Anda di halaman 1dari 22
1
1
Sumário Capítulo 1 - Eletrostática 03 Eletrostática 03 Condutores e Isolantes 04 Natureza elétrica dos corpos
Sumário Capítulo 1 - Eletrostática 03 Eletrostática 03 Condutores e Isolantes 04 Natureza elétrica dos corpos
 

Sumário

Capítulo 1 - Eletrostática

03

Eletrostática

03

Condutores e Isolantes

04

Natureza elétrica dos corpos

04

Processos de eletrização

05

Exercícios

06

Blindagem Eletrostática

06

Carga Elétrica de um Corpo

07

Lei de Coulomb

08

Exercicios

08

Campo Elétrico

09

Exercicios

09

Potencial Elétrico

10

Pesquise e Responda

10

Trabalho Elétrico

11

Potencial Elétrico Terrestre

12

Capítulo 2 - Eletrodinâmica

12

Corrente Elétrica

12

Tipos de Corrente

12

Exercícios

13

Lei de Ohm

14

Exercicios

14

Associação de resistências elétricas

15

Exercicios

15

Potencia Elétrica

15

Energia Elétrica

16

Exercicios

16

Choque Elétrico

17

Resistência do corpo humano

19

Exercícios

19

Capítulo 3 -Magnetismo

19

Campo Magnético

20

Aurora Boreal

20

Exercicios

15

Força Magnética

21

Exercicios

21

Responda

22

2

CAPÍTULO 1 EXPERIÊNCIA 01: ELETROMAGNETISMO Material necessário: Vídeo sobre a História da eletricidade. Procedimento: Assista ao
 
   

CAPÍTULO 1

 

EXPERIÊNCIA 01:

 
ELETROMAGNETISMO Material necessário: Vídeo sobre a História da eletricidade. Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas

ELETROMAGNETISMO

ELETROMAGNETISMO Material necessário: Vídeo sobre a História da eletricidade. Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas

Material necessário: Vídeo sobre a História da eletricidade.

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas

 

Parte

da

Física

 

que

descreve

os

próprias conclusões.

fenômenos de origens elétricas e magnéticas

em geral.

 

Conclusões: __________________________

Se subdivide em:

 

____________________________________ ____________________________________ ____________________________________

 

1.

Eletrostática.

____________________________________

2.

Eletrodinâmica.

 

_______________________.

 

HISTÓRIA

 

ELETROSTÁTICA

 

Os primeiros indícios foram na Grécia antiga, ao verificarmos que uma substância, o âmbar, depois de friccionado, adquiria a

Parte do Eletromagnetismo que estuda as cargas elétricas em “repouso”.

propriedade de atração ou repulsão de pequenos corpos leves.

Hoje a teoria aceita é de que a matéria

é

Assim para entendermos a eletricidade,

formada de pequenas partículas, os átomos.

devemos entender o conceito de átomo.

Este fenômeno foi descrito no séc.VII a.C.por Tales de Mileto ( 640 - 546 a.C. ).

Este fenômeno foi descrito no séc.VII a.C.por Tales de Mileto ( 640 - 546 a.C. ).

Este fenômeno foi descrito no séc.VII a.C.por Tales de Mileto ( 640 - 546 a.C. ).

Historicamente, o termo "eletricidade" foi primeiramente utilizado, no final do séc. XVI, pelo físico britânico William Gilbert, para designar a já conhecida propriedade de atração ou repulsão de pequenos corpos leves, que algumas substâncias adquiriam por fricção.

Este fenômeno foi descrito no séc.VII a.C.por Tales de Mileto ( 640 - 546 a.C. ).

Existiram vários modelos de Átomos ao longo da história. O Conceito atual de átomo é o modelo de Niels Bohr (1885 – 1962), data oficialmente de 1920 (mas nem sempre foi assim ) ...

Existiram vários modelos de Átomos ao longo da história. O Conceito atual de átomo é o

Cada átomo, por sua vez, é constituído de

partículas

ainda

menores,

prótons

(positivos)

e

os

no

núcleo:

os

nêutrons

(sem

carga);

na

eletrosfera:

os

elétrons

(negativos).

no início

do séc.

XVIII pessoas

como

Francis

 

Hauksbee

e

Stephen

Gray

Às partículas eletrizadas, elétrons e prótons,

impressionavam

a sociedade

inglesa com

chamamos "carga elétrica".

seus shows de eletricidade.

 
 
CAPÍTULO 1 EXPERIÊNCIA 01: ELETROMAGNETISMO Material necessário: Vídeo sobre a História da eletricidade. Procedimento: Assista ao
Assim, toda (quase) a eletricidade é São eles: explicada através do conceito de átomo. 1) Cargas
 

Assim,

toda

(quase)

a

eletricidade

é

São eles:

explicada através do conceito de átomo.

1) Cargas

elétricas de mesmo sinal

se

Condutores de eletricidade

 

repelem e de sinais contrários se atraem.

São os

meios

materiais

nos

quais

 
São os meios materiais nos quais há

facilidade de movimento de cargas elétricas, devido a presença de "elétrons livres".

Ex: fio de cobre, alumínio, etc.

 

Isolantes de eletricidade

São os meios materiais nos quais não há facilidade de movimento de cargas elétricas.

2) Num sistema eletricamente isolado, a soma das cargas elétricas é constante.

Ex: vidro, borracha, madeira seca, etc.

Ou seja:

Natureza elétrica dos corpos

 
Natureza elétrica dos corpos

Corpo negativo: O corpo ganhou elétrons.

 
Processos de Eletrização

Processos de Eletrização

 

Podem ser de 03 tipos:

  • 1. Atrito.

  • 2. Contato.

 
  • 3. Indução.

Corpo neutro: Número de prótons = Número de elétrons.

Vamos estudar os 03 casos.

Eletrização por atrito

 
 
Quando dois corpos são atritados, pode ocorrer a passagem de elétrons de um corpo para outro

Quando dois corpos são atritados, pode ocorrer a passagem de elétrons de um corpo para outro

Corpo positivo: O corpo perdeu elétrons.

EXPERIÊNCIA 02:

 
 
Material necessário:

Material necessário:

Garrafa plástica. Bolinhas de Isopor.

Procedimento: Coloque as bolinhas dentro da garra e agite. Vire a garrafa. Observe o que acontece.

Princípios da eletrostática

 

Conclusões: __________________________

Em 1752, Benjamin Franklin, estudando a eletricidade, estabelece o que virá a se chamar de “Princípios da Eletricidade”.

____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

 

4

Assim, toda (quase) a eletricidade é São eles: explicada através do conceito de átomo. 1) Cargas
EXPERIÊNCIA 03: Eletrização por indução Material necessário: Vídeo sobre Eletrização por Atrito. a A eletrização de
 

EXPERIÊNCIA 03:

Eletrização por indução

Material necessário: Vídeo sobre Eletrização por Atrito.

a

A eletrização de um condutor neutro pode ocorrer por simples aproximação de um

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões.

corpo eletrizado, sem que haja contato entre eles.

Conclusões: __________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

Até os líquidos, como a água, podem sofrer

Até os líquidos, como a água, podem sofrer

indução elétrica.
 

indução elétrica.

EXPERIÊNCIA 04:

Eletrização por contato

Material necessário: Vídeo sobre a Indução na água.

Quando colocamos dois corpos condutores em contato, um eletrizado e o outro neutro, podem ocorrer a passagem de elétrons de

Quando colocamos dois corpos condutores em contato, um eletrizado e o outro neutro, podem ocorrer a

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões.

um para o outro, fazendo com que o corpo neutro se eletrize.

Conclusões: __________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

LIGAÇÃO A TERRA:

Ao se ligar um condutor eletrizado a Terra, ele se descarrega.

VOCÊ SABIA? ...

Que, para evitar a formação de centelhas elétricas, os caminhões transportadores de gasolina costumam andar com

Que, para evitar a formação de centelhas elétricas, os caminhões transportadores de gasolina costumam andar com uma corrente metálica arrastando-se pelo chão?

 

5

EXPERIÊNCIA 03: Eletrização por indução Material necessário: Vídeo sobre Eletrização por Atrito. a A eletrização de
Agora explique o motivo ... Blindagem Eletrostática A única maneira segura de nos protegermos da indução
 

Agora explique o motivo ...

Blindagem Eletrostática

A única maneira segura de nos protegermos da indução eletrostática ( conseqüentemente da descarga elétrica) é

A única maneira segura de nos protegermos da indução eletrostática ( conseqüentemente da descarga elétrica) é através da “Gaiola de Faraday”, mais conhecida como “Blindagem eletrostática”.

Antes vamos fazer uma experiência para entendermos o fenômeno.

Resposta: ___________________________

EXPERIÊNCIA 05:

____________________________________ ____________________________________ _______________________.

Material necessário:

Existem muitas situações no nosso dia-a-dia

em que nos deparamos com o fenômeno da indução eletrostática. Veja algumas situações e tente explicar o que acontece:

Resposta: ___________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ______________.

em que nos deparamos com o fenômeno da indução eletrostática. Veja algumas situações e tente explicar
em que nos deparamos com o fenômeno da indução eletrostática. Veja algumas situações e tente explicar

Resposta: ___________ ___________________ ___________________ ___________________

02 celulares funcionando. Papel alumínio.

Procedimento: Pegue um dos aparelhos e ligue para o outro. Agora embrulhe um dos aparelhos com o papel alumínio e tente fazer a ligação novamente.

Conclusões: __________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

Agora responda:

___________________ ______________.

Durante uma tempestade devemos ficar dentro do carro ou fora dele? Por quê?

Resposta: ___________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ______________.

Resposta: ___________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ______________. Resposta: ___________________________
Resposta: ___________________________

Resposta: ___________________________

Resposta: ___________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ______________.

Resposta: ___________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ______________.

____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

 

6

Agora explique o motivo ... Blindagem Eletrostática A única maneira segura de nos protegermos da indução
Carga elétrica de um corpo Carga elétrica no átomo de Bohr Unidade de carga elétrica no
 

Carga elétrica de um corpo

Carga elétrica no átomo de Bohr

 

Unidade de carga elétrica no SI é o Coulomb [C], em homenagem ao físico inglês Charles Augustin de Coulomb (1736 - 1806) .

 
 Q  n . e

Q n.e

Carga elétrica de um corpo Carga elétrica no átomo de Bohr Unidade de carga elétrica no

e

1,6.10

19

[

C

]

Onde:

 
 

Coulomb

∆Q = quantidade

de carga excedente

no

 

corpo [C].

Como que Coulomb Conseguiu descobrir um

n = número de cargas excedentes.

 

valor tão pequeno de carga?

e = carga elementar (medida por Coulomb)

Bem, pra falar a verdade, Coulomb utilizou

Uma vez conhecidas as

[C]

um instrumento chamado “Balança de Torção” para elaborar o que viria a ser a sua famosa Lei.

cargas, Charles Coulomb observou o deslocamento angular e estabeleceu o “K” da sua Lei.

OBS.: Como a carga elétrica é uma grandeza cuja unidade é muito grande, utilizamos prefixos para representá-la, que são:

OBS.: Como a carga elétrica é uma grandeza cuja unidade é muito grande, utilizamos prefixos para
Coulomb utilizou esta balança em 1777.

Coulomb utilizou esta balança em 1777.

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)

 

O valor da carga elétrica só foi descoberto pelo físico americano Millikan em 1909, numa experiência chamada de “Experiência da gota de Óleo”.

1) Na eletrosfera de um átomo de magnésio temos 12 elétrons. Qual a carga elétrica de sua eletrosfera?

2) É dado um corpo eletrizado com carga + 6,4.10 C. Determine o número de elétrons

2) É dado um corpo eletrizado com carga + 6,4.10 -6 C. Determine o número de elétrons em falta no corpo.

O valor aceito hoje é de:

Carga elétrica de um corpo Carga elétrica no átomo de Bohr Unidade de carga elétrica no
 

7

Carga elétrica de um corpo Carga elétrica no átomo de Bohr Unidade de carga elétrica no
Lei de Coulomb EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar) Como já comentamos anteriormente, o físico francês
 

Lei de Coulomb

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)

 

Como já comentamos anteriormente, o físico francês Charles Augustin de Coulomb (1736 -

Segundo Coulomb, as cargas elétricas

1) Duas cargas de 8.10 -4 C e 2.10 -3 C estão separadas por 6 m, no vácuo.

1806) estabeleceu, utilizando uma balança de torção, uma relação matemática para a

Calcule o valor da força de repulsão entre elas.

força de interação elétrica entre as cargas.

exercem forças entre si.

Essas forças obedecem ao princípio da ação

2) Duas cargas elétricas Q 1 = 10.10 -6 C e Q 2 =

e reação, ou seja, têm a mesma intensidade,

-2.10 -6 C estão

situadas

no

vácuo

e

a mesma direção e sentidos opostos.

separadas por uma distância de 0,2 m.

Cargas de mesma natureza elétrica se

Qual

é

o valor

da

força de

atração entre

repelem e cargas de naturezas elétricas opostas se atraem.

elas?

3) Uma carga de 10 C é colocada a uma distância de 10 m de uma

3) Uma carga de 10 -12 C é colocada a uma distância de 10 -5 m de uma carga Q.

Entre as

cargas

 

aparece

uma

força

de

atração igual a 27.10 -4 N.

 

Determine o valor da carga Q. Considere K vácuo = 9.10 9 N.m 2 /C 2

Lei de Coulomb EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar) Como já comentamos anteriormente, o físico francês
4) É possível uma carga elétrica ser atraída por três outras cargas fixas e permanecer em

4) É possível uma carga elétrica ser atraída por três outras cargas fixas e permanecer em equilíbrio?

Faça um esquema justificando a resposta.

EXPERIÊNCIA 06:

Material necessário: Vídeo sobre a Balança de Torção de Coulomb.

5)

Duas

cargas

elétricas

puntiformes

positivas

e iguais

a

Q estão

situadas no

 

vácuo a 2 m de distância.

 

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões.

Conclusões: __________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

Sabendo que a força de repulsão mútua tem intensidade 0,1 N, calcule Q.

8

Lei de Coulomb EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar) Como já comentamos anteriormente, o físico francês
Campo Elétrico Convenção de Sinal Existe uma região de influência da carga Q Carga positiva =
 

Campo Elétrico

 

Convenção de Sinal

 

Existe uma região de influência da carga Q

Carga positiva = Campo divergente

Carga positiva = Campo divergente Não acredita? Então assista ao vídeo ...

Não acredita? Então assista ao vídeo ...

onde qualquer carga

de

 

prova

q,

nela

colocada, estará sob a ação de uma força de origem elétrica.

Carga negativa = Campo convergente

A

essa

região

 

chamamos

de

Campo

Elétrico”.

 
Por definição:

Por definição:

EXPERIÊNCIA 07:

 

Material necessário: Vídeo Linhas de Campo Elétrico.

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões.

Conclusões: __________________________ ____________________________________

 

E

F

C
C

N

 

____________________________________ ____________________________________ ____________________________________

 

_______________________.

 
 

q

 
 

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)

 

Logo:

E

K

d

.

Q

2

N C
N
C

1) Calcule o campo elétrico criado por uma carga Q = 2.10 -6 C, situada no vácuo, em um

ponto distante 3.10 -2 m de Q.

Onde, o

K” é a constante eletrostática do

meio e vale ( no vácuo ) :

9

N m

2 C
2
C

2) Calcule

o

valor do campo

elétrico num

 

K vácuo

9.10

 

2

ponto do espaço, sabendo que uma força de

 

 

 

8N atua sobre uma carga de 2C situada nesse ponto.

 

9

Campo Elétrico Convenção de Sinal Existe uma região de influência da carga Q Carga positiva =
3) Devido ao campo elétrico gerado por uma Convenção de Geometrias carga Q, a carga q
 

3) Devido ao campo elétrico gerado por uma

Convenção de Geometrias

carga Q, a carga q = +2.10 -5 fica submetida à força elétrica F = 4.10 -2 N.

Carga Puntiforme

Determine o valor desse campo elétrico.

 
Determine o valor desse campo elétrico.

4) O corpo eletrizado Q, positivo, produz em um ponto P o campo elétrico, de intensidade 2.10 5 N/C.

Calcule a intensidade da força produzida em uma carga positiva q = 4.10 -6 C colocada em

P.

Dipolo Elétrico

Potencial Elétrico

 
Potencial Elétrico
 
3) Devido ao campo elétrico gerado por uma Convenção de Geometrias carga Q, a carga q
 

A

capacidade

 

de

 

realizar trabalho

denominamos “Potencial Elétrico da carga

 

Q”, num ponto “P”, independentemente do

valor da carga desse campo.

q

colocada neste ponto P

Placas paralelas

Placas paralelas

O potencial

elétrico,

V,

é

uma

grandeza

escalar, e é dado por:

 
 

V

K

.

Q

Volts

 
 

d

Onde, o “K” é a constante eletrostática meio e vale ( no vácuo ):

do

 

K vácuo

9.10

9

N m

 

2 C
2
C

2

 

 

10

3) Devido ao campo elétrico gerado por uma Convenção de Geometrias carga Q, a carga q
EXPERIÊNCIA 08: Trabalho e Diferença de Potencial Elétrico Material necessário: Vídeo Linhas de Potencial Elétrico. Procedimento:
 
 

EXPERIÊNCIA 08:

 

Trabalho e Diferença de Potencial Elétrico

Material

necessário:

 

Vídeo

Linhas

de

Potencial Elétrico.

 
Potencial Elétrico.

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões.

Conclusões: __________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

 

PESQUISE E RESPONDA:

 

O trabalho realizado pela força elétrica, no deslocamento de uma carga q de um ponto A até um ponto B, pode ser calculado a partir dos potenciais dos pontos A e B.

1)

Em

que

situações

do

nosso

dia-a-dia

podemos

observar

o

efeito

do

Potencial

 

Elétrico?

 

AB

Resposta: ___________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________

= q (V A - V B ) AB = q.U

= trabalho (J) U = diferença de potencial (V)

____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________.

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)

 

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)

 

1) Num campo elétrico, transporta-se uma carga q de 2.10 -6 C de ponto X até um ponto Y. O trabalho da força elétrica é de 6.10 -5 J. Determine a ddp entre os pontos X e Y.

No campo elétrico produzido por uma carga pontual Q = 4.10 -7 C, calcule o potencial elétrico em um ponto P, situado a 2m de Q. O meio é o vácuo.

 

2) Uma partícula eletrizada com carga q=7,5 C encontra-se num campo elétrico. A partícula é deslocada de um ponto A (V A =0V) até um ponto B (V B =18V). Qual o trabalho da força elétrica?

 
EXPERIÊNCIA 08: Trabalho e Diferença de Potencial Elétrico Material necessário: Vídeo Linhas de Potencial Elétrico. Procedimento:
 

11

EXPERIÊNCIA 08: Trabalho e Diferença de Potencial Elétrico Material necessário: Vídeo Linhas de Potencial Elétrico. Procedimento:
CAPÍTULO 2 Potencial Elétrico Terrestre ELETRODINÂMICA A Terra se comporta como uma gigantesca massa q tem
CAPÍTULO 2
Potencial Elétrico Terrestre
ELETRODINÂMICA
A Terra se comporta como uma gigantesca
massa q tem um campo ao seu entorno da
ordem 100 V/m. ( 0V é no chão )
Parte do Eletromagnetismo que estuda as
cargas elétricas em “movimento”.
Uma
pessoa
de
1,80m
estaria
sujeita a
180V?
Corrente Elétrica
NÃO, pois ela está aterrada!!...
O Campo é deformado ao seu redor ...
Observe a figura abaixo:
As cargas elétricas em movimento ordenado
constituem a corrente elétrica. As cargas
elétricas que constituem a corrente elétrica
são os elétrons livres, no caso do sólido, e os
íons, no caso dos fluídos.
 Q
I
 t
Onde:
Mas mesmo assim devemos tomar cuidado,
pois a descarga que pode vir rompe esta
barreira
Veja o vídeo do cidadão levando a descarga
e entenda porque.
I = corrente elétrica (A)
Q = carga elétrica (C)
Q = n.e
t = tempo (s)
n = número de cargas
e = carga elementar = 1,6.10 -19 C
Tipos de corrente
Corrente contínua
É aquela cujo sentido se mantém constante.
Ex: corrente de uma bateria de carro, pilha,
etc.
12
EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar) Corrente alternada 1) Por uma secção transversal de um fio
 
 

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)

 
Corrente alternada

Corrente alternada

1) Por uma secção transversal de um fio de cobre passam 20C de carga em 2 segundos.

Qual é a corrente elétrica?

 
 

É aquela cujo sentido varia alternadamente.

2) Em cada minuto, a secção transversal de

É

produzida nas usinas, através das

um condutor metálico é atravessada por uma

 

turbinas ..

quantidade de carga elétrica de 12C.

 

Ex: corrente usada nas residências.

Qual

a

corrente

elétrica

que percorre o

 

condutor?

 
 
EXPERIÊNCIA 09:

EXPERIÊNCIA 09:

3) Um condutor metálico é percorrido por uma corrente de 10.10 -3 A.

Qual o intervalo de tempo necessário para que uma quantidade de carga elétrica igual a 3C atravesse uma secção transversal do condutor?

Material necessário: Vídeo sobre Itaipu.

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas

4)

O

filamento

de

uma

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas 4) O filamento de uma

próprias conclusões.

lâmpada

é

percorrido

por

 

uma corrente de 2A.

 
 

Conclusões: __________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

Calcule a carga elétrica que passa pelo filamento em 20 segundos.

 

13

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar) Corrente alternada 1) Por uma secção transversal de um fio
Lei de OHM Estudando a corrente elétrica que percorre um resistor, Georg Simon Ohm (1787 –
   
 

Lei de OHM

 

Estudando a corrente elétrica que percorre um resistor, Georg Simon Ohm (1787 – 1854) determinou, experimentalmente, que a

resistência R é constante para determinados tipos de condutores.

3) Nos extremos de um resistor de 200, aplica-se uma ddp de 24V. Qual a corrente elétrica que percorre o resistor?

Resposta: ___________________________ _______________________.

 
Associação de Resistências em Série

Associação de Resistências em Série

Associação de Resistências em Série

V

R.I

Onde:

V = diferença de potencial - ddp (V) R = resistência elétrica () I = corrente elétrica (A)

 
R eq R 1 R 2

R

eq

R

1

R

2

Vários resistores estão associados em série quando são ligados um em seguida do outro, de modo a serem percorridos pela mesma corrente.

Georg Simon Ohm EXERCÍCIOS (Interessante fazer)

EXPERIÊNCIA 10:

 

Material necessário:

1) Determine a ddp que deve ser aplicada a um resistor de resistência 6 para ser atravessado por uma corrente elétrica de 2A.

Pilha, lâmpada e fios. Grafite.

 

Resposta: ___________________________ _______________________.

Procedimento: Conecte a lâmpada com a

Conclusões: __________________________

2) Um chuveiro elétrico é submetido a uma ddp de 220V, sendo percorrido por uma corrente elétrica de 10A.Qual é a resistência elétrica do chuveiro?

Resposta: ___________________________ _______________________.

pilha, mas deixe um dos fios em aberto. Insira o grafite em série e observe o que acontece com a lâmpada quando se desliza o fio sobre o grafite.

____________________________________ ____________________________________ _______________________.

14

Lei de OHM Estudando a corrente elétrica que percorre um resistor, Georg Simon Ohm (1787 –
EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar) Duas resistências R 1 = 1 e R 2 =
EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)
Duas resistências R 1 = 1 e R 2 = 2 estão
2) Na associação da figura abaixo, a corrente
que passa por R 1 é 3A. (a tensão da bateria
é de 12V)
ligadas em
série
a
uma bateria de
12
V.
Calcule:
Calcule:
a)
a resistência equivalente, se R 1 = R 2
a)
a resistência equivalente.
b)
a corrente que passa por R 2 .
b)
a corrente total do circuito.
Associação de Resistências em Paralelo
Vários resistores estão associados em
paralelo quando são ligados pelos terminais
de modo que fiquem submetidos à mesma
ddp.
Potência em um resistor
Em eletrodinâmica, a quantidade de energia
transformada por unidade de tempo é
denominada potência elétrica.
1
1
1
P  V .I
R
R
R
Onde:
eq
1
2
EXERCÍCIOS
P = potência dissipada (W)
V = ddp aplicada na resistência (V)
I = corrente elétrica (A)
1)
Um
fogão
elétrico
contém duas
resistências iguais de 50 Determine a
resistência equivalente da associação
quando essas resistências forem associadas
em paralelo.
P
V
.
I
V
R
.
I
2
V
2
P
R
.
I
ou
P
R
15
EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar) Energia Elétrica 1) Quando uma lâmpada é ligada a uma
   

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)

 

Energia Elétrica

1) Quando

uma lâmpada

é ligada

a

uma

1) Quando uma lâmpada é ligada a uma

tensão

de

120V,

a

corrente

que flui

pelo

filamento da lâmpada vale 1A.Qual a potência da lâmpada?

2)

De

acordo

com

o

fabricante,

um

A energia consumida em um resistor, em um dado intervalo de tempo, é diretamente proporcional a potência dissipada.

determinado resistor de 100pode dissipar,

Onde:

E P . t

no máximo, potência de 1 W.Qual é a corrente máxima que pode atravessar esse resistor?

E = energia (J, KWh) P = potência (W) t = tempo (s)

3)

Calcule

a

corrente

 

que

percorre

o

No SI a unidade de energia é o joule (J), mas também é muito utilizado o kWh.

filamento de uma lâmpada de 120V e 60W.

 

1kWh é a energia consumida, com potência de 1kW, durante 1 hora.

EXERCÍCIOS (obrigatório)

1) Qual é o consumo de energia, durante um mês, em kWh, de um chuveiro de 4000W, que é utilizado meia hora por dia?

4) Em um resistor, de resistência igual a 10 passa uma corrente com intensidade de 2A.Calcule a potência dissipada no resistor.

2) Qual é o consumo de energia, em kWh de uma lâmpada de 60W que fica acesa 5h por dia durante os 30 dias do mês?

16

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar) Energia Elétrica 1) Quando uma lâmpada é ligada a uma
3) Em um ferro elétrico, lê-se a inscrição Choque Elétrico 600W-120V. Isso significa que, quando o
3)
Em
um ferro elétrico,
lê-se a inscrição
Choque Elétrico
600W-120V.
Isso significa que, quando o ferro elétrico
estiver ligado a uma tensão de 120V, a
potência desenvolvida será de 600W.
Generalidades:
Calcule a
energia
elétrica
(em
kWh)
São de conhecimento geral os perigos que
representam o contato físico humano com
rede de energia elétrica.
consumida em 2h ..
A
morte
sobrevém
de
situações
muito
variadas; assim não é incomum a
eletrocução mortal em redes de 127V, 220V
ou 440V e, caso curioso, são freqüentes
casos de eletrocução sem morte em redes de
13,8KV, 69KV ou mesmo 220KV, redes de
muito alta tensão.
4) Uma lâmpada de 100W permanece acesa
durante 20h.
a) Determine a energia elétrica consumida
em kWh
A explicação para estes fenômenos ainda
são é contraditória e é difícil de encontrar na
literatura atual.
b) Determine
o
custo
que essa lâmpada
representa considerando o preço do kWh
igual a R$ 0,12.
Vamos aqui apresentar uma análise baseada
em biografias idôneas.
Efeitos fisiológicos da corrente elétrica:
Os efeitos
provocados no corpo humano
pela
passagem
da
corrente
elétrica
dependem :
PESQUISE E RESPONDA:
“influência objetiva”
1) Você conhece alguma forma de obtenção
de Energia Elétrica sem ser através da usina
hidroelétrica?
a)
Da intensidade da corrente.
b)
Do percurso da corrente pelo corpo.
c)
Da freqüência da corrente.
Resposta: ___________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________.
d)
Do tempo de exposição.
“influência subjetiva”
e)
Do estado psicológico do indivíduo.
f)
Da idade.
g)
Da propensão à problemas de ordem
cardíaca.
É de se salientar que, em nenhum dos itens
mencionados, foram feitas referências à
tensão elétrica. Com efeito, ela não é
responsável pela morte por eletrocução,
quando muito poderemos dizer que com uma
tensão elétrica mais elevada são maiores as
possibilidades de se atingirem gamas de
correntes mortais.
17
Na teoria respiratória, haveria esperanças de reanimação e o indivíduo teria boas possibilidades de sobrevivência. O
Na teoria respiratória, haveria esperanças
de reanimação e o indivíduo teria boas
possibilidades de sobrevivência. O
indivíduo, ao ser atravessado pela corrente
elétrica, teria o movimento dos músculos
toráxicos dificultados (processo chamado
de crispação) e, consequentemente, a
necessidade do indivíduo de maior
oxigenação (situação análoga ao do
afogado) .
Na teoria cardíaca não haveria esperança
de reanimação e o indivíduo fatalmente
morreria. O indivíduo, ao ser atravessado
pela corrente elétrica, teria os movimento
do coração arritmados (processo chamado
fibrilação) e, conseqüentemente, a parada
do processo circulatório, MESMO APÓS
TER SIDO AFASTADO DA CORRENTE.
fenômenos de eletrocução; no entanto, elas
Material necessário: Vídeo sobre a Cadeira
Elétrica.
Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas
próprias conclusões.
Conclusões: ________________________
__________________________________
__________________________________
__________________________________
__________________________________
__________________________________
_______________________.
completam e nos dão uma visão
Mecanismos de eletrocução:
o mecanismo pelo
Teoria Cardíaca
Teoria Respiratória
EXPERIÊNCIA 11:
basicamente,
insuficientes
eletrocução:
explicarmos
processos
diferentes
explicam
bastante
Existem,
razoável
corrente
teorias,
teorias,
elétrica
produz
destes
morte.
como
cada
para
uma
uma
qual
que
são
por
só,
As
de
02
se
se
si
Na teoria respiratória, haveria esperanças de reanimação e o indivíduo teria boas possibilidades de sobrevivência. O

decomposição eletrolítica do sangue com liberação de toxinas que podem originar anemia e envenenamento (acontece de 15 a 20 dias após a eletrocução).

efeitos fisiológicos interessantes. Com o aumento da freqüência, a sensibilidade humana vai diminuindo, de tal modo que, para correntes do ordem de 10 kHz, o perigo de eletrocução desaparece (é por isso que temos o bisturi elétrico, largamente utilizado em cirurgias médicas) .

  • 2 ) As corrente de ALTA FREQUÊNCIA tem

  • 3 ) O ser Humano, mesmo sendo condutor, apresenta uma certa resistência à passagem

  • 1 ) A CORRENTE CONTÍNUA provoca a

Corrente

Efeitos

% de Morte

menor do

inofensivos

zero

que 1 mA

sem

sensação

dolorosa

Entre 1mA e 50 mA

asfixia lenta

Baixa, desde que o tempo seja pequeno e que seja socorrido a tempo

Entre

Fibrilação

é a faixa mortal

50mA e

ventricular

5A

Acima de

Grandes

Vão de 50% em

5A

queimaduras

diante,

internas e

dependendo da

externas.

corrente.

Probabilidades de morte em eletrocução:

Podemos resumir tudo no quadro abaixo:

Algumas observações são importantes:

da corrente elétrica.

decomposição eletrolítica do sangue com liberação de toxinas que podem originar anemia e envenenamento (acontece de

18

Na teoria respiratória, haveria esperanças de reanimação e o indivíduo teria boas possibilidades de sobrevivência. O
Resistência do corpo humano: CAPÍTULO 3 Como regra geral, podemos dizer que a Magnetismo resistência que
 

Resistência do corpo humano:

   

CAPÍTULO 3

 

Como

regra geral,

podemos dizer

 

que

a

Magnetismo

resistência

que

o

ser

humano

oferece

à

passagem de corrente elétrica varia de 200 Ω

   

a 100 kΩ.

 

Os primeiros indícios do que viria a se chamar “magnetismo” foram na Grécia antiga

em

casos

muito

excepcionais,

a

por volta de 4000 anos atrás.

resistência

do

corpo

humano

apresenta

 

resistência

inferior

a

200

Ω

(indivíduo

Por estes tempos era conhecido o fenômeno

molhado, por exemplo ).

 

da atração (sempre atração) exercida sobre o

Se considerarmos a corrente mortal como

 

ferro por um material chamado Magnetita (ou Magnete).

sendo 50

mA

e

a

resistência do indivíduo

como sendo 2000 Ω, então teremos :

 

Princípios do Magnetismo

 
 
  • V .

R

I

Ficou estabelecido que:

  • V

2000 . 0,05

   
  • V

100

Volts

 
  • Pólos iguais se repelem

 
  • Pólos opostos se atraem.

Existe uma tensão considerada tensão de segurança absoluta, padronizado pela em 24 volts .

Um choque de 127 volts, para uma pessoa de resistência de 2000 Ω, É MORTAL, pois:

 
Existe uma tensão considerada tensão de segurança absoluta , padronizado pela em 24 volts . Um
 

V

R

.

I

127

2000 .

I

 

I

63,5

mA

(

faixa cardíaca

)

Tipos de Materiais quanto ao Magnetismo

Um choque de 127 volts, para uma pessoa

 

Ferromagnéticos

  • Ferro

 

de resistência de 10000 Ω, Não é MORTAL, pois:

Possuem Forte Atração

 

V

R

I

 
  • Níquel

 

.

  • Cobalto

 

127

10000 .

I

   

I

12,7

mA

(

faixa respiratória

)

Diamagnéticos

 

Para uma pessoa botar a mão na tomada de

 

Possuem Fraca Repulsão

127 volts e não sentir nada deveria ter uma

 
  • Prata

resistência de:

  • Chumbo

 
  • Cobre

V

R

.

I

 

127

R

. 0,001

     

R

127

K

(

fora da faixa do ser humano

)

Paramagnéticos

 

Possuem Fraca Atração

 
  • Alumínio

  • Magnésio

 

19

Resistência do corpo humano: CAPÍTULO 3 Como regra geral, podemos dizer que a Magnetismo resistência que
EXPERIÊNCIA 12: A presença do campo magnético terrestre Material necessário: Vídeo sobre a Atração e Repulsão
   
 

EXPERIÊNCIA 12:

 

A presença do campo magnético terrestre

 

Material necessário: Vídeo sobre a Atração e Repulsão Magnética.

contribui para assegurar a vida na Terra, pois regula a atividade de muitos animais, como por exemplo, a orientação das aves

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões.

migratórias, e funciona como um escudo protetor contra partículas presentes no vento solar.

Conclusões: ________________________

Campo magnético

 

Veja o vídeo

sobre

a

origem do Campo

__________________________________

Magnético na terra.

 

__________________________________

Outro

magnífico

Fenômeno

criado

pelo

 

__________________________________

Campo

Magnético

Terrestre

é

a

Aurora

__________________________________

Boreal.

__________________________________ _______________________.

Campo magnético criado por um condutor

Campo magnético criado por um condutor

 
retilíneo

retilíneo

Toda região ao redor de um imã ou de um condutor percorrido por corrente elétrica é

As

linhas

de

campo

 

são

circulares

e

denominada de “Campo Magnético” e é

concêntricas ao fio por onde passa a corrente

representado pela letra B.

elétrica

e

estão

contidas

num

plano

perpendicular ao fio

 

A unidade de B no SI é o Tesla (T).

   

A própria Terra se comporta como uma barra

 

B

o

. I

imantada, um dipolo magnético.

 

2.

. R

A intensidade desse

campo

dipolar é

de

Onde:

60.10 -6

T

nos

pólos

e

de

30.10 -6

T

no

equador.

 

B = intensidade do vetor campo magnético em um ponto (T)

 

Mais

de

99%

desse

campo magnético

 

terrestre é, supostamente, produzido

no

= permeabilidade magnética do meio (T.m/A)

 

núcleo do planeta, entre 2.900 e 5.000 km de

 

profundidade.

   

r = distância do ponto ao fio (m) 0 = 4.. 10 -7 T.m/A (no vácuo)

 
 

20

EXPERIÊNCIA 12: A presença do campo magnético terrestre Material necessário: Vídeo sobre a Atração e Repulsão
Regra da mão direita Força Magnética Segure o condutor com a mão direita de Somente o
   

Regra da mão direita

 

Força Magnética

Segure o

condutor

com

a

mão direita

de

Somente o magnetismo não gera força.

modo que o polegar aponte no sentido

da

corrente.

Os

demais

dedos

dobrados

É necessário que haja a presença da carga

fornecem o sentido do vetor campo

elétrica, ou seja, da corrente elétrica.

magnético, no ponto considerado.

 
 
Regra da mão direita Força Magnética Segure o condutor com a mão direita de Somente o
Regra da mão direita Força Magnética Segure o condutor com a mão direita de Somente o

EXERCÍCIOS (para quem quiser se aprofundar)

 

Uma carga elétrica q lançada dentro de um campo magnético B, com uma velocidade v, sofre a ação de uma força F.

1) Um fio retilíneo e longo é percorrido por uma corrente elétrica contínua i = 2A.

EXPERIÊNCIA 13:

Determine o campo magnético num ponto

Material

necessário:

Vídeo sobre Força

distante

0,5m

do

fio.

Adote 0

=

.1-7

Magnética.

T.m/A.

 

Procedimento: Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões.

2) Um condutor reto e extenso é percorrido por uma corrente de intensidade 2A.

Conclusões: __________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ _______________________.

Calcular a intensidade do vetor campo

PESQUISE E RESPONDA:

magnético num ponto P localizado a 0,1 m do condutor. O meio é o vácuo.

1) Você lembra de alguma situação em que usamos a força eletromagnética?

3)

A

0,4

m

de

um

fio

longo

e

retilíneo o

Resposta: ___________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________.

campo magnético tem intensidade 4.10 -6 T.

 
campo magnético tem intensidade 4.10 T.

Qual é a corrente que percorre o fio? Adote

0 = .1-7 T.m/A

 
 

21

Regra da mão direita Força Magnética Segure o condutor com a mão direita de Somente o
RESPONDA: Resposta: ___________________________ Resposta: ___________________________ F.I.M. 1) Cada figura abaixo tem um princípio de funcionamento. Você
 

RESPONDA:

Resposta: ___________________________ Resposta: ___________________________ F.I.M.

Resposta: ___________________________

Resposta: ___________________________ Resposta: ___________________________ F.I.M.

Resposta: ___________________________

Resposta: ___________________________ Resposta: ___________________________ F.I.M.

F.I.M.

1) Cada figura abaixo tem um princípio

de

funcionamento. Você explicar?

seria

capaz

de

Resposta: ___________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________. Resposta: ___________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________

Resposta: ___________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________.

Resposta: ___________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________. Resposta: ___________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________

Resposta: ___________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________

____________________________________ ____________________________________ ____________.

____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________.

____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________________________________ ____________.

 

22

RESPONDA: Resposta: ___________________________ Resposta: ___________________________ F.I.M. 1) Cada figura abaixo tem um princípio de funcionamento. Você