Anda di halaman 1dari 16

Ano 06 - Edição 68 - Agosto de 2017

Conheça o aplicativo mercedeiros


de verdade da mercedes-benz

Motoristas que baixarem o aplicativo


poderão concorrer a diversos prêmios,
como os caminhões Actros e Accelo e
dois Vito.
Pág. 03

28ª Feira do Caminhoneiro


posto sakamoto

Com área de exposição e pista de test-


drive, trata-se de um programa para os
caminhoneiros de todo o País que já
consolidaram o evento como tradicio-
nal no calendário.
Pág. 04

ANTT muda o cronograma para


instalação de tag eletrônica em
caminhões para 2018

A Agência Nacional de Transportes


Terrestres (ANTT) alterou o cronogra-
ma de instalação dos dispositivos de
identificação eletrônica.

Pág. 15
02 EDITORIAL
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

EXPEDIENTE
TIRAGEM:
50.000 exemplares Nacional

DIRETORA-PRESIDENTE:
Wanda Jacheta

DIRETOR-GERAL | EDITOR:
Chico da Boleia
chicodaboleia@chicodaboleia.com.br

COORDENAÇÃO
Larissa J. Riberti
imprensa@chicodaboleia.com.br

DIAGRAMAÇÃO | FOTÓGRAFA:
Pamela Souza
marketing@chicodaboleia.com.br

FOTÓGRAFOS:
Matheus A. Moraes
Murilo de Abreu

PUBLICIDADE:
marketing@chicodaboleia.com.br

ATENDIMENTO E CORRESPONDÊNCIA:
Av. dos Italianos, 2300 - Prados
Itapira – SP – CEP: 13970-080
Box Posto Ipiranga
Fone: (19) 3843-5778
PAPO DE BOLEIA 03
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

que estão trabalhando para buscar soluções Roubo de Cargas e apresentou informações
para esse problema. sobre o Plano Integrado de Combate a essa
modalidade de crime.
O primeiro a falar foi o Coordenadoria
Geral de Inteligência da SENASP/MJSP, Os deputados Hugo Leal e Jair Bolso-
Hélio Jorge Oliveira Paixão, que trouxe o naro, participarem do evento e deixaram
cenário nacional do roubo de cargas. Em suas mensagens aos empresários do TRC.
sua apresentação, Paixão apontou o Sudes- “Eu vim aqui não para lamentar, mas para
te como a região que concentra quase 90% buscar e mostrar soluções”, afirmou Leal.
dos casos desse tipo de crime e comentou O deputado lembrou da criação do Comi-
sobre os desafios da sua área. “Posso resu- tê Gestor de Combate ao Roubo de Cargas
mir os desafios em quatro verbos: conhecer, e disse ser importante sua implementação
Empresários e líderes do TRC assessorar, integrar e coordenar”, explicou. efetiva. “Nesse momento difícil temos que
ser empreendedores e criativos. É um mo-
debatem assuntos de interesse Em seguida, foi a vez do Inspetor José mento de crise, mas também de oportuni-
do setor na Intersindical Roberto Gonçalves de Lima Neto, Supe- dades”, finalizou.
rintendente da 5ª SRPRF/RJ, falar sobre
Fonte: NTC & Logística | Foto: Chico da Boleia as ações da Polícia Rodoviária Federal no Jair Bolsonaro também falou sobre a atu-

E
Combate ao Roubo de Cargas no Rio de Ja- al situação do Rio de Janeiro e expos suas
mpresários e líderes sindicais do gra mundial e a nossa proposta é reduzir em opiniões sobre o que deve ser feito. “Temos
neiro. Ele aproveitou seu tempo para mos-
Transporte Rodoviários de Car- 20%”, garantiu o deputado. Hauly apresen- que ser radicais no combate ao crime. Não
trar os indicadores do Rota Segura (RJ).
gas reuniram-se no Rio de Janei- tou as propostas para um sistema tributário tem outra saída”.
“Nossas maiores dificuldades são: acesso
ro para mais uma edição da Intersindical. que faça o Brasil crescer de 5 a 7% ao ano
aos dados, manutenção de efetivo e os cus-
O evento, realizado pela NTC&Logística, e descentralizar a renda. No encerramento do evento, o presi-
tos das ferramentas operacionais”. E expos
em parceria com a FETRANSCARGA e o dente do SETCERN, Sebastião Segundo
suas sugestões para a melhoria do trabalho,
SINDICARGA, abordou temas de grande MARCO REGULATÓRIO DO TRC Dantas, convidou a todos para o próximo
dentre elas o aumento do efetivo no Rio de
importância para o setor. CONET&Intersindical, que acontecerá em
Janeiro, planejamento de ações dedicadas
O evento teve continuidade com a aná- Natal, em fevereiro de 2018.
ao enfrentamento do Roubo de Cargas, ca-
A programação do dia 4/08 teve início lise do Relatório Preliminar do Substitu-
pacitação do efetivo, entre outras.
com uma palestra do juiz federal do tra- tivo do Marco Regulatório do TRC – PL José Hélio finalizou os debates com uma
balho, Marlos Melek, que falou sobre a 4.860/2016 pelo Dr. Marcos Aurélio Ri- mensagem de otimismo. “Agradeço a to-
Representando o Secretário de Estado de
Reforma Trabalhista e a MP que será edi- beiro, diretor jurídico da NTC&Logística. dos os líderes sindicais e empresários que
Segurança Pública do Rio de Janeiro, este-
tada pelo Governo Federal em algumas Ele fez comentários às propostas apresen- vieram prestigiar o evento e trouxeram
ve presente o Cel. George Freitas, Superin-
semanas, para aperfeiçoar alguns pontos, tadas ao PL 4.860/2016, que de forma ge- sua contribuição para a melhoria do TRC.
tendente de Gestão Integrada da SESEG,
como manter a liberdade de escolha do ral, propõe alteração nas Leis 11.442/07, Espero encontrar todos vocês no ano que
que falou sobre a Segurança Pública no
trabalhador em ser TAC ou pela CLT, im- 13.103/2015, nas questões securitárias, vem, em Natal”, concluiu.
Rio de Janeiro e as ações de repressão ao
posto sindical, limitação de prêmios e bô- fazendárias e Código Penal, no que se re-
nus e ressarcimento ilimitado de viagens. fere ao agravamento dos receptadores de
“Estamos buscando segurança jurídica para cargas.
quem emprega e liberdade de escolha para
quem trabalha”, afirmou Melek. Ao final de As entidades presentes tiveram a opor-
sua explanação, o juiz foi homenageado e tunidade de opinar e sugerir melhorias ao
recebeu o troféu Destaque NTC. texto. Ao final, deliberou-se em enviar um
ofício ao presidente da Comissão Especial
Em seguida, foi a vez de Daniel Carva- (PL 4.860/2016), Deputado Toninho Wan-
lho – Coordenador Nacional dos Projetos dscheer (PROS/PR), solicitando um prazo
CT-e/MDF-e, tomar a palavra. Ele falou maior, bem como a realização de Audiên-
sobre a 3ª geração dos documentos eletrô- cias Públicas nas sedes das Federações,
nicos, cuja ideia é minimizar os impactos para que o Substitutivo do referido projeto
na operação logística. Para apresentar o de Lei possa ser melhor analisado junto às
cronograma de tagueamento dos veículos suas Bases, para em seguida ser encami-
automotores, subiu ao palco Thiago Quiri- nhado um posicionamento do setor. Segun-
no de Aragão, Superintendente de Serviços do o presidente da NTC&Logística, José
de Transporte Rodoviário e Multimodal de Hélio Fernandes, esse pedido se justifica
Cargas – SUROC/ANTT. “A ANTT não pela complexidade do tema e o impacto que
vai regular o preço do TAG. A negociação terá diretamente nas empresas de transporte
será feira diretamente com as fornecedo- rodoviário de cargas do Brasil.
ras”, disse ele.
ROUBO DE CARGAS
O Deputado Federal/PR, Luiz Carlos
Hauly, foi indicado para ser relator da Re- A última parte da Intersindical foi toda
forma Tributária e compareceu ao evento dedicada ao tema que aflige o TRC, princi-
para explicar sobre a proposta. “A ideia palmente do Rio de Janeiro que é o roubo
principal da reforma é fazer o Brasil cres- de carga. Para falar sobre o assunto, foram
cer o dobro. 35% de carga tributária é a re- convidados representantes do Governo,
04 FIQUE POR DENTRO
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

conheça o aplicativo
mercedeiros de verdade
da mercedes-benz

Motoristas que baixarem o aplicativo poderão concorrer


a diversos prêmios, como os caminhões Actros
e Accelo e dois Vito

TEXTO: Mercedes-Benz | Foto: Divulgação

A
Mercedes-Benz está cada vez Após baixá-lo, o motorista cria o seu “ava-
mais conectada com os profissio- tar” (ex. Jão do Mercedão) e já pode co-
nais do volante. A marca lança, meçar a interação com a marca Mercedes-
hoje, o aplicativo “Mercedeiros de Verda- -Benz. Quanto mais o profissional interagir
de”, novo canal interativo com os motoris- no aplicativo, mais pontos pode acumular.
tas de caminhões, ônibus e veículos comer-
ciais leves (Sprinter e Vito). Numa das funcionalidades, por exemplo,
a cada compra de peças (Mercedes-Benz,
“Os motoristas têm uma importância cada RENOV e Alliance) e serviços num conces-
vez maior para nossa marca”, diz Silvio Re- sionário Mercedes-Benz, um real equivale
nan, diretor de Peças e Serviços ao Cliente a um ponto. A cada 2.000 pontos, o parti-
da Mercedes-Benz do Brasil. “Por isso, es- cipante aciona uma roleta virtual no apli-
tamos trabalhando fortemente em iniciati- cativo, podendo já nesse momento ganhar
vas que nos aproximem cada vez mais des- prêmios, como camiseta, boné, caneca, toa-
ses profissionais. Quanto mais estivermos lha ou cupom de R$ 100,00 de desconto em
em contato com eles, ouvindo o que têm a futura compra no concessionário. Também
nos dizer, poderemos atender ainda melhor com essa pontuação, o participante recebe
suas necessidades e expectativas”. um número, atribuído ao CPF ou CNPJ
cadastrado, para participar de sorteios de
De acordo com o executivo, os motoristas veículos.
são peças-chave para que a Mercedes-Benz
acompanhe a realidade do transporte de car- Além dos pontos gerados com a compra
gas e de passageiros no Brasil. “Com esse de peças e serviços, o aplicativo
aplicativo, queremos valorizar esse papel e e de dois veículos comerciais cada vez mais, as potencialidades das fer-
também tem outras funcio-
estabelecer mais interação com eles, o que leves da linha Vito, que se- ramentas virtuais, da conectividade, do uso
nalidades – jogos, conec-
nos traz subsídios para a melhoria contínua rão realizados com base crescente da comunicação online para am-
tividade e marcação de
de nossos produtos e serviços”, ressalta nos números da Lote- pliar o relacionamento com diversos públi-
quilometragem do
Silvio Renan. “Esse App também reforça ria da Caixa Econô- cos, principalmente com estes profissionais
veículo, registrada
o nosso compromisso As estradas falam. A mica Federal. que têm importância fundamental, de norte
por meio de GPS -,
Mercedes-Benz ouve”. a sul do país, para fazer o Brasil funcionar.
que irão acumular
De acordo com Com o aplicativo ‘Mercedeiros de Verda-
ainda mais pontos
Mais interação entre Silvio Renan, a de’, expandimos as mídias interativas que
para o motorista.
motoristas e a Empresa Mercedes-Benz já oferecemos aos motoristas, como Face-
é a única Empresa book, Instagram, Blog do Caminhão, Clube
Quanto mais os
O aplicativo “Mercedeiros de Verdade” do setor automotivo Gigantes Mercedes-Benz, Twitter, canal de
profissionais da estra-
chega ao mercado acompanhado de mui- a criar um aplicativo vídeos no Youtube e os chats de nossa Cen-
da interagirem, maior a
tas novidades para os motoristas. Para ter como esse, no estilo gami- tral de Relacionamento com o Cliente”.
chance de ganharem prêmios
a ferramenta no celular é muito simples. O fication, para contato direto com
e cupons virtuais para concorrerem
aplicativo é gratuito e estará disponível nas motoristas de caminhões, ônibus e comer-
aos sorteios dos caminhões Accelo e Actros
lojas virtuais da Play Store e Apple Store. ciais leves (Sprinter e Vito). “Utilizamos,
FIQUE POR DENTRO 05
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

CNH vencida há mais de 30


dias não será cancelada

Boato criado no ano passado e ressuscitado ontem diz que


Senado aprovou lei para ‘diminuir habilitações irregulares’
e ‘aumentar faturamento do DETRAN’

TEXTO: Senado | Foto: Divulgação

V
oltou a circular em redes sociais rá a valer a partir do dia 25/10/2017, prazo
e no WhatsApp um boato criado estipulado para que todos os motoristas se
em agosto de 2016 e que trata de regularizem com o órgão.
um tema caro aos brasileiros: a Carteira
Nacional de Habilitação (CNH). Em caso de não atualização da CNH no
prazo de 30 dias úteis, o documento será
Segundo a notícia falsa, reencarnada pelo cancelado, e o motorista terá que cumprir
blog Central G20 e replicada em outros do início com todas as provas, teóricas e
sites, o Senado aprovou uma lei que can- práticas e exames médicos e psicológicos.
cela as carteiras de motorista após 30 dias
do vencimento delas e faz com que, Faça sua parte. Avise seus pa-
depois desse prazo, seja ne- rentes e amigos. Quanto an-
cessário passar por todas tes tomarem as medidas
as aulas e todos os testes para a atualização,
para voltar a dirigir. A menos dor de cabe-
nova regra, diz o bo- ça irão ter.
ato, passaria a valer
a partir do dia 25 de Para começo de
outubro. conversa, o pro-
jeto de lei infor-
O texto, replicado mado pela notícia
abaixo, é acompanha- falsa, de número
do do tradicional pedido 155/2017, sequer pre-
dos inventores de lorotas tende cancelar carteiras
online para expandir o alcance de motorista vencidas há
delas: “avise seus amigos e paren- mais de 30 dias para “diminuir o
tes”. número de carteiras de habilitação irregu-
lares” e “aumentar a arrecadação” do DE- A proposta de Mota quer garantir nestes boato não corresponder ao projeto de lei
O Senado Federal aprovou nesta segun- TRAN. serviços, por exemplo, intérpretes de Li- em curso no Senado, a Casa se posicionou
da feira um projeto de lei n° 155/2017 que bras no auxílio ao atendimento a deficien- no Twitter para desmentir a notícia falsa,
cancela automaticamente toda e qualquer O Projeto de Lei do Senado (PLS) tes auditivos, além de “outros profissionais ressaltando que esta não é a primeira vez
CNH com mais de 30 dias de vencimento. 155/2017, de autoria do senador Telmá- capacitados”. em que teve que lidar com a lorota sobre o
rio Mota (PTB-RR), quer alterar a lei nº cancelamento das CNHs vencidas
A lei visa diminuir o número de motoris- 10.048, aprovada em 2000, para dar prio- O PLS 155/2017 tramita na Comissão de
tas com carteiras de habilitação irregulares, ridade de atendimento a pessoas com defi- Direitos Humanos e Legislação Participati-
além de aumentar a arrecadação de dinhei- ciência “em qualquer serviço prestado por va do Senado e tem como relator o senador
ro por meio do DETRAN. repartições públicas, empresas concessio- Romário (Podemos-RJ).
nárias de serviços públicos e instituições
De acordo com parlamentares, a lei passa- financeiras”. Além de o projeto de lei “informado” no
06 REPORTAGEM
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

encontro de profissionais da categoria que nhoneiro é na estrada e estou há oito anos


passam pelo município. Paulo Cesar Sare, nessa luta, mas quando estou ao lado deles
47 anos, mora em Abadiânia (GO) e tem [família] eu esqueço o trabalho", disse ao
três filhos com 27, 24 e 19 anos. Na pro- falar da importância de se dedicar princi-
fissão há duas décadas, ele diz que não foi palmente ao único filho. "Embora ele seja
Redes sociais facilitam a comuni- fácil, no início, viver ausente da família, pequeno, já entende a minha profissão, mas
cação quando se está longe, mas principalmente em período de longas via- todos os dias a gente se fala por telefone e a
nada disso substitui encontrar a gens de quase dois meses. saudade da distância se encurta aos sábados
família aos sábados e domingos e domingos, quando estou em casa", expli-
"Hoje é mais fácil, pois temos redes so- ca Ricardo. As viagens dele duram de uma
ciais e até porque meus filhos já estão gran- a duas semanas.
des. Mas deixei de estar presente ao lado
deles durante eventos importantes como O douradense Joel Lopes, 54 anos, está há
Natal, aniversário e me lembro muito bem 15 na profissão de caminhoneiro. Ele con-

O
de um caso ocorrido quando um dos meus fessa que ainda não acostumou ficar longe
que é ser pai? Como ser um bom
filhos, ainda criança, pediu para participar da família e chegou a pensar em abandonar
pai? A resposta é complexa e ren-
de uma festa do Dia dos Pais, na escola. Ele a profissão. Os principais motivos são os
de assunto para livro. Há quem
cobrou minha participação e isso me mar- riscos de acidente, aumento no número de
diga que o verdadeiro pai é aquele que
cou muito, pois foi aí que percebi o quanto assaltos e o baixo preço do frete pago aos
está presente na vida do filho. Mas há uma
a minha presença era importante, nem que profissionais. Pai de dois filhos – 17 e 22
grande diferença entre estar presente e ser
fosse apenas para aquele dia", recorda Pau- anos – também conviveu com a realidade
presente. Vida de caminhoneiro é assim.
lo Cesar. Ele é formado em Matemática e de vê-los aos finais de semana, mas nunca
A rotina de trabalho o separa da família.
lecionou por nove anos, mas descobriu nas se sentiu um pai ausente.
Em nome desta categoria O PROGRESSO
estradas do Brasil a sua verdadeira vocação
presta homenagem ao Dia dos Pais, cele-
de trabalho. FONTE O PROGRESSO
brado neste domingo.
Os finais de semana são sempre os dias
Em tempos de transformações de rela-
para os caminhoneiros matarem a saudade INCENTIVO NA PROFISSÃO
cionamentos sociais, as possibilidades de
da família e aproveitar para se dedicar aos
comunicação a distância são grandes e
filhos. Aquela máxima que são preferíveis
facilitam matar a saudade por meio de re- Para Odair Crisostomo, ele não incentiva-
30 minutos de exclusividade ao lado deles
des sociais como WhatsApp, Facebook. ria seus filhos na profissão. "A gente sofre
do que mais tempo junto, porém, sem ser
Isso tem ajudado caminhoneiros a entrar de várias formas, a saudade, desrespeito e
presente ou dividindo a família com outras
em contato com a família, mas nada disso somos tratados muitas vezes como um zé
tarefas, é válida e verdadeira para os cami-
substitui a oportunidade de estar na presen- ninguém, ou seja, nãos somos valorizados."
nhoneiros.
ça, já que é possível ser presente da família
mesmo a distância.
Ricardo Viana, 31 anos, é de Xambrê
(PR) e tem um filho de 4 anos. Quando
A reportagem foi atrás de caminhoneiros
está em casa diz que aproveita o máximo
no Posto da Base, em Dourados, ponto de
para se dedicar à família. "Vida de cami-
REPORTAGEM 07
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA
08 DE BOA NA BOLEIA
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

28ª Feira do Caminhoneiro


posto sakamoto

Com área de exposição e pista de test-drive, trata-se de


um programa para os caminhoneiros de todo o País que
já consolidaram o evento como tradicional no calendário

Redação Chico da Boleia | Fotos: Murilo de Abreu

M
ais de 24 mil motoristas e fami- Outra grande novidade foi a linha Cargo
liares participaram da 28ª edi- Torqshift da Ford Caminhões. Trata-se de
ção da Feira do Caminhoneiro, um sistema de transmissão automatizada
na Área de Exposições Sakamoto II, na Ro- que dispensa as trocas de marcha manuais.
dovia Presidente Dutra, km 210,5, em Gua- Entre as vantagens, a economia de com-
rulhos (SP). Somente na área de test-drive, bustível, o aumento da durabilidade dos
de sexta-feira a domingo, o evento propor- componentes e o desempenho do motor.
cionou mais de 2.400 testes aos motoristas,
em pista de 1.100 metros, com veículos No estande da Iveco, a montadora exibiu
pesados da Ford, Iveco, MAN e Mercedes- a linha Hi-Way, com três faixas de potên-
-Benz, que também levou o furgão Vito e o cias, 440 cv, 480 cv e 560 cv, baixo cus-
caminhão leve Sprinter. to operacional e alta produtividade. Já a
MAN mostrou o VW Constellation 25.420,
Os caminhoneiros e frotistas puderam desenvolvido especialmente para clientes
conferir as últimas tecnologias disponíveis que precisam de caminhões mais potentes,
aos veículos pesados mais modernos do com velocidade média superior e excelente
Foto: Murilo de Abreu
mercado brasileiro, desenvolvidas para tra- relação custo-benefício.
zer diversos benefícios, como redução de riência culinária, remetendo à conversa de cerimônia da Benção das Chaves, mostra
custos operacionais, ampliação do conforto A Mercedes-Benz aproveitou a Feira do cozinha, com momentos de aproximação e de tecnologias de caminhões, peças, com-
durante a condução, monitoramento para Caminhoneiro também para lançar o iné- entretenimento. ponentes e acessórios, além de serviços em
auxiliar a gestão de frotas, entre mui- dito projeto “Piloto de Fogão”, que geral. Teve até barbearia e churrasco, gra-
tos outros. – ainda este ano – vai a outras A cada etapa, serão realizadas duas pa- tuitamente.
cinco cidades, onde o chef lestras de conscientização sobre orientação
Quem passou pelo lo- Paco será responsável por alimentar. Nos intervalos, o chef de cozi- No sábado, 29 de agosto, a rainha dos ca-
cal, pôde conferir a ministrar cursos de culi- nha promoverá dinâmicas de preparo de minhoneiros, Sula Miranda, apresentou-se
nova ferramenta Flee- nária trivial, típica dos alimentos. Haverá interação entre os gru- em espetáculo de quase duas horas, assim
tBoard, da Mercedes- estradeiros, mas com pos de caminhoneiros, com distribuição de como – no dia seguinte – no estande da
-Benz, desenvolvida qualidade gourmet, prêmios aos pratos de maior destaque. Mercedes-Benz, onde também autografou
para auxiliar a oti- com atenção especial seus CDs aos seus fãs.
mização dos veículos à escolha e preparo dos Shows – Palco de grande festa para os
e sua disponibilidade, alimentos, com base nos estradeiros, a Feira do Caminhoneiro ain- O encerramento da 28ª Feira do Cami-
além de possibilitar redu- princípios de alimentação da contou com shows diários, exposição nhoneiro contou com a bateria da Rosas de
ção nos custos operacionais saudável. de caminhões antigos, recreação infantil, Ouro.
em até 15%. O sistema, dispo-
nível para toda a linha de caminhões Numa carreta estande, foi montada
Mercedes-Benz, também é um rastreador a estrutura de uma cozinha onde foram
e bloqueador inteligente de fábrica, ofere- oferecidas experiências culinárias com o
cendo serviços de telemetria que ampliam chef Paco. Essa iniciativa visa estreitar o
Veja mais fotos em nosso site
a segurança do veículo e da carga e auxilia relacionamento da Mercedes-Benz com www.chicodaboleia.com.br
o frotistas na gestão de seus veículos. os motoristas por meio de uma rica expe-
DE BOA NA BOLEIA 09
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

Por que os pavimentos


das rodovias do Brasil
não duram?

Buracos, ondulações, fissuras, trincas. Esses são alguns dos


defeitos encontrados em mais da metade das rodovias
pavimentadas do Brasil

Texto: Estudo CNT | Foto: Divulgação

3. Ausência de uma política de gerencia- na conscientização dos usuários sobre os

O
mento dos pavimentos e de planejamento impactos do sobrepeso;
pavimento executado com as- na construção de rodovias, o método em-
de manutenção. O Sistema de Gerência de
falto, mais comum no país, tem pregado no Brasil não faz essa diferencia-
Pavimentos carece de dados atualizados e 9. Ausência de políticas públicas consis-
vida útil estimada entre 8 e 12 ção importante para dar mais precisão ao
confiáveis; tentes e de longo prazo para o setor rodo-
anos. Mas, na prática, os problemas estru- projeto.
viário. A falta de planejamento e a escassez
turais começam a aparecer bem antes: em
4. Gastos excessivos com correções de- de recursos impedem o desenvolvimento
alguns casos, apenas sete meses após a con- A falta de fiscalização é outro proble-
correntes da má execução de obras (até do setor, que é responsável por mais de
clusão das rodovias. ma. Muitas obras são entregues fora dos
24% do valor da obra), além de falhas téc- 60% do transporte de cargas e por mais de
padrões mínimos de qualidade, exigindo
nicas na execução e ausência de controle de 90% do transporte de passageiros no país;
Por que os pavimentos das rodovias do novos gastos para correção de defeitos que
qualidade de matérias-primas;
Brasil não duram? Em busca de respostas podem corresponder a até 24% do valor to-
10. Setor rodoviário sobrecarregado por
para essa questão, a equipe técnica da CNT tal da obra. Com poucas balanças em ope-
5. Deficiências na contratação de serviços falta de uma política multimodal e integra-
(Confederação Nacional do Transporte) ração e sem fiscalização adequada, também
de manutenção. Quase 30% das rodovias da, que garanta o equilíbrio da matriz de
analisou o estado de conservação dos pa- cresce o problema do sobrepeso no trans-
federais não estão cobertas por contratos de transporte no Brasil.
vimentos das rodovias nos últimos 13 anos. porte de cargas, cujo impacto reduz a vida
manutenção;
útil do pavimento.
O BRASIL PRECISA INVESTIR
A conclusão é que, quando se trata de
6. Uso de métodos e técnicas obsoletos na MUITO MAIS
pavimentação de rodovias, o Brasil utiliza De acordo com o estudo, a má qualidade
construção de rodovias. Adotado na déca-
metodologias ultrapassadas para o planeja- dos pavimentos se agrava com a falta de
da de 1960, o método de dimensionamento Esses e outros fatores citados no estudo
mento de obras, apresenta deficiências téc- investimentos em manutenção preventiva.
usado no Brasil apresenta uma defasagem da CNT explicam por que os pavimentos
nicas na execução, investe pouco e falha no Para se ter uma ideia, estima-se que quase
de 40 anos, em média, em relação a outros das rodovias brasileiras não duram. Os da-
gerenciamento de obras, na fiscalização e 30% das rodovias federais sequer têm con-
países. Um dos fatores que mais impactam dos também indicam soluções que podem
na manutenção das pistas. trato de manutenção.
o comportamento dos materiais do pavi- contribuir para minimizar dificuldades no
mento é o clima, principalmente as varia- transporte de cargas e de passageiros e
OS PRINCIPAIS PROBLEMAS Confira as 10 razões que contribuem
ções de temperatura e umidade. O método reduzir o alto custo operacional dos cami-
para a pouca durabilidade do pavimento
usado no Brasil não considera diferenças nhoneiros autônomos e das empresas trans-
O estudo divulgado nesta quinta-feira (24) das rodovias brasileiras, segundo o estudo
climáticas; portadoras, que aumenta, em média, 24,9%
pela CNT mostra que a metodologia utili- da CNT:
devido às más condições das rodovias. So-
zada no Brasil para projetar rodovias tem
7. Deficiências no controle e na fiscaliza- mente em razão da má qualidade do pavi-
uma defasagem de quase 40 anos em rela- 1. Destinação insuficiente de recursos
ção de obras de construção de rodovias. Até mento, em 2016, o setor de cargas registrou
ção a países como Estados Unidos, Japão para obras de construção, fiscalização e
2013, o Dnit não tinha parâmetros técnicos um gasto excedente de 775 milhões de li-
e Portugal. Para citar apenas um exemplo: manutenção de rodovias;
para recebimento das obras concluídas; tros de diesel, que provocou um aumento
enquanto Portugal, país do tamanho do Es-
de custos da ordem de R$ 2,34 bilhões.
tado de Pernambuco, utiliza três zonas para 2. Problemas na manutenção preventiva
8. Falta de fiscalização e controle de pesa-
calcular o impacto das variações climáticas dos pavimentos;
gem nas rodovias. Número insuficiente de Confira o estudo completo no site da CNT
sobre as técnicas e os materiais utilizados
postos de pesagem; falta de investimento
10 FIQUE POR DENTRO
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

Concessionária Irmãos
Davoli promove evento
descontraído a seus clientes

Imprensa Fórmula Truck | Foto: Divulgação

N
o dia 03 de agosto, a Irmãos Da- cliente na nossa casa que é o concessioná-
voli promoveu o “Buteco Davo- rio é melhor ainda, um evento desses com
li”, um evento descontraído para a dimensão que a Irmãos Davoli tem não é
conversar com seus clientes. O objetivo foi pra qualquer um, então trazer o cliente para
reunir amigos, parceiros e clientes, além de uma casa dessa pra nós é muito importante,
pessoal especializado da Mercedes-Benz e mostra a força da marca, mostra o quão
para apresentar as novidades do mercado. forte nossa concessionária é, e continua-
mos com o nosso norte, “as estradas falam
Os participantes foram recepcionados e a Mercedes-Benz ouve”, e as estradas não
com uma tradicional comida de buteco param, nossos caminhões estão rodando,
seguido por sorteio de brindes Mercedes- então nós precisamos ir até o nosso cliente
-Benz. para escutá-los, e nada melhor do que estar
num evento dessa magnitude.”
O evento contou com a presença de Phili-
pp Schiemer, Presidente da Mercedes-Benz Silvio Renan Souza, Diretor de Peças e
do Brasil, Roberto Leoncini, Vice-Presi- Serviços Mercedes-Benz do Brasil, apro-
dente de Marketing & Vendas Caminhões veitou para apresentar para os motoristas o O desenvolvimento programado da em- a dedicação, aquilo que fazemos, à vontade
Mercedes-Benz do Brasil, José Reche, novo aplicativo “Mercederos de Verdade”, presa aliado à aceitação do produto Mer- de se destacar dentre os demais, adotando
Gerente Senior Vendas Grandes Frotistas novo canal interativo com os motoristas de cedes Benz, junto ao mercado consumidor o princípio da administração participativa.
& Regional São Paulo na Mercedes-Benz caminhões, ônibus e veículos comerciais pela sua inegável qualidade, bem como o
do Brasil, Silvio Renan Souza, Diretor de leves (Sprinter e Vito). crescimento acelerado de todos os fatores A Irmãos Davoli está dimensionada para
Peças e Serviços Mercedes-Benz do Brasil, de produção propiciou-nos a oportunidade um mercado de transporte amplo e pro-
entre outros. SOBRE A IRMÃOS DAVOLI de conquistar lugar de destaque entre os missor tanto no segmento dos caminhões,
concessionários dos produtos fabricados quanto no de ônibus, primando pela qua-
Leoncini destacou que o evento foi uma Pioneira no ramo de distribuidor de veícu- pela Mercedes-Benz do Brasil S/A. lidade dos produtos e serviços oferecidos,
oportunidade de estar junto dos clientes, los automotores na região e principalmente bem como pela manutenção de clientes fi-
coletando informações, e debatendo as em Mogi Mirim, a Irmãos Davoli surgiu A preocupação da empresa Irmãos Davoli éis a marca e pela conquista de novos clien-
estratégias para melhorar os serviços e os em meados de 1946, distribuindo produtos S/A sempre foi a de oferecer a melhor qua- tes.
produtos. da Chrysler do Brasil S/A e representando lidade, a custos compatíveis com o poder
a Texaco do Brasil S/A e a Brasmotor Cia. aquisitivo da região, completando o atendi- Sempre prevalecendo o arrojo e honesti-
José Reche, Gerente Senior Vendas Gran- mento efetuado aos clientes que adquirem dade, essas premissas são inerentes em to-
des Frotistas & Regional São Paulo na Mer- Em 1957, a empresa tornou-se uma das os Caminhões Mercedes-Benz. dos os negócios havidos nestes longos anos
cedes-Benz do Brasil. “Sem clientes, não primeiras revendas do Brasil, representan- de existência, bem como a confiança em
teríamos uma fábrica, logo, estar na casa do a Mercedes-Benz do Brasil S/A. Os resultados positivos conseguidos até nossos fornecedores, clientes e principal-
do cliente é muito bom, mas poder trazer o aqui só foram possíveis graças ao trabalho, mente amigos.
FIQUE POR DENTRO 11
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

baixo volume, mas uma surpresa positiva. tônomo, o caminhoneiro e o carreteiro está
Outra surpresa é a consolidação da Mer- pagando no caminhão dele, o preço real de
cedes como líder de mercado de pesados, nota fiscal. Como eu já disse, isso é dife-
neste ano ela esta próxima a 30% de ma- rente do preço anunciado, num momento
rketing share, já descolada da Volkswagen. de crise a gente tem um volume de descon-
E a tendência é permanecer, ela deve fe- to maior sendo praticado neste seguimento,
Conheça a Quest Inteligência, char mais um ano como líder de mercado. porque as montadoras não podem perder
empresa de pesquisa de mecado Essas são as surpresas do mercado, porque volume, elas não podem perder market
na verdade o mercado desde o inicio do share pra sair enfraquecida da crise. Não
Redação Chico da Boleia | Foto:Divulgação ano vem apontando o que queria fa- será nenhuma surpresa que quando o mer-

C
zer em relação aos volumes, e ele cado voltar a crescer vai ser inevitável que
hico da Boleia: Amigos cami- RN: Não Chico, isso é sem vêm mantendo ai sua previsão as montadoras apliquem reajuste s em seus
nhoneiros, carreteiros e empresá- pensar em inflação, isso é de queda. preços, estes preços hoje dos caminhões
rios do setor de transportes. Hoje custo real praticado ver- zero quilometro estão defasados, então eles
estamos em Campinas – SP, para conversar sus preço real praticado, CB: Vamos falar um pou- vão sofrer reajustes e possivelmente fortes
com nossa parceira a Quest Inteligência, se a gente considerar a co sobre a importância dessa reajustes quando o mercado apontar uma
uma empresa de pesquisa de mercado. E inflação a gente vai ter um pesquisa pro mercado, colo- tendência de crescimento. Isso eu falo num
quem vai conversar com a gente hoje é o di- déficit de preço. É por isso que pra gente por favor, do seu panorama geral de todas as montadoras,
retor de projetos e produtos o senhor Rafael que eu digo que o preço do ca- ponto de vista, qual é a importância eventualmente uma ou outra montadora
Nascimento. Rafael com todo esse senário minhão zero esta barato. No final do de uma empresa como a Quest de monito- pode tentar manter este cenário de preço
problemático de 2017, como é que vai o dia as contas acabam não fechando muito rar o mercado. por uma estratégia de crescimento de mer-
comportamento dos preços de caminhões? do por que as montadoras não estão cor- cado, mas no geral as montadoras vão rea-
rigindo os preços dos caminhões novos, a RN: A importância de a montadora mo- justar os preços.
Rafael Nascimento: Primeira mente gos- conta matemática realmente não fecha, mas nitorar o mercado eu diria, os fabricantes
taria de deixar minha saudação a você Chi- analisando todo o cenário elas não o fazem monitoram o mercado de uma forma ou CB: Em termos de movimento de mer-
co e a todos os amigos do trecho. Chico, para não perder mercado, porque hoje, no de outra, alguns com a Quest, alguns com cado, nós temos ai no segundo semestre
aqui na Quest nos avaliamos o comporta- momento de queda de mercado, hoje es- outras empresas, mas eles têm que moni- a FENATRAN 2017, diferente da versão
mento do mercado de pesados não só em tamos com aproximadamente com 15% torar o mercado. Todas as decisões de uma de 2015 onde ouve uma debandada geral
questão de preços, mas também em outros de queda de mercado de veículos pesados montadora, principalmente em relação ao das grandes montadoras, esta FENATRAN
aspectos como tendência, volume de vendas novos em relação ao ano passado. Se consi- preço, ela tem que levar em consideração vem com praticamente 100% das montado-
de caminhões novos, caminhões usados, derarmos este cenário de déficit de volumes não só seus custos, mas também a média de ras participando. Qual a avaliação da Quest
preço efetivo das transações, porque uma de venda, o preço se torna um apelo muito mercado, o que seu concorrente está prati- sobre a possibilidade de negócios numa
coisa é o preço divulgado pela montadora forte para a compra, a montadora que evo- cando, qual é o preço médio do seu concor- FENATRAN que vem com todos os gran-
e outra coisa é o preço praticado depois de luir os seus preços tende a perder mercado, rente, porque como eu disse à montadora des players do mercado?
descontos e negociações. Agente vem per- a não ser que as outras a acompanhe. Como que tentar hoje neste cenário, despontar-se
cebendo o seguinte, nunca teve tão barato não existe uma ação direcionada em todas com o preço, vai acabar sendo engolida RN: O mercado esta bem otimista quanto
comprar caminhão zero no Brasil. Em fun- as montadoras para aumento de preço, a pelas outras montadoras, então é por isso a FENATRAN, isso até as próprias mon-
ção da crise as montadoras tem feito pouco montadora acaba ficando presa e não cor- que todas as montadoras tem praticamente tadoras, tem muita sinalização de nego-
acréscimo para correções no preço, apesar rigindo os seus preços. estabilizado seu preço em relação ao pas- cio, tem muito negocio represado entre os
do aumento de custo que elas têm, aumento sado. E para saber como o mercado esta se clientes. Ai com medo do cenário politico,
de custos dos insumos, de aço, de salario, CB: Algumas coisas aconteceram no mer- comportando, se ela tem espaço para au- do cenário econômico, de como vamos fi-
dissídios e outros custos que ele tem e que cado de caminhões neste ano de 2017, por mentar o preço dela ou não, ela tem que car, ainda temos muita demanda represada.
aumentam. Se compararmos o aumento em exemplo, quem esta liderando as vendas, monitorar o preço do mercado, o preço real Então as montadoras tem na FENATRAN a
relação com o ano passado a gente vê que como é que esta o posicionamento de ven- praticado na concorrência. expectativa de que muitos negócios se con-
o preço médio dos caminhões evoluíram das do mercado de pesados? cretizem, que seja uma feira muito boa para
apenas 0,8%, isso é uma médio de todos os CB: Nós soltamos a primeira pesquisa o setor, porque a gente já está a quatro anos
caminhões que foram comercializados no RN: Na evolução de volume nos temos sobre o assunto na nossa plataforma mul- sem esse evento porque na ultima edição
ano passado em comparação com os que uma queda este ano e a perspectiva é que timídia a dois ou três meses atrás e houve muitas montadoras não participaram. Este
foram comercializados este ano. Então essa a gente feche em queda, a não ser que te- algumas reações. Você poderia dar uma evento que é um dos eventos mais impor-
é uma evolução muito baixa, de um cenário nha uma virada muito grande que ninguém orientação para o pessoal de como é feita tantes do setor no Brasil.
do ano passado que já vinham com preços mais acredita que vai acontecer. De sur- essa pesquisa e o que ela mostra de fato.
baratos. presas do mercado nós temos Scania com CB: Conversamos com quem entende
uma evolução no seu volume de mercado, RN: Essa pesquisa é uma pesquisa sobre do assunto. Chico da Boleia, sempre com
CB: Esta questão já leva em consideração se aproximando da a sua concorrente Volvo os reais preços transacionados no mercado, orgulho de ser caminhoneiro! Buscando a
a inflação? no segmento de pesados. E DAF ai também então entenda o seguinte, a gente levanta o informação onde ela acontece.
com uma evolução grande, apesar ainda do real, que é o preço que o empresário, o au-
12 ONDE ESTÁ O CHICO DA BOLEIA
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

Mercedes Sprinter
completa 20 anos e
ganha edição limitada

Mercedes-Benz comemora as duas décadas da presença do utili-


tário no mercado brasileiro com lançamento de lote de vinte uni-
dades especiais

Fonte: Estradão| Fotos: Divulgação

O
Mercedes-Benz Sprinter come- do Sprinter saltou quase 12 porcentuais,
çou a desembarcar no país em tinha 14,9% em 2012 e fechou 2016 com
1997 para substituir o MB180 e 26,6%. Nos primeiros sete meses deste ano,
disputar os segmentos de vans, furgões e as vendas representaram fatia de 32,9% em
cabine-chassi na faixa de 3,5 a 5 toneladas. um mercado de 9.719 unidades.
Para celebrar a trajetória da família de uti-
litários, a fabricante prepara lançamento na “Enxergamos ainda mais oportunidade
Fenatran, em outubro, de uma edição espe- de crescimento, principalmente com foco
cial limitada a vinte unidades. em nichos, como no e-commerce e nos pe-
quenos negócios, casos de food trucks, pet
A novidade, além de para-choque pin- shops e motorhomes.”
tados na cor do veículo e grade dianteira
cromada, recebeu mais itens de segurança Ainda segundo o diretor de vendas, a
e conveniência como assistente de saída Mercedes-Benz foi a única a empresa a re-
em rampa, volante multifuncional, piloto gistrar crescimento em volume de vendas
automático, câmera de ré integrada, rodas no segmento das chamadas Large Vans este
de liga e alarme antifurto. A série especial ano. Enquanto o mercado caiu 12%, a fa-
encarece o Sprinter de 5% a 7% e os preços bricante apurou evolução de 10% em rela-
serão de R$ 127.000 (cabine-chassi) a R$ ção a 2016.
208.000 (Van de 20 lugares).
SPRINTER OFERECE 60 VERSÕES
A gama Sprinter, no entanto, já contava PARA MAIOR ESCOLHA PELOS
com pacote de recursos de série inexistente CLIENTES
nas ofertas da concorrência, caso do ESP
Adaptativo, sistema que reúne ABS, pro- Com 60 versões à escolha dos clientes, a
grama de estabilidade, controle de tração família de veículos comerciais leves Sprin-
e distribuidor de forças de frenagem entre ter é formada pelos modelos 313 CDI Street
as rodas. (Peso Bruto Total - PBT de 3,50 ton), 415
CDI (PBT de 3,88 ton) e 515 CDI (PBT de
De acordo com Jefferson Ferrarez, diretor 5 ton), que são indicados para empresas de
de vendas e marketing vans da companhia, transporte, profissionais autônomos e em-
desde que chegou ao país o Sprinter acu- preendedores.
mula mais de 127 mil unidades vendidas.
A linha Sprinter de vans de passageiros
“O Brasil é o quinto maior mercado do é composta por quatro versões: 9+1 (nove
Sprinter e suas vendas têm evoluído ano a assentos para passageiros mais o banco do
ano.” motorista), 15+1, 17+1 e 20+1. Atende tan-
to o transporte urbano, quanto escolar, fre-
Pelos números de Ferrarez, a participação tamento e turismo.
14 SAÚDE NO TRECHO
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

Os alimentos inofensivos
que podem levar a falsos
positivos em exames
antidrogas

Pão com sementes de papoula, pizza, bolo e barra de cereais


podem ser traiçoeiros na hora de um teste toxicológico.

Fonte: Terra | Foto: Divulgação

E
xames toxicológicos no trabalho "Comer pão com sementes de papoula
são cada vez mais frequentes, es- pode dar um resultado positivo em um teste
pecialmente no caso de postos que de urina que detecta morfina", confirmou à
envolvam grande responsabilidade civil. BBC Atholl Johnston, especialista em far-
macologia na Universidade Queen Mary,
Mas será que alguém pode ser reprovado do Reino Unido.
no teste sem ter usado drogas?
Na verdade, a quantidade de morfina em
A resposta é sim. Para comprovar essa uma semente de papoula pode variar muito,
tese, a BBC fez um experimento no progra- chegando até a 600%, dependendo de onde
ma Rip Off Britain , em uma série dedicada e quando foi colhida.
à alimentação. Bolo com semente de papoula | Foto: BBCBrasil.com
Mas os testes toxicológicos são muito
Após passar três dias comendo pão com sensíveis e podem dar um resultado posi- Um comunicado no site da empresa alerta Uma vez que, nestes casos, o álcool não
sementes de papoula, a apresentadora An- tivo mesmo após o consumo de uma quan- que, às vezes, a pessoa pode ter álcool no está no sistema digestivo, lavar a boca com
gela Ripon, de 72 anos, foi submetida a um tidade relativamente pequena de sementes. hálito sem saber, embora a substância não água ou esperar 15 minutos pode ser sufi-
exame para detectar opiáceos e deu posi- esteja presente no sangue e não possa afetar ciente para que o resultado do bafômetro
tivo. A diferença é que, se você comer lotes de a direção. seja negativo, afirma o Lifesaver .
sementes de papoula, não vai gerar o mes-
O ópio é uma substância extraída a par- mo efeito que o uso de drogas. "É imprová- Isso acontece por meio de reações quími- Produtos derivados de sementes de cânha-
tir da cápsula ainda verde da planta Papa- vel que o consumo de um bolo da semente cas de certos alimentos que causam fermen- mo também poderiam dar resultado positi-
ver somniferum , conhecida popularmente de papoula, ou mesmo uma dúzia, faça com tação, como massas de pão ou pizza que vo num teste para medir o nível de THC,
como papoula. Ele tem propriedades anal- que o indivíduo ingira morfina suficiente contêm levedura, ou até mesmo algumas principal substância psicoactiva da maco-
gésicas e narcóticas e seu uso pode levar à para gerar efeito farmacológico", explicou. frutas e seus respectivos sucos, de acordo nha.
dependência. Do ópio, são extraídos produ- com o artigo publicado pelo Lifesafer .
tos como morfina, heroína e codeína. Ainda assim, o especialista sugere esperar As sementes de cânhamo são comuns em
até três dias depois de comer sementes de A fermentação pode gerar uma determi- algumas barras de cereais. Delas, também
MORFINA EM SEMENTES DE PAPOULA papoula para fazer um exame antidrogas. nada quantidade de álcool que, embora são extraídos azeite e leite.
mínima, pode ser detectada por um
A BBC decidiu fazer o experimento de- OUTROS ALIMENTOS teste de bafômetro, se for realizado
pois que um espectador entrou em contato logo depois de comer.
com o programa para contar uma história A semente de papoula não é o único ali-
inusitada: ele tinha sido demitido do tra- mento que poder ser traiçoeiro em um teste Além disso, o artigo menciona que
balho em uma usina depois que um exame toxicológico. De acordo com o fabricante existem outros alimentos que po-
antidrogas de rotina deu positivo para opi- canadense de bafômetros para carros Life- dem conter pequenas quantidades
áceos. safer, com dispositivo para bloquear a ig- de álcool, como vinagre ou extrato
nição caso seja detectado álcool no hálito de baunilha, e produtos de higiene
Mas ele insistiu que não tinha usado dro- do motorista, existem vários alimentos que pessoal como antissépticos bucais e
gas. podem dar um falso positivo. alguns xaropes para tosse.
SAÚDE NO TRECHO 15
O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

CHICO DA BOLEIA

PALAVRAS CRUZADAS
PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS
www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL
Risco oferecido por Normas Cidade- Fira Espetáculo
doentes a outrem jurídicas natal de para os ornitófilos no
Igreja evan- Itaú e seguidas Picasso Delta do Parnaíba
gélica fun- Santander pelo COI (Espanha) Entidade da Umbanda
dada em
São Paulo
Vasilhas
ANTT muda o cronograma para instalação de de cocção
Circula-
tag eletrônica em caminhões para 2018 ção de
dinheiro
(Econ.)
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) alterou o Técnica de
descida,
cronograma de instalação dos dispositivos de identificação eletrônica. no monta-
nhismo
Arcaica A fêmea O dia
Fonte: Antt | Foto: Divulgação do cavalo decisivo

A
Intenção Habilidade Topo;
ANTT mudou seu cronograma e – Grupo 5: Mato Grosso e Mato Grosso do da noiva de Neymar pico
prorrogou para janeiro de 2018 o Sul; Padaria
(pop.)
início da implantação obrigatória – Grupo 6: Paraná e Santa Catarina; Instrumen-
da tag eletrônica em veículos de carga ca- – Grupo 7: Rio Grande do Sul; to de sopro
Escapa A gripe
dastrados no Registro Nacional de Trans- – Grupo 8: Acre, Alagoas, Amazonas, Irmã, em que ataca
portadores Rodoviários de Cargas (RN- Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Pa- inglês porcos e
humanos
TRC). raíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondô- Prática
política de
nia, Roraima, Sergipe e Tocantins. governos
como o de
Agora, transportadores que desejem ins- Vargas
talar voluntariamente o dispositivo em seus A exigência da tag está prevista na Reso- Imitar
Interjeição Gênero
caminhões tem até 7 de janeiro de 2018 lução nº 4.799/2015, da ANTT. Ela dispõe de alegria musical
a voz do de Billie
gato A joia da
para isso. Antes, esse prazo se esgotaria sobre as regras para a operacionalização da formatura Holiday
no dia 1º de setembro. Com o adiamento, inscrição, atualização e recadastramento do Função "Geração",
da letra na sigla
a exigência do dispositivo, que passaria a RNTRC. O dispositivo contém uma chave itálica 3G
valer em outubro deste ano para veículos eletrônica que será associada à identifica- Monarca Agradecido
Abdome (?) à bai-
do primeiro grupo (com placas do Distri- ção do veículo e do transportador na base (Anat.) ana, prato
to Federal e de Goiás), foi prorrogada para de dados da ANTT. Evento quente
"off road" das festas
março de 2018. juninas Gonorreia,
Agência
Por meio de um sinal de radiofrequência, do (?) Reich: a HPV ou
petróleo sífilis
Apesar das mudanças, a ANTT manteve antenas instaladas em rodovias brasileiras (sigla)
Alemanha
(sigla)
nazista
dezembro como mês-limite para a adequa- coletam essa chave no registro de passa- Escritor Legitimar
ção de toda a frota. gem, o que permite a verificação dos dados como Maurice
José de Utrillo,
do transportador e do veículo. Alencar pintor
O cronograma foi dividido em grupos,
conforme o Estado onde o veículo foi em- O processo de fornecimento da tag será
placado, da seguinte forma: realizado pelas Amaps (Administradoras
de Meios para Arrecadação Eletrônica de Indivíduos
investiga-
– Grupo 1: Distrito Federal e Goiás; Pedágio) e pelas fornecedoras de vale-pe- dos pelo
– Grupo 2: Minas Gerais; dágio obrigatório consideradas aptas pela detetive

– Grupo 3: São Paulo; BANCO


4/giro. 5/blues. 6/málaga — sister. 10/bola de neve. 16/revoada dos guarás.
agência reguladora. 9

– Grupo 4: Rio de Janeiro e Espírito Santo;


Solução
I T O S U S P E S
I S T A M A N C R O
I D A R V A L D
R A L I A R A
A G U E
N N T R E V
E I G A R R M I
L O BA
B U E S R
I S M O O P U L P
R U D I S T E S
D O C A G E P F O
A
R D A S A R C
I
E G U A T I GA A N
S X O N E L A P A
E N E VE O L A D B
L R C M