Anda di halaman 1dari 5

REDAÇÃO DISCURSIVA

Aspectos Estéticos e Normas Estéticas


Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

ASPECTOS ESTÉTICOS E NORMAS ESTÉTICAS

Aspectos Estéticos do Texto

Margem: ambas as margens devem ser rigorosamente respeitadas. O tama-


nho padrão de abertura dos parágrafos é de 2,5 a 3 centímetros.
Rasura: se errar, passe apenas um traço (sutil) em cima da palavra errada.
Não faça rabiscos nem marcas.
Letra: precisa ser legível e de tamanho normal – não aumente nem diminua
de acordo com o número de linhas exigidas.

Atenção!
A primeira letra deve estar visivelmente maiúscula.

Translineação: preste muita atenção na separação das sílabas das palavras


quando for mudar de linha. A separação deve seguir as prescrições gramaticais.
Título: não coloque. A Fundação Carlos Chagas não pede título nas reda-
ções. Comece a escrever na primeira linha.

Uso das Pessoas do Discurso

3ª pessoa – prefira, pois é a que dá ao texto um caráter mais objetivo. O


texto deve ter predomínio da função referencial e, portanto, primar pela objetivi-
dade, já que ela aporta maior credibilidade às informações fornecidas.
1ª pessoa do singular – não use, porque ela imprime extrema subjetividade
no texto. Por isso, não é adequada à redação discursiva cobrada nos concursos.
1ª pessoa do plural – evite, pois ela irá atribuir ao texto certo grau de subje-
tividade, que não é muito aconselhável a esse tipo de redação.
ANOTAÇÕES

1
www.grancursosonline.com.br
REDAÇÃO DISCURSIVA
Aspectos Estéticos e Normas Estéticas
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Cuidados a se Tomar na Redação

1º Mantenha-se rigorosamente dentro do tema proposto, pois será atribuída


nota zero a quem fugir à modalidade de texto exigida ou ao tema proposto.
2º Não construa períodos muitos longos ou sequências de frases muito curtas –
que podem deixar o texto truncado, confuso, cansativo.
3º Evite a repetição de termos, porque cansa o leitor – utilize expressões ou
vocábulos sinônimos. Evite, também, a redundância de ideias, que sobrecarrega
o texto sem acrescentar nada!
4º Não utilize frases feitas ou coloquialismos, nem uma linguagem rebuscada
demais.
5º Evite argumentos generalizantes ou baseados apenas no senso comum,
já que eles não conferem credibilidade ao texto.
6º Evite o excesso de subjetividade (infelizmente, com certeza, sem sombra
de dúvida, o saudoso) porque ela reduz o crédito das informações apresentadas.

Normas Técnicas de Referência

1º Artigos de documentos oficiais

Os artigos de Leis, Medidas Provisórias, Decretos, Portarias, Resoluções,


Regimentos etc. devem ser designados pela forma abreviada Art., seguida de
algarismo arábico e do símbolo de número ordinal (º) até o de número nove. Ex.:
Art. 1º, Art. 5º.
A partir do artigo de número 10, usam-se algarismos arábicos, seguidos de
ponto. Ex.: Art. 10., Art. 50.
ANOTAÇÕES

2
www.grancursosonline.com.br
REDAÇÃO DISCURSIVA
Aspectos Estéticos e Normas Estéticas
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

2º) Incisos

Os incisos dos artigos devem ser designados por algarismos romanos, segui-
dos de hífen e iniciados por letra minúscula, a não ser que se trate de nome pró-
prio. Observe:
Art. 95. Os juízes gozam das seguintes garantias:
I – vitaliciedade;
II – inamovilidade;
III – irredutibilidade de vencimentos.

Atenção!
Os incisos são pontuados com ponto e vírgula, exceto o último (que se encerra
em ponto); aquele que contiver alíneas encerra-se com dois pontos.

3º) Numerais

Os numerais devem ser grafados por extenso quando constituírem uma única
palavra. Veja o exemplo:
“Dos quinze processos enviados, oito já retornaram à Seção de Protocolo.”

Quando constituírem mais de uma palavra, os numerais deverão ser grafa-


dos com algarismos arábicos. Observe:
“Há 345 processos para serem distribuídos aos desembargadores.”

E início de frase, recomenda-se a grafia por extenso, ainda que o número


seja constituído de mais de uma palavra. Veja:
“Seiscentos e vinte e dois títulos eleitorais foram enviados à Quinta Zona.

4º) Numerais que indiquem porcentagem

Seguem a mesma regra dos numerais. A expressão por cento será grafada
por extenso se o numeral constituir uma única palavra.
ANOTAÇÕES

3
www.grancursosonline.com.br
REDAÇÃO DISCURSIVA
Aspectos Estéticos e Normas Estéticas
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Ex.: trinta por cento dos processos já foram distribuídos...


Numeral constituído de mais de uma palavra será grafado na forma numé-
rica, seguido do símbolo (%). Observe o exemplo:
“Já foram distribuídos 32% dos processos...”.

5º) Siglas

Na primeira referência, deverá constar o nome completo do órgão, seguido


da sigla (entre travessões ou parênteses).
Geralmente, o nome aparece primeiro por extenso e, em seguida, a sigla
(entre parênteses ou seguida de traço ou de dois traços). Veja os exemplos:
• Companhia Energética de Brasília (CEB).
• Ordem dos Advogados do Brasil – OAB.
• Os portões da Universidade de Brasília – UnB – são abertos.

Quando a sigla for mais conhecida que o nome (ou quando não houver
mais correspondência com o nome por extenso), ela poderá aparecer primeiro
(seguida de traço ou de dois traços) e, ainda, entre parênteses. Observe:
• FMI – Fundo Monetário Internacional.
• BRB – Banco de Brasília.
• Novacap – Companhia Urbanizadora de Brasília.

A sigla pode ser pluralizada pelo acréscimo de um “s” minúsculo ou pela


duplicação das letras. Veja:
• EEUU (Estados Unidos).
• PPMM (Polícias Militares).
• APAEs (Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais) etc.

Se a sigla for composta de até três letras, deve ser escrita inteiramente em
maiúsculas. Não há ponto entre as letras das siglas. Observe os exemplos:
• GDF, SGA, ONU, UnB, CNPq, ICMBio (nos três últimos exemplos, as letras
minúsculas são abreviaturas e não devem se confundidas com as letras
das siglas).
ANOTAÇÕES

4
www.grancursosonline.com.br
REDAÇÃO DISCURSIVA
Aspectos Estéticos e Normas Estéticas
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Atenção!
Não se pode direcionar apelidos informais às leis. Quando for necessário
mencionar uma lei, observe se ela é específica, pois, nesse caso, ela deve
ser grafada com iniciais maiúsculas, especificando se ela é uma lei estadual,
municipal, distrital ou federal, bem como o seu número e ano. Após essas
especificações, pode-se colocar, entre parênteses, a forma como a lei é
conhecida para utilizá-la no decorrer do texto.
Ex.:
• Lei Federal n. 11.340/20016 (conhecida como Lei Maria da Penha).
• Lei Federal n. 8.112/1990 (Lei dos Direitos e Deveres do Servidor Público
Federal).

�Este material foi elaborado pela equipe pedagógica do Gran Cursos Online, de acordo com a
aula preparada e ministrada pela professora Vânia Araújo.

ANOTAÇÕES

5
www.grancursosonline.com.br