Anda di halaman 1dari 212

fls.

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO. Protocolado em 30/10/2013 às 17:34:28.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 878AF5.
fls. 2

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 878B19.
fls. 3

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 878B19.
fls. 4

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 878B19.
fls. 5

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 6

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 7

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 8

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 9

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 10

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 11

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 12

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 13

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 14

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 15

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 16

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 17

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 18

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 19

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 20

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 21

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879128.
fls. 22

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 87920D.
fls. 23

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 24

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 25

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 26

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 27

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 28

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 29

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 30

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 31

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 32

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 33

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 34

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 35

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 36

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 37

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 38

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 39

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 40

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 41

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 42

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 43

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 44

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 45

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 46

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 47

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 48

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 49

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 50

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 51

Este documento foi assinado digitalmente por WILSON GUIMARAES VIEIRA FILHO.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 879235.
fls. 52

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

ATO ORDINATÓRIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: 'Ministerio Publico do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 8878B6.
Conforme Provimento 10/2008 da Corregedoria Geral de Justiça,
pratiquei o ato processual abaixo:

Emitir notificação e ofícios.

Salvador, 04 de novembro de 2013

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
fls. 53

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

MANDADO DE NOTIFICAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: 'Ministerio Publico do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Eliane Oliveira dos Santos (1050)
Mandado nº: 001.2013/104192-5
Endereço Rua São José, 68E, Nordeste de Amaralina, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 887AFB.
De ordem da Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito da
2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A NOTIFICAÇÃO DO RÉU,
MILTON SILVA PINHEIRO na Rua São José, 68E, Nordeste de Amaralina,
Salvador-BA, ou onde estiver custodiado, para apresentar defesa preliminar por escrito
(art. 55, caput, da Lei 11.343/06), podendo argüir preliminares e invocar todas as razões
de defesa, oferecer documentos e justificações, especificar as provas que pretende
produzir e, até o número de 5 (cinco), arrolar testemunhas, cujas cópias da denúncia
seguem em anexo como parte integrante deste.

PRAZO: O prazo para apresentação da defesa preliminar, querendo, é de 10 (dez) dias,


contados da data da notificação.
ADVERTÊNCIA: Se a resposta não for apresentada no prazo, o Juiz nomeará
defensor para oferecê-la em 10 (dez) dias, concedendo-lhe vista dos autos no
ato de nomeação (art. 55, § 3º, da Lei 11.343/06).

Destinatário

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Milton Silva Pinheiro, Rua São José, 68E, Nordeste de Amaralina, Salvador-BA,
RG 02770674560, nascido em 14/10/1985, brasileiro, natural de Salvador-BA,
pai Cirilo Santos Pinheiro, mãe Vera Lúcia Silva Pinheiro

Salvador (BA), 04 de novembro de 2013.

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120131041925*

areduardo
fls. 54

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

OFÍCIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: 'Ministerio Publico do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Ofício nº 6151/2013

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 887B0E.
Salvador, BA. 04 de novembro de 2013

Senhor Diretor:

Solicito de V. Sª. as providências necessárias no sentido de ser


encaminhado a este Juízo, o LAUDO TOXICOLÓGICO DEFINITIVO referente ao
flagrante de MILTON SILVA PINHEIRO E ANDERSON MERCES SILVA, cujo Inquérito
Policial nº 322/2013, foi oriundo desta 9ªDT - CIA - Salvador

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.

Ilústríssimo(a) Sr(a).
Dr. Alexsandro Fiscina de Santana
M.D DIRETOR DO LABORATÓRIO CENTRAL DE POLÍCIA
TÉCNICA - LCPT

areduardo
fls. 55

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

OFÍCIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: 'Ministerio Publico do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Ofício nº 6152/2013
Salvador, BA. 04 de novembro de 2013

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 887B12.
Senhor(a) Coordenador (a),

Pelo presente, solicito a Vossa Senhoria o encaminhamento dos


Antecedentes Criminais e Certidão da Vara de Execuções Penais de Milton Silva
Pinheiro,filho de Cirilo Santos Pinheiro e Vera Lúcia Silva Pinheiro, Anderson Merces
Silva, filho de Valter da Silva e Maria Madalena da Silva com o fim de instruir os autos
acima indicados.
Valho-me do ensejo para reiterar elevados protestos de estima e
consideração.

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

Ilmª. Sra.
Normeide de Araújo Silva
CHEFA DO SETOR DE CERTIDÕES DA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA
NESTA

areduardo
fls. 56

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

MANDADO DE NOTIFICAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: 'Ministerio Publico do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Larissa Góes Navarro (1103)
Mandado nº: 001.2013/104209-3
Endereço Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do
Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 887D9F.
De ordem da Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito da
2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A NOTIFICAÇÃO DO RÉU,
ANDERSON MERCÊS SILVA na Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara
do Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA, ou onde estiver custodiado, para apresentar
defesa preliminar por escrito (art. 55, caput, da Lei 11.343/06), podendo argüir
preliminares e invocar todas as razões de defesa, oferecer documentos e justificações,
especificar as provas que pretende produzir e, até o número de 5 (cinco), arrolar
testemunhas, cujas cópias da denúncia seguem em anexo como parte integrante deste.

PRAZO: O prazo para apresentação da defesa preliminar, querendo, é de 10 (dez) dias,


contados da data da notificação.
ADVERTÊNCIA: Se a resposta não for apresentada no prazo, o Juiz nomeará
defensor para oferecê-la em 10 (dez) dias, concedendo-lhe vista dos autos no
ato de nomeação (art. 55, § 3º, da Lei 11.343/06).

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Destinatário
Anderson Merces da Silva, Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do
Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA, RG 0792713915, nascido em 08/09/1980,
Solteiro, brasileiro, natural de Salvador-BA, pai Valter da Silva, mãe Maria
Madalena Mercês da Silva

Salvador (BA), 04 de novembro de 2013.

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120131042093*
areduardo
fls. 57

Este documento foi assinado digitalmente por ESMERALDINO MARCELINO DE ARAUJO.


Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 8B41DA.
fls. 58

Este documento foi assinado digitalmente por ESMERALDINO MARCELINO DE ARAUJO.


Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 91CD5D.
fls. 59

Este documento foi assinado digitalmente por ESMERALDINO MARCELINO DE ARAUJO.


Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 91CD5D.
fls. 60

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

EXMA. SRA. DRA. JUÍZA DE DIREITO DA 2ª VARA PRIVATIVA DE


TÓXICOS DA COMARCA DE SALVADOR-BA.

Processo nº 0367011-04.2013.8.05.0001

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

O firmatário que esta subscreve, advogado inscrito na


Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil/Seção Bahia, constituído
defensor de MILTON SILVA PINHEIRO, já qualificado nos autos
tombados em epígrafe, permite-se trazer a elevada consideração de V.
Exª, os relevantes motivos de fato e de direito que a seguir passa a expor,
apresentando, nesta oportunidade, DEFESA PRELIMINAR, com espeque
jurídico no artigo 55 da Lei antitóxico.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 1
fls. 61

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

EXPLANAÇÃO DOS FATOS E REQUERIMENTOS

Narra a Denúncia que na tarde do dia 27 de julho do


corrente ano foi o ora Requerente autuado em flagrante delito pela Digna
Autoridade Policial da 09º Delegacia de Polícia localizada do bairro da Boca
do Rio, nesta Capital, sob a acusação de ter praticado o delito previsto no

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
art. 33 da Lei 11.343/2006.

Em breves linhas, segundo a versão apontada pelos


prepostos da Polícia Militar, durante a realização de uma blitz no bairro de
Patamares, estes teriam abordado para averiguação um veículo Celta,
dirigido pelo Requerente, que estava na companhia do segundo
flagranteado, de nome Anderson Mercês Silva.

Durante tal abordagem, realizaram uma revista pessoal


nos dois suspeitos, não encontrando qualquer quantidade de droga ou
artefato criminoso nas vestes dos mesmo. Contudo, após revista ao
veículo, os Militares lograram êxito em localizar 03 (três) pequenas
embalagens de um pó branco, aparentando ser cocaína. Afirmaram
também, que no momento da abordagem, os jovens reconheceram que
eram usuários de drogas, e traziam a mesma para seu consumo pessoal.

Nesta toada, atendendo-se aos procedimentos de estilo,


apresentado relatório policial que concluía pelo indiciamento dos acusados Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

como incursos nas penas do artigo. 33 da Lei 11.343/06, encaminhado


que foi o relatório a esse juízo, abriu-se vista ao Ministério Público que,
por fim, achou por bem ofertar denúncia em desfavor dos acusados,
imputando-lhe a prática do crime supra mencionado.

Como cediço, o artigo 55, caput, determina que,


oferecida a denúncia, o juiz, antes de recebê-la, deverá, em 24 (vinte e
quatro) horas, determinar a citação do acusado para responder à acusação,
por escrito, em 10 (dez) dias, contado da data de juntada do mandato aos
autos ou da primeira publicação do edital de citação.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 2
fls. 62

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

Diversamente do que normalmente ocorre no


procedimento ordinário (artigos 394/405 e 498/502 do Código de
Processo Penal), essa defesa prévia deve abordar inclusive questões
preliminares ao exame do mérito da acusação, tais como as exceções
previstas no artigo 95 do Código de Processo Penal, que, com se sabe, tem
aplicação subsidiária.

Assim, tal defesa preliminar deve esgotar todos os

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
argumentos defensivos, já que, fazendo uso desse instrumento, o acusado
pode conseguir que seja rejeitada a denúncia. Também, conforme o § 1º,
do art. 38, poderão ser juntados documentos ou justificações, especificar
provas que pretende produzir e, será o momento para a apresentação do
rol e requerimento de oitiva de testemunhas, sob pena de preclusão.
Observe-se que nesse momento processual somente serão realizadas
diligências voltadas à formação da convicção do juízo no tocante ao
recebimento ou rejeição da denúncia.

DA PRELIMINAR DE INÉPCIA DA DENÚNCIA

Prima facie, cumpre, de logo, advertir que a presente


ação penal não deve prosseguir, uma vez clara e evidente a inépcia da
peça incoativa, decorrente da inobservância dos requisitos presentes no Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

art.41 do Código de Processo Penal. Ex positis:

“Art.41 – A denúncia ou queixa conterá a exposição do fato


criminoso, com todas as suas circunstâncias, a qualificação do
acusado ou esclarecimentos pelos quais se possa identificá-los, a
classificação do crime e, quando necessário, o rol das
testemunhas.”

A exigência de descrição do fato jurídico com todos os


seus elementos se traduz na perfeita exegese do garantismo

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 3
fls. 63

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

constitucional moderno, onde se evita peças acusatórias lacônicas ou


omissas, e se privilegia o direito fundamental indisponível da cidadania.

Por conta disso, o tipo subjetivo deve restar


caracterizado na narrativa da inicial, por expressa exigência legal, sendo
certo que a culpa, como elemento do injusto, deve estar evidenciada,
também, na denúncia, sob pena de inépcia.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
Isto porque, após a adoção da teoria finalista da ação, o
animus deve ser aferido no início da persecução penal!
Entretanto, contrariando todas as garantias conquistadas, a opinio delicti
limitou-se a narrar o fato da Polícia ter encontrado certa quantidade de
droga no veículo que o Acusado conduzia, sem, no entanto, descrever o
seu liame subjetivo.

Assim, a ausência de elementos que possibilitem a


caracterização do elemento subjetivo na peça incoativa, contraria o
disposto no art. 41 do CPP, que determina que a exordial de acusação
contenha a exposição do fato criminoso com todas as suas circunstâncias
possíveis.

Ora, é evidente que a intenção do agente constitui uma


das principais circunstâncias relacionadas com o fato delituoso.

A ação típica não pode prescindir da real intenção do


agente, pois o Código de Processo Penal exige que a denúncia tenha por Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

respaldo elementos concretos que tornem possível o exercício da defesa


plena do acusado, e, a sua inépcia demonstrada pela inequívoca
deficiência subjetiva, impede a compreensão e traz flagrante prejuízo a
sua defesa.

Nessa esteira, ao compulsar a denúncia, vislumbra-se,


data vênia, uma peça sintetizada, genérica, na qual a nobre Representante
do Parquet não cuidou de descrever se o Acusado tinha conhecimento que
carregava uma substância ilícita no veículo que transportava, bem como

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 4
fls. 64

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

não trouxe elementos para que se pudesse presumir que esta fosse
dedicada à comercialização

O que se nota, é que a digna Promotora de Justiça


imputou o delito ao Acusado, pelo fato deste ser o condutor do veículo no
momento que foi apreendido, haja vista que inexistem elementos na peça
inicial para que se possa justificar a ideia de que o Acusado se dedicasse
ao tráfico de drogas.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
Vejamos o aresto do Tribunal de Justiça do Estado da
Bahia a respeito da descrição do dever de cuidado a ser observado, como
elemento indispensável da exordial acusatória:

PROCESSUAL PENAL. AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL.


APROPRIAÇÃO INDÉBITA PREVIDENCIÁRIA. INÉPCIA DA DENÚNCIA.
NÃO DESCRIÇÃO DA EFETIVA PARTICIPAÇÃO DO PREFEITO NO
CRIME DENUNCIADO.

RESPONSABILIDADE PENAL OBJETIVA. AUSÊNCIA DE IMPUGNAÇÃO


DO FUNDAMENTO DO DECISUM AGRAVADO. SÚMULA 182/STJ.
AGRAVO NÃO CONHECIDO.

1. A falta de impugnação específica dos fundamentos utilizados na


decisão agravada atrai a incidência do Enunciado Sumular 182 desta
Corte Superior.

2. Ainda que assim não fosse, vale destacar que a peça vestibular

Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.


acusatória não descreveu, suficientemente, como teria ocorrido a
participação do denunciado no possível crime de apropriação
indébita previdenciária.

3. "O simples fato de o réu ser ex-Prefeito do Município não


autoriza a instauração de processo criminal por crimes praticados
durante seu mandato, se não restar comprovado, ainda que com
elementos a serem aprofundados no decorrer da ação penal, a
mínima relação de causa e efeito entre as imputações e a sua
condição de gestor da municipalidade, sob pena de se reconhecer a
responsabilidade penal objetiva" (HC 53.466/PB, Rel. Ministro
GILSON DIPP, Quinta Turma, DJ 22/05/2006) 4. Se a inicial
acusatória não descreve minimamente as condutas

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 5
fls. 65

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

delituosas supostamente praticadas, ela é considerada


inepta, pois impede o exercício da ampla defesa pelo
acusado, que deve se defender dos fatos narrados, ainda
que sucintamente, na exordial. 5. Agravo regimental não
conhecido. (AgRg no REsp 1166311/MG, Rel. Ministro JORGE MUSSI,
QUINTA TURMA, julgado em 15/03/2012, DJe 22/03/2012) (g.n.)

Logo, resta evidente que, in casu, como o Ministério


Público não cuidou de demonstrar de forma clara e individualizada a

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
suposta conduta perpetrada pelo Acusado, é manifesta a impossibilidade
de exercitar os princípios basilares do contraditório e da ampla defesa.

Diz a denúncia: “ Outrossim, a natureza, a quantidade e


a forma de acondicionamento das drogas, bem como as circunstâncias da
prisão em flagrante, comprovam que os entorpecentes apreendidos se
destinavam à atividade típica do comércio ilícito de substâncias
proscritas”.

Ora, digníssima excelência, como se defender da


imputação feita de forma tão ampla e genérica? Se o denunciado
entregaria a droga a consumo, deveríamos, no mínimo, saber a consumo
de quem, ou pelo menos, qual foi a conduta do denunciado que levou à
conclusão de tal acusação.

Ainda, resta cristalino que a quantidade e forma de

Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.


acondicionamento da parca quantidade de droga supostamente localizada
é totalmente compatível com a utilização do consumidor final, o usuário,
haja vista que inexiste qualquer referência concreta a existência de outros
elementos que pudessem alicerçar a hipótese de destinação da mesma à
mercancia.

Não podemos permitir que imputações genéricas


prosperem em nosso ordenamento processual, inviabilizando o direito que
o acusado tem de se defender amplamente.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 6
fls. 66

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

DA DESCLASSIFICAÇÃO DO DELITO – Uso de


Drogas Art. 28 da Lei 11.343/06.

Data máxima vênia Nobre Julgadora , conquanto


forçoso seja admitir que a prática do crime de tráfico de entorpecentes
seja a erva daninha da sociedade, posto que é um crime que desencadeia a

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
prática de vários outros, salutar chamar a vossa atenção, por outro lado,
para a banalização das prisões em flagrante sob tal imputação.

Imperioso esclarecer que sem dúvidas a novatio lege


tem se mostrado bastante eficaz no combate ao delito de traficância,
entretanto, a descriminalização da conduta do uso de substância
entorpecente promoveu uma desvirtuação do tipo epigrafado pelo art. 33
da mencionada lei (antigo art. 12 da Lei 6368/76)

Nos dias de hoje, fácil detectar casos e mais casos onde


usuários de droga tem sido presos como se traficantes fossem, situação
que ao invés de se mostrar eficaz no combate ao crime apenas abarrota o
judiciário e atrasa o trâmite de processos que de fato apuram os delitos
previstos pela lei 11.343/06.

No caso dos autos a situação é exatamente essa! Dos


fatos narrados não é possível afirmar-se que o intuito do acusado era
fazer a mercancia que lhe foi atribuída na denúncia, e conforme relatado Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

pelos policiais militares que efetuaram o flagrante, os mesmos teriam


afirmado que o entorpecente apreendido era destinado para consumo
próprio.

Diante de tal relato, fica clara e evidente que é


imperiosa a desclassificação do delito epigrafado pelo art. 33 da Lei
11.343/06 para o delito do art. 28 da Lei 11.343/06.

Até mesmo porque o trafico de drogas pressupõe outros


elementos que não se fizeram presentes no momento da abordagem do

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 7
fls. 67

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

acusado e da apreensão do veículo, tais quais, balança de precisão, papel


de embalar droga, grandes somas em dinheiro, armas e outros objetos
que redundariam na convicção de que ali havia tráfico de entorpecentes.

Ressalva-se que a maioria dos núcleos do crime de


trafico de drogas, atual art. 33 da Lei 11.343/06, confundem-se com os
do uso de drogas atual art. 28 da Lei 11.343/06, sendo imprescindível
para diferenciação dos tipos a confirmação da destinação da droga.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
In casu, não se pode ao menos presumir que a droga
apreendida seja destinada ao tráfico, mormente porque os demais
elementos que ensejariam tal entendimento não se fizeram presentes,
conforme alhures mencionado. E assim tem se posicionado os Tribunais
pátrios.

APELAÇÃO - ARTIGO 12, DA LEI 6.368/76 - INEXISTÊNCIA DE


PROVA CONCRETA SOBRE A PRÁTICA DO TRÁFICO -
DESCLASSIFICAÇÃO - POSSIBILIDADE. - Se nos autos não se colhe
nenhum elemento probatório concreto, que permita concluir, com
segurança, que o acusado trazia consigo a droga com o intuito
diverso do mero consumo próprio, a desclassificação do delito de
tráfico para uso é medida que se impõe. - Recurso conhecido e
parcialmente provido. (TJMG. Relator Des. Gudesteu Biber. Apelação
Criminal nº 00.206.656-1/00).

Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.


APELAÇÃO - TRÁFICO - ART. 33, "CAPUT", DA LEI 11.343/06 -
ABSOLVIÇÃO - POSSIBILIDADE. Deve o juízo condenatório ser
modificado quando não existir nos autos certeza da autoria quanto
ao tráfico de drogas. (TJMG. Relator Des. Vieira de Brito. Apelação
Criminal 1.0024.08.239883-5/001).

Por fim, demonstrados os fatos e o direito, espera-se a


desclassificação do delito do art. 33 da Lei 11.343/06 para o delito do art.
28 da Lei 11.343/06, como a seguir será o requerimento.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 8
fls. 68

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

DOS REQUERIMENTOS FINAIS

Ante o exposto, com supedâneo na tenacidade dos


argumentos REQUER seja REJEITADA A PRESENTE
ventilados,
DENÚNCIA em razão da sua manifesta inépcia , porquanto a mesma
esquivou-se de expor, de maneira precisa, objetiva e individualizada

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
QUALQUER participação do Acusado na suposta prática da infração penal,
o que lhe impediu de exercer sua ampla defesa e contraditório.

Ultrapassada a REQUER a
preliminar,
DESCLASSIFICAÇÃO do delito tipo penal descrito na denúncia para o
descrito no artigo 28 da Lei 11.343/06, sendo os autos remetidos ao
Juizado Criminal competente.

Caso seja recebida a peça vestibular acusatória in


totum,, demonstrar-se-á durante o transcurso da instrução criminal a
inocência do acusado. Com a presente defesa, apresenta-se o rol de
testemunhas, conforme artigo 55 § 1º da Lei.

Nestes termos,

Tudo como da mais lídima JUSTIÇA

Pede e Espera deferimento.


Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

Salvador (BA), 19 de Novembro de 2013.

ARI GUARISCO COSTA

OAB/BA 23.681

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 9
fls. 69

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

ROL DE TESTEMUNHAS

MARCELA LOPES DE JESUS

RUA JARDEL FILHO, NUMERO 136, SANTA CRUZ. SALVADOR/BAHIA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93AF1C.
JOSE SANTOS DE OLIVEIRA

AVENIDA ALIOMAR BALEEIRO, TRAVESSA TRÊS IRMÃOS, NUMERO 6E. PAU


DA LIMA. CEP 41245-020. SALVADOR/BAHIA

FLORENICE DE SOUZA

RUA TANIA PALMA, NUMERO 60, SANTA CRUZ. SALVADOR/BAHIA

MAURITA PINHEIRO SANTOS

RUA TANIA PALMA, NUMERO 157, SANTA CRUZ. SALVADOR/BAHIA

Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 10
fls. 70

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

DESPACHO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: 'Ministerio Publico do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e Anderson Mercês

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93BAEB.
I-Vistos, etc.

II- Juntem-se aos autos o mandado de notificação de ANDERSON


MERCÊS, expedido às fls. 56. Após, decorrido o prazo legal, certifique-se o oferecimento
de defesa preliminar pelo mesmo. Em caso negativo, intime-se a Defensoria Pública para
que o faça no prazo de dez dias.

III- Em atenção ao princípio do contraditório, dê-se vista ao


Ministério Público, para que se manifeste sobre o pedido de rejeição da denúncia, por
inépcia, bem como sobre o pleito de desclassificação do delito previsto no art. 33 da Lei
11.343/2006, para aquele previsto no art. 28 da mesma lei, formulados na defesa
preliminar de MILTON SILVA às fls. 60/69.

IV-I. Cumpra-se.

Salvador (BA), 29 de novembro de 2013.

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


Liz Rezende de Andrade
Juíza de Direito
fls. 71

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

EXMA. SRA. DRA. JUÍZA DE DIREITO DA 2ª VARA PRIVATIVA DE


TÓXICOS DA COMARCA DE SALVADOR-BA.

Processo nº 0367011-04.2013.8.05.0001

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

O firmatário que esta subscreve, advogado inscrito na


Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil/Seção Bahia, constituído
defensor de MILTON SILVA PINHEIRO, já qualificado nos autos
tombados em epígrafe, permite-se trazer a elevada consideração de V.
Exª, os relevantes motivos de fato e de direito que a seguir passa a expor,
apresentando, nesta oportunidade, DEFESA PRELIMINAR, com espeque
jurídico no artigo 55 da Lei antitóxico.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 1
fls. 72

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

EXPLANAÇÃO DOS FATOS E REQUERIMENTOS

Narra a Denúncia que na tarde do dia 27 de julho do


corrente ano foi o ora Requerente autuado em flagrante delito pela Digna
Autoridade Policial da 09º Delegacia de Polícia localizada do bairro da Boca
do Rio, nesta Capital, sob a acusação de ter praticado o delito previsto no

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
art. 33 da Lei 11.343/2006.

Em breves linhas, segundo a versão apontada pelos


prepostos da Polícia Militar, durante a realização de uma blitz no bairro de
Patamares, estes teriam abordado para averiguação um veículo Celta,
dirigido pelo Requerente, que estava na companhia do segundo
flagranteado, de nome Anderson Mercês Silva.

Durante tal abordagem, realizaram uma revista pessoal


nos dois suspeitos, não encontrando qualquer quantidade de droga ou
artefato criminoso nas vestes dos mesmo. Contudo, após revista ao
veículo, os Militares lograram êxito em localizar 03 (três) pequenas
embalagens de um pó branco, aparentando ser cocaína. Afirmaram
também, que no momento da abordagem, os jovens reconheceram que
eram usuários de drogas, e traziam a mesma para seu consumo pessoal.

Nesta toada, atendendo-se aos procedimentos de estilo,


apresentado relatório policial que concluía pelo indiciamento dos acusados Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

como incursos nas penas do artigo. 33 da Lei 11.343/06, encaminhado


que foi o relatório a esse juízo, abriu-se vista ao Ministério Público que,
por fim, achou por bem ofertar denúncia em desfavor dos acusados,
imputando-lhe a prática do crime supra mencionado.

Como cediço, o artigo 55, caput, determina que,


oferecida a denúncia, o juiz, antes de recebê-la, deverá, em 24 (vinte e
quatro) horas, determinar a citação do acusado para responder à acusação,
por escrito, em 10 (dez) dias, contado da data de juntada do mandato aos
autos ou da primeira publicação do edital de citação.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 2
fls. 73

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

Diversamente do que normalmente ocorre no


procedimento ordinário (artigos 394/405 e 498/502 do Código de
Processo Penal), essa defesa prévia deve abordar inclusive questões
preliminares ao exame do mérito da acusação, tais como as exceções
previstas no artigo 95 do Código de Processo Penal, que, com se sabe, tem
aplicação subsidiária.

Assim, tal defesa preliminar deve esgotar todos os

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
argumentos defensivos, já que, fazendo uso desse instrumento, o acusado
pode conseguir que seja rejeitada a denúncia. Também, conforme o § 1º,
do art. 38, poderão ser juntados documentos ou justificações, especificar
provas que pretende produzir e, será o momento para a apresentação do
rol e requerimento de oitiva de testemunhas, sob pena de preclusão.
Observe-se que nesse momento processual somente serão realizadas
diligências voltadas à formação da convicção do juízo no tocante ao
recebimento ou rejeição da denúncia.

DA PRELIMINAR DE INÉPCIA DA DENÚNCIA

Prima facie, cumpre, de logo, advertir que a presente


ação penal não deve prosseguir, uma vez clara e evidente a inépcia da
peça incoativa, decorrente da inobservância dos requisitos presentes no Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

art.41 do Código de Processo Penal. Ex positis:

“Art.41 – A denúncia ou queixa conterá a exposição do fato


criminoso, com todas as suas circunstâncias, a qualificação do
acusado ou esclarecimentos pelos quais se possa identificá-los, a
classificação do crime e, quando necessário, o rol das
testemunhas.”

A exigência de descrição do fato jurídico com todos os


seus elementos se traduz na perfeita exegese do garantismo

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 3
fls. 74

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

constitucional moderno, onde se evita peças acusatórias lacônicas ou


omissas, e se privilegia o direito fundamental indisponível da cidadania.

Por conta disso, o tipo subjetivo deve restar


caracterizado na narrativa da inicial, por expressa exigência legal, sendo
certo que a culpa, como elemento do injusto, deve estar evidenciada,
também, na denúncia, sob pena de inépcia.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
Isto porque, após a adoção da teoria finalista da ação, o
animus deve ser aferido no início da persecução penal!
Entretanto, contrariando todas as garantias conquistadas, a opinio delicti
limitou-se a narrar o fato da Polícia ter encontrado certa quantidade de
droga no veículo que o Acusado conduzia, sem, no entanto, descrever o
seu liame subjetivo.

Assim, a ausência de elementos que possibilitem a


caracterização do elemento subjetivo na peça incoativa, contraria o
disposto no art. 41 do CPP, que determina que a exordial de acusação
contenha a exposição do fato criminoso com todas as suas circunstâncias
possíveis.

Ora, é evidente que a intenção do agente constitui uma


das principais circunstâncias relacionadas com o fato delituoso.

A ação típica não pode prescindir da real intenção do


agente, pois o Código de Processo Penal exige que a denúncia tenha por Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

respaldo elementos concretos que tornem possível o exercício da defesa


plena do acusado, e, a sua inépcia demonstrada pela inequívoca
deficiência subjetiva, impede a compreensão e traz flagrante prejuízo a
sua defesa.

Nessa esteira, ao compulsar a denúncia, vislumbra-se,


data vênia, uma peça sintetizada, genérica, na qual a nobre Representante
do Parquet não cuidou de descrever se o Acusado tinha conhecimento que
carregava uma substância ilícita no veículo que transportava, bem como

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 4
fls. 75

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

não trouxe elementos para que se pudesse presumir que esta fosse
dedicada à comercialização

O que se nota, é que a digna Promotora de Justiça


imputou o delito ao Acusado, pelo fato deste ser o condutor do veículo no
momento que foi apreendido, haja vista que inexistem elementos na peça
inicial para que se possa justificar a ideia de que o Acusado se dedicasse
ao tráfico de drogas.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
Vejamos o aresto do Tribunal de Justiça do Estado da
Bahia a respeito da descrição do dever de cuidado a ser observado, como
elemento indispensável da exordial acusatória:

PROCESSUAL PENAL. AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL.


APROPRIAÇÃO INDÉBITA PREVIDENCIÁRIA. INÉPCIA DA DENÚNCIA.
NÃO DESCRIÇÃO DA EFETIVA PARTICIPAÇÃO DO PREFEITO NO
CRIME DENUNCIADO.

RESPONSABILIDADE PENAL OBJETIVA. AUSÊNCIA DE IMPUGNAÇÃO


DO FUNDAMENTO DO DECISUM AGRAVADO. SÚMULA 182/STJ.
AGRAVO NÃO CONHECIDO.

1. A falta de impugnação específica dos fundamentos utilizados na


decisão agravada atrai a incidência do Enunciado Sumular 182 desta
Corte Superior.

2. Ainda que assim não fosse, vale destacar que a peça vestibular

Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.


acusatória não descreveu, suficientemente, como teria ocorrido a
participação do denunciado no possível crime de apropriação
indébita previdenciária.

3. "O simples fato de o réu ser ex-Prefeito do Município não


autoriza a instauração de processo criminal por crimes praticados
durante seu mandato, se não restar comprovado, ainda que com
elementos a serem aprofundados no decorrer da ação penal, a
mínima relação de causa e efeito entre as imputações e a sua
condição de gestor da municipalidade, sob pena de se reconhecer a
responsabilidade penal objetiva" (HC 53.466/PB, Rel. Ministro
GILSON DIPP, Quinta Turma, DJ 22/05/2006) 4. Se a inicial
acusatória não descreve minimamente as condutas

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 5
fls. 76

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

delituosas supostamente praticadas, ela é considerada


inepta, pois impede o exercício da ampla defesa pelo
acusado, que deve se defender dos fatos narrados, ainda
que sucintamente, na exordial. 5. Agravo regimental não
conhecido. (AgRg no REsp 1166311/MG, Rel. Ministro JORGE MUSSI,
QUINTA TURMA, julgado em 15/03/2012, DJe 22/03/2012) (g.n.)

Logo, resta evidente que, in casu, como o Ministério


Público não cuidou de demonstrar de forma clara e individualizada a

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
suposta conduta perpetrada pelo Acusado, é manifesta a impossibilidade
de exercitar os princípios basilares do contraditório e da ampla defesa.

Diz a denúncia: “ Outrossim, a natureza, a quantidade e


a forma de acondicionamento das drogas, bem como as circunstâncias da
prisão em flagrante, comprovam que os entorpecentes apreendidos se
destinavam à atividade típica do comércio ilícito de substâncias
proscritas”.

Ora, digníssima excelência, como se defender da


imputação feita de forma tão ampla e genérica? Se o denunciado
entregaria a droga a consumo, deveríamos, no mínimo, saber a consumo
de quem, ou pelo menos, qual foi a conduta do denunciado que levou à
conclusão de tal acusação.

Ainda, resta cristalino que a quantidade e forma de

Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.


acondicionamento da parca quantidade de droga supostamente localizada
é totalmente compatível com a utilização do consumidor final, o usuário,
haja vista que inexiste qualquer referência concreta a existência de outros
elementos que pudessem alicerçar a hipótese de destinação da mesma à
mercancia.

Não podemos permitir que imputações genéricas


prosperem em nosso ordenamento processual, inviabilizando o direito que
o acusado tem de se defender amplamente.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 6
fls. 77

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

DA DESCLASSIFICAÇÃO DO DELITO – Uso de


Drogas Art. 28 da Lei 11.343/06.

Data máxima vênia Nobre Julgadora , conquanto


forçoso seja admitir que a prática do crime de tráfico de entorpecentes
seja a erva daninha da sociedade, posto que é um crime que desencadeia a

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
prática de vários outros, salutar chamar a vossa atenção, por outro lado,
para a banalização das prisões em flagrante sob tal imputação.

Imperioso esclarecer que sem dúvidas a novatio lege


tem se mostrado bastante eficaz no combate ao delito de traficância,
entretanto, a descriminalização da conduta do uso de substância
entorpecente promoveu uma desvirtuação do tipo epigrafado pelo art. 33
da mencionada lei (antigo art. 12 da Lei 6368/76)

Nos dias de hoje, fácil detectar casos e mais casos onde


usuários de droga tem sido presos como se traficantes fossem, situação
que ao invés de se mostrar eficaz no combate ao crime apenas abarrota o
judiciário e atrasa o trâmite de processos que de fato apuram os delitos
previstos pela lei 11.343/06.

No caso dos autos a situação é exatamente essa! Dos


fatos narrados não é possível afirmar-se que o intuito do acusado era
fazer a mercancia que lhe foi atribuída na denúncia, e conforme relatado Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

pelos policiais militares que efetuaram o flagrante, os mesmos teriam


afirmado que o entorpecente apreendido era destinado para consumo
próprio.

Diante de tal relato, fica clara e evidente que é


imperiosa a desclassificação do delito epigrafado pelo art. 33 da Lei
11.343/06 para o delito do art. 28 da Lei 11.343/06.

Até mesmo porque o trafico de drogas pressupõe outros


elementos que não se fizeram presentes no momento da abordagem do

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 7
fls. 78

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

acusado e da apreensão do veículo, tais quais, balança de precisão, papel


de embalar droga, grandes somas em dinheiro, armas e outros objetos
que redundariam na convicção de que ali havia tráfico de entorpecentes.

Ressalva-se que a maioria dos núcleos do crime de


trafico de drogas, atual art. 33 da Lei 11.343/06, confundem-se com os
do uso de drogas atual art. 28 da Lei 11.343/06, sendo imprescindível
para diferenciação dos tipos a confirmação da destinação da droga.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
In casu, não se pode ao menos presumir que a droga
apreendida seja destinada ao tráfico, mormente porque os demais
elementos que ensejariam tal entendimento não se fizeram presentes,
conforme alhures mencionado. E assim tem se posicionado os Tribunais
pátrios.

APELAÇÃO - ARTIGO 12, DA LEI 6.368/76 - INEXISTÊNCIA DE


PROVA CONCRETA SOBRE A PRÁTICA DO TRÁFICO -
DESCLASSIFICAÇÃO - POSSIBILIDADE. - Se nos autos não se colhe
nenhum elemento probatório concreto, que permita concluir, com
segurança, que o acusado trazia consigo a droga com o intuito
diverso do mero consumo próprio, a desclassificação do delito de
tráfico para uso é medida que se impõe. - Recurso conhecido e
parcialmente provido. (TJMG. Relator Des. Gudesteu Biber. Apelação
Criminal nº 00.206.656-1/00).

Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.


APELAÇÃO - TRÁFICO - ART. 33, "CAPUT", DA LEI 11.343/06 -
ABSOLVIÇÃO - POSSIBILIDADE. Deve o juízo condenatório ser
modificado quando não existir nos autos certeza da autoria quanto
ao tráfico de drogas. (TJMG. Relator Des. Vieira de Brito. Apelação
Criminal 1.0024.08.239883-5/001).

Por fim, demonstrados os fatos e o direito, espera-se a


desclassificação do delito do art. 33 da Lei 11.343/06 para o delito do art.
28 da Lei 11.343/06, como a seguir será o requerimento.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 8
fls. 79

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

DOS REQUERIMENTOS FINAIS

Ante o exposto, com supedâneo na tenacidade dos


argumentos REQUER seja REJEITADA A PRESENTE
ventilados,
DENÚNCIA em razão da sua manifesta inépcia , porquanto a mesma
esquivou-se de expor, de maneira precisa, objetiva e individualizada

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
QUALQUER participação do Acusado na suposta prática da infração penal,
o que lhe impediu de exercer sua ampla defesa e contraditório.

Ultrapassada a REQUER a
preliminar,
DESCLASSIFICAÇÃO do delito tipo penal descrito na denúncia para o
descrito no artigo 28 da Lei 11.343/06, sendo os autos remetidos ao
Juizado Criminal competente.

Caso seja recebida a peça vestibular acusatória in


totum,, demonstrar-se-á durante o transcurso da instrução criminal a
inocência do acusado. Com a presente defesa, apresenta-se o rol de
testemunhas, conforme artigo 55 § 1º da Lei.

Nestes termos,

Tudo como da mais lídima JUSTIÇA

Pede e Espera deferimento.


Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

Salvador (BA), 19 de Novembro de 2013.

ARI GUARISCO COSTA

OAB/BA 23.681

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 9
fls. 80

!"#$%&'"#()*
Advocacia & Assessoria Jurídica

ROL DE TESTEMUNHAS

MARCELA LOPES DE JESUS

RUA JARDEL FILHO, NUMERO 136, SANTA CRUZ. SALVADOR/BAHIA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93FCC9.
JOSE SANTOS DE OLIVEIRA

AVENIDA ALIOMAR BALEEIRO, TRAVESSA TRÊS IRMÃOS, NUMERO 6E. PAU


DA LIMA. CEP 41245-020. SALVADOR/BAHIA

FLORENICE DE SOUZA

RUA TANIA PALMA, NUMERO 60, SANTA CRUZ. SALVADOR/BAHIA

MAURITA PINHEIRO SANTOS

RUA TANIA PALMA, NUMERO 157, SANTA CRUZ. SALVADOR/BAHIA

Este documento foi assinado digitalmente por ARI GUARISCO COSTA.

Av. Oceânica, 3765, sala 301, Ondina. Salvador-Ba. CEP 41.950.000


Tel: 71 8199-7589 ariguarisco@hotmail.com 10
fls. 81

Este documento foi assinado digitalmente por Maria de Sao Pedro Rocha Lopes. Protocolado em 22/11/2013 às 11:46:54.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93E30D.
fls. 82

Este documento foi assinado digitalmente por Maria de Sao Pedro Rocha Lopes. Protocolado em 22/11/2013 às 11:46:54.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 93E30D.
fls. 83

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 02/12/2013 14:19


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE PUBLICAÇÃO DE RELAÇÃO

Certifico e dou fé que o ato abaixo, constante da relação nº 0686/2013, foi disponibilizado no
Diário da Justiça Eletrônico em 29/11/2013. Considera-se data da publicação, o primeiro dia útil
subseqüente à data acima mencionada. O prazo terá início em 03/12/2013, conforme disposto no
Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça.

Advogado Prazo em dia Término do prazo

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 94D412.
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA)

Teor do ato: "I-Vistos, etc. II- Juntem-se aos autos o mandado de notificação de ANDERSON
MERCÊS, expedido às fls. 56. Após, decorrido o prazo legal, certifique-se o oferecimento de defesa
preliminar pelo mesmo. Em caso negativo, intime-se a Defensoria Pública para que o faça no prazo
de dez dias. III- Em atenção ao princípio do contraditório, dê-se vista ao Ministério Público, para que
se manifeste sobre o pedido de rejeição da denúncia, por inépcia, bem como sobre o pleito de
desclassificação do delito previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006, para aquele previsto no art. 28 da
mesma lei, formulados na defesa preliminar de MILTON SILVA às fls. 60/69. IV-I. Cumpra-se.
Salvador (BA), 29 de novembro de 2013. Liz Rezende de Andrade Juíza de Direito"

Do que dou fé.


Salvador, 2 de dezembro de 2013.

Este documento foi assinado digitalmente por ESMERALDINO MARCELINO DE ARAUJO.


Escrivã(o) Judicial
fls. 84

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 02/12/2013 14:25


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE REMESSA DE RELAÇÃO

Certifico que o ato abaixo consta da relação nº 0686/2013, encaminhada para publicação.

Advogado Forma
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) D.J

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 94D5B3.
Teor do ato: "I-Vistos, etc. II- Juntem-se aos autos o mandado de notificação de ANDERSON
MERCÊS, expedido às fls. 56. Após, decorrido o prazo legal, certifique-se o oferecimento de defesa
preliminar pelo mesmo. Em caso negativo, intime-se a Defensoria Pública para que o faça no prazo
de dez dias. III- Em atenção ao princípio do contraditório, dê-se vista ao Ministério Público, para que
se manifeste sobre o pedido de rejeição da denúncia, por inépcia, bem como sobre o pleito de
desclassificação do delito previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006, para aquele previsto no art. 28 da
mesma lei, formulados na defesa preliminar de MILTON SILVA às fls. 60/69. IV-I. Cumpra-se.
Salvador (BA), 29 de novembro de 2013. Liz Rezende de Andrade Juíza de Direito"

Do que dou fé.


Salvador, 2 de dezembro de 2013.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por ESMERALDINO MARCELINO DE ARAUJO.


fls. 85

Este documento foi assinado digitalmente por Claudinei Pereira Lima. Protocolado em 16/12/2013 às 11:30:53.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 9BEDA0.
fls. 86

Este documento foi assinado digitalmente por Claudinei Pereira Lima. Protocolado em 16/12/2013 às 11:30:53.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 9BEDA7.
fls. 87

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 96F20A.
fls. 88

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO DE ATO ORDINATÓRIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 9C5100.
Em cumprimento ao disposto no Provimento Nº CGJ –
10/2008-GSEC, faço vista dos autos ao Ministério Público.

Salvador, 17 de dezembro de 2013

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
fls. 89

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO DE REMESSA DA INTIMAÇÃO PARA O PORTAL


ELETRÔNICO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 9C7376.
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Nome da Parte Terceira Selecionada << Nenhuma informação disponível >>Ministério Público do Estado da BahiaAnderson Merces da Silva e Milton Silva PinheiroMinistério
Público do Estado da Bahia
Ministério Público do Estado da Bahia0395775-97.2013.8.05.0001ARI GUARISCO COSTANome do Advogado da Parte Passiva Principal << Nenhuma informação
disponível >>Nome do Advogado da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível >>Nome da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível
>>Nome do Representante Legal Selecionado << Nenhuma informação disponível >>

CERTIFICA-SE, que em 17/12/2013 o ato abaixo foi


encaminhado para intimação no portal eletrônico.

Teor do ato: Intimação do MP - Via Portal

Salvador (BA), 17 de dezembro de 2013.

Este documento foi assinado digitalmente por tjba.jus.br.


fls. 90

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 9FCBD1.
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Nome da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível >>Ministério Público do Estado
da BahiaAnderson Merces da Silva e Milton Silva PinheiroARI GUARISCO COSTANome do
Advogado da Parte Passiva Principal << Nenhuma informação disponível >>Nome do Advogado da
Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível >>Ministério Público do Estado da Bahia

CERTIFICA-SE que, em 27/12/2013 10:56:56, transcorreu o


prazo de leitura no portal eletrônico, do ato abaixo, tendo iniciado o prazo em data
30/12/2013 13:50:44 com previsão de encerramento em 03/01/2014 13:50:44.

Autor:Ministério Público do Estado da Bahia

Teor do ato: Intimação do MP - Via Portal

Salvador (BA), 27 de dezembro de 2013.

Este documento foi assinado digitalmente por tjba.jus.br.

Endereço: Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-
BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br
fls. 91

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 9CBDDD.
fls. 92

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 9CBDDD.
fls. 93

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

ATO ORDINATÓRIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: 'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A20419.
Conforme provimento 10/2008, da Corregedoria Geral de
Justiça, pratiquei o ato processual abaixo:

Tendo em vista o despacho de fls. 70 vistas ao Ministério Público.

Salvador, 08 de janeiro de 2014

Livia Renata Ferraz Silva


Subescrivã Designada da 2ª Vara de Tóxicos

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
fls. 94

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO DE REMESSA DA INTIMAÇÃO PARA O PORTAL


ELETRÔNICO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: 'Ministério Público do Estado da Bahia

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A20672.
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Nome da Parte Terceira Selecionada << Nenhuma informação disponível >>'Ministério Público do Estado da BahiaAnderson Merces da Silva e Milton Silva
Pinheiro'Ministério Público do Estado da Bahia
'Ministério Público do Estado da Bahia0395775-97.2013.8.05.0001ARI GUARISCO COSTANome do Advogado da Parte Passiva Principal << Nenhuma informação
disponível >>Nome do Advogado da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível >>Nome da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível
>>Nome do Representante Legal Selecionado << Nenhuma informação disponível >>

CERTIFICA-SE, que em 08/01/2014 o ato abaixo foi


encaminhado para intimação no portal eletrônico.

Teor do ato: TODOS - Vistas ao Ministério Público

Salvador (BA), 08 de janeiro de 2014.

Este documento foi assinado digitalmente por tjba.jus.br.


fls. 95

ESTADO DO BAHIA
PODER JUDICIÁRIO

CIÊNCIA DA INTIMAÇÃO

Autos nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Foro: Salvador

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A33603.
Declaramos ciência nesta data, através do acesso ao portal eletrônico, do teor do
ato transcrito abaixo.

Data da intimação: 10/01/2014 14:44


Prazo: 5 dias
Intimado: Ministério Público do Estado da Bahia
Teor do Ato: TODOS - Vistas ao Ministério Público

Salvador, 10 de Janeiro de 2014

Este documento foi assinado digitalmente por Leila Adriana Vieira Seijo de Figueiredo.
fls. 96

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA


PRIVATIVA DE TÓXICOS E ENTORPECENTES DA COMARCA DE
SALVADOR - ESTADO DA BAHIA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A310F8.
O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA, autor da
ação penal tombada sob o número 0395775-97.2013.8.05.0001, pela

Este documento foi assinado digitalmente por Leila Adriana Vieira Seijo de Figueiredo. Protocolado em 10/01/2014 às 14:44:01.
Promotora de Justiça que subscreve a presente peça processual, vem
MANIFESTAR-SE acerca da DEFESA PRELIMINAR do denunciado
MILTON SILVA PINHEIRO, constante das fls. 60/69, tal como
determinado no despacho de fl. 70, como faz a seguir.

Na defesa preliminar aludida, aduz o inculpado, em síntese, ser o


caso de desclassificação do crime previsto no artigo 33 para quele
traçado no artigo 28, todos da Lei 11.343/2006.

Como se demonstrará, a seguir, tais argumentos merecem ser


rejeitados, em sua totalidade, com o consequente recebimento da
denúncia oferecida.

Tal como se observa da denúncia e do inquérito policial, em 27 de


julho de 2013, por volta das 15:30, na Avenida Pinto de Aguiar, sentido
Orla, após informe de populares sobre suas atitudes suspeitas,
localização e vestimentas, foi o Inculpado MILTON, juntamente com o
co-indiciado ANDERSON, presos, a bordo de um veículo celta, após
tentativa de fuga, sendo encontrada vinte e nove vírgula vinte e cinco
gramas de cocaína, embaixo do banco do motorista. Ademais, apurou-se
que o inculpado ANDERSON já respondia por semelhante imputação.

Assim, ao ler a peça inicial com atenção esperada, atém-se


claramente que a conduta imputada aos “réus” está, devidamente,
descrita.

De ver-se que o artigo 33 da Lei 11.343/06 dispõe sobre múltiplas


posturas que, cometidas, ensejarão o crime ali descrito. Dentre elas, a
posse e guarda. Condutas estas que, sim, têm o condão de ser
cometidas sem maiores complexidade.
fls. 97

Desse modo, descabe qualquer assertiva quanto ao mérito da


causa, neste momento, posto que as evidências arregimentadas
admitem a conclusão pela acusação narrada na inicial.

O feito deve ser instruído nos seus ulteriores termos, o que


novamente ora se requer, com fulcro no art. 55 e seguintes da Lei
n°11.346/3006.

Quanto à liberdade provisória e/ou revogação da preventiva, opina


o MP, no momento, pelo indeferimento do pedido tendo em vista que:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A310F8.
O flagrante é regular e deu-se na hipótese de que trata o artigo
302, I, do CPP, posto que os flagranteados praticavam conduta entre as
descritas nos artigos 33 da Lei 11343/06, na modalidade "guardar"
substâncias entorpecentes.

Este documento foi assinado digitalmente por Leila Adriana Vieira Seijo de Figueiredo. Protocolado em 10/01/2014 às 14:44:01.
Além disso, foram observadas todas as prescrições legais referen-
tes à regularidade do APF, inexistindo qualquer vício formal ou material
que implique na ilegalidade da prisão levada a efeito pela polícia.

In casu, os custodiados, inicialmente, encontravam-se com suas


liberdades cerceadas, em virtude da prisão em flagrante, tendo tal
prisão sido efetuada em estrita observância aos ditames legais e de
acordo com os preceitos jurídico-constitucionais pertinentes.

Foi necessária a sua manutenção, objetivando tutelar os fins do


processo de cognição, apesar de constituir-se num mal indispensável.

Válido ressaltar que a prisão provisória não ofende o princípio


constitucional do estado de inocência, conforme já decidido pelo
Superior Tribunal de Justiça (Súmula nº. 9) e pelo Supremo Tribunal
Federal. Em seguida, este Juízo, em decisão fundamentada, decretou
sua prisão preventiva para resguardar a ordem pública.

O Suplicante foi denunciado nos termos do art.33 da lei


Antidrogas. O feito encontra-se em tramite legal.

A jurisprudência pátria assim se posiciona:

RHC – PROCESSUAL PENAL – PRISÃO PREVENTIVA – ORDEM PÚBLICA - EVIDENCIADOS


INDÍCIOS DE AUTORIA, JUSTIFICA-SE A PRISÃO PREVENTIVA, COM ESTEIO NA CIRCUNSTÂNCIA
ORDEM PÚBLICA QUANDO A CONDUTA DO DENUNCIADO EVIDENCIA QUEBRA DO MÁXIMO DE
TOLERÂNCIA NO CONVÍVIO SOCIAL. IMPÕE-SE, PELA VILANIA DO COMPORTAMENTO, IMEDIATA
E EFICAZ REAÇÃO DO DIREITO. (STJ – RHC 5018/SP, Rel. Min. Luiz Vicente Cernicchiaro , DJ em
06/05/1996, p. 14476)
fls. 98

Portanto, subsistem razões que recomendam a persistência da


prisão cautelar, seja pela presença dos indícios de autoria e
materialidade, seja pela necessidade da prisão cautelar para resguardo
da ordem pública, seja pelas circunstâncias em que o requerente foi
preso.

Diante das considerações fáticas e jurídicas acima expostas, e, em


atenção aos dispositivos legais aplicáveis à espécie, manifestamo-nos
pelo indeferimento dos pedidos referentes à revogação da prisão caute-
lar, mantendo-se o inculpado preso provisoriamente e pelo prossegui-

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A310F8.
mento de feito, nos termos da Lei Antidrogas.

Ao longo da instrução processual, podem restar evidenciadas

Este documento foi assinado digitalmente por Leila Adriana Vieira Seijo de Figueiredo. Protocolado em 10/01/2014 às 14:44:01.
maiores circunstâncias relacionadas à prisão em flagrante dos
denunciados.

Isso posto está devidamente tipificada a conduta dos inculpados,


coadunando com o Art.33 da Lei 11.343/2006 consubstanciando tráfico
ilícito de substâncias entorpecentes.

Diante do quadro que se formou até o presente momento, resta


plenamente justificada e legitimada a prisão provisória do requerente,
motivo pelo qual se manifesta o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA
BAHIA, pela Promotora de Justiça signatária, pelo manutenção do
encarceramento provisório dos inculpados e, ademais, afastadas todas
as alegações constantes da defesa preliminar do denunciado, requer o
Parquet que seja recebida a denúncia oferecida, em todos os seus
termos, e que, ao final, seja julgada procedente a exordial acusatória,
em sua totalidade, com a condenação do indigitado, na forma da lei,
com o posterior lançamento dos nomes dos réus no rol de culpados.

P. Deferimento.
Salvador (BA), 10 de janeiro de 2014.

LEILA ADRIANA VIEIRA SEIJO DE FIGUEIREDO


Promotora de Justiça
Titular da 7ª Promotoria de Justiça de Assistência
(Designada pela Portaria 264/2012 para atuação perante a
2a. Vara Privativa de Tóxicos e Entorpecentes, DPJ de 18/10/2012)
fls. 99

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

DECISÃO INTERLOCUTÓRIA

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

i. Vistos, etc.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A6287D.
ii. MILTON SILVA PINHEIRO e ANDERSON MERCÊS SILVA foram
denunciados pelo Ministério Público como incurso nas sanções penais
sediadas no artigo 33 da Lei 11.343/2006.
iii. Às fls. 71/80, por intermédio de advogado constituído, MILTON
ofereceu sua defesa, aduzindo preliminar de inépcia da denúncia.
Ademais, requereu a desclassificação do delito previsto no art. 33
da Lei 11.343/2006, para aquele tipificado no art. 28 do mesmo
diploma legal.
iv. ANDERSON, por sua vez, apresentou sua defesa às fls. 85, através de
advogado constituído, não argüindo nenhuma preliminar.
v. Instado a se manifestar, o Ministério Público opinou pela rejeição da
preliminar arguída, e pelo recebimento integral da denúncia,
conforme parecer lançado às fls. 96/98.
vi. Passo a exercer o juízo de admissibilidade. Entendo que é incabível
o acolhimento da tese que objetiva a rejeição da peça acusatória,

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


por inépcia, posto que a mesma narra e individualiza a conduta, em
tese, criminosa imputada aos denunciados, descrevendo claramente
o fato imputado com todas as suas circunstâncias, atendendo, pois,
aos requisitos do artigo 41 do CPP.
vii.Em relação ao pleito de desclassificação, não é viável o acolhimento
da tese defensiva, que objetiva a rejeição de denúncia, vez que
não estão evidenciados, prima facie, os elementos do artigo 28 da
Lei 11343/06, como quer a defesa do réu MILTON, máxime
considerando as circunstâncias da prisão e, sobretudo, a quantidade
de cocaína apreendida (25,95 g). Desta forma, encontra-se a
conduta do réu subsumida, em tese, ao núcleo do tipo do artigo 33 –
trazer consigo/transportar/ter depósito drogas, razão pela qual
deve ser objeto de apuração durante a instrução criminal.
1
fls. 100

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

viii. Destarte, refuto a preliminar suscitada e recebo a denúncia, em


todos os seus termos, vez que presentes os requisitos do artigo 41
do CPP, não se vislumbrando nenhuma das hipóteses de que tratam
os artigos 395 (rejeição da denúncia) e 397 (absolvição sumária) do
mesmo diploma legal.
ix. Citem-se os réus, para que compareçam à audiência de instrução e
julgamento, a qual designo para o dia 02/06/2014, às 14:00 hs,
oportunidade em que serão qualificados e interrogados, por falta de
pauta para data precedente. Intimações e requisições necessárias

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A6287D.
para a realização válida do ato processual.
x. Intimem-se os subscritores das petições de fls. 71/80 e 85, Dr. Ari
Guarisco Costa, OAB/BA 23.681, e Dr. Jose Henrique Abbade dos
Reis, OAB/BA 35.136, respectivamente, para que juntem aos autos,
no prazo de 10 dias, instrumento de mandato que os habilitem a
representar os denunciados.
xi. Laudo pericial toxicológico, fls. 87. Juntem-se antecedentes
atualizados.
xii. I. Cumpra-se.

Salvador(BA),20 de janeiro de 2014.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.

2
fls. 101

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 23/01/2014 13:24


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE PUBLICAÇÃO DE RELAÇÃO

Certifico e dou fé que o ato abaixo, constante da relação nº 0046/2014, foi disponibilizado no
Diário da Justiça Eletrônico em 21/01/2014. Considera-se data da publicação, o primeiro dia útil
subseqüente à data acima mencionada. O prazo terá início em 23/01/2014, conforme disposto no
Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça.

Advogado Prazo em dia Término do prazo

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A8CBC5.
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA)

Teor do ato: "DECISÃO INTERLOCUTÓRIA Processo nº:0395775-97.2013.8.05.0001 Classe


Assunto:Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e Condutas Afins Autor:Ministério
Público do Estado da Bahia Réu:Milton Silva Pinheiro e outro Vistos, etc. MILTON SILVA PINHEIRO
e ANDERSON MERCÊS SILVA foram denunciados pelo Ministério Público como incurso nas
sanções penais sediadas no artigo 33 da Lei 11.343/2006. Às fls. 71/80, por intermédio de advogado
constituído, MILTON ofereceu sua defesa, aduzindo preliminar de inépcia da denúncia. Ademais,
requereu a desclassificação do delito previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006, para aquele tipificado
no art. 28 do mesmo diploma legal. ANDERSON, por sua vez, apresentou sua defesa às fls. 85,
através de advogado constituído, não argüindo nenhuma preliminar. Instado a se manifestar, o
Ministério Público opinou pela rejeição da preliminar arguída, e pelo recebimento integral da
denúncia, conforme parecer lançado às fls. 96/98. Passo a exercer o juízo de admissibilidade.
Entendo que é incabível o acolhimento da tese que objetiva a rejeição da peça acusatória, por
inépcia, posto que a mesma narra e individualiza a conduta, em tese, criminosa imputada aos
denunciados, descrevendo claramente o fato imputado com todas as suas circunstâncias,
atendendo, pois, aos requisitos do artigo 41 do CPP. Em relação ao pleito de desclassificação, não é
viável o acolhimento da tese defensiva, que objetiva a rejeição de denúncia, vez que não estão
evidenciados, prima facie, os elementos do artigo 28 da Lei 11343/06, como quer a defesa do réu
MILTON, máxime considerando as circunstâncias da prisão e, sobretudo, a quantidade de cocaína
apreendida (25,95 g). Desta forma, encontra-se a conduta do réu subsumida, em tese, ao núcleo do
tipo do artigo 33 - trazer consigo/transportar/ter depósito drogas, razão pela qual deve ser objeto de

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
apuração durante a instrução criminal. Destarte, refuto a preliminar suscitada e recebo a denúncia,
em todos os seus termos, vez que presentes os requisitos do artigo 41 do CPP, não se
vislumbrando nenhuma das hipóteses de que tratam os artigos 395 (rejeição da denúncia) e 397
(absolvição sumária) do mesmo diploma legal. Citem-se os réus, para que compareçam à audiência
de instrução e julgamento, a qual designo para o dia 02/06/2014, às 14:00 hs, oportunidade em que
serão qualificados e interrogados, por falta de pauta para data precedente. Intimações e requisições
necessárias para a realização válida do ato processual. Intimem-se os subscritores das petições de
fls. 71/80 e 85, Dr. Ari Guarisco Costa, OAB/BA 23.681, e Dr. Jose Henrique Abbade dos Reis,
OAB/BA 35.136, respectivamente, para que juntem aos autos, no prazo de 10 dias, instrumento de
mandato que os habilitem a representar os denunciados. Laudo pericial toxicológico, fls. 87.
Juntem-se antecedentes atualizados. I. Cumpra-se. Salvador(BA),20 de janeiro de 2014. Liz
Rezende de Andrade Juíza de Direito"

Do que dou fé.


Salvador, 23 de janeiro de 2014.
Escrivã(o) Judicial
TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR
Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001
Página: 2
Emitido em: 23/01/2014 13:24

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
fls. 102

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A8CBC5.
fls. 103

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 23/01/2014 13:29


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE REMESSA DE RELAÇÃO

Certifico que o ato abaixo consta da relação nº 0046/2014, encaminhada para publicação.

Advogado Forma
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) D.J

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código A8CCC7.
Teor do ato: "DECISÃO INTERLOCUTÓRIA Processo nº:0395775-97.2013.8.05.0001 Classe
Assunto:Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e Condutas Afins Autor:Ministério
Público do Estado da Bahia Réu:Milton Silva Pinheiro e outro Vistos, etc. MILTON SILVA PINHEIRO
e ANDERSON MERCÊS SILVA foram denunciados pelo Ministério Público como incurso nas
sanções penais sediadas no artigo 33 da Lei 11.343/2006. Às fls. 71/80, por intermédio de advogado
constituído, MILTON ofereceu sua defesa, aduzindo preliminar de inépcia da denúncia. Ademais,
requereu a desclassificação do delito previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006, para aquele tipificado
no art. 28 do mesmo diploma legal. ANDERSON, por sua vez, apresentou sua defesa às fls. 85,
através de advogado constituído, não argüindo nenhuma preliminar. Instado a se manifestar, o
Ministério Público opinou pela rejeição da preliminar arguída, e pelo recebimento integral da
denúncia, conforme parecer lançado às fls. 96/98. Passo a exercer o juízo de admissibilidade.
Entendo que é incabível o acolhimento da tese que objetiva a rejeição da peça acusatória, por
inépcia, posto que a mesma narra e individualiza a conduta, em tese, criminosa imputada aos
denunciados, descrevendo claramente o fato imputado com todas as suas circunstâncias,
atendendo, pois, aos requisitos do artigo 41 do CPP. Em relação ao pleito de desclassificação, não é
viável o acolhimento da tese defensiva, que objetiva a rejeição de denúncia, vez que não estão
evidenciados, prima facie, os elementos do artigo 28 da Lei 11343/06, como quer a defesa do réu
MILTON, máxime considerando as circunstâncias da prisão e, sobretudo, a quantidade de cocaína
apreendida (25,95 g). Desta forma, encontra-se a conduta do réu subsumida, em tese, ao núcleo do
tipo do artigo 33 - trazer consigo/transportar/ter depósito drogas, razão pela qual deve ser objeto de
apuração durante a instrução criminal. Destarte, refuto a preliminar suscitada e recebo a denúncia,
em todos os seus termos, vez que presentes os requisitos do artigo 41 do CPP, não se
vislumbrando nenhuma das hipóteses de que tratam os artigos 395 (rejeição da denúncia) e 397

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
(absolvição sumária) do mesmo diploma legal. Citem-se os réus, para que compareçam à audiência
de instrução e julgamento, a qual designo para o dia 02/06/2014, às 14:00 hs, oportunidade em que
serão qualificados e interrogados, por falta de pauta para data precedente. Intimações e requisições
necessárias para a realização válida do ato processual. Intimem-se os subscritores das petições de
fls. 71/80 e 85, Dr. Ari Guarisco Costa, OAB/BA 23.681, e Dr. Jose Henrique Abbade dos Reis,
OAB/BA 35.136, respectivamente, para que juntem aos autos, no prazo de 10 dias, instrumento de
mandato que os habilitem a representar os denunciados. Laudo pericial toxicológico, fls. 87.
Juntem-se antecedentes atualizados. I. Cumpra-se. Salvador(BA),20 de janeiro de 2014. Liz
Rezende de Andrade Juíza de Direito"

Do que dou fé.


Salvador, 23 de janeiro de 2014.

Escrivã(o) Judicial
fls. 104

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO DE REMESSA DA INTIMAÇÃO PARA O PORTAL


ELETRÔNICO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código ABFA39.
Autor: ''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Nome da Parte Terceira Selecionada << Nenhuma informação disponível >>''Ministério Público do Estado da BahiaAnderson Merces da Silva e Milton Silva
Pinheiro''Ministério Público do Estado da Bahia
''Ministério Público do Estado da Bahia0395775-97.2013.8.05.0001ARI GUARISCO COSTANome do Advogado da Parte Passiva Principal << Nenhuma informação
disponível >>Nome do Advogado da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível >>Nome da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível
>>Nome do Representante Legal Selecionado << Nenhuma informação disponível >>

CERTIFICA-SE, que em 30/01/2014 o ato abaixo foi


encaminhado para intimação no portal eletrônico.

Teor do ato: DECISÃO INTERLOCUTÓRIA Processo


nº:0395775-97.2013.8.05.0001 Classe Assunto:Ação Penal - Procedimento
Ordinário - Tráfico de Drogas e Condutas Afins Autor:Ministério Público do Estado da
Bahia Réu:Milton Silva Pinheiro e outro Vistos, etc. MILTON SILVA PINHEIRO e
ANDERSON MERCÊS SILVA foram denunciados pelo Ministério Público como incurso
nas sanções penais sediadas no artigo 33 da Lei 11.343/2006. Às fls. 71/80, por
intermédio de advogado constituído, MILTON ofereceu sua defesa, aduzindo
preliminar de inépcia da denúncia. Ademais, requereu a desclassificação do delito
previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006, para aquele tipificado no art. 28 do mesmo
diploma legal. ANDERSON, por sua vez, apresentou sua defesa às fls. 85, através
de advogado constituído, não argüindo nenhuma preliminar. Instado a se
manifestar, o Ministério Público opinou pela rejeição da preliminar arguída, e pelo
recebimento integral da denúncia, conforme parecer lançado às fls. 96/98. Passo a
exercer o juízo de admissibilidade. Entendo que é incabível o acolhimento da tese
que objetiva a rejeição da peça acusatória, por inépcia, posto que a mesma narra e
individualiza a conduta, em tese, criminosa imputada aos denunciados, descrevendo
claramente o fato imputado com todas as suas circunstâncias, atendendo, pois, aos

Este documento foi assinado digitalmente por tjba.jus.br.


requisitos do artigo 41 do CPP. Em relação ao pleito de desclassificação, não é
viável o acolhimento da tese defensiva, que objetiva a rejeição de denúncia, vez
que não estão evidenciados, prima facie, os elementos do artigo 28 da Lei
11343/06, como quer a defesa do réu MILTON, máxime considerando as
circunstâncias da prisão e, sobretudo, a quantidade de cocaína apreendida (25,95
g). Desta forma, encontra-se a conduta do réu subsumida, em tese, ao núcleo do
tipo do artigo 33 - trazer consigo/transportar/ter depósito drogas, razão pela qual
deve ser objeto de apuração durante a instrução criminal. Destarte, refuto a
preliminar suscitada e recebo a denúncia, em todos os seus termos, vez que
presentes os requisitos do artigo 41 do CPP, não se vislumbrando nenhuma das
hipóteses de que tratam os artigos 395 (rejeição da denúncia) e 397 (absolvição
sumária) do mesmo diploma legal. Citem-se os réus, para que compareçam à
fls. 105

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

audiência de instrução e julgamento, a qual designo para o dia 02/06/2014, às


14:00 hs, oportunidade em que serão qualificados e interrogados, por falta de
pauta para data precedente. Intimações e requisições necessárias para a realização
válida do ato processual. Intimem-se os subscritores das petições de fls. 71/80 e
85, Dr. Ari Guarisco Costa, OAB/BA 23.681, e Dr. Jose Henrique Abbade dos Reis,
OAB/BA 35.136, respectivamente, para que juntem aos autos, no prazo de 10 dias,
instrumento de mandato que os habilitem a representar os denunciados. Laudo
pericial toxicológico, fls. 87. Juntem-se antecedentes atualizados. I. Cumpra-se.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código ABFA39.
Salvador(BA),20 de janeiro de 2014. Liz Rezende de Andrade Juíza de Direito

Salvador (BA), 30 de janeiro de 2014.

Este documento foi assinado digitalmente por tjba.jus.br.


fls. 106

ESTADO DO BAHIA
PODER JUDICIÁRIO

CIÊNCIA DA INTIMAÇÃO

Autos nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Foro: Salvador

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código ACBC06.
Declaramos ciência nesta data, através do acesso ao portal eletrônico, do teor do
ato transcrito abaixo.

Data da intimação: 31/01/2014 12:35


Prazo: 5 dias
Intimado: Ministério Público do Estado da Bahia
Teor do Ato: DECISÃO INTERLOCUTÓRIA Processo nº:0395775-
97.2013.8.05.0001 Classe Assunto:Ação Penal - Procedimento Ordinário -
Tráfico de Drogas e Condutas Afins Autor:Ministério Público do Estado da
Bahia Réu:Milton Silva Pinheiro e outro Vistos, etc. MILTON SILVA
PINHEIRO e ANDERSON MERCÊS SILVA foram denunciados pelo
Ministério Público como incurso nas sanções penais sediadas no artigo 33 da Lei
11.343/2006. Às fls. 71/80, por intermédio de advogado constituído, MILTON
ofereceu sua defesa, aduzindo preliminar de inépcia da denúncia. Ademais,
requereu a desclassificação do delito previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006, para

Este documento foi assinado digitalmente por Rosa Patricia Salgado Atanazio.
aquele tipificado no art. 28 do mesmo diploma legal. ANDERSON, por sua vez,
apresentou sua defesa às fls. 85, através de advogado constituído, não argüindo
nenhuma preliminar. Instado a se manifestar, o Ministério Público opinou pela
rejeição da preliminar arguída, e pelo recebimento integral da denúncia,
conforme parecer lançado às fls. 96/98. Passo a exercer o juízo de
admissibilidade. Entendo que é incabível o acolhimento da tese que objetiva a
rejeição da peça acusatória, por inépcia, posto que a mesma narra e
individualiza a conduta, em tese, criminosa imputada aos denunciados,
descrevendo claramente o fato imputado com todas as suas circunstâncias,
atendendo, pois, aos requisitos do artigo 41 do CPP. Em relação ao pleito de
desclassificação, não é viável o acolhimento da tese defensiva, que objetiva a
rejeição de denúncia, vez que não estão evidenciados, prima facie, os elementos
do artigo 28 da Lei 11343/06, como quer a defesa do réu MILTON, máxime
considerando as circunstâncias da prisão e, sobretudo, a quantidade de cocaína
apreendida (25,95 g). Desta forma, encontra-se a conduta do réu subsumida, em
tese, ao núcleo do tipo do artigo 33 - trazer consigo/transportar/ter depósito
fls. 107

drogas, razão pela qual deve ser objeto de apuração durante a instrução
criminal. Destarte, refuto a preliminar suscitada e recebo a denúncia, em todos
os seus termos, vez que presentes os requisitos do artigo 41 do CPP, não se
vislumbrando nenhuma das hipóteses de que tratam os artigos 395 (rejeição da
denúncia) e 397 (absolvição sumária) do mesmo diploma legal. Citem-se os réus,
para que compareçam à audiência de instrução e julgamento, a qual designo
para o dia 02/06/2014, às 14:00 hs, oportunidade em que serão qualificados e
interrogados, por falta de pauta para data precedente. Intimações e requisições
necessárias para a realização válida do ato processual. Intimem-se os
subscritores das petições de fls. 71/80 e 85, Dr. Ari Guarisco Costa, OAB/BA
23.681, e Dr. Jose Henrique Abbade dos Reis, OAB/BA 35.136, respectivamente,
para que juntem aos autos, no prazo de 10 dias, instrumento de mandato que os
habilitem a representar os denunciados. Laudo pericial toxicológico, fls. 87.
Juntem-se antecedentes atualizados. I. Cumpra-se. Salvador(BA),20 de janeiro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código ACBC06.
de 2014. Liz Rezende de Andrade Juíza de Direito

Salvador, 31 de Janeiro de 2014

Este documento foi assinado digitalmente por Rosa Patricia Salgado Atanazio.
fls. 108

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042154-9
Endereço 1ª Travessa do Saboeiro Rua Santa Barbara, 40 - B,
Saboeiro, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C577A5.
De ordem da (o) Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito
da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s), ALINE DE JESUS SANTOS, localizado no(a) 1ª Travessa do
Saboeiro Rua Santa Barbara, 40 - B, Saboeiro, Salvador-BA, NA QUALIDADE DE
TESTEMUNHA(S) DE DEFESA, para que compareça(m) à audiência designada, no local
abaixo indicado.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências da 2ª Vara de Tóxicos, Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.
ADVERTÊNCIA: Caso deixe(m) a(s) testemunha(s) de comparecer, sem motivo
justificado, será(ão) conduzida(s) pelo Oficial de Justiça, ou coercitivamente pela Polícia.
Destinatário

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Testemunha: ALINE DE JESUS SANTOS, 1ª Travessa do Saboeiro Rua Santa Barbara,
40 - B, Saboeiro, Salvador-BA

Salvador , 08 de abril de 2014

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421549*

Dulce
fls. 109

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042159-0
Endereço Rua Jardel Filho, 136, Santa Cruz, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C577BC.
De ordem da (o) Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito
da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s), MARCELA LOPES DE JESUS, localizado no(a) Rua Jardel Filho,
136, Santa Cruz, Salvador-BA, NA QUALIDADE DE TESTEMUNHA(S) DE DEFESA, para
que compareça(m) à audiência designada, no local abaixo indicado.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências da 2ª Vara de Tóxicos, Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.
ADVERTÊNCIA: Caso deixe(m) a(s) testemunha(s) de comparecer, sem motivo
justificado, será(ão) conduzida(s) pelo Oficial de Justiça, ou coercitivamente pela Polícia.
Destinatário
Testemunha: MARCELA LOPES DE JESUS, Rua Jardel Filho, 136, Santa Cruz, Salvador-
BA

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.

Salvador, 08 de abril de 2014


LIVIA RENATA FERRAZ SILVA
Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421590*

Dulce
fls. 110

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042161-1
Endereço Rua Silveira Martins, 74, Conjunto Chacara do Cabula
Bloco 23, apt. 402, Cabula, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C577CA.
De ordem da (o) Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito
da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s), MARIA NELITA M. ANUNCIAÇÃO, localizado no(a) Rua Silveira
Martins, 74, Conjunto Chacara do Cabula Bloco 23, apt. 402, Cabula, Salvador-BA, NA
QUALIDADE DE TESTEMUNHA(S) DE DEFESA, para que compareça(m) à audiência
designada, no local abaixo indicado.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências da 2ª Vara de Tóxicos, Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.
ADVERTÊNCIA: Caso deixe(m) a(s) testemunha(s) de comparecer, sem motivo
justificado, será(ão) conduzida(s) pelo Oficial de Justiça, ou coercitivamente pela Polícia.
Destinatário

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Testemunha: MARIA NELITA M. ANUNCIAÇÃO, Rua Silveira Martins, 74, Conjunto
Chacara do Cabula Bloco 23, apt. 402, Cabula, Salvador-BA

Salvador , 08 de abril de 2014


LIVIA RENATA FERRAZ SILVA
Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421611*

Dulce
fls. 111

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE CITAÇÃO E INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042162-0
Endereço Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do
Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C577E1.
De ordem da (o) Doutor (a) Liz Rezende de Andrade, Juíza de
Direito da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído dos autos acima indicados, EFETUE A CITAÇÃO E INTIMAÇÃO da
(s) pessoa (s) a seguir relacionada (s) para que, acompanhada(s) de advogado,
compareça(m) na audiência designada, junto à Sala de Audiências deste Juízo de Direito,
em face de ser-lhe (s) atribuída a prática de ato delitivo.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências do(a) 2ª Vara de Tóxicos, da Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.

Destinatário

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
ANDERSON MERCES DA SILVA, Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do
Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA, RG 0792713915, nascido em 08/09/1980, Solteiro,
brasileiro, natural de Salvador-BA, pai Valter da Silva, mãe Maria Madalena Mercês da
Silva.

Salvador, 08 de abril de 2014

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421620*
Dulce
fls. 112

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042163-8
Endereço Rua Tania Pamlma, 157, Santa Cruz, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C577F5.
De ordem da (o) Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito
da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s), MAURITA PINHEIRO SANTOS, localizado no(a) Rua Tania
Pamlma, 157, Santa Cruz, Salvador-BA, NA QUALIDADE DE TESTEMUNHA(S) DE DEFESA,
para que compareça(m) à audiência designada, no local abaixo indicado.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências da 2ª Vara de Tóxicos, Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.
ADVERTÊNCIA: Caso deixe(m) a(s) testemunha(s) de comparecer, sem motivo
justificado, será(ão) conduzida(s) pelo Oficial de Justiça, ou coercitivamente pela Polícia.
Destinatário
Testemunha: MAURITA PINHEIRO SANTOS, Rua Tania Pamlma, 157, Santa Cruz,
Salvador-BA

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.

Salvador, 08 de abril de 2014


LIVIA RENATA FERRAZ SILVA
Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421638*

Dulce Drummond da Silva Teixeira


fls. 113

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042164-6
Endereço RUa Tania Palma, 60, Santa Cruz, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C57809.
De ordem da (o) Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito
da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s), FLORENICE DE SOUZA, localizado no(a) RUa Tania Palma, 60,
Santa Cruz, Salvador-BA, NA QUALIDADE DE TESTEMUNHA(S) DE DEFESA, para que
compareça(m) à audiência designada, no local abaixo indicado.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências da 2ª Vara de Tóxicos, Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.
ADVERTÊNCIA: Caso deixe(m) a(s) testemunha(s) de comparecer, sem motivo
justificado, será(ão) conduzida(s) pelo Oficial de Justiça, ou coercitivamente pela Polícia.
Destinatário
Testemunha: FLORENICE DE SOUZA, RUa Tania Palma, 60, Santa Cruz, Salvador-BA

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Salvador, 08 de abril de 2014

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421646*

Dulce
fls. 114

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE CITAÇÃO E INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042168-9
Endereço Rua São José, 68E, Nordeste de Amaralina, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C57823.
De ordem da (o) Doutor (a) Liz Rezende de Andrade, Juíza de
Direito da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído dos autos acima indicados, EFETUE A CITAÇÃO E INTIMAÇÃO da
(s) pessoa (s) a seguir relacionada (s) para que, acompanhada(s) de advogado,
compareça(m) na audiência designada, junto à Sala de Audiências deste Juízo de Direito,
em face de ser-lhe (s) atribuída a prática de ato delitivo.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências do(a) 2ª Vara de Tóxicos, da Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.

Destinatário
MILTON SILVA PINHEIRO, Rua São José, 68E, Nordeste de Amaralina, Salvador-BA,

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
RG 02770674560, nascido em 14/10/1985, brasileiro, natural de Salvador-BA, pai Cirilo
Santos Pinheiro, mãe Vera Lúcia Silva Pinheiro.

Salvador, 08 de abril de 2014

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA


Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421689*

Dulce
fls. 115

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042170-0
Endereço Av. Aliomar Baleiro, Travessa três irmãos, 6 - E, Pau da
Lima - CEP 41245-020, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C57844.
De ordem da (o) Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito
da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s), JOSE SANTOS DE OLIVEIRA, localizado no(a) Av. Aliomar
Baleiro, Travessa três irmãos, 6 - E, Pau da Lima - CEP 41245-020, Salvador-BA, NA
QUALIDADE DE TESTEMUNHA(S) DE DEFESA, para que compareça(m) à audiência
designada, no local abaixo indicado.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências da 2ª Vara de Tóxicos, Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.
ADVERTÊNCIA: Caso deixe(m) a(s) testemunha(s) de comparecer, sem motivo
justificado, será(ão) conduzida(s) pelo Oficial de Justiça, ou coercitivamente pela Polícia.
Destinatário

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Testemunha: JOSE SANTOS DE OLIVEIRA, Av. Aliomar Baleiro, Travessa três irmãos, 6
- E, Pau da Lima - CEP 41245-020, Salvador-BA

Salvador, 08 de abril de 2014


LIVIA RENATA FERRAZ SILVA
Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421700*

Dulce
fls. 116

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

OFÍCIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C579A4.
Ofício nº 1558/2014
Salvador, 08 de abril de 2014

Senhor(a) Diretor:

De ordem da MM. Juíza de Direito Liz Rezende de Andrade, 2ª Vara


de Tóxicos da Salvador e dentro do que preceitua o art. 221, § 2º, do CPP, REQUISITO a
Vossa Senhoria a apresentação dos Policiais Militares SD/PM LUIZ TADEU SOUSA
SILVA, cad. 30.429.031-7; SD/PM BRUNO MACHADO RIBEIRO, cad. 30.511.427-1 e
SD/PM AILTON DOS SANTOS, cad. 30.483.928-4 , com o fim de comparecer(em) à
audiência designada para o próximo dia 02/06/2014 às 14:00h, na Sala de Audiência,
onde será(ão) ouvido(a)(s) como testemunha.
Valho-me do ensejo para reiterar elevados protestos de estima e
consideração.

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

Ilmº. Sr.
Cel/PM ALBÉRICO ANDRADE FILHO
MD DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE PESSOAL DA POLÍCIA MILITAR
NESTA

Dulce
fls. 117

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 09/04/2014 12:44


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE PUBLICAÇÃO DE RELAÇÃO

Certifico e dou fé que o ato abaixo, constante da relação nº 0245/2014, foi disponibilizado no
Diário da Justiça Eletrônico em 08/04/2014. Considera-se data da publicação, o primeiro dia útil
subseqüente à data acima mencionada. O prazo terá início em 10/04/2014, conforme disposto no
Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça.

Advogado Prazo em dia Término do prazo

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C63840.
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA)

Teor do ato: "ATO ORDINATÓRIO:"Audiência designada para o dia 02.06.2014, às 14:00h.""

Do que dou fé.


Salvador, 9 de abril de 2014.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Este documento foi assinado digitalmente por Justino Ferreira da Silva.
fls. 118

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código CCD1EA.
fls. 119

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042164-6

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código CCD28E.
Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Justino Ferreira da Silva (1147)

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, me dirigi ao local


indicado e, lá estando, INTIMEI A Sª. FLORÊNCIA DE SOUZA por todo o
conteúdo do presente mandado e, ela exarou a nota de ciente. A intimação se deu
no endereço mencionado.

O referido é verdade e dou fé.

Salvador-BA,05 de maio de 2014

Justino Ferreira da Silva


Oficial de Justiça

Este documento foi assinado digitalmente por Justino Ferreira da Silva.


fls. 120

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042163-8

Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código CCE441.
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Radler Melo Correa (1143)

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, me dirigi ao local


indicado e, lá estando, não localizei a rua Tânia Palma. Moradores consultados
disseram desconhecer este logradouro. Em posterior consulta aos mapas da cidade
verifiquei que a rua não consta dos mesmos. Desse modo, viu-se frustrada a
Intimação.

O referido é verdade e dou fé.

Salvador-BA,05 de maio de 2014

Radler Melo Correa


Oficial de Justiça

Este documento foi assinado digitalmente por RADLER MELO CORREA.


Este documento foi assinado digitalmente por Jorge Leal da Cunha.
fls. 121

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código CDFC56.
fls. 122

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042161-1

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código CDFD08.
Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Jorge Leal da Cunha (1128)

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, me dirigi ao local


indicado e, após as formalidades legais, procedi a intimação do Sra. Maria Nelita M.
Anunciação o qual aceitou a contra-fé que lhe foi oferecida, e em seguida exarou a
sua assinatura no mandado.O referido é verdade e dou fé.
Salvador,07 de maio de 2014
Jorge Leal da Cunha
Oficial de Justiça

Este documento foi assinado digitalmente por Jorge Leal da Cunha.


fls. 123

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042168-9

Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código CE4065.
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Daniel de Jesus Borges (1112)

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, me dirigi à rua São José


, no dia 30/04/2014 , mas DEIXEI DE INTIMAR o réu Milton Silva Pinheiro , pois não
consegui localizar a casa de número 68 E naquele rua , tampouco obter informações
acerca do réu através de vizinhos.

O referido é verdade e dou fé.

Salvador-BA,07 de maio de 2014

Daniel de Jesus Borges


Oficial de Justiça

Este documento foi assinado digitalmente por DANIEL DE JESUS BORGES.


Este documento foi assinado digitalmente por Ailton Almeida da Silva.
fls. 124

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D1DAB6.
fls. 125

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042154-9

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D1DBE8.
Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Ailton Almeida da Silva (1119)
Testemunha: Aline de Jesus Santos

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, me dirigi ao local


indicado e, após as formalidades legais, procedi a intimação de Aline de Jesus
Santos, que ciente ficou de todo conteúdo do referido mandado, ao mesmo tempo
em que exarou o ciente.

O referido é verdade e dou fé.

Salvador-BA,16 de maio de 2014

Ailton Almeida da Silva


Oficial de Justiça

Este documento foi assinado digitalmente por Ailton Almeida da Silva.


fls. 126

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042162-0

Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D64EE7.
Autor: '??Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Adilma Lopes Rios (1163)

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, me dirigi ao local


indicado e, após as formalidades legais, procedi a intimação de Anderson Merces da
Silva , o qual aceitou a contrafé que lhe foi oferecida, exarando sua
assinatura.Telefone 3385-0212 8887-8638/ 8606-5114( mãe)

O referido é verdade e dou fé.

Salvador-BA,29 de maio de 2014

Adilma Lopes Rios


Oficial de Justiça

Este documento foi assinado digitalmente por ADILMA BARBOSA LOPES.


fls. 127

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042159-0

Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D7480E.
Autor: '??Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Jarbas Maia Barbosa (1083)

Certifico e dou fé eu, Oficial de Justiça abaixo assinado, que de posse do


presente mandado, me dirigi a rua Jardel Filho , que fica próximo a 2ª Trav , da
caldeira, onde deixei de intimar a testemunha MARCELA LOPES DE JESUS, por não
haver localizado a mesma naquele local.Salvador-BA,30 de maio de 2014

Jarbas Maia Barbosa


Oficial de Justiça

Este documento foi assinado digitalmente por Jarbas Maia Barbosa.


fls. 128

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042170-0

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D75BDB.
Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário
Autor: '??Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Larissa Góes Navarro (1103)

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, me dirigi ao local


indicado e, após as formalidades legais, não procedi a intimação de Sr. José Santos
de Oliveira,pois no bairro de Pau da Lima não encontrei tal Travessa Três
Irmãos,perguntei aos motoristas que fazem carreto para as pessoas que fazem
compras no Supermercado que fica na Entrada do único conjunto em Pau da Lima e
os mais antigos e inclusive que são moradores daquele bairro ,disseram que
antigamente a rua principal de Pau da Lima se chamava Aliomar baleeiro e que por
ali não existe tal travessa,então pelo GPS pude comprovar que no bairro de Pau da
Lima não existe tal travessa,encontrei em outros bairros,por tudo isto não encontrei
nem intimei o Sr. José Santos de Oliveira nem o intimei.

O referido é verdade e dou fé.

Salvador-BA,30 de maio de 2014

Este documento foi assinado digitalmente por LARISSA GOES NAVARRO.


Larissa Góes Navarro
Oficial de Justiça
Este documento foi assinado digitalmente por EDMILSON PEREIRA DE ALMEIDA.
fls. 129

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D89C15.
Este documento foi assinado digitalmente por EDMILSON PEREIRA DE ALMEIDA.
fls. 130

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D89C3A.
fls. 131

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

OFÍCIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: inistério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código EDA720.
Ofício nº 3170/2014
Salvador, 29 de julho de 2014

Senhor(a) Diretor:

De ordem da MM. Juíza de Direito Liz Rezende de Andrade, 2ª Vara


de Tóxicos da Salvador e dentro do que preceitua o art. 221, § 2º, do CPP, REQUISITO a
Vossa Senhoria a apresentação dos Policiais Militares LUIZ TADEU SOUSA SILVA cad.
30.429.031-7; BRUNO MACHADO RIBEIRO cad. 30.511.427-1 e AILTON DOS
SANTOS cad. 30.483.928-4, com o fim de comparecer(em) à audiência designada para
o próximo dia 15/09/2014 às 14:00h, na Sala de Audiência, onde será(ão)
ouvido(a)(s) como testemunha.
Valho-me do ensejo para reiterar elevados protestos de estima e
consideração.

LIVIA RENATA FERRAZ SILVA

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

Ilmº. Sr.
Cel/PM ALBÉRICO ANDRADE FILHO
MD DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE PESSOAL DA POLÍCIA MILITAR
NESTA

Artur Andrade Almeida


Este documento foi assinado digitalmente por EDMILSON PEREIRA DE ALMEIDA.
fls. 132

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código FF7322.
Este documento foi assinado digitalmente por EDMILSON PEREIRA DE ALMEIDA.
fls. 133

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 10414F7.
Este documento foi assinado digitalmente por EDMILSON PEREIRA DE ALMEIDA.
fls. 134

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 10414F7.
fls. 135

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: ??'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2014/042171-9
Endereço Rua Floriano Nogueira, 81, Quadra B, Sete de Abril,
Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código C5777B.
De ordem da (o) Doutora Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito
da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído do processo acima indicado, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s), RENATO DOS SANTOS, localizado no(a) Rua Floriano Nogueira,
81, Quadra B, Sete de Abril, Salvador-BA, NA QUALIDADE DE TESTEMUNHA(S) DE
DEFESA, para que compareça(m) à audiência designada, no local abaixo indicado.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 02/06/2014 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências da 2ª Vara de Tóxicos, Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.
ADVERTÊNCIA: Caso deixe(m) a(s) testemunha(s) de comparecer, sem motivo
justificado, será(ão) conduzida(s) pelo Oficial de Justiça, ou coercitivamente pela Polícia.
Destinatário
Testemunha: RENATO DOS SANTOS, Rua Floriano Nogueira, 81, Quadra B, Sete de

Este documento foi assinado digitalmente por Livia Renata Ferraz Silva.
Abril, Salvador-BA

Salvador, 08 de abril de 2014


LIVIA RENATA FERRAZ SILVA
Subescrivã Designada da 2ª Vara Privativa de Tóxicos

*00120140421719*

Dulce
Este documento foi assinado digitalmente por ADILMA BARBOSA LOPES.
fls. 136

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D64BEC.
Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.
fls. 137

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D64C55.
fls. 138

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

TERMO DE INTERROGATÓRIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: '''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 15/09/2014 às 14:00h.
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 10429A4.
QUAL O SEU NOME? Respondeu chamar-se: Milton Silva
Pinheiro

NATURALIDADE? Respondeu ser de Salvador-BA

QUAL O ESTADO CIVIL? Respondeu ser União Estável

QUAL A SUA IDADE? Respondeu que nasceu em 14/10/1985,


28 anos

QUAL A SUA FILIAÇÃO? Respondeu ser filho de pai Cirilo

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


Santos Pinheiro, mãe Vera Lúcia Silva Pinheiro

QUAL A SUA RESIDÊNCIA? Respondeu ser Nazaré - CEP


40050-001, Salvador-BA e Rua São José, 68E, Nordeste de
Amaralina, Salvador-BA. Próximo a Ladeira do Beco da Cultura.
Tel 86284341 (Milton), 87245579 (Prima- Maria das Graças)

QUAL A SUA PROFISSÃO? Respondeu que é Serviços Gerais

SE É ELEITOR(A)? Respondeu que Sim

SE É ALFABETIZADO(A)? Respondeu que fez até a 8ª série


do ensino fundamental.
fls. 139

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

SE TEM ADVOGADO(A)? Respondeu que sim, Ari Guarisco


Costa, OAB/BA 23681

SE JÁ FOI PRESO(A)? Não.

Depois de cientificá-lo(a) da acusação, dando-se o(a)


mesmo(a) por citado(a), bem como do disposto nos art. 185, §

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 10429A4.
5º e art. 186, ambos do Código de Processo Penal, passou a
ser interrogado(a) e às perguntas RESPONDEU QUE: não
conhece as testemunhas de acusação; que conhece as provas
contra si produzidas; que o veículo Celta, a que se refere a
denúncia, é de propriedade de sua mãe; que no dia do fato,
estava vindo do Bairro de Itapuã, onde tinha comprado droga,
do tipo cocaína, 25 gramas, tendo pago 1.000 reais; que a
droga seria para o interrogado e corréu consumirem no final de
semana; que não sabe o nome do fornecedor da droga; que a
droga estava em uma única porção; que confirma, que quando
avistou a polícia, jogou fora a droga; que dispensou a droga na
Av. Pinto de Aguiar quando viu a viatura, mas os policiais
conseguiram localizar o entorpecente a apreender; que deu
500.00 reais para comprar a droga, enquanto que o corréu deu
o restante do valor; que o dinheiro era produto do seu

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


trabalho, como Serviços Gerais, conforme contra-cheque ora
exibido, do mês de agosto de 2014, com salário liquido 738
reais; que questionado sobre o valor ganho e o gasto para
comprar a droga para um fim de semana, o interrogado disse
que havia "juntado"; que tinha começado a usar cocaína a
cerca de 2 meses; que conhece Anderson porque o mesmo já
morou no mesmo bairro onde o interrogado mora; que quando
viu que estava ocorrendo uma blitz dispensou a droga, mas
depois voltou para pega-la, oportunidade em que foi preso,
porque os policiais tinha visto a dispensa; que foi Anderson
quem desceu do carro para pegar a droga; que a droga que os
policiais acharam em baixo do banco do motorista, uma porção
de cocaína, era destinada também ao uso; que confirma serem
fls. 140

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

de sua propriedade o aparelho celular apreendido, de marca


LG, bem como a quantia de 260 reais, a qual afirma ser
produto do seu trabalho; que o celular Nokia pertencia ao
corréu; que os celulares foram devolvido pelo Delegado, assim
como o carro Celta; que nunca participou da venda de drogas;
que não tem conhecimento de que o correu participe do tráfico.
Dada a palavra ao Representante do Ministério Público,
respondeu que: Nada perguntou. Dada a palavra ao(à)

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 10429A4.
Dr.(a) Defensor do acusado, respondeu que: Nada
perguntou.E por nada mais haver, mandou o(a) Dr(a) Juiz(a)
encerrar este que, lido e achado conforme, vai por todos
assinado. Eu, MARIA LUIZA ANDRADE SOBRAL MELO,
Estagiário, subscrevi.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito

Interrogado(a):

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


Representante do Ministério Público:

Defensor(es) do(s) réu(s):


fls. 141

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

TERMO DE INTERROGATÓRIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: '''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 15/09/2014 às 14:00h.
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1043530.
QUAL O SEU NOME? Respondeu chamar-se: Anderson
Merces da Silva

NATURALIDADE? Respondeu ser de Salvador-BA

QUAL O ESTADO CIVIL? Respondeu ser Solteiro

QUAL A SUA IDADE? Respondeu que nasceu em 08/09/1980,


33 anos

QUAL A SUA FILIAÇÃO? Respondeu ser filho de pai Valter da

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


Silva, mãe Maria Madalena Mercês da Silva

QUAL A SUA RESIDÊNCIA? Respondeu ser na Rua Ipacarai


Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do Cabula, 102, Cabula,
Salvador-BA. Depois da Oi, antiga Telemar. Tel: 88878683
(Anderson), 83292449 (Anderson)

QUAL A SUA PROFISSÃO? Respondeu que é Carreteiro

SE É ELEITOR(A)? Respondeu que sim

SE É ALFABETIZADO(A)? Respondeu que cursou até a 7[


serie do ensino fundamental.
fls. 142

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

SE TEM ADVOGADO(A)? Respondeu que sim, José Henrique


Abade dos Reis OAB/BA 35136.

SE JÁ FOI PRESO(A)? Respondeu que sim; que já foi preso


em Candeias, salvo engano, em 2004, sob a acusação de
tráfico de drogas, mas salienta que foi desclassificada a
imputação para uso; que o processo encontra-se arquivado;
que salvo engano, tinha 40 gramas de cocaína nessa prisão.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1043530.
Depois de cientificá-lo(a) da acusação, dando-se o(a)
mesmo(a) por citado(a), bem como do disposto nos art. 185, §
5º e art. 186, ambos do Código de Processo Penal, passou a
ser interrogado(a) e às perguntas RESPONDEU QUE: não
conhece as testemunhas de acusação; que não conhece as
provas contra si produzidas; que usava cocaína há seis meses
da data da prisão; que não mais faz uso da droga; que adquiriu
droga em Itapuã para uso próprio; que no dia do fato comprou
umas 25 gramas de cocaína com Milton; que a droga custou
1.000 reais, sendo rateado meio a meio entre os dois réus; que
ganha em média 3.000 reais por mês; que o dinheiro usado
para aquisição da droga era fruto do seu trabalhado; que
trafegava com Milton no veículo Celta descrito na denúncia;
que quando avistou a blitz, foi o interrogado o responsável pela

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


dispensa da droga; que a droga esta fracionada em três
porções sendo duas de 10 gramas e uma de 5 gramas de
cocaína; que é amigo de Milton e foi criado no mesmo bairro
que ele; que no dia do fato tinha chamado Milton para lhe dar
uma ajuda recolhendo entulho e depois resolveram usar a
droga; que foi o interrogado também que posteriormente
voltou ao local de dispensa da droga e a recuperou; que
alguém passou e viu a situação, avisando à polícia; que neste
momento foram abordados; que Milton andou com o carro
cerca de 100 mestros porque ficaram assustados com a polícia;
que não pretendia vender e nem dar a droga a terceira
pessoal; que ainda não tinham feito o uso de droga no carro;
que a quantidade de droga apreendida era suficiente para o seu
fls. 143

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

consumo durante três a quatro semana, pois só usa sábado e


domingo; que não sabe declinar quanto tempo fez uso de
droga; que desde que foi preso nesse processo não mais
usou;que nunca vendeu drogas. Dada a palavra ao
Representante do Ministério Público, respondeu que:
Nada perguntou. Dada a palavra ao(à) Dr.(a) Defensor do
acusado, respondeu que: reconhece que errou; que
atualmente é empresário e frequenta a Igreja. Defensor do
Corréu: Nada perguntou.E por nada mais haver, mandou o(a)

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1043530.
Dr(a) Juiz(a) encerrar este que, lido e achado conforme, vai
por todos assinado. Eu, MARIA LUIZA ANDRADE SOBRAL MELO,
Estagiário, subscrevi.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito

Interrogado(a):

Representante do Ministério Público:

Defensor(es) do(s) réu(s): Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.
fls. 144

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

INQUIRIÇÃO DE TESTEMUNHA DE ACUSAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: '''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 15/09/2014 às 14:00h
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1041485.
Luis Tadeu Sousa Silva, cad. 30.429.031-7, lotado na
Coordenadoria de Missões Especiais. Aos costumes disse nada.
Testemunha compromissada na forma da Lei, prometeu dizer a
verdade do que soubesse e lhe fosse perguntado e, sendo
inquirida a respeito dos fatos alegados na denúncia, disse:
Dada a palavra ao(à) Promotor(a) de Justiça, respondeu
que: no dia do fato estava participando de uma blitz, na Av.
Pinto de Aguiar, quando os policiais foram informados por um
transeunte de que havia dois individuos parados em frente a
um determinado condomínio, fazendo comercialização ilícita;
que foram até o local apontado e, lá chegando, solicitaram aos
indivíduos que parassem mas os mesmos empreenderam fuga
no sentido da Orla, tendo cidos abordados em um retorno; que
dentro do veículo foi encontrada uma substância branca, a qual

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


não pôde identificar; que posteriormente, voltaram para o
ponto de onde os indivíduos fugiram e encontraram, em baixo
de carros que ali estava parados, outra quantidade da mesma
substância branca; que no veículo a substância estava em
baixo do banco do motorista; que não viu o ato de dispensa da
droga porque estava a cerca de 50 mestros de distância dos
indivíduos; que tinha mais duas pessoas no local quando os
policias passaram pela primeira vez, mas, quando retornaram,
não as encontraram mais; que as outras duas pessoas não
fugiram quando avistaram a polícia; que foram apreendidos
pertences pessoais dos réus, todos entregues na DT; que tinha
celular, carteira, corrente e um valor em dinheiro; que não se
recorda com qual dos réus o dinheiro estava; que reconhece os
fls. 145

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

dois réus aqui presentes como sendo os detidos no dia do fato;


que os réus disseram que as drogas não lhes pertencia; que
tudo que foi encontrado foi encaminhado para a Delegacia; que
nas estatísticas, não consta o local do fato como ponto de
tráfico; que não sabe se os réus estavam sob efeito de drogas;
que não conhecia os acusados. Dada a palavra ao(à)
Defensor(a)/Advogado(a) Ari Guarisco Costa ,
respondeu que: questionado sobre eventual divergência entre
o seu depoimento prestado na DT e o acima declarado, o

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1041485.
depoente esclarece que ratifica que recebeu informação de
popular, segundo o qual os indivíduos estavam vendendo droga
no local apontado e, inclusive, que o popular deu as
características do veículo; que disse isso na Delegacia e pode
ter ocorrido uma omissão do escrivão ao fazer o registro; que
também disse na Delegacia a cerca da droga que foi
apreendida fora do veículo; que reconhece sua assinatura às fls
07 dos autos. Dada a palavra ao advogado de Milton, Dr.
José Henrique: no local da blitz tem incidência de tráfico de
drogas, salientando que o local era diverso daquele onde se
encontravam os acusados; que havia 3 guarnições na blitz; que
de regra cada uma é composta de 3 a 4 PMs; que não se
recorda se os réus já tinha passados pelo blitz anteriormente;
que a abordagem aos réus foi feita por três policiais; que o

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


depoente não viu o ato de comércio quando se aproximou dos
réus; que os réus resistiram a prisão, na medida em que
apreenderam fuga, somente sendo possível contê-los após
perseguição policial; que após a abordagem não houve
resistência. Às perguntas do(a) Juiz(a), respondeu que:
Nada perguntou. E por nada mais haver, mandou o(a) Dr(a)
Juiz(a) encerrar este, que vai por todos assinado. Eu, MARIA
LUIZA ANDRADE SOBRAL MELO, escrevente, o subscrevi.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito
fls. 146

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

Testemunha:

Representante do Ministério Público:

Defensor(a)/Advogado(a):

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1041485.
Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.
fls. 147

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

TERMO DE AUDIÊNCIA

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: '''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 15/09/2014 às 14:00h.
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 104146C.
Aos 15 de setembro de 2014, nesta cidade Salvador, Estado da
Bahia, às 14:00h horas, na sala de audiência desta 2ª Vara de
Tóxicos, onde se achavam presentes o(a) Exmo(a). Sr(a).
Juiz(a), Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito, comigo
Estagiário, e a estudante de Direito Ana Carolina Reis Neto, RG
08.833.573-99, bem como o(a)(s) Réu Milton Silva Pinheiro,
Anderson Merces da Silva , acompanhado(a) de seu(s)
advogado(a)(s) Ari Guarisco Costa, OAB/BA 23681 e José
Henrique abade dos Reis OAB/BA 35136, respectivamente,
presente o Representante do Ministério Público o(a)
Promotor(a) Eduvirges. Aberta a audiência, foi dito pelo(a)
Juiz(íza) que: procedeu-se à qualificação e interrogatório dos

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


dois acusados, bem como à oitiva da testemunha de acusação
Luis Tadeu Souza Silva. Ausente a testemunha de acusação
Ailton dos Santos, a qual, segundo oficio de fls 132, encontra-
se em gozo de licença premium até 28/10/2014. Ausente
também a testemunha de acusação Bruno Machado Ribeiro,
não obstante regularmente requisitada por esse juízo. Assim
sendo, caso não exista justificativa para o fato comunique-se o
não comparecimento do Polícial Bruno a este ato processual à
Corregedoria da PM. Designo o dia 07/01/2015, às
15:30hrs, para ouvir as duas testemunhas de acusação
faltantes, bem como as de defesa, que serão apresentadas
independentes de intimação, conforme o compromisso ora
assumido.E nada mais havendo, mandou o(a) Juiz(a) encerrar
fls. 148

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

este termo, que lido e achado conforme, vai por todos


assinado. Eu, MARIA LUIZA ANDRADE SOBRAL MELO, o
subscrevi.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 104146C.
Parte Autora:
Advogado(a) do(a) Autor(a):

Parte Ré:
Advogado(a) do(a) Réu(é):

Representante do Ministério Público:

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


fls. 149

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

TERMO DE AUDIÊNCIA

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 02/06/2014 às 14:00h.
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código D7DBAD.
Aos 02 de junho de 2014, nesta cidade Salvador, Estado da Bahia, às 14:00h horas, na
sala de audiência desta 2ª Vara de Tóxicos, onde se achavam presentes o(a) Exmo(a).
Sr(a). Juiz(a), Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito, comigo Estagiário, o Ministério
Público do Estado da Bahia, na pessoa da Dra. Flávia Sampaio, bem como o Réu Milton
Silva Pinheiro e o réu Anderson Mercês da Silva, acompanhado de seu advogado José
Henrique Abade dos Reis, OAB/BA 35136. Aberta a audiência, foi dito pelo(a) Juiz(íza)
que: Considerando que o advogado constituído pelo acusado Milton Silva Pinheiro, Dra.
Ari Guarisco Costa, OAB/BA 23681, solicitou, por meio de petição a ser juntada aos autos
digitais, protocolada nesta data, o adiamento desta audiência por problemas de saúde,
conforme atestado médico colacionado, redesigno o ato processual para o dia 15 de
Setembro de 2014 às 14:00 horas . Intimados os presentes. Os réus foram
devidamente citados e cientificados de que sua ausência ao auto processual implicará na
decretação de revelia e efeitos legais decorrentes. Na ocasião, compareceu a testemunha
de acusação Luiz Tadeu Sousa Silva, que foi dispensada, bem como as testemunhas de
defesa Maria Anelita Mercês Anunciação, Aline de Jesus Santos e Renato dos Santos (
testemunhas de Anderson Mercês ) e Florenice de Souza ( testemunha de Milton Silva,
ficando todos devidamente intimados para a nova data da audiência e esclarecidos de que
a ausência injustificada pode ensejar a condução coercitiva. Quanto a testemunha de
acusação, devem ser devidamente requisitadas ao seu superior hierárquico. E nada mais

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


havendo, mandou o(a) Juiz(a) encerrar este termo, que lido e achado conforme, vai por
todos assinado. Eu, Nathália Lima da Silva, o subscrevi.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito

Parte Autora:
Advogado(a) do(a) Autor(a):

Parte Ré:
Advogado(a) do(a) Réu(é):

Representante do Ministério Público:


Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 150

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 151

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 152

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 153

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 154

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 155

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 156

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 157

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 158

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 159

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1054A6A.
fls. 160

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

TERMO DE AUDIÊNCIA

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Assunto: Condutas Afins
Autor: '''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data:
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 12C78C8.
Aos 07/01/2015, nesta cidade Salvador, Estado da Bahia, às 15:30 horas, na sala de
audiência desta 2ª Vara de Tóxicos, onde se achavam presentes a Exma. Sr(a). Juiz(a),
Liz Rezende de Andrade, Juíza de Direito, comigo Estagiário Nábila Santos Brito, o(a)
Autor '''Ministério Público do Estado da Bahia, Dra. Flávia Sampaio.Presente o réu Réu
Milton Silva Pinheiro . Aberta a audiência, realizado o pregão, constatou-se a presença
dos acima nominados. Pelo(a) MM(a). Juiz(a), foi dito que: considerando a decisão
proferida pelo TJ/BA, no PA-TJ.ADM-2014/27997, que suspendeu as audiências alusivas a
réu solto até 20 de janeiro de 2015, redesigno este ato processual para o dia
04/05/2015,às 15:40 h . intimados os presentes, inclusive o réu Milton Silva.
Intimações e requisições necessária. E nada mais havendo, mandou o(a) Juiz(a) encerrar
este termo, que lido e achado conforme, vai por todos assinado. Eu, Laís Nascimento
Azevedo, o subscrevi.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


Parte Autora:
Advogado(a) do(a) Autor(a):

Parte Ré:
Advogado(a) do(a) Réu(é):

Representante do Ministério Público:


Este documento foi assinado digitalmente por EDMILSON PEREIRA DE ALMEIDA.
fls. 161

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 12C8C8A.
fls. 162

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

OFÍCIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: 'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 14CEFC8.
Ofício nº 948/2015
Salvador, 25 de março de 2015

Senhor(a) Diretor:

De ordem da MM. Juíza de Direito Liz Rezende de Andrade, 2ª Vara


de Tóxicos da Salvador e dentro do que preceitua o art. 221, § 2º, do CPP, REQUISITO a
Vossa Senhoria a apresentação dos Policias Militares BRUNO MACHADO RIBEIRO cad.
30.511.427-1 e AILTON DOS SANTOS cad. 30.483.928-4 , com o fim de
comparecer(em) à audiência designada para o próximo dia 04/05/2015 às 15:40h, na
Sala de Audiência, onde será(ão) ouvido(a)(s) como testemunha.
Valho-me do ensejo para reiterar elevados protestos de estima e
consideração.

Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
Luís Maurício de Lima
Subescrivão da 2ª Vara de Tóxicos

Ilmº Srº
MD DIRETOR DO DEPARTAMENTO PESSOAL DA POLÍCIA MILITAR
DIRETOR ANTÔNIO DE CARVALHO MELO FILHO
NESTA

Diego Magalhães Santos


fls. 163

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: 'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2015/035341-4
Endereço Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do
Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 14CF029.
De ordem da (o) Doutor (a) Liz Rezende de Andrade, Juíza de
Direito da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído dos autos acima indicados, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s) para que, acompanhada(s) de advogado, compareça(m) na
audiência designada, junto à Sala de Audiências deste Juízo de Direito, em face de ser-
lhe(s) atribuída a prática de ato delitivo.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 04/05/2015 às 15:40h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências do(a) 2ª Vara de Tóxicos, da Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.

Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
Destinatário
ANDERSON MERCES DA SILVA, Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do
Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA, RG 0792713915, nascido em 08/09/1980, Solteiro,
brasileiro, natural de Salvador-BA, pai Valter da Silva, mãe Maria Madalena Mercês da
Silva .

Salvador, 25 de março de 2015

Luís Maurício de Lima


Subescrivão da 2ª Vara de Tóxicos

*00120150353414*

Diego Magalhães Santos


fls. 164

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2015/035341-4

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 15F8470.
Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Myna Lizzie Oliveira Silveira (1269)

CERTIFICO que, em cumprimento ao presente mandado, no dia 29 de abril de


2015, me dirigi ao local indicado e, deixei de intimar Anderson Mercês da Silva,
porque o mesmo não se encontrava no momento. Entretanto, fui atendida por sua
mãe, Maria Madalena Mercês da Silva, que recebeu o mandado, se comprometendo
a entregá-lo e exarou sua assinatura.

O referido é verdade e dou fé.

Salvador-BA,04 de maio de 2015

Este documento foi assinado digitalmente por MYNA LIZZIE OLIVEIRA SILVEIRA.
Myna Lizzie Oliveira Silveira
Oficial de Justiça
Este documento foi assinado digitalmente por MYNA LIZZIE OLIVEIRA SILVEIRA.
fls. 165

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 15F8514.
Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 166

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 16048D3.
fls. 167

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em : 05/05/2015 - 09:05:44

JUÍZO DE DIREITO DA 2ª VARA DE TÓXICOS


JUIZ(A) DE DIREITO
ESCRIVÃ(O) JUDICIAL
EDITAL DE INTIMAÇÃO DE ADVOGADOS

RELAÇÃO Nº 0111/2015

ADV: ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA), JOSE HENRIQUE ABBADE DOS REIS (OAB
35136/BA) - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 - Ação Penal - Procedimento Ordinário -
Tráfico de Drogas e Condutas Afins - AUTOR: Ministério Público do Estado da Bahia -
RÉU: Milton Silva Pinheiro - Anderson Merces da Silva - "... remarco esta audiência,

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1604B80.
exclusivamente para ouvir as duas testemunhas de acusação faltantes, bem como as de
defesa, que devem ser apresentadas independente de intimação, conforme o compromisso
assumido às fls. 147, para o dia 04 de Agosto, às 14 hrs..."

Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.

SAJ/PG5 SOFTPLAN
fls. 168

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1604C63.
CERTIFICO, para os devidos fins, que em cumprimento ao quanto
determinado no termo de audiência do dia 04/05/2015, encaminhei o mesmo para
publicação através do sistema SAJ, para efeito de intimação do advogado José Henrique
Abade dos Reis. O referido é verdade, do que dou fé.

Salvador (BA), 05 de maio de 2015.

Luís Maurício de Lima


Subescrivão da 2ª Vara de Tóxicos

Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
fls. 169

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 07/05/2015 14:20


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE PUBLICAÇÃO DE RELAÇÃO

Certifico e dou fé que o ato abaixo, constante da relação nº 0110/2015, foi disponibilizado no
Diário da Justiça Eletrônico em 05/05/2015. Considera-se data da publicação, o primeiro dia útil
subseqüente à data acima mencionada. O prazo terá início em 07/05/2015, conforme disposto no
Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça.

Advogado Prazo em dia Término do prazo

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 162800B.
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA)

Teor do ato: "Drº JOSÉ HENRIQUE ABBADE DOS REIS OAB/BA 35.136. Ficar ciente no teor
do termo da audiêndia do dia 07/01/2015"

Do que dou fé.


Salvador, 7 de maio de 2015.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por CRISTIANE PECANHA MARTINS SOTTO MAIOR.
fls. 170

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 07/05/2015 14:20


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE REMESSA DE RELAÇÃO

Certifico que o ato abaixo consta da relação nº 0110/2015, encaminhada para publicação.

Advogado Forma
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) D.J

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1628044.
Teor do ato: "Drº JOSÉ HENRIQUE ABBADE DOS REIS OAB/BA 35.136. Ficar ciente no teor
do termo da audiêndia do dia 07/01/2015"

Do que dou fé.


Salvador, 7 de maio de 2015.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por CRISTIANE PECANHA MARTINS SOTTO MAIOR.
fls. 171

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 07/05/2015 14:22


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE PUBLICAÇÃO DE RELAÇÃO

Certifico e dou fé que o ato abaixo, constante da relação nº 0111/2015, foi disponibilizado no
Diário da Justiça Eletrônico em 05/05/2015. Considera-se data da publicação, o primeiro dia útil
subseqüente à data acima mencionada. O prazo terá início em 07/05/2015, conforme disposto no
Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça.

Advogado Prazo em dia Término do prazo

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 16280E2.
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA)

Teor do ato: "Intimação do MP - Via Portal"

Do que dou fé.


Salvador, 7 de maio de 2015.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por CRISTIANE PECANHA MARTINS SOTTO MAIOR.
fls. 172

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 07/05/2015 14:22


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE PUBLICAÇÃO DE RELAÇÃO

Certifico e dou fé que o ato abaixo, constante da relação nº 0111/2015, foi disponibilizado no
Diário da Justiça Eletrônico em 05/05/2015. Considera-se data da publicação, o primeiro dia útil
subseqüente à data acima mencionada. O prazo terá início em 07/05/2015, conforme disposto no
Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça.

Advogado Prazo em dia Término do prazo

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 16280E7.
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA)
JOSE HENRIQUE ABBADE DOS REIS (OAB 35136/BA)

Teor do ato: ""... remarco esta audiência, exclusivamente para ouvir as duas testemunhas de
acusação faltantes, bem como as de defesa, que devem ser apresentadas independente de
intimação, conforme o compromisso assumido às fls. 147, para o dia 04 de Agosto, às 14 hrs...""

Do que dou fé.


Salvador, 7 de maio de 2015.

Este documento foi assinado digitalmente por CRISTIANE PECANHA MARTINS SOTTO MAIOR.
Escrivã(o) Judicial
fls. 173

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 07/05/2015 14:23


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE REMESSA DE RELAÇÃO

Certifico que o ato abaixo consta da relação nº 0111/2015, encaminhada para publicação.

Advogado Forma
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) D.J

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1628194.
Teor do ato: "Intimação do MP - Via Portal"

Do que dou fé.


Salvador, 7 de maio de 2015.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por CRISTIANE PECANHA MARTINS SOTTO MAIOR.
fls. 174

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 07/05/2015 14:23


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE REMESSA DE RELAÇÃO

Certifico que o ato abaixo consta da relação nº 0111/2015, encaminhada para publicação.

Advogado Forma
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) D.J
JOSE HENRIQUE ABBADE DOS REIS (OAB D.J
35136/BA)

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1628199.
Teor do ato: ""... remarco esta audiência, exclusivamente para ouvir as duas testemunhas de
acusação faltantes, bem como as de defesa, que devem ser apresentadas independente de
intimação, conforme o compromisso assumido às fls. 147, para o dia 04 de Agosto, às 14 hrs...""

Do que dou fé.


Salvador, 7 de maio de 2015.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por CRISTIANE PECANHA MARTINS SOTTO MAIOR.
fls. 175

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2014/042171-9

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 16FA961.
Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário
Autor: ''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Aline Cerqueira Vasconcelos dos Santos (1130)

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, dirigi-me ao local indicado,


entretanto, a testemunha de defesa Renato dos Santos não se encontrava no momento da
diligência, todavia, para não frustrar o andamento processual, deixei a cópia do mandado
com a enteada da mesma, que se comprometeu a entregar. Solicito que acrescente aos
autos o telefone de contato da testemunha: (71) 3212-0839.

Este documento foi assinado digitalmente por ALINE CERQUEIRA VASCONCELOS DOS SANTOS.
O referido é verdade e dou fé.

Salvador-BA, 27 de maio de 2015

Aline Cerqueira Vasconcelos dos Santos


Oficiala de Justiça Avaliadora
Este documento foi assinado digitalmente por ALINE CERQUEIRA VASCONCELOS DOS SANTOS.
fls. 176

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 16FAAFD.
fls. 177

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br
MANDADO DE INTIMAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas
e Condutas Afins
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: (0)
Mandado nº: 001.2015/084322-5
Endereço Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do
Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1847302.
De ordem da (o) Doutor (a) Liz Rezende de Andrade, Juíza de
Direito da(o) 2ª Vara de Tóxicos, da Comarca de Salvador, na forma da lei, etc.
MANDA o Senhor Oficial de Justiça que, em cumprimento ao
presente, extraído dos autos acima indicados, EFETUE A INTIMAÇÃO da(s) pessoa(s) a
seguir relacionada(s) para que, acompanhada(s) de advogado, compareça(m) na
audiência designada, junto à Sala de Audiências deste Juízo de Direito, em face de ser-
lhe(s) atribuída a prática de ato delitivo.

AUDIÊNCIA: Instrução e Julgamento


DATA: 04/08/2015 às 14:00h Sala de Audiência
LOCAL: Sala de audiências do(a) 2ª Vara de Tóxicos, da Salvador - Endereço: Av Ulysses
Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana - CEP 41213-000, Fone:
3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail: vrg@tjba.jus.br.

Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
Destinatário
Anderson Merces da Silva, Rua Ipacarai Bloco 5 Apt 104 Condominio Chacara do
Cabula, 102, Cabula, Salvador-BA, RG 0792713915, nascido em 08/09/1980,
Solteiro, brasileiro, natural de Salvador-BA, pai Valter da Silva, mãe Maria
Madalena Mercês da Silva .

Salvador, 09 de julho de 2015


Luís Maurício de Lima
Subescrivão da 2ª Vara de Tóxicos

*00120150843225*

Diego Magalhães Santos


fls. 178

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

OFÍCIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 184732C.
Ofício nº 2094/2015
Salvador, 09 de julho de 2015

Senhor(a) Diretor:

De ordem da MM. Juíza de Direito Liz Rezende de Andrade, 2ª Vara


de Tóxicos da Salvador e dentro do que preceitua o art. 221, § 2º, do CPP, REQUISITO a
Vossa Senhoria a apresentação dos Policiais Militares BRUNO MACHADO RIBEIRO
cad. 30.511.427.1 e AILTON DOS SANTOS cad. 30.483.928-4 , com o fim de
comparecer(em) à audiência designada para o próximo dia 04/08/2015 às 14:00h, na
Sala de Audiência, onde será(ão) ouvido(a)(s) como testemunha.
Valho-me do ensejo para reiterar elevados protestos de estima e
consideração.

Este documento foi assinado digitalmente por LUIS MAURICIO MACHADO DE LIMA.
Luís Maurício de Lima
Subescrivão da 2ª Vara de Tóxicos

Ilmº Srº
MD DIRETOR DO DEPARTAMENTO PESSOAL DA POLÍCIA MILITAR
DIRETOR ANTÔNIO DE CARVALHO MELO FILHO
NESTA

Diego Magalhães Santos


Este documento foi assinado digitalmente por EDMILSON PEREIRA DE ALMEIDA.
fls. 179

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 18A332F.
Este documento foi assinado digitalmente por RAFAEL DAMASCENO BRAGA MARTINS.
fls. 180

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 18E159A.
fls. 181

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

CERTIDÃO – OFICIAL DE JUSTIÇA

Autos n° 0395775-97.2013.8.05.0001
Mandado nº 001.2015/084322-5

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 18E1686.
Ação: Ação Penal - Procedimento Ordinário
Autor: 'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Oficial de Justiça: Rafael Damasceno Braga Martins (1230)

CERTIFICO que, em cumprimento ao mandado retro, me dirigi ao local


indicado e, após as formalidades legais, procedi a intimação do acusado, através de
sua tia , Sra. Vera Lucia Moura, do inteiro teor deste e das peças processuais que o
acompanham, a qual aceitou a contrafé que lhe foi oferecida, exarando sua
assinatura.

O referido é verdade e dou fé.

Este documento foi assinado digitalmente por RAFAEL DAMASCENO BRAGA MARTINS.
Salvador-BA,24 de julho de 2015

Rafael Damasceno Braga Martins


Oficial de Justiça
fls. 182

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

TERMO DE AUDIÊNCIA

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 04/05/2015 às 15:40h.
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 15FF702.
PRESENÇAS:
Juíza de Direito: Liz Rezende de Andrade
Ministério Público: Flávia Sampaio
Partes: Ministério Público do Estado da Bahia e Milton Silva Pinheiro
Advogados: Ari Guarisco Costa, OAB/BA 23681 (Milton Silva Pinheiro)
Acadêmicos de Direito: Eduardo Augusto Almeida Bastos, Éricles Mesquita Andriola

Aberta a audiência, realizado o pregão, constatou-se a presença dos acima nominados.


Em seguida, Pelo(a) MM(a). Juiz(a), foi dito que: compulsando-se os autos, constata-se
que já foram qualificados e interrogados os réus, fls. 138/143, bem como ouvida a
testemunha de acusação SD/PM Luis Tadeu. Não obstante expedido ofício de requisição
dos dois policiais ainda não ouvidos, fls. 162, desde 25 de Março de 2015, não consta nos
autos o protocolo de recebimento do mesmo. Por outro lado, o acusado Anderson Merces,
fls. 164, não foi intimado para esta audiência por não se encontrar em casa no momento
da diligência, fato que não justifica a certidão negativa de fls. Referidas, posto que cabia
à oficial de justiça procura-lo em outro horário, marcando horário para a sua intimação,
inclusive. Assim, intime-se a referida oficial, Myna Lizze Oliveira Silveira, para que adote

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


comportamento diverso em outro oportunidade, evitando o adiamento do ato processual,
pois recado com familiares do réu não é forma hábil para comunicação de atos
processuais. Pelas razões antes expostas, remarco esta audiência, exclusivamente
para ouvir as duas testemunhas de acusação faltantes, bem como as de defesa,
que devem ser apresentadas independente de intimação, conforme o
compromisso assumido às fls. 147, para o dia 04 de Agosto, às 14 hrs. Intimados
os presentes. Intime-se o acusado Anderson Merces, bem como publique-se este termo
de audiência para a intimação de seu advogado, Dr José Henrique Abade dos reis,
OAB/BA 35136, fls. 142. Requisitem-se as testemunhas de acusação Bruno e Ailton. E,
para constar, foi determinada a lavratura do presente termo. Eu, André Luis Santos
Tavares da Silva, o digitei, o conferi e subscrevi.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito
fls. 183

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

INQUIRIÇÃO DE TESTEMUNHA DE ACUSAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: 'Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 04/08/2015 às 14:00h
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 194171F.
SD PM Ailton dos Santos, mat.: 30.483.928-4, lotado na 18ª CIPM. Aos costumes disse
nada. Testemunha compromissada na forma da Lei, prometeu dizer a verdade do que
soubesse e lhe fosse perguntado e, sendo inquirida a respeito dos fatos alegados na
denúncia, disse: Dada a palavra ao(à) Promotor(a) de Justiça, respondeu que:
reconhece os réus aqui presentes; que participou da prisão dos mesmos; que os réus
foram abordados numa ronda de rotina; que conhece pouco o local da abordagem, e, por
isso, não sabe dizer se é ponto de tráfico; que não conhecia os réus; que a PM estava
fazendo uma blitz na Av. Pinto de Aguiar, tendo como alvo principal a verificação de furto
e roubo de veículos; que os policiais receberam um informe de um transeunte, segundo o
qual havia um Celta vermelho estacionado próximo a um condomínio; que quando a PM
aproximou-se, o veículo evadiu do local no sentido Orla, tendo sido perseguido e
alcançado, ocasião em que os réus foram flagrados transportando certa quantidade de
drogas dentro do carro referido; que não tem certeza neste momento se também havia
droga na posse pessoal dos réus; que aparentemente se tratava de cocaína; que não
lembra a quantidade, mas pode dizer que era razoável; que não lembra da apreensão de
petrechos; que não se recorda da versão apresentada pelos réus; que não lembra em
qual local do carro estava a droga; que não se recorda se os réus delataram-se
reciprocamente; que não se recorda se os réus aparentavam ter feito uso de drogas; que
o depoente era o condutor da viatura; que não lembra quem encontrou o material ilícito;
que tem uma vaga lembrança de que o veículo pertencia a um parente de um dos réus;
que o transeunte informou que o veículo Celta vinha em um determinado sentido e, ao

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


avistar a polícia tentou contornar. Dada a palavra ao(à) Defensor(a)/Advogado(a)
de Anderson, respondeu que: informou que a droga era em quantidade considerável
porque a viu; que participou da apresentação dos réus na DT; que não viu a quantidade
de droga especificada no termo de entrega; que não sabe dizer se 25 gramas é
considerável para tráfico, salientando que incumbe ao delegado deliberar a respeito.
Dada a palavra ao(à) Defensor(a)/Advogado(a) de Milton: Nada perguntou. Às
perguntas do(a) Juiz(a), respondeu que: não se recorda da apreensão de dinheiro e
celulares; que a droga estava fracionada, mas não sabe dizer o número de porções; que
não se recorda se restou constatado pela polícia, no momento da diligência, que os réus
tinham antecedentes criminais. E por nada mais haver, mandou o(a) Dr(a) Juiz(a)
encerrar este, que vai por todos assinado. Eu, Walter Gonçalves de Souza Neto,
estagiário, o subscrevi.
Liz Rezende de Andrade
Juíza de Direito
Testemunha:
Representante do Ministério Público:
Defensor(a)/Advogado(a):
fls. 184

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

TERMO DE AUDIÊNCIA

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: ''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 04/08/2015 às 14:00h.
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 19427B6.
PRESENÇAS:
Juiz de Direito: Liz Rezende de Andrade
Ministério Público: Drª Leila Seijo
Partes: ''Ministério Público do Estado da Bahia, Anderson Merces da Silva e Milton Silva
Pinheiro.
Advogados: ARI GUARISCO COSTA, OAB/BA 23681 (defesa de Milton); JOSE HENRIQUE
ABBADE DOS REIS, OAB/BA 35136 (defesa de Anderson).
Testemunhas: SD PM Bruno Machado; SD PM Ailton dos Santos; JOSE SANTOS DE
OLIVEIRA, MARCELA LOPES DE JESUS

Aberta a audiência, realizado o pregão, constatou-se a presença dos acima nominados.


Pela MM(a). Juíza, foi dito que: procedeu-se à oitiva das quatro testemunhas acima
nominadas. Não foram apresentadas testemunhas de defesa pelo acusado Anderson,
sendo ouvidas as testemunhas José dos Santos e Marcela do acusado Milton. Laudo
definitivo, fls. 87. Dou por encerrada a instrução criminal. Abra-se vista dos autos ao MP
para alegações finais em cinco dias. E, para constar, foi determinada a lavratura do
presente termo. Eu, Walter Gonçalves de Souza Neto, o digitei, o conferi e subscrevi.

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


Liz Rezende de Andrade
Juíza de Direito
fls. 185

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

INQUIRIÇÃO DE TESTEMUNHA DE DEFESA

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: ''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 04/08/2015 às 14:00h
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1942516.
Marcela Lopes de Jesus, RG 0753200457. Aos costumes disse que é amiga do acusado
Milton, sendo ouvida em termos de declarações. Testemunha compromissada na forma da
Lei, prometeu dizer a verdade do que soubesse e lhe fosse perguntado e, sendo inquirida
a respeito dos fatos alegados na denúncia, disse: Dada a palavra ao(à)
Defensor(a)/Advogado(a), respondeu que: conhece Milton há cerca de 15 a 20 anos
e mora perto da casa dele; que Milton é uma boa pessoa e bem quista por todos; que ele
estava trabalhando, mas hoje está desempregado; que nunca soube do envolvimento
dele com tráfico; que ele ficou muitos anos no último emprego; que recebeu com
surpresa a prisão de Milton; que Milton é uma pessoa que tem uma vida humilde. Dada a
palavra ao defensor de Anderson, respondeu que: Nada perguntou. Dada a palavra
ao(à) Promotor(a) de Justiça, respondeu que: Nada perguntou. Às perguntas
do(a) Juiz(a), respondeu que: Nada perguntou. E por nada mais haver, mandou o(a)
Dr(a). Juiz(a) encerrar este, que vai por todos assinado. Eu, Walter Gonçalves de Souza
Neto, estagiário, o subscrevi.

Liz Rezende de Andrade

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


Juíza de Direito

Testemunha:

Defensor(a)/Advogado (a):

Representante do Ministério Público:


fls. 186

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

INQUIRIÇÃO DE TESTEMUNHA DE DEFESA

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: ''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 04/08/2015 às 14:00h
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 19421FD.
José Santos de Oliveira, RG 759279004, brasileiro(a), nascido aos 03/10/1974, residente
à Av. Eliomar Baleeiro, Trav. Três Irmãos, nº 06-E, Pau da Lima, Salvador/BA. Aos
costumes disse que é amigo do acusado Milton, sendo ouvidos em termos de declarações.
Testemunha compromissada na forma da Lei, prometeu dizer a verdade do que soubesse
e lhe fosse perguntado e, sendo inquirida a respeito dos fatos alegados na denúncia,
disse: Dada a palavra ao(à) Defensor(a)/Advogado(a), respondeu que: convive
com o acusado Milton em virtude do trabalho, no condomínio Edf. Nautilus; que o Milton
era um bom funcionário; que ele é trabalhador e querido por todos; que ficaram chocados
com a prisão; que nunca o viu embriagado ou usando drogas; que nunca o viu
ostentando riqueza ou com bens de valor, como relógio, por exemplo; que nunca soube
de nenhum outro envolvimento de Milton em problema policial; que Milton continuou no
emprego normalmente após a prisão. Dada a palavra ao defensor de Anderson,
respondeu que: Nada perguntou. Dada a palavra ao(à) Promotor(a) de Justiça,
respondeu que: o veículo Celta é da mãe de Milton; que não sabe do relacionamento de
Milton com o corréu; que não sabe dizer se o local da prisão tem problemas de venda de
drogas. Às perguntas do(a) Juiz(a), respondeu que: Nada perguntou. E por nada
mais haver, mandou o(a) Dr(a). Juiz(a) encerrar este, que vai por todos assinado. Eu,
Walter Gonçalves de Souza Neto, estagiário, o subscrevi.

Liz Rezende de Andrade Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.
Juíza de Direito

Testemunha:

Defensor(a)/Advogado (a):

Representante do Ministério Público:


fls. 187

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
vrg@tjba.jus.br
vrg@tjba.jus.br

INQUIRIÇÃO DE TESTEMUNHA DE ACUSAÇÃO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: ''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro
Data: 04/08/2015 às 14:00h
Sala de Audiências da 2ª Vara de Tóxicos da Salvador.
Local:

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1941E0A.
SD PM Bruno Machado Ribeiro, mat.: 30.511.427-1, lotado na BEPE. Aos costumes disse
nada. Testemunha compromissada na forma da Lei, prometeu dizer a verdade do que
soubesse e lhe fosse perguntado e, sendo inquirida a respeito dos fatos alegados na
denúncia, disse: Dada a palavra ao(à) Promotor(a) de Justiça, respondeu que:
participou da prisão dos réus e se lembra dos fatos; que estavam fazendo uma blitz na
Av. Pinto de Aguiar, quando um transeunte informou à polícia que os réus estavam
traficando ou com droga no carro (não se lembra ao certo); que o carro era um Celta
vermelho de duas portas; que quando a PM aproximou-se do carro, os réus evadiram-se
no sentido Orla e foram perseguidos, tendo sido alcançados; que dentro do carro foi
encontrado certa quantidade de cocaína embaixo do tapete; que também foi encontrada
uma quantidade no bolso de um deles, e outra quantidade no local onde o Celta estava
antes estacionado; que não se recorda da apreensão de petrechos; que a quantidade de
droga era considerável, mas não sabe precisar; que uma parte da droga estava
fracionada e a outra, em um saco maior; que a droga estava em um saco plástico; que
não se recorda qual a versão apresentada pelos réus; que os dois réus aparentavam ter
feito uso de droga; que não lembra se os réus afirmaram que são usuários de drogas;
que não os conhecia; que não sabe informar se no local onde os réus foram presos, é
comum ocorrer o tráfico; que foi o responsável pela revista no Celta e localização da
droga; que também foi a pessoa que achou a droga no local onde o carro estava
estacionado. Dada a palavra ao(à) Defensor(a)/Advogado(a) de Milton,
respondeu que: Nada perguntou. Dada a palavra ao(à) Defensor(a)/Advogado(a)

Este documento foi assinado digitalmente por LIZ REZENDE DE ANDRADE.


de Anderson, respondeu que: a droga estava em três embalagens, sendo uma delas
com uma quantidade maior; que essas embalagens estavam dentro do carro; que nunca
tinha visto os réus antes. Às perguntas do(a) Juiz(a), respondeu que: Nada
perguntou. E por nada mais haver, mandou o(a) Dr(a) Juiz(a) encerrar este, que vai por
todos assinado. Eu, Walter Gonçalves de Souza Neto, estagiário, o subscrevi.

Liz Rezende de Andrade


Juíza de Direito

Testemunha:

Representante do Ministério Público:

Defensor(a)/Advogado(a):
Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.
fls. 188

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 19547BD.
Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.
fls. 189

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 19547BD.
Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.
fls. 190

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 19547BD.
Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.
fls. 191

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 19547BD.
Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.
fls. 192

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 19547BD.
Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.
fls. 193

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 19547BD.
fls. 194

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA [Justiça Gratuita]


Comarca de [Comarca do Processo] [Prioridade Idoso]
[Vara do Processo] [Réu Preso]
[Endereço Completo da Vara do Processo]
[E-mail da Vara do Processo]

CERTIDÃO DE REMESSA DA INTIMAÇÃO PARA O PORTAL


ELETRÔNICO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins
Autor: '''Ministério Público do Estado da Bahia.+
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1985836.
Nome da Parte Terceira Selecionada << Nenhuma informação disponível >>'''Ministério Público do Estado da Bahia.+Anderson Merces da Silva e Milton Silva
Pinheiro'''Ministério Público do Estado da Bahia.+
'''Ministério Público do Estado da Bahia.+0395775-97.2013.8.05.0001ARI GUARISCO COSTAJOSE HENRIQUE ABBADE DOS REISNome do Advogado da Parte Terceira
Principal << Nenhuma informação disponível >>Nome da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível >>Nome do Representante Legal Selecionado <<
Nenhuma informação disponível >>

CERTIFICA-SE, que em 12/08/2015 o ato abaixo foi


encaminhado para intimação no portal eletrônico.

Teor do ato: DECISÃO INTERLOCUTÓRIA Processo


nº:0395775-97.2013.8.05.0001 Classe Assunto:Ação Penal - Procedimento
Ordinário - Tráfico de Drogas e Condutas Afins Autor:Ministério Público do Estado da
Bahia Réu:Milton Silva Pinheiro e outro Vistos, etc. MILTON SILVA PINHEIRO e
ANDERSON MERCÊS SILVA foram denunciados pelo Ministério Público como incurso
nas sanções penais sediadas no artigo 33 da Lei 11.343/2006. Às fls. 71/80, por
intermédio de advogado constituído, MILTON ofereceu sua defesa, aduzindo
preliminar de inépcia da denúncia. Ademais, requereu a desclassificação do delito
previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006, para aquele tipificado no art. 28 do mesmo
diploma legal. ANDERSON, por sua vez, apresentou sua defesa às fls. 85, através
de advogado constituído, não argüindo nenhuma preliminar. Instado a se
manifestar, o Ministério Público opinou pela rejeição da preliminar arguída, e pelo
recebimento integral da denúncia, conforme parecer lançado às fls. 96/98. Passo a
exercer o juízo de admissibilidade. Entendo que é incabível o acolhimento da tese
que objetiva a rejeição da peça acusatória, por inépcia, posto que a mesma narra e
individualiza a conduta, em tese, criminosa imputada aos denunciados, descrevendo
claramente o fato imputado com todas as suas circunstâncias, atendendo, pois, aos

Este documento foi assinado digitalmente por tjba.jus.br.


requisitos do artigo 41 do CPP. Em relação ao pleito de desclassificação, não é
viável o acolhimento da tese defensiva, que objetiva a rejeição de denúncia, vez
que não estão evidenciados, prima facie, os elementos do artigo 28 da Lei
11343/06, como quer a defesa do réu MILTON, máxime considerando as
circunstâncias da prisão e, sobretudo, a quantidade de cocaína apreendida (25,95
g). Desta forma, encontra-se a conduta do réu subsumida, em tese, ao núcleo do
tipo do artigo 33 - trazer consigo/transportar/ter depósito drogas, razão pela qual
deve ser objeto de apuração durante a instrução criminal. Destarte, refuto a
preliminar suscitada e recebo a denúncia, em todos os seus termos, vez que
presentes os requisitos do artigo 41 do CPP, não se vislumbrando nenhuma das
hipóteses de que tratam os artigos 395 (rejeição da denúncia) e 397 (absolvição
sumária) do mesmo diploma legal. Citem-se os réus, para que compareçam à
fls. 195

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA [Justiça Gratuita]


Comarca de [Comarca do Processo] [Prioridade Idoso]
[Vara do Processo] [Réu Preso]
[Endereço Completo da Vara do Processo]
[E-mail da Vara do Processo]

audiência de instrução e julgamento, a qual designo para o dia 02/06/2014, às


14:00 hs, oportunidade em que serão qualificados e interrogados, por falta de
pauta para data precedente. Intimações e requisições necessárias para a realização
válida do ato processual. Intimem-se os subscritores das petições de fls. 71/80 e
85, Dr. Ari Guarisco Costa, OAB/BA 23.681, e Dr. Jose Henrique Abbade dos Reis,
OAB/BA 35.136, respectivamente, para que juntem aos autos, no prazo de 10 dias,
instrumento de mandato que os habilitem a representar os denunciados. Laudo
pericial toxicológico, fls. 87. Juntem-se antecedentes atualizados. I. Cumpra-se.
Salvador(BA),20 de janeiro de 2014. Liz Rezende de Andrade Juíza de Direito

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1985836.
Salvador (BA), 12 de agosto de 2015.

Este documento foi assinado digitalmente por tjba.jus.br.


fls. 196

ESTADO DO BAHIA
PODER JUDICIÁRIO

CIÊNCIA DA INTIMAÇÃO

Autos nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Foro: Salvador

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1991AEA.
Declaramos ciência nesta data, através do acesso ao portal eletrônico, do teor do
ato transcrito abaixo.

Data da intimação: 13/08/2015 09:25


Prazo: 5 dias
Intimado: Ministério Público do Estado da Bahia
Teor do Ato: DECISÃO INTERLOCUTÓRIA Processo nº:0395775-
97.2013.8.05.0001 Classe Assunto:Ação Penal - Procedimento Ordinário -
Tráfico de Drogas e Condutas Afins Autor:Ministério Público do Estado da
Bahia Réu:Milton Silva Pinheiro e outro Vistos, etc. MILTON SILVA
PINHEIRO e ANDERSON MERCÊS SILVA foram denunciados pelo
Ministério Público como incurso nas sanções penais sediadas no artigo 33 da Lei
11.343/2006. Às fls. 71/80, por intermédio de advogado constituído, MILTON

Este documento foi assinado digitalmente por Leila Adriana Vieira Seijo de Figueiredo.
ofereceu sua defesa, aduzindo preliminar de inépcia da denúncia. Ademais,
requereu a desclassificação do delito previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006, para
aquele tipificado no art. 28 do mesmo diploma legal. ANDERSON, por sua vez,
apresentou sua defesa às fls. 85, através de advogado constituído, não argüindo
nenhuma preliminar. Instado a se manifestar, o Ministério Público opinou pela
rejeição da preliminar arguída, e pelo recebimento integral da denúncia,
conforme parecer lançado às fls. 96/98. Passo a exercer o juízo de
admissibilidade. Entendo que é incabível o acolhimento da tese que objetiva a
rejeição da peça acusatória, por inépcia, posto que a mesma narra e
individualiza a conduta, em tese, criminosa imputada aos denunciados,
descrevendo claramente o fato imputado com todas as suas circunstâncias,
atendendo, pois, aos requisitos do artigo 41 do CPP. Em relação ao pleito de
desclassificação, não é viável o acolhimento da tese defensiva, que objetiva a
rejeição de denúncia, vez que não estão evidenciados, prima facie, os elementos
do artigo 28 da Lei 11343/06, como quer a defesa do réu MILTON, máxime
considerando as circunstâncias da prisão e, sobretudo, a quantidade de cocaína
apreendida (25,95 g). Desta forma, encontra-se a conduta do réu subsumida, em
tese, ao núcleo do tipo do artigo 33 - trazer consigo/transportar/ter depósito
fls. 197

drogas, razão pela qual deve ser objeto de apuração durante a instrução
criminal. Destarte, refuto a preliminar suscitada e recebo a denúncia, em todos
os seus termos, vez que presentes os requisitos do artigo 41 do CPP, não se
vislumbrando nenhuma das hipóteses de que tratam os artigos 395 (rejeição da
denúncia) e 397 (absolvição sumária) do mesmo diploma legal. Citem-se os réus,
para que compareçam à audiência de instrução e julgamento, a qual designo
para o dia 02/06/2014, às 14:00 hs, oportunidade em que serão qualificados e
interrogados, por falta de pauta para data precedente. Intimações e requisições
necessárias para a realização válida do ato processual. Intimem-se os
subscritores das petições de fls. 71/80 e 85, Dr. Ari Guarisco Costa, OAB/BA
23.681, e Dr. Jose Henrique Abbade dos Reis, OAB/BA 35.136, respectivamente,
para que juntem aos autos, no prazo de 10 dias, instrumento de mandato que os
habilitem a representar os denunciados. Laudo pericial toxicológico, fls. 87.
Juntem-se antecedentes atualizados. I. Cumpra-se. Salvador(BA),20 de janeiro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 1991AEA.
de 2014. Liz Rezende de Andrade Juíza de Direito

Salvador, 13 de Agosto de 2015

Este documento foi assinado digitalmente por Leila Adriana Vieira Seijo de Figueiredo.
fls. 198

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
salvador2vtoxico@tjba.jus.br

ATO ORDINATÓRIO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de
Drogas e Condutas Afins
Autor: '''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D11E6.
Conforme provimento 06/2016, da Corregedoria Geral
de Justiça, pratiquei o ato processual abaixo:

Vistas ao Ministério Público para alegações finais.

Salvador, 12 de janeiro de 2018

Patrícia Sousa dos Reis


Diretora de Secretaria

Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.
fls. 199

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA Justiça Gratuita


Comarca de Salvador
2ª Vara de Tóxicos
Av Ulysses Guimarães, 1º Andar do Fórum Criminal, Sussuarana -
CEP 41213-000, Fone: 3460-8042/8054, Salvador-BA - E-mail:
salvador2vtoxico@tjba.jus.br
salvador2vtoxico@tjba.jus.br

CERTIDÃO DE REMESSA DA INTIMAÇÃO PARA O PORTAL


ELETRÔNICO

Processo nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Classe Assunto: Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D2F29.
Autor: '''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu: Milton Silva Pinheiro e outro

Nome da Parte Terceira Selecionada << Nenhuma informação disponível >>'''Ministério Público do Estado da BahiaAnderson Merces da Silva e Milton Silva
Pinheiro'''Ministério Público do Estado da Bahia
'''Ministério Público do Estado da Bahia0395775-97.2013.8.05.0001ARI GUARISCO COSTAJOSE HENRIQUE ABBADE DOS REISNome do Advogado da Parte Terceira
Principal << Nenhuma informação disponível >>Nome da Parte Terceira Principal << Nenhuma informação disponível >>Nome do Representante Legal Selecionado <<
Nenhuma informação disponível >>

CERTIFICA-SE, que em 12/01/2018 o ato abaixo foi


encaminhado para intimação no portal eletrônico.

Teor do ato: ATO ORDINATÓRIO Processo nº:0395775-


97.2013.8.05.0001 Classe Assunto:Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico
de Drogas e Condutas Afins Autor:'''Ministério Público do Estado da Bahia
Réu:Milton Silva Pinheiro e outro Conforme provimento 06/2016, da Corregedoria
Geral de Justiça, pratiquei o ato processual abaixo: Vistas ao Ministério Público para
alegações finais. Salvador, 12 de janeiro de 2018 Patrícia Sousa dos Reis Diretora
de Secretaria

Salvador (BA), 12 de janeiro de 2018.

Este documento foi assinado digitalmente por protosaj02.tjba.jus.br.


fls. 200

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA 2ª VARA DE TÓXICOS - SALVADOR/BA


AÇÃO PENAL 0395775-97.2013.8.05.0001.
AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO
RÉUS: MILTON SILVA PINHEIRO e ANDERSON MERCÊS SILVA.

ALEGAÇÕES FINAIS

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D89FA.
MM. Juiz(a),

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS. Protocolado em 12/01/2018 às 12:05:52.
O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA,
presentado por seu Órgão ora subscritor, vem, perante V.Exa., oferecer suas
derradeiras alegações em face dos denunciados, MILTON SILVA PINHEIRO e
ANDERSON MERCÊS SILVA, devidamente qualificados nos autos, pelos fatos
e argumentos ademais explanados.

DOS FATOS

Os réus foram denunciados por conduta amoldada no art.33,


caput, da Lei 11.343/06. Consoante apurado, no dia 27 de julho de 2013, por
volta das 15h30min, na Av. Pinto de Aguiar, Pituaçu, nesta Capital, MILTON
SILVA PINHEIRO e ANDERSON MERCÊS SILVA foram presos em flagrante,
pois mantinham a posse e guarda de quantidade de droga, conforme auto de
exibição e apreensão de fls. 09 e laudo de fls. 22.

Narra a denúncia policiais realizavam uma bliz, quando


foram informados de que havia dois indivíduos em atitude suspeita, a bordo do
veículo Celta vermelho, estacionado na frente de um condomínio próximo de
onde a blitz ocorria. Os Policiais diligenciaram até o local e, os Acusados, ao
perceberem a aproximação da Polícia, tentaram empreender fuga, mas foram
alcançados e abordados. No interior do veículo e com os Acusados, foi
apreendido considerável quantidade de cocaína, aparelhos celulares e a quantia
de R$260,00.
fls. 201

Ao todo foram apreendidos 22,95g de cocaína, Laudo fl. 22.

Os Réus foram notificados e apresentaram defesa prévia.

A denúncia foi recebida em 20/01/2014 (fl. 99/100).

A materialidade delitiva está estampada no Auto de


apreensão e constatação, os quais revelam a substância encontrada pelos
policiais: cocaína. Do mesmo modo, o laudo pericial, fl. 87.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D89FA.
Quantidade, forma de acondicionamento e espécie de droga,

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS. Protocolado em 12/01/2018 às 12:05:52.
revelam a subsunção da respectiva conduta no quanto descrito no artigo 33 da
Lei de Drogas.

A autoria delitiva é confirmada pelos depoimentos das


testemunhas, tanto na fase de inquérito, quanto posteriormente em juízo.

DAS PROVAS

Inquérito regular, apuram-se evidências substanciais de


autoria. Em auto de prisão em flagrante, denota-se a confirmação da guarda e
posse ilegal de substância entorpecente. Os policiais foram certos ao
confirmar o resultado da diligência.

Em seu interrogatório, na fase de inquérito, MILTON SILVA


PINHEIRO negou a posse da droga, bem como a condição de usuário (fl. 15).

O Réu ANDERSON MERCÊS SILVA (fl. 16) negou


qualquer vínculo com a droga, alegando que já fez uso de crack, mas que não
fazia mais uso de nenhuma droga.

Em juízo, os réus confessaram a posse e propriedade das


drogas, afirmando que adquiriram por R$1.000,00 e que a mesma se destinava
ao consumo dos mesmos e não para o tráfico.
fls. 202

De ver-se que as informações narradas na denúncia findam


por serem confirmadas através da leitura dos depoimentos das autoridades que
os apresentaram – vide auto de flagrante.

A materialidade do delito encontra-se irrefutável, conforme


se depreende dos laudos periciais, resultantes do exame sobre as substâncias
apreendidas, quando se confirma a ilicitude das drogas encontradas com o réu.

Oferecida a denúncia, deu-se ensejo à demanda

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D89FA.
jurisdicionalizada. Notificado, o denunciado ofereceu respectiva defesa, não
considerada suficiente para afastar a acusação.

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS. Protocolado em 12/01/2018 às 12:05:52.
Designado interrogatório. Embora seja ato onde ao
interrogando não é imposto o compromisso de dizer a verdade, sendo muito
mais um momento de defesa que de formação de prova, muitas vezes serve de
meio para arregimentação de evidências.

O art. 156 do CPP prevê que a prova da alegação incumbirá


a quem afizer. Logo, as versões aduzidas pelo réu em Juízo, como se vê, são, em
regra, imprecisas, dotadas de fragilidade, e contraditórias entre si, sem condições
de dirimir a certeza quanto à veracidade do fato relatado na denúncia e ora
processado. Tal ocorre porque são declarações decorrentes do principal
interessado no feito, já que à parte requerida se imputa o fato criminoso
processado.

Dando-se continuidade à instrução, ouvidos os policiais


responsáveis pela diligência, atém-se que os depoimentos dos mesmos findam
por corroborar o quanto narrado na exordial acusatória. A conduta do acusado e
todas as circunstância que a cercam afastam as dúvidas sobre o fato ora em
análise e findam por sedimentar a imputação narrada na peça inicial.

Os depoimentos mantiveram capacidade suficiente para


referendar a acusação relatada na denúncia, fazendo referência aos depoimentos
em sede de inquérito policial, que foram ratificados. Em harmonia e coerentes
fls. 203

entre si, os depoimentos obtidos durante a instrução afastam dúvidas quanto à


posse de drogas proibidas.

De ver-se, portanto, que os policiais, testemunhas diretas do


ocorrido, findaram por confirmar as circunstâncias do fato descrito na denúncia:
confirmaram a diligência que resultou na prisão do denunciado;
robusteceram informações trazidas durante o inquérito policial. Os policiais
foram claros e precisos, sem contradições relevantes, quanto ao fato
processado: estabeleceram o local onde a conduta se passou; esclareceram o
comportamento do réu; informaram o modo como foi encontrada a droga.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D89FA.
De ver-se, pois, que a tese de defesa não funciona,

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS. Protocolado em 12/01/2018 às 12:05:52.
findando por cair, tão logo analisado o corpo do tipo descrito no artigo 33
da Lei de drogas, assim como as provas produzidas em juízo.

Dos relatos contidos nos depoimentos das testemunhas,


pois, conclui-se, unicamente, afastando-se qualquer dúvida possível, sobre a
posse de drogas, conforme relato da denúncia e trecho a seguir transcrito:

“... que reconhece os réus aqui presentes; que participou da


prisão dos mesmos; que os réus foram abordados numa
ronda de rotina; que conhece pouco o local da abordagem,
e, por isso, não sabe dizer se é ponto de tráfico; que não
conhecia os réus; que a PM estava fazendo uma blitz na Av.
Pinto de Aguiar, tendo como alvo principal a verificação de
furto e roubo de veículos; que os policiais receberam um
informe de um transeunte, segundo o qual havia um Celta
vermelho estacionado próximo a um condomínio; que
quando a PM aproximou-se, o veículo evadiu do local no
sentido Orla, tendo sido perseguido e alcançado, ocasião
em que os réus foram flagrados transportando certa
quantidade de drogas dentro do carro referido; que não tem
certeza neste momento se também havia droga na posse
pessoal dos réus; que aparentemente se tratava de cocaína;
que não lembra a quantidade, mas pode dizer que era
fls. 204

razoável; que não lembra da apreensão de petrechos; que


não se recorda da versão apresentada pelos réus; que não
lembra em qual local do carro estava a droga; que não se
recorda se os réus delataram-se reciprocamente; que não
se recorda se os réus aparentavam ter feito uso de drogas;
que o depoente era o condutor da viatura; que não lembra
quem encontrou o material ilícito; que tem uma vaga
lembrança de que o veículo pertencia a um parente de um
dos réus; que o transeunte informou que o veículo Celta
vinha em um determinado sentido e, ao avistara polícia

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D89FA.
tentou contornar. Dada a palavra ao(à)
Defensor(a)/Advogado(a) de Anderson , respondeu que:

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS. Protocolado em 12/01/2018 às 12:05:52.
informou que a droga era em quantidade considerável
porque a viu ...” (AILTON DOS SANTOS, fl. 183)

“... que participou da prisão dos réus e se lembra dos fatos;


que estavam fazendo uma blitz na Av. Pinto de Aguiar,
quando um transeunte informou à polícia que os réus
estavam traficando ou com droga no carro (não se lembra
ao certo); que o carro era um Celta vermelho de duas
portas; que quando a PM aproximou-se do carro, os réus
evadiram-se no sentido Orla e foram perseguidos, tendo
sido alcançados; que dentro do carro foi encontrado certa
quantidade de cocaína embaixo do tapete; que também foi
encontrada uma quantidade no bolso de um deles, e outra
quantidade no local onde o Celta estava antes estacionado;
que não se recorda da apreensão de petrechos; que a
quantidade de droga era considerável, mas não sabe
precisar; que uma parte da droga estava fracionada e a
outra, em um saco maior; que a droga estava em um saco
plástico; que não se recorda qual a versão apresentada
pelos réus; que os dois réus aparentavam ter feito uso de
droga; que não lembra se os réus afirmaram que são
usuários de drogas; que não os conhecia; que não sabe
informar se no local onde os réus foram presos, é comum
fls. 205

ocorrer o tráfico; que foi o responsável pela revista no


Celta e localização da droga; que também foi a pessoa que
achou a droga no local onde o carro estava estacionado.
Dada a palavra ao(à) Defensor(a)/Advogado(a) de Milton,
respondeu que: Nada perguntou. Dada a palavra ao(à)
Defensor(a)/Advogado(a) de Anderson, respondeu que: a
droga estava em três embalagens, sendo uma delas com
uma quantidade maior; que essas embalagens estavam
dentro do carro;. ...” (BRUNO MACHADO RIBEIRO, fl.
187)

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D89FA.
Ressalte-se a relevância do depoimento das autoridades

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS. Protocolado em 12/01/2018 às 12:05:52.
policiais, responsáveis pelo flagrante e que confirmaram tudo o quanto constante
do auto respectivo.

A jurisprudência do STF é no sentido de que a simples


condição de policial não torna a testemunha impedida ou
suspeita (STF – HC 70.237 – Rel. Carlos Velloso – RTJ
157/94).

“Não basta que sejam funcionários da polícia para que


se rejeite os seus depoimentos como fonte de prova.
Aliás, seria um contra-senso o Estado credenciar pessoas
para a função repressiva e negar-lhe crédito quando dão
conta de suas diligências(TJSP – AC – Rel. Silva Leme –
RT 417/94).

Em tema de comércio clandestino de entorpecentes, o


policial não está impedido de depor e seu depoimento
deve ser valorado como qualquer outro, não se
compreendendo que, aprioristicamente, seja repelido
como eivado de suspeição” (TACRIM – SP – AP – Rel.
Silva Franco – JUTACRIM – SP 46/365).

“Inexiste impedimento para policial figurar como


fls. 206

testemunha, pois, depondo sob compromisso, suas


informações devem ser cotejadas com as demais provas,
não sendo possível passar-se um atestado de
inidoneidade em relação a uma pessoa, somente pelo fato
de ser ela um agente de segurança, seja civil , seja
militar” (TACRIM – SP – AP – Rel. Walter Swensson –
RJD 25/334).

Os acusados não produziram provas capazes de dirimir


ou afetar a percepção de certeza dos fatos, conforme na inicial relatado.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D89FA.
No que diz respeito ao dolo, em sua obra A lógica das

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS. Protocolado em 12/01/2018 às 12:05:52.
provas em matéria criminal, Ed. Servanda, Nicola Framarino Dei
Malatesta, afirma: Essa presunção de dolo é senão uma presunção júris
tantum, que encontra sua justificativa na exterioridade criminosa da ação já
provada, enquanto que res ipsa in se dolum habet, ou, em outros termos, o
fato material criminoso, por si mesmo, só se apresenta suscetível de uma
intenção dolosa. Quando, pois, diante da conduta criminosa provada, que
inclui o dolo, o acusado se apresenta negando-o, contrapõe a uma
afirmativa provada uma asserção totalmente improvada e que ele tem
obrigação de demonstrar.

O curso criminal foi, amplamente, demonstrado: as provas


orais – testemunhas presenciais do fato – conferem grau de certeza ao quanto
narrado na acusação.

A materialidade do delito de tráfico, conforme referido,


encontra-se, perfeitamente, consubstanciada em laudo pericial.

DOS PEDIDOS

Conforme, pois, o quanto contido nos autos, restam


afastadas quaisquer dúvidas acerca do fato imputado aos réus. O conjunto de
provas trazidas aos autos revela a verdade dos fatos, explanadas na peça inicial.
fls. 207

Os depoimentos das testemunhas, juntamente com as informações trazidas aos


autos pelo próprio acusado, revelam a posse de drogas pelos réus. Caem por
terra as assertivas deduzidas na defesa.

Requer-se, portanto, seja julgada procedente a pretensão


punitiva contida nos autos, declarando subsumir-se as condutas dos réus ao
contido nos artigos 33 da Lei 11.343/2006, condenando-o às penas consequentes
do referido artigo e demais crimes capitulados na inicial, posto tratar-se de
medida de justiça.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40D89FA.
Ademais, verifica-se que os Acusados integram esquema de
tráfico de drogas, comercializando a varejo as referidas substâncias, sendo a sua

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS. Protocolado em 12/01/2018 às 12:05:52.
culpabilidade e a reprovabilidade de sua conduta extremamente elevadas e,
estando a exigir do Judiciário a necessária reprimenda.

Salvador, 12 de janeiro de 2018.

RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS


Promotor de Justiça
fls. 208

ESTADO DO BAHIA
PODER JUDICIÁRIO

CIÊNCIA DA INTIMAÇÃO

Autos nº: 0395775-97.2013.8.05.0001


Foro: Salvador

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 40DC4C9.
Declaramos ciência nesta data, através do acesso ao portal eletrônico, do teor do
ato transcrito abaixo.

Data da intimação: 12/01/2018 12:12


Prazo: 5 dias
Intimado: Ministério Público do Estado da Bahia
Teor do Ato: ATO ORDINATÓRIO Processo nº:0395775-97.2013.8.05.0001
Classe Assunto:Ação Penal - Procedimento Ordinário - Tráfico de Drogas e
Condutas Afins Autor:'''Ministério Público do Estado da Bahia Réu:Milton
Silva Pinheiro e outro Conforme provimento 06/2016, da Corregedoria Geral de
Justiça, pratiquei o ato processual abaixo: Vistas ao Ministério Público para
alegações finais. Salvador, 12 de janeiro de 2018 Patrícia Sousa dos Reis Diretora
de Secretaria

Este documento foi assinado digitalmente por RODRIGO RAMOS CAVALCANTI REIS.
Salvador, 12 de Janeiro de 2018
fls. 209

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 01/02/2018 18:54


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE REMESSA DE RELAÇÃO

Certifico que o ato abaixo consta da relação nº 0018/2018, encaminhada para publicação.

Advogado Forma
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) D.J
JOSE HENRIQUE ABBADE DOS REIS (OAB D.J
35136/BA)

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 41BCA29.
Teor do ato: "Vistas à Defesa para apresentação de Memoriais."

Do que dou fé.


Salvador, 1 de fevereiro de 2018.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por CRISTIANE PECANHA MARTINS SOTTO MAIOR.
fls. 210

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 02/02/2018 11:43


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE PUBLICAÇÃO DE RELAÇÃO

Certifico e dou fé que o ato abaixo, constante da relação nº 0018/2018, foi disponibilizado no
Diário da Justiça Eletrônico em 01/02/2018. Considera-se data da publicação, o primeiro dia útil
subseqüente à data acima mencionada. O prazo terá início em 05/02/2018, conforme disposto no
Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça.

Certifico, ainda, que para efeito de contagem do prazo foram consideradas as seguintes
datas.

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 41C33E4.
09/02/2018 - DECRETO JUDICIÁRIO Nº 36, DE 11 DE JANEIRO DE 2018 - Prorrogação

Advogado Prazo em dia Término do prazo


ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) 5 12/02/2018
JOSE HENRIQUE ABBADE DOS REIS (OAB 35136/BA) 5 12/02/2018

Teor do ato: "Vistas à Defesa para apresentação de Memoriais."

Do que dou fé.

Este documento foi assinado digitalmente por CRISTIANE PECANHA MARTINS SOTTO MAIOR.
Salvador, 2 de fevereiro de 2018.

Escrivã(o) Judicial
fls. 211

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 20/02/2018 07:35


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE REMESSA DE RELAÇÃO

Certifico que o ato abaixo consta da relação nº 0026/2018, encaminhada para publicação.

Advogado Forma
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) D.J
JOSE HENRIQUE ABBADE DOS REIS (OAB D.J
35136/BA)

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 4250A44.
Teor do ato: "Vistas à defesa para apresentação de memoriais."

Do que dou fé.


Salvador, 20 de fevereiro de 2018.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.
fls. 212

TJ/BA - COMARCA DE SALVADOR Emitido em: 28/02/2018 19:02


Certidão - Processo 0395775-97.2013.8.05.0001 Página: 1

CERTIDÃO DE REMESSA DE RELAÇÃO

Certifico que o ato abaixo consta da relação nº 0029/2018, encaminhada para publicação.

Advogado Forma
ARI GUARISCO COSTA (OAB 23681/BA) D.J
JOSE HENRIQUE ABBADE DOS REIS (OAB D.J
35136/BA)

Se impresso, para conferência acesse o site http://esaj.tjba.jus.br/esaj, informe o processo 0395775-97.2013.8.05.0001 e o código 42C86E8.
Teor do ato: "Vistas à Defesa para apresentação de Memoriais."

Do que dou fé.


Salvador, 28 de fevereiro de 2018.

Escrivã(o) Judicial

Este documento foi assinado digitalmente por PATRICIA SOUSA DOS REIS.