Anda di halaman 1dari 28

CATáLOGO DE

PRODUTOS
SOBRE A BAKOF TEC

A Bakof Tec, com sede em Frederico Westphalen/RS e unidades produtivas em Joinville mento de efluentes, produtos especiais e sob demanda que utilizem essas matérias-
/SC, Campo Grande/MS e Tauá/CE, atua desde 1987 provendo ao mercado uma linha -primas, que atendam ás necessidades de seus clientes, aliando qualidade e responsa-
completa de reservatórios, cisternas, estações de tratamento de esgoto doméstico e bilidade socioambiental.
industrial, além de outros equipamentos em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro
(P.R.F.V.) e Polietileno. Utilizando-se dos mais avançados métodos de fabricação e Os produtos em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.) são fabricados com
primando sempre pela qualidade em seus produtos, é consagrada pela inovação e resinas de poliéster reforçadas com fibra de vidro, resistentes à tração de 2.500 a 5.000
dinâmica em agrupar os desejos e necessidades do consumidor, produtos líderes de kgf/cm² e material inerte. Desta forma, os tanques Bakof Tec não reagem com gases,
venda aos lojistas e soluções para a vida das comunidades. não oxidam, são completamente estanques e seguros para a operação do cliente final.
Apresentam uma meia vida de 25 anos, ou seja, uma vida útil de até 50 anos. Já os
A Bakof Engenharia concebe e executa projetos na área de Engenharia Sanitária e produtos em Polietileno possuem características similares, igualmente totalmente
Ambiental com a utilização de produtos em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.- estanques e não reativos, além de apresentarem uma vida útil de mais de 50 anos.
F.V.) e Polietileno, além de desenvolver equipamentos para sistemas diversos de trata-

Frederico Westphalen - RS Campo Grande - MS Joinville - SC Tauá - CE

2017
ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE EFLUENTES

Sistemas Aeróbios
Sobre o Produto permitindo que o efluente final saia clarificado. Os sólidos sedimentados são recirculados permanecem no sistema por um tempo superior ao do líquido. É essa maior permanência
Os sistemas Aeróbios são amplamente utilizados para o tratamento de despejos sanitários, ao reator, aumentando a biomassa do mesmo, o que é responsável pela elevada eficiência. de sólidos que garante a elevada eficiência no sistema, já que a biomassa tem tempo
em situações em que são necessários elevados índices de qualidade do efluente final e Em virtude da recirculação do lodo, a concentração de sólidos em suspensão no tanque de suficiente para metabolizar praticamente toda a matéria orgânica dos esgotos. O sistema
reduzidos requisitos de área. No reator ocorrem as reações bioquímicas de remoção da aeração é mais de 10 vezes superior à de uma lagoa aerada. Nos sistemas de lodo ativado, o de lodos ativados pode ser adaptado para incluir também remoções biológicas de nitrogê-
matéria orgânica e nitrogenadas. A biomassa se utiliza do substrato presente no esgoto tempo de detenção do líquido é baixo, da ordem de horas, de forma que o volume do nio e fósforo, o que constitui-se em outra vantagem do sistema. (VON SPERLING, 2012).
para se desenvolver. No decantador ocorre a sedimentação dos sólidos (biomassa), tanque de aeração seja reduzido. No entanto, devido à recirculação dos sólidos, estes

Funcionamento matéria orgânica presente no efluente para o seu metabolismo e crescimento, transforman- orgânica, além da remoção de nitrogênio e fósforo, quando o sistema for dimensionado
Os Sistemas de Tratamento de Efluentes Aeróbios, são constituídos basicamente de tanques do-a em água, CO2 e biomassa microbiana. Esta biomassa (que é o agente principal do para essa finalidade. Os sistemas de tratamento aeróbios Bakof Tec são constituídos a partir
reforçados em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), com sistema de aeração e sistema) é então removida da suspensão (através do sistema de decantação) e retornada ao de projetos especiais, utilizando para a sua configuração outros equipamentos descritos
decantação. O processo utilizado é o de lodo ativado. Nesse processo, devido à elevada tanque de aeração, mantendo-se de certa forma constante. Esse sistema é conhecido no abaixo (Gradeamento, Elevatória, Adensador de Lodo, Desinfecção UV etc.). A empresa
quantidade de oxigênio fornecida ao sistema, desenvolve-se uma grande quantidade de meio técnico como um dos mais eficientes (se bem dimensionado) para o tratamento de disponibiliza o sistema em dois formatos de tanques: Horizontais e Verticais.
flocos bacterianos. Essas bactérias (e outros microorganismos) presentes no floco utilizam a efluentes, seja sanitário ou industrial, permitindo uma eficiência entre 95 e 99% para carga

Tabela de Medidas - Modelo Horizontal Tabela de Medidas - Modelo Vertical


Número de Pessoas Atendidas / Modelos Número de Pessoas Atendidas / Modelos
Contribuição Contribuição
Tipo de Empreendimento 10.000 15.000  20.000  25.000 30.000  35.000 40.000 45.000 Tipo de Empreendimento (L/Pessoa/dia) 
4.000  8.000   16.000 32.000
(L/Pessoa/dia) 

Residencial - Baixo Padrão 100 150 225 300 375 450 575 600 675 Residencial - Baixo Padrão 100 37 82 172 337
Residencial - Médio Padrão 130 115 173 230 288 346 403 461 519 Residencial - Médio Padrão 130 28 63 132 259
Residencial - Alto Padrão 160 93 140 187 234 281 359 375 421 Residencial - Alto Padrão 160 23 51 107 210
Hotéis (Exceto Cozinha) 100 150 225 300 375 450 575 600 675 Hotéis (Exceto Cozinha) 100 37 82 172 337
Alojamento Provisório 80 187 281 375 468 562 718 750 843 Alojamento Provisório 80 46 103 215 421
Fábrica em Geral 70 214 321 428 535 642 821 857 964 Fábrica em Geral 70 53 117 246 482
Comercial e Escolas 50 300 450 600 750 900 1150 1200 1350 Comercial e Escolas 50 75 165 345 675
Restaurantes e Similares 25 600 900 1200 1500 1800 2300 2400 2700 Restaurantes e Similares 25 150 330 690 1350
Diâmetro (m)  1,92 2,50 2,50 2,50 3,00 3,00 3,00 3,00 Diâmetro (m)  1,50 2,00 2,50 3,00
Comprimento (m)  5,20 3,84 4,83 5,85 5,13 5,84 6,55 7,25 Comprimento (m)  1,93 2,35 3,25 4,25
3
ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE EFLUENTES
Sistemas Anaeróbios
Modelo RAFA/FAFA: O sistema RAFA/FAFA é constituído de um Reator Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), composto pelos seguintes elementos: Distribuidor Reator Anaeróbio simplificado, ou seja, não possui Distribuidor de Fluxo, Separadores de
Anaeróbio de Fluxo Ascendente (RAFA) e Filtro Anaeróbio de Fluxo Ascendente (FAFA), de Fluxo (fundo falso), Anéis Plásticos (meio suporte para fixação da bio massa), Tubo de Fases e Calha Vertedoura. Essencialmente, o efluente também percorre um fluxo ascenden-
utilizados para o tratamento de efluentes sanitários. São fabricados em Plástico Reforçado Sucção, Suspiro, Calha Vertedoura e Tampa de Inspeção. Os Biofiltros são caracterizados pela te, o que possibilita a formação e consequentemente passagem dos resíduos por um leito
com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), altamente resistentes, podendo ser implantados na superfície, presença de um material de empacotamento estacionário (Anéis Plásticos), no qual os de lodo denso e de elevada atividade. Assim como o Reator Anaeróbio, o DAFA é considera-
enterrados ou semi-enterrados. É um sistema que proporciona uma elevada eficiência na sólidos biológicos podem aderir ou ficar retidos nos interstícios. A massa de microrganismos do como unidade primária do sistema de digestão anaeróbia. Esse primeiro tanque irá
remoção de carga orgânica (entre 70 e 75%), de fácil instalação e pouca manutenção e aderida ao material suporte degrada o substrato contido no fluxo de esgotos (CHERNICHA- receber o efluente bruto, que ao passar pela manta de lodo bacteriano localizada na zona
operação, já que o sistema funciona por gravidade, sem a necessidade de motores elétricos. RO, 2007). Este equipamento é utilizado como unidade secundária do Tratamento Anaeró- inferior do equipamento (entrada) receberá ação de bactérias anaeróbias que utilizarão a
Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente (RAFA): tanque cilíndrico fabricado em Plástico bio em que o efluente, depois de passar pelo Reator, é direcionado à zona inferior do Filtro. carga orgânica do esgoto como substrato para o seu metabolismo e crescimento. A saída do
Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), composto pelos seguintes elementos: Distribuidor O líquido passará por um meio filtrante, onde será formado o biofilme bacteriano. As efluente, mais líquido e clarificado, se dará pela zona superior do equipamento e deverá ser
de Fluxo, Defletores, Separador de Fases, Tubo de Sucção, Tubo de Limpeza, Suspiro, Calha bactérias formadoras do biofilme irão consumir o restante da carga orgânica e aumentar direcionado à entrada do FAFA.
Vertedoura e Tampa de Inspeção. Essencialmente, o processo consiste de um fluxo assim a eficiência do sistema. Filtro Anaeróbio de Fluxo Ascendente (FAFA): tanque tronco-cônico, fabricado em Plástico
ascendente de esgotos através de um Leito de Lodo denso e de elevada atividade (CHERNI- Modelo DAFA/FAFA: O sistema DAFA/FAFA é constituído de um Digestor Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), composto pelos seguintes elementos: Distribuidor
CHARO, 2007). A estabilização da matéria orgânica ocorre em todas as zonas de reação (leito Anaeróbio de Fluxo Ascendente (DAFA) e um Filtro Anaeróbio de Fluxo Ascendente (FAFA), de Fluxo (fundo falso), Anéis Plásticos (meio filtrante), Tubo de Sucção, Suspiro e Tampa de
e manta de lodo), sendo a mistura do sistema promovida pelo fluxo ascensional do esgoto também utilizados para o tratamento de efluentes sanitários. Esses sistemas também são Inspeção. Os Filtros Anaeróbios são caracterizados pela presença de um material de
e das bolhas de gás. Um dos princípios fundamentais do processo é a sua habilidade de fabricados em Fibra de Vidro (P.R.F.V.), componente altamente resistente, podendo ser empacotamento estacionário (anéis plásticos), no qual os sólidos biológicos podem se fixar
desenvolver biomassa de elevada atividade. Essa biomassa pode se apresentar na forma de implantados na superfície, enterrados ou semi-enterrados. É um sistema que proporciona ou ficar retido. A massa de microrganismos aderida ao material suporte degrada o substrato
flocos ou grânulos (CHERNICARO, 2007). Considerada a unidade primária do Sistema de uma considerável eficiência na remoção de carga orgânica (até 70%), sendo de fácil contido no fluxo de esgotos (CHERNICHARO, 2007). Este equipamento é utilizado como
Digestão Anaeróbia, este Reator irá receber o efluente bruto, que ao passar pela manta de instalação e pouca manutenção e operação, já que o sistema funciona por gravidade, sem a unidade secundária do tratamento anaeróbio, em que o efluente, depois de passar pelo
lodo bacteriano localizada na zona inferior do equipamento (entrada), receberá ação de necessidade de motores elétricos. Mais simples que o sistema RAFA/FAFA, oferece um Reator, é direcionado a zona inferior do Filtro. O líquido passará por um meio filtrante, onde
bactérias anaeróbias que utilizarão a carga orgânica do esgoto como substrato para o seu excelente custo/benefício, além de elevada variação de volumes. será formado o biofilme bacteriano. As bactérias formadoras do biofilme irão consumir o
metabolismo e crescimento. A saída do efluente, mais líquido e clarificado, se dará pela Digestor Anaeróbio de Fluxo Ascendente (DAFA): tanque tronco-cônico fabricado em restante da carga orgânica e aumentar assim a eficiência do sistema.
zona superior do equipamento e deverá ser direcionado à entrada do FAFA. Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), composto pelos seguintes elementos: Tubo
Filtro Anaeróbio de Fluxo Ascendente (FAFA): tanque cilíndrico, fabricado em Plástico de Sucção, Tubo de Limpeza, Suspiro e Tampa de Inspeção. O equipamento consiste em um

Tabela de Medidas - RAFA/FAFA Tabela de Medidas - DAFA/FAFA


Número de Pessoas Atendidas / Modelos Número de Pessoas Atendidas / Modelos

Tipo de Empreendimento Contribuição 600 1.600 4.000 8.000 16.000 32.000 Tipo de Empreendimento Contribuição 3.000 5.000 7.000 10.000 15.000 20.000 25.000
(L/Pessoa/dia) (L/Pessoa/dia)

Residencial - Baixo Padrão 100 8 16 40 80 160 320 Residencial - Baixo Padrão 100 30 50 70 100 150 200 250
Residencial - Médio Padrão 130 4 12 30 60 120 245 Residencial - Médio Padrão 130 23 38 53 76 115 153 192
Residencial - Alto Padrão 160 3 10 25 50 100 200 Residencial - Alto Padrão 160 18 31 43 62 93 125 156
Hotéis (Exceto Cozinha) 100 6 16 40 80 160 320 Hotéis (Exceto Cozinha) 100 30 50 70 100 150 200 250
Alojamento Provisório 80 7 20 50 100 200 400 Alojamento Provisório 80 37 62 87 125 187 250 312
Fábrica em Geral 70 8 22 57 114 228 457 Fábrica em Geral 70 42 71 100 142 214 285 357
Comercial e Escolas 50 12 32 80 160 320 640 Comercial e Escolas 50 60 100 140 200 300 400 500
Restaurantes e Similares 25 24 64 160 320 640 1.280 Restaurantes e Similares 25 120 200 280 400 600 800 1.000
Diâmetro (m) 0,68 1,00 1,50 2,00 2,50 3,00 Diâmetro (m)  1,85 2,25 2,48 2,54 3,06 3,20 3,20
Comprimento (m) 1,50 1,69 1,93 2,35 3,25 4,25 Comprimento (m)  1,46 1,90 2,09 2,09 2,53 2,49 2,49
 Altura (m) 1,71 1,75 2,05 2,72 2,93 3,65 4,30
4
EQUIPAMENTOS PARA SISTEMAS INDUSTRIAIS

Decantador
Sobre o Produto primário ou físico-químico. O decantador é um equipamento geralmente utilizado nessa etapa, onde os sólidos floculados através da adição
São equipamentos utilizados para a separação de sólidos sedimentáveis dos mais variados tipos de efluente. Em águas residuárias que de produtos químicos irão sedimentar na parte cônica do tanque, sendo facilmente removidos.
contém elevada quantidade de partículas sólidas na sua composição, é necessária a sua remoção em uma etapa que se chama de tratamento

Funcionamento sistemas físico-químicos (adição de produtos químicos) ou em sistemas biológicos (floco equipamentos sem os itens descritos anteriormente. Modelos especiais, já contendo
O lodo (partículas sólidas) sedimentam na zona inferior do tanque (cone) e o efluente bacteriano). agitador ou outros componentes (para se trabalhar em batelada, por exemplo), com
clarificado segue seu fluxo, saindo do equipamento pela zona superior, através da calha O decantador completo e padrão é constituído com cone de 60° e é composto por escada, ângulos variados, podem ser constituídos sob encomenda, junto ao departamento Técnico
vertedoura. O equipamento pode ser utilizado para a sedimentação de sólidos gerados em calha vertedoura, distribuidor de fluxo e suporte para agitador. Podem ser adquiridos da empresa Bakof Tec.

Tabela de Medidas
Volume (L) Diâmetro (m) Altura (m)
2.500 1,50 2,20
5.000 2,00 2,65
7.500 2,00 2,25
10.000 2,50 3,15
15.000 2,50 4,05
20.000 3,00 4,20
25.000 3,00 4,80
5
EQUIPAMENTOS PARA SISTEMAS INDUSTRIAIS
Separador de Água e Óleo
Sobre o Produto
Fabricados em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), os separadores água/óleo são muito utilizados em oficinas mecânicas, postos de combustíveis, lavagem de veículos, entre outras situações, para efluentes que contem significativas quantidades de óleo em sua composição.
O equipamento tem como objetivo a separação do óleo e devendo haver posteriormente o tratamento completo dos efluentes gerados nos empreendimentos citados acima.

Funcionamento do óleo, podem ser utilizadas Placas Coalescentes nos separadores água/óleo, conforme encomenda. Essas placas fazem
O equipamento irá separar, por diferença de densidade, o óleo do efluente, permitindo que este seja removido e destinado com que as pequenas partículas de óleo se aglutinem e, com isso, formem partículas maiores, otimizando a flotação das
a local adequado. O efluente resultante, isento de óleo, poderá seguir para outras etapas do tratamento do mesmo ou ser mesmas e podendo-se reduzir assim o tempo de detenção hidráulica utilizado para o sistema.
descartado, dependendo de cada situação (exigência) em particular. Para aumentar a eficiência do sistema de separação

Tabela de Medidas
Volume (L) Comprimento (m) Largura (m) Altura (m)
500 1,52 0,99 0,56
1.000 1,90 1,23 0,70
2.000 2,10 1,05 1,10
3.000 2,22 1,19 1,25
4.000 2,70 1,35 1,25
6
EQUIPAMENTOS PARA SISTEMAS INDUSTRIAIS
Peneira Estática
Sobre o Produto
Assim como a Caixa de Gradeamento, a Peneira Estática também é utilizada para a remoção de sólidos grosseiros, de espessura menor do que aqueles separados pelo gradeamento. A espessura da
malha da peneira geralmente varia de 0,5 a 2 mm, dependendo da aplicação que se dará ao equipamento.

Funcionamento
Sua utilização é maior em sistemas de tratamento de efluentes industriais, como na indústria de bebidas, frigoríficos, laticínios, entre outros. A Peneira Estática é constituída em Plástico Reforçado com
Fibra de Vidro (P.R.F.V.) e contém uma malha trapezoidal que fará a separação dos sólidos. O objetivo do equipamento é a remoção de sólidos que eventualmente possam prejudicar o sistema de
bombeamento ou mesmo o sistema de tratamento de efluentes.

Tabela de Medidas Espessura da Tela (mm) / Vazão Máxima Atendida (m³/h)

Modelos 0,50 0,75 1,00 1,50 2,00


(Tamanho Tela em cm)

100x50 10 14 16 21 25
100x75 14 20 24 31 37
100x100 19 27 32 42 50
100x150 29 40 48 63 75

7
EQUIPAMENTOS PARA SISTEMAS INDUSTRIAIS
Flotadores
Sobre o Produto facilmente flotáveis. Também podem ser utilizados para águas residuárias com bastante turbidez, atuando como um equipamento voltado
Os flotadores são utilizados em sistemas de tratamento de efluentes também para a remoção de sólidos. Esses equipamentos são muito a uma maior clarificação da mesma.
difundidos principalmente para o tratamento de efluentes que possuem grande concentração de óleos ou graxas, já que esses compostos são

Funcionamento uma pá raspadora, tornando o líquido resultante do sistema mais clarificado, devido à remoção desses sólidos contidos
A lógica de seu funcionamento é a adição de produtos químicos (floculantes e coagulantes) que irão formar flocos dos no mesmo. Este equipamento tem uma excelente aplicação, principalmente em resíduos com elevado teor de gorduras,
sólidos contidos do efluente. Ao mesmo tempo são adicionados ao tanque, através de um sistema de aeração, micro-bo- como frigoríficos, laticínios, fábrica de sorvetes, cozinhas industriais etc.
lhas de ar que irão se agregar aos flocos e levá-los para a superfície do líquido. Os sólidos então são removidos através de

Tabela de Medidas
Volume (L) Diâmetro (m)  Altura (m) 
1.000 1,00 1,40
2.500 1,50 1,60
5.500 2,00 1,90
11.500 2,50 2,40
22.500 3,00 3,30
8
EQUIPAMENTOS PARA SISTEMAS INDUSTRIAIS
Tanques Misturadores
Sobre o Produto
Misturadores são geralmente utilizados, entre outras aplicações, em sistema físico-químico de sistemas de tratamento de efluentes, em processo de remoção de sólidos sedimentáveis.
Também podem ser utilizados para a mistura de líquidos diversos, ou solubilização de produtos sólidos.

Funcionamento floco de maior tamanho, facilitando a sedimentação. São fabricados em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.),
Nesses tanques geralmente são adicionados e misturados produtos químicos (floculantes e coagulantes) com o objetivo sendo as potências (CV) e rotações (rpm) dos motores utilizados definidas de acordo com cada projeto em especial. Os
de formar flocos que serão sedimentados posteriormente no decantador. Na agitação rápida as partículas se misturam Misturadores também são muito utilizados em indústrias para a mistura de matérias primas para constituição de
com a adição de coagulantes e na mistura lenta, as partículas coaguladas, com a adição de um floculante, irão formar um produtos variados. Abaixo segue tabela com os modelos disponíveis, podendo ser constituídos outros sob encomenda.

Tabela de Medidas

Volume (L) Diâmetro (m) Altura (m)


1.000 1,00 1,40
2.500 1,50 1,60
5.500 2,00 1,90
9
EQUIPAMENTOS PARA SISTEMAS INDUSTRIAIS

Calha Parshall
Sobre o Produto
As Calhas Parshall são equipamentos utilizados para a medição de vazão de afluentes e efluentes, ou seja, tanto na entrada como na saída de estações de tratamento. Fabricadas em Plástico Reforçado
com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), são disponibilizadas em diferentes tamanhos, atendendo diferentes vazões mínimas e máximas de trabalho.

Tabela de Medidas
Modelos Vazão Mínima Atendida*   Vazão Máxima Atendida* 
1" 0,09 5,00
3" 0,80 52,4
6" 1,40 110
9" 2,50 252
12" 3,10 456
*Litros/segundo

Quadro de Comando
Sobre o Produto
A Bakof Engenharia constitui quadros de comando para o acionamento e funcionamento automático das suas Estações de Tratamento de Efluentes, além de oferecer este produto para sistemas já
implantados e que possam passar por ações de otimização dos mesmos ou equipamentos diversos.

Funcionamento
Dispositivos eletrônicos de acionamento e proteção dos equipamentos elétricos utilizados em Estações de Tratamento de Efluentes (ETEs). Os quadros de comando tem como objetivo o funcionamento automático dos componentes eletrônicos
10 que fazem parte de uma ETE, como bombas hidráulicas, sopradores de ar, bombas dosadoras etc.
EQUIPAMENTOS PARA SISTEMAS INDUSTRIAIS
Filtros de Areia e Carvão
Sobre o Produto
Os filtros de areia e carvão são muito utilizados para o tratamento de água ou polimento de efluentes tratados. Sua principal ação é a remoção de materiais sólidos que ainda possam
persistir no efluente ou na água tratada, proporcionando uma maior qualidade do mesmo, devido à redução da turbidez. O filtro deve ser composto por camada de pedra brita, areia
grossa, areia fina e carvão ativado.

Funcionamento
O equipamento possui fluxo descendente, onde o líquido atinge primeiro o carvão e escoa para os demais elementos que compõem o filtro. O equipamento possui um dispositivo de retrolavagem, permitindo que o material filtrante possa ser
lavado e limpo, sem precisar realizar a sua substituição. A tabela abaixo apresenta alguns modelos disponíveis e suas respectivas dimensões:

Tabela de Medidas
Volume (L) Diâmetro (m) Altura (m)
1.000 1,00 1,40
2.500 1,50 1,60
5.500 2,00 1,90
11.500 2,50 2,40
11
EQUIPAMENTOS PARA SISTEMAS INDUSTRIAIS
Silos
Sobre o Produto
Os silos são equipamentos utilizados para o armazenamento de grãos ou rações que são utilizados em granjas agropecuárias.
Constituídos em fibra de vidro e com estrutura metálica, possuem elevada resistência às cargas aplicadas ao produto.

Funcionamento
São utilizados para armazenamento de ração e grãos e possuem vantagens com relação aos materiais convencionais, a exemplo de isotermia e minimização da condensação, inexistência de emendas, garantindo a estabilidade do produto contido nele, especialmente após limpezas.

12
Banheiro Seco e Úmido PROJETOS ESPECIAIS
Sobre o Produto alcançar uma cobertura mais ampla desse benefício é um grande desafio. - Áreas públicas deslocadas, a exemplo de parques e reservas.
Pelo impacto na qualidade de vida, na saúde, na educação, no trabalho e no ambiente, o - Nesse sentido, o público-alvo, bem como, passíveis de serem beneficiados com a instalação A população rural do Brasil é de cerca de 29,9 milhões de pessoas (em torno de 8,1 milhões
saneamento básico envolve a atuação de múltiplos agentes em uma ampla rede institucio- dos módulos sanitários em Polietileno são: de lares). Destes, 7,7 milhões de residências ainda não tem conexão com uma rede de
nal. O Brasil está marcado por uma grande desigualdade e por um grande déficit ao acesso, - Famílias residentes na zona rural esgoto. Em torno de 4 milhões de pessoas não tem nenhum acesso a instalações sanitárias.
principalmente em relação à coleta e tratamento de esgoto. Segundo dados do Sistema - Famílias de baixa renda residentes na periferia de municípios de pequeno, médio e grande As consequências desse fato são a ameaça de contaminações dos mais variados tipos,
Nacional de Informações em Saneamento, em 2006 o índice médio de atendimento urbano porte infecções, poluição ambiental (águas e solos), mal cheiro, entre outros problemas, além da
mostrava valores relativamente elevados, em termos de abastecimento de água, com média - Famílias de baixa renda sem acesso a rede de esgotamento sanitário própria dignidade humana.
nacional de 93,1%. Porém, em termos de esgotamento sanitário, o atendimento urbano - Comunidades indígenas sem sistema de higiene e saneamento Assim, tanto o banheiro seco quanto o banheiro úmido, visam a atender uma demanda de
com coleta era muito escasso, tendo um índice médio nacional de 48,3% e um índice médio - Comunidades ribeirinhas sem acesso à sistemas de higiene e rede de esgotamento saneamento em áreas isoladas ou de difícil ligação com a rede pública de esgoto, visando
nacional de apenas 32,2% para o tratamento desse esgoto coletado. Destaca-se que, em sanitário proporcionar uma maior qualidade de vida às populações que vivem nesses locais.
relação ao atendimento à população de baixa renda, o índice ainda é mais inadequado e - Famílias participantes de programas sociais governamentais

Funcionamento nenhuma utilização de água, portanto ele é composto apenas por um vaso c) vida útil aproximada de 50 anos, com um custo/benefício adequado
Banheiro Úmido: A nível do usuário, o funcionamento é sanitário na sua parte interna. Os dejetos são tratados por um sistema comparado às alternativas tecnológicas disponíveis
muito parecido com um sanitário convencional, sendo que o módulo é semelhante à compostagem, com dispositivo de exaustão dos gases gerados. É d) geração de emprego e renda na produção e fabricação
composto por chuveiro, vaso sanitário e pia. O chuveiro será utilizado para o a solução ideal em locais com pouca disponibilidade de água, como é o caso da e) agilidade e versatilidade na produção e instalação, proporcionando um
banho, a pia para a lavagem de mãos, rosto e escovação de dentes e o sanitário Região Nordeste do Brasil. ciclo curto e rápido atendimento das demandas sociais
para as necessidades fisiológicas. Toda a água a ser utilizada no módulo a) solução tecnológica que apresenta maior rapidez na instalação, proporcio- As vantagens do uso do módulo sanitário são:
sanitário virá de um reservatório localizado sobre o teto do mesmo, que será nando um benefício mais rápido às famílias que o utilizarão - Solução sustentável para o saneamento descentral de unidades familiares
suprido através da rede pública de abastecimento, água da chuva ou outra b) o polietileno é um material de alta resistência, durabilidade, não tóxico, - Promover as condições mínimas para higiene da população de baixa renda
fonte disponível. Todos os resíduos líquidos gerados nos processos de higiene, inodoro e impermeável, com proteção contra os raios ultravioleta, tendo sido - Sem contaminação de solo ou aquíferos
serão destinados ao sistema de tratamento de efluentes sanitários, que será aplicado em sistemas de adutoras, regido a níveis elevados de pressão, com - Redução da carga orgânica (pelo sistema de tratamento) de até 80 %
composto por um Multi Biodigestor Bakof Tec. O efluente tratado poderá ser excelente funcionalidade, bem como em sistemas de reservatórios de armaze- - Manutenção pode ser realizada pelo usuário sem necessidade de conheci-
infiltrado no solo através de um sumidouro ou vala de infiltração. namento de água como alternativa tecnológica a outros tipos de materiais já mentos especiais e sem risco sanitários
Banheiro Seco: Justificativas técnicas: Nesse sistema não há consagrados na construção civil - Elevado conforto térmico devido a sistema de ventilação 13
Projetos Especiais
Produtos sob encomenda (B2B e B2C)
Sobre o Produto Esses produtos especiais podem ser constituídos tanto em P.R.F.V. (Plástico Reforçado com Fibra de Vidro), como em PE (Polietileno). Para
Além das suas diversas soluções, a empresa Bakof Tec desenvolve projetos e produtos sob encomenda, direcionados a atividades distintas. atender a indústria de implementos agrícolas, destacam-se produtos em polietileno.
Contando com uma equipe de desenvolvimento, é possível constituir produtos especiais para serem aplicados em uma situação determinada.

Funcionamento
De acordo com cada projeto e das especificações do solicitante.

Produtos para Aquaponia


Sobre o Produto espécie de filtro, fazendo com que a água, agora filtrada, retorne para o mesmo reservatório onde estão os peixes, ou seja, é um sistema de
A Aquaponia é o sistema que une a produção de peixes e plantas na mesma estrutura. Em um reservatório são produzidos os peixes e seus ciclo fechado. Os produtos Bakof que podem ser utilizados nesse tipo de sistema são as caixas auto-limpantes, os reatores anaeróbios e os
resíduos são utilizados como nutrientes para as plantas. As plantas e o material de suporte das mesmas (substrato) servirão como uma filtros.

Funcionamento plantas. Os reatores anaeróbios podem ser utilizados para um tratamento microbiana que se forma no fundo desses reatores. Já os filtros biológicos
As caixas auto-limpantes são reservatórios em fibra de vidro, com fundo prévio dos resíduos antes de servirem de adubo para as plantas, pois nesse também atuam na transformação da matéria orgânica e disponibilização
côncavo e saída no fundo da caixa. Dessa maneira os resíduos sólidos equipamento há transformação da matéria orgânica bruta em componen- de nutrientes para as plantas, porém, diferente dos reatores anaeróbios,
orindos dos peixes sedimentam e podem ser removidos com maior facilida- tes que são utilizados como nutrientes pelas plantas, a exemplo de nitrogê- através da formação de biofilme bacteriano que cresce no material utilizado
14 de, sendo essa matéria orgânica utilizada de forma mais concentrada pelas nio e fósforo, através da atuação de um lodo denso e com elevada atividade como meio suporte.
Projetos Especiais
Caixas de Peixe
Sobre o Produto
As Caixas Térmicas para transporte de peixe vivo Bakof Tec são fabricadas P.R.F.V. (Plástico Reforçado com Fibra de Vidro), com paredes duplas que possuem gel coat interna e externamente, para maior proteção e durabilidade do produto. Entre as duas paredes é feito o enchimento com
Poliuretano expandido para conservação térmica. Toda a estrutura do equipamento é reforçada com tubos metálicos 30 x 30 mm em aço 1020.

Funcionamento - Engate para calha de descarga


As Caixas Térmicas Bakof Tec são composta de: - Conexão inferior de 60 mm com peneira na saída de água
- Tampa superior de inspeção e abastecimento (800 x 800 mm) - Suportes para fixação na plataforma da carroceria do caminhão
- Comporta com abertura rápida na parte frontal (350 x 300 mm)

Tabela de Medidas
  Volumes (L) Comprimento (m)  Largura (m)  Altura (m) Capacidade de Carga
(kg de peixe)

1.000 1,13 1,23 1,10 350


2.000 2,26 1,23 1,10 700
3.000 2,26 1,23 1,45 950

15
Projetos Especiais

Flutuadores
Sobre o Produto
A Bakof Engenharia é fabricante de flutuadores em PE (Polietileno) de vários formatos, tamanhos e cores, para diversas finalidades como long line, maricultura, sinalização e flutuadores para tanque de rede.

Funcionamento
Produzidas em material 100% virgem e proteção anti UV, possuem reforços nos pontos de amarração e abrasão, o que assegura sua extrema durabilidade, para atender as condições exigidas por muitos anos.

Tabela de Medidas
Modelos  Volume (L) Diâmetro (m) Comprimento (m) Altura (cm)
FLB36-0 24 0,36 - -
FLB36-02 24 0,36 - -
FLB50200 380 0,50 2,00 -
FLB100150 1.000 1,00 1,50 -
FLB50120-H 120 0,50 - 1,20
FLB6060-0 140 0,60 0,60 -
FLB6060 140 0,60 0,60 -
FLB6090 230 0,60 0,90 -
16
Projetos Especiais

Filamento
Sobre o Produto condições de uso, para uma grande variedade de ambiente desde água até ácidos corrosivos resistência às cargas aplicadas ao equipamento. Podem ser utilizados para o armazenamen-
Estruturas cilíndricas de fiberglass podem ser produzidas em diâmetros desde alguns em altas temperaturas. O processo de filamento é aplicado para a fabricação de tanques em to de água, como corpo de estação de tratamento de efluentes e armazenagem de produtos
centímetros até 3,5 m, em várias cores e composições, visando satisfazer as diversas fibra de vidro de diversos diâmetros, conferindo ao produto elevada qualidade e nível de líquidos diversos, desde que especificado e aplicados materiais adequados para tal.

Funcionamento
No processo de filamento, as fibras contínuas sob a forma de diversos fios paralelos (roving) são enroladas segundo um eixo de passo regulável em um mandril rotatório. Estas fibras de reforço são enroladas impregnadas em resina. O ângulo de enrolamento pode ser controlado pela
conjugação definida para a obtenção das características mecânicas do projeto.

17
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES

Caixas de Gradeamento
Sobre o Produto
A unidade de Gradeamento é constituída em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.) e contém uma grade que pode variar o espaçamento entre elas, de acordo com a aplicação, entre 5 e 10 mm.

Funcionamento
É um equipamento utilizado para reter sólidos grosseiros, de maior espessura, como pedaços de plástico, papel, metais ou madeiras, que possam prejudicar o sistema de bombeamento ou mesmo o sistema biológico de tratamento de efluentes.

Tabela de Medidas

Volume ( L) Diâmetro (m) Comprimento (m)  Largura (m) Altura (m) 

500 - 1,52 0,99 0,56


1.000 - 1,90 1,23 0,94
2.500 - 2,60 1,05 1,10
4.000 - 4,00 1,05 1,10

18
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES
Caixa Cloradora
Sobre o Produto
Os Cloradores são equipamentos utilizados para a desinfecção do efluente final tratado, ou seja, a eliminação de qualquer tipo de micro-organismo, seja patogênico ou não, através da ação de cloro,
conhecido agente antimicrobiano.

Funcionamento
No equipamento são adicionadas pastilhas de cloro, similar às utilizadas em piscinas. O efluente entra em contato com o cloro das pastilhas e fica armazenado por um determinado tempo no tanque
(geralmente de 30 minutos, no mínimo), para que haja período de contato e consequentemente a morte das células microbianas.

Tabela de Medidas
 Volume (L) Diâmetro Superior (m)  Diâmetro Inferior (m) Altura (m)
50 0,45 0,31 0,60
100 0,52 0,48 0,65
400 0,68 - 0,90
600 0,68 - 1,15
1.000 1,00 - 1,30
2.200 1,50 - 1,40

19
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES
Elevatória/Equalização de Efluentes
Sobre o Produto Elevatórias deverão ser utilizadas após os sistemas preliminares, como gradeamento ou dentro da indústria, com pH diferenciados. Em determinados casos é possível (e às vezes
As Elevatórias de efluentes são utilizadas para o recalque do efluente bruto quando há peneiramento, por exemplo, para que os sólidos grosseiros não danifiquem as bombas necessária) a utilização de sistemas de misturas do líquidos, através da utilização de
pouca declividade no terreno em que a Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) será hidráulicas. Esses tanques também podem ser utilizados para a equalização (homogeneiza- misturadores mecânicos ou mesmo as bombas hidráulicas submersas utilizadas na Elevató-
implantada ou quando se pretende manter uma vazão constante de efluente para a ETE ção) do efluente e eventual correção de pH. Essa estratégia é mais utilizada em sistemas de ria.
através da utilização de bombas hidráulicas. Em sistemas de tratamento de efluentes, as tratamento de efluentes industriais, já que estes recebem efluentes de diversas fontes de

Funcionamento industriais, há a entrada de efluentes no sistema de tratamento oriundos de várias fontes e mento, através da utilização de sensores e agitadores. Tanto as bombas hidráulicas como os
Esses equipamentos são importantes para equalizar e manter a vazão constante dos com características distintas. Assim, é necessário que essas águas residuárias sejam demais equipamentos citados anteriormente, deverão ser definidos de acordo com cada
efluentes destinados às outras etapas do sistema de tratamento. Os tanques recebem as homogeneizadas para que ocorra, principalmente, a neutralização do pH. Em alguns casos, projeto, devido à grande variabilidade de vazões e características de cada tipo de efluente
águas residuárias após passarem por sistemas preliminares, como gradeamento ou quando há grandes variações no pH do efluente, este precisa ser corrigido com a adição de em que as unidades poderão ser utilizadas. Abaixo seguem tabelas com modelos disponí-
peneiramento e os bombeiam para as outras etapas do sistema de tratamento. Em sistema ácidos ou bases e essa ação geralmente é realizada nesse tanque de equalização e bombea- veis: Tronco Cônico e Cilíndrico.

Tabela de Medidas - Modelo Vertical Tabela de Medidas - Modelo Horizontal


Volume (L) Diâmetro (m)  Altura (m) Volume (L) Diâmetro (m)  Altura (m)
3.000 1,85 1,71 10.000 1,92 5,20
5.000 2,25 1,75 15.000 2,50 3,84
7.500 2,48 2,17 20.000 2,50 4,83
10.000 2,54 2,72 25.000 2,50 5,85
12.000 3,04 2,40 30.000 3,00 5,13
15.000 3,06 2,93 35.000 3,00 5,84
20.000 3,20 3,65 40.000 3,00 6,55
25.000 3,20 4,30 45.000 3,00 7,25
20
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES
Caixa de Gordura
Sobre o Produto
As Caixas de Gordura fabricadas em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.) e Polietileno são utilizadas para a remoção de materiais lipídicos do efluente bruto. Nesse equipamento não há a
remoção automática do material sobrenadante e sim o acúmulo desses materiais, que deverão ser removidos manualmente, periodicamente e destinados a locais adequados.

Funcionamento
É um equipamento bastante utilizado, assim como a caixa de gradeamento, como tratamento preliminar em estações de tratamento de efluentes sanitários que tenham contribuição de efluentes gerados em cozinhas ou refeitórios (fábricas, hotéis, hospitais, por exemplo).

Tabela de Medidas - Fibra de Vidro


Volume (L) Comprimento (m)  Largura (m) Altura (m)
1.000 1,50 1,10 0,75
2.500 2,20 1,05 1,10
4.000 4,00 1,05 1,10
* Outros volumes sob encomenda.

Tabela de Medidas - Polietileno


Volume (L) Diâmetro (m)  Tampa (m) Altura (m)
18 0,30 0,36 x 0,36 0,37
25 0,34 0,40 x 0,40 0,50
21
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES
Adensador de Lodo
Sobre o Produto
Adensadores de Lodo são utilizados para a compactação do lodo biológico gerado em excesso em Sistemas de Tratamento de Efluentes Aeróbios (lodo ativado).

Adesador

Funcionamento
O lodo depositado no Adensador irá sedimentar e compactar, sendo posteriormente removido e destinado para locais adequados. Os Reatores e Digestores Anaeróbios são utilizados como Adensadores de Lodo, promovendo uma vantagem significativa que é a estabilização do lodo,
permitindo, em determinadas situações, com as devidas autorizações, que o mesmo seja utilizado em solo agrícola.

Tabela de Medidas - Modelo Cilíndrico Tabela de Medidas - Modelo Tronco - Cônico


Diâmetro Diâmetro
 Volume (L) Diâmetro (m)  Altura (m)  Volume (L) Superior (m)  Inferior (m)  Altura (m)

400 0,68 1,50 3.000 1,85 1,43 1,71


1.000 1,00 1,69 5.000 2,25 1,90 1,75
2.650 1,50 1,93 10.000 2,54 2,09 2,72
5.300 2,00 2,35 15.000 3,06 2,53 2,93
10.700 2,50 3,25 20.000 3,20 2,49 3,65
21.300 3,00 4,25 25.000 3,20 2,49 4,30
22
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES
Desinfecção UV
Sobre o Produto
Os Filtros UV (ultra-violeta) são equipamentos utilizados para a desinfecção do efluente final tratado, ou seja, a eliminação de qualquer tipo de micro-organismos, seja patogênico ou não, através da
ação de raios ultra-violeta, conhecido agente antimicrobiano.

Funcionamento manutenção, já que não é necessária a adição periódica de cloro ou outro agente antimicrobiano. Além disso, por se
O equipamento é composto por um tubo de passagem que contém uma lâmpada germicida UV. O efluente entra em tratar de processo físico (ação da luz), não deixa resíduos no efluente final, proporcionando uma maior segurança
contato com os raios UV que eliminarão as células microbianas contidas no mesmo. Além de uma maior eficiência na ambiental.
desinfecção, quando comparado ao clorador, por exemplo, os filtro UV possuem maior facilidade de operação e

Tabela de Medidas
Modelo Vazão (L/h) Comprimento (m)  Largura (m)  Altura (m) 
600/18W 10.000 0,63 0,28 0,65
900/30W 15.000 0,93 0,28 0,65
1.200/75W 20.000 1,25 0,28 0,65
23
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES
Poço de Inspeção (PI)
Sobre o Produto pluvial. O PI Bakof Tec tem facilidade de ancoragem, resistência ao colapso, elevada · Aumentos de altura com diversos comprimentos
O Poço de Inspeção (PI) é fabricado em P.E.M.D. (polietileno de média densidade), através do resistência química e mecânica em comparação ao concreto, além de uma excelente · Bases com 3 entradas e 1 saída
processo de rotomoldagem, é um produto totalmente estanque para altos níveis do lençol resistência à temperatura possuindo os seguintes elementos: · Cone de saída excêntrico, facilitando o escoamento total
freático, evita também infiltrações para que seja somente tratado o esgoto e não água · Caixas com ø 600 mm, 800 mm e 1.000 mm com ligações em ø 100 e 150 mm

Funcionamento dimensionados para serem empregados com tubos de PVC conforme NBR · Facilidade de manuseamento, transporte e instalação
Esta especificação fixa as condições mínimas exigíveis para aquisição e 7362. · Capacidade de escoamento
recebimento de Poço de Inspeção (PI) de diâmetro interno de 600 mm e · Sistema totalmente estanque
instalado até 1,50 m de profundidade, fabricado em polietileno (PE) para uso Características · Baixo peso
em redes coletoras de esgoto enterradas, não pressurizadas. Os poços de visita · Coletores de rede de esgoto domésticos e descargas industriais · Redução do custo de instalação
e de inspeção em polietileno fabricados de acordo com essa especificação são · Profundidade de instalação de acordo com necessidades

Tabela de Medidas

Modelo  Diâmetro (m) Altura (m) Entrada (mm) Saída (mm)

PI 600 X 1500 0,60 1,50 100 a 150 100 a 150

24
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES
Caixa de Inspeção
Sobre o Produto antes que ele seja despejado na rede pública. Atente a NBR 8160. · Caixa de passagem e inspeção 100 mm: 01 saída de 100 mm e 03 entradas de 100 mm,
As Caixas de Inspeção Bakof Tec são caixas enterradas nos pontos de mudança de direção de Para melhor funcionalidade, as Caixas de Inspeção, possuem três modelos de utilização residencial
uma canalização de esgotos ou águas pluviais, ou em ambos trechos intensos da mesma. tampas, as quais podem ser adquiridas separadamente. (Tampa Pluvial, Tampa Quadrada e · Caixa de passagem e inspeção 150 mm: 01 saída de 150 mm e 03 entradas de 100 mm a
Permite o acesso para limpeza e inspeção de todo o efluente que desce pela tubulação antes Tampa Redonda). 150 mm, utilização residencial ou industrial, produto sem similar no mercado
de ser lançado no sistema que é administrado pela concessionária de água e esgoto. Servem Para facilitar o acesso de manutenção e inspeção, a Bakof Tec conta com dois
para inspecionar, ou seja, verificar qualquer problema ou obstrução no caminho do esgoto modelos de prolongadores.

Funcionamento · Facilidade de manuseamento, transporte e instalação


São estruturas complementares das redes de esgoto, que são posicionadas em pontos em que houver interligação de trechos, mudanças de · Excelente capacidade de escoamento
diâmetro de tubulações, de nível ou de direção. · Sistema totalmente estanque
Características : · Redução do custo de instalação
· Facilidade para mudanças de declividade e/ou direção da tubulação

Tabela de Medidas

Modelo Diâmetro (m)  Altura (m) Diâmetro Tampa (m) Anel (mm) Prolongador (m)

150 mm 0,60 0,42 0,35 100 ou 150 mm 0,50

25
EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES
Poço de Visita (PV)
Sobre o Produto facilidade de ancoragem, resistência ao colapso, elevada resistência química e mecânica em · Bases com 5 entradas e 1 saída
O Poço de Visita (PV) é fabricado em P.E. (polietileno), através do processo de Rotomolda- comparação ao concreto, além de uma excelente resistência à temperatura possuindo os · Aumentos de altura com diversos comprimentos
gem. É um produto totalmente estanque para altos níveis do lençol freático, evita também seguintes elementos: · Cone de saída excêntrico, facilitando o escoamento total
infiltrações para que seja somente tratado o esgoto e não água pluvial. O PV Bakof Tec tem · Caixas com ø 800 mm e 1.000 mm com ligações em ø 100 a 250 mm

Funcionamento Características
Esta especificação fixa as condições mínimas exigíveis para aquisição e recebimento · Coletores de rede de esgoto domésticos e descargas industriais
de Poços de Visita (PV) de diâmetro interno de 800 e 1.000 mm instalados ate 4,00 m · Capacidade de escoamento
de profundidade e poços de inspeção (PI) de diâmetro interno de 600 mm e instalado · Sistema totalmente estanque
ate 1,60 m de profundidade, fabricado em polietileno (PE) para uso em redes · Profundidade de instalação de acordo com necessidades
coletoras de esgoto enterradas, não pressurizadas. Os poços de visita e de inspeção · Baixo peso
em polietileno fabricados de acordo com essa especificação são dimensionados para · Facilidade de manuseamento, transporte e instalação
serem empregados com tubos de PVC conforme NBR 7362. · Redução do custo de instalação

Tabela de Medidas
Modelos (mm) Diâmetro A (m) Diâmetro B (m)  Altura (m)
PV 800 x 1300 0,64 0,64 1,30
PV 800 x 1600 0,98 0,98 1,60
26 PV 800 x 2500 0,64 0,80 2,50
Trabalhando
Por um mundo
melhor
Frederico Westphalen - RS
www.bakofengenharia.com.br
Campo Grande - MS
facebook/bakoftec
Joinville - SC
Tauá - CE 55 3744 9900