Anda di halaman 1dari 30

Universidade Federal de Rio Grande – FURG Curso de Engenharia Mecânica

Materiais de Construção
Mecânica

1
Prof. Dr. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

2
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Tungsténio (W)
Estanho (Sn)
Cobre (Cu)
Niquel (Ni)
Ferro (Fe)
Zinco (Zn)
Titânio (Ti)
Alumínio (Al)
Berílio (Be)
Magnésio (Mg)

0 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20
Densidade (ton/m^3)

3
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Estrutura cristalina do cobre é cúbica de faces centradas,


seu ponto de fusão é a 1084,5 °C e seu peso específico é
8,93 g/cm3.

O cobre pode ser utilizado tanto na forma pura como


combinado com outros metais formando ligas.

Suas principais propriedades são: baixa dureza, alta


ductilidade, alta condutibilidade térmica, alta
condutibilidade elétrica, fácil soldabilidade, boa
resistência à corrosão, etc.

4
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

5
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

A designação do cobre segue normas da "Cooper


Development Association", sendo dividida em ligas
trabalhadas e ligas fundidas.

As ligas trabalhadas são designadas por caracteres


alfanuméricos variando de C100 a C 799, enquanto
que as fundidas variam de C800 a C900.
Ex. C2XX - Ligas cobre e zinco (latões).

6
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

7
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

8
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

9
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

NÍQUEL E SUAS LIGAS


Características gerais
A estrutura do níquel é cúbica de faces centradas,
não havendo mudança de fase desde a temperatura
ambiente até a temperatura de fusão (1453°C).
A microestrutura do níquel é austenítica para toda
esta faixa de temperatura, o que lhe proporciona
utilização para trabalhos a quente.
O níquel possui também elevada resistência a
corrosão.

10
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

TITÂNIO E SUAS LIGAS


Características Gerais
O titânio é um metal de baixa densidade (4,51 g/cm3),
pertencente portanto a família de ligas leves. A temperatura de
fusão do titânio puro é bastante elevada
(1667°C). A excelente relação/resistência peso associada com a
resistência a corrosão tornam o titânio de grande utilização
para diversas aplicações críticas.
A resistência a corrosão do titânio deve-se a formação de um
filme estável de
TiO2. A estrutura cristalina do titânio em temperatura ambiente
é hexagonal compacta
(alfa). A 885°C ocorre a transformação para estrutura cúbica de
corpo centrado(beta).

11
Prof. Paulo Cardoso
Universidade Federal de Rio Grande – FURG Curso de Engenharia Mecânica

Materiais de Construção
Mecânica – Questões dirigidas

12
Prof. Dr. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido
ENGENHEIRO MECÂNICO - INPI - 2002

1) Na seleção de materiais a serem utilizados na fabricação de molas uma característica a


ser considerada (mas não a única!) é a capacidade do material armazenar energia quando
deformado elasticamente e liberá-la quando descarregado. Observe os materiais
apresentados na tabela a seguir:
Valores aproximados do Módulo de Elasticidade e Limite de proporcionalidade

Material Módulo de Limite de


Elasticidade proporcionalidade
(MPa) (MPa)

Aço baixo carbono 200.000 300


Alumínio 80.000 40
Cobre 120.000 60
Náilon 3.000 60
Tungstênio 400.000 1.000
Dentre os materiais apresentados, o que apresenta maior capacidade de armazenar
energia elástica de deformação é o:
a) aço baixo carbono; b) alumínio; c) cobre; d) náilon; e) tungstênio.
13
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido
ENGENHEIRO MECÂNICO - EMGEPRON - 2003

1) Para uma determinada aplicação, deseja-se um material com boa resistência à fadiga e
simultaneamente tenaz. O material mais adequado para atender a essas propriedades é:
a) aço carbono, com baixo teor de carbono (0,10-0,20%C); b) aço liga com médio teor de carbono
(0,40 – 0,50%);
c) ferro fundido cinzento; d) bronze; e) alumínio.

ENGENHEIRO DE EQUIPAMENTOS I - MECÂNICO - REFAP - 2001

1) Na seleção de materiais para uso em equipamentos, vários fatores são considerados,


entre os quais incluem-se custos, ductibilidade, maleabilidade e comportamento mecânico
em diferentes temperaturas. Neste contexto, assinale a opção correta.
a) Os aços de alto carbono temperados, em particular os hiper eutéticos, são indicados para fabricação de
componentes que sofrerão grandes dobramentos ou estampagem profunda.
b) O cobre puro e os latões (solução sólido de zinco nos cobres) são indicados para a fabricação de
componentes que necessitarão sofrer intensa conformação mecânica.
c) Os ferros fundidos cinzentos são adequados para a fabricação de componentes que necessitarão sofrer
elevada conformabilidade a frio.
d) As ligas de alumínio, relativamente às de aço carbono, são mais adequadas para a fabricação de
componentes que devem combinar alta rigidez, baixo custo e resistência mecânica em temperaturas acima
de 200 0C.
e) Devido à acentuada tendência de fragilizarem-se em baixas temperaturas, deve-se evitar o uso de ligas
de alumínio em aplicações criogênicas.

14
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido
ENGENHEIRO DE EQUIPAMENTOS JUNIOR - MECÂNICA - PETROBRÁS - 2004

1) Em cada um dos itens que se seguem, é feita uma consideração a respeito da estrutura
dos materiais, seguida de uma assertiva a ser julgada.
a) Os cristais de ferro gama (Feγ) são do tipo CFC e apresentam fator de empacotamento atômico (FEA =
0,74) superior em relação aos de ferro alfa (Feα), que são cúbicos de corpo centrado (CCC, FEA = 0,68).
Nesse caso, é correto afirmar que no diagrama de fases ferro-carbono (Fe-C) a solubilidade do carbono na
ferrita (Fe α + C) é bem maior que na austenita (Fe γ + C), já que na solução sólida intersticial ferrita há
mais espaços vazios para alojar os átomos de carbono.
b) O cobre, o ouro e a prata destacam-se por apresentarem elevadas condutividades elétrica e térmica.
Então, é correto o raciocínio de que tal fato ocorre em virtude do número dos elétrons de valência desses
metais ser relativamente mais baixo, e, como conseqüência, maior é a predominância da ligação metálica
nesses casos.
c) No diagrama de fases do sistema binário chumbo-estanho (Pb-Sn), a liga que possui cerca de 62% de
Sn (~ 38% de Pb), em peso, é denominada liga eutética e se funde a aproximada mente 183 0 C, e a liga de
solda designada estanho 60-40 (60% Sn – 40% Pb), bem próxima à composição eutética, tem largo uso,
por exemplo, na montagem de circuitos elétricos. Então, uma característica importante da liga estanho 60-
40 é que a sua temperatura de fusão é próxima à máxima temperatura de fusão que as diferentes
composições desse sistema apresentam.
15
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido

ENGENHEIRO DE EQUIPAMENTOS Jr. MECÂNICA – PETROBRÁS - 2006


1) Em relação aos materiais não ferrosos, é correto afirmar que:
(A) todas as ligas de cobre podem ser endurecidas ou ter a sua resistência melhorada por meio de
tratamento térmico.
(B) todas as ligas de alumínio são tratadas termic amente para aumentar a sua resistência e dureza por
meio de endurecimento por precipitação.
(C) o alumínio tem uma estrutura cristalina CCC, mantendo a sua ductilidade até mesmo em temperaturas
reduzidas.
(D) o alumínio, sob a atmosfera ambiente, apresenta resistência à corrosão e sua principal limitação é sua
baixa temperatura de fusão.
(E) o latão é uma liga de cobre onde o estanho, na forma de uma impureza substitucional, é o elemento de
liga predominante.

16
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido
ENGENHEIRO DE EQUIPAMENTOS PLENO MECÂNICA – PETROBRÁS - 2006

1) Um engenheiro necessita especificar um material metálico que tenha a menor variação


possível de volume quando submetido, exclusivamente, a um estado uniaxial de tensão. Em
seu levantamento inicial para alguns materiais, obteve as seguintes propriedades:

Supondo que todos os materiais sejam submetidos à mesma deformação axial e com base nos dados
apresentados, o
material que sofre a maior variação em seu volume é:

(A) alumínio. (B) cobre. (C) níquel. (D) prata. (E) tungstênio.

17
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido
ENGENHEIRO DE EQUIPAMENTOS PLENO INSPEÇÃO – PETROBRÁS - 2006

1) Analise as afirmativas abaixo, sobre corrosão.


I - Processos corrosivos por compostos de enxofre são freqüentemente observados em unidades de
processamento químico, petroquímico ou de petróleo.
II - A dezincificação é um processo corrosivo observado nas ligas de zinco. Por exemplo, no latão, o
zinco é corroído deixando sobre a superfície do material uma cama da porosa de cobre.
III - Um material em corrosã o sob tensão apresenta progressão do interior do material até a superfície,
quando provoca sua ruptura.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
(A) I (B) II (C) I e II (D) I e III (E) II e III

ENGENHEIRO DE EQUIPAMENTOS JUNIOR – INSPEÇÃO – PETROBRÁS 2007

1) Um dos processos utilizados na produção de peças mecânicas é o forjamento. Em relação a esse


processo, julgue os itens seguintes.
a) Na produção de peças forjadas, deve-se evitar a utilização de cargas dinâmic as, para evitar o
surgimento de pontos de concentração de tensão.
b) O bronze é um material que perde sua coesão molecular a altas temperaturas, sendo inadequado seu
uso em peças forjadas.
c) O forjamento livre é utilizado para a produção de peças simples ou como etapa intermediária do
forjamento em matriz.
d) As peças forjadas em matriz têm, em uma etapa posterior de produção, de passar por um processo de
usinagem para regularização de sua superfície. 18
e) No projeto de peças forjadas, deve-se adotar paredes cônicas na direção paralela à direção de
forjamento. Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido
ENGENHEIRO MECÂNICO – REFAP/PETROBRÁS - 2007

1) O processo de eletrodeposição está entre os principais processos industriais utilizados para


impedir a corrosão de uma peça. Através de uma eletrólise, elétrons são transferidos de uma placa
metálica que comporá o revestimento para a peça a ser revestida. Sobre os metais utilizados como
revestimento nesse processo, assinale a afirmação correta.
(A) O níquel pode propiciar um aumento da resistência superficial ao desgaste.
(B) O zinco é o me nos utilizado pelo seu alto custo.
(C) O cádmio é um revestimento que propicia o aumento da corrosão galvânica.
(D) O estanho, além de sua baixa resistência à corrosão, tem boa ductilidade, porém pequena
durabilidade.
(E) O cobre gera revestimentos de grande e spessura e alta resistência à abrasão.

2) Considere as afirmativas abaixo, acerca das propriedades dos materiais.


I – O ferro fundido cinzento é fácil de ser trabalhado por ferramentas de corte e absorve bem as vibrações,
condição que o torna ideal para corpos de máquinas.
II – O aço-carbono é um material que possui uma alta percentagem de carbono em sua composição, tendo
o carbono como elemento básico de liga.
III – O fe rro fundido branco é muito duro, difícil de ser usinado e utilizado em peças que exijam grande
resistência ao desgaste.
IV – Em geral, o cobre, um material não ferroso, possui baixa ca pacidade de usinagem.
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):

(A) II, apenas. (B) I e III, apenas. (C) I e IV, apenas. (D) II e III, apenas. (E) II e 19
IV, apenas.
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido
ENGENHEIRO MECÂNICO – TSE - 2006

1) Os latões são ligas metálicas não-ferrosas cujos componentes básicos são


A) cobre e estanho. B) cobre e zinco, com pelo menos 50% de cobre. C) cobre e alumínio.
D) níquel e cobre.

ENGENHEIRO EQUIP JR – Terminais e Dutos – PETROBRÁS 2008


1) Observe a tabela ao lado, que apresenta a série galvânica de potenciais típicos observados em
solos neutros e água, com referência a eletrodo de sulfato de cobre padrão. A função de cada metal
e seu par na pilha galvânica são

(A) Ferro e Cobre: Ferro - Catodo e Cobre - Anodo.


(B) Latão e A lumínio: Latão - Anodo e Alumínio - Catodo.
(C) Magnésio e Cobre: Magnésio - Catodo e Cobre - Anodo. 20
(D) Zinco e Ferro: Zinco - Catodo e Ferro - Anodo.
(E) Zinco e Bronze: Zinco - Anodo e Bronze - Catodo. Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido
ENGENHEIRO MECÂNICOII – IMBEL - 2008

1) São exemplos de materiais que podem ser usados em baixas temperaturas, exceto:
(A) aços ligados ao Ni (3%, 5% ou 9%Ni)
(B) aços ao Cr-Mo de grãos grosseiros
(C) aços inoxidáveis austeníticos (304, 316,...)
(D) ligas de alumínio dúcteis
(E) liga Cu-10%Ni de estrutura CFC

ENGENHEIRO METALÚRGICO – IMBEL- 2008

1) A dezincificação é um tipo de corrosão que ocorre principalmente nos


(A) bronzes fosforosos.
(B) bronzes de alumínio.
(C) aços galvanizados.
(D) latões com alto teor de Zn.
(E) duroalumínios.

21
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

Cobre e Ligas de Cobre


Estudo dirigido

ENGENHEIRO MECÂNICO – PREFEITURA DE POA- 2008

1) A fundição sobre pressão consiste em forçar o metal líquido, sob pressão, a penetrar na cavidade
do molde, chamado matriz. Esta é metálica, portanto de natureza per manente e, assim, pode ser
usada inúmeras vezes. Pode-se afirmar sobre este processo:

a) não permite a produção de formas mais complexas quando comparado com a fundição por gravidade.
b) não permite a produção de peças de paredes mais finas.
c) o método de fundição sob pressão de câmara quente é empregado para fundir sobre pressão alumínio.
d) somente permite a produção de peças com acabamento grosseiro.
e) o processo, com poucas exceções, só é empregado para ligas cujas temperatura s de fusão não são
superiores às das ligas à base de cobre.

22
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

23
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

24
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

25
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

26
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

27
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

28
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

29
Prof. Paulo Cardoso
Mat. de Construção Mecânica - Eng. Mecânica - FURG

30
Prof. Paulo Cardoso