Anda di halaman 1dari 23

O JORNAL “A AÇÃO” COMO FONTE DE

PESQUISA PARA A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO


NO CARIRI CEARENSE

Zuleide Fernandes de Queiroz


Professora do Departamento de Educação da Universidade Regional do
Cariri (URCA), realizando estágio de Pós – Doutoramento junto ao
Programa de Pós – Graduação em Educação do Centro de Educação da
Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Email: Zuleide.queiroz@urca.br

Marlúcia de Menezes Paiva


Professora do Programa de Pós – Graduação em Educação, do Centro de
Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Email:mmarlupaiva3@gmail.com

Resumo
O estudo integra a pesquisa sobre fontes para a história da educação e
que reconstitui a história de instituições educacionais no Cariri cearense.
Apresentamos parte da pesquisa cujo objetivo foi catalogar notícias sobre
a história da educação do Cariri cearense no periódico intitulado A Ação,
publicado pela Diocese do Crato, município no sul do Ceará, nas décadas
compreendidas entre 1940 a 1980. O estudo documental tomou como
fonte a imprensa jornalística, a documentação bibliográfica e fontes
históricas da educação escolar. A pesquisa possibilitou entender que um
trabalho dessa natureza é um rico material de estudos e pesquisas,
possibilidades bibliográficas; inserção do aluno da graduação e da pós –
graduação no conhecimento e construção da história da educação do seu
lugar na relação com a história local e nacional e explicitou os fenômenos
educativos de uma época, sem perder de vista o debate sobre os limites e
as possibilidades na utilização da imprensa como fonte historiográfica.

Palavras – chave: História da Educação. Fontes. Periódicos.

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 283


THE NEWSPAPER “A AÇÃO” AS A SOURCE
FOR THE HISTORY OF EDUCATION IN
THE CARIRI CEARENSE

Zuleide Fernandes de Queiroz


Professora do Departamento de Educação da Universidade Regional do
Cariri (URCA), realizando estágio de Pós – Doutoramento junto ao
Programa de Pós – Graduação em Educação do Centro de Educação da
Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Email: Zuleide.queiroz@urca.br

Marlúcia de Menezes Paiva


Professora do Programa de Pós – Graduação em Educação, do Centro de
Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Email:mmarlupaiva3@gmail.com
Abstract

This study is part of a research on sources for the history of education, in


order to reconstitute the history of educational institutions in the Cariri
cearense. We presented part of research whose objective was to catalog
the news about the history of education of Cariri cearense present in the
periodical entitled A Ação(the Action), published by the Diocese of Crato,
municipality located in the South of Ceará, in the decades between 1940
and 1980. The study of documentary character took as printed source the
writing of the history through the journalistic press, understood as
thematic possibilities of writing of educational history in this region,
safeguarding the bibliographic documentation and historical sources of
school education. The research made it possible to understand that a
work of this nature is a rich material for studies and research on the
history of education, bibliographic possibilities for teaching of the
discipline; insertion of undergraduate and graduate student in knowledge
and construction of the history of education of their place in the
relationship with the local and national history, as well as explicit the
educational phenomena of a time, without losing sight of the debate
about the limits and the possibilities in the use of the press as
historiographical source.
Keywords: History of education. Sources. Periodicals.

284 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE


Introdução

Ao longo da nossa formação como pesquisadores na área da história


da educação fomos reconhecendo a importância do Jornal impresso,
tanto do passado como atual, para os estudos acerca da temática. A
escrita de Cavalcante (2002) é muito esclarecedora ao encontrar esta
modalidade de fonte. A autora afirma, com base na sua experiência
como pesquisadora que, “desde o início, ficou claro [...] que o jornal
possibilitava uma espécie de retorno ao passado, que poderia ser
caracterizado pela nítida sensação de estar e vivê-lo”. Conclui, a
partir da sua experiência, que o manuseio de um Jornal, de uma época,
possibilita o surgimento de vínculos, relações e possibilidades de
comparação. Instiga os pesquisadores a enfrentar as dificuldades
como a poeira, o amarelecido das páginas, a falta de partes dos
arquivos, dentre outros, para encontrar um rico material, o encontro
com a história, tendo como ponto de partida o Jornal impresso.
A literatura que sustenta nossa investigação nos orienta para os limites
e possibilidades do uso desse tipo de fonte, bem como a sua recente
utilização no Brasil que, segundo Luca (2005), data da década de
1970,
[...] A introdução e difusão da imprensa no país e o
itinerário de jornais e jornalistas já contava com
bibliografia significativa, além de amiudarem-se as
edições fac-símiles e os catálogos dando conta de diários
e revistas que haviam circulado em diferentes partes do
território nacional. Reconhecia-se, portanto, a importância
de tais impressos e não era nova a preocupação de se
escrever a História da imprensa, mas relutava-se em
mobilizá-los para a escrita da História por meio da
imprensa. (LUCA, 2005, p. 111).

Como fonte para os estudos e pesquisas nas mais diversas áreas, o


debate sobre o periódico como fonte de pesquisa, ao longo dos anos,
se deveu a sua adequação e cientificidade, uma vez que, considerados

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 285


‘enciclopédias do cotidiano’, são publicações, em sua maioria,
“[...]registros fragmentários do presente, realizados sob o influxo de
interesses, compromissos e paixões” (LUCA, 2005, p.112), visão de
estudo e pesquisa dominando durante os séculos XIX e início do XX,
ligada à busca de uma verdade a ser divulgada e aceita. Neste sentido,
o uso do impresso como fonte, diferentemente dos documentos
oficiais que eram considerados como “[...] fontes marcadas pela
objetividade, neutralidade, fidedignidade, credibilidade, além de
suficientemente distanciadas de seu próprio tempo” (LUCA, 2005, p.
112), passa a ser defendido e divulgado nos estudos e pesquisas que se
seguirão.
Ainda sobre este debate, Galvão e Lopes (2010), em estudos
realizados confirmam que:
[...] um balanço realizado com base nos artigos
publicados na Revista Brasileira de História da
Educação em seus primeiros anos de existência
(GALVÃO e outros, 2008) mostrou que a
documentação oficial ainda era o a fonte predominante.
Ela era utilizada em cerca de 31% dos casos como
matéria-prima da pesquisa, e em outros 26% como fonte
complementar. (GALVÃO; LOPES, 2010, p. 68).

As autoras acrescentam que poderíamos, ainda que de forma inicial,


considerar que a produção em história da educação se constitui
conservadora no uso das fontes. Mas, também reconhecem a
utilização da imprensa como fonte para estudos e pesquisas na história
da educação. Luca (2005) fortalece essa possibilidade e apresenta
como base teórica os estudos de Michel de Certeau quando convoca
os historiadores a romperem com a visão positivista que norteou a
pesquisa em história. Assim, baliza a importância dessa fonte a partir
da reflexão do teórico quando afirma que:

O historiador não é mais um homem capaz de construir


um império. Nem visa mais o paraíso de uma história
global. Ele chega a circular em torno das
racionalizações conquistadas. Ele trabalha nas margens.
Sob esse aspecto, ele se torna um erradio. (LUCA,
2005, p. 113)
286 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Aqui nesta pesquisa temos consciência desse debate, porém tomamos
como referência os estudos que consideram a importância e
reconhecimento de temas ausentes do território da História, “[...] o
mito, as mentalidades, as práticas culinárias, o corpo, as festas, os
filmes, os jovens, as crianças, as mulheres, aspectos do cotidiano
[...]” (LUCA, 2005, p. 113), também ratificado por Barros (2011) em
seu livro O Campo da História: especialidades e abordagens, quando
trata das abordagens na História, com relação ao tipo de fontes e a
importância dos estudos do cotidiano, da história local que ora
estamos tratando. Nessa sequência, consideramos pertinente o lugar
que o periódico pode ter nas pesquisas em história da educação.
Referenciando-nos nesse novo campo teórico, encontramos a história
da educação do Cariri cearense, região localizada no sul do Ceará. Seu
estudo se deve a importância que o lugar ocupa na história da
educação do Estado, tendo iniciado sua história conforme escritos de
escolarização em 1875, com a criação do Seminário São José pelos
padres lazaristas que ali chegaram incentivados pelos dirigentes do
Seminário da Prainha, em Fortaleza, capital do Ceará, ainda neste
século.
O estudo apresentado, parte integrante de uma pesquisa sobre fontes
para a história da educação no Cariri cearense, teve como questões
iniciais, as preocupações colocadas por Bacellar (2005) em seus
estudos sobre o uso e o mau uso dos arquivos. Para nós as questões
foram: como reconstituir as fontes para a história da educação no
Cariri cearense? Quais registros sobre a história da educação local no
Jornal A Ação teria? Quem fazia essas matérias? O que elas
registravam? Elas poderiam reconstituir uma história?
Nessa perspectiva, nossos objetivos foram: reconstituir a histórias de
instituições educacionais, compreendidas como possibilidades
temáticas de escrita da história educacional do Cariri cearense e
salvaguardar a documentação bibliográfica e outras fontes históricas
da educação escolar para torná-la, com isso, espaço de produção de

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 287


conhecimento historiográfico, abrindo-se à comunidade de estudantes,
professores e pesquisadores, propondo-se a recuperar, preservar e
divulgar a memória destas escolas da região do Cariri. Apresentamos
parte de um dos objetivos específicos da pesquisa que se refere à
catalogação das notícias sobre a história da educação do Cariri
cearense presentes nos periódicos: Itaytera, A Província, A Ação e O
Catequista. Os resultados que destacamos dizem respeito à
catalogação das notícias sobre educação presentes no Jornal A Ação,
publicado pela Diocese do Crato, município localizado no sul do
Ceará, nas décadas compreendidas entre 1940 a 1980.
O estudo de caráter documental tomou como fonte a escrita da história
por meio da imprensa. A utilização dessa fonte se manifesta como
imprescindível para a reconstituição da história da educação desse
lugar, uma vez que suas fontes documentais e suas memórias foram
sendo destruídas e esquecidas ao longo de décadas e séculos. Assim,
embasamos nosso caminho metodológico considerando, como Silva
que, “[...] esta pesquisa também se orienta observando a nova
concepção de fontes históricas que visa trabalhar com os documentos
que estão à margem de nossos estudos” (LE GOFF, 1995 apud
SILVA, 2011, p. 21). A autora ainda ressalta a importância da
pesquisa considerar múltiplas e diferentes fontes para dar maior
fidedignidade ao estudo realizado.
Consideramos, dessa forma, o Jornal A Ação como fonte para a
história da educação a ser utilizada pelos pesquisadores atuais, bem
como colaborar na formação de futuros pesquisadores e interessados
na história do lugar. Conforme afirma Barros, esse tipo de fonte pode
perfeitamente se situar na:

[...] historiografia baseada nos registros já existentes que


foram deixados voluntária ou involuntariamente no
passado – registros que, hoje o sabemos muito bem,
podem ser de toda ordem, incluindo objetos da cultura
material e as imagens iconográficas, os ambientes
urbanos e a própria materialidade de uma cidade (que
pode contar histórias de longa duração), a natureza
288 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
interferida pelo homem, chegando por fim aos “textos”
(ou, como se diz, as fontes escritas). (BARROS, 2011,
p. 133)

É com esta disposição que apresentamos neste artigo um rico material


encontrado nos Arquivos da Biblioteca da Diocese do Crato, chamada
de Cúria Diocesana. Nesse espaço são guardados documentos, livros,
periódicos, imagens e iconografias de posse da Diocese, desde a
criação do Seminário São José. Além desse lugar, existe a Biblioteca
do Seminário, localizada em outro espaço, a Cúria situada no Centro
da cidade do Crato e a Biblioteca do Seminário, no Bairro chamado
Seminário, em alusão à instituição que deu origem à escolarização
oficial da região do Cariri cearense, com mais de um século de
história.
Na história do Ceará encontramos a região do Cariri, iniciada com a
Vila do Crato. Como registra Jucá (1998):
O povoamento da Capitania do Ceará, a partir do litoral,
continuava sendo lento, embora Aquiraz e Russas
apresentassem sinais promissores. Por isso, D. João IV
criou no dia 13 de abril de 1726 a Vila do Forte de
Nossa Senhora da Assunção. Surgiram, em seguida,
sempre em direção do interior, as Vilas de Ico (1736),
Aracati (1747), Crato (1748), Caucaia e Viçosa do
Ceará (1759). Baturité (1763), Quixeramobim e Russas
(1766) e Sobral (1772). Nas últimas décadas do Século
XVII, antecipando-se a essas Vilas, o povoamento era,
na realidade, na região do Cariri e no sertão dos
Inhamuns. A futura Vila do Crato seria o primeiro
grande pólo regional 78 (JUCÁ, 1998, p. 36).

Com a força que a história nos revela,


em 14 de agosto de 1839, o senador José Martiniano de
Alencar cria a Província do Cariri Novo, conforme

1
Pedro Rocha Jucá resgata a história do povoamento do Ceará em artigo público na
Revista A Província, publicada na Cidade do Crato desde 1953. Esta edição tem o
número 14, de fevereiro de 1998. Nela encontramos artigos de estudiosos da região e
principalmente ‘filhos do Crato’, que buscam guardar sua história, seus costumes e
suas tradições.

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 289


registra José de Figueiredo Filho em seu livro História
do Cariri:
A Assembléia Geral Legislativa decreta:
Art. 1º - Fica criada uma província que se denominará
Província do Cariri Novo, cuja capital será a vila do
Crato.
Art. 2º - Esta província se formará: 1º Dos Municípios
do Riacho do Sangue, Icó, Inhamuns, São Mateus,
Lavras, Jardim e Crato, da Província do Ceará.
(FIGUEIREDO FILHO, 1966, p. 81)

Nasce, então, a Região habitada inicialmente pelos índios Cariris, que


dão origem ao nome da Região. Figueiredo Filho (1966) encontra
sobre a história do Cariri os seguintes registros:

Congregados no Miranda atravessaram o riacho, hoje


Ponte, e vieram aldear-se em uma pequena eminência,
onde hoje está o Quadro da Matriz do Crato. Ali
lançaram os fundamentos do templo, que serve agora de
matriz, ou antes, fizeram uma pequena capela, que ficou
sob a regência do padre missionário (FIGUEIREDO
FILHO, 1966, p. 106).

A região se tornou muito conhecida em função do surgimento da Vila


de Juazeiro e do fenômeno santo que acontecerá nessa Vila, em pleno
século XIX. Assim escreve Padre Antonio Vieira sobre o surgimento
da cidade de Juazeiro do Norte:

Mas o Vale Caririense se vai estendendo, na largueza


das suas várzeas iridentes, para estreitar-se aos poucos
quilômetros de distância, apertando-se entre um outeiro
elevado e sobranceiro, atualmente chamado Horto, e
uma lombada de terras vermelhas, arenosas, pedregosas,
de vegetação acanhada e rasteira, que os antepassados
com muita propriedade chamavam de Tabuleiro Grande,
em contraste com as terras ferazes Ribeirinha do Rio
Salgadinho (VIEIRA, 1988, p. 9).
290 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Neste cenário, o Padre Pedro Ribeiro Monteiro ergueu sua casa e o
povoado com o nome Sítio Joaseiro. Foi então, em 1827, lançada a
pedra fundamental da Capela de Nossa Senhora das Dores e, em 1835,
passou a ser denominada de povoação de Joaseiro. Somente em 1872,
o Padre Cícero Romão Batista, vindo do Crato, assumiu a capelania
do povoado. Chamado para realizar celebrações a convite de dois
amigos, Pedro Correia Macedo, professor Régio e o capitão Domingos
Gonçalves Martins, o maior fazendeiro local e sogro desse professor
(DELLA CAVA, 1976, p. 47), estes contam que, após um dia de
muito trabalho sacerdotal, ao deitar-se, Padre Cícero teve um sonho
que chamou de anunciador e que pedia que ele ficasse na terra e
cuidasse daquele povo sofrido (DELLA CAVA, 1976, p. 26).
Residindo no povoado de Joaseiro, como era chamado inicialmente,
Padre Cícero começou a enfrentar dificuldades como pároco. No ano
de 1889, a seca tomou conta do Vale. Naquela ocasião, criava-se
como alternativa para aquela situação de calamidade, a consolação
divina.
Foi então num desses dias que Maria de Araújo79durante as
celebrações das sextas-feiras do mês ao receber a comunhão, cai por
terra e a hóstia que estava em sua boca transforma-se em sangue
(DELLA CAVA, 1976, p. 45). Esse acontecimento levou as pessoas a
reconhecerem como um milagre e um anúncio de Deus.
A Igreja Católica tendo ciência do acontecimento, teve a reação
esperada. Na ocasião, Dom Joaquim, Bispo, em Fortaleza, repreendeu
Padre Cícero e enviou comissões da capital para verificar a veracidade
do fato. A partir de então, a região viveu grandes acontecimentos
políticos, econômicos, sociais e religiosos, como um luta pela
emancipação de Juazeiro, entre 1913 e 1914, situações de secas

2
Chamada de Beata por fazer parte do grupo das devotas e seguidoras do Padre
Cícero. De acordo com Della Cava (1976, p. 43), o Padre Cícero recrutava mulheres
solteiras para formar uma irmandade, sendo algumas delas beatas da Casa de
Caridade do Crato e outras de Juazeiro.
Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 291
levando a morte de muitos habitantes, criação de um lugar de convívio
comunitário conhecido como Caldeirão, construído nas terras do
Padre Cícero, nos arredores do Crato e que, com a morte do Padre
Cícero, em 1935, foi destruído em seguida, causando a morte daqueles
que ali estavam, sendo até hoje lugar de visitação e devoção ao Beato
José Lourenço, afilhado do Padre e organizador da comunidade.
Em um cenário de acontecimentos como os aqui relatados, a igreja
católica foi a principal protagonista dos acontecimentos. Sendo,
posteriormente, criadora dos principais veículos de comunicação da
região: a Radio Educadora, o Jornal A Ação, o Jornal o Catequista, as
escolas confessionais para meninos e meninas, a escola para os
pobres, a escola de Ofício para as crianças pobres, o Orfanato Jesus
Maria José, o Asilo para os velhos, dentre outras.

O Jornal A Ação como fonte de pesquisa para a história da


educação

O Jornal A Ação foi uma publicação feita pela própria Diocese e


servia como espaço de divulgação das ações da igreja católica e de
orientação aos seus fieis. Foi nele que encontramos artigos acerca das
instituições escolares, eventos educacionais, debates e opiniões sobre
a educação da região, em especial, das ações educacionais promovidas
pela Igreja Católica.
Com sua forma impressa, o Jornal circulou na região, inicialmente, na
década de 1940, tendo nas décadas seguintes parado sua publicação,
sendo depois retomadas, mantendo-se até a década de 1980. Seus
escritos, com um conselho editorial escolhido pelo Bispo, relatavam
os acontecimentos locais, a divulgação das atividades da igreja,
opiniões, eventos e lembranças das datas comemorativas.
Apresentamos aqui os registros que tivemos oportunidade de realizar
durante os anos de 2004 a 2012. No início fizemos a leitura e registros
das notícias em educação presentes nos números encontrados, em
292 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
seguida a escrita manual dos artigos, uma vez que no período não
possuíamos equipamentos para digitalização. Esse rico material
encontra-se em cadernos escolares produzidos pelos alunos da
graduação do Curso de Pedagogia da Universidade Regional do Cariri.
Após 2009, tivemos dificuldade de manusear os jornais, uma vez que
foram recolhidos para envio à Fortaleza, capital do Ceará, para sua
digitalização. Neste período até 2012 os alunos da iniciação científica
têm buscado digitar as notícias e o material está disponível junto ao
núcleo de pesquisa em história da educação.
O quadro abaixo apresenta para os leitores o quantitativo de notícias
sobre educação, que foram localizados por temas:

Quadro 1: Notícias sobre Educação no Jornal A Ação


Ano No./ Título da Notícia Temática
data
1940 2 Súmula dos estatutos dos Círculos Instituição
Operários
1940 5 Artigo - Educação da criança Criança
1940 6 Aviso da Direção do Ginásio do Crato Instituição
1940 8 Aviso da Direção do Ginásio do Crato Instituição
Santa Fé – realização do 2º. Aniversário do Instituição
Centro Pró-Alfabetização de Santa Fé
1940 9 Revista Flâmula – publicação das alunas do Periódico
Colégio Santa Teresa de Jesus
Inauguração da Biblioteca Municipal Instituição
1940 10 Comunicado do Professor de Educação Professor
Física José Fernandes
Aviso do Ginásio do Crato Instituição
1940 13 Nota do Colégio Santa Teresa de Jesus Instituição
1940 14 Notícia: A Ação apresenta censo Documentos
eclesiástico
Divulgação do exame de admissão
1940 15 Artigo Movimentos e Escolas que Passam Instituição
Aviso – O Ginásio do Crato divulga relação Instituição
dos aprovados e reprovados no ano letivo
de 1940
Nota – Festa de distribuição de diplomas de Documentos

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 293


professores de 1940, do Colégio Santa
Teresa de Jesus
1940 16 Artigo Palavras aos estudantes Documentos
1941 17 Anúncio do Colégio Santa Teresa de Jesus Documento
sobre o Curso de admissão
O Colégio Santa Teresa de Jesus divulga a Documento
Relação das alunas aprovadas e reprovadas
nos cursos: ginasial, secundário estadual e
técnico
1941 20 Nota – Colégio Santa Teresa de Jesus Documentos
divulga data da Matrícula
1941 21 Relação dos livros pelo Colégio Santa Livros/cartilhas/
Teresa de Jesus literatura
1941 22 Notícia – entrega dos Certificados a 20 Documentos
alunos do Ginásio do Crato
Aviso – inscrições aos exames de 2ª. Época Documento
do Ginásio do Crato
1941 23 Artigo – Educação Física Disciplina
escolar
Aviso do Ginásio do Crato – sobre o curso Documento
primário no ginásio do Crato
1941 24 Notícia – registro dos professores Professores
Abertura do instituto São Luiz, destinado a Instituição
preparar os candidatos para os exames de
admissão dos estabelecimentos secundários
Artigo – Pela educação nacional Política
educacional
1941 25 Aviso – matrícula no Ginásio do Crato Instituição
1941 26 Aviso – O Colégio Santa Teresa divulga o Instituição
resultado do exame de admissão
1941 29 Coluna – ‘Alfinetadas XXVI’ – Calvário Professores
dos Educadores
1941 30 Notícia – funcionamento ad Escola Instituição
Primária do Apostolado Leigo
1941 31-60 Jornais não encontrados
1941 61 Relação da Turma do Bacharelandos do Documentos
Ginásio do Crato
1941 62-63 Jornais não encontrados
1942 68-81 Jornais não encontrados
1942 82 Notícia – visita dos alunos do $o. ano do Alunos/Instituiç
Grupo escolar Estadual ao Parque Gráfico ão

294 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE


1942 83-85 Jornais não encontrados
1942 87 Notícia - Escola Darcy Vargas – A Escola Instituição
Darcy Vargas é uma iniciativa da União
dos Trabalhadores do Cariri
1942 88 Artigo – Sobre a nova Lei do Ensino Política
educacional
1942 89-93 Jornais não encontrados
1943- Jornais não encontrados
1946
1947 326 Aviso – Da diretoria do colégio Santa Documento
Teresa de Jesus
1947 327 Nota – Falecimento da Madre Ana Couto – Documento
fundadora do Colégio Santa Teresa de
Jesus
1947 328-337 Jornais não encontrados
1947 338 Artigo - A Campanha de Educação de Política
adultos e a Igreja educacional
1947 339-343 Jornais não encontrados
1947 344 Notícia – O Patronato Padre Ibiapina Instituição
1947 345-360 Jornais não encontrados
1947 361 Notícia – Educação no Cariri - do Diretor Política
do Ginásio do Crato educacional
1947 362-370 Jornais não encontrados
1947 371 Notícia – festa de formatura das alunas da Instituição
Escola Doméstica
1947/ 372-378 Jornais não encontrados
1948
1948 379 Notícia – sobre a autorização para Instituição
funcionamento da Faculdade de Filosofia
do Crato
1948 380-397 Jornais não encontrados
1948 398 Artigo – Abram-se escolas – do Diretor da Instituição
Escola Técnica do Comércio
1948 390-410 Jornais não encontrados
1948 411 Artigo – A Congregação das Filhas de Instituição
Santa Teresa de Jesus e a Educação da
Juventude
Ginásio Santa Teresa de Jesus do Crato Instituição
1949- 412-1168 Jornais não encontrados
1966
1967 1169 Notícia – Faculdade de Filosofia recebe Instituição

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 295


valiosa coleção de livros
Notícia – Instituto de Ensino Superior do Instituição
Cariri
Notícia – Nomeação do Vice-diretor o Prof. Professor
José Alves de Figueiredo Filho
Paulo Sarasate vem receber Título da Instituição
Faculdade de Filosofia
Memoria da Faculdade de Direito no Curso/Instituiçã
Ministério da Educação o
Notícia – Desenvolvimento é luz do Instituição
Concílio – foi tema de Conferência no
Centro Social Nossa Senhora da Penha
Notícia – Secretaria de Educação Política
funcionará 3 dias em Crato educacional
Coluna – Movimento – Por Pedro Antonio: Materiais
Livros escolares
Artigo do Dr. Ailton Gondim Lóssio – “Se Política
dependesse de mim, já funcionava a educacional
Faculdade de Odontologia do Crato
Notícia – correspondente Bento Leite Alunos
Soares: estudantes de Férias em Araripe
Edital No. 4/66 – Faculdade de Filosofia do Instituição
Crato – abertas inscrições para os curso de
Pedagogia, Letras, História, Geografia e
História Natural
Notícia – Colégio Estadual funcionará no Instituição
novo prédio
SESI Diplomou 20 alunos em Juazeiro Instituição
1967 1170 Jornal não encontrado
1967 1171 Notícia – Vinte Municípios presentes ao Formação de
Curso de Regentes de Classes Professores
Notícia – Patativa do Assaré chegou do Rio Intelectuais
e vai publicar livro
1967 1172 Notícia - Instituto Nacional de Instituição
Desenvolvimento Agrário – INDA apoiará
Escola de Música Branca Bilhar
Notícia – Secretário de Educação tem Política
programa de visita a Crato educacional
1967 1173 Notícia – Crato foi ao 1º. Curso para Formação de
Diretores de Colégios Professores
Notícia – Colégio Estadual em 1967com Instituição

296 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE


mais de 1600 alunos
Notícia – Conhecidos resultados parciais da Documento
1ª. Chamada de Filosofia
1967 1174 Notícia – Aprovados 25 candidatos no Instituição
vestibular de economia
Notícia – Crato ainda à espera do Ginásio Política
Pré – Vocacional educacional
Notícia – Seminário Sagrada Família em Instituição
nova fase
1967 1175 Notícia - CAENN realizou concurso de Curso/Instituiçã
bolsista na Faculdade de Ciências o
Econômicas
Notícia - Festa das Debutantes - o Distrito Instituições
das Bandeirantes está planejando para maio
próximo a festa das debutantes de 1967
Notícia – Aprovados 19 candidatos na 2ª. Curso/Instituiçã
Chamada de Filosofia o
Notícia – Secretário da Educação Política
despachou em Crato educacional
Aviso de vagas – Colégio Estadual do Instituição
Crato
Notícia – Colégio Diocesano vai funcionar Curso/Instituiçã
com o Curso Clássico o
Notícia – Biblioteca Municipal do Crato Instituição
1968- Jornais não encontrados
1969
1970 24/01/70 Notícia – Vestibular de Filosofia e Instituição
Economia reuniu cento e dois candidatos
Notícia – Faculdade de Filosofia recebe Livros/Instituiçã
valiosa doação o
1970 31/01/70 Notícia – Colégio Wilson Gonçalves será Instituição
da CNEC
1970 07/02/70 Edital No. 1/70 – Faculdade de Ciências Curso/Instituiçã
econômicas do Crato (agregada à o
Universidade Federal do Ceará)
Notícia – Encerrado ontem Curso de Curso/Instituiçã
Geologia Geral da FFC o
Notícia – Colégio Madre Ana Couto Instituição
Edital No. 1/70 – Instituto de Ensino Instituição
Superior do Cariri – Faculdade de Filosofia
do Crato (agregada à Universidade Federal

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 297


do Ceará)
1970 14/02/70 Notícia – Ginásio do Lameiro Instituição
1970 14/03/70 Notícia – Colégio Diocesano abriu Curso Curso/Instituiçã
Pré – Universitário o
1970 21/03/70 Notícia – Cruzada do ABC ministra Curso! Instituição/Alfa
betização
1970 27/06/70 Notícia – filho Cratense é candidato à Intelectuais
Academia Brasileira de Letras
1970 11/07/70 Notícia – Faculdade de Filosofia de Crato Instituição
tem maior Biblioteca do Interior
1970 04/04/70 Notícia – Colégio Agrícola do Crato abrirá Instituição
em julho
1971- Jornais não encontrados
outub
ro de
1974
1974 02/11/74 Notícia – Professor lança Campanha de Instituição/Meio
Arborização ambiente
1974 1490 Notícia – Prefeitura adquire prédio para o Instituição
Colégio Municipal
Notícia – Semana de Biologia em Foco Curso/Instituiçã
o
1974 1491 Jornal não encontrado
1974 1492 MEC anuncia verba de 80 mil Política
educacional/Fin
anciamento
1974 1493 Notícia – Lions – Centro realiza Natal da Instituição
Escola
Notícias – professoras do Cariri instalam Professores/Inst
Escola em Salvador ituições
1975- Jornais não encontrados
1978
1979 23/06/79 Notícia – Faculdade de Direito do Crato Curso/Instituiçã
presta homenagem o
1979 07/07/79 Notícia – Colégio madre Ana Couto tem 2º. Instituição
Grau autorizado
Notícia – Empossado novo escalão
administrativo da Universidade Federal do
Ceará
1979 21/07/79 Notícia – Educação em Debate Política
educacional

298 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE


1979 24/07/79 Jubileu de Ouro da 1ª. Turma de Instituição
Professores do Colégio Santa Teresa de
Jesus
1979 28/07/79 Notícia – A serviço da comunidade – Instituição
Faculdade participa de Seminário de
Administração
Notícia – faculdade de Direito diploma 2ª. Curso/Instituiçã
Turma o
1979 Agosto/no Jornais não encontrados
vembro
1979 24/11/79 Notícia – Secretário de Educação escolhido Intelectuais/Inst
como Paraninfo do Colégio Estadual ituição
1979 01/12/79 Notícia – Escola de 1º. Grau Dom Quintino Intelectuais/Inst
homenageia suas ex – diretoras ituições

Notícia – Homenagem do Colégio Santa Instituição


Teresa
Notícia – Colégio Diocesano condecorou Premiação/Alun
seus melhores alunos de 79 o
Notícia – Faculdade de Filosofia do Crato e Instituição
a comemoração e homenagem a seus
fundadores
1980 17/05/80 Notícia – Posse do Diretor da Faculdade de Instituição
Filosofia do Crato para um novo mandato
1980 24/05/80 Reportagem – Portaria revoluciona o Política
vestibular educacional
Reportagem – Posse da Nova diretoria do Instituição/Grê
Centro Cívico Padre Pita do Colégio mio estudantil
Diocesano do Crato
Notícia – Projeto amplia número de Instituição/bolsa
bolsistas e sobre o 1º. Encontro de s
Monitores da Fundação padre Ibiapina
1980 11/06/80 Notícia – Homenagem ao Diretor da Intelectuais/Inst
Faculdade de Filosofia do Crato ituições
Nota sobre o Programa MOBRAL em Instituição
Várzea Alegre
Notícia – 25 anos da Universidade Federal Instituição
do Ceará
1980 12/07/80 Congratulações da 23ª. Turma de
Licenciados da Faculdade de Filosofia do
Crato
1980 28/07/80 Notícia – Reconhecimento da Faculdade de Curso/Instituiçã
Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 299
Direito do Crato o
Notícia – encerrou-se Hoje o 1º. Simpósio Evento/Instituiç
Geo-Econômico do Cariri ão
Panorama Regional – Em Santana do Cariri Instituição
é reconhecido o Centro Educacional
Valdevino Nascimento pelo Conselho
Estadual de Educação
1980 27/09/80 Aviso – Concurso no Crato em Estudos
Sociais
Convite – Lançamento do Livro do Padre Intelectuais
Neri
Panorama Regional – Patativa do Assaré é Intelectual/Instit
escolhido Patrono da Turma aa uição
UNIFOR/Fortaleza
1980 11/10/80 Notícia – Colégio Diocesano abrirá 2ª. Instituição
Feira e 1ª. Exposição e II Jogos Olímpicos
Reportagem sobre a Faculdade de Filosofia Instituição
do Crato
Notícia – em Missão Velha, conclusão de
mais uma unidade escolar
Notícia – Barbalha tem sede própria do Instituição
Instituto Pestalozzi
1980 18/10/80 Notícia – secretário de Educação instalou o Instituição
Grupo Comunitário de assistência ao
educando em Crato
Notícia – escola Agrotécnica Federal do Instituição
Crato entre as 5 melhores do país no ensino
agrotécnico
Panorama Regional – lançada 3ª. Edição do Intelectuais
livro de Patativa do Assaré
1980 01/11/80 Notícia – Comemoração do 14º. Instituição
Aniversário do Fundação padre Ibiapina
Matéria principal – Secretário de Educação Instituição
instalou G.C.A.E em Crato
Matéria – Falso professor preso pela polícia Professor
1980 22/11/80 Destaque – encerramento da exposição, Instituição
Gincana de Biologia e Jogos Olímpicos do
Colégio Diocesano
Notícia – realizado no Crato Seminário de Evento
Orientação Educacional Educacional
1980 6/12/80 Em Várzea Alegre Colégio Estadual São Instituição

300 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE


Raimundo realiza colação de grau
1980 13/12/80 Homenagem a 24ª. Turma de Concluintes Instituição
da Faculdade de Filosofia do Crato
1980 24/12/80 Página principal – Direito e Economia Curso/Instituiçã
inicial vestibular o
Panorama geral – Colégio Agrícola divulga Instituição
relação de classificados
Panorama Regional – Em Brejo Santo Instituição
realiza – se no Colégio Padre Viana entrega
de certificados – Centro de Estudos
Supletivos
Notícia – faculdade de Direito Forma sua V Curso/Instituiçã
Turma de Bacharéis o
1981 10/01/81 Notificação – Começo do Vestibular de Instituição
Filosofia
Aprovados 33 candidatos do Crato nos Alunos
vestibulares de Recife
1981 1725 Divulgação – Colégio Diocesano abrirá Instituição
exposição científica
1981 1728 Notícia – Educação inicia treinamento para Formação de
professores Professores
Centro de Ensino Supletivo será construído Instituição
1981 1733 Artigo: Mais professores para o Cariri Professores
1981 1734 Notícia – Faculdade de Filosofia forma 26ª Instituição
Turma de Licenciados
Notícia – Primeira Turma do Colégio Instituição
Diocesano comemora hoje seu
cinquentenário
1947- 1734 155 – notícias, avisos, comunicações,
1981 opiniões, colunas
FONTE: Diocese do Crato, Cúria Diocesana – 2004-2012.

Com este quadro podemos perceber as possibilidades que o Jornal


proporciona para a reconstituição histórica, em especial para este
estudo e para a história da educação. As notícias, avisos, informes,
colunas, opiniões, comunicações permitiram para o nosso grupo de
pesquisa muitos achados:
- Grande volume de informações sobre as instituições educacionais,
em especial, as instituições ligadas à Diocese;
Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 301
- Dados sobre a criação de instituições e sobre o cotidiano
institucional de diferentes lugares da região;
- Dados sobre a criação das instituições, seus professores, contratação,
remuneração, planejamento, organização, gestão educacional;
- Dados sobre a política educacional no âmbito local, estadual e
nacional;
- Informações sobre materiais escolares e livros/manuais escolares;
- Informações sobre os alunos, sua organização, egressos;
Assim, podemos afirmar, tomando como referência as questões
levantadas no início do artigo, sobre o estudo das notícias acerca da
educação no Cariri cearense que, no que diz respeito a como
reconstituir as fontes para a história da educação naquela região,
observamos que o Jornal A Ação, com suas ricas notícias, com
detalhes contendo datas, pessoas, instituições, reflexões, ao longo
dessas décadas, tem sido uma fonte privilegiada para pesquisadores e
pessoas interessadas em encontrar informações sobre uma época, seus
sujeitos, seu tempo:

Em solenidade realizada na noite de sábado na Rádio


Educadora do Cariri, a Faculdade de Filosofia do Crato,
agregada à Universidade Federal do Ceará, formou sua
26ª. Turma de Licenciados em Letras, Pedagogia,
História e Geografia. [...] (JORNAL A AÇÃO, 1981, p.
01).

Nesse artigo, o pesquisador tem a possibilidade de encontrar uma


instituição, que em um determinado tempo foi ligada a uma Instituição
Federal. O estudo atento acerca da Faculdade vai mostrar sua evolução
até se transformar em uma instituição de educação superior estadual
com status de universidade. É possível uma pesquisa sobre seus
cursos, origem, currículo, pois a notícia informa sobre os cursos em
funcionamento naquela instituição.

302 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE


No que diz respeito aos registros sobre a história da educação local,
encontramos no Jornal A Ação farta matéria sobre educação e os
autores dessas matérias. Podemos observar que as notícias anunciadas
na tabela mostram as temáticas ligadas à educação, permitindo ao
leitor e ao pesquisador encontrar temas e objetos para a sua pesquisa.
É importante identificar que nas 155 notícias catalogadas, tem-se o
predomínio de informações sobre instituições. Esta observação nos
permite afirmar a intenção da Diocese em se firmar como agente
irradiador da educação na região, bem como indicar a concepção
educacional para a época – a educação católica, principalmente em
termos de debate com os liberais brasileiros, nas décadas de 1920-
1930. Os registros permitem, ainda, mostrar como a matéria
acompanhava os acontecimentos sócio - econômicos, como a criação
das instituições para domésticas, para crianças pobres, para mulheres,
para meninos da elite local - o Ginásio do Crato, cursos
profissionalizantes e superiores, dentre outros.

[...] Fundava um Estabelecimento de Ensino Técnico.


Glorificando a terra, aqui se instalou a primeira escola
de Comércio do interior do Estado, propiciando
instrução à mocidade caixeira que até então fazia no
mais profundo obscurantismo.
E foi daqui que partiram os primeiros guardas livros
formados no interior do Estado para se firmarem nos
grandes Centros Comerciais. Fizeram-se aqui excelentes
profissionais da arte de escrituras nos Livros Mercantis
e da Ciência de contabilizar os fatos comerciais.
(JORNAL A AÇÃO, 1948, p. 2).

Sobre o que as notícias registravam, o leitor e o pesquisador atento


podem descobrir o leque de possibilidades de reconstrução da história.
Queremos dizer que, até o momento, para o nosso grupo de pesquisa e
para as atividades de ensino em história da educação esta fonte tem se
constituído em um material fundamental quando tratamos da história
da educação no Ceará e, particularmente, da história da educação no
Cariri cearense.

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 303


Conclusões

Um estudo acerca das fontes para a história da educação é sempre


muito vigoroso. Inicialmente nos permite conhecer lugares, sujeitos e
épocas, antes para nós desconhecidos e para outros esquecidos. As
fontes impressas trazem elementos para um estudo de forma
indicativa, factual, no seu lugar. Muitas vezes revestida de elogios,
críticas e tentativa de neutralidade, as notícias, anúncios, avisos,
opiniões e reflexões apresentam os sujeitos da época e o pensamento
individual e coletivo, cabendo ao pesquisador, no debate com outras
fontes, estudos e pesquisas, e com a literatura clássica e
contemporânea, buscar o encontro com a história que, quando
registrada se transforma na história escrita, de uso coletivo, capaz de
gerar outros estudos e propiciar aos leitores o conhecimento de um
período da sua história.
Neste sentido, concluímos que o Jornal A Ação é uma rica fonte de
formação e conhecimento. Sabemos que como historiadores da
educação não podemos ignorar os mais de 1725 jornais publicados,
por mais de 50 anos, e que até hoje tem sido uma das principais fontes
de consulta para estudantes e professores das mais diversas áreas.

Referência

BACELLAR, Carlos. Uso e mau uso dos arquivos. In: PINSKY, Carla
Bassanezi (org.). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2005.

BARROS, José D’Assunção. O campo da história: especialidades e


abordagens. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

CAVALCANTE, Maria Juraci Maia. O Jornal como fonte privilegiada


de pesquisa histórica no campo educacional. In: CONGRESSO DE
HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, 4., 2002, Natal. Anais... . Natal:
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2002.
304 Centro de Educação | Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
DELLA CAVA, Ralph. O milagre de Joaseiro. Rio de Janeiro: Paz e
Terra, 1976.

FIGUEIREDO FILHO, José de. História do Cariri. Crato: Faculdade


de Filosofia do Crato, 1966, p. 151.

GALVÃO, Ana Maria de Oliveira; LOPES, Eliane Marta Teixeira.


Território plural: a pesquisa em história da educação. São Paulo:
Ática, 2010.

JORNAL A AÇÃO. Crato, CE, n. 398, ano 9, 20 jun. 1948.

JORNAL A AÇÃO. Crato, CE, n. 1734, ano 41, 19 dez. 1981.

JUCÁ, Pedro Rocha. A colonização e o povoamento do Ceará II.


Revista A Província, n. 14, fev. 1998.

LE GOFF, Jacques. A História nova. São Paulo: Martins Fontes,


1995.

LUCA, Tânia Regina de. História dos, nos e por meio dos periódicos.
In: PINSKY, Carla Bassanezi (Org.). Fontes Históricas. São Paulo:
Contexto, 2005.

SILVA, Mirelle Araújo da. O Lavrador: a função do jornal na


formação do professor ruralista de Juazeiro do Norte. Fortaleza:
IMEPH, 2011.

VIEIRA, Antonio. Roteiro Lírico e Místico sobre Juazeiro do


Norte. Fortaleza: IOCE, 1988, p. 131.

Tópicos Educacionais, Recife, v.21, n.1, jan/jun. 2015. 305