Anda di halaman 1dari 114

Treinamento Placas Eletrônicas

Refrigeradores (COLD)
e Lavadoras (WET)

Engenharia de Serviços – DISC

2010 / 2011
OBJETIVO

 Introdução: “Quebrando mitos e paradigmas”;

 Conscientizar os técnicos sobre a importância de evitar


e controlar os fenômenos ESD no manuseio das placas
eletrônicas em campo;

 Multímetros;

 Placas eletrônicas: Linha COLD – Refrigeradores;

 Placas eletrônicas: Linha WET – Lavadoras;

 Conclusão.
2
INTRODUÇÃO

Evolução

Bimetálico

Timer

Placa
Termostato Eletrônica

3
INTRODUÇÃO

Placa Eletrônica: Conjunto de componentes eletrônicos


montados em uma placa de circuito impresso.

As placas vieram para melhorar e inovar o funcionamento


dos produtos Electrolux. Através delas conseguimos
diversas funções nas lavadoras e refrigeradores como:
tipos de lavagens, enxágüe econômico, “Drink Express”,
modo férias, etc.

Cada vez mais a eletrônica está presente nos produtos


Electrolux, por isso precisamos entender seu
funcionamento e os inúmeros benefícios / facilidades que
as placas eletrônicas proporcionam ao nosso dia a dia.
4
INTRODUÇÃO

Placa
eletrônica Placa
eletrônica

Vista explodida – Refrigerador DF49 Vista explodida - Lavadora LTE06

Observe, nas figuras acima, que a placa é apenas um dos


componentes que compõe o produto.
5
INTRODUÇÃO

As análises de falhas das placas


eletrônicas seguem os mesmos passos
das análise de outro componente
qualquer. A diferença é que ao invés de
um congelamento, ruído, etc. as placas
apresentam valores de tensão
(“voltagem”) e corrente (“amperagem”)
alterados. Sabendo trabalhar com as
placas eletrônicas conseguimos agilizar
o atendimento e consequentemente os
reparos nos produtos visando sempre a
satisfação do Consumidor.

6
INTRODUÇÃO

As placas nos auxiliam na detecção


de falhas através de monitoramentos
remotos, no nosso caso o famoso
MAT (monitor de auto teste).

Ao longo desse treinamento vocês


poderão observar as facilidades que a
eletrônica trouxe aos produtos
Electrolux, quebrando o mito de que
as placas prejudicam o funcionamento
dos produtos.

As placas eletrônicas vieram para


ficar e nos ajudar !!!

7
SIGLAS ESD - (Descarga Eletrostática)

ESD - Electrostatic Discharge -Descarga Eletrostática:


É uma súbita descarga elétrica entre dois corpos.

ESDS - Electrostatic Sensitive Devices – Componentes Sensíveis à


Eletrostática.

8
EXEMPLOS ESD - (Descarga Eletrostática)

 Os relâmpagos (raios) nos dias de chuva;

 Ao pentearmos os cabelos;

 Após tirarmos uma blusa de nylon;

 Quando caminhamos sobre um carpete e tocamos na


maçaneta metálica “tomamos choque”.

9
PERCEPÇÃO DA ESTÁTICA ESD - (Descarga Eletrostática)

Normalmente você não pode senti-la e nem vê-la, está


sempre ao seu redor.

Está presente em todos ambientes, como bancadas de


trabalho nos Serviços Autorizados, residência dos
Consumidores (cozinha, lavanderia, etc.), cadeiras,
pisos, roupas, embalagens, etc.

10
VALORES IMPORTANTES ESD - (Descarga Eletrostática)

Enquanto os componentes eletrônicos danificam com apenas


alguns volts:
Uma pessoa gera: Uma pessoa precisa:
Ao tirar uma blusa de lã 8.000 V De 3.000 Volts para sentir
Ao caminhar sobre o carpet 30.000 V De 5.000 Volts para ouvir
De 10.000 Volts para ver (faísca)

Tipo do
Sensibilidade a
Componente
ESD (Volts)
eletrônico
Processador 250 a 3000
Diodo 300 a 2500
Transistor 380 a 7000
Triac 250 a 3000

11
DANOS CAUSADOS NO CHIP ESD - (Descarga Eletrostática)

Devido a evolução da eletrônica, cada vez mais temos um maior poder de


processamento em componentes cada vez menores. Como conseqüência, os
componentes estão cada vez mais sensíveis a ESD.

Processador
Imagens de um processador danificado por descarga Eletrostática
(ESD) obtidas utilizando-se um microscópio de precisão. Temos uma
imagem ampliada 9.000 vezes e outra ampliada 27.000 vezes através
do microscópio. Observem que o dano causado ao componente é
enorme ocasionando a queima do mesmo.

Imagem
ampliada
9.000
vezes

Imagem ampliada 27.000 vezes

12
ACIDENTE CAUSADO POR ESD ESD - (Descarga Eletrostática)

13
TIPOS DE FALHA ESD - (Descarga Eletrostática)

 Catastrófica Direta: Quando ocorre, o produto


interrompe seu funcionamento.

 Catastrófica Oculta: Diminui a vida útil da Placa


Eletrônica.

 Passiva: Apresenta-se no produto como uma falha


intermitente ou o mau funcionamento do mesmo.
Essa falha só ocorre através do manuseio das
placas em campo, visto que o processo de
fabricação é totalmente protegido contra descargas
ESD.
14
EFEITOS NEGATIVOS ESD ESD - (Descarga Eletrostática)

 Consumidores insatisfeitos;
 Causam grandes prejuízos a Electrolux;
 Falhas intermitentes nos produtos provenientes de
manuseio incorreto das placas em campo;
 Aumento de falhas em campo (Serviço Autorizado);
 Dificuldade em solucionar os problemas ocasionados
por falhas intermitentes, por manuseio incorreto da
placa em campo;
 A O.S. não é solucionada na primeira visita ou não se
consegue diagnosticar corretamente a falha na primeira
visita.

15
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO ESD - (Descarga Eletrostática)

Existem diversos dispositivos para


proteção contra ESD (descarga
eletrostática) como jalecos, luvas,
botas, pulseiras, mantas, pisos.
Para os técnicos de campo o
dispositivo que deve ser
utilizado é a pulseira específica
para proteção contra ESD.
O técnico deve ter o mesmo
cuidado (utilização correta da
pulseira) no manuseio da placa
nova e da placa que será
substituída.
Nos serviços autorizados é
importante que o pessoal do
estoque e de “vendas no
balcão” tomem os mesmos
cuidados para proteção contra
ESD (utilização da pulseira
corretamente).
16
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO ESD - (Descarga Eletrostática)

PROCEDIMENTO PARA TESTE DA PULSEIRA ANTI-ESTÁTICA:


Com o multímetro na escala na escala de resistência ôhmica (Ohms) - conforme figura
MULTÍMETRO-ESCALAS - na escala de 2000kΩ, medir a resistência conforme fotos abaixo:
Valor correto: entre 940kΩ a 1.060kΩ. As pulseiras que apresentarem valores de resistência ôhmica
fora dessa faixa devem ser descartadas e não podem, em hipótese alguma, serem reparadas.

17
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO ESD - (Descarga Eletrostática)

PROCEDIMENTO PARA MANUSEIO DURANTE OS TESTES:


1º Coloque a pulseira anti-estática em um dos pulsos (qualquer
um deles).

18
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO ESD - (Descarga Eletrostática)

2º Com o produto desligado da tomada, conecte a garra jacaré


que está em uma das extremidades do fio da pulseira no
ponto de aterramento do produto.

Garra jacaré. Conecte a garra jacaré no ponto de aterramento.

Ponto de aterramento.

19
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO ESD - (Descarga Eletrostática)

3º Com a pulseira devidamente colocada no pulso e a garra


jacaré fixada ao terra do produto, então você poderá começar a
manusear a placa eletrônica.

20
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO ESD - (Descarga Eletrostática)

4º Ao manusear a placa eletrônica, você deverá tomar alguns


cuidados como mostram as fotos abaixo.

MANEIRA ERRADA FORMA CORRETA DE SEGURAR A PLACA,


DE EVITANDO O CONTATO COM OS
SEGURAR A PLACA COMPONENTES.

21
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO ESD - (Descarga Eletrostática)

5º Ao tirar o conector da rede elétrica, segurar a placa eletrônica


conforme é detalhado nas fotos 1 e 2.

MANEIRA ERRADA 1 2
DE
SEGURAR A PLACA

22
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO ESD - (Descarga Eletrostática)

PROCEDIMENTO PARA TROCA DA PLACA:


Ao trocar a placa eletrônica em campo, retira-la da embalagem
somente seguindo os procedimentos de manuseio da placa.

Importante: A placa trocada deverá receber os mesmos cuidados de manuseio e


utilizar a mesma embalagem da placa nova para ser embalada e retornada a
Electrolux. É muito importante a utilização da mesma embalagem devido a
23 proteção contra ESD.
IMPORTÂNCIA DA EMBALAGEM ESD - (Descarga Eletrostática)

A embalagem contra descarga eletrostática (ESD) é tão importante quanto o uso da


pulseira e manuseio das placas. Uma embalagem inadequada pode gerar a descarga
ESD queimando a placa. Como foi colocado no slide anterior é muito importante
colocar a placa trocada na mesma embalagem em que estava a placa nova.
A seguir veremos alguns slides mostrando todo o cuidado que a Electrolux tem na
fabricação dos produtos para evitar problemas com descarga eletrostática (ESD).

Embalagem correta para proteger as placas de


descargas eletrostáticas (ESD). Todas as placas da
Electrolux, seja de reposição ou produção, utilizam esse
tipo de embalagem. Alguns chamam de manta protetora
e outros de plástico bolha rosa.
Observem que a cor “rosa” é exatamente o que
diferencia esse plástico bolha específico dos plásticos
bolhas tradicionais (transparentes) . A diferença entre
ambos é bem simples: um protege contra ESD (o rosa) e
o outro não (o tradicional).
24
IMPORTÂNCIA DA EMBALAGEM ESD - (Descarga Eletrostática)

25
IMPORTÂNCIA DA EMBALAGEM ESD - (Descarga Eletrostática)

Proteções utilizadas na linha de produção da Electrolux

Conduteste Aterramento do Piso

26 Piso Dissipativo Interface


IMPORTÂNCIA DA EMBALAGEM ESD - (Descarga Eletrostática)

Proteções utilizadas na linha de produção da Electrolux


Os processos de produção e expedição da
Electrolux estão devidamente protegidos
Plástico Bolha contra ESD. Foram ministrados
treinamentos e diariamente o processo é
Estático verificado. Todo cuidado relacionado as
(cor de rosa) placas como manuseio e transporte, são
realizados em segurança total contra ESD.
Devido a esse severo controle, podemos
tranqüilamente afirmar que é extremamente
difícil uma placa sair de dentro da
Electrolux com problema de ESD. Em
resumo, os problemas de ESD ocorrem no
manuseio das placas em campo, por isso
Ionizador devemos tomar todos os cuidados
explanados nessa apresentação.

Manta Dissipativa
(bancadas)
27
VANTAGENS AO PROTEGER
CONTRA ESD ESD - (Descarga Eletrostática)

 Satisfação do Consumidor;
 Resolução da ordem de serviço já no
primeiro atendimento, ou pelo menos o
diagnóstico correto;
 Fidelidade a marca Electrolux;
 Produtos com maior qualidade;
 Maior confiabilidade nos produtos;
 Menor gasto no serviço de atendimento ao
Consumidor.
28
MULTÍMETRO - ESCALAS

Multímetro na escala de tensão / Multímetro na escala de resistência Multímetro na escala de tensão /


voltagem – VDC (ou DCV). O número ôhmica [Ω]. O número 200k indicado voltagem – VAC (ou ACV). O número
20 indicado na figura mostra que o na figura mostra que o valor máximo 750 indicado na figura mostra que o
valor máximo que essa escala suporta que essa escala suporta é 200.000 Ω valor máximo que essa escala suporta
é 20 VDC (tensão / voltagem (ohms). 200k = 200.000 é 750 VAC (tensão / voltagem
contínua). alternada).

OBS: Para medir valores de tensão / voltagem em VDC colocar sempre a


ponteira preta do multímetro no ponto GND / TERRA da placa eletrônica.
29
INTRODUÇÃO MULTÍMETRO DIGITAL

Multímetro Minipa ET-3200A

Principais características técnicas:


- Corrente AC  Faixas: 20A, 200A, 1000A
- Tensão DC  Faixas: 200mV, 20V, 200V, 1000V
- Tensão AC  Faixas: 200V, 750V
- Resistência  Faixas: 200, 2k, 20k, 200k, 2 MOhms
- Continuidade  Faixa: 200 Ohms
- Display: LCD 3 ½ Dígitos, leitura máxima de 1999.
- Indicação de Polaridade: Automática, negativa (-) indicada.
- Indicação de Bateria Fraca: BAT é indicado no display.

Um multímetro digital oferece a facilidade de mostrar diretamente em seu display o valor numérico da
grandeza medida. Um multímetro digital pode ser utilizado para diversos tipos de medidas, as mais comuns
são:
- tensão ou voltagem elétrica (medida em volts – [ V ]);
- corrente elétrica (medida em amperes – [ A ]);
- resistência elétrica (medida em Ohms – [ Ω ]).
A Electrolux recomenda o multímetro da Minipa ET-3200A (ou ET3200), pois esse equipamento possui todas
as características e funções necessárias para diagnosticar corretamente um produto. Qualquer outro modelo
de multímetro deve, obrigatoriamente, ter as mesmas características do modelo indicado acima,
30 principalmente na quantidade e valores de escalas.
INTRODUÇÃO MULTÍMETRO DIGITAL

O mais importante ao se usar um multímetro digital é saber selecionar a escala correta


para a medição a ser realizada. Sendo assim pode-se exemplificar algumas grandezas
com seus respectivos nomes nas escalas:

- Tensão ou voltagem contínua: VCC, DCV, VDC

- Tensão ou voltagem alternada: VCA, ACV, VAC

- Corrente alternada: ACA ou A.

- Resistência: Ohms, Ω

31
MEDIDAS DE TENSÃO OU VOLTAGEM MULTÍMETRO DIGITAL

Tensão ou voltagem contínua: DCV, VCC, VDC


Na medição de tensão continua (VDC, VCC ou DCV), a leitura no multímetro fornece uma medida da diferença
de potencial (tensão ou voltagem) entre as ponteiras vermelha (ponteira de polaridade positiva) com relação a
preta (comum ou ponteira de polaridade negativa). Por outro lado, se por um acaso invertermos as ponteiras
iremos ler um valor negativo.

Ponta de Ponta de
Multímetro na escala de tensão / voltagem – VDC prova prova
(ou DCV). O número 20 indicado na figura mostra PRETA VERMELHA
Terminal Terminal
que o valor máximo que essa escala suporta é 20
COM V Ω
VDC (tensão / voltagem contínua).

32
Nos produtos Electrolux a medição de tensão contínua é utilizada para verificar:

- Tensão de entrada nas placas de interface;


- Tensão nos sensores;
- Tensão de saída para as placas de interface nas placas de potência.
MEDIDAS DE TENSÃO OU VOLTAGEM MULTÍMETRO DIGITAL

Tensão ou voltagem alternada: VCA, ACV, VAC


Na medição de tensão alternada (VCA, VDC ou DCV) a polaridade ou cor das ponteiras não é importante. O
multímetro incorpora um retificador adequado para uso com correntes alternadas de freqüência tipicamente
entre 40 e 400 Hz. O valor lido no multímetro corresponde ao valor eficaz ou RMS da tensão alternada entre as
ponteiras.

Ponta de Ponta de
Multímetro na escala de tensão / voltagem – VAC prova
prova
(ou ACV). O número 750 indicado na figura mostra que PRETA VERMELHA
o valor máximo que essa escala suporta é 750 VAC Terminal Terminal
(tensão / voltagem alternada). COM V Ω

33
Nos produtos Electrolux a medição de tensão alternada é utilizada para verificar:

- Tensão de entrada do produto;


- Tensão nos componentes do produto.
MEDIDAS DE RESISTÊNCIA MULTÍMETRO DIGITAL

Resistência ôhmica: Ohms, Ω


No processo de medição da resistência ôhmica deve-se desligar todos os pontos da peça a ser medida
(produto sempre desenergizado e conector a ser medido desconectado, ou seja, fora do circuito elétrico) e
encostar uma ponta de prova em cada lado do terminal do componente. As cores das pontas de prova não
influenciam na medição.

Ponta de Ponta de
Multímetro na escala de resistência prova prova
ôhmica [Ω]. O número 200k indicado PRETA VERMELHA
na figura mostra que o valor máximo Terminal Terminal
COM V Ω
que essa escala suporta é 200.000 Ω
(ohms). 200k = 200.000

Nos produtos Electrolux a medição de resistência ôhmica é utilizada para verificar:


- Resistência ôhmica dos sensores e comparar com a tabela respectiva;
34 - Resistência ôhmica dos componentes que possuem bobina (bombas, relés, resistências).
MEDIDAS MULTÍMETRO DIGITAL

Cuidados no Manuseio de um Multímetro


 Todas estas medidas devem ser feitas com bastante critério e nunca deve-se encostar as mãos em
nenhuma ponta de prova (parte metálica) durante uma medida, caso isto aconteça corre-se o risco de
levar um choque elétrico e/ou ocorrer uma leitura errada.

 Atenção: A grande maioria dos multímetros digitais tem 3 ou 4 bornes para a ligação das pontas de
prova. Normalmente um deles é comum (COM) e os outros servem para medição de tensão,
resistência e corrente. A indicação dos bornes sempre mostra para quais escalas eles podem ser
usados. Preste atenção.

 No modelo indicado pela Electrolux, o Minipa ET-3200A tem-se 3 bornes, onde utilizaremos sempre
os dois: “ V Ω – Ponta Vermelha ” e “ COM – Ponta Preta ” de acordo com a figura apresentada nos
slides anteriores.

 Multímetros digitais normalmente mostram uma indicação que a bateria está se esgotando, isto
normalmente é feito, através de um símbolo de bateria que aparece continuamente ou que fica
piscando no display. Quando isto ocorrer troque a bateria, pois multímetros digitais com bateria
“fraca” costumam apresentar um grande erro em suas leituras. Caso a leitura precise ser monitorada
durante um longo tempo este problema poderá fazer com que se acredite que uma tensão, ou
corrente, está variando, quando ela está fixa e é a bateria do multímetro que está fraca.

35
PARTES DE UM MULTÍMETRO MULTÍMETRO DIGITAL

Exemplo Minipa ET3200A

ALICATE
AMPERÍMETRO
PARA MEDIÇÃO
DE CORRENTE

ESCALA PARA
MEDIÇÃO DE
CORRENTE
ELÉTRICA – [ ACA ] SELETOR DE
FUNÇÃO

ESCALA PARA
MEDIÇÃO DE
TENSÃO / VOLTAGEM ESCALA PARA
ALTERNADA – [ ACV ] MEDIÇÃO DE
RESISTÊNCIA
ESCALA PARA ÔHMICA – [ Ω ]
MEDIÇÃO DE
TENSÃO / VOLTAGEM
CONTÍNUA – [ DCV ]
DISPLAY LCD
PONTAS DE
PROVA
BORNES / CONECTORES
DAS PONTAS DE PROVA

36
COMPARATIVO ENTRE MULTÍMETROS MULTÍMETRO DIGITAL

Minipa ET3200A DT266

As escalas desse modelo


de multímetro não
servem para medição dos
valores de tensão e
resistência nos produtos
Electrolux.

30
REFRIGERADORES
(Linha COLD)
MODELO x CODIGO COMERCIAL Refrigeradores - (Linha Cold)

REFRIGERADORES
Modelo Cód. Comercial
DF46 02462FBA
DF47 02574FBA
DF49 02492FBA
DF50 02584FBA
DF50X 02554FBA
DFW50 02594FBA
DW50X 02564FBA
DF80 02612FBA
DF80X 02632FBA
DFI80 02642FBA
DI80X 02652FBA
39
VERIFICAÇÃO INICIAL Refrigeradores - (Linha Cold)

Antes de iniciar as medições nas placas, realize o procedimento abaixo:


1º Verifique a tensão/voltagem da rede elétrica medindo com o multímetro
(na escala de volts VAC) a tomada onde o produto está ligado. O valor
encontrado deverá ser de 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V).
Qualquer valor encontrado acima ou abaixo desses limites, o problema está
na rede elétrica da residência do consumidor e não no produto.
2º Observe se a tensão/voltagem da rede elétrica é a mesma indicada na
etiqueta do produto (127V ou 220V).
3º Verifique todas as conexões elétricas do produto, ou seja, se todos
conectores estão bem encaixados.
4º Verifique nas conexões e nos contatos elétricos se existe a presença de
“zinabre”. O “zinabre” isola a conexão do contato, ou seja, é como se o
conector estivesse desligado. Nesse caso, proceder com a troca do
componente que estiver com “zinabre”.
5º Após essas verificações iniciais, partir para as análises de acordo com
os próximos slides.
40
PLACA POTÊNCIA
DC49X Refrigeradores - (Linha Cold)

SENSOR TEMPERATURA
GND / TERRA

Conector
CN1

5VDC PL. INTERFACE Conector


CN2

Conector R-LAMP F-LAMP N COMP. FAN L N L


CN3

PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA

 Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a
tensão alternada (VAC) no Conector CN2 entre Pino 1 (L) - Fio marrom e Pino 3 (N) - Fio azul. Valor correto:
127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto. Caso não encontre
os valores corretos, verificar o cabo de alimentação do produto.

41
PLACA POTÊNCIA
DC49X Refrigeradores - (Linha Cold)

SENSOR TEMPERATURA
GND / TERRA

Conector
CN1

5VDC PL. INTERFACE Conector


CN2

Conector R-LAMP F-LAMP N COMP. FAN L N L


CN3

PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: TENSÃO / VOLTAGEM PARA O COMPRESSOR E MOTOVENTILADOR

 PRODUTO LIGADO: Verifique se existe tensão (voltagem) sendo enviada ao compressor utilizando o
multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a
tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino 11 (L) - Fio Preto e Pino 7 (COMP) - Fio azul-escuro.
Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
 PRODUTO LIGADO: Verifique se existe tensão (voltagem) sendo enviada ao motoventilador utilizando o
multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a
tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino 11 (L) - Fio Preto e Pino 9 (FAN) - Fio vermelho. Valor
correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
42
PLACA POTÊNCIA
DC49X Refrigeradores - (Linha Cold)

SENSOR TEMPERATURA
GND / TERRA

Conector
CN1

5VDC PL. INTERFACE Conector


CN2

Conector R-LAMP F-LAMP N COMP. FAN L N L


CN3

PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: SENSOR DE TEMPERATURA


 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a
tensão contínua (VDC) no Conector CN3 entre Pino 1 (-5V) - Fio azul-escuro e Pino 9 (Sensor de
temperatura) - Fio azul-claro. Valor correto: De acordo com a tabela de sensores. Caso o valor correto não seja
encontrado verificar as conexões e o sensor.

Procedimento para verificar: TENSÃO (VOLTAGEM) PARA PLACA DE INTERFACE


 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a
tensão contínua (VDC) no Conector CN3 entre Pino 1 (-5V) - Fio azul-escuro e Pino 8 (GND / TERRA da
placa eletrônica) - Fio rosa. Valor correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V). Caso o valor correto não seja encontrado
verificar as conexões e o sensor. Caso o valor correto não seja encontrado verificar conector localizado na
43 dobradiça da porta do freezer.
PLACA INTERFACE
DC49X Refrigeradores - (Linha Cold)

5VDC PL. INTERFACE

GND / TERRA

PLACA DE INTERFACE

Procedimento para verificar: TENSÃO/VOLTAGEM NA PLACA DE INTERFACE

 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a
tensão contínua (VDC) no Conector CN1 entre Pino (5V) - Fio marrom e Pino (GND / TERRA da placa
eletrônica) - Fio preto. Valor correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V). Caso o valor correto não seja encontrado verificar
conector localizado na dobradiça da porta do freezer.

44
PLACA POTÊNCIA
AUTO TESTE DA PLACA ELETRÔNICA DF34A Refrigeradores - (Linha Cold)

GIGA PARA
TESTE DA
PLACA
ELETRÔNICA

O LED da Giga de testes serve apenas


para indicar se a mesma foi conectada
na posição correta ou não:
LED aceso – Giga na posição correta.
LED apagado – Giga na posição
errada. Inverter a posição de encaixe
da Giga.

45 TECLA SW1 PARA


FORÇAR DEGELO
PLACA POTÊNCIA
AUTO TESTE DA PLACA ELETRÔNICA DF34A Refrigeradores - (Linha Cold)

O LED que deve ser observado durante os testes a


seguir é aquele que está localizado na parte inferior
da placa eletrônica, de acordo com a foto ao lado.

É esse o LED que vai permanecer aceso durante o


teste caso a placa esteja conforme, ou que vai
piscar caso esteja não conforme de acordo com os
passos a seguir:

1º Com o produto desligado da tomada, insira o padrão de teste no conector de sinal da placa eletrônica.
2º Mantenha a tecla SW1 pressionada durante a energização do produto para iniciar o auto teste. O LED
vermelho acende junto com o auto teste.
3º Durante 3 segundos: o compressor e o motoventilador ligam e se houver falha no sensor de temperatura
do refrigerador o LED vermelho começa a piscar lentamente.
4º Durante 3 segundos: o compressor e o motoventilador desligam e a resistência liga. Se houver falha no
sensor de degelo o LED vermelho começa a piscar rápido.

46
PLACA POTÊNCIA
AUTO TESTE DA PLACA ELETRÔNICA DF34A Refrigeradores - (Linha Cold)

5º Durante 3 segundos: a resistência desliga e se houver falha no potenciômetro o LED vermelho começa
a piscar muito rápido.

Após os três testes (9 segundos) o LED vai apagar.

6º Se a porta é aberta o LED vermelho acende; se a porta é fechada o LED vermelho apaga.
7º Se o LED permanecer aceso (sem piscar) indica que o componente testado está aprovado.
8º Pressione a tecla SW1 para reiniciar o auto teste.
9º Para finalizar o auto teste, retire o plug do cabo elétrico da tomada.

GRÁFICO DE OPERAÇÃO AUTO TESTE NA PLACA ELETRÔNICA DF34A


TEMPO 3 segundos 3 segundos 3 segundos
LED SAÍDA

COMPRESSOR

MOTO-VENTILADOR

RESISTÊNCIA
ALARME

OK

FALHA

ENTRADA SENSOR TEMP. REFRIGERADOR SENSOR DEGELO POTENCIÔMETRO

47
PLACA POTÊNCIA
DF34A Refrigeradores - (Linha Cold)

GND / TERRA CONECTOR


SENSOR TEMPERATURA CN4
SENSOR DEGELO
POTENCIOMETRO
5VDC
CONECTOR
CN5

FAN DOOR L COMP HEATER N N L


(RESIST.)

PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA


 Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a
tensão alternada (VAC) entre o Conector CN4 - Pino N - Fio azul e conector CN5 - Pino L - Fio marrom.
Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto. Caso
não encontre os valores corretos, verificar o cabo de alimentação do produto.

48
PLACA POTÊNCIA
DF34A Refrigeradores - (Linha Cold)

GND / TERRA
SENSOR TEMPERATURA
SENSOR DEGELO
POTENCIOMETRO
5VDC

CONECTOR
CN2
FAN DOOR L COMP HEATER N N L
PLACA DE POTÊNCIA (RESIST.)

Procedimento para verificar: TENSÃO / VOLTAGEM PARA O COMPRESSOR E MOTOVENTILADOR


 Devido a placa eletrônica ser responsável por ligar o compressor e o motoventilador 5 segundos após o
produto ser ligado na tomada, deve-se desliga-lo da tomada e posicionar as ponteiras do multímetro conforme
descrição a seguir e religar o produto na tomada. Durante os segundos iniciais, verifique se existe tensão
(voltagem) para o compressor, utilizando um multímetro na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura
MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN2 entre Pino 1 (N) – Fio azul
claro e Pino 5 (COMP) – Fio preto. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a
tensão (voltagem) do produto.
 Para verificar se o motoventidalor está funcionando corretamente repetir o procedimento do compressor,
porém colocando as ponteiras do multímetro no Conector CN2 entre Pino 1 (N) – Fio azul claro e Pino 11
(FAN) – Fio amarelo. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão
49 (voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
DF34A Refrigeradores - (Linha Cold)
PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: SENSOR DEGELO


 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme
figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua (VDC) no
Conector CN1 entre Pino 5 (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio
preto e Pino 3 (SENSOR DEGELO / DEFROST) - Fio amarelo. Valor
correto: Conforme tabela dos sensores.
 Para medir resistência ôhmica deve-se desligar o produto da tomada,
colocar o multímetro na escala de resistência OHMS [Ω] – conforme GND/TERRA
figura MULTÍMETRO-ESCALAS, desconectar o conector CN1 da placa e SENSOR TEMPERATURA
medir a resistência entre Pino 1 (5VDC) – Fio vermelho e Pino 3 SENSOR DEGELO
(SENSOR DEGELO / DEFROST) – Fio amarelo. Valor correto: POTENCIOMETRO
5VDC
Conforme tabela dos sensores.
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar: SENSOR DE TEMPERATURA Visão ampliada
do conector
 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme CN1 da placa
figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua (VDC) no de potência
Conector CN1 entre Pino 5 (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio
preto e Pino 4 (SENSOR DE TEMPERATURA) - Fio laranja. Valor
correto: Conforme tabela de sensores.
 Para medir resistência ôhmica deve-se desligar o produto da tomada,
colocar o multímetro na escala de resistência OHMS [Ω] – conforme
figura MULTÍMETRO-ESCALAS, desconectar o conector CN1 da placa e
medir a resistência entre Pino 1 (5VDC) – Fio vermelho e Pino 4
(SENSOR DE TEMPERATURA) – Fio laranja. Valor correto: Conforme
50
tabela dos sensores.
PLACA POTÊNCIA
DF34A Refrigeradores - (Linha Cold)

PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: RESISTÊNCIA DO EVAPORADOR


 PRODUTO LIGADO: Quando o produto estiver na função
DEGELO ou DEGELO FORÇADO, com o multímetro, na escala de
tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-
ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN2
entre Pino 1 (N) – Fio azul claro e Pino 3 (HEATHER) – Fio
vermelho. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a
242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto. Lembrar que
o produto só inicia o Degelo quando a temperatura está abaixo de
-5ºC.
 PRODUTO DESLIGADO: Desconectar o produto da tomada e
desconectar o conector CN2 da placa, medir a resistência ôhmica
no conector CN2, colocar o multímetro na escala de resistência FAN DOOR L COMP HEATER N N L
OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, entre Pino (RESIST.)

1 (N) – Fio azul-claro e Pino 3 (HEATER) – Fio vermelho. Valor


correto: Conforme tabela abaixo. Caso o valor correto não seja
CONECTOR
encontrado verificar as conexões elétricas e medir a resistência. CN2

RESISTÊNCIA DO EVAPORADOR
RESISTÊNCIA PARA 127V PARA 220V
Resistência do Evaporador 65 Ω a 76 Ω 214 Ω a 248,5 Ω

51
AUTO TESTE
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)
DISPLAY – DF 46 / 49

Com o produto ligado na tomada:


1º Apertar simultaneamente as teclas “TURBO CONG.” e “TEMP.FREEZER” até aparecer no display as letras
“Fo” – o compressor é ligado;
2º Apertar novamente as teclas “TURBO CONG.” e “TEMP.FREEZER” para entrar na função Degelo Forçado (vai
aparecer “Fd” no display) – liga as resistências. Lembrando que o produto deverá estar com a temperatura
inferior a -5ºC para iniciar o processo de Degelo forçado.
3º Para sair do auto teste é necessário desligar e ligar o produto da tomada.

DISPLAY – DF 47 / 50

Com o produto ligado na tomada:


1º Apertar o “AUTO CONTROL” deixando na “FUNÇÃO FÉRIAS”;
2º Apertar 20 vezes a tecla “TURBO CONG.” para entrar em Auto Teste (vai aparecer “Fo” no display) – liga o
compressor;
3º Apertar novamente a tecla “TURBO CONG.” para entrar na função Degelo Forçado (vai aparecer “Fd” no
display) – liga as resistências; Lembrando que o produto deverá estar com a temperatura inferior a -5ºC para
iniciar o processo de Degelo forçado.
52 4º Para sair do auto teste é necessário desligar e ligar o produto da tomada.
PLACA POTÊNCIA
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)

CONECTOR CONECTOR
CN1 CN4
R-LAMP F-LAMP L COMP. HEATER N N L
(RESIST.)
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar: TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA e COMPRESSOR
 Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada
(VAC) no Conector CN4 entre Pino 1 (L) - Fio marrom e Pino 3 (N) - Fio azul. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V
a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto. Caso não encontre os valores corretos, verificar o cabo de alimentação do
produto.
 Devido a placa eletrônica ser responsável por ligar o compressor e o motoventilador 5 segundos após o produto ser ligado na
tomada, deve-se desliga-lo da tomada e posicionar as ponteiras do multímetro conforme descrição a seguir e religar o produto na
tomada. Durante os segundos iniciais, verifique se existe tensão (voltagem) para o compressor, utilizando um multímetro na escala
de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1
entre o Pino 1 (N) – Fio azul claro e Pino 5 (COMP) – Fio preto. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de
53 acordo com a tensão (voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)

SENSOR TEMPERATURA

TENSÃO/VOLTAGEM P/MEDIÇÃO DOS SENSORES

GND / TERRA

Conector
CN2

R-LAMP F-LAMP L COMP. HEATER N N L


PLACA DE POTÊNCIA (RESIST.)

Procedimento para verificar: SENSOR DE TEMPERATURA

 Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua
(VDC) no Conector CN2 entre Pino 1 (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio preto e Pino 10 (SENSOR DE TEMPERATURA)
- Fio azul claro. Valor correto: Conforme tabela de sensores da linha DF46/47/49/50. O conector deve estar ligado na placa. Caso o
valor correto não seja encontrado verificar as conexões e o sensor.

 (Produto desligado) Para medir resistência ôhmica, colocar o multímetro na escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura
MULTÍMETRO-ESCALAS, desconectar o conector CN2 da placa e medir (na parte traseira do conector) a resistência entre Pino 8
(5VDC) – Fio branco e Pino 10 (SENSOR DE TEMPERATURA) – Fio azul claro. Valor correto: Conforme tabela de sensores da
linha DF46/47/49/50. Caso o valor correto não seja encontrado verificar as conexões e o sensor.
54
PLACA POTÊNCIA
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)

SENSOR DEGELO
TENSÃO/VOLTAGEM P/MEDIÇÃO DOS SENSORES

GND / TERRA

Conector
CN2

R-LAMP F-LAMP L COMP. HEATER N N L


PLACA DE POTÊNCIA (RESIST.)

Procedimento para verificar: SENSOR DEGELO

 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua
(VDC) no Conector CN2 entre Pino 1 (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio preto e Pino 9 (SENSOR DEGELO / DEFROST)
- Fio cinza. Valor correto: Conforme tabela de sensores da linha DF46/47/49/50. O conector deve estar ligado na placa. Caso o
valor correto não seja encontrado verificar as conexões e o sensor.

 Para medir resistência ôhmica, colocar o multímetro na escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-
ESCALAS, desconectar o conector CN2 da placa e medir (na parte traseira do conector) a resistência entre Pino 8 (5VDC) – Fio
branco e Pino 9 (SENSOR DEGELO / DEFROST) – Fio cinza. Valor correto: Conforme tabela de sensores da linha
55 DF46/47/49/50. Caso o valor correto não seja encontrado verificar as conexões e o sensor.
PLACA POTÊNCIA
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)

Obs: Resistência em curto = 0 Ω ou


com continuidade;
e Resistência Infinito = aberto ou
sem continuidade.

R-LAMP F-LAMP L COMP. HEATER N N L CONECTOR


(RESIST.)
CN4
CONECTOR
CN1
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar: RESISTÊNCIA DO EVAPORADOR E CALHA
Obs: O refrigerador só entra no regime de DEGELO FORÇADO quando a temperatura do freezer é inferior a -5°C.

 PRODUTO LIGADO: Quando o produto estiver na função DEGELO ou DEGELO FORÇADO, com o multímetro (na escala de tensão/
voltagem – VAC – conforme figura MULTÍMETRO – ESCALAS) medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino 1 (N) -
Fio azul-claro e Pino 3 (HEATHER) - Fio vermelho. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a
tensão (voltagem) do produto. Caso o valor correto não seja encontrado verificar as conexões elétricas e as resistências.

 PRODUTO DESLIGADO: Desconectar o produto da tomada e desconectar o conector CN1 da placa, medir a resistência ôhmica no
conector CN1, colocar o multímetro na escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, entre Pino 1 (N)
– Fio azul-claro e Pino 3 (HEATER) – Fio vermelho. Valor correto: Conforme desenhos / tabelas a seguir. Caso o valor correto não
56
seja encontrado verificar as conexões elétricas e as resistências.
PLACA POTÊNCIA
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)
Procedimento para verificar: RESISTÊNCIA DO EVAPORADOR E CALHA (continuação)

Situação 1: As duas resistências


funcionando corretamente. Nesse
caso mediremos no conector CN1 (de
acordo com slide anterior) o valor das
duas resistências em paralelo. O
desenho ao lado ilustra essa situação.
Valor das resistências em
paralelo
127 V 45 a 54 Ω
220 V 149 a 173 Ω

Situação 2: Resistência de Degelo


rompida e resistência da calha
funcionando corretamente. Nesse
caso mediremos no conector CN1 (de
acordo com slide anterior) apenas o
valor da resistência da calha. O
desenho ao lado ilustra essa situação.

Valor da resistência da calha

127 V 500 a 575 Ω


220 V 1500 a 1726 Ω
57
PLACA POTÊNCIA
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)
Procedimento para verificar: RESISTÊNCIA DO EVAPORADOR E CALHA (continuação)

Situação 3: Resistência da Calha


rompida e resistência de Degelo
funcionando corretamente. Nesse
caso mediremos no conector CN1 (de
acordo com slide anterior) apenas o
valor da resistência de Degelo. O
desenho ao lado ilustra essa situação

Valor da resistência de Degelo

127 V 50 a 60 Ω
220 V 166 a 192 Ω

Observações importantes:
• O valor do paralelo das duas resistências é bem próximo do valor da resistência de degelo, logo, isso
pode confundir os técnicos quando a resistência de calha estiver rompida. Nesse caso, o técnico deve
medir as resistências diretamente desmontando o compartimento do freezer, desconectando-a e
verificando seus valores de resistência ôhmica.
• Para verificar o fusível térmico, basta medir a continuidade dele: “com continuidade” o fusível está
conforme e “sem continuidade” o fusível está não conforme e deve ser trocado.
• Se o valor medido na placa (conector CN1) for infinito (aberto / sem continuidade), deve-se primeiro
verificar o fusível e então medir as resistências. Os procedimentos para verificação das resistências estão
descritos nos três slides anteriores.
• Se o valor medido na placa (conector CN1) for Zero (em curto / com continuidade) uma ou as duas
resistências estão em curto. Nesse caso deve-se proceder com os testes da resistência de acordo com o
58
que está explicado nos slides anteriores.
PLACA POTÊNCIA
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)

12 / 5VDC PL. INTERFACE


GND / TERRA

Conector
CN2

R-LAMP F-LAMP L COMP. HEATER N N L


(RESIST.)

PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: TENSÃO (VOLTAGEM) PARA PLACA DE INTERFACE

 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir
a tensão contínua (VDC) no Conector CN2 entre Pino 1 (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio preto e
Pino 2 (DC – 12 ou 5 VDC (4,5 a 5,5 V) – PL. INTERFACE) - Fio marrom. Valor correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V)
para os modelos DF46/49 e 12 VDC (11,5 a 12,5 V) para os modelos DF47/50.

59
PLACA INTERFACE
DF46/DF49/DF47/DF50 Refrigeradores - (Linha Cold)

Procedimento para verificar: TENSÃO (VOLTAGEM) NA PLACA DE INTERFACE – MODELOS DF46/49


 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a
tensão contínua (VDC) no Conector CN1 entre Pino (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio preto e Pino (5
VDC) - Fio marrom. Valor correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V). Caso o valor correto não seja encontrado verificar
conector localizado na dobradiça da porta do freezer.

GND / TERRA
5VDC PL. INTERFACE

Procedimento para verificar: TENSÃO (VOLTAGEM) NA PLACA DE INTERFACE – MODELOS DF47/50


 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS,
medir a tensão contínua (VDC) no Conector CN1 entre Pino (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio
preto e Pino (12 VDC ) - Fio marrom. Valor correto: 12 VDC (11,5 a 12,5 V).
Caso o valor correto não seja encontrado verificar conector localizado na
dobradiça da porta do freezer.
GND / TERRA
12VDC PL. INTERFACE

60
ROTINA DE AUTO TESTE
DF80/DF80X Refrigeradores - (Linha Cold)

Para entrar na rotina de auto-teste, pressione uma vez a tecla “AUTO CONTROL”,
selecionando a função “FÉRIAS” e, em seguida, pressione 20 vezes a tecla “TURBO
CONGELAMENTO”.
Obs.: A cada toque um bip será emitido.
Neste momento o compressor e o motoventilador entram em funcionamento forçado indicando a sigla “Fo” no
display.
Pressionando a tecla “TURBO CONGELAMENTO” aparece no display a sigla “Fd” (degelo forçado). Neste
momento a resistência entra em funcionamento forçado. Lembrando que o produto deverá estar com a
temperatura inferior a -5ºC para iniciar o processo de Degelo forçado.
Durante toda esta rotina o produto emite um sinal sonoro.
Ao finalizar o auto-teste, o produto deve ser desligado da tomada.
Obs.: O produto não permite realizar 2 auto-testes seguidos sem que o mesmo tenha sido desligado da
tomada.

61
PLACA POTÊNCIA
DF80/DF80X Refrigeradores - (Linha Cold)

CONECTOR
CN5

CONECTOR
CN1

CONECTOR
CN4

R-LAMP F-LAMP LINE COMP. HEATER NEUTRAL N L

PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar: TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA
 Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão
alternada (VAC) no Conector CN4 entre Pino 1 (L) - Fio marrom e Pino 3 (N) - Fio azul. Valor correto: 127V (105V a
140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto. Caso não encontre os valores corretos,
verificar o cabo de alimentação do produto.
 Devido a placa eletrônica ser responsável por ligar o compressor e o motoventilador 5 segundos após o produto ser
ligado na tomada, deve-se desliga-lo da tomada e posicionar as ponteiras do multímetro conforme descrição a seguir e
religar o produto na tomada. Durante os segundos iniciais, verifique se existe tensão (voltagem) para o compressor,
utilizando um multímetro na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a
tensão alternada (VAC) no Conector CN1 Pino 1 (N) – Fio azul claro e Pino 5 (COMP) – Fio preto..Valor correto: 127V
(105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
 Para verificar se o motoventidalor está funcionando corretamente repetir o procedimento do compressor, porém
colocando as ponteiras do multímetro entre Conector CN1 Pino 1 (N) – Fio azul claro e Conector CN5 Pino 1(FAN) –
62 Fio branco. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
DF80/DF80X Refrigeradores - (Linha Cold)

GND / TERRA
12VDC

5VDC
DEFR.
SEN

CONECTOR
CN2

PLACA DE POTÊNCIA R-LAMP F-LAMP LINE COMP. HEATER NEUTRAL FAN N L

Procedimento para verificar: SENSOR DE TEMPERATURA


 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua
(VDC) no Conector CN2 entre Pino 1 (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio preto e Pino 7 (SENSOR DE TEMPERATURA) -
Fio violeta. Valor correto: Conforme tabela dos sensores. Conforme tabela dos sensores. Caso o valor correto não seja encontrado
verificar as conexões e o sensor.
 Para medir resistência ôhmica, colocar o multímetro na escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-
ESCALAS, desconectar o conector CN2 da placa e medir a resistência entre Pino 5 (5VDC) – Fio laranja e Pino 7 (SENSOR DE
TEMPERATURA) – Fio violeta. Valor correto: Conforme tabela dos sensores. Caso o valor correto não seja encontrado verificar as
conexões e o sensor.
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar: SENSOR DEGELO
 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua
(VDC) no Conector CN2 entre Pino 1 (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio preto e Pino 6 (SENSOR DEGELO / DEFROST)
- Fio branco. Valor correto: Conforme tabela dos sensores. Conforme tabela dos sensores. Caso o valor correto não seja
encontrado verificar as conexões e o sensor.
 Para medir resistência ôhmica, colocar o multímetro na escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-
ESCALAS, desconectar o conector CN2 da placa e medir a resistência entre Pino 5 (5VDC) – Fio laranja e Pino 6 (SENSOR
63 DEGELO / DEFROST) – Fio branco. Valor correto: Conforme tabela dos sensores. Conforme tabela dos sensores. Caso o valor
correto não seja encontrado verificar as conexões e o sensor.
PLACA POTÊNCIA (COLD)
REFRIGERADORES
PLACA POTÊNCIA – DF80 / 80X
DF80/DF80X Refrigeradores - (Linha Cold)

Obs: Resistência em curto = 0 Ω ou


com continuidade;
e Resistência Infinito = aberto ou
sem continuidade.

R-LAMP F-LAMP LINE COMP. HEATER NEUTRAL FAN N L

PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar: RESISTÊNCIA DO EVAPORADOR E CALHA
Obs: O refrigerador só entra no regime de DEGELO FORÇADO quando a temperatura do freezer é inferior a -5°C.

 PRODUTO LIGADO: Quando o produto estiver na função DEGELO ou DEGELO FORÇADO, com o multímetro (na escala de tensão/
voltagem – VAC – conforme figura MULTÍMETRO – ESCALAS) medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino 1 (N) -
Fio azul-claro e Pino 3 (HEATHER) - Fio vermelho. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a
tensão (voltagem) do produto. Caso o valor correto não seja encontrado verificar as conexões elétricas e as resistências.

 PRODUTO DESLIGADO: Desconectar o produto da tomada e desconectar o conector CN1 da placa, medir a resistência ôhmica no
conector CN1, colocar o multímetro na escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, entre Pino 1 (N)
– Fio azul-claro e Pino 3 (HEATER) – Fio vermelho. Valor correto: Conforme desenhos / tabelas a seguir. Caso o valor correto não
64 seja encontrado verificar as conexões elétricas e as resistências.
PLACA POTÊNCIA
DF80/DF80X Refrigeradores - (Linha Cold)
Procedimento para verificar: RESISTÊNCIA DO EVAPORADOR E CALHA (continuação)

Situação 1: As duas resistências


funcionando corretamente. Nesse
caso mediremos no conector CN1 (de
acordo com slide anterior) o valor das
duas resistências em paralelo. O
desenho ao lado ilustra essa situação.
Valor das resistências em
paralelo
127 V 47 a 54 Ω
220 V 120 a 135 Ω

Situação 2: Resistência de Degelo


rompida e resistência da calha
funcionando corretamente. Nesse
caso mediremos no conector CN1 (de
acordo com slide anterior) apenas o
valor da resistência da calha. O
desenho ao lado ilustra essa situação.

Valor da resistência da calha

127 V 530 a 543 Ω


220 V 1606 a 1620 Ω
65
PLACA POTÊNCIA
DF80/DF80X Refrigeradores - (Linha Cold)
Procedimento para verificar: RESISTÊNCIA DO EVAPORADOR E CALHA (continuação)

Situação 3: Resistência da Calha


rompida e resistência de Degelo
funcionando corretamente. Nesse
caso mediremos no conector CN1 (de
acordo com slide anterior) apenas o
valor da resistência de Degelo. O
desenho ao lado ilustra essa situação

Valor da resistência de Degelo

127 V 49 a 56 Ω
220 V 156 a 180 Ω

Observações importantes:
• O valor do paralelo das duas resistências é bem próximo do valor da resistência de degelo, logo, isso
pode confundir os técnicos quando a resistência de calha estiver rompida. Nesse caso, o técnico deve
medir as resistências diretamente desmontando o compartimento do freezer, desconectando-a e
verificando seus valores de resistência ôhmica.
• Para verificar o fusível térmico, basta medir a continuidade dele: “com continuidade” o fusível está
conforme e “sem continuidade” o fusível está não conforme e deve ser trocado.
• Se o valor medido na placa (conector CN1) for infinito (aberto / sem continuidade), deve-se primeiro
verificar o fusível e então medir as resistências. Os procedimentos para verificação das resistências estão
descritos nos três slides anteriores.
• Se o valor medido na placa (conector CN1) for Zero (em curto / com continuidade) uma ou as duas
resistências estão em curto. Nesse caso deve-se proceder com os testes da resistência de acordo com o
66
que está explicado nos slides anteriores.
PLACA POTÊNCIA (COLD)
REFRIGERADORES
PLACA POTÊNCIA – DF80 / 80X
DF80/DF80X Refrigeradores - (Linha Cold)

GND / TERRA
12VDC
RX
TX
5VDC
DEFR.
SEN

R-LAMP F-LAMP LINE COMP. HEATER NEUTRAL FAN N L

CONECTOR
CN2

PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: TENSÃO (VOLTAGEM) PARA PLACA DE INTERFACE


 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir
a tensão contínua (VDC) no Conector CN2 entre Pino 1 (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio preto e
Pino 2 (DC) - Fio vermelho. Valor correto: 12 VDC (11,5 a 12,5 V)

67
PLACA INTERFACE
DF80/DF80X Refrigeradores - (Linha Cold)

GND / TERRA

12 VDC

PLACA DE INTERFACE

Procedimento para verificar: TENSÃO/VOLTAGEM NA PLACA DE INTERFACE

 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a
tensão contínua (VDC) no Conector CN2 entre Pino (+12V) - Fio vermelho e Pino (GND / TERRA da placa
eletrônica) - Fio preto. Valor correto: 12 VDC (11,5 a 12,5 V). Caso o valor correto não seja encontrado verificar
68 conector localizado na dobradiça da porta do freezer.
PLACA POTÊNCIA
DFI80/DI80X Refrigeradores - (Linha Cold)

LINE

NEUT

CONECTOR
P1

PLACA DE POTÊNCIA

Procedimento para verificar: TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA

 Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS,


medir a tensão alternada (VAC) no Conector P1 entre Pino 1 (LINE) - Fio marrom e Pino 3 (NEUT) - Fio
azul. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do
produto. Caso não encontre os valores corretos, verificar o cabo de alimentação do produto.

69
PLACA POTÊNCIA E INTERFACE
DFI80/DI80X Refrigeradores - (Linha Cold)

12VDC
12VDC
GND / TERRA GND / TERRA

PLACA DE INTERFACE
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar: TENSÃO/VOLTAGEM
Procedimento para verificar: TENSÃO (VOLTAGEM) NA PLACA DE INTERFACE
PARA PLACA DE INTERFACE
 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem –
 Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS,
VDC – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua (VDC) no Conector entre
medir a tensão contínua (VDC) no Conector P8 entre Pino (+12V) - Fio vermelho e Pino (GND / TERRA
Pino (GND / TERRA da placa eletrônica) - Fio preto da placa eletrônica) - Fio preto. Valor correto: 12
e Pino (+12V) - Fio vermelho. Valor correto: 12 VDC VDC (11,5 a 12,5 V). Caso o valor correto não seja
(11,5 a 12,5 V). encontrado verificar conector localizado na dobradiça
70
da porta do freezer.
MONITOR DE AUTO TESTE (MAT)
DFI80/DI80X Refrigeradores - (Linha Cold)

Para análise de defeitos referente aos modelos DFI80 / DI80X, deverá ser
utilizado o MAT (monitor de auto teste) onde conseguimos acionar alguns
componentes e receber informações de outros.
O produto deve ser desconectado da tomada e em seguida conectar o MAT
na placa de acordo com a figura abaixo. Religar o produto na tomada.

CONEXÃO PARA O MAT

MONITOR DE AUTO TESTE


(MAT)

71
MONITOR DE AUTO TESTE (MAT)
DFI80/DI80X Refrigeradores - (Linha Cold)

Inicialização do MAT MAT comunicando Comunicação Teste do


com o Refrigerador concluída compressor

Teste da resistência Teste do interruptor Teste do Ice Maker Indicação de faixa


do evaporador e da porta de temperatura do
calha sensor do freezer

72
MONITOR DE AUTO TESTE (MAT)
DFI80/DI80X Refrigeradores - (Linha Cold)

Indicação de faixa Indicação de faixa Indicação de faixa Teste do Damper


de temperatura do de temperatura do de temperatura do
sensor de degelo sensor do sensor do Ice Maker
refrigerador

Teste da bomba e Teste do ventilador Teste do ventilador Teste das teclas


válvula de água DC (espaço AC (motoventilador)
gourmet)

73
MONITOR DE AUTO TESTE (MAT)
DFI80 – Exemplo de uso do MAT Refrigeradores - (Linha Cold)

Inicialização do MAT MAT comunicando Comunicação Teste do


com o Refrigerador concluída compressor

TESTE DO COMPRESSOR:
1º Desligar o refrigerador da tomada;
2º Conectar o MAT na placa de potência no conector P7;
3º Ligar o refrigerador na tomada;
4º Inicialização do MAT: “Baixando dados”, “Versão do SW”, “Comunicação OK”;
5º Ir para o teste número 1 “Compressor” (para escolher os testes utilize as teclas com as setas indicadoras);
6º Utilizando o botão “Enter” alterar o Status do Compressor para “ON” e “OFF”:
- No Status ON o compressor será ligado e no Status OFF será desligado;
7º Procedimento para medição do compressor na placa: (Utilizando o MAT no Status ON) Com o multímetro, na
escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre
Conector P12 - Pino NEUT – Fio azul-claro e Conector P12 - Pino COMP – Fio preto. Valor correto: 127V (105V a
140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
- Caso o valor encontrado seja correto, realizar o mesmo procedimento e medir a tensão (voltagem) direto no
compressor. Os valores medidos na placa e no compressor devem ser os mesmos, caso não exista tensão (voltagem)
nos terminais do compressor verificar a rede elétrica. Se não for encontrada tensão / voltagem na placa, o problema é
a placa.
74 OBS: No Status OFF o valor medido será sempre zero (nulo) para todos os componentes.
PLACA POTÊNCIA
DFI80/DI80X Refrigeradores - (Linha Cold)

LINE (fase – fio marrom)

NEUT (neutro – fio azul)

COMP (compressor – fio preto)

HEAT (resistências – fio amarelo)

NEUT (neutro – fio azul)

LINE (fase – fio marrom)

FAN (MOTO VENTILADOR DE FREEZER – fio branco)


VAL (VOLTAGEM P/ VALVULA DE AGUA – fio roxo)
D2 (INTERRUPTOR FREEZER – fio cinza)
D1 (INTERRUPTOR REFRIGERADOR – fio rosa)

Para medir os componentes na placa é necessário colocar o multímetro na escala de


tensão alternada (VAC, VCA, ACV), a ponta preta em algum dos pontos de neutro (fio azul)
e a vermelha na carga em que se deseja medir.
Por exemplo: Ponta preta no neutro e ponta vermelha no COMP – medição da tensão para
75 o compressor.
PLACA POTÊNCIA
DFI80/DI80X Refrigeradores - (Linha Cold)

CONEXÃO PARA O MAT

P_B - VOLTAGEM P/ BOMBA DE AGUA – (fio verde) – 12 DCV


P_A - VOLTAGEM P/ BOMBA DE AGUA – (fio cinza)

76
PLACA POTÊNCIA
DFI80/DI80X Refrigeradores - (Linha Cold)

Para realizar a medição de tensão dos


sensores a ponta preta do multímetro deve
ser colocada no conector P8 – fio preto –
GND.

Para realizar a medição de resistência nos


sensores a ponta preta do multímetro
(escala ohms) deve ser colocada no fio
laranja (+5V) do conector abaixo.

Conector P8 – fio preto – GND

+5V VOLTAGEM CONTINUA DE 5V – (fio laranja)


FRZ_SEN VOLTAGEM P/ SENSOR DO FREEZER – (fio branco)
DEF_SEN VOLTAGEM P/ SENSOR DE DEGELO – (fio roxo)
REF_SEN VOLTAGEM P/ SENSOR DO REFRIG. – (fio cinza)
+12V VOLTAGEM P/ MOTOVENTILADOR ESP. EXP. – (fio vermelho)
DC FAN VOLTAGEM P/ MOTOVENTILADOR ESP. EXP. – (fio verde)

77
ROTINA DE AUTO TESTE
DFI80/DI80X – Teste do Ice Maker Refrigeradores - (Linha Cold)

Para entrar na rotina de auto-teste, pressione uma vez a tecla “FÉRIAS” e 20 vezes a
tecla “TURBO CONGELAMENTO”.
Obs. Durante os acionamento não será emitido sinal sonoro.

Pressionando a tecla “Férias”:


Fará a rotina completa do Ice Maker, ou seja, o Ice
Maker gira no sentido horário para deformar o gelo,
gira no sentido anti-horário até o fim de curso, mede
o nível de gelo dentro do recipiente de gelo, gira até
a posição horizontal. Energiza a válvula e a bomba,
abastece o Ice Maker e depois reverte a bomba
para succionar a água das mangueiras. Após aprox.
20 segundos, a bomba e a válvula são desligadas.

Ao entrar na rotina de auto-teste do produto,


aparecerá no display a sigla “tS” (teste de serviço).

78
MENSAGENS DE ERRO NO DISPLAY Refrigeradores - (Linha Cold)

Mensagens de erro no display dos modelos DF 46 / 49 / 47 / 50


Mensagem Significado
ER + led minimo do freezer aceso Sensor de degelo com falha
ER + led máximo do freezer aceso Sensor de temperatura com falha
Ligado em tensão errada ou tensão da rede acima do especificado.
ER + buzzer apitando continuamente
127V ligado em 220V ou 220V está acima de 242V (ex. tensão rural).
Mensagens de erro no display dos modelos DC49X
Mensagem Significado
ER Sensor de temperatura com falha
Ligado em tensão errada ou tensão da rede acima do especificado.
ER + buzzer apitando continuamente
127V ligado em 220V ou 220V está acima de 242V (ex. tensão rural).
Mensagens de erro no display dos modelos DF80 e DF80X
Mensagem Significado
ER Sensor de degelo ou temperatura com falha
Ligado em tensão errada ou tensão da rede acima do especificado.
ER + buzzer apitando continuamente
127V ligado em 220V ou 220V está acima de 242V (ex. tensão rural).
Mensagens de erro no display dos modelos DFI80 e DI80X
Mensagem Significado
Erro de tensão / voltagem (inversão 127V ligado em 220V )
ER Falha na comunicação entre as placas de potência e interface durante a
inicialização
Dispenser de água vazio
RA Mangueira entre o dispenser de água e o ice maker obstruída
Falha no sensor de temperatura do ice maker
Não é uma falha. Apenas uma indicação de que o produto está no
TS
modo de auto teste.
79
MENSAGENS DE ERRO NO DISPLAY Refrigeradores - (Linha Cold)

Mensagens de erro no display dos modelos DFI80 e DI80X


Mensagem Significado
Máximo (primeiro led) + led temperatura Sensor de temperatura do freezer com falha
Máximo/média (segundo led) + led temperatura Comunicação entre a placa de interface e a placa de potência com falha
Médio (terceiro led) + led temperatura Sensor do degelo com falha
Média/mínima (quarto led) + led temperatura Sensor do ice maker com falha
Mínima (quinto led) + led temperatura Sensor de temperatura do refrigerador com falha

Led
Temperatura

80
TABELA DE SENSORES
Refrigeradores - (Linha Cold)

81
BT´s IMPORTANTES
Refrigeradores - (Linha Cold)

– BTDP18/2010 – PRODUTOS COM BLOQUEIO DE GELO NO


EVAPORADOR.

– BTDP08/2011 – PRODUTOS “APITANDO SOZINHO” E/OU


“MUDANDO DE FUNÇÃO”.

– BTDPXX2011 – PRODUTO PARA DE CICLAR.

– BTDP09/2011 – PRESILHA SENSOR DEGELO.

82
82
LAVADORAS
(Linha WET)

83
MODELO x CODIGO COMERCIAL Lavadoras - (Linha Wet)

LAVADORAS
MODELO COD. COMERCIAL
LTE06 21061TBB
LTE07 21071FBA
LTE09 21091FBA
LTE12 21121DBA
LTA15 21151LBA
LTC10 21101GBA
LTC12 21121GBA
LBT12 21121TBA
LB12Q 21121QBA
LTC15 21151GBA
84
VERIFICAÇÃO INICIAL Lavadoras - (Linha Wet)

Antes de iniciar as medições nas placas, realize o procedimento abaixo:


1º Verifique a tensão/voltagem da rede elétrica medindo com o multímetro (na
escala de volts VAC) a tomada onde o produto está ligado. O valor encontrado
deverá ser de 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V). Qualquer valor
encontrado acima ou abaixo desses limites, o problema está na rede elétrica da
residência do consumidor e não no produto.
2º Observe se a tensão/voltagem da rede elétrica é a mesma indicada na etiqueta
do produto (127V ou 220V).
3º Verifique se o produto está ligado a rede de água e se a mesma está com
pressão normal.
4º Verifique todas as conexões elétricas do produto, ou seja, se todos conectores
estão bem encaixados.
5º Verifique nas conexões e nos contatos elétricos se existe a presença de
“zinabre”. O “zinabre” isola a conexão do contato, ou seja, é como se o conector
estivesse desligado. Nesse caso, proceder com a troca do componente que estiver
com “zinabre”. Atualmente as lavadores estão utilizando graxa dielétrica em todas
as conexões, onde e função dela é proteger contra o “zinabre”.
6º Após essas verificações iniciais, partir para as análises de acordo com os
próximos slides.
85
ROTINA DE AUTO TESTE
LTE06 Lavadoras - (Linha Wet)
1. A lavadora deve estar desenergizada, a chave seleção de programas deve estar na posição 8 entre “MOLHO DINÂMICO” e
“LAVAGEM COM REUTILIZAÇÃO 2 ENXÁGUES” e a tampa deve estar fechada.

2. Energize a lavadora e aguarde o led “LIGA/DESL.” acender.

3. Coloque a chave de seleção de programas na posição 12 “LIGA/DESLIGA” (este passo deve ser realizado em no máximo 2
segundos): o led “ECONOMIA” irá acender.

4. Abra e feche a tampa da lavadora (este passo deve ser realizado em no máximo 2 segundos): o led “ECONOMIA” se apagará e o
led “LIGA/DESL.” começará a piscar.
Obs: se os passos acima forem realizados na seqüência e no tempo corretos, a lavadora entra em autoteste.

5. Coloque a chave de seleção de programas na posição 1 “JEANS/BRANCO ENCARDIDO”: se não houver sinal de pressostato a
válvula principal ligará.

6. Coloque a chave de seleção de programas na posição 2 “NORMAL”: se não houver sinal de pressostato a válvula de amaciante
ligará.

7. Coloque a chave de seleção de programas na posição 3 “RÁPIDO 30 min.”: a lavadora entrará em agitação (independentemente
do sinal do pressostato).

8. Coloque a chave de seleção de programas na posição 5 “LAVAGEM COM REUTILIZAÇÃO 1 enx.”: após 5 segundos a lavadora
iniciará a centrifugação, independentemente do sinal de pressostato.

9. Coloque a chave de seleção de programas na posição 7 “LAVAGEM COM REUTILIZAÇÃO 2 enx.”: após 120 segundos a lavadora
iniciará a centrifugação, independentemente do sinal de pressostato

10. Para finalizar a rotina de autoteste basta colocar a chave de seleção de programas na posição 11 “TURBO CENTRIFUGAÇÃO”.

Fim da rotina de autoteste.


86
ROTINA DE AUTO TESTE
LTE07 Lavadoras - (Linha Wet)
1. A lavadora deve estar desenergizada, a chave de seleção de programas deve estar na posição 6 entre “LAVAGEM COM
REUTILIZAÇÃO 1 ENXÁGUE” e “LAVAGEM COM REUTILIZAÇÃO 2 ENXÁGUES” e a tampa da lavadora deve estar fechada.

2. Energize a lavadora e aguarde que o led “LIGA/DESL.” acenda.

3. Coloque a chave de seleção de programas na posição 12 “LIGA/DESL.” (este passo deve ser realizado em no máximo 2
segundos): o led “ECONOMIA” irá acender.

4. Abra e feche a tampa da lavadora (este passo deve ser realizado em no máximo 2 segundos): o led “ECONOMIA” se apagará e
o led “LIGA/DESL.” começará a piscar.
Obs.: se os passos acima forem realizados na seqüência e nos tempo corretos, a lavadora entrará em auto-teste.

5. Coloque a chave de seleção de programas na posição 1 “JEANS/BRANCO ENCARDIDO”. Se não houver sinal de pressostato, a
válvula principal ligará.

6. Coloque a chave de seleção de programas na posição 2 “TIRA MANCHAS”. Se não houver sinal de pressostato, a válvula de
amaciante ligará.

7. Coloque a chave de seleção de programas na posição 3 “NORMAL”: a lavadora entrará em agitação (independentemente do sinal
do pressostato).

8. Coloque a chave de seleção de programas na posição 4 “RÁPIDO 19 min.”. A bomba de drenagem e o atuador de freio irão ligar
e após 5 segundos a lavadora iniciará a centrifugação (independentemente do sinal de pressostato).

9. Coloque a chave de seleção de programas na posição 5 “LAVAGEM COM REUTILIZAÇÃO 1 ENXÁGUE”. A bomba de drenagem
e o atuador de freio irão ligar e após 120 segundos a lavadora iniciará a centrifugação (independentemente do sinal
de pressostato).

10. Para finalizar a rotina de auto-teste, basta colocar a chave de seleção de programas na posição 11 “TURBO
CENTRIFUGAÇÃO”.

87 Fim da rotina de autoteste.


PLACA POTÊNCIA
LTE06/LTE07 Lavadoras - (Linha Wet)
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

ELETRO-BOMBA CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO


VALVULA AMACIANTE AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
VALVULA PRINCIPAL
INTER. DA TAMPA AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
PRESSOSTATO
ZC

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa
conectada as cargas, ou seja, com todos os conectores
ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a
lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão /
PLACA DE POTÊNCIA voltagem ao componente (peça).
Procedimento para verificar:
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme
figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino AC1 – Fio marrom e Pino AC2 –
Fio azul. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto. Caso não
encontre os valores corretos, verificar o cabo de alimentação do produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA O MOTOR NO SENTIDO HORÁRIO: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC -
conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino CW – Fio amarelo e
Pino AC1 – Fio marrom. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do
produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA O MOTOR NO SENTIDO ANTI HORÁRIO: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem -
VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino CCW – Fio
88 vermelho e Pino AC1 – Fio marrom. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão
(voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
LTE06/LTE07 Lavadoras - (Linha Wet)
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

ELETRO-BOMBA CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO


VALVULA AMACIANTE AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
VALVULA PRINCIPAL
INTER. DA TAMPA AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
PRESSOSTATO
ZC

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa
conectada as cargas, ou seja, com todos os conectores
ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a
lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão /
PLACA DE POTÊNCIA
voltagem ao componente (peça).
Procedimento para verificar:
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA VÁLVULA DE ENTRADA DE ÁGUA (SABÃO): Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem
- VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1 – Fio
marrom e Conector CN2 Pino COLD – Fio branco. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a
tensão (voltagem) do produto.

 TENSÃO / VOLTAGEM PARA VÁLVULA DE ENTRADA DE ÁGUA (AMACIANTE): Com o multímetro, na escala de tensão /
voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1-
Fio marrom e Conector CN2 Pino RINSE – Fio laranja. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com
a tensão (voltagem) do produto.

TENSÃO / VOLTAGEM PARA BOMBA DE DRENAGEM (ELETROBOMBA): Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem -
VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1- Fio marrom
e Conector CN2 Pino B/P – Fio lilás. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão
89
(voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
LTE06/LTE07 Lavadoras - (Linha Wet)
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

ELETRO-BOMBA CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO


VALVULA AMACIANTE AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
VALVULA PRINCIPAL
INTER. DA TAMPA AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
PRESSOSTATO
ZC

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa
conectada as cargas, ou seja, com todos os conectores
ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a
lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão /
voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA – modelo LTE06

Procedimento para verificar:


 FUNCIONAMENTO DO INTERRUPTOR DA TAMPA: Com a lavadora desligada (plug fora da tomada) utilizar o multímetro, na
escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a resistência (continuidade) entre
Conector CN1 Pino AC2 – Fio azul e Conector CN2 Pino DOOR – Fio cinza. Valor correto: Em curto (com continuidade) quando
o interruptor está acionado (tampa fechada) e aberto (sem continuidade) quando o interruptor não estiver acionado (tampa aberta).

 FUNCIONAMENTO DO PRESSOSTATO: Com a lavadora desligada (plug fora da tomada) utilizar o multímetro, na escala de
resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a resistência (continuidade) entre Conector CN1
Pino AC2 – Fio azul e Conector CN2 Pino PRESS – Fio preto. Valor correto: Em curto (com continuidade) quando o pressostato
está acionado (lavadora sem água) e aberto quando o pressostato não estiver acionado (lavadora com água conforme nível
selecionado).
90
PLACA POTÊNCIA
LTE06/LTE07 Lavadoras - (Linha Wet)
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

ELETRO-BOMBA CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO


VALVULA AMACIANTE AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
VALVULA PRINCIPAL
INTER. DA TAMPA AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
PRESSOSTATO
ZC

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa
conectada as cargas, ou seja, com todos os conectores
ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a
lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão /
voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA – modelo LTE07

Procedimento para verificar:


 FUNCIONAMENTO DO INTERRUPTOR DA TAMPA: Com a lavadora desligada (plug fora da tomada) utilizar o multímetro, na
escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a resistência (continuidade) no Conector
CN1 ente o Pino AC1 – Fio marrom e Pino ZC – Fio cinza . Valor correto: Em curto (com continuidade) quando o interruptor está
acionado (tampa fechada) e aberto (sem continuidade) quando o interruptor não estiver acionado (tampa aberta).

 FUNCIONAMENTO DO PRESSOSTATO: Com a lavadora desligada (plug fora da tomada) utilizar o multímetro, na escala de
resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a resistência (continuidade) entre Conector CN1
Pino AC2 – Fio azul e Conector CN2 Pino PRESS – Fio preto. Valor correto: Em curto (com continuidade) quando o pressostato
está acionado (lavadora sem água) e aberto quando o pressostato não estiver acionado (lavadora com água conforme nível
selecionado).
91
ROTINA DE AUTO TESTE
LTE09 Lavadoras - (Linha Wet)
1. A lavadora deve estar desligada, a chave seletora deve estar na posição TURBO CENTRIFUGAÇÃO, a tecla Liga/Desliga) deve
estar pressionada e a tampa deve estar fechada.
2. Energize a lavadora mantendo a tecla Liga/Desliga pressionada.
3. Após 5 segundos o led MOLHO/AGITAÇÃO irá acender.
Obs.: Para entrar no modo autoteste, nos próximos 2 segundos deve ser feita a seguinte seqüência:
4. Solte a tecla de Liga/Desliga. O led MOLHO/AGITAÇÃO irá apagar e o led ENXÁGÜE irá acender.
5. Abra e feche tampa da lavadora.

Nota: Caso não seja feita esta seqüência dentro dos 2 segundos, a lavadora voltará ao estado normal de funcionamento. Se essa
seqüência for feita dentro do tempo de 2 segundos, a lavadora entrará em autoteste, sendo indicado pelo led CENTRIFUGAÇÃO
piscando.

Seqüência de teste
O técnico deve realizar os seguintes passos:
Nota: A tecla ECONOMIA pode ser testada a qualquer momento. Quando esta tecla for pressionada, o led economia irá ligar. Se a
tecla for solta, o led economia desligará.
Enchimento:
1. Coloque a chave seletora na posição TIRA MANCHAS. Se não houver sinal do pressostato, a válvula principal ligará.
2. Coloque a chave seletora na posição JEANS. Se não houver sinal do pressostato, a válvula de amaciante ligará.
Obs.: As válvulas ficarão ligadas até atingir o nível do pressostato ou até que o programa seja alterado.
Agitação:
3. Coloque a chave seletora na posição EDREDON. A lavadora entrará em agitação por no máximo 10 minutos (pode fazer agitação
sem água).
Obs.: A lavadora não faz a rotina de travamento neste ponto.
Drenagem:
4. Coloque a chave seletora na posição DELICADO. A bomba de drenagem será acionada.
Centrifugação:
5. Coloque a chave seletora na posição RÁPIDO. Após 5 segundos a lavadora iniciará a centrifugação, independentemente do sinal
do pressostato.
6. Para finalizar a rotina de auto-teste, retire o plugue do cabo elétrico da tomada.
92 Fim da rotina de teste.
PLACA POTÊNCIA
LTE09 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA

CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).

PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar:
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme
figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino AC1 – Fio branco e Pino AC2 –
Fio azul claro. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto. Caso
não encontre os valores corretos, verificar o cabo de alimentação do produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA O MOTOR NO SENTIDO HORÁRIO: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC -
conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino CW – Fio vermelho e
93 Pino AC1 – Fio branco. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
LTE09 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA

CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar:
• TENSÃO / VOLTAGEM PARA O MOTOR NO SENTIDO ANTI HORÁRIO: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem -
VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino CCW – Fio
marrom e Pino AC1 – Fio branco. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem)
do produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA VÁLVULA DE ENTRADA DE ÁGUA (SABÃO): Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem
- VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1 – Fio branco
94 e Conector CN2 Pino COLD – Fio cinza. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão
(voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
LTE09 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA

CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar:
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA VÁLVULA DE ENTRADA DE ÁGUA (AMACIANTE): Com o multímetro, na escala de tensão /
voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1 – Fio
branco e Conector CN2 Pino RINSE – Fio laranja. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a
tensão (voltagem) do produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA BOMBA DE DRENAGEM (ELETROBOMBA): Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem -
VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1 – Fio branco e
95 Conector CN2 Pino B/P – Fio amarelo. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão
(voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
LTE09 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA

CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar:
• FUNCIONAMENTO DO INTERRUPTOR DA TAMPA: Com a lavadora desligada (plug fora da tomada) utilizar o multímetro, na
escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a resistência (continuidade) entre Conector
CN1 ente o Pino AC1 – Fio branco e Conector CN2 Pino ZC – Fio cinza. Valor correto: Em curto (com continuidade) quando o
interruptor está acionado (tampa fechada) e aberto (sem continuidade) quando o interruptor não estiver acionado (tampa aberta).
 FUNCIONAMENTO DO PRESSOSTATO: Com a lavadora desligada (plug fora da tomada) utilizar o multímetro, na escala de
resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a resistência (continuidade) entre Conector CN1 Pino
AC2 – Fio azul claro e Conector CN2 Pino PRESS – Fio rosa. Valor correto: Em curto (com continuidade) quando o pressostato
96 está acionado (lavadora sem água) e aberto quando o pressostato não estiver acionado (lavadora com água conforme nível
selecionado).
PLACA INTERFACE
LTE09 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA

CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO

CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO


PINO 6 E 7
TENSÃO
5VDC
ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO
PLACA DE INTERFACE

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).

PLACA DE INTERFACE

Procedimento para verificar:

 TENSÃO/VOLTAGEM NA PLACA DE INTERFACE: Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura
MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua (VDC) no Conector CN6 entre Pino 6 e Pino 7.
Valor correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V).

97
ROTINA DE AUTO TESTE
LTE12 Lavadoras - (Linha Wet)

1. A lavadora deve estar desligada, a chave seletora deve estar na posição 11 (TOALHA DE BANHO), a tecla (liga-desliga) deve
estar pressionada e a tampa deve estar fechada.
2. Energize a lavadora mantendo a tecla Liga/Desliga pressionada. O led MOLHO/AGITAÇÃO irá acender.
3. Após 5 segundos o led AGITAÇÃO irá acender.
Obs.: Para entrar no modo autoteste, nos próximos 2 segundos deve ser feita a seguinte sequência:
4. Solte a tecla de Liga/Desliga. Os leds MOLHO/AGITAÇÃO e AGITAÇÃO irão apagar e o led ENXÁGUE irá piscar.
5. Abra e feche tampa da lavadora.
Nota: Caso não seja feita esta seqüência dentro dos 2 segundos, a lavadora voltará ao estado normal de funcionamento. Se essa
seqüência for feita dentro do tempo de 2 segundos, a lavadora entrará em autoteste, sendo indicado pelo led ENXÁGUE piscando.
Seqüência de teste:
O técnico deve realizar os seguintes passos:
Nota: As teclas ECONOMIA e AVANÇA ETAPAS podem ser testadas a qualquer momento. Quando a tecla ECONOMIA for
pressionada o led economia irá acender; se a tecla for solta o led economia apagará. Quando a tecla AVANÇA ETAPAS for
pressionada o led economia irá acender; se a tecla for solta o led economia apagará.
Enchimento:
1. Coloque a chave seletora na posição TIRA MANCHAS. Se não houver sinal do pressostato, a válvula principal ligará.
2. Coloque a chave seletora na posição JEANS. Se não houver sinal do pressostato, a válvula de amaciante ligará.
Obs.: As válvulas ficarão ligadas até atingir o nível do pressostato ou até que o programa seja alterado.
Agitação:
3. Coloque a chave seletora na posição EDREDON. A lavadora entrará em agitação por no máximo 10 minutos.
Obs.: A lavadora não faz a rotina de travamento neste ponto e agita com ou sem água.
Drenagem:
4. Coloque a chave seletora na posição DELICADO. A bomba de drenagem será acionada.
Centrifugação:
5. Coloque a chave seletora na posição ROUPA DE BEBÊ. Após 5 segundos a lavadora iniciará a centrifugação, independentemente
do sinal do pressostato.
6. Coloque a chave seletora na posição NORMAL/DUPLO ENXÁGUE. Após 120 segundos a lavadora iniciará a centrifugação,
independentemente do sinal do pressostato.
7. Para finalizar a rotina de auto-teste, rcoloque a chave seletora na posição ROUPA DE CAMA.
98 Fim da rotina de teste.
PLACA POTÊNCIA
LTE12 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
COMUM
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO 5VDC TENSÃO PL INTERFACE
CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar:
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme
figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino AC1 – Fio branco e Pino AC2 –
Fio azul claro. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto. Caso
não encontre os valores corretos, verificar o cabo de alimentação do produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA O MOTOR NO SENTIDO HORÁRIO: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC -
conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino CW – Fio vermelho e
99 Pino AC1 – Fio branco. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
LTE12 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
COMUM
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO 5VDC TENSÃO PL INTERFACE
CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar:
TENSÃO / VOLTAGEM PARA O MOTOR NO SENTIDO ANTI HORÁRIO: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem -
VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN1 entre Pino CCW – Fio
marrom e Pino AC1 – Fio branco. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem)
do produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA VÁLVULA DE ENTRADA DE ÁGUA (SABÃO): Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem
- VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1 – Fio branco
100 e Conector CN2 Pino COLD – Fio cinza. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão
(voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
LTE12 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
COMUM
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO 5VDC TENSÃO PL INTERFACE
CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA
Procedimento para verificar:
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA VÁLVULA DE ENTRADA DE ÁGUA (AMACIANTE): Com o multímetro, na escala de tensão /
voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1 –
Fio branco e Conector CN2 Pino RINSE – Fio laranja. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com
a tensão (voltagem) do produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA BOMBA DE DRENAGEM (ELETROBOMBA): Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem -
VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) entre o Conector CN1 Pino AC1 – Fio branco
e Conector CN2 Pino B/P – Fio amarelo. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão
101 (voltagem) do produto.
PLACA POTÊNCIA
LTE12 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
COMUM
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO 5VDC TENSÃO PL INTERFACE
CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as cargas, ou seja, com todos os
conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-TESTE. Assim conseguimos
verificar se a placa eletrônica está enviando tensão / voltagem ao componente (peça).
PLACA DE POTÊNCIA
 FUNCIONAMENTO DO INTERRUPTOR DA TAMPA: Com a lavadora desligada (plug fora da tomada) utilizar o multímetro, na
escala de resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a resistência (continuidade) entre
Conector CN1 ente o Pino AC1 – fio branco e Conector CN2 Pino ZC – Fio cinza. Valor correto: Em curto (com continuidade)
quando o interruptor está acionado (tampa fechada) e aberto (sem continuidade) quando o interruptor não estiver acionado (tampa
aberta).
 FUNCIONAMENTO DO PRESSOSTATO: Com a lavadora desligada (plug fora da tomada) utilizar o multímetro, na escala de
resistência OHMS [Ω] – conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, para medir a resistência (continuidade) entre Conector CN1
Pino AC2 – Fio azul claro e Conector CN2 Pino PRESS – Fio preto. Valor correto: Em curto (com continuidade) quando o
102 pressostato está acionado (lavadora sem água) e aberto quando o pressostato não estiver acionado (lavadora com água
conforme nível selecionado).
PLACA INTERFACE
LTE12 Lavadoras - (Linha Wet)

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA


AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA
COMUM
CW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO HORÁRIO 5VDC TENSÃO PL INTERFACE
CCW – TENSÃO MOTOR – SENTIDO ANTI HORÁRIO

ELETRO-BOMBA
VALVULA AMACIANTE
VALVULA PRINCIPAL
ZC
PRESSOSTATO

Importante:
PINO 6 E 7
- Todas as medições devem ser realizadas com a placa conectada as TENSÃO
5VDC
cargas, ou seja, com todos os conectores ligados a ela.
- Para realizar as medições é necessário utilizar a lavadora em AUTO-
TESTE. Assim conseguimos verificar se a placa eletrônica está
enviando tensão / voltagem ao componente (peça).
PLACA DE INTERFACE

PLACA DE INTERFACE

Procedimento para verificar:

• TENSÃO/VOLTAGEM NA PLACA DE INTERFACE: Com o multímetro , na escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura
MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua (VDC) no Conector entre Pino 6 e Pino 7. Valor correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V).
103
PLACA POTÊNCIA
LTA15 Lavadoras - (Linha Wet)
Para análise de defeitos referente ao modelo LTA15, deverá ser utilizado o MAT (monitor de auto
teste) onde conseguimos acionar alguns componentes e receber informações de outros.
Ao usar o MAT para testar o componente, o mesmo deve ser acionado por no mínimo 2
minutos para cada teste. No teste de agitação e centrifugação, deixar acionado por no
mínimo 5 minutos.

CONECTOR
PLACA DE POTÊNCIA CN3 CONECTOR
CN9
Procedimento para verificar:
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE POTÊNCIA: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura
MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC) no Conector CN9 entre Pino L e Pino N. Valor correto: 127V (105V a
140V) ou 220V (198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
 TENSÃO / VOLTAGEM PARA PLACA DE INTERFACE: Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VDC - conforme
figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua (VDC) no Conector CN3 entre Pino 1 e Pino 3. Valor correto: 15 VDC
104 (14,5 a 15,5 V).
Lavadoras - (Linha Wet)

N-LINE - NEUTRO
CLUTCH SWITCH-CHAVE
LD LOCK SWITCH-TR CLUTCH
CLUTCH MOTOR
THERMAL-SENSOR TAMPA
SOFTENER-VALV. AMAC.
ECO_VALVE-VAL. AUXIL.
COLD_VALLVE-VALV. PRINCIP.
DRAN_PUMP-BOMVA DRENAG.
REC_PUMP-BOMBA RECIRCUL.
PLACA POTÊNCIA
LTA15

105
PLACA INTERFACE
LTA15 Lavadoras - (Linha Wet)

CONEXÃO
PARA O MAT

15VDC ALIMENTAÇÃO PL. INTERFACE

GND / TERRA MONITOR DE AUTO TESTE

PLACA INTERFACE

PLACA DE INTERFACE

Procedimento para verificar:

 TENSÃO / VOLTAGEM NA PLACA DE INTERFACE: Com o multímetro, na PLACA DE NÍVEL


escala de tensão / voltagem - VDC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS,
medir a tensão contínua (VDC) no Conector CN3 entre Pino 1 e Pino 3. Valor
correto: 15 VDC (14,5 a 15,5 V).

PLACA DE NÍVEL

Procedimento para verificar:


5VDC PL. NÍVEL
GND / TERRA
• TENSÃO / VOLTAGEM NA PLACA DE NÍVEL: Com o multímetro, na escala
de tensão / voltagem - VDC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir
106 a tensão contínua (VDC) no Conector entre Pino (5VDC) e Pino (GND /
TERRA da placa eletrônica). Valor correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V).
MONITOR DE AUTO TESTE (MAT)
LTC10/LTC12/LTC15/LBT12/LB12Q Lavadoras - (Linha Wet)

Para análise de defeitos referente aos modelos LTC10/12, LBT12, LB12Q, LTC15 , deverá ser
utilizado o MAT (monitor de auto teste) onde conseguimos acionar todos os componentes e
receber informações sobre o funcionamento ou não dos mesmos.
Ao usar o MAT para testar o componente, o mesmo deve ser acionado por no mínimo 2
minutos para cada teste. No teste de agitação e centrifugação, deixar acionado por no
mínimo 5 minutos.
CONEXÃO PARA O MAT

MONITOR DE AUTO TESTE

107
MONITOR DE AUTO TESTE (MAT)
LTC10/LTC12/LTC15/LBT12/LB12Q Lavadoras - (Linha Wet)

MAT comunicando com Comunicação concluída Teste do interruptor da


a Lavadora porta

Teste da válvula de Teste da válvula de Teste da resistência Teste de agitação


entrada de água (sabão) entrada de água
(amaciante)

108
MONITOR DE AUTO TESTE (MAT)
LTC10/LTC12/LTC15/LBT12/LB12Q Lavadoras - (Linha Wet)

Teste da eletrobomba Teste do atuador de Teste de centrifugação Teste dos Led´s


de drenagem freio

Teste de agitação para Teste do pressostato Teste do sensor de Teste das teclas
roupa delicada turbo secagem

Para testar o bloco porta (travamento da porta) utilizando o MAT deverá ser feita a seguinte seqüência:
Ligar o teste ”3-Trava e Bomba = On”. Nesse momento o bloco porta será acionado, ou seja, a tampa
ficará travada. Para verificar o travamento, deve-se voltar no teste anterior “2-Status Porta” e verificar se
está mostrando “Travada”. Se estiver mostrando Fechada, o bloco porta está com defeito.
109
PLACA POTÊNCIA
LTC10/LTC12/LTC15/LBT12/LB12Q Lavadoras - (Linha Wet)

CONECTOR PARA LIGAR O MAT

ECO – VALCULA AUXILIAR DE ENCHIMENTO


COM–TENSÃO INTERFACE
SFT – VÁLVULA AMACIANTE
5V – TENSÃO INTERFACE
CLD – VÁLVUVA PRINCIPAL
PMP - ELETRO-BOMBA

BRK – ATUADOR DE FREIO

CW–TENSÃO MOTOR–SENTIDO HORÁRIO

CCW–TENSÃO MOTOR–SENTIDO ANTI HORÁRIO

AC1 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA

AC2 – ALIMENTAÇÃO DA PLACA

110
MONITOR DE AUTO TESTE (MAT)
LTC10 – EXEMPLO DE USO DO MAT Lavadoras - (Linha Wet)

MAT comunicando com Comunicação concluída Teste da válvula de Teste da válvula de


a Lavadora entrada de água (sabão) entrada de água (sabão)
– válvula desligada – válvula ligada
TESTE DA VÁLVULA DE ENTRADA DE ÁGUA “SABÃO” (PRINCIPAL):
1º Desligar a lavadora da tomada;
2º Conectar o MAT na placa de potência no conector CN4;
3º Ligar a lavadora na tomada;
4º Inicialização do MAT: “Versão do SW”, “Comunicação OK”;
5º Ir para o teste número 3 “Válv PRINCIPAL” (para escolher os testes utilize as teclas com as setas indicadoras);
6º Utilizando o botão “Enter” alterar o Status da Válvula para “ON” e “OFF”:
• No Status ON a válvula será ligada e no Status OFF será desligada.
7º Procedimento para medição da Válvula na placa: (Utilizando o MAT no Status ON):
• Com o multímetro, na escala de tensão / voltagem - VAC - conforme figura MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão alternada (VAC)
entre Conector CN1 - Pino AC1 – Fio Marrom e Conector CN2 - Pino CLD – Fio Branco. Valor correto: 127V (105V a 140V) ou 220V
(198V a 242V) de acordo com a tensão (voltagem) do produto.
• Caso o valor encontrado seja correto, realizar o mesmo procedimento e medir a tensão (voltagem) direto nos terminais da válvula. Os
valores medidos na placa e na válvula devem ser os mesmos, caso não exista tensão (voltagem) nos terminais da válvula verificar a rede
elétrica. Se não for encontrada tensão / voltagem na placa, o problema é a placa.
OBS: No Status OFF o valor medido será sempre zero (nulo) para todos os componentes.
111
PLACA INTERFACE
LTC10/LTC12/LTC15/LBT12/LB12Q Lavadoras - (Linha Wet)

PLACA INTERFACE LBT12 / LB12Q / LTC15


PLACA DE INTERFACE – LBT12 / LB12Q / LTC15
Procedimento para verificar:
TENSÃO/VOLTAGEM NA PLACA DE
INTERFACE: Com o multímetro , na escala de
tensão / voltagem – VDC – conforme figura
MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua
(VDC) no Conector entre Pino COM e Pino 5V.
COMUM
Valor correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V).
5VDC

PLACA INTERFACE LTC10/12


PLACA DE INTERFACE – LTC10 / LTC12
Procedimento para verificar: TENSÃO/VOLTAGEM
NA PLACA DE INTERFACE: Com o multímetro , na
escala de tensão / voltagem – VDC – conforme figura
5VDC MULTÍMETRO-ESCALAS, medir a tensão contínua
(VDC) no Conector entre Pino COM e Pino 5V. Valor
COMUM
correto: 5 VDC (4,5 a 5,5 V).

112
CONCLUSÃO

Conseguimos quebrar o mito do


“monstro da placa eletrônica”. Após o
treinamento observamos que as placas
são apenas mais um componente
dentro do produto. Um componente
importante, fácil de testar e que pode
ajudar a identificar problemas
relacionados as outras partes/peças do
produto. Observamos também ao longo
do treinamento que as placas nos
ajudam a identificar praticamente todos
os tipos de falhas facilitando o reparo
para o técnico. Isso sem mencionar o
MAT (Monitor de Auto Teste) que
através de uma maneira muito simples,
executa os testes no equipamento de
maneira rápida e eficiente.
113
CONCLUSÃO

Observamos também a importância de prevenir o acontecimento da


descarga proveniente da energia estática (ESD). Verificamos a
explosão em um tanque de gasolina que ocorreu devido a descarga
da ESD. Mostramos aos técnicos a importância do uso da pulseira
anti-estática e embalagem correta para evitar a danos as placas
eletrônicas.
Nas linhas Refrigeradores (COLD) e Lavadoras (WET) mostramos
todas as placas eletrônicas existentes nos produtos Electrolux,
ordenadas por modelo de produto. Todos os pontos de medição e
respectivos valores desejados foram apresentados nos slides das
placas, além claro da maneira de como testar as placas.
Mostramos que um teste completo da placa pode agilizar o reparo do
produto otimizando o trabalho dos técnicos.
E não se esqueçam: “as placas eletrônicas vieram para ficar e
nos ajudar”.
114