Anda di halaman 1dari 21

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

ESCOLA DE MINAS
DECAT

MATÉRIA
ELETRICIDADE
MAGNETISMO

Ouro Preto – 29 de setembro de 2016


Escola de Minas
PANORAMA DO CURSO DECAT

▪ Antigamente, acreditava-se que Eletricidade e Magnetismo eram


fenômenos distintos.
▪ Atualmente, sabe-se que Eletricidade e Magnetismo estão
interligados

Eletromagnetismo

▪ Matéria;
▪ Eletricidade;
▪ Magnetismo/Eletromagnetismo.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 2


Escola de Minas
TÓPICOS DA AULA DECAT

▪ MATÉRIA
▪ LEI DE COULOMB
▪ POTÊNCIAL ELÉTRICO
▪ CORRENTE
▪ LEI DE OHM
▪ RESISTÊNCIA ELÉTRICA
▪ POTÊNCIA ELÉTRICA
▪ FONTES
▪ INSTRUMENTOS DE MEDIDAS

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 3


Escola de Minas
MATÉRIA DECAT

▪ Átomos
• O átomo é partícula fundamental da matéria;
• A combinação entre átomos iguais ou diferentes origina os
materiais.
• São constituídos de 3 elementos:

• Prótons;
• Elétrons;
• Nêutrons.

Fig. 1 – Exemplo de um átomo.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 4


Escola de Minas
LEI DE COULOMB DECAT

▪ Cargas elétricas de sinais iguais se repelem;

▪ Cargas elétricas de sinais contrários se atraem.

Força elétrica
Fig. 2 – Força entre duas cargas.

de atração ou repulsão

𝑘. 𝑄𝐴 . 𝑄𝐵
Lei de Coulomb ഥ=
𝑭 (newtons, N)
𝑑2
• k: é a constante de Coulomb, sendo ≈ 9,0. 109 N⋅m2/C2;
• QA e QB: os respectivos valores das cargas em coulombs (C);
• d: é a distância entre as duas cargas.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 5


Escola de Minas
POTÊNCIAL ELÉTRICO DECAT

▪ Potencial elétrico (V) é a capacidade que um corpo energizado


tem de realizar trabalho, ou seja, atrair ou repelir outras cargas
elétricas.
𝑊
𝑉= (volts, V)
𝑄

• W: é a energia potencial em um ponto dado em joules (J);


• Q: é a carga em coulombs (C);

▪ Potencial elétrico devido a uma carga puntiforme:

𝑘. 𝑄
𝑉= (volts, V)
𝑑
Matéria, Eletricidade e Magnetismo 6
Escola de Minas
CORRENTE DECAT

▪ Os prótons se encontram no núcleo dos átomos.


▪ Os elétrons giram em torno do núcleo em forma de orbitais.

Fig. 3 – Camadas de valência de um átomo.

▪ Quanto maior a distância do orbital menor será a força de


atração entre o elétron e os prótons localizados no núcleo.

𝑘. 𝑄𝐴 . 𝑄𝐵
ഥ=
𝑭
𝑑2
Matéria, Eletricidade e Magnetismo 7
Escola de Minas
CORRENTE DECAT

▪ Em certos materiais, seus átomos apresentam elétrons livres.

▪ Elétrons que podem ser removidos de suas órbitas se uma força


elétrica atuar neles.

▪ O movimento deste elétron devido sua remoção do átomo


constitui a base essencial da Eletricidade.

▪ O deslocamento de elétrons dentro de um material sólido é


chamado corrente elétrica.
Matéria, Eletricidade e Magnetismo 8
Escola de Minas
CORRENTE DECAT

▪ Sentido da corrente elétrica:


• Convencionou que a corrente elétrica fluía de um terminal
positivo para um negativo. Com isso o sentido da corrente é
dito, por convenção, fluir do polo positivo para o negativo.
• Porém sabe-se que os elétrons fluem do negativo para o
positivo.

Fig. 4 – Circuito elétrico básico.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 9


Escola de Minas
CORRENTE DECAT

▪ Intensidade da corrente elétrica:


• Determinada pela carga que passa pela seção reta do
condutor (Q) por unidade de tempo (t).

𝑄
𝐼= (amperes, A)
𝑡

• Q: é a carga em coulombs (C);


• t: é o tempo em segundos (s).

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 10


Escola de Minas
CORRENTE DECAT

▪ Exemplo:

• Um condutor conduz uma corrente continua de 4 mA.

a) Qual a quantidade de carga elétrica que passa pela


seção reta do condutor em 1,5 minuto?

b) Quantos elétrons passam pela seção reta do condutor


no mesmo tempo?

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 11


Escola de Minas
LEI DE OHM DECAT

▪ Cientista alemão Georg Simon Ohm:


• Relaciona a diferença de potencial aplicada a um condutor
metálico com a intensidade da corrente produzida.
• Conclui-se que havia proporcionalidade direta entre as duas
grandezas:

𝑉
= 𝑐𝑜𝑛𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒
𝐼

• Resistência elétrico do condutor (R).

𝑉
=𝑅 (ohms, Ω)
𝐼

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 12


Escola de Minas
RESISTÊNCIA ELÉTRICA DECAT

▪ Resistência elétrica de um condutor:


• Depende do material utilizado;
• Diretamente proporcional ao comprimento do condutor (L);
• Inversamente proporcional a área da seção reta (A).

ρ. 𝐿
𝑅= (ohms, Ω)
𝐴

• ρ : é a resistividade elétrica do material, dada em ohm-metro;


• L: é o comprimento do condutor, dado em metro (m);
• A: é a área da seção reta, dada em m2.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 13


Escola de Minas
RESISTÊNCIA ELÉTRICA DECAT

R
▪ Símbolo do resistor:
Fig. 5 – Símbolo do resistor.

▪ Associação de resistências elétrica :

• Em série: • Em paralelo:
R1
R1 R2
C
A B
A + VAB - B
+ VAC - + VCB -
Fig. 6 – Resistores em série.
R2
Fig. 7 – Resistores em paralelo.
𝑅𝑒𝑞 = 𝑅1 + 𝑅2
𝑅1. 𝑅2
𝑅𝑒𝑞 =
𝑉𝐴𝐵 𝑅1 + 𝑅2
= 𝑉𝐴𝐶 + 𝑉𝐶𝐵
𝑉𝐴𝐵 = 𝑉𝑅1 = 𝑉𝑅2
Matéria, Eletricidade e Magnetismo 14
Escola de Minas
POTÊNCIA ELÉTRICA DECAT

▪ Quando uma corrente elétrica é estabelecida entre dois pontos


de um circuito elétrico.
+ VAB -
VA Iconv. VB

Ielétrons
R
Fig. 8 – Corrente entre dois pontos.

▪ Há um consumo de energia elétrica por unidade de tempo,


denominada potência elétrica:

𝑄. 𝑉 𝑄
𝑃= como =𝐼 𝑃 =V.I
𝑡 𝑡

• 𝑃 : é potência elétrica, e é dada em watts (W)

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 15


Escola de Minas
FONTES DECAT

▪ Exemplo de fontes:
• Pilhas e acumuladores de
energia elétrica:
• São capazes de armazenar
energia potencial química. Fig. 9 – Pilhas e acumuladores.

• As pilhas e acumuladores apresentam uma força


eletromotriz (E), que em vazio, é a diferença de potencial
entre seus terminais.
• Resistência interna (r), que é a resistência do seu eletrólito.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 16


Escola de Minas
FONTES DECAT

▪ Circuito equivalente com uma pilha:

I
• A resistência interna faz com
+
que, em carga, a diferença de
r + potencial (ddp) entre os
V carga
E - terminais da pilha, seja menor

-
que a sua força eletromotriz
Fig. 10 – Circuito com uma pilha. (fem).
• O produto r.I é denominado
𝑉 = 𝐸 − 𝑟. 𝐼 queda de tensão interna na
fonte

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 17


Escola de Minas
FONTES DECAT

▪ Associação de fontes:
• Em série: • Em paralelo:
V1
V1 V2 - +
B A
- +- +
B A
V2
Fig. 11 – Fontes em série.

- +
𝑉𝐴𝐵 = 𝑉1 + 𝑉2 Fig. 12 – Fontes em paralelo.

𝑉𝐴𝐵 = 𝑉1 = 𝑉2
A corrente será a mesma
corrente máxima de apenas Capacidade de corrente elétrica
uma pilha individual. será proporcional ao número de
pilhas associadas em paralelo.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 18


Escola de Minas
INSTRUMENTOS DE MEDIDAS DECAT

▪ Instrumentos projetados e usados para medir grandezas elétricas:


• Voltímetro:
• Mede a tensão ou a ddp entre dois pontos;
• Tem resistência interna elevada;
• Possui dois terminais e deve ser conectado em paralelo
entre os pontos em que se deseja obter a ddp.
• Amperímetro:
• Mede a intensidade da corrente elétrica do circuito;
• Tem resistência elétrica baixa;
• Possui dois terminais e deve ser ligado em série, de forma
que a corrente a ser medida passe pelo instrumento.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 19


Escola de Minas
INSTRUMENTOS DE MEDIDAS DECAT

• Wattímetro:
• Mede diretamente a potência elétrica consumida;
• Possui em geral quatro terminais, dois terminais de
potencial e dois terminais de corrente.

Amperímetro
Wattímetro

Voltímetro r

Fig. 13 – Instrumentos de medição.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 20


Escola de Minas
REFERÊNCIAS DECAT

▪ [1] Boylestad, R. L.; Nashelsky, L. Introdução à Análise de


Circuitos. 1ª edição. Pearson, 2011.
▪ [2] Flarys, F. Eletrotécnica Geral: Teoria e Exercícios Resolvidos.
1ª edição. Barueri-SP: Manole, 2006.

Matéria, Eletricidade e Magnetismo 21