Anda di halaman 1dari 12

mais Próximo blog» Criar um blog

segunda-feira, julho 06, 2015

Assistência Social para concursos - Serviço Social


(resumo e questões)
A Assistência Social se configura na atualidade coo uma das mais importantes
políticas sociais da Seguridade Social, e uma das que oferecem mais
oportunidades de trabalho para o profissional de Serviço Social. Isso ocorreu
principalmente a partir da implementação do SUAS - Sistema Único da
Assistência Social.

Assim, trata-se de uma matéria fundamental para o exercimento da


profissão, assim como para aqueles que almejam um cargo no funcionalismo
público.

Como se trata de algo bem amplo, aqui traremos a Assistência de forma mais
geral, sem especificar, por exemplo, alguns temas relevantes e que merecem
um tópico único, como o caso de famílias.

Conforme colocado no artigo anterior (Seguridade Social para concurso -


Serviço Social (Resumos e questões)) a Assistência Social é uma das
políticas do tripé da Seguridade Social, se configurando enquanto
uma política NÃO CONTRIBUTIVA e que está voltada aos setores com
vulnerabilidade social e que necessitam desta.

Entre os principais pilares da assistência social no Brasil estão a Constituição


Federal de 1988, que dá as diretrizes para a gestão das políticas públicas, e a
Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), de 1993, que estabelece os
objetivos, princípios e diretrizes das ações.

Compartilhe

"Durante muitos anos a questão social esteve ausente das formulações de


políticas no país. O grande marco é a Constituição de 1988, chamada de
Constituição Cidadã, que confere, pela primeira vez, a condição de política
pública à assistência social, constituindo, no mesmo nível da saúde e VAMOS
previdência social, o tripé da seguridade social que ainda se encontra em
construção no país." (LOAS, 1993, p 04). ELEVAR
O PADRÃO.

SAIBA MAIS >


© 2018 CFA Institute. All rights reserved.
Assim, no que tange o marco legal, a ASSISTÊNCIA SOCIAL encontra-se nos
artigos 203 à 204, buscando: SELEÇÃO, PREVENÇÃO e ELIMINAÇÃO DE
RISCOS E VULNERABILIDADE SOCIAIS

VAMOS
A assistência social encontra fundamento nos arts. 203 e 204, da CF/88, bem
como na Lei n. 8.742/93, denominada Lei Orgânica da Assistência Social
ELEVAR
(LOAS), consolidada com a Lei n. 12.101/09, tendo aquela criado o atual O PADRÃO.
Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS),que fixa normas para a
atuação de entidades e organizações sem fins lucrativos na área.

ASSISTENCIA SOCIAL – ART 203 à 204


São seus objetivos :
art. 203, da CF/88
(i) a proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice,
incluído o amparo a crianças e adolescentes carentes;
(ii) a promoção da integração ao mercado de trabalho;
(iii) a habilitação e reabilitação das pessoas portadoras de deficiência e
(iv) a garantia de um salário-mínimo de benefício mensal à pessoa portadora
de deficiência e ao idoso que comprovem não terem meios de fazê-lo por si
ou por suas famílias

Recebem o BPC (beneficio de prestação continuada – 1 salário minimo), nos


termos da LOAS:
SAIBA MAIS >
• o idoso, com 65 anos ou mais,
• o portador de deficiência,
Arquivos
• e os de natureza eventual (auxílio-natalidade e auxílio por morte)
2016 ( 1 )

De qualquer maneira tem que ser uma "pessoa carente" para ser beneficiado. 2015 ( 52 )
Dezembro ( 2 )
OU SEJA: aquelas que tenham renda familiar per capita inferior a um quarto
do salário mínimo estipulado nos arts. 20 e 22, da Lei n. 8.742/93, e art. 34, Novembro ( 1 )
da Lei n. 10.741/03). Outubro ( 4 )
Setembro ( 1 )
Agosto ( 1 )
Julho ( 5 )
O que é o SUAS? Sistema articulador e provedor de ações em diferentes 10 aplicativos para complementar seus
estudos para...
níveis de complexidade: Proteção Social Básica e Proteção Social Especial.
APOsTILA - ASSISTENTE SOCIAL -
CONCURSO CRESS/PB

Estabelece três funções para a Política de Assistência Social: Assistência Social para concursos - Serviço
Social...
• Proteção Social;
Seguridade Social para concurso - Serviço
• Vigilância Socioassistencial; Social (...
• Defesa Social e Institucional. 5 coisas que você precisa saber sobre Karl
Marx e ...

Na figura abaixo, podemos visualizar como funciona e se hierarquiza a rede Junho ( 16 )


de proteção social: Maio ( 1 )
Abril ( 2 )
Março ( 6 )
Fevereiro ( 1 )
Janeiro ( 12 )

2014 ( 25 )
2013 ( 22 )
2012 ( 61 )
2011 ( 209 )
2010 ( 180 )
2009 ( 51 )

Visualizações de página

7 8 0 8 4 4
Labels

• #contraoaumentoJP ( 2 )
• Abaixo-assinado ( 1 )
• abnt ( 1 )
• Ações Políticas ( 1 )
• América Latina ( 2 )
• apostila ( 1 )
• Capitalismo ( 1 )
• Capitalismo Monopolista ( 2 )
• Carlos Nelson Coutinho ( 1 )
• Carta Capital ( 1 )
• Che Guevara. ( 1 )
• Cinema ( 1 )
• Concursos ( 8 )
• Curiosidades ( 38 )
• De boca em boca... ( 17 )
• Dicas ( 13 )
• Direitos ( 12 )
• Ditadura Militar ( 2 )
• Educação e Vestibular ( 19 )
• Feminismo ( 1 )
• Filmes ( 3 )
• Fotos ( 1 )
• frases ( 1 )
• Futebol ( 2 )
• Gênero ( 1 )
• Gramsci ( 2 )
• inss ( 1 )
• Leseiras ( 12 )
• LGBT ( 1 )
"A definição dos campos de proteção social (básica ou especial) que compete
• Livros ( 2 )
à assistência e às demais políticas sociais é fundamental, não por mero
• Marx ( 1 )
preciosismo conceitual, mas por outras razões. Primeiro, porque o sentido de
proteção social extrapola a possibilidade de uma única política social e • Marxismo ( 5 )

requer o estabelecimento de um conjunto de políticas públicas que garantam • Meio Ambiente ( 4 )


direitos e respondam a diversas e complexas necessidades básicas • Melhor Plano ( 1 )
(PEREIRA, 2000) da vida social. Desse modo, à Assistência Social não se • monografia ( 1 )
pode atribuir a tarefa de realizar exclusivamente a proteção social. Esta • Movimento Estudantil ( 4 )
compete, articuladamente,às políticas de emprego, saúde, Previdência, • Música ( 6 )
habitação, transporte e Assistência, nos termos do artigo 60 da Constituição • Netto ( 1 )
Federal." • Orkut ( 1 )
(CFESS, Parâmetros para atuação do Assistente Social na Assistência Social) • Política ( 30 )
• Política Social ( 3 )
• Provocação ( 2 )
• racismo ( 1 )
• Religiao ( 10 )
• Resenha ( 1 )
• Saúde ( 1 )
QUESTÕES
• Serviço Social ( 10 )

1. Analise as assertivas sobre a trajetória da Assistência Social nas Políticas • Sistema Único de Saúde. ( 1 )
Sociais. E, após assinale a alternativa correta. • Socialismo ( 1 )
I. A Assistência Social faz parte da Seguridade Social do Brasil juntamente com a • SUS ( 1 )
Educação e a Saúde. • tcc ( 1 )
II. No Brasil, até 1930, não havia uma compreensão da pobreza enquanto expressão • TERRA ( 1 )
da questão social e quando esta emergia para a sociedade, era tratada como “caso
• Twilight ( 3 )
de polícia” e problematizada por intermédio de seus aparelhos repressivos. Dessa
• Twitter ( 1 )
forma a pobreza era tratada como disfunção individual.
• Videos ( 1 )
III. A primeira grande regulação da assistência social no país foi a instalação do
Conselho Nacional de Serviço Social – CNSS. • Web ( 2 )
IV. A Assistência Social faz parte da Seguridade Social do País e foi a primeira
política a ser regulamentada.

a. Apenas I, II e III.

b. Apenas II, III e IV.

c. Apenas II e III.

d. Apenas III e IV.

e. Apenas IV .
2. Segundo a Política Nacional de Assistência Social/PNAS- 2004, o Sistema Único
de Assistência Social (SUAS) comporta quatro tipos de gestão, dos municípios, do
Distrito Federal, dos estados e da União. No caso dos
municípios, três níveis de gestão são possíveis: inicial, básico e pleno. Considerando
o estabelecido na PNAS-2004, são requisitos para gestão básica:

a. Ter, como responsável, na Secretaria Executiva do CMAS, profissional de


Serviço Social, sendo que, para os municípios pequenos, porte I e II, o Assistente
Social poderá ser compartilhado com o órgão gestor.

b. Manter estrutura para recepção, identificação, encaminhamento, orientação


e acompanhamento dos beneficiários do BPC e dos benefícios eventuais, com
equipe profissional composta de, no mínimo, um (01) profissional de Serviço Social.

c. Proceder mediante avaliação de suas condições técnicas, a habilitação de


pessoas idosas e de pessoas com deficiência, candidatas ao beneficio, mediante
realização de avaliação social de ambos os segmentos e encaminhamento, em
seguida, ao INSS.

d. Participar de programas de capacitação de gestores, profissionais,


conselheiros e da rede prestadora de serviços promovidos pelo Estado e pela
União.

e. Elaborar e executar a política de recursos humanos, com a implantação de


carreira para os servidores públicos que atuem na área da Assistência Social.

3. A garantia de um salário mínimo mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso que


comprovem não possuir meios de prover à própria manutenção ou de tê-la provida por sua família,
conforme regulamentação em lei, é uma previsão constitucional que atribui um benefício

independentemente de contribuição, configurando forma de assistência social.

financiado exclusivamente por contribuições sociais incidente sobre a receita ou Já tem um


faturamento da empresa. mestrado?

que pode ser majorado ou estendido sem a correspondente fonte de custeio. Conheça os
programas da FUNI...
de caráter contributivo, do regime geral de previdência social.

que será instituído pelo regime de previdência privada, de caráter complementar.


Funiber

4 São princípios que regem a assistência social:

atendimento às necessidades sociais, respeitadas as exigências de


rentabilidade econômica.
Postagens populares
universalização dos direitos sociais, a fim de tornar o destinatário da ação
assistencial alcançável pelas demais políticas públicas. Positivismo, fenomenologia e marxismo.
MARIANE INÊS HERMANY 1 Resumo: O
respeito à dignidade do cidadão, à sua autonomia e ao seu direito a benefícios e positivismo, a fenomenologia e o marxismo são
serviços de qualidade, bem como à convivência familiar e comunitária, vedando- as principais correntes teóricas do pensamento
contemporân...
se qualquer comprovação vexatória de necessidade.

igualdade de direitos no acesso ao atendimento, sem discriminação de qualquer Resumo e questões sobre o Livro Política Social
de Elaine Behring e Ivanete Boschetti
natureza, garantindo-se equivalência às populações urbanas e rurais.
Política Social e a difícil coexistência entre a
universalidade e hegemonia neoliberal O
divulgação ampla dos benefícios, serviços, programas e projetos assistenciais,
ambiente social hoje é cada vez mais
bem como dos recursos oferecidos pelo Poder Público e dos critérios para sua ideologicamen...
concessão.
Resumo sobre Capitalismo Monopolista e
Serviço Social
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
5 O Art. 30 da LOAS (Capítulo V – Do Financiamento da Assistência Social) estipula que, para que CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E
haja o repasse de recursos do Fundo Nacional de Assistência Social da União para os Municípios, ARTES DEPARTAMENTO DE SERVIÇO
Estados e Distrito Federal, é necessária a efetiva instituição e funcionamento, dentre outros, SOCIAL SERVIÇO SOCIAL E O CAPITALISM...

do Conselho de Assistência Social, de composição paritária entre Governo e O IMPACTO DA REVOLUÇÃO


FRANCESA
sociedade civil.
A revolução Francesa foi, de
do Fundo de Assistência Social, sob controle e orientação de representantes do fato, um conjunto de
acontecimentos suficientemente
Governo Federal. poderoso e universal em seu impacto para ter
transform...
de um Plano de Assistência elaborado pela União e executado por Estados,
Municípios e pelo Distrito Federal. RESUMO DA HISTÓRIA DO SERVIÇO SOCIAL
BRASILEIRO
do Fundo de Assistência Social, sob orientação e controle de entidades HISTÓRIA DO SERVIÇO SOCIAL O Serviço
filantrópicas, responsáveis por sua gestão. Social é hoje um dos maiores campos de
atuação na saúde e na assistência social. Se
do Conselho de Assistência, composto por representação tripartite (Governo, trata...
empresários e trabalhadores).
Serviço Social para Concurso -
Resumos e questões (Código de
6 A LOAS, em seu Art. 12, afirma ser competência da União, dentre outras funções, ética e lei, história, PEP)
Conferir também: Seguridade
Social para concurso - Serviço
destinar recursos financeiros aos Municípios, a título de participação no custeio
Social (Resumos e questões) HISTÓRIA DO
do pagamento dos auxílios natalidade e funeral. SERVIÇO SOCIAL O S...

executar os projetos de enfrentamento da pobreza, incluindo a parceria com REGRAS BÁSICAS - NORMAS
organizações da sociedade civil. DA ABNT (CORREÇÃO DE TCC,
MONOGRAFIA E ARTIGO)
atender, em conjunto com os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, as O objetivo das normas da ABNT é
ações assistenciais em caráter emergencial. de uniformizar a publicação de
conhecimentos. Todas as normas estão sujeitas
estimular e apoiar, técnica e financeiramente, as associações e consórcios a uma atualização sem period...
municipais na prestação de serviços de assistência social.
Racismo em uma visão antropológica
assumir a direção de entidades filantrópicas ou beneficentes que estejam em UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E
dificuldades financeiras.
ARTES DEPARTAMENTO DE SERVIÇO
SOCIAL RACISMO EM UMA VISÃO ANTRO...

7 O SUAS define e organiza os elementos essenciais à execução da política de assistência social, Movimento estudantil
possuindo, como eixos estruturantes, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E
ARTES DEPARTAMENTO D...
a matricialidade sócio-familiar e territorialização.

o controle social e empresarial. A maçã da apple e a homenagem


ao Alan Turing, pai da computação
a defesa social e segurança sócio-assistencial. e homossexual
Com o filme recém indicado ao
a vulnerabilidade social e espacial. Oscar (O jogo da Imitação/ The
Imitation Game), o Alan Turing ganhou ainda
o plantão social e psicológico. mais reconhecimento. O lendário c...

8 Se o idoso ou seus familiares não possuir condições econômicas de prover o seu sustento,
impõe-se ao Poder Público esse provimento no âmbito:

dos Conselhos Municipais da Saúde.

da Assistência Social.

dos Conselhos Estaduais dos Idosos.

da Procuradoria da União.

9 Em relação à saúde e à assistência social, está previsto na Constituição Federal brasileira que

a assistência social será prestada a quem dela necessitar, mantendo relação


direta com a contribuição à seguridade social.

as ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e


hierarquizada e constituem um sistema único.

as instituições privadas não poderão participar, ainda que de forma


complementar, do sistema único de saúde.

as ações governamentais na área da assistência social serão realizadas com


recursos do tesouro nacional, sendo vedada a destinação de recursos do
orçamento da seguridade social para tais fins.

há vinculação de receita mínima anual para ações e serviços públicos de saúde


apenas para União, Estados e Distrito Federal.

10 A inclusão da Assistência Social na Constituição Federal Brasileira de 1988 significou a


ampliação no campo dos direitos humanos e sociais e, como consequência, introduziu a exigência
de

atendimento a determinadas necessidades de proteção social, efetivando,


portanto, a seguridade social contributiva.

responsabilidade mútua entre Estado e Sociedade Civil, caracterizando-se como


nova ação, com atividades e atendimentos eventuais.

naturalização do princípio da subsidiariedade, pelo qual a ação da família e da


sociedade deve anteceder a do Estado.

concepção hegemônica de que é uma política de atenção aos pobres, aos


necessitados sociais, aos frágeis e carentes.

seguridade social, que está sendo tratada como bem público e social do estatuto
de uma sociedade para alcançar todos os seus membros.
G

GABARITO:

1. c
2. b
3. a
4. a
5. a
6. c
7. a
8. b
9. b
10. e

Confira também:

Serviço Social para Concurso - Resumos e questões (Código de ética e lei, história,
PEP)

Postado por Shellen Galdino

Marcadores: Concursos , Serviço Social

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Digite seu comentário...

Comentar como: Selecionar perfil...


Publicar Visualizar

Links para esta postagem


Criar um link

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga

Assinar: Postar comentários ( Atom )

segunda-feira, julho 06, 2015

Assistência Social para concursos - Serviço Social


(resumo e questões)
A Assistência Social se configura na atualidade coo uma das mais importantes
políticas sociais da Seguridade Social, e uma das que oferecem mais
oportunidades de trabalho para o profissional de Serviço Social. Isso ocorreu
principalmente a partir da implementação do SUAS - Sistema Único da
Assistência Social.

Assim, trata-se de uma matéria fundamental para o exercimento da


profissão, assim como para aqueles que almejam um cargo no funcionalismo
público.

Como se trata de algo bem amplo, aqui traremos a Assistência de forma mais
geral, sem especificar, por exemplo, alguns temas relevantes e que merecem
um tópico único, como o caso de famílias.

Conforme colocado no artigo anterior (Seguridade Social para concurso -


Serviço Social (Resumos e questões)) a Assistência Social é uma das
políticas do tripé da Seguridade Social, se configurando enquanto
uma política NÃO CONTRIBUTIVA e que está voltada aos setores com
vulnerabilidade social e que necessitam desta.

Entre os principais pilares da assistência social no Brasil estão a Constituição


Federal de 1988, que dá as diretrizes para a gestão das políticas públicas, e a
Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), de 1993, que estabelece os
objetivos, princípios e diretrizes das ações.

"Durante muitos anos a questão social esteve ausente das formulações de


políticas no país. O grande marco é a Constituição de 1988, chamada de
Constituição Cidadã, que confere, pela primeira vez, a condição de política
pública à assistência social, constituindo, no mesmo nível da saúde e
previdência social, o tripé da seguridade social que ainda se encontra em
construção no país." (LOAS, 1993, p 04).

Assim, no que tange o marco legal, a ASSISTÊNCIA SOCIAL encontra-se nos


artigos 203 à 204, buscando: SELEÇÃO, PREVENÇÃO e ELIMINAÇÃO DE
RISCOS E VULNERABILIDADE SOCIAIS

A assistência social encontra fundamento nos arts. 203 e 204, da CF/88, bem
como na Lei n. 8.742/93, denominada Lei Orgânica da Assistência Social
(LOAS), consolidada com a Lei n. 12.101/09, tendo aquela criado o atual
Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS),que fixa normas para a
atuação de entidades e organizações sem fins lucrativos na área.

ASSISTENCIA SOCIAL – ART 203 à 204


São seus objetivos :
art. 203, da CF/88
(i) a proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice,
incluído o amparo a crianças e adolescentes carentes;
(ii) a promoção da integração ao mercado de trabalho;
(iii) a habilitação e reabilitação das pessoas portadoras de deficiência e
(iv) a garantia de um salário-mínimo de benefício mensal à pessoa portadora
de deficiência e ao idoso que comprovem não terem meios de fazê-lo por si
ou por suas famílias

Recebem o BPC (beneficio de prestação continuada – 1 salário minimo), nos


termos da LOAS:
• o idoso, com 65 anos ou mais,
• o portador de deficiência,
• e os de natureza eventual (auxílio-natalidade e auxílio por morte)
De qualquer maneira tem que ser uma "pessoa carente" para ser beneficiado.
OU SEJA: aquelas que tenham renda familiar per capita inferior a um quarto
do salário mínimo estipulado nos arts. 20 e 22, da Lei n. 8.742/93, e art. 34,
da Lei n. 10.741/03).

O que é o SUAS? Sistema articulador e provedor de ações em diferentes


níveis de complexidade: Proteção Social Básica e Proteção Social Especial.

Estabelece três funções para a Política de Assistência Social:


• Proteção Social;
• Vigilância Socioassistencial;
• Defesa Social e Institucional.

Na figura abaixo, podemos visualizar como funciona e se hierarquiza a rede


de proteção social:

"A definição dos campos de proteção social (básica ou especial) que compete
à assistência e às demais políticas sociais é fundamental, não por mero
preciosismo conceitual, mas por outras razões. Primeiro, porque o sentido de
proteção social extrapola a possibilidade de uma única política social e
requer o estabelecimento de um conjunto de políticas públicas que garantam
direitos e respondam a diversas e complexas necessidades básicas
(PEREIRA, 2000) da vida social. Desse modo, à Assistência Social não se
pode atribuir a tarefa de realizar exclusivamente a proteção social. Esta
compete, articuladamente,às políticas de emprego, saúde, Previdência,
habitação, transporte e Assistência, nos termos do artigo 60 da Constituição
Federal."
(CFESS, Parâmetros para atuação do Assistente Social na Assistência Social)

QUESTÕES
1. Analise as assertivas sobre a trajetória da Assistência Social nas Políticas
Sociais. E, após assinale a alternativa correta.
I. A Assistência Social faz parte da Seguridade Social do Brasil juntamente com a
Educação e a Saúde.
II. No Brasil, até 1930, não havia uma compreensão da pobreza enquanto expressão
da questão social e quando esta emergia para a sociedade, era tratada como “caso
de polícia” e problematizada por intermédio de seus aparelhos repressivos. Dessa
forma a pobreza era tratada como disfunção individual.
III. A primeira grande regulação da assistência social no país foi a instalação do
Conselho Nacional de Serviço Social – CNSS.
IV. A Assistência Social faz parte da Seguridade Social do País e foi a primeira
política a ser regulamentada.

a. Apenas I, II e III.

b. Apenas II, III e IV.

c. Apenas II e III.

d. Apenas III e IV.

e. Apenas IV .

2. Segundo a Política Nacional de Assistência Social/PNAS- 2004, o Sistema Único


de Assistência Social (SUAS) comporta quatro tipos de gestão, dos municípios, do
Distrito Federal, dos estados e da União. No caso dos
municípios, três níveis de gestão são possíveis: inicial, básico e pleno. Considerando
o estabelecido na PNAS-2004, são requisitos para gestão básica:

a. Ter, como responsável, na Secretaria Executiva do CMAS, profissional de


Serviço Social, sendo que, para os municípios pequenos, porte I e II, o Assistente
Social poderá ser compartilhado com o órgão gestor.

b. Manter estrutura para recepção, identificação, encaminhamento, orientação


e acompanhamento dos beneficiários do BPC e dos benefícios eventuais, com
equipe profissional composta de, no mínimo, um (01) profissional de Serviço Social.

c. Proceder mediante avaliação de suas condições técnicas, a habilitação de


pessoas idosas e de pessoas com deficiência, candidatas ao beneficio, mediante
realização de avaliação social de ambos os segmentos e encaminhamento, em
seguida, ao INSS.

d. Participar de programas de capacitação de gestores, profissionais,


conselheiros e da rede prestadora de serviços promovidos pelo Estado e pela
União.

e. Elaborar e executar a política de recursos humanos, com a implantação de


carreira para os servidores públicos que atuem na área da Assistência Social.

3. A garantia de um salário mínimo mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso que


comprovem não possuir meios de prover à própria manutenção ou de tê-la provida por sua família,
conforme regulamentação em lei, é uma previsão constitucional que atribui um benefício

independentemente de contribuição, configurando forma de assistência social.

financiado exclusivamente por contribuições sociais incidente sobre a receita ou


faturamento da empresa.

que pode ser majorado ou estendido sem a correspondente fonte de custeio.

de caráter contributivo, do regime geral de previdência social.

que será instituído pelo regime de previdência privada, de caráter complementar.

4 São princípios que regem a assistência social:

atendimento às necessidades sociais, respeitadas as exigências de


rentabilidade econômica.

universalização dos direitos sociais, a fim de tornar o destinatário da ação


assistencial alcançável pelas demais políticas públicas.

respeito à dignidade do cidadão, à sua autonomia e ao seu direito a benefícios e


serviços de qualidade, bem como à convivência familiar e comunitária, vedando-
se qualquer comprovação vexatória de necessidade.
igualdade de direitos no acesso ao atendimento, sem discriminação de qualquer
natureza, garantindo-se equivalência às populações urbanas e rurais.

divulgação ampla dos benefícios, serviços, programas e projetos assistenciais,


bem como dos recursos oferecidos pelo Poder Público e dos critérios para sua
concessão.

5 O Art. 30 da LOAS (Capítulo V – Do Financiamento da Assistência Social) estipula que, para que
haja o repasse de recursos do Fundo Nacional de Assistência Social da União para os Municípios,
Estados e Distrito Federal, é necessária a efetiva instituição e funcionamento, dentre outros,

do Conselho de Assistência Social, de composição paritária entre Governo e


sociedade civil.

do Fundo de Assistência Social, sob controle e orientação de representantes do


Governo Federal.

de um Plano de Assistência elaborado pela União e executado por Estados,


Municípios e pelo Distrito Federal.

do Fundo de Assistência Social, sob orientação e controle de entidades


filantrópicas, responsáveis por sua gestão.

do Conselho de Assistência, composto por representação tripartite (Governo,


empresários e trabalhadores).

6 A LOAS, em seu Art. 12, afirma ser competência da União, dentre outras funções,

destinar recursos financeiros aos Municípios, a título de participação no custeio


do pagamento dos auxílios natalidade e funeral.

executar os projetos de enfrentamento da pobreza, incluindo a parceria com


organizações da sociedade civil.

atender, em conjunto com os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, as


ações assistenciais em caráter emergencial.

estimular e apoiar, técnica e financeiramente, as associações e consórcios


municipais na prestação de serviços de assistência social.

assumir a direção de entidades filantrópicas ou beneficentes que estejam em


dificuldades financeiras.

7 O SUAS define e organiza os elementos essenciais à execução da política de assistência social,


possuindo, como eixos estruturantes,

a matricialidade sócio-familiar e territorialização.

o controle social e empresarial.

a defesa social e segurança sócio-assistencial.

a vulnerabilidade social e espacial.

o plantão social e psicológico.

8 Se o idoso ou seus familiares não possuir condições econômicas de prover o seu sustento,
impõe-se ao Poder Público esse provimento no âmbito:

dos Conselhos Municipais da Saúde.

da Assistência Social.

dos Conselhos Estaduais dos Idosos.

da Procuradoria da União.

9 Em relação à saúde e à assistência social, está previsto na Constituição Federal brasileira que

a assistência social será prestada a quem dela necessitar, mantendo relação


direta com a contribuição à seguridade social.

as ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e


hierarquizada e constituem um sistema único.

as instituições privadas não poderão participar, ainda que de forma


complementar, do sistema único de saúde.
as ações governamentais na área da assistência social serão realizadas com
recursos do tesouro nacional, sendo vedada a destinação de recursos do
orçamento da seguridade social para tais fins.

há vinculação de receita mínima anual para ações e serviços públicos de saúde


apenas para União, Estados e Distrito Federal.

10 A inclusão da Assistência Social na Constituição Federal Brasileira de 1988 significou a


ampliação no campo dos direitos humanos e sociais e, como consequência, introduziu a exigência
de

atendimento a determinadas necessidades de proteção social, efetivando,


portanto, a seguridade social contributiva.

responsabilidade mútua entre Estado e Sociedade Civil, caracterizando-se como


nova ação, com atividades e atendimentos eventuais.

naturalização do princípio da subsidiariedade, pelo qual a ação da família e da


sociedade deve anteceder a do Estado.

concepção hegemônica de que é uma política de atenção aos pobres, aos


necessitados sociais, aos frágeis e carentes.

seguridade social, que está sendo tratada como bem público e social do estatuto
de uma sociedade para alcançar todos os seus membros.

GABARITO:

1. c
2. b
3. a
4. a
5. a
6. c
7. a
8. b
9. b
10. e

Confira também:

Serviço Social para Concurso - Resumos e questões (Código de ética e lei, história,
PEP)

Postado por Shellen Galdino às segunda-feira, julho 06, 2015


Marcadores: Concursos , Serviço Social

Nenhum comentário :

Postar um comentário
Digite seu comentário...

Comentar como: Selecionar perfil...


Publicar Visualizar

Links para esta postagem


Criar um link

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga

Assinar: Postar comentários ( Atom )

SERÁ QUE O SEU ASSESSOR DE


INVESTIMENTOS ESTÁ
NO MESMO NÍVEL? SAIBA MAIS >

Imagens de tema por luoman. Tecnologia do Blogger.