Anda di halaman 1dari 4

LISTA DE EXERCÍCIOS – DIREITO DO TRABALHO

Nome:
Turma:
Instituição:
Obs: Essa lista não acarreta em pontuação. Válida somente para o aprendizado e
revisão do conteúdo ministrado.
1. Matias é motorista da família Silva prestando seus serviços três dias da semana, no
qual leva e busca as crianças na escola. Felícia é jardineira exercendo suas atividades
para a família Silva quatro vezes por semana. Gilberto faz faxina na residência da
família Silva uma vez por semana. E, por fim, Deise é acompanhante da matriarca da
família Silva duas vezes por semana. Nestes casos, observando-se o requisito temporal
e considerando que os demais requisitos legais estão presentes, tratam-se de
empregados domésticos

a) Matias e Felícia, apenas.


b) Matias, Felícia e Deise, apenas.
c) Matias, e Deise, apenas.
d) Matias, Felícia, Gilberto, apenas.
e) Matias, Felícia, Gilberto e Deise.

2. Considerando as relações trabalhistas, analise as afirmativas abaixo e assinale


a alternativa correta:

I. Trabalhador autônomo é aquele que presta serviços sem habitualidade. Atende a


necessidade excepcional de serviço, que não se enquadra nas necessidades normais da
atividade empresarial.

II. Trabalhador eventual é o que exerce, habitualmente, por conta própria, atividade
profssional remunerada. Não é empregado, pois explora em proveito próprio a sua força
de trabalho.

III. O trabalho voluntário não gera vínculo empregatício nem obrigação trabalhista e
será exercido mediante termo de adesão.

a) I, II e III estão corretas


b) Apenas III está correta
c) Apenas II e III estão corretas
d) I, II e III estão incorretas
e) Apenas II está correta

2. Em relação à figura jurídica do empregado, conforme definição legal,


a) pode ser pessoa física ou jurídica, desde que preste seus serviços com
natureza eventual, sob a subordinação jurídica do empregador e mediante
remuneração.
b) é obrigatório que o empregado exerça seus serviços no estabelecimento do
empregador para que possa ser verificado o requisito da subordinação.
c) um dos requisitos essenciais para caracterização da relação de emprego é a
exclusividade na prestação dos serviços para determinado empregador.
d) o estagiário que recebe bolsa de estudos em dinheiro do contratante será
considerado empregado.
e) o elemento fundamental que distingue o empregado em relação ao
trabalhador autônomo é a subordinação jurídica.

4. Julgue o item seguinte, relativos ao FGTS, à organização sindical e à convenção e ao


acordo coletivo de trabalho.

Com base na teoria do conglobamento, o TST tem entendido ser possível que norma
coletiva estipule a exclusão da redução ficta da hora noturna caso haja a concessão de
outras vantagens mais benéficas ao trabalhador do que as previstas em lei.

( c ) certo

( ) errado

5. As normas jurídicas requerem interpretação, por mais claras que pareçam, sendo que
cabe ao julgador estabelecer sua exata extensão e definir a possibilidade de sua
aplicação a cada caso concreto. Quando o intérprete se utiliza do método buscando
estabelecer uma conexão entre os diversos textos normativos, considerando o sistema
normativo como um todo e inserindo a norma estudada, para conjuntamente verificar
seu sentido, trata-se da interpretação

a) sistemática.

b) lógica.

c) extensiva.

d) teleológica.

e) restritiva

6. Reclamatória foi ajuizada para pleitear o pagamento de adicional de horas extras. Na


análise dos documentos instrutórios, notou-se que, no período em que se baseou o
pedido, existia convenção coletiva da categoria fixando o referido adicional em 52%
sobre a hora normal, contrato de trabalho entre as partes indicando adicional de 60%
sobre a hora normal e regulamento da empresa determinando adicional de 65% sobre a
hora normal. Considerando-se que a Constituição Federal de 1988 (CF) prevê que o
referido adicional deve ser pago no patamar mínimo de 50% sobre a hora normal, à luz
da hierarquia das fontes de direitos na seara trabalhista, caso o pedido seja deferido,
deve ser aplicado o adicional previsto
a) no contrato de trabalho.

b) na CF.

c) na convenção coletiva da categoria

d) no regulamento da empresa.

7. Sobre os princípios norteadores do Direito do Trabalho, considere:

I. O princípio da primazia da realidade ou do contrato realidade autoriza a


descaracterização de uma pactuada relação civil de prestação de serviços,
instrumentalizada em documento escrito, desde que, no cumprimento do contrato,
despontem, objetivamente, todos os elementos fático-jurídicos da relação de emprego.

II. O princípio da intangibilidade salarial deve ser analisado de forma absoluta,


admitindo-se exceção única quando se verificar a anuência expressa do trabalhador, por
escrito, em razão da efetiva possibilidade de manutenção de seu emprego.

III. O princípio da continuidade do qual o contrato de trabalho constitui presunção


favorável ao empregador em razão da segurança jurídica contratual, razão pela o ônus
da prova, quanto ao término do contrato de trabalho, é do trabalhador, nas hipóteses em
que são negadas a prestação dos serviços e o despedimento.

IV. Em consonância com o princípio da intangibilidade contratual objetiva, a mudança


subjetiva perpetrada no sujeito empregador não se configura apta a produzir mudança
no corpo do contrato, em seus direitos e obrigações.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) II, III e IV.


b) I e II.
c) II e III.
d) I, III e IV.
e) I e IV.

8. Em relação aos princípios e às fontes do direito do trabalho, assinale a opção correta.

a) Em virtude do princípio da boa-fé, via de regra, o trabalhador pode renunciar a seu


direito de férias, se assim preferir.

b) Na falta de disposições legais ou contratuais, a justiça do trabalho ou as autoridades


administrativas poderão decidir o caso de acordo com os usos e costumes, que são
fontes do direito do trabalho.

c) Por conter regras específicas acerca da maioria dos institutos trabalhistas, na análise
de um caso concreto, a Consolidação das Leis do Trabalho pode se sobrepor aos
dispositivos constantes da Constituição Federal de 1988 (CF).
d) A sentença normativa é fonte do direito do trabalho, mas não o são os atos
normativos do Poder Executivo.

e) Os princípios gerais de direito não são aplicados na interpretação das normas do


direito do trabalho, ainda que subsidiariamente.

GABARITO:

1. A
2. B
3. E
4. CERTO
5. A
6. D
7. E
8. B