Anda di halaman 1dari 3

Autor: Elias Mansur Neto

Março/2013

COMO RECONHECER UM MAÇOM

Na nossa vida maçônica sempre surge a seguinte questão: como podemos


identificar um maçom?

Sempre que visitamos outra Loja, onde não somos conhecidos, ou quando
estamos em outra cidade e precisamos conversar com alguém que sabemos, de
antemão, tratar-se de um maçom, precisamos provar por Toques, Sinais e/ou
Palavras que somos maçons.

Esta é uma questão de fundamental importância para todos nós. Por esta razão,
precisamos estar bastante seguros de que esses Toques, Sinais, Palavras ou
modos de reconhecimento estão sendo feitos corretamente. Assim, precisamos
treinar bastante para não nos esquecermos de fazer exatamente o que
aprendemos em Loja.

Além disto, desde os tempos da maçonaria operativa, anterior a 1717, os maçons


do mundo inteiro são identificados por Toques, Sinais e Palavras (TSP), já que
estes são a nossa única garantia de que a outra pessoa, com a qual precisamos
conversar, é maçom e foi iniciada em uma Loja Regular.

É importante ressaltar que devemos estar afinados com os TSP para que
possamos ser reconhecidos como maçons. O que atesta nossa condição de
maçom não é o fato de sermos oriundos desta ou daquela Loja ou Potência, mas
os Modos de Reconhecimento que somente um maçom regular, iniciado em uma
Loja Regular, pode saber.

A importância desta questão é tanta que a GRANDE LOJA UNIDA DA


INGLATERRA (GLUI) faz questão de divulgá-la não somente para o mundo
maçônico, mas também para os não maçons.
Autor: Elias Mansur Neto
Março/2013

Prova do que acabamos de afirmar é que a GLUI vende para os turistas que
visitam suas dependências em Londres o “Livreto” que aqui apresentamos:

Capa do Livreto vendido aos turistas que visitam as dependências da Grande Loja Unida da Inglaterra (GLUI),
em Londres.

Trata-se de uma pequena publicação com perguntas e respostas, conforme


demonstrado em sua segunda página, que reproduzimos e traduzimos a seguir.
Autor: Elias Mansur Neto
Março/2013

Página 2 do Livreto de perguntas e respostas, vendido aos turistas que visitam as dependências do GLUI, em
Londres.

Nada poderia ser mais claro do que as informações contidas nas letras Q
(Question = Pergunta) e A (Answer = Resposta) da página 2 exibida acima:

Q – Quais são os segredos da Maçonaria?


A – Os segredos da maçonaria são os tradicionais modos de reconhecimento, os
quais não são usados indiscriminadamente, mas somente como uma maneira de
alguém se identificar como maçom, por exemplo, quando um outro maçom visita
uma outra loja onde ele não é conhecido.

Desta forma, precisamos ter em mente que OS VERDADEIROS MAÇONS DEVEM


ESTUDAR, TREINAR E ESTAR DISPOSTOS A SE SUBMETER ÀS PROVAS
NECESSÁRIAS, GUARDANDO ESTES SEGREDOS COM RIGOR E HONRADEZ, POIS É O
USO CORRETO DOS TOQUES SINAIS E PALAVRAS QUE ATESTAM QUE VOCÊ É
MAÇOM, E NÃO A SUA LOJA OU POTÊNCIA DE ORIGEM.