Anda di halaman 1dari 4

1) Por que se chamam "evangélicos" ?

A palavra “evangélico” remete à crença de que a fé cristã autêntica


está fundamentada única e tão somente na Bíblia, sendo que o Antigo
Testamento relata a história da preparação da chegada do Senhor
Jesus e o Novo Testamento revela a missão redentora de Cristo aos
que n’Ele crerem.

2) O que significa “Evangelho” ?


É uma palavra derivada do grego euaggelion que significa
literalmente “boas novas”, assim a boa nova é a mensagem de Jesus
Cristo que dá sentido à vida.

3) Quando começou o movimento evangélico?


Após sua Ressurreição, Jesus Cristo ordenou aos discípulos: “Ide por
todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura”, pode-se dizer
que aí começou o movimento evangélico, mas somente após a
Reforma a expressão foi consagrada para designar as igrejas
protestantes e suas descendentes até os dias de hoje.

4) Qual a diferença entre “Evangélicos”, “Crentes” e


“Protestantes” ?
No Brasil, usa-se o termo “Evangélico” para designar qualquer
entidade que se autodenomine cristã e que não seja católica romana,
mesmo que tais entidades sejam vagamente inspiradas no Evangelho
ou admitam outras fontes de doutrina e prática. Mas a rigor, todas
estas qualificações ( Evangélicos, Crentes e Protestantes), dizem
respeito a pessoas que crêem nos Evangelhos como única fonte da fé
cristã e cujos ideais foram historicamente estabelecidos na Reforma
Protestante, iniciada por Martinho Lutero em 1517. [ Saiba mais sobre
a Reforma Protestante clicando AQUI ]

5) Qual é, em suma, a diferença estabelecida pela Reforma


Protestante ?
Resumidamente, a Reforma Protestante pregou que a relação da
humanidade com o Criador só pode ter Um intermediário: Jesus
Cristo, manifestado a cada um individualmente, por opção e pela fé,
mediante a graça de Deus, conforme descrito nas Escrituras.

6) A única diferença entre evangélicos e católicos é a questão das imagens ?


Não. A crença cristã evangélica difere da crença católica em muitos pontos, pois à luz
da Bíblia, muitas doutrinas católicas se mostram como fruto exclusivo das tradições
culturais e da conveniência histórica.
Dentre as crenças católicas renegadas pelo cristianismo evangélico, por falta de respaldo
bíblico, estão :
a adoração (ou veneração) de imagens; a intercessão de santos; a divinização de Maria;
a salvação pelas boas obras; os “sacramentos” como cerimônias místicas; a confissão ao
sacerdote; as “penitências”; as “indulgências”; o poder místico de objetos tidos como
“sagrados”; o papa como substituto de Cristo; o celibato de sacerdotes; as orações
repetitivas; a transformação real (e não simbólica ) do pão em carne e do vinho em
sangue de Jesus Cristo, no ritual da eucaristia ( transubstanciação); o purgatório e o
apego à forma dos rituais, em detrimento da essência do Evangelho e do estudo das
Escrituras mediante a ação do Espírito Santo.

7) Porque existem tantas igrejas evangélicas diferentes ?


A liberdade religiosa permite que qualquer pessoa, independente de
formação ou princípios, crie uma entidade e dê a ela o nome que bem
entender, inclusive denominá-la “evangélica”. Independente disso, há
várias denominações que tem legítima orientação bíblica, mas que
diferem entre si por razões doutrinárias e de prática cristã.

8) Porque os Evangélicos dizem que a caridade não salva ?


A crença evangélica não aceita que a caridade deva ser uma espécie
de “moeda de troca” com Deus. A caridade é uma obrigação do
cristão, e não um meio de fazer-se cristão.

9) A crença evangélica resiste ao crivo da ciência ? Ser cristão é ser contrário ao


conhecimento científico ?
Esta é uma questão muito recorrente no debate religioso. O fato é que a ciência
verdadeira, tida como a investigação racional destinada à descoberta da verdade, não se
contrapõe em nenhum momento à crença cristã . Louis Pasteur dizia que um pouco de
ciência nos afasta de Deus, muito nos aproxima. O que pode acontecer é a confusão
entre cristianismo e superstições religiosas, entre ciência e pseudociências. Agostinho,
um dos pais da Igreja, dizia que "toda verdade é verdade de Deus". Assim, se a ciência
busca a verdade, a ciência encontra Deus.

10) Porque tanto ocorrem escândalos envolvendo os


chamados “evangélicos” e a exploração de pessoas humildes;
com pastores milionários; venda de bençãos e promessas de
curas e riqueza ?
Primeiramente deve ter-se em mente que não existe nenhum tipo de
lei que proíba qualquer pessoa de fundar uma “igreja” e chamá-la de
“evangélica”. Por isso, e pela garantia constitucional de liberdade
religiosa, muitos oportunistas, de má-fé aproveitam e sob as mais
bizarras doutrinas e promessas de milagres, riqueza e “libertação”,
abrem verdadeiras empresas da fé.
O fato é que igrejas evangélicas sérias nunca dão ênfase à
prosperidade material e muito menos oferecem a troca de ofertas em
dinheiro por bênçãos. Uma igreja séria, tradicional ou não, deve estar
centrada na pregação da Palavra da Salvação única e exclusivamente
por Jesus Cristo.

11) Crer verdadeiramente em Jesus Cristo é submeter-se a um


oceano de regras e restrições?
A aceitação de Jesus Cristo como condutor de sua vida é uma decisão
séria, que deve ser consciente e que a Bíblia chama de “novo
nascimento”. Esta nova pessoa que surge não conserva os vícios da
antiga pessoa e busca a santificação por meio da edificação
espiritual. Pode acreditar: a nova pessoa não sente saudades daquela
outra que foi um dia.

12) Mas a crença em Jesus Cristo não estaria defasada ? Os


tempos são bem diferentes de 2000 anos atrás...
O Homem- Deus Jesus Cristo mudou a História da humanidade e já
mudou a vida de bilhões de pessoas através dos tempos, mostrando
o verdadeiro propósito da existência. Jesus Cristo é o mesmo, ontem,
hoje e sempre e Ele pode mudar a sua vida ainda hoje.

13) Porque a celebração evangélica é chamada de “Culto” ?


“Cultuar” significa “prestar homenagem”, “venerar” e é isso que um
Culto evangélico pretende: homenagear e venerar ao Deus Pai
Criador e Seu Filho Unigênito, Jesus Cristo. A Bíblia diz que onde duas
ou três pessoas estiverem reunidas em nome de Jesus, Ele estará
entre elas (Mateus cap.18 v.20).

14) Como se desenrola um Culto Evangélico ?


O Culto não é um ritual ou uma cerimônia mística; não exige
paramentos ou objetos especiais, nem sacerdotes. O culto cristão é
uma reunião solene de pessoas que vão louvar a Deus, ouvir a
pregação do Evangelho e orar. Em geral o culto se constitui de três
partes: 1) Louvor - onde se entoam cânticos que demonstram a
alegria de estar em comunhão espiritual e exaltam o Poder de Deus
sobre nossas vidas e 2) Mensagem - onde um preceptor expõe um
assunto espiritualmente relevante à luz da Bíblia; e 3) Oração – onde
agradecemos e levamos a Deus nossas necessidades e angústias.

15) Todos os caminhos levam a Deus ?


Jesus Cristo disse: “Eu sou O caminho, a verdade e a vida,
ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14.6).
Ser evangélico é entender e agir sobre o ASSUNTO MAIS IMPORTANTE DO
MUNDO.

Um cristão é um seguidor de Cristo e para os evangélicos parece muito claro que os


seguidores de Cristo são os que tiveram a experiência de serem iluminados por Deus a
respeito da sua condição de perdição quando estavam sem Ele. Naquele momento, se
arrependeram e aceitaram a salvação de Deus. A sua condição então mudou de
afastados de Deus para comprados pelo precioso sangue de Cristo. (Bruno Spadoni).

Regras para ser seguidas.


A única obrigação e exigência dos nossos adeptos, é que eles sejam fiéis a Deus,
obedecendo as doutrinas da Bíblia Sagrada, que é a Palavra de Deus.
Todos devem obedecer a lei de deus, usar roupas adequadas

.
Escola.Básica.Felisberto De Carvalho.

Nomes:Gabriel,Luciano,Jean..
Data:16/09/10
Série:7-02

Assunto:Evangélico.

Disciplina: Religião.