Anda di halaman 1dari 3

FICHAMENTO DA AULA “ORIGEM DO PLANETA TERRA E SUAS

ESTRUTURAS INTERNAS”

TEORIAS
Buscam a explicação da origem e formação do Planeta Terra e demais corpos celestes
tendo como parâmetros observações, análises e prospecções científicas ou culturais.

CRIACIONISMO
• Uma entidade externafora responsável pela criação e formação de todos os corpos
celestes do Universo.
• Fundamentação de cunho cultural/religioso pautada em prospecções.
• Ex: Gênesis1:1-19 (Cristianismo), Alcorão (Islamismo), registros sobre a “água
primordial” (Egípicios), Titanogenesis (Gregos) e etc…

BIG BANG - COSMOCRUNCH

Universo fechado.
“Se nosso Universo for fechado, isto é, se sua densidade média for superior a 6,5 x 10- 30g/cm3,
sua velocidade de expansão deverá diminuir até anular-se, e em seguida ele deverá implodir
sobre si mesmo, num colossal cosmocrunch, no futuro longínquo, daqui a muitas dezenas de
bilhões de anos. Toda a matéria estará reunida numa singularidade, um espaço muito pequeno
de densidade extremamente alta, virtualmente infinita, e sob uma temperatura também
extremamente alta, virtualmente infinita. Nesta singularidade que foge a qualquer visualização,
matéria e energia seriam indistinguíveis, não haveria espaço em seu entorno e o tempo não teria
sentido.”
(CORDANI, p.5 2010)

• Em termos Gerais:
• Universo fechado
• Cosmocrunch (implosão) => densidade ≈ ∞ – temperatura ≈ ∞ => matéria = energia
=> sem espaço = sem tempo
• Big Bang: 15 bilhões anos. No início tudo era radiação.
• Decréscimo de Temperatura, densidade energia => nucleogênese
• Com ~ 1 milhão de anos = T ~ 3000k => H (74%), He (26%) e traços de Li e Be
• A seguir = nuvens de gás – colapso gravitacional – estrelas
• As primeiras galáxias surgiram a 13 bilhões de anos. Via Láctea a 8 bilhões de anos.
Sistema solar a 4,6 bilhões de anos.

Evolução estelar e formação dos elementos

Estrela nasce - material diluído e expandido


Contração = aumenta Temperatura e luminosidade => fusão termonuclear = H=>He (bilhões
de anos)
Acúmulo de He – aumento do núcleo = resfriamento da estrela = gigante vermelha
Contração do núcleo de He – queima do He formando C (milhões de anos).
Contração do núcleo de carbono – aumento de T = expansão = supergigante vermelha (p. ex. o
sol daqui a 5 bi anos expandiria-se até a órbita de Marte)
Sol = tamanho médio = anã branca (resfriam-se por bilhões de anos) – anãs negras

Sistema Solar

Sol – média grandeza


Evolução = nesta fase + ~ 5 bi anos = gigante vermelha => anã branca => anã negra
Todos os corpos do sistema solar se formaram ao mesmo tempo!
Massa do sistema = 99,8% no Sol
Sistema de planetas coplanares (eclíptica) – idem para os cometas
Planetas:
Internos, terrestres ou telúricos
Externos ou jovianos

1.6. Planetologia comparada

Elucidar condições e processos geológicos da Terra através da observação de outros planetas


e/ou satélites
Lua – highlands (terras altas - rochas claras) – muitas crateras – terras baixas (basalto)
- mares – escuros – planícies – pouquíssimas crateras

ESTRUTURA INTERNA DA TERRA

CROSTA
A menor e a mais externa entre as camadas do planeta Terra. É nela que se realizam as
transformações do relevo e onde se expressam morfologicamente todos os processos internos e
externos que ocasionam a sua formação e transformação.
Crosta Continental: Camada externa da Crosta com espessura variável de 30 a 80km, baixa
densidade, composta de granito e outros materiais rochosos magmáticos.
Crosta Oceânica: Camada interna da Crosta com espessura variável entre 5 a 10 km , alta
densidade, composta de basalto e outros materiais magmáticos (extrusivos)
Dinâmica – Fatores endógenos (Vulcanismo e Tectonismo) Fatores Exógenos (Intemperismo)

ASTENOSFERA
Camada imediatamente inferior a litosfera, comportando-se como um fluido viscoso
MAGMÁTICO, sobre a qual as placas tectônicas litosféricas se movimentam por convecção.

MANTO
• Constituído de material rochoso em estado de fusão (MAGMA), ocupa cerca de 80%
do volume da Terra. Fica logo abaixo da litosfera e chega até a 2900km abaixo da
superfície.
• Sua temperatura varia de 100ºC, na região em contato com a litosfera, até a 3500ºC
próximo ao núcleo.
• Estas diferenças de temperatura são responsáveis pelas correntes de convecção
formadas no manto, que vão provocar o movimento das placas tectônicas na superfície
terrestre.
• Manto Externo : Materiais menos densos e com menores temperaturas
• Manto Interno: Materiais mais densos e com maiores temperaturas

NÚCLEO
• Camada existente no centro da esfera terrestre, formada principalmente por níquel e
ferro, sendo por isso também chamado de Ni Fe.
• As temperaturas chegam até a 5000ºC. As pressões exercidas sobre a camada são tão
elevadas que, mesmo à altas temperaturas, o núcleo interno se encontra em estado
sólido.
• O núcleo interno é extremamente denso e é isolado do resto do planeta pelo núcleo
externo (em estado pastoso).