Anda di halaman 1dari 6
Função Logarítmica - Questões Extras Prof. Hugo Gomes Exercícios 4. (Fuvest 2017) Um analgésico é aplicado
Função Logarítmica - Questões Extras
Prof. Hugo Gomes
Exercícios
4. (Fuvest 2017) Um analgésico é aplicado via
1. (Unifor 2014)
Após acionar um flash de uma
câmera, a bateria imediatamente começa a
recarregar o capacitor do flash, o qual
intravenosa. Sua concentração no sangue, até
atingir a concentração nula, varia com o tempo
de acordo com a seguinte relação:
armazena uma carga elétrica dada por
t
t
Q(t)
Q
1
e
2
,
c(t)
0
onde Q0
é a capacidade
 
  
em que
c(t)  400  klog3(at 1),
mg
é dado em horas e
é dado em
máxima da carga e t é medido em segundos. O
tempo que levará para o capacitor recarregar
90% da capacidade é de: (considere ln 10 = 2,3)
L. As constantes a e k são positivas.
a)
a)
2,5 segundos.
Qual é a concentração do analgésico no
instante inicial t  0?
b)
3,2 segundos.
t  2,
b)
Calcule as constantes a e k, sabendo que,
c)
4,5 segundos.
no instante
a
concentração
do
d)
5,4 segundos.
analgésico
no
sangue
é
metade da
e)
6,2 segundos.
concentração no instante inicial e que, no
instante t  8, a concentração do analgésico
2.
(G1
-
cftmg 2017)
Na figura abaixo estão
f(x)  2
x
1
no sangue é nula.
representadas
as
funções
e
 
x
g(x)
log
2
.
5. (Uerj 2017) Uma calculadora tem duas teclas
 
2
especiais, A e B. Quando a tecla A é digitada,
o número que está no visor é substituído pelo
logaritmo decimal desse número. Quando a
tecla B é digitada, o número do visor é
multiplicado por 5.
Considere que uma pessoa digitou as teclas
BAB, nesta ordem, e obteve no visor o número
10.
Nesse caso, o visor da calculadora mostrava
inicialmente o seguinte número:
a)
b)
30 40 20 50
c)
d)
N
6.
(Espcex
t
(Aman) 2017)
O
número
de
Sabendo-se que o ponto A tem abscissa 8, a
área do quadrilátero OABC é
53.
bactérias de uma cultura é dado em função do
tempo
N(t)  (2,5)
1,2t
.
(em
minutos), pela fórmula
log10 2  0,3,
a)
Considere
o tempo
b)
1.014. 1.814. 56.
(em minutos) necessário para que
10
84
a cultura
c)
tenha
bactérias é
d)
a)
3. (G1 - ifal 2017) O potencial de hidrogênio (pH)
 
log[H ],
b)
175 120 150 185
c)
das soluções é dado pela função: pH
205
d)
onde [H ]
H3O 
é a concentração do cátion H  ou
e)
na solução. Se, em uma solução, a
2 10
 8
,
7. (Upf 2017) Considere as funções reais de
concentração de H  é
qual o pH dessa
variável real, definidas por:
solução? Adote: log2  0,3.
d) b) 3,8. 7,7.
f(x)
 
1
3
x
2
e g(x)  loga x
6,7. 2,4.
a)
11.
c)
e)
Sabe-se
que,
na
representação
gráfica
das

www.radixmatematica.com

Prof. Hugo Gomes

funções, as curvas interceptam-se no ponto de abscissa 2. Dessa forma, o valor de a é:
funções, as curvas interceptam-se no ponto de
abscissa 2. Dessa forma, o valor de a é:
Um dos valores de x que soluciona a equação
2
2
log2(x
 32)  4 é igual ao número de centros
a)
1
1
culturais localizados nas proximidades do centro
da cidade. Esse número é
3
b)
2
a)
c)
b)
1
5 6
c)
d)
2
2
7 4
d)
e)
e)
11.
(Fgv 2017) Estima-se que, daqui a t semanas,
8.
(Ufpr 2017) Suponha que a quantidade Q de
um determinado medicamento no organismo t
o número de pessoas de uma cidade que ficam
conhecendo um novo produto seja dado por
horas após sua administração
calculada pela fórmula:
possa ser
20.000
N
.
1
19(0,5)
t
1
2t
Q
15
  
10
 
sendo Q medido em miligramas, a expressão
Daqui a quantas semanas o número de pessoas
que ficam conhecendo o produto quintuplica
em relação ao número dos que o conhecem
hoje?
que fornece o tempo t
em
função
da
log 19
quantidade de medicamento Q é:
a)
1
log log 5 7
15
t
log
log19
a)
Q
b)
1
log log 5 6
t 
log 19
b)
2logQ log15
c)
1
log log 5 5
Q
t
10
log
log19
log 4
c)
  
15
 
d)
1
log 5
t
log
log 19
d)
2 1
15 Q
e)
1
log log 5 3
Q
2
t 
e)
log 225
12.
(G1
-
ifpe 2016)
Biólogos estimam que a
9.
(Acafe 2017) Quando um paciente ingere um
população P de certa espécie de aves é dada
em função do tempo t, em anos, de acordo
t
t  0
medicamento, a droga entra na corrente
sanguínea e, ao passar pelo fígado e pelos rins,
é metabolizada e eliminada. A quantidade de
medicamentos, em miligramas, presente no
organismo de um paciente é calculada pela
P  250 (1,2)
5
,
com a relação
sendo
o
momento em que o estudo foi iniciado.
t
log 2  0,3
Em quantos anos a população dessa espécie de
1 
Q(t)
30
2
10
,
aves irá triplicar?
log 3  0,48.)
(dados:
e
função
onde
t é o tempo dado
em horas.
a)
12
25 45
b)
O tempo necessário para que a quantidade de
medicamento em um paciente se reduza a 40%
da quantidade inicial, é:
18
c)
30
d)
Dado: log 2  0,3
e)
6
10
x
 20
y
a)
13 horas e 33 minutos.
13.
(Ufrgs 2016) Se
, atribuindo 0,3 para
b)
6
horas e 06 minutos.
log2, então o valor de x
c)
13 horas e 20 minutos.
0,3.
y
é
d)
horas e 40 minutos.
a)
0,7. 0,5.
b)
10. (Pucrs 2017)
Uma turma de uma escola
1.
c)
central de Porto Alegre recebeu a seguinte
questão em sua primeira prova no Ensino Médio:
1,3.
d)
e)

www.radixmatematica.com

Prof. Hugo Gomes

c) 110 horas. 14. (Unesp 2016) Um torneio de futebol será d) 150 horas. disputado por
c)
110 horas.
14.
(Unesp 2016)
Um torneio de futebol será
d)
150 horas.
disputado por 16 equipes que, ao final, serão
classificadas do 1º ao 16º lugar. Para efeitos da
e)
200 horas.
250
classificação final, as regras do torneio impedem
qualquer tipo de empate.
18. (Fac. Albert Einstein - Medicin 2016)
Uma
pesquisa
foi
desenvolvida
a
partir
de
Considerando para os cálculos log 15!  12 e
log 2  0,3, a ordem de grandeza do total de
classificações possíveis das equipes nesse torneio
é de
bactérias de uma cultura. Estimou-se então, de
maneira aproximada, que, durante certo tempo,
o aumento percentual do número de bactérias
na cultura poderia ser obtido pela expressão
B(t)  30 log3(t  21) 150, em que t
é o tempo
decorrido, em minutos, após o início da pesquisa,
a)
bilhões.
b)
quatrilhões.
c)
quintilhões.
Nessas condições, ao fim da primeira hora da
pesquisa, quantas bactérias havia em tal
cultura?
325
d)
milhões.
a)
e)
trilhões.
450 400
b)
525
c)
15.
(G1
-
ifal
2016)
Num determinado mês, a
d
quantidade vendida Q de um certo produto,
d)
Q  log2 d.
por dia, em uma loja, em função do dia
do
mês, é representada pela função
19. (Fac. Pequeno Príncipe - Medici 2016) Um
líquido evapora à razão de 4% do seu volume a
Qual a quantidade vendida desse produto no
dia 16 desse mês?
0.
2.
1.
a)
cada hora. O tempo necessário para que o
volume desse líquido seja 1 4 do volume inicial é:
(Dados: log2  0,3 e log3  0,48)
b)
3.
c)
4.
a)
18 horas.
d)
b)
21 horas.
e)
c)
25 horas.
d)
28 horas.
16.
(Acafe 2016) Dentre os carros que mais
e)
30 horas.
desvalorizam, os carros de luxo são os que mais
sofrem depreciação. Na compra de um carro de
luxo no valor de R$ 120.000,00, o consumidor
20. (Pucpr 2015)
um meio
O número de bactérias N em
de
cultura
que
cresce
sabe que
o
modelo
adquirido
sofre
uma
exponencialmente pode ser determinado pela
N  N0e
kt
desvalorização de 10% ao ano, isto é, o carro
tem, a cada instante, um valor menor do que o
valor que tinha um ano antes.
e k
equação
em que N0 é a quantidade
inicial, isto é, N0  N (0)
é a
constante de
Para que o carro perca 70% do seu valor inicial,
é necessário que se passe entre:
(Use log3  0,477)
9
proporcionalidade. Se inicialmente havia 5000
bactérias na cultura e 8000 bactérias 10
minutos depois, quanto tempo será necessário
para que o número de bactérias se torne duas
vezes maior que o inicial?
0,69
In 5  1,61)
a)
10
e 10 anos.
b)
12 e 13 anos.
11 e 12
(Dados: In 2 
a)
11 minutos e 25 segundos.
c)
e 11 anos.
b)
11 minutos e 15 segundos.
d)
anos.
c)
15 minutos.
17.
(Usf 2016)
O número de bactérias de uma
d)
25 minutos.
determinada
cultura
pode
ser modelado
e)
25 minutos e 30 segundos.
t
B(t)  800  2
40
,
utilizando a função
sendo B
o
número de bactérias presentes na cultura e t o
tempo dado em horas a partir do
início da
observação. Aproximadamente, quantas horas
serão necessárias para se observar 5.000
bactérias nessa cultura? Considere log2  0,30.
a)
10 horas.
b)
50 horas.

www.radixmatematica.com

Prof. Hugo Gomes

 Gabarito: pH   log[H ] pH   log(2 10   8 )
Gabarito:
pH
 
log[H
]
pH
 
log(2 10
 8
)
Resposta da questão 1:
[C]
Queremos calcular t, para o qual se tem
Q(t)  0,9 Q0. n a, com n a a,  b n b  a  b e
Aplicando a propriedade de produto dentro do
argumento dos logaritmos:
pH
 
(log(2)
log(10
 8
))
Sabendo pH  (log(2) que  8 log2 log(10))  0,3 e log10  1:
Lembrando que
n a
c
c 
Aplicando a propriedade dos expoentes:
reais positivos e c
real,
vem:
pH
 
(log(2)
8 log(10))
t
t
 1
pH
 
(0,3
8
(1))
2
2
0,9
Q
Q
(1
e
)
e
10
0
0
pH
7,7
t
1
2
n e
n 10
Resposta da questão 4:
t
 
 
n 10
a) Queremos calcular c(0). Logo, temos
c(0)  400  klog3 1  400mg L.
2
 
t
2
n 10.
t = 4,6 s
b) Sabendo que c(2)  200mg L, vem
200
Resposta da questão 2:
200  400  k log
(a  2 1)  2a  3
k
1.
[C]
3
Por outro lado, como c(8)  0, temos
400
k
0
400
k
log
(a
8
1)
8a
 
1
3
3
200
400
k
k
 
4
(3
1)
 
1
3
200
2
k
(3
2)
1
200
k
3
2
 
1
200
k
3
3
k
200.
Logo, segue que a  1.
8
f(8)
2
 
1
255
A(8, 255)
8
Resposta da questão 5:
g(8)
log
log
4
2
B(8, 2)
2
2
2
[A]
x
x
g(x)
0
log
0
 
1
x
2
C(2, 0)
Número inicial no visor
x
2
2
2
Tecla B
5x
Tecla A
log
5x
10
Portanto, a área pedida será a diferença entre
as áreas dos triângulos AOD e DCB. Assim,
100
Tecla B
5
2
log
5x

10
log
5x
2
5x
10
x
20
10
10
5
escrevemos:
Resposta da questão 6:
A
A
A
Δ
AOD
Δ
CDB
[C]
8
255
6
2
A 
2
2
A
1.014
Resposta da questão 3:
[D]
Aplicando os dados fornecidos temos:

www.radixmatematica.com

Prof. Hugo Gomes

Resposta da questão 10: 1,2t N(t)  (2,5) [B] 84 1,2t 10  (2,5) 84 1,2t
Resposta da questão 10:
1,2t
N(t)
(2,5)
[B]
84
1,2t
10
(2,5)
84
1,2t
log10
log(2,5)
Desde que x é um número inteiro positivo,
temos:
10
2
2
84log10
1,2
t
log
log
(
x
32)
4
 
x
32
16
2
4
2
x
16.
84
1,2t (log10
log4)
x
4.
70
t
(1
2 log2)
70
t
(1
2
0,3)
Resposta da questão 11:
70
t 
[E]
0,4
t
175 minutos
Calculando:
20.000
N
N
1000
Resposta da questão 7:
0
0
0
1
19 (0,5)
[E]
20.000
4
3
t
N
5 1000
 
1
(0,5)
t
t
t
19
1
19 (0,5)
1
19 (0,5)
Calculando:
f(2)
g(2)
3
log
1
3
2
2
log
2
 
1
3
0
log
2
log
2
2
a
2
2
a
2
10
3
19
log3
log19
log19
log3
a
a
a
t
log
 
t
0,5
19
5
log5
1
1
log5
log
10
10
Resposta da questão 8:
[A]
Resposta da questão 12:
loga b  c loga b, com 1 a  0
c
[E]
Lembrando que
e b  0, temos
Para
t
?
P(t)
3P(0)
0
2t
1
Q
P(0)
250 (1,2)
5
 2t
P(0)
250
Q
15
10
10
15
Q
 2t
Logo,
log10
log 15
P(t)  3P(0)  250 (1,2)
5 t
 3  250
 (1,2)
5 t
 3
Q
 
2t
log 15
1
Q
Aplicando logaritmos, temos:
t
 
log
2
15
t
5
log(1,2)
log3
15
 
t
log
.
Q
t
12
log
log3
5
10
Resposta da questão 9:
t
[C]
log12
log10
log3
5
t
0
1 
1
2log2
log3
log10
log3
t
0
Q(t)
100%
Q(0)
30
2
10
30
2
60
5
40% 60
0,4
60
24
t
t
t
t
t
1
24
1
1
1
t
2
(0,3)
0,48
1
0,48
24
30
2
10
2
10
0,8
2
10
log
0,8
log
2
10
log
0,8
 
1
2
2
2
30
10
5
t
0,08
0,48
 
t
30anos
Mas,
5
3
log
0,8
log
8
10
10
log
8
log
10
log
2
log
10
log
0,8 
10
10
10
10
10
2
log
2
log
2
log
2
log
2
10
10
10
10
Resposta da questão 13:
3
log
2
 1
3
0,3
1
0,1
1
10
[E]
 
log
2
0,3
0,3
3
10
10
x
20
y
log10
x
log20
y
x log10
y
log(2 10)
x
y (log2
log10)
x
y
1,3
x
y
1,3
Assim,
1
 
1
t
 
10
30
3t
3t
40
 
t
40
horas
800min
13h20min
3
10
3
Resposta da questão 14:
[E]

www.radixmatematica.com

Prof. Hugo Gomes

 30  O número de classificações possíveis corresponde a P16  16!. Portanto, sendo x
30
O número de classificações possíveis
corresponde a P16  16!. Portanto, sendo
x  16!, temos
250
1
250 1,3
325
100
Resposta da questão 19:
logx
log16!
logx
log16 15!
[E]
4
logx
log2
log15!
logx
4
log2
log15!
logx
4
0,3
12
13,2
x
10
.
Sendo V0 o volume inicial do líquido e V o
volume após um determinado tempo t,
podemos escrever a seguinte função com as
informações do problema.
V
 V0 (0,96)
t
Em consequência, como x está mais próximo
10
12
10
15
V
de
do que de
, segue-se que a ordem
V
0
,
Admitindo que
4
temos a seguinte
de grandeza pedida é de trilhões.
equação na incógnita t.
Resposta da questão 15:
V
1
[E]
t
t
2
t
0
V
(0,96)
(0,96)
2
(0,96)
log2
2
log(0,96)
t
 
2log2
t
log
0
4
4
0,6
t
log96
log100
 
0,6
t
log(2
5
3)
2
 
0,6
t
5
log2
log3
2
Q
log
d
2
0,6
t
5
0,3
0,48
2
 
0,6
t
 
(
0,02)
 
t
30 horas
d
16
4
Q
log
16
log
2
Q
4
Resposta da questão 20:
2
2
[C]
N  N0e
kt
Resposta da questão 16:
[D]
8000
500
e
k t
e
10k
16
V
V
t
t
1
i
t
120000 (1
0,7)
120000
1
0,1
0,3
0,9
0
2
3
3
t
Também sabemos que:
log0,3
log0,9
log
t
log
log3
log10
t
2
log3
log10
10
10
1000
500
e
10 k
t
2
16
t
ln2
ln2
4t
 
1
4
 
t
t
1
h
4
0,477
1
t
2 0,477
1
 
t
11,37 anos
Resposta da questão 17:
Ou seja, t = 15 minutos.
[C]
Tem-se que
t
40
B(t)
5000
800
2
5000
t
2
5
40
 2
 
2
t
2
5
40
log2
log
2
t
log2
2 log10
4
log2
40
t
0,3
2
4
0,3
40
 
t
106,67 h.
Resposta da questão 18:
[A]
Determinando o aumento percentual depois de
60 minutos (1 hora), temos:
B(60)  30 log3(60  21) 150  30  4  150  30
Portanto, o número de bactérias após uma hora
será dado por:

96

100

www.radixmatematica.com

Prof. Hugo Gomes