Anda di halaman 1dari 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ.

CENTRO DE TECNOLOGIA
Departamento de Arquitetura e Urbanismo

HISTÓRIA DA ARTE - TG 0999


Profa: Beatriz Diógenes.

ARTE GREGA – GRÉCIA ANTIGA

1. A GRÉCIA ANTIGA

Cidades-estado (polis); Atenas, Esparta, Corinto

2. A CIVILIZAÇÃO GREGA

Aqueus, jônios, eólios e dórios; Influência na cultura ocidental; Grande poderio


econômico e cultural; Sociedade grega: equilíbrio entre humanidade e natureza;
desenvolvimento da ciência, política, matemática, filosofia e arte

3. CULTURA E RELIGIÃO

religião politeísta, antropomórfica e idólatra; a mitologia; filosofia: Platão, Pitágoras e


Sócrates; literatura: Homero, Ésquilo, Sófocles; história: Heródoto; geometria e física:
Euclides e Archimedes; o surgimento dos jogos olímpicos (776 a.C)

4. A ARTE GREGA

exaltação do homem; grande unidade ideológica e morfológica; arte de elaboração


intelectual em que predominam o ritmo, o equilíbrio, a harmonia ideal; o
racionalismo; amor pela beleza; o interesse pelo homem, que é “a medida de todas as
coisas”; o pensamento de Winckelmann

5. PERIODIZAÇÃO
• Período Arcaico: do século VII a.C ao fim do século VI a.C
• Período Clássico: século V a.C até a metade do século IV a.C
• Período Helenístico: metade do século IV a.C até o século I a.C

6. A ARQUITETURA

a busca da harmonia das proporções – o equilíbrio entre as verticais e horizontais, os


cheios e os vazios; estabelecimento de regras objetivas, análogas às leis da natureza –
a racionalidade; esquema estrutural trilítico; a utilização do módulo; a unidade e a
lógica; policromia; correções ópticas; as ordens

1
7. AS TIPOLOGIAS ARQUITETÔNICAS

os templos; os teatros

9. A ESCULTURA

o mais alto testemunho da arte figurativa grega; poucos originais – numerosas


cópias; materiais: mármore ou bronze; utilização de cores; representação do homem
perfeito, idealizado, sem defeitos; busca da completa fidelidade representativa

10. A PINTURA

poucos exemplares remanescentes: perda de grande parte da produção; pinturas


com temas mitológicos; tendência naturalista; ornamentação no interior dos palácios;
principais pintores: Polignoto, Parrasio, Apeles; a rica produção de vasos cerâmicos

11. BIBLIOGRAFIA
BAZIN, Germain. História da arte. Bertrand.
GOMBRICH, E. H. História da Arte, Círculo do Livro
HAUSER, Arnold. Historia Social da Literatura e da Arte.
JANSON, H. W. História da Arte, Fund. Gulbenkien