Anda di halaman 1dari 3

PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA

2017
Campus: Cornélio Procópio
Centro: CLCA
Curso: Letras Modalidade: presencial

Disciplina: Língua Portuguesa III: Gêneros textuais


Código: Série: 3º Turno: noturno
Carga Horária Total: 36h
Carga Horária Semanal: 2h Teórica: 36h Prática: 0
Aulas não presenciais: máximo de 14h
( X ) Obrigatória ( ) Optativa
Números de Alunos por Turma: máximo 30
Docente Responsável: Eliana Merlin Deganutti de Barros

Ementa:
Conceituação de: gêneros textuais/discursivos, suporte, esferas sociais. Fala e escrita versus oralidade e letramento. Análise
de gêneros textuais na relação fala e escrita. Análise de gêneros jornalísticos, publicitários, literários, acadêmicos, do
cotidiano, do mundo digital. Multiletramentos e gêneros textuais.

Conteúdos do Programa:
 Conceitos e abordagens teóricas sobre gêneros textuais/discursivos, suporte, esferas sociais.
 Abordagens sócio-discursivas sobre gêneros: o Interacionismo Sociodiscursivo de Bronckart e a perspectiva dialógica
da linguagem de Bakhtin. Categorias e instrumentos de análise de gêneros.
 Gêneros textuais de diversas esferas sociais: descrição, análise e didatização.
 Fala e escrita versus oralidade e letramento. Análise de gêneros textuais na relação fala e escrita.
 Os gêneros textuais na perspectiva dos multiletramentos.

Metodologia:
Aulas expositivo-dialogadas. Debates. Seminários e exposição oral de trabalhos de alunos. Atividades práticas de aplicação
dos conteúdos. Atividades não presenciais: por meio da plataforma moodle.

Critérios de Avaliação de Aprendizagem:


Prova escrita: objetiva e discursiva. Seminário e exposição oral. Trabalho escrito: teórico, prático ou analítico.

BIBLIOGRAFIA
Bibliografia Básica
BAKHTIN, Mikhail. Gêneros do discurso. In: ____. Estética da criação verbal. Trad. Paulo Bezerra. 4.ed. São Paulo: Martins
Fontes, 2003, p. 261-306.
BALTAR, Marcos. Competência discursiva e gêneros textuais: uma experiência com o jornal de sala de aula. Caxias do Sul:
EDUCS, 2004.
BRONCKART, Jean-Paul. Atividade de linguagem, textos e discursos: por um interacionismo sócio-discursivo. São Paulo: EDUC,
2003.
DIONÍSIO, Angela Paiva; MACHADO, Anna Rachel; BEZERRA, Maria Auxiliadora (org.). Gêneros textuais & ensino. São Paulo:
Parábola, 2010.
MARCUSCHI, Luiz Antônio. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 6.ed. São Paulo: Cortez, 2005.
____ Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola, 2008.
MEURER, J. L.; BONINI, Adair; MOTTA-ROTH, Désirée (Org.). Gêneros: teorias, métodos, debates. São Paulo: Parábola, 2005.
ROJO, Roxane; BARBOSA, Jacqueline P. Hipermodernidade, multiletramentos e gêneros discursivos. São Paulo: Parábola,
2015.
1
SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim (org.). Gêneros orais e escritos na escola. Campinas: Mercado das Letras, 2004.

Bibliografia Complementar
ABREU-TARDELLI, Lília Santos; Cristovão, Vera Lúcia Lopes. Linguagem e educação: o ensino e a aprendizagem de gêneros
textuais. Campinas: Mercado das Letras, 2009.
APARÍCIO, Ana Sílvia Moço; SILVA, Silvio Ribeiro (Org.). Gêneros textuais e perspectivas de ensino. Campinas: Pontes, 2014.
BARROS, Eliana Merlin Deganutti de. Gestos de ensinar e de aprender gêneros textuais: a sequência didática como
instrumento de mediação. 2012. 358f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) – Universidade Estadual de Londrina,
Londrina/PR, 2012. Disponível em <www.uel.edu.br>. Acesso em 20 maio 2012.
BARROS, Eliana Merlin Deganutti de; RIOS-REGISTRO, Eliane Segati (Org.). Experiências com sequências didáticas de gêneros
textuais. Campinas: Pontes, 2014.
BAZERMAN, Charles. Gêneros textuais, tipificação e interação. 2.ed. São Paulo: Cortez, 2006.
BAWARSHI, Anis S.; REIFF, Mary Jo. Gênero: história, pesquisa, ensino. Tradução: benedito Gomes Bezerra. São Paulo:
Parábola, 2013.
BONINI, Adair et. al. (Org.). Os gêneros do jornal. Florianópolis: insular, 2014.
BUENO, Luzia. Os gêneros jornalísticos e os livros didáticos. Campinas: Mercado das Letras, 2011.
BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental. Brasília:
MEC/SEF, 1998. Disponível em <www.mec.org.br>. Acesso em 20 jan. 2012.
____. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio. Brasília: MEC/SEMT, 1999. Disponível em <www.mec.org.br>. Acesso
em 20 jan. 2012.
____. PCN+: Ensino Médio. Brasília: MEC/SEMT, 2002. Disponível em <www.mec.org.br>. Acesso em 20 jan. 2012.
____. Orientações Curriculares para o Ensino Médio. Brasília: MEC/SEMT, 2006. Disponível em <www.mec.org.br>. Acesso em
20 jan. 2012.
COSTA, Sérgio Roberto. Dicionário de gêneros textuais. 3.ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.
CRISTOVÃO, Vera Lúcia Lopes; NASCIMENTO, Elvira Lopes (org.). Gêneros textuais: teoria e prática II. Palmas e União da
Vitória: Kaygangue, 2005.
GOMES, Maria Carmen Aires; MELO, Mônica santos de Souza; CATALDI, Cristiane (Org.). Gênero discursivo, mídia e
identidade. Viçosa/MG: Editora da UFV, 2007.
KARWOSKI, Acir Mário; GAYDECZKA, Beatriz; Brito, Karin S. (Org.) Gêneros textuais: reflexões e ensino. Palmas e União da
Vitória/PR: Kaygangue, 2005.
Köche, Vanilda Salton; BOFF, Odete Maria Benetti; MARINELLO Adiane Fogali. Leitura e produção textual: gêneros textuais do
argumentar e expor. 3.ed. Petrópolis: Vozes, 2012.
MELLO, Dulcina E. W. de. Gêneros textuais: ensino e produção. 2.ed. Ijuí: Editora Injuí, 2005.
NASCIMENTO, Elvira Lopes. Gêneros textuais: da didática das línguas aos objetos de ensino. São Carlos: Claraluz, 2009.
OLIVEIRA, Maria do Socorro; KLEIMAN, Angela B. (org.). Letramentos múltiplos: agentes, práticas, representações. Natal:
EDUFRN, 2008.
PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Diretrizes Curriculares da Educação Básica: Língua Portuguesa. Paraná:
Secretaria de Estado da Educação, 2008. Disponível em <www.educadores.diaadia.pr.gov.br>. Acesso em 20 jan. 2012.
PEREIRA, Regina Celi Mendes (Org.). Nas trilhas do ISD: práticas de ensino-aprendizagem da escrita. Campinas: Pontes, 2012.
SEIXAS, Lia; PINHEIRO, Najara Ferrari (org.). Gêneros: um diálogo entre comunicação e linguística. Florianópolis: Insular, 2013.
SILVA, Nívea Rohling. O gênero entrevista pingue-pongue: reenunciação, enquadramento e valoração do discurso do outro.
São carlos: Pedro & João Editores, 2009.
SIMON, Luiz Carlos. Duas ou três páginas despretensiosas: a crônica, Rubem Braga e outros cronistas. Londrina: EDUEL, 2011.
SOUSA, S.C. T.; SOARES, M.E. Developing Writing Skills Through the Use of Blogs. L1. Educational Studies in Language and
Literature, v. 9, n.2, 2009. p. 71-90. Disponível em <http://l1.publication-archive.com/publication/1/303>. Acesso em 20 jan.
2015.
VERGUEIRO, Waldomiro; RAMOS, Paulo. Quadrinho na educação: da rejeição à prática. São Paulo: Contexto, 2009.

2
Cornélio Procópio, 06 de março de 2017.

________________________________________
Eliana Merlin D. de Barros

Aprovado pelo Colegiado do Curso no dia _____ de _______________ de _______.

Coordenador de Colegiado

Homologado pelo Conselho de Centro no dia _____ de _______________ de _______.

Diretor de Centro