Anda di halaman 1dari 44

ABRIL 1984 J M A H O X A

/c
Abril de 1984 PBMA045APC) Volume 37 • Número 4

AIGREJA d e A M AH O XA
JESUS CRISTO
DOSSANTOS HISTÓRIAS E DESTAQUES
DOSÚLTIMOS “Que Farei Então de Jesus,
Chamado Cristo?”,
DIAS Presidente Gordon B. Hinckley............. 1
Genealogia e Ordenanças do
Templo, George D. Durrant................ 6
A P rim e ira P res id ên c ia
Por Favor, Faça Minhas
S pencer W. Kim ball Ordenanças, Terry Lynn Fisher.......... 10
M arion G. Rom ney
G ordon B Hinckley “ É Isto o que Você Me Daria?”,
CherryG. W olf...................................... 12
C o n s e lh o dos Doze:
Ezra Taft Benson Você Pode, Elaine Teasda/e............... 12
H ow ard W. H unter
Thom as S. Monson Ao Nosso Amigo, o Membro
Boyd K. Packer Recente, Élder Loren C. D unn............ 15
M arvin J. Ashton
B ru ce R M cC onkie Perguntas & Respostas:
L. Tom Perry
David B. Haight
Anjos Guardiães, Dean Jarman....... 22
Ja m e s E. Faust Cronologia do Livro de Mórmon,
Neal A. M axwell
Stan Larson........................................... ...24
C o m itê de S u pervisão:
M. Russell Ballard Humildade, Frank L. Craven............... ...26
Loren C. Dunn
Rex D. Pinegar Ganhar, Keith Edwards...........................28
C harles A. Didier
G eorge P. Lee
Deus Amou o Mundo de Tal
Maneira,
E xe c u tivo do
In te rn a tio n a l M a g a zin e : Presidente Spencer W. Kimball............ 32
M. Russell Ballard, “ Hoje Andei por Onde Andou
Editor;
L arry A. Hiller, Jesus”, Presidente Harold B. Lee....... 36
Editor G erente;
D avid M itchell. SEÇÃO INFANTIL:
Editor A ssociado;
Bonnie Saunders, O Grande Conselho nos Céus,
S eção Infantil;
Roger Gylling, Histórias das Escrituras......................... 1
D esenhista Fofa e o “Show” de Talentos,
E xe c u tivo d e A Liah ona: Paula DePaolo....................................... 4
José M aria Carleto.
D ireto r Responsável; Só Para Divertir................................. 7
Paulo D ias M achado,
Editor;
V ictor Hugo da C. Pires, N a C a p a : Fazei Is to e m L em brança de M im , de H a rry
A ssinaturas; A nd e rson .
O rla n do A lbuquerque. U sa do c o m p e rm is s ã o da P a c ific Press P ublishing
S upervisor de Produção. A sso cia tio n .

REGISTRO; Está a ssentado no ca da stro da DIVISÃO DE CENSURA DE DIVERSÕES PÚBLICAS, do D.P.F.. sob n ° 1151-P209/73
de a co rd o c o m as n orm as em vigor.
SUBSCRIÇÕES: Toda a co rre spo n dê n cia sobre assinaturas deverá ser endereçada ao D e p a rta m e n to d e A s s in a tu ra s , C a ixa
P o stal 260 23 , S ã o P aulo, S P Preço da assinatura anual para o Brasil: C r$ 1.500,00; para Portugal — C entro de D istribu içã o
Portugal Lisboa, Avenida A lm iran te G ago C outinho 93 — 1700 Lisboa. A ssinatura Anual Esc. 300; para o exterior, sim ples:
US$ 5,00; aérea, US$ 10,00. P reço de e xem pla r e m nossa agência: C r$ 150,00 As m ud an ças de e nd ereço deve m se r co m u n i­
cadas indicando-se o antigo e o novo endereço.
A LIAHO NA — © 1977 pela C orp oraçã o do Presidente de A Igreja de Jesus C risto d os S antos dos Ú ltim os Dias. Todos o s direitos
reservados. E dição B rasileira do “ International M a g azin e " de A Igreja de Jesus C risto d os Santos dos Ú ltim os Dias, acha-se re­
gistra da sob o n úm ero 93 do L ivro B, n° 1, de M a trículas e O ficin as Im pressoras de Jornais e P eriódicos, c o n fo rm e o D e cre to n.°
4857, de 9-11-1930. “ International M a g azin e " é publicado sob o u tro s títulos, tam bé m em alem ão, chinês, coreano, d ina m a r­
quês, espanhol, finlandês, fra ncê s, holandês, inglês, italiano, ja ponês, norueguês, sam oano, su eco e tonganês. C om posição:
H&M A rte s G rá ficas Ltda. - Av. P aulista, 9 00 - 6 o a ndar - Fone: 289-7279 - Im pressão: G rá fica E ditora Lopes - Rua M anoel C arnei­
ro da Silva, 2 4 1 - Fone: 276-8222 - Ja rd im da Saúde - São Paulo - SP. Devido à o rie n ta çã o seguida por e sta revista, reservam o-nos
o d ire ito de p ub lica r so m e nte os a rtig os so licita do s pela redação. Não obstante, serão bem -vindas as co lab o ra çõe s p ara a p re cia ­
çã o da re dação e da e quipe interna cio na l do “ International M a g azin e ". C o laborações e spontâneas e m a térias dos co rre spo n ­
d entes e sta rã o su ieita s a ada pta çõe s editoriais.
R e d a ç ã o e A d m in is tra ç ã o : Av. Prof. F ra n cisco M orato, 2.430 - Telefone (011) 814-2277.
Mensagem da Primeira Presidência 1

JESUS,
QUE FAREI ENTÃO DE

CHAMADO

CRISTO?
Presidente Goidon B. Hinckley
Segundo Conselheiro na Primeira Presidência

esta época da Páscoa, gostaria de Um rapaz criado como carpinteiro em

N compartilhar alguns pensamentos a


respeito daquele cuja ressurreição
comemoramos — o Homem de Milagres,
Nazaré;
Um cidadão de um país subjugado;
Um homem cujas andanças no mundo
o Senhor e Salvador Jesus Cristo. Apesar mortal jamais ultrapassaram um raio de
de haver curado enfermos, levantado duzentos e quarenta quilômetros, que
mortos, feito o coxo andar e o cego nunca recebeu um diploma escolar,
enxergar, não existe milagre comparável jamais falou de um grande púlpito, nunca
ao milagre do próprio Cristo. possuiu uma casa, que viajava a pé e
Vivemos num mundo de pompa e sem alforje.
poder, de vanglória sobre o avião a jato e É de fato o Criador dos céus, da terra e
mísseis de longo alcance, o mesmo tipo de todas as coisas que neles há.
de vanglória que produziu a calamidade Tampouco é fácil para muitos
dos dias de César, Genghis-Khan, reconhecerem:
Napoleão e Hitler. Nessa espécie de Que ele é o autor de nossa salvação e
mundo, não é fácil reconhecer que: o único nome pelo qual devemos ser
Um infante nascido num estábulo da salvos.
aldeia de Belém; Que trouxe luz e entendimento de
2 A Liahona

coisas eternas e divinas como nenhum resolver seus problemas. O que, então,
outro jamais havia feito. faremos de Jesus, chamado o Cristo?
Que seus ensinamentos influenciaram Dar de si; dar de suas posses; dar de
não apenas a conduta pessoal de milhões todo o coração, mente e força na
de pessoas, mas também inspiraram assistência aos necessitados e na
sistemas políticos que dignificam e promoção da causa de sua verdade
protegem o indivíduo, e verdades sociais eterna — isto é a própria essência do
que promovem a educação e a cultura. genuíno espírito do cristianismo.
Que seu exemplo inigualável se tornou Cristo é o Criador. Quando penso no
o maior poder propulsor da bondade e da Salvador, penso nas palavras de João:
paz em todo o mundo. “ No princípio era o Verbo, e o Verbo
Insisto em repetir a pergunta feita por estava com Deus, e o Verbo era Deus.
Pôncio Pilatos há dois mil anos: “ Que “ Ele estava no princípio com Deus.
farei então de Jesus, chamado Cristo?” “ Todas as coisas foram feitas por ele,
(Mateus 27:22.) É uma pergunta que e sem ele nada do que foi feito se fez.
precisamos fazer continuamente a nós "Nele estava a vida, e a vida era a luz
mesmos: Que faremos nós de Jesus, dos homens." (João 1:1-4.)
chamado o Cristo? Que faremos de seus Este é o criador de tudo que é bom e
ensinamentos, e como os integraremos belo. Contemplando majestosas
inseparavelmente em nossa vida? montanhas erguendo-se contra o céu
Gostaria de sugerir algumas coisas que azul, penso em Jesus, o Criador dos céus
merecem ser consideradas. e da terra. Observando, de pé nas areias
Cristo exemplifica o dar. O Pai deu seu de uma ilha do Pacífico, o súbito e
Filho, e o Filho deu sua vida. Sem dar, não dramático nascer do sol — um radioso
existe genuíno cristianismo, e sem globo dourado envolto em nuvens
sacrifício não há verdadeira adoração. rosadas, brancas e purpúreas — pensei
Lembro-me de uma experiência ouvida em Jesus, o Verbo pelo qual se fizeram
numa conferência de estaca, em Idaho. todas as coisas e sem o qual nada se fez.
Uma família de lavradores acabara de Vendo uma linda criança — olhos
contratar a construção de mais um brilhantes, inocente, carinhosa e
cômodo na casa, acréscimo deveras confiante — maravilho-me com o milagre
necessário. Três ou quatro dias depois, o e majestade da criação. O que, então,
pai procurou o empreiteiro dizendo: “ Não faremos de Jesus, chamado o Cristo?
se importa se cancelarmos o contrato? Esta terra é criação dele. Quando a
Ontem à noite, o bispo conversou com tornamos feia, o ofendemos. Nosso corpo
meu filho sobre uma missão. Com isso, é obra do nosso Criador. Quando o
teremos de adiar nosso projeto de contaminamos, estamos ofendendo a
construção por algum tempo.’’ O quem o criou.
empreiteiro respondeu: “ Seu filho vai A vida eterna vem por Cristo. Tão certo
cumprir missão, e quando voltar, quanto Cristo veio ao mundo, viveu entre
encontrará o quarto pronto." Eis o os homens, deu a vida e tornou-se as
verdadeiro espírito cristão — uma família primícias da ressurreição, assim também,
enviando o filho para pregar o evangelho através da expiação, todos se tornam
ao mundo, e amigos ajudando a família a participantes da imortalidade. A morte
Abril de 1984 3

virá, mas ela foi privada de seu aguilhão, desviou-se de sua faixa e os colheu em
e o inferno de sua vitória. "Eu sou a cheio. Ele morreu uma hora mais tarde,
ressurreição e a vida; quem crê em mim, no hospital. De pé no púlpito, encarando
ainda que esteja morto, viverá. seus pais, veio-me ã alma uma convicção
“ E todo aquele que vive, e crê em mim, que raramente sentira com tanta certeza.
nunca morrerá.” (João 11:25-26.) Sabia, sem sombra de dúvida, olhando
Recordo o dia em que estive junto ao para o esquife, que aquele jovem não
esquife de um jovem, cuja vida fora estava morto; apenas fora transferido
repleta de esperança e promessas. Havia para outro campo de trabalho no
sido atleta no curso colegial e excelente ministério eterno do Senhor.
estudante universitário — um moço
simpático, brilhante. Partiu para o campo Na verdade, o que faremos de Jesus,
missionário. Ele e seu companheiro chamado o Cristo? Vivamos com o
seguiam por uma rodovia, quando um conhecimento seguro de que um dia
carro, vindo em direção contrária, ‘‘seremos levados a nos apresentar
4 A Liahona

perante Deus, sentindo o que sentimos Naquele dia, encontrava-me na estação


agora, e tendo uma viva lembrança de ferroviária de Berna, Suíça. Às onze
todas as nossas faltas” . (Alma 11:43.) horas, os sinos de todas as igrejas suíças
Vivamos hoje, sabendo que viveremos começaram a badalar e, quando
para sempre. Vivamos com a convicção silenciaram, todos os veículos pararam
de que "qualquer princípio de inteligência, — todo carro nas estradas, cada ônibus e
beleza, verdade e mansuetude que mesmo os trens. A grande estação
alcançarmos nesta vida, surgirá conosco abobadada ficou totalmente silenciosa.
na ressurreição". Estendi o olhar para a praça fronteira pela
Cristo exemplifica compaixão, amor e, porta principal. Os homens que
acima de tudo, perdão. "Eis o Cordeiro de trabalhavam em cima de andaimes no
Deus, que tira o pecado do mundo.” hotel do outro lado, estavam parados de
(João 1:29.) Quão pobres seriamos, na cabeça descoberta. Todas as bicicletas
verdade, sem a influência de seus paradas. Todos os ciclistas, homens,
ensinamentos e seu inigualável exemplo! mulheres e crianças, desmontados,
As lições de oferecer a outra face, andar mantinham-se de cabeça descoberta,
a segunda milha, a volta do filho pródigo e inclinada. Então, após três minutos de
inúmeros outros ensinamentos oração em silêncio, caminhões, longos
incomparáveis que nos chegaram através comboios deles, puseram-se a caminho
dos séculos, tornaram-se o catalizador de Genebra, Berna, Basiléia e Zurique
que extrai bondade e misericórdia da para a nação sofredora do leste,
insensibilidade do homem. carregados de suprimentos — víveres,
Onde Cristo é banido, reina a roupas, medicamentos. As portas da
brutalidade. Bondade e clemência Suíça foram abertas para os refugiados.
governam onde Cristo é aceito, e Naquela manhã de dezembro,
seguidos os seus ensinamentos. maravilhei-me com o milagroso contraste
O que faremos, então, de Jesus, entre o poder opressor, metralhando
chamado o Cristo? "Ele te declarou, ó estudantes num país, e o espírito de um
homem, o que é bom; e que é o que o povo cristão em outro, que, depois de
Senhor pede de ti, senão que pratiques a inclinarem a cabeça em oração e
justiça, e ames a beneficência, e andes reverência, foram trabalhar para dar
humildemente com o teu Deus?” socorro e salvação.
(Miquéias 6:8.) O que faremos, então, de Jesus,
“ Portanto, digo-vos que vos deveis chamado o Cristo? "Porque tive fome, e
perdoar uns aos outros; pois aquele que destes-me de comer; tive sede e destes-
não perdoa o seu irmão as suas ofensas, -me de beber; era estrangeiro, e
está em condenação diante do Senhor; hospedastes-me.
pois nele permanece o pecado maior.” "Estava nu e vestistes-me; adoeci, e
(D&C 64:9.) visitastes-me; estive na prisão e fostes-me
Cristo dá paz. Lembro-me de estar na ver.” (Mateus 25:35-36.)
Europa anos atrás, numa época em que Jesus Cristo é mais que o símbolo de
tanques rodavam pelas ruas de uma uma celebração. É o Filho de Deus, o
grande cidade, e estudantes estavam Criador da Terra, o Jeová do Velho
sendo chacinados a metralhadora. Testamento, o cumprimento da lei de
Abril de 1984 5

Moisés, o Redentor da humanidade, o Rei O que testifico pelo próprio nome de


dos Reis, o Príncipe da Paz. Jesus Cristo. Amém ★
Sou grato ao nosso Pai Eterno que a
humanidade nestes últimos dias tenha a IDÉIAS PARA OS MESTRES
bênção de conhecer a Cristo com mais FAMILIARES
certeza e maior entendimento. Regozijo-
Alguns Pontos que Merecem Ênfase.
-me com ações de graça, por ele haver
Talvez os queira ressaltar em sua
reafirmado as verdades inigualáveis do
mensagem:
seu evangelho em sua plenitude, e por
1. Precisamos perguntar-nos
haver restaurado seu poder sacerdotal e
continuamente: Que devemos fazer de
igreja, a fim de preparar um povo para
Jesus, chamado o Cristo? O que devemos
sua vinda em grande glória e poder no
fazer com seus ensinamentos, e como
início da era milenial.
podemos torná-los uma parte inseparável
Regozija-me que, como povo, nós,
de nossa vida?
santos dos últimos dias, saibamos de sua
2. Cristo exemplifica o dar. O Pai deu seu
existência e realidade, e recebamos
Filho, e o Filho deu sua vida. Sem dar,
orientação segura dele.
não existe genuíno cristianismo, e sem
“ E agora, depois dos muitos
sacrifício não há verdadeira adoração.
testemunhos que se prestaram dele, este
3. Cristo é o Criador. “ Todas as coisas
é o testemunho, último de todos, que nós
foram feitas por ele” — tudo o que é bom
damos dele: Que ele vive!
e belo.
“ Pois vimo-lo, mesmo à direita de
4. A vida eterna vem por Cristo. Cristo
Deus, e ouvimos a voz testificando que
tornou-se as primícias da ressurreição.
ele é o ünigênito do Pai—
Por causa dele, todos os homens vivem
“ Que por ele, por meio dele, e dele são
eternamente.
e foram os mundos criados, e os seus
5. Cristo exemplifica compaixão, amor,
habitantes são filhos e filhas gerados para
perdão e paz.
Deus.” (D&C 76:22-24.)
6. Como povo, nós, santos dos últimos
Este é o nosso testemunho para toda a
dias, sabemos de sua existência e
humanidade. É a nossa dádiva e bênção
realidade, e dele recebemos orientação
ao mundo. Ele é a nossa alegria e
íntima e segura.
salvação e, compartilhando estas
verdades com os outros, daremos sentido Sugestões para o debate:
maior à nossa vida. 1. Fale do que sente a respeito do
O que faremos de Jesus, chamado o Salvador e do significado de sua vida.
Cristo? Peça aos membros da família que digam
Aprender com ele. Examinar as o que sentem.
escrituras, pois são elas que dele 2. A mensagem contém passagens das
testificam. Ponderar o milagre de sua vida escrituras ou citações que a família
e missão. Tentar com um pouco mais de poderia ler em voz alta e debater?
diligência seguir seu exemplo e observar 3. O líder do quorum ou bispo tem uma
seus ensinamentos. mensagem pára o chefe da casa,
Seguindo-o, conseguiremos voltar para concernente aos ensinamentos do
junto de nosso Pai e gozar a vida eterna. Salvador?
6 A Liahona

GENEALOGIA
ORDENANÇAS DO TEMPLO
Não Se Pode Tei
uma Coisa Sem a Outra
George D. Durrant

um recente debate com o Élder com meia bola, apenas.

N Royden G. Derrick, do Primeiro


Quorum dos Setenta, que serve
atualmente como diretor executivo do
Algumas pessoas acham que as
ordenanças do templo são, por sua
própria natureza, a obra mais importante,
Departamento Genealógico, perguntei- a parte mais sagrada — a metade
-lhe: “ Como o irmão vê a relação entre superior da bola, poderíamos dizer. Mas a
genealogia e ordenanças do templo?” bola, ao rolar, não tem parte superior nem
Sua resposta: “ Não se pode ter uma inferior. Tenho ouvido membros da Igreja
coisa sem a outra.” dizerem: “ Adoro ir ao templo e fazer
Genealogia e ordenanças do templo — ordenanças sagradas. Mas a genealogia
duas partes inseparáveis do decreto simplesmente não me interessa.” Outros
divino que nos foi dado pelo Senhor, para dizem: “ Se pudesse, ficaria o tempo todo
colaborarmos na redenção dos mortos. O cuidando de genealogia. É tão
processo de identificarmos nossos interessante, que gostaria de ficar na
familiares deveria ser muito mais que biblioteca genealógica do momento que
mero passatempo para o santo dos abre até me mandarem embora, à noite.”
últimos dias. Do ponto de vista eterno, Se todos pensassem da mesma forma,
considerar o termo genealogia sem seu teríamos uma enorme reserva de nomes
parceiro, ordenanças do templo — ou nos templos ou longas filas de pessoas
pensar nas ordenanças vicárias e ignorar aguardando nomes inexistentes.
seu gêmeo, a genealogia — não faz mais O Élder Boyd K. Packer, do Quorum
sentido do que tentar realizar um jogo dos Doze, deixou bem clara a relação
8 A Liahona

entre os dois, quando disse: "Não podeis nossos, para que, quando formos ao
ter apreço pelas ordenanças vicárias do templo, possamos fazer ordenanças por
templo sem ter grande respeito nossos próprios antepassados falecidos.
igualmente pela obra genealógica. Ela é Através de seus servos, o Senhor tem
fundamental para o serviço nos templos. convidado cada um de nós e nossos
Os templos não poderiam funcionar sem familiares a cuidar de que se realizem
o sucesso no programa genealógico.” ordenanças vicárias por nossos
(The Ho/y Temple, Salt Lake City: antepassados. Ressalta o Élder Mark E.
Bookcraft, 1980, p. 224.) Petersen, do Quorum dos Doze:
Em outubro de 1975, dizia o Élder Qual é, então, nossa responsabilidade?
Packer a um grupo de representantes — Cada um de nós se pretendermos
regionais: obedecer ao evangelho — deve procurar
“ Nos últimos dois meses ... visitei certo seus mortos e providenciar que essas
número de grupos de sumos sacerdotes. ordenanças salvadoras sejam feitas a
Fiquei quase sempre escutando, favor deles.
procurando verificar o que os quoruns de "Muitos supõem que cumprem suas
sumos sacerdotes estão fazendo com responsabilidades indo simplesmente ao
respeito a essa obra — e por que não? templo. Mas isto não é totalmente
Foi uma pesquisa muito interessante... correto. Devemos ir ao templo, é óbvio, e
“ Visitei um grupo de sumos sacerdotes freqüentemente. Se ainda não
com trinta e nove membros, todos eles dispusermos dos registros de nossos
instruídos, com boa renda, e muitos deles próprios parentes falecidos, então,
aposentados. No ano passado, foram enquanto estamos fazendo pesquisas,
responsáveis por mil, cento e vinte e dois ajudemos os outros com os deles, por
endowments no templo. No mesmo todos os meios.
período, apresentaram para “ Deve ficar entendido, porém, que, se
processamento dois nomes provenientes formos ao templo sem que seja pelos
de sua própria pesquisa genealógica — nossos próprios mortos, estaremos
um dos quais ainda não havia sido fazendo apenas parte de nosso dever,
liberado. Isto, acho, é mais ou menos porque é-nos requerido ir lá para salvar
típico. especificamente nossos próprios
“ A obra genealógica na Igreja é parentes mortos e selarmos as várias
deixada, em sua maior parte, para os gerações pelo poder do santo sacerdócio.
poucos membros que têm grande “ Temos de eliminar da mente a idéia
interesse e entusiasmo por ela, e a ela se de que, indo simplesmente ao templo
devotam totalmente." (Ibid) estamos cumprindo plenamente nossa
Algumas pessoas supõem que sempre responsabilidade, pois não é bem assim.
haverá nomes disponíveis no templo sem Isto só não basta...
nenhum esforço de sua parte — “ Deus nos tem como responsáveis
exatamente, como em outros tempos, o pela salvação de nossos próprios
maná aparecia todas as manhãs para os parentes — especificamente de nossos
israelitas no deserto. próprios.” ("A Mensagem de Elias", A
Mas nós devemos trabalhar com nossa Liahona, agosto de 1976, p. 14.)
família — fornecer nomes de familiares Já sentiram ou conseguem imaginar a
Abril de 1984 9

emoção de passar pelo templo por seu Liahona, julho de 1982, p.116.)
próprio avô ou avó? Não existe nada tão Os recém-conversos ou membros da
precioso como as experiências que Igreja que, por algum motivo,
chamamos de espirituais. E em nenhuma negligenciaram sua genealogia, têm uma
outra área de atividade na Igreja, tais fascinante oportunidade. O campo está
experiências são mais freqüentes do que realmente branco e pronto para a ceifa.
quando fazemos pesquisa genealógica Se cada uma das aproximadamente
para identificar nossos antepassados cinqüenta mil famílias que se batizam por
falecidos e vamos ao templo como seus ano enviasse ao templo apenas os nomes
representantes. Falando dessas coisas, de seus antepassados de quatro
observou o Élder Packer: gerações, e os filhos falecidos desses
“ Os membros da Igreja não podem antepassados, três milhões e quinhentas
dedicar-se a essa obra, sem serem mil pessoas, no mínimo, receberiam
afetados espiritualmente por ela. O essas sagradas ordenanças anualmente.
espírito de Elias a permeia. Muitos dos Tenham no coração o desejo de cuidar
aborrecimentos triviais da vida, as de seus entes queridos. Há muito que
pequenas dificuldades e problemas fazer na Igreja. A genealogia não pode
banais que nos apoquentam, assumem tomar o tempo todo, como também as
sua devida proporção, quando vistos à luz outras coisas não devem excluir a
de gerações e gerações ligadas para as genealogia. Um bem organizado
eternidades. Então nos tornamos muito programa de empenho pessoal e familiar
mais pacientes. Assim, se desejais vossa pode tornar a família sem diligência
vida envolta pela influência de dignidade, extraordinária normalmente auto-
sabedoria, inspiração e espiritualidade, -suficiente no fornecimento de nomes e
dedicai-vos à obra genealógica e realização de ordenanças pelos
ordenanças do templo.” (The Ho/y antepassados falecidos. E, naturalmente,
Temple, pp. 224-25.) todos nós devemos andar a segunda
Existe algo de especial na experiência milha, freqüentando o templo para
das ordenanças vicárias, quando feitas realizar ordenanças vicárias por outras
por alguém cujo nome nós e nossa pessoas.
família pesquisamos, preparamos e Como diz o Élder Derrick, genealogia e
enviamos ao templo. ordenanças do templo andam realmente
Tenho ouvido membros dizerem: “ Mas de mãos dadas. Existem grandes
os nomes de nossos parentes estão todos bênçãos em saber-se que não é possível
feitos.” Tudo bem, se estivermos falando ter uma sem a outra. Com ambas,
isso apenas de brincadeira. A respeito podemos encher nossa alma inteira com
disso, declarou o Élder W. Grant a alegria de participar da gloriosa obra da
Bangerter, do Primeiro Quorum dos redenção dos mortos. ★
Setenta: “ Nossa genealogia não está
completa. Meus avós realizaram “ toda” a
obra do templo pelos parentes falecidos
George D. Durrant, pai de oito filhos e diretor
cinqüenta anos atrás. Desde então, nossa da Divisão de Genealogia do Sacerdócio da
família descobriu outros dezesseis mil.” ' Igreja, é bispo da Ala Mount Olympus III,
(“ Para que Servem os Templos” , A Cidade do Lago Salgado.
10 A Liahona

POR FAVOR,
------------------- FAÇA MINHAS---------------------

ORDENANÇAS
Teiry Lynn Fishei

uando meu marido e eu Americana e a difícil situação

Q estávamos casados havia menos


de um mês, ele foi convocado
para o serviço militar. Como não me era
econômica anterior a guerra, meu
trisavô George Wilkie viveu muito tempo
longe de sua querida esposa e quatro
permitido acompanhá-lo, fiquei filhos. E acabou morrendo em defesa de
trabalhando em Provo, Utah, durante os seu país, na Guerra de Secessão.
seis meses que esteve fora. Não era Eu lera cópias da correspondência
exatamente minha idéia de vida de entre George Wilkie e sua família
casada — meu marido a quase dois mil durante suas muitas ausências. Lera
quilômetros de distância, sem poder também seus diários. Essas cartas e
sequer visitar-me de vez em quando. Eu diários refletiam o amor que tinham uns
era uma recém-casada muito infeliz. para com os outros, como também seu
Certa noite, nessa época, fui desejo de viverem juntos.
despertada de um sono profundo por Meus antepassados não eram SUD,
uma voz. Atentando para o que ela dizia, não dispunham das bênçãos do
percebi que era meu trisavô falando evangelho. Agora, no meio da noite, ali
comigo. Fiquei estática por um estava meu trisavô Wilkie, dizendo-me:
momento, ouvindo e pensando. Meu “ Terry, por favor, faça com que minha
trisavô pedia-me que sua família fosse família seja selada a mim! Quero estar
selada a ele, que vivera nos Estados com eles por toda a eternidade. Por
Unidos em meados do século passado. favor, cuide que sejam feitas nossas
Por causa da Guerra de Secessão ordenanças do templo! Você está longe
Abril de 1984

do seu marido — imagine isso pela


eternidade. É terrível! Quero ser selado
a minha esposa.” Aí, tão subitamente
como aparecera, a voz se foi. A
princípio, pensei que estivera
imaginando coisas, e fiquei deitada
pensando em meus trisavôs. Decidi
cuidar da genealogia deles, assim que
tivesse tempo. Quando ia caindo
novamente no sono, assustei-me com o
retorno da voz, pedindo-me
praticamente o mesmo, só que desta
vez insistindo em que fosse logo. Resolvi
que começaria no dia seguinte.
Aparentemente, porém, meu avô sabia
que, no dia seguinte, era provável que
alguma coisa me atrapalharia, pois
falou-me pela terceira vez, e que fizesse
alguma coisa AGORA!
Quase não conseguia acreditar no que
estava acontecendo; mesmo assim,
levantei-me no meio da noite e pus-me a
trabalhar na genealogia. Examinando
papéis e registros avulsos, encontrei os
dados necessários para começar. Então
escrevi algumas cartas, solicitando
certidões de nascimento, casamento e
atestados de óbito. Tendo feito tudo o que
podia no momento, voltei para a cama.
Nos seis meses que meu marido
esteve longe de mim, trabalhei bastante
na genealogia. Finalmente pude ir ao
de algum modo ajudou-me a colocar
templo com meu primo, para que meus
minha vida na devida perspectiva. Achei-
trisavôs fossem selados. Testifico que
-me muito perto deles e, apesar de nunca
senti a presença deles ali no templo, e
os haver visto, sentia que os conhecia. O
soube, afinal, que eles podiam ser
exemplo que meus trisavôs me deram
realmente felizes juntos, pela eternidade.
inconscientemente tem-me sido econtinua
por Dilleen M a rsh

Nos quatro anos seguintes, meu


sendo inspirador. ★
marido teve de ausentar-se de casa a
maior parte do tempo. Muitas vezes
Terry L. Fisher, mãe de três filhos, é
encontrei consolo e forças lendo os conselheira na presidência da Primária da ala
diários de meus trisavôs. Saber que eles BYU 102, além de cursara Universidade
Ilustrado

haviam passado por situação semelhante, Brigham Young.


12 A Liahona

"É ISTO O QUE VOCÊ ME DARIA?"


CherryG. Wolf

m dia, minha mãe, Linnie P. Gold, arrecadar as melhores roupas pela

U contou-me uma experiência sua


que, desde aí, vem influenciando
minha vida.
Disse que, depois da II Guerra
casa. Como editora do boletim da ala
que seria impresso no dia seguinte,
redigiu um poético apelo por mais
doações. Profundamente tocados por
Mundial, pediu-se aos membros da esse apelo, os leitores corresponderam
Igreja que doassem roupas para os com liberalidade.
necessitados na Alemanha. Por isso, Agora sei por que mamãe é tão
mamãe estava juntando de gavetas e generosa no dar e está sempre pronta a
armários peças fora de uso, porém boas fazer coisas pelos outros. Ela dá ao
demais para serem jogadas fora. De Senhor. ★
repente, ouviu uma voz, dizendo: “ É isto
o que você me daria?” A Irmã Cherry G. Wolf vive em Hillsboro,
"Oh, não!” exclamou, e se pôs a Oregon.

VOCÊ PODE
Elaine Teasdale

nos depois de terminada a II do trabalho, desde que lhe desse uma

A Guerra Mundial, nossa família


(formada por meu marido, dois
garotos de quatro e dois anos e eu)
mudou-se para Spanish Fork, Utah.
oportunidade. Recusei a oferta.
Levantando-se da cadeira para sair, ela
simplesmente disse que esperava que
eu me encarregasse do referido grupo
Estávamos ali instalados uns seis de crianças na próxima reunião da
meses, quando solicitaram que me Primária.
encarregasse do Berçário da Primária. Só depois de ela partir, é que vi o livro
Eu era então extremamente tímida. de lições que deixara na cadeira. Achei
Embora fosse membro de A Igreja de que devia devolvê-lo, mas, mesmo
Jesus Cristo dos Santos dos Últimos assim, abri-o e li as lindas lições. Todos
Dias a vida inteira, jamais tivera um os dias dizia a mim mesma que iria
cargo na Igreja. Por isso, conversei com devolvê-lo. E a cada dia que passava,
a presidente da Primária (Rebecca ficava mais difícil imaginar o que dizer à
Christensen), com quem me dava presidente. Logo chegou o dia da
bastante. ‘‘Não posso ensinar na reunião da Primária. Sabia que tinha de
Primária” , disse-lhe. ‘‘Nunca dei uma dar a aula ou encontrar alguém que o
aula, sequer.” fizesse. Então estudei a lição e me
A Presidente da Primária sabia que preparei, dizendo a mim mesma: ‘‘Vou
eu era tímida, mas também que adorava dar a aula só desta vez.”
crianças. Externando-me seu afeto, Cuidei da classe durante três anos.
disse que sabia que eu gostaria muito Depois, fui professora de outra classe
Abril de 1984 13

da Primária por mais cinco. Quando para tornar-me uma pessoa mais
nossa ala foi dividida, fui chamada para realizada e feliz, pois ajudaram-me a
servir na presidência da Primária. vencer minha timidez e aprender a
No decorrer dos anos, ocupei os amar meu próximo. E tudo isso porque
mais diversos cargos: líder da classe uma querida líder confiou em mim,
das Abelhinhas, presidente das Moças, mostrou-me que realmente se importava
conselheira e depois presidente da comigo e não aceitou meu “ não". ★
Sociedade de Socorro de nossa ala, e
secretária da Sociedade de Socorro da A Irmã Elaine Teasdale continua residindo em
estaca. Esses chamados contribuíram Spanish Fork, Utah.
Abril de 1984 15

AO NOSSO AMIGO,
O

MEMBRO RECENTE

Eldei Loien C. Dunn


do Prímeiio Quorum dos Setenta

ostaria de dirigir minhas palavras a país; tinham seus profetas, ouviam a

G um grupo especial de pessoas —


aos recém-conversos ou os que
estão para filiar-se à Igreja.
palavra do Senhor que os guiava, e
passaram a ser chamados de Casa de
Israel. No entanto, com o decorrer do
Nós lhes damos as boas-vindas, tempo, muitos deles acabaram
amigos, em A Igreja de Jesus Cristo dos esquecendo-se de Deus e, por causa da
Santos dos Últimos Dias. Como Paulo, iniqüidade, foram em diversas épocas
dizemos: “ Já não sois estrangeiros, nem dispersos entre os povos da terra.
forasteiros, mas concidadãos dos santos O Senhor, porém, prometeu também
e da família de Deus... (da qual) Jesus que nos últimos dias se lembraria de sua
Cristo é a principal pedra da esquina.” “ Israel dispersa” e a traria para casa.
(Efésios 2:19, 20.) “ E eu mesmo recolherei o resto das
O próprio fato de terem sentido o minhas ovelhas, de todas as terras para
Espírito e aceito a doutrina de Cristo onde as tiver afugentado, e as farei voltar
torna-os pessoas especiais. Pois disse o aos seus apriscos; e frutificarão e se
Senhor, pessoalmente: “ Meus eleitos multiplicarão. E levantarei sobre elas
ouvem a minha voz e não endurecem os pastores que as apascentem, e nunca
seus corações.’’ (D&C 29:7.) mais temerão, nem se assombrarão, e
Nos tempos do Velho Testamento, os nem uma delas faltará, diz o Senhor."
eleitos de Deus viviam juntos no mesmo (Jeremias 23:3-4.)
16 ALiahona

Esta profecia fala de vocês e seu quando lhes expunham ensinamentos e


ingresso na Igreja de Jesus Cristo. Vocês mandamentos específicos, os exortaram
são os eleitos que ouviram a voz do “ Bom a orar ao Senhor, para que obtivessem
Pastor’’. confirmação pessoal de que aquelas
Vejamos o que aconteceu a vocês, os coisas eram verdadeiras. Até mesmo lhes
membros recentes, e o que os espera na mostraram, pela revelação moderna,
Igreja. como o Senhor lhes responderia.
Em primeiro e supremo lugar, tudo o “ Eis que... deves ponderar em tua
que lhes aconteceu no ingresso na Igreja mente; depois me deves perguntar se é
centralizou-se em Cristo. Vocês, correto.” (D&C 9:8.)
certamente, sentem uma ligação toda “ Sim, eis que eu falarei a tua mente e
especial com os primeiros nefitas, que ao teu coração, pelo Espírito Santo, que
disseram: “ Falamos de Cristo, nos virá sobre ti e habitará em teu coração.”
regozijamos em Cristo, pregamos a (D&C 8:2.)
Cristo, profetizamos de Cristo... para que “ Hás de sentir assim, que é certo.”
nossos filhos saibam em que fonte devem (D&C 9:8.)
procurar o perdão de seus pecados.” Ao lhe perguntarem como a pessoa
(2 Néfi 25:26.) sabe que está convertida, o Presidente
Desde o começo, foram aconselhados Marion G. Romney, que na época era
a se prepararem para o batismo por membro do Quorum dos Doze,
imersão para a remissão dos pecados. respondeu: “ Ela pode ter certeza disso,
Este batismo marcou a aceitação formal ao sentir a alma curada pelo poder do
do Evangelho de Jesus Cristo, com seus Santo Espírito. Quando isto acontece, ela
convênios e mandamentos. irá perceber, pois sentir-se-á como o povo
Vocês usufruem igualmente o de Benjamim, quando recebeu a
conhecimento e certeza de que seu remissão dos pecados. Diz a escritura:
batismo é válido, pois quem o fez foi '...sobre eles desceu o Espírito do Senhor
“ chamado por Deus... por quem (possui) e os encheu de alegria, tendo recebido a
autoridade” . (5? Regra de Fé.) A pessoa remissão de seus pecados, e tendo paz
não se chamou a si própria, mas foi de consciência...’ (Mosiah 4:3.)”
chamada por Deus. (Conference Report, outubro de 1963, p.
Além disso, preencheram os requisitos 25.)
estabelecidos pela Primeira Presidência Após o batismo, o recebimento do dom
para o ingresso na Igreja. do Espírito Santo trouxe algo a mais para
Após o batismo, receberam o dom sua vida. Com o calor e paz do Espírito,
supremo de nosso Pai Celeste, que lhes veio mais paciência, mais compreensão,
foi conferido pela pessoa certa da ^a is confiança, a capacidade de fazer
maneira certa — o dom do Espírito Santo, coisas antes inimagináveis, melhor
também chamado de Consolador e apreço pelo próprio valor, maior empatia
Espírito de Verdade. Ao lhes ensinarem as pelas pessoas que os cercam, mais
doutrinas da Igreja do Senhor, os sensibilidade para com os princípios do
missionários os cientificaram dessa evangelho e entendimento das escrituras.
influência sagrada e santificante. O que devem esperar? Bem, passado o
Lembrem-se de que os missionários, devido tempo, estarão ansiosos de ir ao
18 ALiahona

templo. Um dos propósitos do templo é anos. A maioria se esforça para dar o


tornar o casamento eterno, isto é, marido melhor de si e progredir a cada dia que
e mulher casados por autoridade civil ou passa. Ainda assim, acontecem dias
ministro “ até que a morte os separe” , maus, e ocasionalmente alguém poderá
podem ser selados para o tempo e toda a magoá-los, em geral involuntariamente.
eternidade nos templos da Igreja. Se quiserem ajudar esse seu irmão,
O propósito final do plano de Deus sejam pacientes e não se ofendam,
para o homem é prover um meio de todos dando-lhe, assim, tempo para superar
os seus filhos poderem voltar a sua essa sua dificuldade. Tais experiências
presença, que é a vida eterna. Todos os são raras, mas podem acontecer.
que aceitam Jesus como o Cristo e estão À medida que forem conhecendo
dispostos a obedecerem aos melhor os membros de sua unidade,
mandamentos do seu evangelho, provavelmente gostarão de todos eles,
encontram-se no caminho para a vida mas sentirão uma afinidade maior por
eterna. Outro requisito para se ter vida alguns, devido, provavelmente, a
eterna é o casamento eterno. Quando no interesses e formação semelhantes. Os
templo é celebrado um casamento ou membros nos quais hãQ de querer ter
selamento, isto significa que a família mais confiança incluirão o bispo ou
pode tornar-se igualmente eterna ou, em presidente do ramo e seus mestres
outras palavras, viver com Deus na familiares. Para as irmãs, a presidente da
família dele. Esse plano divino é tão Sociedade de Socorro e professoras
perfeito, que o Salvador promete ainda visitantes serão de grande ajuda. A
aos que, apesar de viverem o evangelho, juventude, igualmente, terá líderes
não têm oportunidade de casar-se, que especiais. A maior demonstração de
não perderão nenhuma bênção. amor e apreço que os membros podem
Uma bênção prática do casamento no dar é visitar-se mutuamente na qualidade
templo é que estarão ingressando num de mestre familiar ou professora visitante.
grupo muito exclusivo no mundo de hoje. Se ainda não receberam tal designação,
Dizem os sociólogos que, na sociedade logo a terão.
atual, um de cada três casamentos Enquanto são novos e um tanto
malogra. Quanto aos casamentos inexperientes, lembrem-se de que ainda
celebrados no templo, o índice de assim estão dando uma contribuição
sucesso ultrapassa os noventa por cento. maravilhosa. Sua vitalidade e “ sangue
As bênçãos do Evangelho de Jesus Cristo novo” dão mais vida à ala. Embora nem
incluem um casamento mais feliz nesta sempre os membros mais antigos o
vida para os que se firmam na Igreja, demonstrem, eles gostam da sua
bem como a promessa de a família companhia, por irradiarem um espírito
continuar junta na eternidade. que os anima. Não quer dizer que não
Como membros recentes, vocês agora tenham testemunho próprio, mas o verdor
fazem parte de uma ala ou ramo. do espírito de vocês os ajuda a recordar
Reúnem-se com outros membros que, as emoções de sua própria conversão.
como vocês, estão crescendo no Nosso profeta, o Presidente Spencer W.
evangelho e procurando levar uma vida Kimball, também diz que vocês
cristã. Alguns são membros há muitos contribuem muito para manter a
Abril de 1984 19

vitalidade e vigor da Igreja.


Vocês, os membros recém-conversos,
enfrentarão desafios especiais que os
Com o calor e paz do Espírito,
ajudarão a crescer. Seu testemunho, por veio mais paciência, mais
mais forte que seja, é igualmente frágil. compreensão, mais confiança.
Precisa ser nutrido para poder crescer,
tornando-se tão forte, que jamais possa
vacilar. Essa nutrição é fornecida pelas
orações sinceras, comparecimento
regular às reuniões da Igreja, pagamento
do dízimo, santificação do dia do Senhor,
leitura das escrituras, enfim, atenção a
todos os mandamentos. Desta maneira, a
influência santificadora do Santo Espírito
estará sempre com vocês. parábola é que o Senhor oferece as
Finalmente, talvez sintam, devido a sua mesmas promessas de salvação e
conversão recente, que estão atrasados exaltação a todos os filhos seus que
em relação aos que são membros da tiverem conhecimento da verdade, desde
Igreja há mais tempo. Embora tenham que sejam fiéis. Reparem que não se
muito que aprender, em outro sentido o trata do arrependimento na hora da
Senhor há de recompensá-los e beneficiá- morte. A parábola mostra que receberam
-los com as mesmas bênçãos usufruídas pagamento igual todos os que atenderam
pelas pessoas que estão na Igreja a vida ao chamado do dono da vinha e puseram-
inteira. -se a trabalhar sem demora, independente
Jesus nos ensina esta lição na de quando o ouviram. Nenhuma
parábola dos trabalhadores contratados promessa é feita à pessoa que ouviu o
pelo dono da vinha. Depois de contratar chamado, cedo ou tarde, mas não
os primeiros pela manhã, viu outros atendeu.
desocupados e convidou-os igualmente a Esta parábola mostra também que o
trabalharem em sua vinha. Depois, fez o Senhor pode chamar e realmente chama
mesmo na hora sexta e na hora nona, e tanto membros novos como antigos para
até mesmo na undécima. No fim da cargos de responsabilidade no reino.
jornada de trabalho, pagou o mesmo Cada um possui certas qualidades e
salário a todos, embora não tivessem potencial, e será chamado por revelação
trabalhado o mesmo número de horas. de Deus para ocupar posições para as
Quando alguns reclamaram, ele disse: quais estiver melhor qualificado. Às
“ Amigo, não te faço agravo; não vezes, isto acontece sem qualquer
ajustaste comigo um dinheiro? consideração para o tempo de filiação à
“ Toma o que é teu, e retira-te; eu Igreja.
quero dar a este derradeiro tanto como a O mesmo acontece com vocês, hoje,
ti. ao aprenderem e crescerem em sua
“ Ou não me é lícito fazer o que quiser condição de membro. Vocês verão que
do que é meu?” (Mateus 20:13-15.) são capazes de fazer coisas que jamais
Um dos significados dessa excelente julgaram possíveis, e tudo por causa do
20 ALiahona

dom do Espírito. Isto, aliado à orientação do Espírito Santo, é aceita pela Igreja.
de seus líderes eclesiásticos e Essa pessoa considerada limpa pelo
ensinamentos das escrituras, provar-se-á Senhor, é integrada e aceita pelos
uma grande bênção para vocês. membros da mesma forma. Como o
Uma grande fonte de força para vocês Senhor, os membros da Igreja também
serão os membros mais antigos. Todos os não fazem “ acepção de pessoas” quanto
membros da Igreja são admoestados pelo aos irmãos que entraram pela porta.
Senhor a ampararem e fortalecerem seus Essa união, essa aceitação recíproca,
novos irmãos no Evangelho de Cristo. Na é igualmente ressaltada por Alma como
fraternidade de Deus, o Senhor "não faz condição para se ingressar no reino de
acepção de pessoas” (Atos 10:34) e Deus pelo batismo.
espera que todos sigam seu exemplo. “ E agora, como desejais entrar no
No capítulo dez de Atos, lemos como rebanho de Deus, e seu povo ser
Pedro entendeu que todos os que chamado, e estais dispostos a carregar
guardam a lei são aceitos pelo Senhor. mutuamente o peso de vossas cargas,
Como devem lembrar-se, Pedro teve uma para que sejam aliviadas; sim, e estais
visão sobre este assünto, na qual viu dispostos a chorar com os que choram;
“ todos os animais quadrúpedes e répteis confortar os que necessitam de conforto
da terra, e aves do céu. e servir de testemunhas de Deus em
” E foi-lhe dirigida uma voz: Levanta-te, qualquer tempo, em todas as coisas e em
Pedro, mata e come.” (V. 12-13.) qualquer lugar... o que vos impede de ser
Como todos eles eram proibidos pela batizados em nome do Senhor?” (Mosiah
lei judaica, Pedro reagiu, dizendo: “ De 18:8-9, 10.)
modo nenhum, Senhor, porque nunca Outra prova da aceitação do membro
comi coisa alguma comum e imunda." (V. novo é a norma da Igreja de conferir o
14.) Sacerdócio de Aarão aos conversos
E como resposta, ouviu estas masculinos, de idade condizente, pouco
importantes palavras do Senhor: depois do batismo, e o chamado de novos
“ Não faças tu comum ao que Deus irmãos e irmãs para cargos que sejam
purificou." (V. 15.) capazes de preencher dentro da Igreja.
Não é de admirar que, mais adiante, Sim, os membros mais antigos e
Pedro diga: “ Deus mostrou-me que a criados na Igreja desempenham a
nenhum homem chame comum ou importantíssima função de ajudá-los a
imundo.” (V. 28.) encontrarem o caminho para o reino e
A partir desse momento, na igreja nele ingressar. Um recém-converso, Alan
antiga, o evangelho começou a ser John Nubeck, comenta a recente
pregado não somente aos judeus, mas a conversão de sua família e o papel dos
todos os que recebessem o Salvador e membros mais antigos.
guardassem os mandamentos do “ Uma das coisas que mais ajudaram a
Evangelho de Jesus Cristo. ingressarmos em A Igreja de Jesus Cristo
O mesmo é válido hoje na igreja dos Santos dos Últimos Dias foi uma
restaurada do Senhor. Toda pessoa que reunião na quinta-feira à noite, antes de
Deus purificou pela fé, arrependimento e nosso batismo. Reunimo-nos com uma
batismo, seguido do recebimento do dom família que, em sua opinião, tinha muita
Abri Ide 1984 21

coisa em comum conosco. Conversamos


sobre nosso iminente batismo, e nos
explicaram algumas coisas sobre ele.
Uma bênção prática do
“ Quando chegamos para batizar-nos, casamento no templo é que
eles nos receberam à porta, dizendo que estarão ingressando num
estariam presentes ao batismo. Foi-me grupo muito exclusivo no
bastante tranqüilizador o fato de poder mundo de hoje.
entrar nas águas do batismo vendo rostos
amigos olhando para mim.
“ Depois de estarmos na Igreja,
ajudaram-nos nas reuniões, sentando-se
conosco junto a outras famílias,
transmitindo-nos um espírito maravilhoso.
Ajudaram também a explicar-nos as
várias doutrinas da Igreja e nos lhes deu sua igreja e reino sobre a terra,
auxiliaram no estudo das escrituras. para que possam ser instruídos mais
Procuravam-nos durante a semana e fins perfeitamente nos caminhos do Senhor.
de semana, particularmente por ocasião Vocês contam com o auxílio e
da noite familiar, e nos ajudaram a companheirismo dos líderes do
programar uma noite familiar especial sacerdócio e irmãos da Igreja, para
para a nossa família. Após a reunião de poderem aprender e crescer juntos,'
jejum e testemunho na capela, ajudando-se mutuamente a agarrar-se “ à
comparecíamos a uma reunião na casa barra de ferro" que conduz à vida eterna.
deles, para a qual convidavam outros E, finalmente, ele os colocou num
membros, a fim de que nos mundo repleto de inúmeros outros filhos
conhecessem. Mesmo agora, continuam seus. Filhos que “ só estão afastados da
nossos companheiros e ainda nos verdade por não saberem onde
explicam coisas que não entendemos. encontrá-la” . (D&C 123:12.)
“ Por causa dessa integração, eu sei É o exemplo de vocês que lhes
que esta é a verdadeira Igreja de Jesus indicará o caminho. É o espírito que
Cristo dos Santos dos Últimos Dias.” vocês irradiam que os fará reconhecer o
Assim, aqui estão, encetando uma bom e verdadeiro. É por meio de seus
nova jornada como membros valiosos e esforços que essas pessoas maravilhosas
benquistos de A Igreja de Jesus Cristo viverão a grandiosa experiência do
dos Santos dos Últimos Dias. Diz o Evangelho de Jesus Cristo. Como a
Senhor: “ Estreita é a porta e apertado o cidade no alto do monte, a luz de vocês
caminho que leva á vida.” (Mateus 7:14.) brilha intensamente.
Vocês entraram pela porta e estão no E assim digo a vocês, os novos
caminho que leva à vida.” (Mateus 7:14.) membros, nossas irmãs e irmãos, das
presença do Senhor. mais diversas origens e formação, que
Ele lhes concedeu o precioso dom do seu barco chegou a um porto seguro e
Espírito Santo, o qual resguardará seu pacífico. E a vocês, os mais novos astros
testemunho e os conduzirá para tooa do firmamento, damos as boas-vindas.
verdade, caso sigam seus influxos. Ele Sejam bem-vindos no lar. ★
22 ALiahona

PERGUNTAS

RESPOSTAS
Perguntas de interesse geral sobre o ela. As escrituras implicam que há cinco
evangelho, respondidas à guisa de categorias de pessoas, pelo menos, que
orientação e não com o funcionam como anjos. Há os espíritos
pronunciam ento oficiai da Igreja. que ainda não viveram na terra, como no
caso do anjo que ensinou a Adão o
princípio do sacrifício. (Veja Moisés 5:6-8.)
Pergunta: Anjos são também os espíritos daqueles
Existem anjos que viveram retamente na terra,
guardiães e, se morreram e estão aguardando a
assim for, qual ressurreição. Estes são descritos como
sua função? “ homens justos aperfeiçoados” . (D&C
Resposta: Dean 129:3.) A visita de Gabriel a Zacarias e a
Jarmam, Maria ilustra esta espécie de ser.
presidente da Seres transladados também exercem
Estaca II da função de anjos, como no caso da
Universidade de aparição de Moisés e Elias no Monte da
Salt Lake. Transfiguração. (Veja Mateus 17:1-3.) O
Apóstolo João foi transladado e tornou-se
“ um anjo ministrador; ele ministrará aos
Esta pergunta sugere três questões que são herdeiros da salvação e habitam
secundárias, cuja solução responderá, a terra” . (D&C 7:6.) Os seres ressurretos
até certo ponto, à questão principal: (1) formam a quarta categoria de seres que
Que espécie de seres são os anjos?; (2) servem como anjos. As aparições de
Os anjos podem exercer função de Morôni e João Batista a Joseph Smith
guardiães em seu ministério?; e (3) Há um exemplificam esse tipo. E, por fim,
anjo guardião designado para cada homens santos que vivem na terra
pessoa? recebem, ocasionalmente, o título de
Os anjos são personagens que anjos, ao atuarem como ministros de
assistem o Senhor na execução de sua Deus. A visita de anjos a Ló, para avisá-lo
obra. Joseph Smith ensina que todos os da destruição de Sodoma e Gomorra,
anjos que ministram aqui na terra, são parece enquadrar-se nesta categoria.
seres que pertencem ou pertenceram a (Veja Gênesis 19.)
Abril de 1984 Perguntas ǻT Respostas 23

Uma vez cientes de que muitas grupos podem ser objeto do ministério de
categorias de seres atuam como anjos, anjos, sem se darem conta de sua
podemos indagar se alguma de suas presença. Brigham Young ensinou certa
tunções é de caráter protetor ou tutelar. vez: “ Existem mais pessoas em minha
As escrituras sugerem que os anjos frente, além daquelas que estão sentadas
protegem, advertem e fortalecem os diante de mim, e as veríamos, se nossos
mortais. Anjos avisaram a José que devia olhos pudessem ver os seres celestiais
fugir para o Egito (veja Mateus 2:13); que estão em nossa presença.”
levaram alimento para Elias (veja I Reis (.Discursos de Brigham Young, p. 42.)
19:5-8); possibilitaram a Pedro escapar da Os anjos realmente exercem função
prisão (veja Atos 12:17); guardaram protetora ou tutelar. Sua presença pode
Daniel dos leões (veja Daniel 6:22); ou não ser vista ou percebida. Entes
protegeram Néfi de seus irmãos (veja 1 amados falecidos podem também servir
Néfi 3: 29-31); soltaram Abraão, quando como anjos para consolar ou avisar,
estava para ser sacrificado. (Veja Abraão Poderíamos agora perguntar se há um
1:15.) anjo guardião especificamente designado
O Élder John A. Widtsoe comenta que a cada pessoa. Nada nas escrituras
a vida de muitos desta dispensação tem sugere ser este o caso. Os escritos das
sido abençoada pela ministração de autoridades gerais dizem igualmente que
anjos. Diz ele: “ Indubitavelmente, muitas não. Declara o Élder John A. Widtsoe: “ A
vezes anjos nos guardam de acidentes e crença comum de que a cada pessoa
danos, de tentações e pecados. nascida neste mundo é designado um
“ Estes poderiam ser chamados de anjo guardião para acompanhá-la
anjos guardiães. Muita gente tem constantemente, não é corroborada por
prestado e presta testemunho do auxílio e nenhum indício disponível... Na verdade, a
proteção que receberam de fontes que se presença constante do Espírito Santo
encontram além de sua visão natural.” parece tornar essa contínua companhia
(G. Homer Durham, comp., Evidences and angélica desnecessária.” (Durham,
Reconciliations, pp. 402-3.) p. 403.)
Certas pessoas ensinam que membros O Élder Bruce R. McConkie diz que
justos da família, já falecidos, podem “ supor que todos os homens, ou então
continuar influenciando a vida de seus todos os homens justos, tenham seres
entes queridos. Diz o Presidente Joseph celestes agindo como seus guardiães,
F. Smith: “ Nossos pais e mães, irmãos, contraria os fatos básicos revelados
irmãs e amigos que passaram por esta referentes à maneira como o Senhor
terra, tendo sido fiéis e dignos de gozar exerce sua benevolente vigilância sobre o
destes direitos e privilégios, podem homem mortal". (Mormon Doctrine,
receber a missão de visitar os seus p. 341.)
parentes e amigos na terra, trazendo da Em suma, não existe evidência de
presença divina, mensagens de amor, de haver um anjo guardião designado a cada
advertência ou reprovação, e instrução pessoa: mas anjos têm servido como
àqueles que aprenderam a amar na guardiães, ao advertirem, protegerem e
carne.” (Doutrina do Evangelho, p. 400.) fortalecerem aqueles a quem ministram
Aparentemente, esses indivíduos ou na terra. ★
24 Perguntas Respostas ALiahona

décimo ano do governo dos juizes


Pergunta: As notas de rodapé do Livro começa em 82 A.C. (Alma 8:3), mas o
de Mórmon mencionam datas décimo mês do mesmo ano cai em 81
cronológicas. Até que ponto elas são A £ . (Alma 14:23.)
confiáveis? Existem algumas que Outro fato que nos ajuda a entender as
necessitam de correção? datas cronológicas é o sentido especial
Resposta: Stan Larson, pesquisador implícito na palavra aproximadamente; em
geral, quer dizer qualquer época nos nove
de tradução de escritura, trabalha
atualmente em Birmingham, Inglaterra, últimos meses do ano mencionado, até os
para o Departamento de Tradução da primeiros três meses do ano seguinte.
Igreja.
Assim, pois, a frase "aproximadamente
83 A.C.” , não quer dizer alguns anos a
mais ou a menos, mas indica que os
acontecimentos narrados se deram no
Num sentido muito real, o Livro de período de abril de 83 A.C. até março de
Mórmon sempre teve sua própria 82 A.C.
cronologia. O texto contém três sistemas Como regra geral, as datas indicam o
cronológicos diferentes: Os anos desde período de tempo envolvido nos
que Léhi partiu de Jerusalém, os anos dos acontecimentos. Todavia, certos casos
juizes, e os anos desde o nascimento de não seguem esse padrão e talvez
Cristo. Do ponto de vista de hoje, convém necessitem de algum esclarecimento. Em
converter todas as datas para A.C. e A.D. 1 Néfi 9:2-5, fala-se de informação que
Isto foi feito pela primeira vez na edição aparentemente era desconhecida até por
do Livro de Mórmon de 1888. Nesta volta de 570 A.C. (2 Néfi 5:28-30), embora
edição, as datas foram colocadas na a data do rodapé diga "entre 600 e 592
margem, ao lado do respectivo versículo. A.C.” . A matéria referente a Isaías, nos
A mencionada edição foi reimpressa em capítulos 12 3,24 de 2 Néfi, tendo como
1906, com alguma modificação de datas. data "entre 559 e 545 A.C.” , não indica
Depois, a partir da edição de 1920, as quando Isaías escreveu aquelas coisas
datas cronológicas revistas foram nem quando aconteceram, antes a época
colocadas no rodapé, assinalando uma aproximada em que Néfi as transcreveu
data para cada página do texto (exceto nas placas menores. O livro Palavras de
Éter). A vantagem real desse sistema é Mórmon, está datado “ aproximadamente
que o leitor pode verificar imediatamente 385 A.D.” , embora os versículos 12 a 18
em que época se deram os falem do reinado do Rei Benjamim, que
acontecimentos, em lugar de encontrar terminou em 124 A.C. Os capítulos 8 e 9
datas inseridas só em certos pontos do de Morôni apresentam duas cartas de
texto. Mórmon a seu filho; as datas, porém,
O ano nefita parece ter início no mês “ entre 400 A.D. e 421 A.D.", indicam
que chamamos de abril. (3 Néfi 8:5.) aproximadamente quando Morôni as
Assim, havendo referência aos transcreveu nas placas, uma vez que as
"princípios do ano décimo quarto" (3 Néfi ditas cartas devem ter sido escritas
2:17), este ano começou em abril do ano algum tempo antes da batalha no Monte
14 A.D., continuando até março de 15 Cumorah, em 385 A.D.
A.D. O caso é idêntico nas datas Escritura é a tradução inspirada do
correspondentes a A.C., visto que o texto do Livro de Mórmon; o resto, como
----------------- , l *‘------------------
Abril de 1984 Perguntas Respostas 25

divisão em versículos, resumos dos povo um ano antes de haverem partidol


capítulos, remissões recíprocas e datas (Mosiah 21:22.) Obviamente, a data do
cronológicas, são acréscimos destinados último acontecimento precisa ser
a auxiliar o leitor moderno. Essas datas corrigida em pelo menos um ano. Os
no rodapé podem ser proveitosas, mas eventos narrados em Mosiah 23:25 a
logicamente são exatas apenas na 24:25 devem ser situados em 121 A.C.,
medida em que traduzem a informação uma vez que as tropas que encontraram
contida no texto do livro. Alma foram as que estavam à procura de
Com as datas atuais, existem poucas Amom e Límhi (Mosiah 22:15-16; 23:30,
dificuldades. Às vezes, são devidas a um 35); e, baseado na informação de Alma
erro de aritmética, como no caso de 2 17:6, a data da partida dos filhos de
Néfi 5:28, onde Néfi diz que “ passaram- Mosiah deveria ser mudada para 91 A.C.
-se trinta anos desde que havíamos (Mosiah 28:9.) Também, como os
deixado Jerusalém” . Léhi e seus acontecimentos narrados em Alma 36:1 a
familiares saíram de Jerusalém em ‘‘600 Alma 43:2 se deram no décimo oitavo ano
A.C.” ; trinta anos depois seria 570 A.C. dos juizes, deveriam ser situados em
Entretanto, a data assinalada para 2 Néfi ‘‘aproximadamente 74 A.C.” .
5:28 é ‘‘569 A.C.” , um erro aritmético de Todas as datas em nosso atual livro de
um ano. Outro exemplo é o de Amon, que Mórmon representam a cronologia
partiu com seus homens em 121 A.C. estabelecida pelo Comitê do Livro de
(Mosiah 7:2-3), e a data atual diz que eles Mórmon responsável pela edição de
voltaram depois de salvarem Límhi e seu 1920. ★
26 A Liahona

HUMILDADE

FrankL. Ciaven

umildade é uma palavra que de pensar quão pouco ligamos para o

H ouvimos muito, mas será que


realmente entendemos o que é?
Acho que eu não entendia até certa
próximo, ao perseguirmos nossos
próprios interesses.
A pessoa seguinte que chegou à
manhã, anos atrás, quando vi a porta do hotel forneceu um real
humildade em ação numa entrada de contraste. O Élder George Q. Morris, do
hotel. Encontrava-me sentado no Quorum dos Doze, homem de oitenta e
saguão do Hotel Utah, na Cidade do tantos anos, estendeu a mão e manteve
Lago Salgado. Da minha poltrona, a porta aberta por alguns minutos,
observava com grande interesse as enquanto outros passavam por ela, sem
HulI

pessoas entrando e saindo pela porta sequer um aceno de agradecimento.


principal, com o saguão ficando cada Quando não havia mais ninguém
Ilustrado por Richard

vez mais movimentado. As pessoas iam querendo passar, ele entrou no saguão.
e vinham, esbarrando umas nas outras Tirou o chapéu da cabeça que quase
na pressa e trocando olhares irritados, lhe foi arrebatado da mão por uma
enquanto prosseguiam. Não pude deixar jovem que, de tão apressada, nem
Abril de 1984 27

mesmo percebeu em quem havia com a mente mais entretida que o Élder
esbarrado. Morris. Venho pensando desde aí se
Fiquei observando o Élder Morris por não teria sido bem mais apropriado (se
uns seis ou sete minutos, pelo menos, bem que menos fiel à vida) que todos
enquanto procurava atravessar o abrissem caminho para um apóstolo do
saguão, sempre dando lugar aos outros, Senhor.
pedindo desculpas ou dizendo: “ Por Algumas das genuínas marcas da
favor, o senhor primeiro.” Diversas humildade — gentileza, consideração
vezes teve de parar de vez, enquanto pelo próximo e atenção para com seus
outros passavam por ele. Se havia interesses e necessidades — são
pessoas em seu caminho, esperava freqüentemente esquecidas em nossa
pacientemente até que lhe dessem vida agitada. Desde que observei numa
lugar ou seguissem adiante, sem entrada de hotel a verdadeira
perceberem que ele desejava passar. humildade, venho apreciando
Estou certo de que, naquele saguão, cada vez mais esses pequenos atos de
não havia ninguém mais ocupado ou gentileza. ★
28 A Liahona

Keith Edwaids

P
ortador de deficiência física e querido e sabia que nosso consultor o
dificuldade de aprendizagem, aos amava.
quinze anos Billie vivia praticamente Ao completar dezesseis anos, Billie
esquecido pelo nosso quorum. Não fora voltou a ser esquecido, mas somente até
necessário batizá-lo. Ele freqüentava uma que mais alguns de nós fizemos
escola especial. Sendo deficiente físico, o dezesseis anos e nos tornamos
escotismo não parecia apropriado para sacerdotes. Lembrando-nos de Billie,
ele. Então foi chamado um novo consultor começamos a levá-lo para nossas
para o quorum dos mestres. “ Se o Billie atividades do quorum: novamente em
consta da lista de chamada, então deve nossa companhia, Billie voltou a sentir-se
ser incluído pelo menos nas atividades.” mais à vontade ainda.
O Irmão Wilson encarregou-se do Chegou a temporada de volibol. Nós
primeiro contato, e a reação foi éramos a melhor equipe da estaca. Há
espantosa. Certamente que Billie iria. dois anos vínhamos quase ganhando o
“ Ninguém chegou sequer a pensar em campeonato da estaca, e era neste que a
convidá-lo” , explicou a mãe, vitória seria nossa. Contávamos com
justificando-o. alguns “ veteranos” , tínhamos altura e
Naqueles meses de primavera e verão, possuíamos talento. E até um mascote —
Billie não faltou a nenhuma atividade da Billie. Chegamos mesmo a deixar Billie
A.M.M. e nós começamos a familiarizar- jogar. O simples fato de acertar na bola
-nos com ele. Ele, então, sentia-se aceito era um feito e tanto para ele, mas todos o
pelo grupo. Alguns dos rapazes não o aplaudiam e incentivavam, e com isso
compreendiam e criticavam seus modos Billie achava realmente que estava
desajeitados, mas Billie considerava-se contribuindo com alguma coisa.
30 ALiahona

Participar das partidas tornou-se mais dissera que, em sua vida, todo técnico
importante que nunca para ele. Durante a deveria ter oportunidade de treinar um
temporada, Billie talvez custasse ao time grupo como o nosso. Achava que éramos
alguns pontos ou mesmo um jogo ou capazes de entender princípios. Não
outro, mas ele jogava, e todos sentiam-se havia escolha; tinha de deixar o Billie
contentes com nosso sacrifício. jogar.
Finalmente chegou o campeonato da A outra equipe sacou — diretamente
estaca. Continuava a mesma rivalidade para o Billie. Outro saque — para o Billie;
dos dois últimos anos. Mas, desta vez, e mais outro. Não sacavam para outro
nós haveríamos de ganhar. Tínhamos jogador senão o Billie. O treinador do time
derrotado a outra equipe durante os jogos contrário pediu tempo; conversou com o
normais da temporada, e faríamos o sacador. Outro saque — direto para o
mesmo no campeonato. Como Billie. A contagem estava 11 a 0; nenhum
precaução extra, talvez, alguém se saque fora devolvido. Finalmente, um
“ esqueceu” de avisar o Billie da partida. saque bateu na rede, mas era tarde
No sábado à tarde, alguns de nossos demais. A partida terminou em 15 a 6. Era
jogadores mostravam-se excessivamente o nosso ano de ganhar e perdemos.
confiantes e foram tomar refrigerante. A O outro time saiu da quadra de cabeça
primeira partida começou sem eles, mas baixa. Nós lutávamos contra as lágrimas.
os reservas jogaram muito bem. Então Não dava para entender. Saímos, e o
chegou o bispo em companhia do Billie. treinador tentou conversar conosco.
As duas equipes estavam bem treinadas, "Achei que sabia o que era certo.” Até
a partida transcorreu equilibrada, mas mesmo ele procurava manter a calma.
nós perdemos. Assim, não podíamos "Acredito na importância de todos
deixar nossos melhores jogadores no jogarem. Sempre deixei que todos
banco na partida seguinte, pois tínhamos jogassem. Espero que esteja agindo
de ganhá-la como última oportunidade de certo.” Ali estava o bispo com o Billie.
vencer duas em três. Dava impressão de querer falar, mas não
Billie ficara ao lado do treinador sabendo o que dizer. Finalmente, Billie
durante a primeira partida inteira. quebrou o silêncio: “ Bem, ganhamos
"Agora? Devo entrar agora? Está na hora mais um!”
de eu jogar?” Sua insistência era irritante. Depois disso, as coisas mudaram. Na
O treinador falou bondosamente, mas reunião do sacerdócio, o bispo deu uma
com firmeza: "Sente-se, Billie; eu aviso aula sobre ganhar. Falou de um pai
quando você deve entrar." inativo indo ao templo, porque seu filho
No final da primeira partida, Billie não deficiente era amado por nosso quorum.
agüentava mais esperar. Pontos não Disse que isto é que era ganhar. Alguém
faziam o mínimo sentido para ele. A única comentou que, se o Billie podia jogar
coisa que importava era jogar. O volibol, podia também vir para a reunião
treinador olhou para o Billie, hesitando por do sacerdócio. De repente, Billie era
um interminável minuto. Sempre deixara realmente um de nós. Havíamos investido
todos os rapazes jogarem. Seria agora nele um campeonato de volibol e ele era
que mudaria as normas? Não era o importante para nós.
princípio mais importante que o jogo? Chegou a temporada de basquete.
Nosso grupo era fora do comum. Todos ãgora já conheciam o Billie. Todos
Poucas semanas antes, o treinador nos sabiam que iria jogar. Os árbitros sabiam
Abril de 1984 31

o que fazer, quando ele tentava sair


batendo a bola pela quadra. Os times
faziam certas concessões à sua falta de
Eia o ano de nosso time
jeito. Ele realmente fazia parte da coisa. ganhai. Então, como podia o
Chegou novamente o campeonato da técnico fazei o Billie jogai,
estaca. Tivemos sucesso nas partidas quando estávamos peidendol
contra os outros times, e a final seria
outra vez contra a mesma equipe que
havíamos enfrentado no volibol.
Bem, perto do final do primeiro tempo,
tudo começou a dar errado para nós. O
treinador via o que estava acontecendo, e
lá pelas tantas, era óbvio que nada mais
daria certo para nós naquela noite.
Enquanto procurávamos alguma forma de noite. Todos aplaudíamos; rimos um
nos desforrarmos dos rapazes que nos pouco; e o Billie voltou para casa como o
derrotaram no volibol, algo extraordinário astro da noite. Quem ganhou? Eles
acontecia na quadra de basquete. ganharam, nós ganhamos, a estaca
Billie estava jogando. Na verdade, não também ganhou.
conseguia lançar a bola. Com um braço e Descobrimos que, quando nos
mão atrofiados, não tinha como dar esquecemos um pouco de nós mesmos e
direção à bola. Mas, toda vez que pegava nossos objetivos egocêntricos, pontos
a bola, o treinador da outra equipe não contam tanto como a pessoa; e
mandava alguém cometer falta contra o descobrimos que todos nos importamos
Billie. Aquilo me deixou realmente com as mesmas coisas. Os rapazes do
zangado. Até mesmo os espectadores não outro time não são tão maus assim. Os
conseguiam acreditar no que viam. Por árbitros são realmente humanos. E perder
que nosso bispo sorria? Então, um dos uma partida não é o fim do mundo, não
jogadores contrários deu um tapinha bem quando se está ganhando.
leve no Billie. Um dos árbitros apitou, e Naquele ano, continuamos jogando na
então todos — até eu — entenderam. Olimpíada dos Escoteiros. Participamos
Billie ia cobrar a falta. Na verdade, deram- de jogos de volibol e basquete, ganhamos
-Ihe dois lances livres (falta intencional) e alguns, perdemos outros. Mas nosso
quando ele errou o segundo, um dos investimento no Billie era uma coisa real
rapazes do outro time estava com o pé e ensinamos a alguns outros times — ou
além da linha, e Billie teve direito a novo melhor, Billie ensinou — que ganhar só é
lance, na verdade a diversos mais. importante, quando desenvolve nossa
A multidão aplaudia e incentivava o estatura ou, como diz o nosso bispo,
Billie; nós também estávamos torcendo, “ quando desenvolvemos o caráter” . E
assim como o time contrário. Seria isto suponho que foi isso que aprendemos
perder? Todos estavam cooperando. com o caráter do Billie.
Ninguém parecia estar ligando para a Nosso bispo diz que o Billie está aqui
contagem; todos ajudavam o Billie. As para nos ensinar. E todos ficamos a
duas equipes ajudavam, torciam e observá-lo um pouco melhor, para ver
apoiavam o Billie. que outras lições podemos aprender
O Billie fez muitos lances livres naquela dele. ★
DEUS
32 ALiahona

AMOU O-

MUNDO - DE TAL MANEIRA —

Presidente
Spencei W. Kimball

ntes de tornar-me presidente da Fitando-a nos olhos por um instante,

A Igreja, fui designado, como membro


do Quorum dos Doze Apóstolos, a
visitar alguns países da América do Sul
achei que acabaria sorrindo. Mas não
sorriu. Então eu disse com firmeza: — Ele
disse ser o Filho de Deus, porque era o
para várias reuniões com os santos. Filho de Deus.
Fomos muito bem recebidos por esses Posteriormente, li um artigo na edição
países, suas autoridades e imprensa. pascal de um jornal de uma das maiores
Interessou-me um comentário feito cidades da América do Sul. Seu autor era
pela representante de um dos mais um clérigo, com seu nome acompanhado
importantes jornais do Brasil, e que, no de uma porção de títulos acadêmicos. Li
dia anterior, um domingo, ouvira um o artigo inteiro, não encontrando uma
sermão meu, no qual me pronunciei única menção ao Senhor dos céus e da
vigorosamente a respeito da restauração terra, o Redentor e Salvador. Só falava
do evangelho. Ela perguntou-me por que em “ Jesus” . Citou duas ou três escrituras
Cristo fora crucificado, ao que respondi: que diziam ser Jesus de Nazaré mais que
— Porque ele disse: “ Sou o Filho de
Deus."
Sua reação me chocou: — “ Ele não "Então <Simeão) o tom ou em seus braços, e louvou a
deveria ter dito isso, não é? Ele não o era, Deus, e disse: Agora, Senhor, despede em paz o teu
servo... pois já meus olhos viram a tua salvação. "
de fato?”
(Lucas 2 :2 8 - 3 0 .) Pintura de J. J. Tissot.
Pensei que estivesse brincando.
% iéf m fÈ,
;; * ’ ' r?
34 ALiahona

o filho de um carpinteiro, porém nem uma dos Judeus.” Os judeus, ressentidos,


só vez em seu artigo deu outro título ao reclamaram, dizendo:
Cristo que derramou seu precioso sangue “ Não escrevas Rei dos Judeus; mas
por ele. que ele disse: Sou Rei dos Judeus.
Durante a mesma viagem, perguntei a “ Respondeu Pilatos: O que escrevi,
quatrocentos missionários congregados escrevi.” (Veja João 19:19-22.)
numa reunião: “ O que pensais de Cristo e Lestes de Natanael, o homem no qual
do que dele se diz?” E ouvi quatrocentos não havia dolo, que exclamou ao ver
testemunhos inspiradores daqueles Cristo:
jovens — testemunhos firmes, "Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o
transbordantes de convicção. Rei dlsrael.” (João 1:49.)
Lembrei-me de que Paulo disse: "E eu, Paulo mal acabara de passar por sua
irmãos, quando fui ter convosco, metamorfose e recobrar a visão depois
anunciando-vos o testemunho de Deus, de sua experiência assombrosa, quando,
não fui com sublimidade de palavras ou dirigindo-se à sinagoga, pregou a respeito
de sabedoria. de Cristo, “ que este era o Filho de Deus” .
‘‘Porque nada me propus saber entre Por que, então, clérigos evitam
vós, senão a Jesus Cristo, e este deliberadamente os nomes da Deidade, a
crucificado.” (I Coríntios 2:1-2.) quem preferem chamar somente de
Não vejo como poderíamos Jesus? Existem dezenas de milhares de
comemorar a Páscoa sem falar do Jesus no mundo. Em todos os países de
Senhor Jesus Cristo. Pois até mesmo os idioma espanhol, encontramo-los por toda
demônios sabem que Jesus é o Cristo. a parte. Embora o pronunciem Hê-sús, é
Certa ocasião, demônios clamaram: "Tu Jesus. Todavia, houve um único Jesus
és o Cristo, o Filho de Deus. E ele, que se tornou o Príncipe da Luz, o Autor
repreendendo-os, não os deixava falar, de nossa salvação.
pois sabiam que ele era o Cristo.” (Lucas Disse Joseph Smith: “ Eu tinha
4:41.) Noutra, ‘‘o espírito maligno disse: realmente visto uma luz, e no meio da luz
Conheço a Jesus, e bem sei quem é vi dois Personagens, e eles em realidade
Paulo; mas vós, quem sois?” (Atos 19:15.) falaram comigo; e ainda que perseguido e
E noutra ainda, ‘‘clamaram dizendo: Que odiado por dizer que eu tivera uma visão,
temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? entretanto era a verdade; e enquanto me
Vieste aqui atormentar-nos antes do perseguiam, injuriando-me e dizendo toda
tempo?” (Mateus 8:29.) espécie de falsidades contra mim, devido
Creio que havia bastante certeza no às minhas afirmações, fui induzido a dizer
coração de Pôncio Pilatos, quando foi em meu coração. Por que me perseguem
constrangido pela consciência a por dizer a verdade? Tive realmente uma
inocentar o Salvador; mas, por ambição visão; e quem sou eu para opor-me a
política e outras razões, e apesar dos Deus? Ou, por que pensa o mundo fazer-
rogos de sua mulher, ele entregou o -me negar o que realmente vi? Porque
Salvador para ser crucificado. Mesmo havia visto uma visão; eu o sabia, e
depois disso, escreveu na cruz em três compreendia que Deus o sabia, e não
idiomas — hebraico, grego e latim — as podia negá-lo, nem ousaria fazê-lo; pelo
famosas palavras: ‘‘Jesus de Nazaré, Rei menos eu sabia que, procedendo assim,
Abril de 1984 35

ofenderia a Deus, e estaria sujeito à


"E era a hora terceira, e o c ru cifica ra m ." (Marcos
condenação.” (Joseph Smith 2:25.) 1 5 :2 5 .) Pintura de J. J. Tissot.
Certamente vos lembrais do que disse
Pedro, quando Jesus indagou aos
discípulos: “ Quem dizem os homens ser
o Filho do homem?” E alguns palavras, não o soubeste pelo homem,
responderam, dizendo acharem ser Elias mas meu Pai o revelou a ti; recebeste
ou um dos outros profetas; então o uma grande revelação, e tu o sabes.
Senhor tornou a perguntar e posso Fiz a quatrocentos missionários a
imaginar seus olhos penetrantes e incisivos: pergunta do Senhor que todo homem,
“ E vós, quem dizeis que eu sou?” E a mulher e criança desta terra têm de
resposta foi a mais emocionante e enfrentar: "Quem dizeis que eu, o Filho
gloriosa das declarações já feitas: “ Tu és do homem, sou?” E senti-me gratificado
o Cristo, o Filho do Deus vivo.” E a com as centenas de respostas, dizendo:
afirmação que segue jamais deve ser "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo."
esquecida: “ Não to revelou a carne e o E este é o meu testemunho para vós,
sangue, mas meu Pai, que está nos que Jesus é realmente o Cristo, o Filho
céus." (Ver Mateus 16:13-17.) Em outras vivo do Deus vivo. ★
36 ALiahona

HOJE ANDEI POR ONDE

ANDOU
JESUS Presidente Haiold B. Lee
O Presidente Lee em primeiro conselheiro na
Primeira Presidência, quando escreveu este artigo em
1972, recordando sua visita à Terra Santa. Ele serviu
como presidente da Igreja de julho de 1972, até sua
morte, em dezembro de 1973.

encantador e sagrado refrão: “ Hoje


urante três gloriosos dias, pisamos

D chão sagrado, sentindo a


influência da maior pessoa que já
viveu nesta terra, Jesus, o Cristo, o
andei por onde andou Jesus.”
Ao percorrermos em carro alugado e
acompanhados de um guia competente,
próprio Filho do Deus vivo. os aproximadamente nove quilômetros
Ao nos aproximarmos da Terra Santa, que separam a cidade murada de
lemos juntos os quatro evangelhos; e Jerusalém da aldeia de Belém, aninhada
depois, toda vez que deixávamos nossos nas colinas da Judéia, imaginamos ouvir
quartos, orávamos ao Senhor que mais uma vez os acordes deste querido
fechasse nossos ouvidos ao que o guia hino de Natal:
falava sobre os locais históricos e nos "Pequena viIa de Belém, repousa em
tornasse intensamente sensíveis ao teu dormir,
influxo do Espírito, para sabermos, mais Enquanto os astros, lá no céu, estão a
refulgirl
por intuição que por informação, onde
Porém, nas tuas trevas resplende eterna
estavam os locais sagrados. luz,
Acho que ali na Terra Santa, comecei a Incomparável, divinal, Nasceu o bom
realmente apreciar, pela primeira vez, o Jesus!"
O sepulcro no horto. (Foto de E/don K. Linschoten.)
38 ALiahona

(Hinos, n? 119.) comprazo.” (Mateus 3:16-17.)


Para trás, à nossa esquerda, estava o Seguimos por uns cinco quilômetros a
campo dos pastores. Contemplando as estrada que leva da cidade de Jerusalém
encostas da colina onde ainda pastavam à herdade de Marta, Maria e Lázaro, onde
ovelhas como há quase dois mil anos, o Mestre sentia-se mais à vontade com os
pudemos entender melhor o significado amigos do que dentro dos muros de
da história dos pastores. Jerusalém, entre os judeus presunçosos.
“ Ora, havia naquela mesma comarca A pouca distância da casa de Marta e
pastores que estavam no campo, e Maria, fica na rocha o sepulcro de
guardavam durante as vigílias da noite o Lázaro. Postados na sua entrada,
seu rebanho. recordamos a dramática declaração do
“ E eis que o anjo do Senhor veio sobre Salvador a Marta sobre sua grandiosa
eles, e a glória do Senhor os cercou de missão pouco antes de fazer Lázaro
resplendor, e tiveram grande temor. voltar à vida:
“ E o anjo lhes disse: Não temais, “ Eu sou a ressurreição e a vida; quem
porque eis aqui vos trago novas de crê em mim, ainda que esteja morto,
grande alegria, que serão para todo o viverá.
povo. “ E todo aquele que vive, e crê em mim,
“ Pois, na cidade de Davi, vos nasceu nunca morrerá.”
hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor.” Imaginamos estar ouvindo o fervoroso
(Lucas 2:8-11.) testemunho de Marta: “ Sim, Senhor,
Imaginamos estar, com os pastores, na creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus,
entrada da gruta escavada na rocha, que que havia de vir ao mundo.” (João 11:25-
agora fica no subsolo da Igreja da -27.)
Natividade. Naquele local, pareceu-nos Com os olhos da mente, pareceu-nos
pairar uma confirmação espiritual de que testemunhar o milagre da ressurreição de
era realmente um sítio sagrado. Abaixo, Lázaro, quando o Senhor, olhando para
na parte inferior, está a caverna dentro do sepulcro onde jazia há vários
escavada na rocha, que pareceu indicar dias o corpo de Lázaro envolto em panos,
para nós um local sagrado. ordenou com voz imperiosa: “ Lázaro, sai
Além de Jericó, a cidade das para fora." (João 11:43.) O poder desse
palmeiras, sentiríamos novamente um Homem de Deus sobre a morte se
espírito maravilhoso nas margens do Rio confirmara.
Jordão, onde o destemido João Batista Foi nesse ponto elevado que
batizou o Filho do Homem. Este sagrado aconteceu sua ascensão, e os dois seres
incidente ocorrido ali, está registrado com vestidos de branco que o
simplicidade: acompanhavam, disseram à multidão que
“ E, sendo Jesus batizado, saiu logo da observava sua subida entre as nuvens:
água e eis que se lhe abriram os céus, e "Varões galileus, por que estais olhando
viu o Espírito de Deus descendo como para o céu? Esse Jesus, que dentre vós
pomba e vindo sobre ele. foi recebido em cima no céu, há de vir
“ E eis que uma voz dos céus dizia: assim como para o céu o vistes ir.” (Atos
Este é o meu Filho amado, em quem me 1:11.)
Abril de 1984 39

O M onte das Oliveiras. (Foto de Lynn M. H ilton.)

Pisamos o solo sagrado nesses lugares passa de mim este cálice; todavia, não
e outra vez no Getsêmani. No jardim do seja como eu quero, mas como tu
Getsêmani, um dos lugares mais queres.” (Mateus 26:39.)
profundamente espirituais, erguem-se oito Estava chegando ao fim o tempo de
oliveiras retorcidas e muito antigas. Foi ali nossa visita a Jerusalém. Havíamos
que Cristo se ajoelhou, bem perto de seguido o guia pela tradicional sala do
onde estávamos. Imaginamos novamente julgamento, onde o Mestre foi açoitado e
ouvir as angustiadas palavras de seu sentenciado à morte por um tribunal que
intenso sofrimento, que ele descreveu zombou da justiça. Percorremos o
numa grandiosa revelação: suposto trajeto até o local da crucificação
“ Sofrimento que me fez, mesmo sendo e do santo sepulcro. Mas tudo isso,
Deus, o mais grandioso de todos, tremer sentimos, não correspondia aos lugares
de dor e sangrar por todos os poros, certos. Não sentimos nenhum sinal da
sofrer, tanto corporal como confirmação espiritual que sentíramos em
espiritualmente — desejar não ter de outros lugares, pois não disse Paulo,
beber a amarga taça e recuar.” (D&C falando da crucificação: “ Por isto
19:18.) também Jesus, para santificar o povo
E então orou: “ Meu Pai, se é possível, pelo seu próprio sangue, padeceu fora da
40 A Liahona

p orta"! (Hebreus 13:12; grifo nosso.) mais se encontrava ali e se pôs a chorar
Em outras palavras, ele sofreu até a amargamente:
morte sobre a cruz pelos pecados da “ E Maria estava chorando fora, junto
humanidade, não dentro das portas de ao sepulcro. Estando ela, pois, chorando,
Jerusalém, mas fora delas; mesmo assim, abaixou-se para o sepulcro; "E viu dois
os guias procuravam convencer-nos de anjos vestidos de branco, assentados
que a crucificação se deu dentro dos onde jazera o corpo de Jesus, um à
muros da cidade. E também, o que cabeceira e outro aos pés.
estávamos vendo ali não concordava "E disseram-lhe eles: Mulher, por que
com o que descreveu João sobre o local choras? Ela lhes disse: Porque levaram o
da crucificação e sepultamento, pois ele meu Senhor, e não sei onde o puseram.
diz: “ E, tendo dito isto, voltou-se para trás,
"E havia um horto naquele lugar onde e viu Jesus em pé, mas não sabia que era
fora crucificado, e no horto um sepulcro Jesus.
novo, em que ainda ninguém havia sido "Disse-lhe Jesus: Não me detenhas,
posto. porque ainda não subi para meu Pai, mas
"Ali pois (por causa da preparação dos vai para meus irmãos e dize-lhes que eu
judeus e por estar perto aquele sepulcro) subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus
puseram a Jesus.” (João 19:41-42.) e vosso Deus.” (João 20:11-14, 17.)
Faltava-nos ainda visitar outro lugar, o Naquela noite, da varanda do nosso
horto do sepulcro, que atualmente quarto de hotel, vimos o Monte Sião
pertence à Igreja dos Irmãos Unidos. A recortado contra o firmamento, e ali
guia pareceu estar-nos levando para um estava a torre do Rei Davi marcando,
lugar de pouca importância, e enquanto assim nos disseram, o lugar onde se deu,
nos conduzia pelo horto com seu filho supostamente, a Última Ceia, pouco
pequeno, vimos uma colina fora dos antes de o Salvador descer para o Ribeiro
muros da cidade, perto do local do de Cedrom e sua traição, julgamento e
julgamento, que ficava dentro deles. O morte. Ali, no Monte Sião ou na Nova
horto situava-se bem perto, e o sepulcro Jerusalém da América (nossos estudiosos
fora escavado numa rocha viva, das escrituras não chegam a uma
evidentemente feito por alguém que podia conclusão qual delas será), terá início o
pagar o preço de um trabalho habilidoso. maior espetáculo de toda a história do
Alguma coisa pareceu-nos dizer, mundo, anunciando a segunda vinda do
enquanto estávamos ali, que esse era o Senhor. O próprio Mestre descreveu esse
lugar mais sagrado de todos, e momentoso acontecimento:
imaginamos estar testemunhando o "... o Cordeiro estará de pé sobre o
drama que ali se desenrolou. A entrada Monte Sião, e com ele cento e quarenta e
desse sepulcro pode ser fechada por uma quatro mil, tendo o nome do Pai escrito
pedra redonda, e ainda existe a calha na na testa.
qual a pedra rolava para fechar a entrada. "E será uma voz como a voz de muitas
A pedra em si foi retirada, mas a calha águas e como a de um forte trovão, que
ainda é visível. Maria, ao olhar para abaterá as montanhas e não se acharão
dentro do sepulcro, viu que Jesus não os vales.” (D&C 133:18, 22.)
Abril de 1984 41

O Jardim do Getsêmani. (Foto de Gera/d Si/ver — Expedição de Lynn Hilton, 1 9 7 6 .)

“ E então o Senhor assentará o seu pé Na manhã seguinte, ao seguirmos pela


sobre este monte, e o mesmo se rachará Estrada de Jafa, ladeando as encostas
em dois, e a terra tremerá, e vacilará de rochosas, para Tel-Aviv e o nosso
um lado para outro, e os céus também aeroporto, contemplamos a obra dos
estremecerão. judeus que estão voltando para fazer o
“ E o Senhor fará soar a sua voz, e deserto ‘‘(florescer) como a rosa” ,
todos os confins da terra ouvi-la-ão; e as conforme predisseram os profetas.
nações da terra prantearão, e os que Saí dessas experiências, sentindo-me
houverem rido verão a sua imprudência. totalmente diferente quanto à missão
“ E então os judeus olharão para mim e de nosso Senhor e Salvador. Sentia-me
dirão: O que são essas feridas em tuas imbuído, como nunca antes, do que
mãos e em teus pés? significa ser uma testemunha especial.
“ Então saberão que eu sou o Senhor; Digo, com toda convicção de minh’alma,
pois lhes direi: Estas feridas são as que que eu sei que Jesus vive. Sei que é
me fizeram na casa de meus amigos. Eu realmente o Filho de Deus. E sei que
sou aquele que foi exaltado. Eu sou Jesus nesta igreja e no Evangelho de Jesus
que foi crucificado. Sou o Filho de Deus.” Cristo se encontra o caminho para a
(D&C 45:48-49, 51-52.) salvação. *