Anda di halaman 1dari 4

Referências

Patrimônio, Compartilhamento, Guerreiro, Fotografia,

ABREU, Regina. Patrimônios etnográficos e museus: uma visão antropológica. In: E o


patrimônio? Vera Dodebei e Regina Abreu (orgs.). Rio de Janeiro:
Contracapa/Programade Pós-Graduação em Memória Social da UniversidadeFederal do
Estado do Rio de Janeiro,2008.

CASTRO, Celso. Pesquisando arquivos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. 64 p, 2008.

CAVALCANTI, Maria Laura Viveiros de Castro. Os estudos de Folclore no Brasil com


Myriam Lins de Barros, Luiz Rodolfo da Paixão Vilhena, Silvana Miceli de Araújo e
Marina Mello e Souza. In: Reconhecimentos Antropologia, folclore e cultura popular.
Rio de janeiro, Aeroplano, 2012.

CAVALCANTI, Maria Laura Viveiros de Castro. Cultura e saber do povo: uma


perspectiva antropológica. Revista Tempo Brasileiro. Patrimônio Imaterial. Org.
Londres, Cecília. Out-Dez, n °147. pp. 69-78. Rio de Janeiro: Ed. Tempo Brasileiro, 2001.

CHAVES, Julio César. Uma Biografia Cultural da Sala Fé da Exposição de Longa


Duração do Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore - Ensaio de Museologia
Etnográfica. Dissertação de Mestrado em Antropologia Social. Universidade de Coimbra,
2015.

HUYSSEN, Andreas. Seduzidos pela Memória: arquitetura, monumentos, mídia. Rio


de Janeiro: Aeroplano, 2000.

KOSSOY, Boris. Fotografia e História. 5 ed. – São Paulo: Ateliê Editorial, 2014.

PINHEIRO, Bruno. As representações das tradições populares na revista O Cruzeiro,


1946-1951 In: XXVIII Simpósio Nacional de História, 2015, Florianópolis. Anais
Eletrônicos do XXVIII Simpósio Nacional de História, 2015.

PORTO, Nuno. “Para uma museologia do Sul Global: multiversidade, descolonização e


indigenização dos museus”. Revista Mundaú, PPGAS/UFAL. (No prelo, 2016).

RIAL, Carmen Silvia de Moraes. Roubar a alma: ou as dificuldades da restituição.


Tessituras, Pelotas, v. 2, n. 2, p. 201-212, jul./dez. 2014.

VALE, Alexandre Fleming Câmara. Por uma estética da restituição: notas sobre o uso do
vídeo na pesquisa antropológica. Tessituras, Pelotas, v. 2, n. 2, p. 162-200, jul./dez. 2014.

VELTHEM, Lucia Hussak van. O objeto etnográfico é irredutível? Pistas sobre novos
sentidos e análises. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v.
7, n. 1, p. 51-66, jan.-abr. 2012

BRANDÃO, Théo. O Reisado in Folguedos Natalinos. Universidade Federal de


Alagoas; Museu Théo Brandão, 2003.
BRANDÃO, Théo. O Guerreiro in Folguedos Natalinos. Universidade Federal de
Alagoas; Museu Théo Brandão, 2003.

OLIVEIRA, Renata Cruz. Fotografia, Memória e Identidade: Os Álbuns da Família


Lima. Dissertação de Mestrado em Comunicação. Niterói: Programa de Pós-graduação
em Comunicação, Instituto de Artes e Comunicação Social, Universidade Federal
Fluminense, 2007.

GONÇALVES, José Reginaldo. “Ressonância, materialidade e subjetividade: as culturas


como patrimônio”. Horizontes antropológicos, vol. 11, n. 23, Porto Alegre, ano 11, n.
23, 2005, pp. 15-36

INGOLD, Tim. Trazendo as coisas de volta à vida: Emaranhados criativos num


mundo de materiais. Horizontes antropológicos

SILVEIRA, Flavio Leonel; LIMA FILHO, Manuel. “Por uma antropologia do objeto
documental: entre a ‘alma nas coisas’ e a coisificação do objeto”. Horizontes
Antropológicos, Porto Alegre, ano 11, nº 23, 2005, pp. 37-50

HALBWACHS, M. A memória coletiva.

HUYSSEN, Andreas. Seduzidos pela Memória: Arquitetura, Monumentos, Mídia.


Rio de Janeiro: Aeroplano, 2000

BRANDÃO, Théo. O reisado alagoano. Maceió, EDUFAL, 2007. 230p

DODEBEI, Vera. Marcel Gautherot e o Patrimônio Cultural Brasileiro. Congresso


Internacional Interdisciplinar em Sociais e Humanidades. Niterói RJ: ANINTER-SH/
PPGSD-UFF, 03 a 06 de Setembro de 2012, ISSN

SANTOS, Eunice Ribeiro dos. Pierre Verger: O Fotógrafo da Cultura Popular


Influências Estéticas e Estilos. VI Enecult, 25 a 27 de maio de 2010 – Facom-UFBa –
Salvador-Bahia-Brasil.

SANTOS, Lisandra Pereira dos. O Chapéu de Guerreiro e Seus Circuitos: um estudo


etnográfico sobre objetos materiais a partir do Campeão do Trenado. Artigo final do
Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Antropologia. Alagoas, 2014.

SILVA, Cláudio Antônio Santos da. O Guerreiro Alagoano e suas Matrizes Estéticas,
Figuras, Figurantes e Figurações. In:O Guerreiro Alagoano: Corpo e Pedagogia
Multirreferencial. Dissertação de Mestrado. Salvador, 2015.

SCHOENI, Dominique. Encenar os saberes etnográficos: perspectivas museológicas


sobre mídias digitais e exposição. Tessituras, Pelotas, v. 2, n. 2, p. 86-113, jul./dez. 2014.

PORTO, Nuno. Picturing the museum: photography and the work of mediation in
the Third Portuguese Empire. Focaal nº34, 1999, pp. 41-57.

____________. “Para uma museologia do Sul Global: multiversidade, descolonização e


indigenização dos museus”. Revista Mundaú, PPGAS/UFAL. (No prelo, 2016).
CAVALCANTI, Maria Laura Viveiros de Castro. “Cultura e saber do povo: uma
perspectiva antropológica”. In: LONDRES, Cecília (org). Revista Tempo Brasileiro.
Patrimônio Imaterial. Out-Dez, n °147. pp. 69-78.Rio de Janeiro, 2001.

RIOS, Fábio Daniel. “Memória Coletiva e lembranças individuais a partir das


perspectivas de Maurice Halbwachs, Michael Pollak e Beatriz Sarlo” in
INTRATEXTOS. Rio de Janeiro: 5(1): 1-22, 2013, pp. 1-20.

POLLAK, Michael. “Memória, Esquecimento, Silêncio” in Revista Estudos Históricos.


Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, 1989, pp. 3-15.

POLLAK, Michael. Memoria E Identidade Social. Revista Estudos Históricos, Rio de


Janeiro., vai. S. o. lO, 1992, p. 200-212.

BURKE, Peter. “Prólogo”, “Introdução a Esta Edição” e Parte 1 – Em Busca da Cultura


Popular, item 1. “A Descoberta do Povo” in A Cultura Popular na Idade Moderna –
Europa, 1500-1800. São Paulo: Cia. das Letras, 1989.

MACHADO, Arlindo. 1984. A Ilusão Especular -introdução à fotografia. São Paulo:


Brasiliense/FUNARTE

Henriques, Rosali; Dodebei, Vera. Os museus e os novos patrimônios. Anais do XXVI


Simpósio Nacional de História – ANPUH • São Paulo, julho 2011.

Revisão – Projeto

BARBOSA, Marina Vasconcelos. Fotografia: a arte da integração. 2009. 88 f.


Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São
Paulo, São Paulo, 2009.

BROEKHOVEN, Laura Van; FRANÇOZO, Mariana; GARCÉS, Claudia Leonor López;


KA’APOR, Valdemar. Conversações desassossegadas: diálogos sobre coleções
etnográficas com o povo indígena Ka’apor.

CESCHIN, Luciana. Acervos Digitais, Memória E Patrimônio: Discursos, técnicas e


tecnologias no processo de musealização do Acervo Bar Ocidente em Porto Alegre/
RS. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Tecnologia da
Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 2015.

DEVOS, Rafael Victorino; FÜRBRINGER Nádia Philippsen. “Recolecionando imagens


da pesquisa etnográfica: redes de memória, hipermídia e antropologia visual”.
Antropologia em primeira mão / PPGAS, UFSC. Florianópolis: UFSC / Programa de
Pós-Graduação em Antropologia Social, 2011 - v.135.

FRANÇOZO, Mariana; VAN BROEKHOVEN, Laura. Dossiê “Patrimônio indígena e


coleções etnográficas”. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas,
Belém, v. 12, n. 3, p. 709-711, set.-dez. 2017.
FÜRBRINGER, Nádia Philippsen. Coleções Etnográficas: Objetos, Fotografias e
Registros de Campo. Novas Articulações e Ressignificações. Dissertação de Mestrado
em Antropologia Social. Universidade Federal de Santa Catarina, 2013.

HEDLUND, Dhion Carlos. O patrimônio fotográfico de Santa Maria em ambiente digital.


Dissertação de mestrado. Universidade Federal de Santa Maria, RS, 2014.

MACALOSSI, Ângela Marina. Fotografia E Memória: O Acervo Inah Emil


Martensen nas Décadas 1940- 1950. Dissertação de Mestrado. Pós-Graduação em
Memória Social e
Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, 2012.

MAIA, Kauê Oliveira. Fotografia e Cultura Popular: Um Estudo Antropológico do


Acervo Fotográfico do Museu Théo Brandão. Trabalho de Conclusão de Curso em
Ciências Socais. Universidade Federal de Alagoas, 2011.

MONTONE, Annelise Costa. Representações da vida feminina em um acervo de


imagens fotográficas do Museu da Baronesa, Pelotas/RS: 1880 a 1950. Dissertação
(Mestrado em Memória Social e Patrimônio Cultural) – Programa de Pós-Graduação.
Instituto de Ciências Humanas. Universidade Federal de Pelotas, 2011.

MAIA, Kauê Oliveira. Fotografia e Cultura Popular: Um Estudo Antropológico do


Acervo Fotográfico do Museu Théo Brandão. Trabalho de Conclusão de Curso em
Ciências Socais. Universidade Federal de Alagoas, 2011
PEIXOTO, José Adelson Lopes. Memórias e imagens em confronto: os Xucuru-Kariri
nos acervos de Luiz Torres e Lenoir Tibiriçá / José Adelson Lopes Peixoto. João
Pessoa, 2013. Dissertação (Mestrado) – UFPB/CCAE-CCHL.

ROCHA, Ana Luiza Carvalho da; ECKERT, Cornelia. Etnografia com imagens:
práticas de restituição. Tessituras, Pelotas, v. 2, n. 2, p. 11-43, jul./dez. 2014.

RIZZI, Iuri Rocio Franco. O Processo de Institucionalização do Acervos Documentais


do Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore. Trabalho de Conclusão de Curso
de Especialização em Antropologia. Universidade Federal de Alagoas, 2014.

SANTOS, Daniela Oliveira dos. A Visita como Rito de Passagem - O Museu Théo
Brandão de Antropologia e Folclore na visão dos estudantes. Trabalho de Conclusão
de Curso de Graduação em Ciências Socais. Universidade Federal de Alagoas, 2014.

SILVA, Fabíola Andréa; GORDON, Cesar. Objetos vivos de uma coleção etnográfica: A
Curadoria da Coleção Etnográfica Xikrin-Kayapó no Museu de Arqueologia e Etnologia
da Universidade de São Paulo. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São
Paulo, Suplemento 7, 2008.

URURAHY, Heloisa Pinto. Museus na internet do século XXI: a caminho do museu


ubíquo. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo, 2013