados dos cursos realizados
Balcão de recepção da oficina
devem estar expostos assim como o termo de garantia. Deve haver espaço de espera para o cliente.
Tenha um espaço onde os clientes possam inspecionar os veículos ou recebê-los após os serviços, com a
Espaço de entrega
explicação completa do que foi feito.
O pessoal de serviço deve usar uniforme, que deve estar de acordo com os modelos recomendados. E também
Uniformes
deve estar limpo.
Crachá com o nome Todos os funcionários devem usar crachá com o nome bem visível.
Os funcionários devem usar sapatos adequados e seguros para as respectivas funções (preferencialmente
Itens de trabalho Sapatos
pretos).
Devem ser exibidas quando possível, porque ajudam a promover a satisfação do consumidor. Mas cuide para
Placas operacionais
criar um bom ambiente de trabalho.
Tabela de preços Mantenha um quadro com os preços atualizados e pendure-o em lugar visível.
Escritórios Crie uma área agradável para trabalhar e também para receber o consumidor.
Mantenha uma sala em que os funcionários possam lanchar e descansar nos horários de folga. (Não deve ser
Sala de funcionários
visível ao consumidor).
Itens obrigatórios

Área administrativa
Toaletes do consumidor Mantenha-os sempre limpos.
Itens recomendados

Toaletes dos funcionários Mantenha-os sempre limpos.

55
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

13. Serviço atrativo

Funções necessárias - Os “Bons Serviços” que a Yamaha promove seguem “As exigências
básicas de prestação de serviços” que constam nas “Regras de Identidade Visual”
e sempre oferecem a melhor qualidade de atendimento para alcançar um alto nível de
satisfação do consumidor.

Recepção - Os clientes que procuram os serviços vêm com um propósito específico.


A recepção precisa permitir que o cliente se encaminhe diretamente ao balcão onde uma
equipe bem preparada o aguarda para atendê-lo da maneira mais correta e positiva.
Nesse espaço, o pessoal encarregado conversa com o cliente para identificar o problema,
informar os custos e os reparos que devem ser feitos até que o cliente fique satisfeito.
Ofereça água ou suco, revistas e outros itens como filmes em DVD. Os certificados dos
cursos realizados, bem como o pôster do termo de garantia, devem estar expostos nesse
local, na altura correta.

Espaço de entrega - Esse é o espaço onde a motocicleta é entregue ao proprietário e


onde são dadas as explicações sobre funcionamento e os serviços oferecidos pela
concessionária.

Imagens meramente ilustrativas.

Exemplos da recepção (balcão de serviços), perto da entrada e do espaço de entrega.

56
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14. Funções e operações da área de serviço

As áreas de movimentação do cliente devem estar incluídas nas funções de prestação de


serviços ao cliente da recepção, espera e entrega de veículo, e operações de confirmação,
inspeção, manutenção/reparo e vendas/instalação de acessórios do veículo. Para oferecer
um primeiro atendimento de alto nível ao consumidor, é preciso levar em conta a eficiência
dos fluxos dos trabalhos.
Fluxo dos trabalhos
1 - Recepção para revisões e manutenção.
2 - Itens de inspeção de recepção.
3 - Designando um mecânico para o trabalho.
4 - Confirmação dos veículos/peças.
5 - Confirmação dos conteúdos de serviço.
6 - Pedido de peças.
7 - Revisão/manutenção, confirmação do teste de percurso, inspeção final.
8 - Lavagem da motocicleta.
9 - Preenchimento da ordem de serviço/nota fiscal, contato com o cliente.
10 - Explicação na hora de entrega do serviço pronto.

Testeira
Os itens de oficina, como carretéis de mangueira de ar comprimido e janelas de ventilação,
tendem a ocupar o espaço da parede próxima ao teto. Esconder esses itens atrás de uma
“testeira” cria um ambiente mais “limpo visualmente”, o que ajuda a chamar a atenção
para as motocicletas que estão sendo consertadas.
A Yamaha recomenda o uso de uma testeira para criar um ambiente de trabalho mais
agradável, se a tubulação sair por cima.
Imagens meramente ilustrativas.

57


0
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Área de serviço

Identidade visual (regras básicas)


A Yamaha definiu um conjunto de regras de identidade visual com o objetivo de fortalecer
a imagem da marca Yamaha. Essas regras definem a exibição da marca do diapasão +
logo Yamaha e o uso das cores das oficinas de serviço. O diapasão + logo Yamaha devem
ser exibidos em lugar de destaque na área de atendimento, levando-se em consideração
os aspectos emocionais, a funcionalidade e as cores básicas: branco, cinza, prata e
vermelho. As aplicações também estão definidas, incluindo a placa de serviço, a placa de
oficina, uma cor definida para a área dos boxes, o símbolo comercial e os uniformes dos
funcionários.
Imagens meramente ilustrativas.

58
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Imagens meramente ilustrativas.

59
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Diapasão + logo Yamaha


Impressão do diapasão em 3m de diâmetro

60º 62.50 51.20 41.75 69.85 68.00


3.00
3.00

56.75
R=15
150.00

91.65
113.10
30.00
2.5
=2

60º
3.00R

62.50 51.20 41.75 69.85 68.00

89.10

251.10
ø300.00

45.70
15.0

.1
155
0
120.00

3.00

59.55 45.70
130.10

56.75
R=15 00
30.
150.00

91.65
82.35
113.10

00
30.00

45.
6.00 24.00 .5
35º
22
R=

89.10

251.10
12.00 12.00
45.70

54.50 31.65 44.70 44.70 51.20 56.00 50.70


15.0

45.00 27.60
1
55. 157.20 198.25 198.25 181.20 181.20
0

1
120.00

59.55 45.70
130.10

1077.50
00
30.
82.35

00
45.
35º
24.00

12.00 12.00
38.50

23.55

54.50 31.65 44.70 44.70 51.20 56.00 50.70


27.60
R 444.90
R 442.50

45.00
10.00

157.20 198.25 198.25 181.20 181.20


Método por fôrma de compressão
Material: FRP 1077.50
Material: Tinta de acabamento (vermelho e prata Yamaha)

Caixa de letras em placas de aço galvanizado


Imagens meramente ilustrativas.

Elevação: Folha de adesivos


(3M: JS-1805 prata metálico)
23.55

R444.9 (Superfície dos anéis do diapasão)


R442.5 (Superfície de base)
R 444.90
R 442.50
10.00

O logotipo da Yamaha não deve ser pintado, e sim em alto-relevo.

60
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.1. Cores da área de serviços

Levando-se em conta os aspectos emocionais e a funcionalidade, as cores básicas são o


branco, o cinza, o prata e o vermelho. As cores branco, cinza e prata dão estilo e impressão
de limpeza, e ajudam a criar uma atmosfera de tranqüilidade, mais fácil de trabalhar. A cor
vermelha se sobressai, fazendo parte da imagem da marca Yamaha. O branco é usado
nas paredes e nos tetos. Os pisos e as paredes da frente (à altura de 90cm do piso)
são pintados na cor cinza-serviço claro para transmitir uma imagem de limpeza. O cinza-
serviço escuro é usado nas áreas dos boxes da oficina. Os elevadores, que ficarão sob as
motocicletas em serviço, são pintados de vermelho-serviço.

m
l
k
Imagens meramente ilustrativas.

j Branco k Vermelho- l Cinza-Serviço mCinza-Serviço


Teto, paredes Serviço Escuro Claro
Elevador Box de Serviço Barramento e Piso

Caso a bancada seja superior ou inferior a 0,9m, alinhar o barramento da tinta


da parede à superfície da bancada.

61
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.2. Amostra e cores

Pantone 425C
C 65 Y 55 M 52 K 27
R 87 G 90 B 93
Tinta Suvinil - cód. P156
(acrílica com acabamento acetinado)

Pantone 428C
C 23 Y 16 M 17 K 0
R 196 G 199 B 200
Tinta Suvinil - cód. B159
Externo
(acrílica com acabamento acetinado)

Pantone 1788C
C 0 Y 100 M 100 K 0
R 255 G 000 B 000
Tinta Suvinil: cód. R113
(acrílica)

Esmalte Wandepoxy Platina


117.00008

Cinza-Serviço Claro

Área de Serviços
Esmalte Wandepoxy Cinza Médio
117.00007
(área do elevamotos)

Cinza-Serviço Escuro

Os exemplos de cores constantes neste mostruário devem servir de base para


todos os trabalhos que serão realizados.

62
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.3. Aplicação

Na placa de serviço deve constar a palavra SERVIÇOS e não oficina. Fixe essa placa na
entrada da área de serviço. A placa de área de serviço combina-se com as duas faixas
vermelhas que correm horizontalmente no alto da entrada de serviço e verticalmente ao
lado da entrada para mostrar a presença da área de serviço para quem vê de fora. Procure
usar essas placas de acordo com a ilustração abaixo.
O uso da placa de serviço é obrigatório. A dimensão da placa de serviço é mostrada na
Fig. 1 e possui tamanho proposital de L 7,2 x A1 3,5m x A2 0,30m.
A fonte utilizada para a escrita na placa de serviços é a Swiss 721 HV BT.

SERVIÇOS

A1=3,5 m
A2=0,3 m

SERVIÇOS

L=7,2 m

L=7,2 m
Fig. 1

Fig. 2

O uso das faixas da área de serviço é obrigatório. A largura da placa de serviço


pode variar conforme restrições da edificação. Já a altura tem o tamanho
obrigatório de 0,3m.

63
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.4. Boxes de serviço

A área dos boxes representa a área em que os mecânicos de motos, em geral, podem
trabalhar em uma motocicleta com segurança, eficiência e velocidade. É designado pelo
piso pintado de cinza-serviço escuro. O elevador usado no boxe de serviço é vermelho-
serviço, a bancada e o quadro de ferramentas são cinzas e o armário do quadro, branco.
Observe nas ilustrações abaixo os diagramas que mostram o tamanho mínimo do box e o
tamanho ideal da área para os veículos.

As linhas brancas são as linhas centrais dos elevadores. Nos diagramas elas têm 50mm
de largura. A cor dos elevadores é vermelho-serviço.

Área mínima
Todas as
motocicletas
Motocicletas 2,2m
pequenas 2,2m
1,8m
1,8m
2,2m2,2m
3,1m3,1m
1,9m1,9m
2,2m2,2m

0,57m 0,57m 0,72m 0,72m


1,8m 2,2m
0,57m 0,57m 0,72m 0,72m
1,8m 2,2m

Módulo recomendado
Motocicletas Todas as Para quadriciclos
pequenas motocicletas
2,25m 2,85m
2,15m 2,25m 2,85m
2,15m
0,95m

0,95m
0,95m

0,95m
0,95m
0,95m

2,2m2,2m
3,9m3,9m

2,2m2,2m
3,9m3,9m
1,9m1,9m
3,6m3,6m
0,75m

0,75m

0,75m
0,75m

0,75m

0,75m

0,75m 0,75m 0,75m 0,75m 0,75m 0,75m


2,15m 2,25m 2,85m
0,75m 0,75m 0,75m 0,75m 0,75m 0,75m
2,15m 2,25m 2,85m

O módulo para quadriciclos é obrigatório caso sejam comercializados em sua


concessionária.

64
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.5. Quadro de ferramentas especiais

É um quadro utilizado para prender as ferramentas especiais usadas no conserto dos


produtos Yamaha. A existência desse quadro na oficina atesta a qualidade dos serviços
oferecidos por sua loja. Mantenha-o sempre limpo e organizado.

Montado com ferramentas Montado sem ferramentas


W ith tools mounte d W ithout tools W ith door ( re c omme nde d)

O quadro de ferramentas especiais deve se posicionar atrás da bancada de serviços


especiais.

65
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.6. Sinalização operacional

As placas operacionais espalhadas pela loja incluem a placa no balcão de atendimento, as


placas de sinalização (penduradas no teto ou apoiadas no chão) e placas de sinalização
(do tipo saliente, penduradas na parede).
Recomenda-se que sejam colocadas para indicar todas as funções da área de serviços,
peças e acessórios.
A fonte utilizada para as escritas é a Swiss 721 HV BT.

Recepção de Serviço Caixa Recepção


Placa Recepção de Serviço Placa de localização
Dimensões de referência: (pendurada no teto)
H 3 x W 2,5m Dimensões de referência:
(altura de montagem: 2,7m) H 1,5 x W 7,0m
Use vermelho na placa (altura de montagem: 2,3m)
Recepção de Serviço Estacionamento

Peças e Acessórios
Recepção
Escritório
Banheiro
Placa de orientação
(do tipo em pé) Lavagem
Dimensões de referência:
H 1,0 x W 2,5m
(altura de montagem: 2,0m)
Depósito
Placa de orientação
Placa de localização
(do tipo saliente)
(presa na parede)
Dimensões de referência:
Dimensões de referência:
H 1,0 x W 2,5m
H 0,5 x W 2,0m
(altura de montagem: 2,0m)
(altura de montagem: 1,5m)

66
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.7. Uniformes

Manter os funcionários da loja uniformizados transmite confiabilidade. Os funcionários


que trabalham na oficina de serviços sempre devem trajar uniformes. As camisas pólo
devem ser usadas em eventos e não na oficina. Os modelos nos diagramas usam a cor
corporativa da Yamaha. Vermelho como cor base combinada com a cor da oficina de
serviços.

Conjunto dos mecânicos Conjunto dos mecânicos


(mangas compridas) (mangas curtas)

Camiseta pólo Jaqueta

Uniforme do Camiseta pólo Camisa


recepcionista

Avental para Crachá - uso obrigatório por todas as


mecânico pessoas que tenham contato com o
cliente.

NONONONONONO

RICARDO
Mecânico

67
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.8. Requisitos básicos de serviço

Lista básica dos itens de serviço: A Yamaha definiu uma lista de Requisitos Básicos de
Serviço que inclui equipamentos, facilidades básicas, facilidades e funções necessárias
para oferecer um serviço confiável.
Essa ilustração mostra os itens básicos recomendados. Para obter detalhes sobre os
itens recomendados, consulte a tabela de Requisitos Básicos de Serviço.

Oficina de Serviço

Imagens meramente ilustrativas.

Para mais detalhes, consulte o manual de oficinas.

68
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

14.9. Imagem de serviços

Exterior da loja (vista do showroom)


Imagens meramente ilustrativas.

Recepção de serviços

69
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Sala de espera (consultas)

Área de serviços (vista da sala de espera)


Imagens meramente ilustrativas.

Área de entrega

70
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

PEÇAS E ACESSÓRIOS

71
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

72
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

15. Funções e operações da área de peças

O excelente desempenho de uma motocicleta e a satisfação plena do nosso cliente


depende da montagem perfeita de suas peças. Por isso, quando a moto sofre alguma
avaria ou necessita de manutenção, deve-se substituir as peças danificadas por peças de
alta qualidade e garantia.

Com isso é necessário que a concessionária possua um amplo estoque de peças originais
e completa infra-estrutura de vendas, com vendedores de produtos, peças, consórcio e
mecânicos continuamente treinados pela fábrica Yamaha para conquistar a satisfação e
confiança do cliente.

Além das peças genuínas, a Yamaha oferece ao mercado consumidor brasileiro a linha
de peças Y-TEQ que atende todas as especificações, padrões de segurança e qualidade
exigidas pela Yamaha Motor do Brasil Ltda. e Yamaha Motor Co. Ltd. do Japão, para
atender a grande demanda de peças com maior freqüência de troca, como corrente, coroa
e pinhão, pastilhas de freios, pneus e câmaras de ar.

Possuir um setor de peças bem estruturado, visando garantir a satisfação dos clientes com
eficiência e agilidade, que utiliza peças genuínas e que tem grande capacidade técnica
encoraja os clientes a visitarem a concessionária e consecutivamente aumenta o leque de
oportunidades de negócios da loja.

A concessionária deve dispor de um espaço adequado para essa finalidade, levando


em conta o espaço para o balcão, vitrine e provadores, com uma boa decoração que
começa com um ambiente bem iluminado, arejado e agradável, destacando a visualização
e identificação dos produtos. Um perfeito equilíbrio será obtido observando-se uma
adequada disposição dos acessórios, combinando cores e volumes dos produtos.

O setor de peças dentro das Concessionárias Yamaha tem o dever de oferecer ao


consumidor a oportunidade de manter seus produtos com as características originais de
fábrica. Sua principal atividade é abastecer o mercado com peças genuínas Yamaha, com
a linha de peças de reposição Y-TEQ, a linha de acessórios originais Yamaha e a linha de
óleos lubrificantes Yamalube.

É muito importante também que a concessionária trace objetivos e metas a serem


alcançados pelo setor, e individualmente por cada funcionário. Mas não basta ter
objetivo apenas. Sem foco ele não será alcançado. Concentrando esforços e com o foco
direcionado para um alvo, como o crescimento da participação do setor de peças nos
lucros da concessionária, é mais fácil atingir o objetivo, conquistando novos mercados.

73
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

15.1. Estoque e armazenagem

Para alcançar os resultados planejados e operacionalizados pela área de vendas, é


necessário ter em estoque a maior variedade de peças e acessórios para atender os
clientes. A estocagem de material envolve mais do que somente estocar material e
administrar as vendas de peças, pois alguns recursos são imprescindíveis, tais como:

• Sistema informatizado e flexível.


• Equipe treinada.
• Metas de vendas, metas de estoque e metas de lucratividade.
• Estratégias específicas de marketing e atendimento.
• FOCO.

Para tal, um sistema de informatização eficaz deve:

A) Ter um banco de dados com todas as peças dos modelos existentes na frota.

B) Ter todos os dados referentes a essas peças na história da concessionária:

• Código da peça.
• Descrição.
• Aplicação.
• Custo (valor de aquisição).
• Preço (preço sugerido ao público).
• Quantidade em estoque.
• Consumo mensal desde seu cadastro, dividido em Garantia, Venda oficina, Venda balcão
e Venda externa (o ideal, ainda, é classificá-la por tipo de cliente) - Classificação ABCD
de vendas - Média de vendas atualizada a cada mês.

15.2. Funcionamento on-line, em tempo real

Com um sistema informatizado, é possível controlar as vendas e as compras de peças


de maneira eficaz. Evitando uma possível perda de tempo com formação dos dados
gerenciais, as pessoas podem se dedicar ao FOCO principal que é vender bem, comprar
bem, atender bem, através de alguns conceitos que podem ser aplicados e adaptados
para uma administração rápida e eficaz do estoque e armazenagem de peças como
descritos a seguir:

74
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

A) Controles

É preciso saber o que acontece no seu estoque e nas suas vendas. É necessário que seja
realizado um inventário do seu estoque de peças, comparar o estoque existente com a
análise de vendas “A, B, C, D”, de forma que o estoque seja o mais saudável possível.
É preciso saber todo o comportamento do estoque de peças, tal como “vendas perdidas”,
“ciclo de compra / ponto de pedido” e o “comportamento da demanda de cada peça”.

B) Abastecimento

Para abastecer seu estoque de peças, é necessário ter conhecimento dos procedimentos
mais adequados de planejamento, tipos de pedidos, catálogos e circulares, assim como
critérios práticos de compras e armazenamento das peças.

C) Resultados

O objetivo de toda empresa é ter lucro, e para tal exige-se avaliação periódica dos rumos
e dos eventuais desvios desse objetivo. Assim, estaremos abordando desde a formação
de preço com base no PPS (Preço Público Sugerido), até relatórios de controle dos
resultados.

75
76
APLICAÇÃO DO MATERIAL
PROMOCIONAL NA LOJA

77
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

78
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

16. Material administrativo

A fim de estabelecer uma comunicação dirigida ao público consumidor dentro e fora da


concessionária, é essencial que todas as concessionárias respeitem as diretrizes para
criação de seu material administrativo, como papel de carta, envelope, circular, recibo,
fatura, cartão de visitas, memorando, lista de preços, notas fiscais, etc.

É indispensável que a logomarca da concessionária seja escrita utilizando a fonte adotada


que é a Swiss 721 HV BT.

16.1. Formato de papéis

A0 – 841mm x 1.189mm
A1 – 594mm x 841mm
A2 – 420mm x 594mm
A3 – 297mm x 420mm
A4 – 210mm x 297mm

16.2. Cartões de apresentação, envelopes, papéis

Todos esses materiais devem conter a logomarca corporativa da Yamaha na cor vermelha
(marca do diapasão em 3-D e o logotipo da Yamaha).

YAMAHA
Vendas

Cartão de visitas

Papel-carta

79
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Envelope ofício

Envelope carta Nota Fiscal

16.3. Brindes

Todo brinde promocional deve ser submetido à aprovação da área de Comunicação e


Marketing da Yamaha e conter a aplicação da logomarca corporativa.
De forma alguma a marca do diapasão e o logotipo Yamaha devem ser usados
independentemente.

80
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

17. Web site

Em tempos de globalização, cada vez mais a linguagem digital torna-se uma forte
aliada para transparecer uma imagem clara e potencial da marca. Assim, o programa
de identidade visual da Yamaha certifica que seu site segue os padrões exigidos pela
Yamaha, facilitando o reconhecimento da marca e, conseqüentemente, trazendo maior
fluxo de visitantes à sua home page.
Para atingir seus objetivos, é muito importante zelar pelo patrimônio visual da empresa e
de sua concessionária, respeitando as regras descritas aqui para o uso correto da marca,
do logotipo, das cores e de outros elementos básicos.

Regras básicas

No caso da aplicação em web sites, a logomarca corporativa deverá estar posicionada no


canto esquerdo superior da página de cada categoria e a logomarca da concessionária no
canto direito superior. Deve-se alinhar ambas as logomarcas pela altura.
Não é permitido o uso independente da marca do diapasão e do logotipo Yamaha em
nenhum web site. O limite permitido para a redução é uma altura vertical de 31 pixels.

Formato-padrão (Tipo A)
• Deve aparecer no alto da página de cada categoria.
• Pode ser posicionado à direita, à esquerda ou no centro.
• Não há restrições de uso nas páginas seguintes à 
primeira página de cada categoria.
• Quando exibido como clipe de imagem em movimento, 
necessita de aprovação do Departamento de Marketing.

Formato especial (Tipo B)


• Não deve ser usado em páginas que exibem o Padrão A.
• Quando exibido como clipe de imagem em movimento 
necessita de aprovação do Departamento de Marketing.
• Deve aparecer no alto da página de cada categoria.
• O tamanho-padrão para uso no web site é uma altura
vertical de 40 pixels.

Item proibido

•N
 ão deve ser usados isoladamente
em nenhuma página.

81
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Exemplos de web sites corretos e incorretos:


Link para o site Yamaha
www.yamaha-motor.com.br
Nome da concessionária

Foto da
Link para o site da
concessionária
concessionária

MOTOCICLETAS ACESSÓRIOS
MOTORES DE POPA SERVIÇOS
Dados da concessionária:
ATV/QUADRICICLOS MOTOS USADAS
endereço, telefone
e-mail, site,
entre outros

Web site correto Web site incorreto

As Concessionárias Autorizadas Yamaha que desenvolverem sites institucionais


deverão impreterivelmente utilizar as regras constantes neste guia. O link da sua
concessionária somente estará habilitado para inserção no site da Yamaha Motor do
Brasil (www.yamaha-motor.com.br) se estiver dentro das especificações exigidas.
A vantagem da inserção do link de sua concessionária no site da Yamaha é a facilidade
que os usuários/clientes terão para entrar em sua página, podendo aumentar o grau
de relacionamento nos negócios e oferecer vantagens e comodidade.

82
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

MATERIAL PUBLICITÁRIO

83
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

84
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

18. Material publicitário

As peças publicitárias são importantes instrumentos, tanto para a decoração da loja


quanto para chamar a atenção do cliente para um produto, ressaltando seus atributos,
preços ou especificações.

Materiais publicitários no ponto-de-venda

São importantes para influenciar seus negócios no momento em que os consumidores


estão em sua concessionária.
Vale lembrar que os clientes prestam muita atenção na sinalização de sua concessionária.
Não basta apenas divulgar os produtos por si só, e sim promover o equilíbrio entre os materiais
disponíveis em sua concessionária. Isso vale para materiais de motocicletas, e também para
esse facilitador na aquisição de um grande sonho como o Consórcio Yamaha.
Além de ajudar no posicionamento e na exposição de produtos, os materiais de ponto-de-
venda são ferramentas importantes de uma campanha de propaganda e complementam o
desejo e a intenção de compra criada por sua divulgação. Mantenha os materias sempre
atualizados.
Seguem algumas dicas para a melhor colocação dos materiais expostos. Porém, vale
lembrar que cada concessionária tem sua eventualidade. Por isso, trabalhe cuidadosamente
a melhor exposição de todos os materiais disponibilizados pela Yamaha.

Faixa

A faixa é responsável pelo primeiro impacto da comunicação. Por isso, precisa estar em
bom estado de conservação SEMPRE.
Como utilizar: seu uso é destinado principalmente às áreas externas de seu ponto-de-
venda. Procure expor em locais de fácil visualização.

Banner

Indicado para ser exposto dentro de seu ponto-de-venda, o banner pode ser o segundo
contato do cliente com o produto divulgado. Por esse motivo, deve estar em sinergia com
os demais materiais expostos.
Como utilizar: posicione-o em local de fácil visualização para que o impacto possa ser
promovido naturalmente. Lembre-se de que o banner deve sempre ajudar na divulgação e
nunca esconder produtos ou até mesmo a visualização geral da loja.

Pôster

Na maioria das vezes, o pôster é a peça ideal para explorar o visual de um produto.

É proibido o uso de materiais desatualizados em sua concessionária.


Procure sempre manter o padrão fornecido pela Yamaha.

85
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Atenção: o consumidor que visualiza o pôster já está interessado no produto e, se bem


informado através da equipe de vendas, será um comprador em potencial.
Como utilizar: procure expô-lo em algum quadro de vidro, ou em algo que mantenha a
boa aparência do material, próximo à mesa do vendedor. Assim ele será visível pelos
potenciais compradores. Isso também influenciará nas vendas. Muitos clientes gostam de
levar os pôsteres como brindes. Pense nisso.

Display de mesa

Quando o cliente visualizar o display de mesa, a venda já deve estar no mínimo 70%
efetivada. Dessa fase para a aquisição do produto, a venda efetiva só depende de um bom
atendimento.
Como utilizar: deve ser posicionado em cima da mesa do vendedor, onde os clientes são
atendidos. Procure deixar esse local sempre bem limpo e organizado, sem muitos outros
itens que não sejam importantes nesse momento.
Tente diminuir o número de informações que desviem a atenção do cliente nesse local.

Volante

A utilização desse material é importante para que o consumidor final tenha em mãos os
preços e as informações do produto.
Como utilizar:
Divulgação interna: deve estar localizado em um ponto de sua loja onde o consumidor o
encontre facilmente, e possa se interessar e até auxiliar na sua compra.
Divulgação externa: pode também ser utilizado fora da concessionária, seja em algum
evento ou promoção (como exposições, pedágios, etc.). Nessas ocasiões, procure deixar
os volantes expostos em um local de fácil acesso e que não iniba o alcance do cliente. Se
necessário, contrate alguns promotores para distribuir os volantes de forma ativa, ou seja,
sem que haja necessariamente o interesse do consumidor.

Display de manopla

Desenvolvido para ser posicionado na manopla das motocicletas, o display de manopla


pode também ser o primeiro impacto do cliente com o produto. Por isso, pode ser aplicado
tanto no interior da loja como em ações externas.
Como utilizar:
Divulgação interna: posicione os displays de manopla nas motocicletas disponíveis para a
venda na sua concessionária. Uma dica é expô-los principalmente nas motocicletas mais
vendidas, levando sempre em consideração a disponibilidade em sua concessionária.
Divulgação externa: divulgue o produto nas ruas e estacionamentos da cidade. Se
necessário, contrate pessoas para distribuir os displays de manopla nas motocicletas
estacionadas no centro da cidade, nos shoppings, nos eventos e nos demais pontos de
grande fluxo de motocicletas. Provavelmente as pessoas atingidas por essas ações sejam
os próximos clientes da sua concessionária.

86
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

18.1. Utilização da logomarca em material publicitário

Em todos os materiais publicitários produzidos pela concessionária ou pela Yamaha


deve-se seguir as regras estabelecidas no item 5 deste manual (uso da logomarca da
concessionária).
A utilização correta da logomarca corporativa é fundamental para reforçar a imagem
unificada da marca Yamaha no Brasil. Para que os padrões aqui definidos sejam aplicados
em todo e qualquer material de comunicação da Yamaha, é essencial a participação e
o envolvimento de todos. Abaixo, seguem exemplificadas as principais situações de
utilização da logomarca corporativa Yamaha em anúncios, filmes, brindes, materiais
promocionais e impressos. Observe principalmente as medidas e definições estabelecidas
para assinatura da marca, de seus produtos e das áreas de negócios. Esses princípios
devem reger toda a comunicação eletrônica, impressa e exterior da empresa.

19. Mídia impressa

Anúncios em jornais e revistas: o nome da sua empresa e o endereço do site oficial da


Yamaha Motor devem aparecer na mesma página de anúncio que a marca do diapasão e
o logotipo Yamaha.
A marca do diapasão + o logotipo Yamaha devem ser exibidos num tamanho tal que a
altura das letras do logotipo Yamaha seja de 7mm ou mais.
Caso a página do jornal seja em preto-e-branco e o vermelho Yamaha não possa ser
usado, a marca do diapasão + o logotipo Yamaha podem ser usados em tons de preto.
Se for necessário o uso da logomarca corporativa Yamaha combinada com o logo da
concessionária, utilizar os dois logos seguindo a recomendação de tamanho da logomarca
da concessionária, conforme já citado no item 5 deste manual (uso da logomarca da
concessionária).

www.yamaha-motor.com.br www.yamaha-motor.com.br www.yamaha-motor.com.br

Anúncios de revista corretos Anúncio de jornal correto

87
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

O tamanho da logomarca da concessionária não deve ultrapassar o tamanho da


própria logomarca da Yamaha. Dessa forma, mesmo que a proporção da logomarca da
concessionária não seja a mesma proporção da logomarca da Yamaha, respeita-se o
tamanho máximo da altura e/ou da largura do logo da Yamaha.

www.yamaha-motor.com.br
www.yamaha-motor.com.br

Logomarca da concessionária no canto Logomarca da concessionária na frente


superior da logomarca corporativa Yamaha

É expressamente proibida qualquer alteração no layout dos materiais de PDV e publicitários


fornecidos pela Yamaha que desfigurem a campanha do produto.
Conforme determinado nas páginas anteriores, fica definida a forma de aplicação da
logomarca da concessionária junto do logo da Yamaha também para material publicitário,
como anúncio de jornal, revista, outdoor e demais folheterias.

COMPRE JÁ A SUA YAMAHA 0km COMPRE JÁ A SUA YAMAHA 0km COMPRE JÁ A SUA YAMAHA 0km

OFERTA OFERTA OFERTA


ESPECIAL ESPECIAL ESPECIAL

www.yamaha-motor.com.br www.yamaha-motor.com.br www.yamaha-motor.com.br

Logotipo Yamaha com contorno sobre fundo Marca do diapasão com cor invertida Logomarca corporativa Yamaha distorcida

COMPRE JÁ A SUA YAMAHA 0km COMPRE JÁ A SUA YAMAHA 0km COMPRE JÁ A SUA YAMAHA 0km

OFERTA OFERTA OFERTA


ESPECIAL ESPECIAL ESPECIAL

www.yamaha-motor.com.br www.yamaha-motor.com.br www.yamaha-motor.com.br

Logotipo Yamaha sem a marca do diapasão Marca do diapasão incorporada Uso da assinatura “Touching Your Heart”
à logomarca da concessionária

88
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Pôsteres da linha
A logomarca corporativa, que combina a marca do diapasão + o logotipo Yamaha nos
cantos superiores ou no canto inferior direito, deve ser exibida na cor vermelha. A marca
do diapasão + o logotipo Yamaha é exibida num tamanho tal que a altura das letras do
logotipo Yamaha tenha 7mm ou mais.

www.yamaha-motor.com.br www.yamaha-motor.com.br

Pôster 1 Pôster 2

Catálogos de produtos
A Yamaha disponibiliza catálogos de seus produtos para todas as concessionárias,
considerando um espaço disponível para a inclusão dos dados das concessionárias,
conforme exemplo.

Av. João Maria José, nº 123 • Centro • CEP: 123456-000 • Município de Guarulhos
Estado de São Paulo • Brasil
Fone: (00) 1234-5678 • padrãomotos@padrãomotos.com.br

Verso: espaço reservado para o concessionário colocar os dados da sua


concessionária: telefone, endereço, e-mail, logomarca.

Frente Verso

89
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

20. Mídia eletrônica

www.yamaha-motor.com.br
As motocicletas Yamaha estão em conformidade com o Proconve/Promot. Fotos ilustrativas.

Comercial para TV (30 segundos) - Imagem meramente ilustrativa.

Os vídeos publicitários devem ser disponibilizados na versão de 25”, para que nos 5”
restantes, 2” sejam para a logomarca Yamaha e 3” para a concessionária inserir sua
logomarca. No caso de vídeos produzidos pela própria concessionária, considerar as regras
citadas neste manual - Uso da logomarca da concessionária.
Abertura: a marca do diapasão + o logotipo Yamaha são exibidos por 2 segundos ou mais,
em imagem fixa, no alto da tela, à direita ou à esquerda. Encerramento: não há exigências
especiais.

www.yamaha-motor.com.br
As motocicletas Yamaha estão em conformidade com o Proconve/Promot. Fotos ilustrativas.

Comercial para TV (30 segundos) - Imagem meramente ilustrativa.

No vídeo publicitário onde se assina apenas Yamaha, o tempo de exposição da logomarca


é de 3”.

ATENÇÃO: para a utilização dos vídeos publicitários produzidos pela Yamaha


é necessário seguir regras de utilização entre outras restrições impostas
pela Yamaha. Certifique-se de todas as restrições de uso caso a caso. É proibida
a adulteração por meio do uso de partes e trechos para o desenvolvimento de
outros materiais, bem como sobreposição no filme com locuções e assinaturas da
concessionária, com excessão dos 5 (cinco) segundos finais destinados a esta finalidade.

90
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

21. Ficha cadastral

Prezado concessionário,

Para melhorar a comunicação com a rede através da atualização dos dados das
concessionárias, gostaríamos de agilizar o processo de cadastramento.
Solicitamos à concessionária a gentileza de responder às questões abaixo e enviar para
marketing@yamaha-motor.com.br ou (11) 6431-6531.

1) Código da concessionária
2) Razão social
3) Nome fantasia
4) Endereço
5) Bairro
6) Cidade
7) Estado
8) CEP
9) DDD
10) Fone 1 / Fone 2 / Fone 3 / Fax
11) CNPJ
12) Inscrição estadual
13) Contato gerente (nome e telefone)
14) Número de funcionários da concessionária
15) Endereços de e-mail
• E-mail para disponibilizar no site Yamaha
• E-mail para receber comunicados do Depto. de Comunicação & Marketing
• E-mail Diretoria e Gerência
16) Transportadora que utiliza e que tem preferência (nome e telefone)
17) Possui agência de publicidade?
18) Se sim, qual o contato da agência?
• Nome
• Atendimento
• Telefone
• Email
A falta de atualização de seus dados cadastrais junto à Yamaha resulta em prejuízos no
recebimento das comunicações expedidas pela área de Marketing e Planejamento de
Rede, inclusive ao envio de materiais publicitários.

91
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Em caso de dúvidas, o Planejamento da Rede da Yamaha estará


à disposição para atendê-lo pelo e-mail:
planejamento.rede@yamaha-motor.com.br
ou pelo telefone: (11) 6460-5547.

92
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Anotações

93
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Anotações

94
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Anotações

95
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

Anotações

96
MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL YAMAHA

97
98