Anda di halaman 1dari 1

considerarmos os perigos envolvidos Os contatos feitos pela internet pos- G.

White, Mente, Caráter e Personali-


nessa prática, os quais, de forma geral, são sibilitam diversas oportunidades: evan- dade, vol. 2, pág. 431.
semelhantes aos de conhecer indivíduos gelismo pessoal, estudos bíblicos, troca Você pode encontrar opções inte-
pessoalmente. A maioria dos conselhos de idéias, estudo da lição da Escola Saba- ressantes para bate-papo online com
que se aplicam a novos relacionamentos e tina, praticar uma segunda língua e, ob- pessoas adventistas no site www.ad-
seleção de amigos, também vale para es- viamente, fazer novas amizades. vir.com.br/batepapo.htm Alguns sites
sas situações criadas pela internet. “Nós nos achamos todos entrete- que oferecem serviço de cadastro são:
“Os jovens cristãos devem ter mui- cidos na grande trama [web é a pala- http://www.iasdnet.com.br/amigos;
to cuidado na formação de amizades e vra usada no original] da humanida- www.adventistmatch.com; www.ad-
na escolha de companheiros. Cuidem, de, e o que quer que possamos fazer ventistsingles.org
para que isso que agora acham ser ouro para beneficiar e elevar a outrem, re-
puro não se transforme em metal sem fletirá em bênçãos a nós mesmos. A lei Marcelo Dias é estagiário como
valor.” – Ellen G. White, Mensagens aos da dependência recíproca vigora em pastor-auxiliar na Igreja de Taunton,
Jovens, pág. 436. todas as classes da sociedade.” – Ellen MA, Estados Unidos.

VOCÊ PERGUNTA • Promove falsidades – Evangelis- de Pesquisas Ellen White no Brasil, re-
mo, págs. 266 e 267; O Lar Adventista, sume a posição de Ellen White quando
Teatro e págs. 401 e 402. diz: “É interessante notarmos que as
• Mistura do sagrado com o se- próprias citações de Ellen White que
encenações cular – Evangelismo, pág. 508. desaprovam o uso de exibições teatrais
• Forma imprópria de atrair pes- identificam também as características
Tenho um grupo teatral formado por pessoas soas – Conselhos aos Professores, Pais e negativas básicas que a levaram a se
adventistas e não-adventistas. A finalidade desse
grupo é arrecadar alimentos em cada apresenta-
Estudantes, pág. 492. opor a tais exibições. Dentre estas ca-
ção e doar para pessoas carentes. • Tempo gasto naquilo que não racterísticas destacamos as seguintes:
Há alguns dias, fui abordado pelos anciãos edifica – Conselhos aos Professores, (1) afastam de Deus; (2) levam a per-
da igreja. Eles me disseram que, segundo Ellen Pais e Estudantes, págs. 246 e 247. der de vista os interesses eternos; (3)
White, o teatro é condenado por Deus. O pro- • Atividades sem benefício ou alimentam o orgulho; (4) excitam a
blema está com o teatro ou com a maneira conteúdo – Fundamentos da Educação paixão; (5) glorificam o vício; (6) esti-
como as peças são realizadas?
Cristã, págs. 253 e 254. mulam o sensualismo e (7) depravam
• Desenvolve o gosto pelo teatro a imaginação. Disto inferimos que
Quando você lê as citações de Ellen – Review and Herald, 04/01/1881. dramatizações são aceitáveis, em con-
White sobre o assunto, fica claro que ela • É uma diversão – Fundamentos trapartida, quando: (1) aproximam de
é contra a ida ao teatro e à tentativa de da Educação Cristã, pág. 229. Deus; (2) chamam atenção para os in-
imitá-lo com exibições nas atividades Quando uma representação ou en- teresses eternos; (3) não alimentam o
da igreja. Por outro lado, ela aprova as cenação entra em choque com algum orgulho; (4) não excitam a paixão; (5)
encenações ou ilustrações bíblicas, usa- desses conselhos, está fora dos planos de desaprovam o vício; (6) não estimu-
das para facilitar a compreensão da Deus. Por isso, avalie bem as atividades lam o sensualismo; e (7) elevam a ima-
mensagem bíblica. A questão é como que você e seu grupo estão realizando. ginação. As dramatizações devem: (1)
conseguir identificar a diferença. Va- Se você fizer uma pesquisa bíbli- evitar o elemento jocoso e vulgar; (2)
mos analisar juntos o que ela escreve. ca, vai encontrar que Deus usou e en- evitar o uso de fantoches (animais e
Quando ela condena freqüentar sinou encenações para fortalecer Sua árvores que falam, etc.); (3) ser bíblica
teatro e sua imitação pela igreja, apre- mensagem. Desde os altares dos pa- e historicamente leais aos fatos, como
senta motivos muito claros para isso: triarcas até o tabernáculo de Moisés e estes realmente ocorreram; e, acima de
• Gastos desnecessários e extra- o templo de Jerusalém. Os serviços, tudo, (4) exaltar a Deus e Sua Palavra
vagância – Evangelismo, págs. 66 e ministrados pelos sacerdotes eram (e não os apresentadores da progra-
127; Obreiros Evangélicos, págs. 346, uma encenação e ilustração da salva- mação).” – Revista Adventista, setem-
355 e 356; Fundamentos da Educação ção através de Cristo. Ellen White des- bro de 1996, págs. 8 e 9.
Cristã, pág. 254. creve tudo isso como “o evangelho em Para saber administrar essa ques-
• Exibição e exaltação humana – figura” (Fundamentos da Educação tão, a palavra-chave é equilíbrio.
Evangelismo, págs. 136, 140, 207 e 396; Cristã, pág. 238).
P
Obreiros Evangélicos, pág. 346; Mensa- Ela apóia e valoriza o uso de to-
gens Escolhidas, vol. 2, pág. 24. das essas ilustrações e encenações bí- Escreva para:
• Atitudes que profanam a santi- blicas (batismo, santuário, etc.). O “Você Pergunta” Ed

dade da mensagem – Evangelismo, que ela desaprova é o uso do exibicio- Pastor Erton Köhler
págs. 137 e 138; Obreiros Evangélicos, nismo teatral, e não de qualquer tipo Caixa Postal 2600
C
pág.172; Testemunhos Para a Igreja, de encenação. 70279-970 – Brasília, DF
E-mail: erton@dsa.org.br
vol. 4, pág. 320. Alberto Timm, diretor do Centro
D

Revista Adventista, fevereiro 2004 19