Anda di halaman 1dari 1

TESTE PARA CONSTATAÇÃO DE DROGAS

DROGA TESTE PROCEDIMENTO RESULTADO


- Macroscópico. - Observar a folha com lupa ou a olho nu. - Presença de acúleos foliares (pequenos espinhos).

- Microscópico. - Observar ao microscópio no aumento 100x. - Presença de cristais com forma de dentes de víbora.

-Teste de Cor. - Extração por clorofórmio (CHCl3); - Cor vermelha: indica presença de THC.
Fast Blue (Na2SO4) + Hidróxido de Sódio (NaOH). Cor laranja: negativo para THC.
Maconha
- Extração com clorofórmio (CHCl3); - Formação de um anel azul, verde ou violeta na presença
Colocar Duquenóis (tem cheiro de baunilha); de THC. Logo, compatível com maconha.
Pingar algumas gotas de ácido clorídrico (HCl);

- Resquícios da - Pingar clorofórmio num swab; esfrega na droga; pinga - Coloração vermelha: indicativo de THC, compatível com
droga. o Fast Blue + NaOH. maconha.
- Macroscópico. - Sentir pelo tato o pó ou as pedras. - Pó branco e pegajoso.

- Microscópico. - Adicionar uma gota de ácido acético + ácido - Presença de cristais que parecem rosetas de espículas.
hexacloroplatínico.
- Observar ao microscópio no aumento 100x.
Cocaína
- Teste de cor.
- Teste de SCOT - Cocaína + Tiocianato de cobalto. - Cor azul: compatível para cocaína.
- Teste de SCOT - Cocaína + Tiocianato de cobalto + Clorofórmio.
Modificado

- Resquícios da - Pingar clorofórmio num swab; esfrega na droga; pinga - Cor azul: compatível para cocaína.
droga. o Tiocianato de Cobalto.
- Teste de Cor. - Fazer um risco com a pedra numa folha de papel branco. - Risco azul: compatível com cocaína.
Pingar Tiocianato de Cobalto.
Crack
Obs: na dúvida, adicionar também clorofórmio.
-Teste de Cor. - Colocar raspas do comprimido no sulco de uma lâmina de - Cor azul: compatível para ecstasy e anfetaminas em geral.
Teste SIMON. Porcelana (só se hover pelo menos três comprimidos.
- Adicionar o Simon 1, o 2 e o 3.
Ecstasy Obs: se não houver resultado, fazer os testes abaixo.
Anfetamina
Teste MECKE. Adicionar o Mecke em raspas do comprimido. - Cor azul a preto: compatível com ecstasy.

Teste MARQUIS. Adicionar o Marquis + H2SO4 em raspas do comprimido. - Cor verde a preto: compatível com ecstasy.
- Teste de Cor. - Cortar um pedacinho do selo (se houver pelo menos dois). - Cor lilás: compatível com LSD.
Introduzir o pedaço num Eppendorf.
Adicionar o reagente de Ehrlich.
LSD Obs: se não aparecer coloração, fazer o Teste SIMON, - Cor azul: compatível com anfetamina sintética.
pois pode ser anfetamina sintética.