Anda di halaman 1dari 30

Universidade Federal do Pará

Programa de Pós Graduação em Infraestrutura e


Desenvolvimento Energético - PPGINDE

Proposta para
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
DO PPGINDE
2016 - 2021
Prof. Alexandre Mesquita

1
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
MISSÃO DO PPGINDE
Desenvolver na Amazônia pesquisas aplicadas, que possam
contribuir para a solução de problemas regionais dentro da
área de infraestrutura e desenvolvimento energético,
provendo recursos humanos qualificados para a sociedade.

VISÃO DO PPGINDE
Ser um Programa de Pós-Graduação Conceito 4 (CAPES) em
2021 sendo referência em pesquisa aplicada em
infraestrutura e desenvolvimento energético na Região
Norte do Brasil.
2
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO:
Estabelecimento de objetivos, metas, ações e indicadores

MODELO DE GESTÃO

GESTÃO POR INDICADORES


&
Situação Futura
GESTÃO POR PROCESSOS
(Visão)

Situação Planejamento
Atual Estratégico

3
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA CAPES
ENGENHARIA I

1. PROPOSTA ACADÊMICA

2. CORPO DOCENTE PROCESSOS INTERNOS

3. CORPO DISCENTE

4. PRODUÇÃO INTELECTUAL 5. INSERÇÃO SOCIAL

4
1. PROPOSTA ACADÊMICA

1.1. Coerência e Consistência entre a Proposta do Curso,


Áreas de Concentração, Linhas de pesquisas,
Projetos e Disciplinas (40%)

1.2. Planejamento do Programa com Vistas a seu


Desenvolvimento Futuro (40%)

1.3. Infraestrutura para Ensino, Pesquisa e Extensão (20%)


1.1. Coerência e Consistência entre a Proposta do Curso, Áreas
de Concentração, Linhas de pesquisas, Projetos e
Disciplinas (40%).
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Ter uma excelente coerência e Conceito resultante
consistência entre as Disciplinas, de avaliação entre
R B B E
Linhas de Pesquisa , Áreas de Docentes e
Concentração e Proposta do Curso Discentes do Curso.
Ações:
➢ Desenvolver relatório de avaliação da coerência e consistência entre as disciplinas
até a proposta do curso para ser aplicado semestralmente com docentes e discentes;
➢ De acordo com o resultado da avaliação, planejar e executar ações de controle para
uma boa coerência e consistência entre as disciplinas, linhas de pesquisa e proposta
do curso.

6
1.2. Planejamento do Programa com Vistas a seu
Desenvolvimento Futuro (40%).

Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Ser um Programa de Nota Capes de acordo
Pós-Graduação Nota 4 com avaliação interna do 2 3 3 4
até 2020. curso
Ações:
➢ Desenvolver o Planejamento Estratégico e aprová-lo no Colegiado.
➢Avaliação interna semestral. De acordo com o quadro encontrado, planejar
ações para combater os pontos fracos.
➢ Implementar sistema de comunicação eficaz para divulgação do quadro atual
no momento e divulgação do plano de ações.

7
1.3. Infraestrutura para Ensino, Pesquisa e Extensão (20%).

Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Ter boa infraestrutura Conceito resultante de
para o ensino, pesquisa avaliação entre Docentes R B B E
e extensão. e Discentes do Curso.
Ações:
➢Desenvolver relatório de avaliação da adequação da infraestrutura para o
ensino, pesquisa, administração do Programa, observando se os principais
equipamentos e infraestrutura estão relacionados à proposta do Programa e suas
linhas de pesquisa.
➢Avaliação interna semestral. De acordo com o quadro encontrado, planejar
ações para combater os pontos fracos.
➢ Implementar sistema de comunicação eficaz para divulgação do quadro atual
no momento e divulgação do plano de ações.

8
2. CORPO DOCENTE

2.1. Perfil do Corpo (30%)

2.2. Dedicação dos Docentes (30%)

2.3. Distribuição de atividades de pesquisa e de


Formação (30%)

2.4. Atuação na Graduação (10%)

9
2.1. Perfil do Corpo Docente (30%).

Metas
Objetivo Indicadores
2017 2018 2019 2020
CD (Resultado da
Ter um Corpo Docente Avaliação do Total de R B B E
bem qualificado e Docente, TD);
adequado à Proposta CPP= DP/TD (razão entre
do Curso. Docentes Permanentes e 0,5 0,7 0,8 1
Corpo Docente).
Observações e Ações:
➢CD refere-se a um análise qualitativa do Corpo Total de Docentes (titulação,
diversificação na formação, aprimoramento e experiência, experiência
internacional, adequação à proposta, participação em projetos, premiações, e são
pesquisadores PQ e DT);
➢Realizar avaliação interna semestral do CD e CPP, divulgar, planejar ações e
executá-las

10
2.2. Dedicação dos Docentes (30%).

Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Número de disciplinas por
2 2 2 2
Ter um Corpo Docente Docente
bem dedicado às Número de Projetos de
atividades do pesquisa Pesquisa por Docente
0,5 1 2 2
e de formação com envolvimento de
alunos (Grad. e PG)

Ações:
➢ Desenvolver uma sistemática de busca por oportunidades de projetos
➢ Desenvolver um Escritório de Projetos (PMO) para o auxílio na elaboração da
proposta, planejamento e execução dos projetos.

11
2.3. Distribuição de atividades de pesquisa e de Formação (30%).
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
DD1= docentes com as três
atividades/DP.

Ter um Corpo Docente Atividades:


com boa publicação, 1) Lecionou disciplinas na PG
0,5 0,6 0,8 1,0
orientando alunos e 2) Publicou em Periódicos
ministrando disciplinas A1, A2, B1, B2 ou B3.
3) Teve orientação (concluída
ou em andamento)

Ações:
➢ Estabelecimentos de procedimentos visando publicação;
➢Treinamento desses procedimentos de escrita de artigos e publicação;
➢ Estabelecimento de Processo de Orientação de Alunos

12
2.4. Atuação na Graduação (10%).
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
MDG=(DG+IC))/2DP

Ter um Corpo MDG=Contribuição do docente na


Docente com graduação e pós- graduação.
boa contribuição DG=Média do número de DP lecionando
0,3 0,4 0,5 0,6
no Ensino e na graduação.
Pesquisa na IC= Número de DP orientando iniciação
Graduação científica (alunos de IC).
DP= Número de docentes permanentes

Ação:
➢ Definição de procedimentos para o docente visando obtenção de bolsas de IC.

13
3. CORPO DISCENTE

3.1. Quantidades de Dissertações Defendidas (20%)

3.2. Distribuição das Orientações de Dissertações defendidas


(15%)

3.3. Publicação em periódicos de discentes e egressos do


programa (50%)

3.4. Tempo médio de realização da dissertação (15%)

14
3.1. Quantidades de Dissertações Defendidas (20%).
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020

Ter um número de ORI=número de mestres


D R B MB
dissertações concluídas titulados por ano+ 2,5
igual ao número de número de doutores
docentes permanentes titulados por ano)/número
0,0 0,50 0,75 1
por ano. de docentes permanentes

Ações:
➢ Implementar processos de defesa de planejamento de projeto de dissertação e
qualificação em períodos pré-determinados.
➢Realizar seminário interno semestral de apresentações de andamento de
trabalhos com evolução.

15
3.2. Distribuição das Orientações de Dissertações defendidas
(15%).

Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Ter cada docente com PDO= número de DP
pelo menos uma com orientações
0,0 0,35 0,75 1
orientação concluída concluídas de mestres
por ano. e/ou doutores por ano/DP

Ações:
➢ Mesmas da seção 3.1.

16
3.3. Publicação em periódicos de discentes e egressos do
programa (50%).
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Ter um Corpo QTD=[A1+A2(0,85)+B1(0,7)+B2(0,5)+B3
Docente onde cada (0,2)]/[quantidade de
0 0,10 0,25 0,33
docente publique teses+(0,4)quantidade de dissertações] .
por ano um artigo (70%)
(A1 a B3) e dois QTM= (quantidade de artigos completos
trabalhos em em anais de congresso com discente e
congresso com egressos autores)/quantidade de teses e - 1,00 1,50 2,00
discente do dissertações defendidas no mesmo
programa. período. (30%)
Ações:
➢ Incentivar participação de discentes em congressos
➢ Treinamento em escrita científica
➢ Definição de processo de submissão de publicação
➢ Trazer membros externos qualificados para as bancas examinadoras

17
3.4. Tempo médio de realização da dissertação (15%).
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Ter um tempo médio de
TMM= Tempo médio em
conclusão de dissertação
meses, de titulação de - - 36 30
inferior ou igual a 30
mestrado
meses

Ação:
➢ Mesmas da seção 3.1.

18
4. PRODUÇÃO INTELECTUAL

4.1. Produção dos Docentes (50%)

4.2. Distribuição das Publicações Qualificadas por Docente (30%)

4.3. Produção Técnica (serviços técnicos, cursos rápidos, ..) e


Patentes (20%).

19
4.1. Produção dos Docentes (50%)
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Produção Qualificada dos Docentes
(PQD1)=[A1+A2(0,85)+B1(0,7)+B2(0,5)]/ 0,5 0,6 0,7 0,85
4DP (80%)
Ter um corpo
docente Produção Livros e Cap. Livros dos
? ? ? ?
produtivo Docentes (PQD2)=(L+0,1CP)/4DP (10%)

Produção relativa em Anais


1 2 3 4
(PQD3)=Anais/4DP (10%)

Ações :
➢ Criar PMO para auxílio à elaboração de projetos e de artigos
➢ Implementar quadro de monitoramento de produção dos docentes.

20
4.2. Distribuição das Publicações Qualificadas por Docente (30%)
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Porcentagem de
docentes que tiveram
Ter boa distribuição de
participação em 50 70 100 100
publicação por docente.
periódicos de A1 a B2 no
período (DPD)

Ações:
➢ Mesmas da seção 4.1.

21
4.3. Produção Técnica (serviços técnicos, cursos rápidos, ..) e
Patentes (20%).
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Ter um corpo docente
PT=
com boa produção técnica

Ação:

22
5. INSERÇÃO SOCIAL
5.1. Impacto regional e nacional do programa (45%)

5.2. Parcerias com outros Centros de Pesquisa (redes de


pesquisa,..) (35%)

5.3. Visibilidade/Transparência do Programa (Site com muita


informação: regulamentos, atuação, disponibilização de
dissertação,...) (20%)

23
5.1. Impacto regional e nacional do programa (45%)
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
NP= Número de participação de
docentes e discentes em ações que
favoreçam a inserção social e o
impacto regional e/ou nacional,
Ter corpo docente e incluindo participação em
discente atuante na sociedades, conselhos regionais e 05 10 20 30
extensão universitária nacionais formuladores de políticas
públicas, programas cooperativos
com instituições públicas e privadas
e indústrias, programas de extensão
comunitária.

Ações:

24
5.2. Parcerias com outros Centros de Pesquisa (redes de
pesquisa,..) (35%)

Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Número de participações
formais em projetos de
Ter um corpo docente
cooperação e redes de
com boa rede de
pesquisa entre programas com
parceiros
níveis de consolidação
diferentes.

Ação:

25
5.3. Visibilidade/Transparência do Programa (Site com muita
informação: regulamentos, atuação, disponibilização de
dissertação,...) (20%)
Metas
Objetivo Indicador
2017 2018 2019 2020
Ser um Programa Avaliação do site do programa em
de Pós Graduação relação à disponibilidade de dados
com boa visibilidade atualizados sobre o funcionamento,
para o público em incluindo regulamentos e atuação do Ruim Reg Bom Exc
geral e programa, quanto deixar na íntegra,
transparência nas as teses e dissertações defendidas e
informações aprovadas

Ação:

26
6. PROCESSOS INTERNOS

ETAPAS

➢ São operações rotineiras necessárias ao bom funcionamento da


organização.
➢ Devem ser realizadas com qualidade e sempre monitoradas

27
Modelagem de um Processo por Fluxograma

Exemplo: Venda de um produto em uma loja

Indicador:
• Satisfação do cliente no
atendimento

28
Definir Processos (Entradas, Etapas e Saídas,
indicadores) e fazer a Modelagem do Processo
3.1. Processos relacionados ao aluno.
- Matrícula - Qualificação
- Orientação - Defesa
- Avaliação
- Defesa de Pré-projeto
3.2. Processos para atendimento ao Professor.
- Estrutura de trabalho local
- Hospedagem e Traslado de Professores que não moram em Tucuruí.
3.3. Processos relacionados às atividades do Professor
- Relatório da Disciplina Ministrada
- Avaliação da Disciplina
- Avaliação Semestral do Professor Ministrada

3.4. Processos relacionados aos Cursos/Treinamento Internos


3.5. Processos relacionados aos laboratórios
3.6. Processos Administrativos

29
Aguardo por Considerações,
Alterações, Sugestões,
Correções, etc.

30