Anda di halaman 1dari 4

PERSONALIDADE CONCEITO E FORMAÇÃO

IDENTIDADE, CARÁTER E TEMPERAMENTO


Profª Rosângela Adell

A Personalidade pode ser compreendida como o fruto de uma interação entre os


fatores genéticos e ambientais.
Ela é o conjunto de traços psicológicos, particulares, únicos, e organizados de
forma própria, ou seja, individualiza o modo de pensar, de sentir e de agir de cada
pessoa; é aquilo que a pessoa mostra ser. Ela também determina a maneira como a
pessoa se relaciona com os outros.
Persona (latim) era o nome dado às máscaras que os atores utilizavam para
caracterizar os personagens.
O conhecimento do EU:
Parte descritiva – autoimagem
Parte valorativa – autoestima
FORMAÇÃO
Seja qual for a fase do desenvolvimento, a personalidade apoia-se na estrutura
física do indivíduo, a qual chamamos constituição.
Nesta há um conjunto de características individuais hereditárias que podem ou não
se desenvolver nas interações com o meio. A este conjunto dá-se o nome de
temperamento (genótipo).
Por outro lado, existem características individuais adquiridas basicamente por
influência do meio e que no conjunto são chamadas de caráter (parátipo).
Uma pessoa apresenta-se com sua personalidade (estrutura fenotípica) que é o
resultado da integração da estrutura física, temperamento e caráter (constituição +
genótipo + parátipo). Aquilo que é adquirido pode ser mudado, o que for herdado,
não.
INFLUÊNCIAS
Ela é influenciada culturalmente.
Na história pessoal devemos considerar:
Os dados biopsicológicos herdados;
O meio isto é, as condições ambientais, sociais e culturais nas quais os indivíduos
se desenvolvem;
Os dados adquiridos na interação hereditariedade/meio;
A manifestação do comportamento da personalidade resulta de experiências
passadas e de estímulos atuais do meio.
IDENTIDADE - EU
É o processo de produção do sujeito, que lhe permite apresentar-se ao mundo e
reconhecer-se como alguém único.Isto é, o reconhecimento de que o indivíduo é o
próprio.
É o conjunto de caracteres particulares, que identificam uma pessoa, como
nome, data de nascimento, sexo, filiação, impressão digital etc.
Identidade é o conjunto de caracteres próprios e exclusivos com os quais se
podem diferenciar um ser do outro, ou seja, é o que identifica alguém. É um processo de
produção do sujeito, do EU que lhe permite apresentar-se ao mundo e que está em
construção permanente e constante mudança pelas condições sociais, por isso é mutável.
Identidade é metamorfose. No processo de constituição da identidade, os papéis
que o indivíduo assume ao longo de sua vida fazem parte de sua construção, partindo de
uma identidade pressuposta (idealização em relação ao desempenho do papel social), a
vivida e a que será vivida enquanto projeto de vida. Assim, a identidade é posta e reposta
continuamente, pois o indivíduo vivencia ao mesmo tempo vários papéis, o que o torna
um personagem da vida, que sempre se metamorfoseia de acordo com as condições
históricas e sociais a que está submetido.
Mudar e continuar o mesmo! É POSSÍVEL??
Caráter é o conjunto de formas comportamentais mais elaboradas e determinadas
pelas influências ambientais, sociais e culturais, que o indivíduo usa para adaptar-se ao
meio.
Ao contrário do temperamento, o caráter é predominante volitivo ( depende da
vontade) e intencional. Entretanto, de modo geral, temperamento e caráter estão
intimamente associados, podendo estar tão imbricados que se torna difícil sua distinção.
O caráter está formação em torno dos 5/7 anos com o complexo de Édipo.
Caráter é o aspecto moral da personalidade, moldado ao longo da vida do
indivíduo, em um diálogo com a cultura, por isso, é a soma de nossos hábitos, virtudes e
vícios.
O egoísmo, a responsabilidade, a sensibilidade, a disciplina, são exemplos de
traços do caráter. O caráter de uma pessoa pode ser dramático, religioso, especulativo,
desafiador, covarde, inconstante.
Temperamento é a tendência herdada do indivíduo para reagir ao meio de
maneira peculiar.
O temperamento inclui a forma favorita de perceber as coisas e de fazer escolhas
e, também, de nos relacionarmos com outras pessoas.
Temperamentos estão na base dos nossos interesses e aspirações, dos valores
que defendemos e da nossa visão de mundo. É um veículo de expressão da
Individualidade. Surge por volta dos 7 anos, com a troca dos dentes e pode ser alterada
com a maturidade, ou seja, controlada se necessário.
Temperamento é a tendência herdada do indivíduo para reagir ao meio de
maneira peculiar. É um aspecto biológico e inato, ou seja, herdado geneticamente, que
determinada a maneira como o indivíduo irá reagir a determinadas situações. A esquiva,
pessimismo, afetividade, raiva, agressividade, paciência, são exemplos de traços do
temperamento.
O temperamento envolve principalmente os aspectos emocionais, motivacionais e
adaptativos do indivíduo. inclui a forma favorita de perceber as coisas e de fazer escolhas
e, também, de nos relacionarmos com outras pessoas.
Na maioria das vezes os conflitos nos relacionamentos interpessoais ocorrem por
causa das diferentes personalidades.
Surge por volta dos 7 anos, com a troca dos dentes e pode ser alterada com a
maturidade, ou seja, controlada se necessário.
TEMPERAMENTO Sanguíneo: expansivo, otimista, mas irritável e impulsivo.É
sempre cordial, eufórico e vigoroso. Receptivo por natureza, toma suas decisões pelos
sentimentos e não através dos pensamentos ponderados. Por não gostar de solidão e Ter
grande convívio social, o sanguíneo sempre tem amigos. São bons vendedores,
funcionários de locais de atendimento ao público, professores, conferencistas, atores,
operadores, pregadores e ocasionalmente bons chefes. Apesar de serem comunicativos,
simpáticos e companheiros, tem algumas fraquezas: tomam atitudes baseadas em seus
sentimentos, são impacientes, são precipitados, irritam-se facilmente. Exemplo: Pedro,
foi precipitado em cortar a orelha do soldado, mas foi eufórico e vigoroso ao proferir o
discurso no Pentecostes onde quase 3 mil almas se converteram.
Temperamento Colérico: ambicioso e dominador, tem propensão a reações
abruptas e explosivas É ardente, vivaz, ativo, audacioso, prático e voluntarioso. Por ser
decidido e teimoso, torna-se autossuficiente e muito independente. Muitos líderes
mundiais e grandes generais foram coléricos. São sempre bons gerentes, planejadores,
produtores ou ditadores.Tem algumas fraquezas: é impaciente, não tem compaixão, é
inflexível, impetuoso, intolerante, vaidoso, auto-suficiente, incontrolável. Torna-se exigente
com os seus, é uma pessoa de muitos argumentos, impiedoso nas decisões, ausência de
bondade, cria padrões difíceis de serem alcançados, utiliza-se das situações. Exemplo:
Paulo
Melancólico: nervoso e excitável, tendendo ao pessimismo, ao rancor e à solidão.
Mas é habilidoso, minucioso, sensível, perfeccionista, idealista, dedicado.É analítico,
abnegado, bem dotado e perfeccionista. Isto o faz admirar as belas artes. É introvertido
por natureza. Outras vezes enclausura-se como caramujo, chegando a ser hostil. Muitos
dos grandes gênios do mundo, artistas, músicos, inventores, filósofos, educadores e
teóricos, eram melancólicos.Ex.: Moisés, José, Elias, Salomão, o apóstolo João e muitos
outros.Fraquezas: é uma pessoa crítica e pessimista, voluntariosa em excesso,
antissocial, egoísta,vingativo, inflexível. Problemas causados: espera muito das pessoas,
em troca do que faz.
Fleumático: sonhador, prático, conservador, diplomata, bem humorado, pacífico e
dócil, preso aos hábitos e distante das paixões;É calmo, frio e bem equilibrado, raramente
explode em riso ou raiva, mantendo sempre suas emoções sobre controle. É o único tipo
de temperamento coerente, mas tem muito mais emoção do que demonstra. Por gostar
do convívio social, não lhe faltam amigos, mas sempre encontra algo de engraçado nos
outros. É simpático e tem bom coração. Não se envolve nas atividades alheias, sendo
muito capaz e eficiente. É conciliador e pacificador. São bons diplomatas,
administradores, professores e técnicos.Fraquezas: ser indiferente ao que o cerca,
indolência, sabe como provocar os outros, é calculista, indeciso, desconfiado,
desmotivado, introvertido.Exemplos: Abraão, Noé, Samuel, Daniel, Tiago.