Anda di halaman 1dari 19

Força Peso

A força peso (P) é um tipo de força que atua na direção vertical sob a atração da
gravitação da Terra.
Em outras palavras, é a força que existe sobre todos os corpos, sendo exercida sobre
eles por meio do campo gravitacional da Terra.

Você sabia?
O peso dos corpos pode variar segundo a gravidade do local. Ou seja, o peso de um
corpo é diferente no planeta Terra, com gravidade de 9,8m/s2, e em Marte, onde a
gravidade é 3,724m/s2.
Por isso, quando dizemos “eu peso 60 Kg”, estamos utilizando uma expressão incorreta
segundo a física.
O correto seria “eu tenho massa de 60Kg”. Isso porque enquanto o peso de um corpo
varia de acordo com a gravidade, o da massa nunca varia, ou seja, é constante.

Fórmula
Para calcular a força peso utiliza-se a seguinte fórmula:
P = m . g (em módulo)

(em vetor)
Donde,
P: força peso (N)
m: massa (Kg)
g: aceleração da gravidade (m/s2)
Lembre-se que a força é um vetor é por isso é indicado por uma seta acima da letra. Os
vetores possuem módulo (intensidade da força exercida), direção (reta ao longo da qual
ela atua) e sentido (o lado da reta no qual a força foi exercida).
Na gravidade padrão, ou seja, num local onde a aceleração gravitacional é de 9,8 m/s2,
um quilograma força (1kgf) é o peso de um corpo de um quilograma de massa:
1kgf = 9,8 N

Exemplos
1. Qual o peso de um corpo de massa 30 kg na superfície de Marte, onde a gravidade é
igual a 3,724m/s2?

2. Calcule o peso de um objeto de 50 Kg na superfície terrestre onde a gravidade é de


9,8m/s2?

3. Qual o peso de uma pessoa de 70 Kg na lua? Considere que a gravidade na lua é de


1,6m/s2.

Força Normal
Além da força peso, temos a força normal que também atua na direção vertical num
plano reto. Assim, a força normal será de mesma intensidade da força peso, no entanto,
em sentido oposto.
Para compreender melhor, veja a figura abaixo:
Exercícios de Vestibular com Gabarito
1. (PUC-MG) Suponha que sua massa seja de 55 kg. Quando você sobe em uma balança
de farmácia para saber seu peso, o ponteiro indicará: (considere g=10m/s2)
a) 55 Kg
b) 55 N
c) 5,5 Kg
d) 550 N
e) 5.500 N
Alternativa d
2. (ENEM) O peso de um corpo é uma grandeza física:
a) que não varia com o local onde o corpo se encontra
b) cuja unidade é medida em quilograma
c) caracterizada pela quantidade de matéria que o corpo encerra
d) que mede a intensidade da força de reação de apoio
e) cuja intensidade é o produto da massa do corpo pela aceleração da gravidade local.
Alternativa e
3. (Unitins-TO) Assinale a proposição correta:
a) a massa de um corpo na Terra é menor do que na Lua
b) o peso mede a inércia de um corpo
c) Peso e massa são sinônimos
d) A massa de um corpo na Terra é maior do que na Lua
e) O sistema de propulsão a jato funciona baseado no princípio da ação e reação.
Alternativa e
4. (UNIMEP-SP) Um astronauta com o traje completo tem uma massa de 120 kg. Ao
ser levado para a Lua, onde a aceleração da gravidade é igual a 1,6m/s2, a sua massa e
seu peso serão, respectivamente:
a) 75 kg e 120 N
b) 120 kg e 192 N
c) 192 kg e 192 N
d) 120 kg e 120 N
e) 75 kg e 192 N
Alternativa b
5. (UFV-MG) Um astronauta leva uma caixa da Terra até a Lua. Podemos dizer que o
esforço que ele fará para carregar a caixa na Lua será:
a) maior que na Terra, já que a massa da caixa diminuirá e seu peso aumentará.
b) maior que na Terra, já que a massa da caixa permanecerá constante e seu peso
aumentará.
c) menor que na Terra, já que a massa da caixa diminuirá e seu peso permanecerá
constante.
d) menor que na Terra, já que a massa da caixa aumentará e seu peso diminuirá.
e) menor que na Terra, já que a massa da caixa permanecerá constante e seu peso
diminuirá.
Alternativa e

Vetores: soma, subtração e


decomposição
Vetores são setas que têm como características a direção, o módulo e o sentido. Na
Física, além dessas características, os vetores têm nomes. Isso porque eles representam
grandezas (força, aceleração, por exemplo). Se estivermos falando sobre o vetor
aceleração, uma seta (vetor) estará em cima da letra a.

Direção horizontal, módulo e sentido (da esquerda para a direita) do vetor aceleração

Soma de Vetores
A adição de vetores pode ser feita através de duas regras, seguindo os seguintes passos:
Regra do Paralelogramo
1.º Junte as origens dos vetores.
2.º Trace uma linha paralela a cada um dos vetores, formando um paralelogramo.
3.º Some a diagonal do paralelogramo.

Importa referir que nesta regra podemos somar apenas 2 vetores de cada vez.

Regra da Poligonal
1.º Junte os vetores, um pela origem, outro pela extremidade (ponta). Faça assim
sucessivamente, conforme o número de vetores que precisa somar.
2.º Trace uma linha perpendicular entre a origem do 1.º vetor e a extremidade do último
vetor.
3.º Some a linha perpendicular.

Importa referir que nesta regra podemos somar vários vetores por vez.

Subtração de Vetores
A operação de subtração de vetores pode ser feita pelas mesmas regras da adição.
Regra do Paralelogramo
1.º Faça linhas paralelas a cada um dos vetores, formando um paralelogramo.
2.º De seguida, faça o vetor resultante, que é o vetor que se encontra na diagonal desse
paralelogramo.
3.º Faça a subtração, considerando que A é o vetor oposto de -B.

Regra da Poligonal
1.º Junte os vetores, um pela origem, outro pela extremidade (ponta). Faça assim
sucessivamente, conforme o número de vetores que precisa somar.
2.º Faça uma linha perpendicular entre a origem do 1.º vetor e a extremidade do último
vetor.
3.º Faça a subtração da linha perpendicular, considerando que A é o vetor oposto de -B.
Decomposição de Vetores
Na decomposição vetorial através de um único vetor podemos encontrar as
componentes em dois eixos. Esses componentes são a soma de dois vetores que
resultam no vetor inicial.
A regra do paralelogramo também pode ser usada nessa operação:
1.º Trace dois eixos perpendiculares entre si com origem no vetor existente.
2.º Trace uma linha paralela a cada um dos vetores, formando um paralelogramo.
3.º Some os eixos e verifique que o seu resultado é igual ao do vetor que havia
inicialmente.

Exercícios
01-(PUC-RJ) Os ponteiros de hora e minuto de um relógio suíço têm, respectivamente,
1 cm e 2 cm. Supondo que cada ponteiro do relógio é um vetor que sai do centro do
relógio e aponta na direção dos números na extremidade do relógio, determine o vetor
resultante da soma dos dois vetores correspondentes aos ponteiros de hora e minuto
quando o relógio marca 6 horas.
a) O vetor tem módulo 1 cm e aponta na direção do número 12 do relógio. x
b) O vetor tem módulo 2 cm e aponta na direção do número 12 do relógio.
c) O vetor tem módulo 1 cm e aponta na direção do número 6 do relógio.
d) O vetor tem módulo 2 cm e aponta na direção do número 6 do relógio.
e) O vetor tem módulo 1,5 cm e aponta na direção do número 6 do relógio.

02-(UFAL-AL) A localização de um lago, em relação a uma caverna pré-histórica,


exigia que se caminhasse 200 m numa certa direção e, a seguir, 480 m numa direção
perpendicular à primeira. A distância em linha reta, da caverna ao lago era, em metros,
a) 680
b) 600
c) 540
d) 520 x
e) 500

03-(UDESC) Um "calouro" do Curso de Física recebeu como tarefa medir o


deslocamento de uma formiga que se movimenta em uma parede plana e vertical. A
formiga realiza três deslocamentos sucessivos:
1) um deslocamento de 20 cm na direção vertical, parede abaixo;
2) um deslocamento de 30 cm na direção horizontal, para a direita;
3) um deslocamento de 60 cm na direção vertical, parede acima.
No final dos três deslocamentos, podemos afirmar que o deslocamento resultante da
formiga tem módulo igual a:
a) 110 cm
b) 50 cm x
c) 160 cm
d) 10 cm

01-(UFB) Observe a figura a seguir e determine quais os vetores que:

a) tem a mesma direção.


b) tem o mesmo sentido.
c) tem a mesma intensidade (módulo)
d) são iguais.
02-(UFB) Quantos sentidos possui uma direção?
03-(FGV-SP) São grandezas escalares:
a) tempo, deslocamento e força
b) força, velocidade e aceleração
c) tempo, temperatura e volume
d) temperatura, velocidade e volume
e) tempo, temperatura e deslocamento
04- (Cefet-PR) Verifique quais são as grandezas escalares e vetoriais nas
afirmações abaixo.

1) O deslocamento de um avião foi de 100 km, na direção Norte do Brasil.


2) A área da residência a ser construída é de 120,00 m2.
3) A força necessária para colocar uma caixa de 10 kg em uma prateleira é de
100 N.
4) A velocidade marcada no velocímetro de um automóvel é de 80 km/h.
5) Um jogo de futebol tem um tempo de duração de 90 minutos.

Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta.


a) vetorial, vetorial, escalar, vetorial, escalar. b) vetorial, escalar, escalar,
vetorial, escalar.
c) escalar, escalar, vetorial, vetorial, escalar. d) vetorial, escalar,
vetorial, vetorial, escalar.
e) escalar, escalar, vetorial, escalar, escalar.

05-(UEPG-PR) Quando dizemos que a velocidade de uma bola é de 20m/s,


horizontal e para a direita,

estamos definindo a velocidade como uma grandeza:

06-(UESC-BA) Desprezando-se a força de resistência do ar, a aceleração de


queda de um corpo nas proximidades da superfície terrestre é,
aproximadamente, igual a 10m/s2.
Nessas condições, um corpo que cai durante 3 segundos, a partir do repouso,
atinge o solo com velocidade igual a v, após percorrer, no ar, uma distância h.
a) Das grandezas físicas citadas, têm natureza vetorial:
a) aceleração, velocidade e força;
b) força, aceleração e tempo;
c) tempo, velocidade e distância;
d) distância, tempo e aceleração;
e) velocidade, força e distância.
Exercícios de vestibulares sobre adição de vetores
07-(UFMG) Uma pessoa sai para dar um passeio pela cidade, fazendo o
seguinte percurso: sai de casa e anda 2 quarteirões para o Norte; dobra à
esquerda andando mais 2 quarteirões para Oeste, virando, a seguir, novamente
à esquerda e andando mais dois quarteirões para o Sul. Sabendo que cada
quarteirão mede 100m, o deslocamento da pessoa é:
a) 700m para Sudeste
b) 200m para Oeste
c) 200m para Norte
d) 700m em direções variadas
e) 0m
08-(UFC-CE) Analisando a disposição dos vetores BA, EA, CB, CD e DE,
conforme figura a seguir, assinale a alternativa que contém a relação vetorial
correta.

a) CB + CD + DE = BA + EA
b) BA + EA + CB = DE + CD
c) EA – DE + CB = BA + CD
d) EA – CB + DE = BA – CD
e) BA – DE – CB = EA + CD
09-(PUC-RJ) Os ponteiros de hora e minuto de um relógio suíço têm,
respectivamente, 1 cm e 2 cm. Supondo que cada ponteiro do relógio é um
vetor que sai do centro do relógio e aponta na direção dos números na
extremidade do relógio, determine o vetor resultante da soma dos dois vetores
correspondentes aos ponteiros de hora e minuto quando o relógio marca 6
horas.
a) O vetor tem módulo 1 cm e aponta na direção do número 12 do relógio.
b) O vetor tem módulo 2 cm e aponta na direção do número 12 do relógio.
c) O vetor tem módulo 1 cm e aponta na direção do número 6 do relógio.
d) O vetor tem módulo 2 cm e aponta na direção do número 6 do relógio.
e) O vetor tem módulo 1,5 cm e aponta na direção do número 6 do relógio.
10-(CFT-CE) Para se posicionar frente ao gol adversário, um jogador efetua
deslocamentos rápidos e

sucessivos em linha reta,com módulos de 1,8 m e 2,4 m, deixando


completamente para trás a defesa oponente. Para que o deslocamento
resultante da bola seja de 3,0m, o ângulo entre estes deslocamentos deve ser
de:
a) 0° b) 30° c) 60° d)
90° e) 120°
11-(CFT-CE) Dados os vetores “a”, “b”, “c”, “d” e “e” a seguir representados,
obtenha o módulo do vetor soma:

a) zero b) √20 c) 1 d)
2 e) √52
12- (PUC- SP) Os esquemas ao lado mostram um barco retirado de um rio por
dois homens. Em (a) são usadas cordas que transmitem ao barco forças
paralelas de intensidades F1 e F2. Em (b) são usadas cordas inclinadas de 90º
que transmitem ao barco forças de intensidades iguais às anteriores.

Sabe-se que, no caso (a), a força resultante transmitida ao barco tem


intensidade 50kgf e que, no caso (b), tem intensidade de 70kgf. Nessas
condições, determine os esforços desenvolvidos pelos dois homens.
13-(FATEC-SP) Um automóvel percorre 6,0km para o norte e, em seguida
8,0km para o leste. A intensidade do vetor posição, em relação ao ponto de
partida é:

14-(INATEL- MG) – João caminha 3 metros para oeste e depois 6 metros


para o sul. Em seguida, caminha 11 metros para leste. Em relação ao ponto de
partida, podemos afirmar que João está:
a) a 10 m para sudeste;
b) a 10 m para sudoeste;
c) a 14 m para sudeste;
d) a 14 m para sudoeste;
e) a 20 m para sudoeste.
15-(UEL-PR) Na figura a seguir estão desenhados dois vetores ( e ). Esses
vetores representam deslocamentos sucessivos de um corpo. Qual é o módulo
do vetor igual a + ?

16-(MACKENZIE-SP) Com seis vetores de módulo iguais a 8u, construiu-se


o hexágono regular abaixo. O módulo do vetor resultante desses seis vetores
é:

17-(URCAMP-RS) No sistema plano figurado, representamos os vetores R


iguais em módulo. Calcule
a intensidade do vetor soma.
18-(FCC-SP) Qual é a relação entre os vetores, , , ,e representados
abaixo?

a) .
b) .
c) .
d) .
e) .
19–(UnB-DF) Sobre a composição dos vetores a seguir podemos dizer que:

a) .
b) .
c) .
d) .
20-(UnB-DF) É dado o diagrama vetorial da figura. Qual a expressão correta?
a) .
b) .
c) .
d) .
e) .
21-(UnB-DF) Considere um relógio com mostrador circular de 10 cm de raio
e cujo ponteiro dos minutos tem comprimento igual ao raio do mostrador.
Considere esse ponteiro como um vetor de origem no centro do relógio e
direção variável. O módulo da soma dos três vetores determinados pela
posição desse ponteiro quando o relógio marca exatamente 12 horas, 12 horas
e 20 minutos e, por fim, 12 horas e 40 minutos é, em cm, igual a:
a) 30.
b) .
c) 20.
d) zero.
22-(UNEB-BA) Um jogador de golfe necessita de quatro tacadas para colocar
a bola no buraco. Os quatro deslocamentos estão representados na figura
abaixo.

Sendo d1 = 15 m, d2 = 6,0 m, d3 = 3,0 m e d4 = 1,0 m, a distância inicial da


bola ao buraco era, em metros, igual a:

23-(UEL-PR) Dados os vetores , , , e de mesmo módulo, qual das


relações abaixo está correta?
24-(UFRN) – A figura abaixo representa os deslocamentos de um móvel em
várias etapas.

Cada vetor tem módulo igual a 20 m. A distância percorrida pelo móvel e o


módulo do vetor deslocamento são, respectivamente:
a) 20√5m e 20√5m b) 40 m e 40√5m c) 100 m e 20√5m d)
20√5m e 40 m e) 100 m e 40√5m
25-(UCSal-BA) Dado o conjunto de vetores, marque V para as questões
verdadeiras e F para as falsas.

26– (Fatec-SP) Sobre o corpo C atuam duas forças e , conforme esquema.


O diagrama que fornece a resultante é:
27-(Ufc-CE) Na figura a seguir, onde o reticulado forma quadrados de lado
L=0,50cm, estão desenhados dez vetores, contidos no plano xy. O módulo da
soma de todos esses vetores é, em centímetros:

28-(MACKENZIE-SP) A resultante dos vetores mostrados na


figura é:

29-(UNIUBE-MG) Qual é o módulo da resultante da soma dos vetores


representados abaixo?

a) 2,0u
b) 3,5u
c) 4,0u
d) 7,0u
e) 8,0u
30-(PUC-BA) Nas figuras seguintes estão representados pares de vetores
e nos quais cada segmento orientado está subdividido em segmentos
unitários.

Quais destes pares têm a mesma resultante?


31-(UNESP-SP) A figura mostra, em escala, duas forças e , atuando num
mesmo ponto material P.

a) Represente na figura reproduzida a força , resultante das forças e , e


determine o valor de seu módulo , em newtons.
b) Represente, também na mesma figura, a força , de tal modo
que .
32-(FATEC-SP) Duas forças têm intensidades F1=10N e F2=15N. O módulo
da resultante da soma vetorial desses dois vetores, não pode ser:

33-(FATEC-SP) No gráfico anexo estão representados três vetores .


Os vetores e são unitários. Analise as informações:
34-(PUC-RJ) Um veleiro deixa o porto navegando 70 km em direção leste.
Em seguida, para atingir seu destino, navega mais 100 km na direção
nordeste. Desprezando a curvatura da terra admitindo que todos os
deslocamentos são coplanares, determine o deslocamento total do veleiro em
relação ao porto de origem.
(Considere √2 = 1,40 e √5 = 2,20)
a) 106 km
b) 34 km
c) 154 km
d) 284 km
e) 217 km
35-(UFPB-PB) Uma bola de bilhar sofre quatro deslocamentos sucessivos
representados pelos vetores apresentados no diagrama abaixo.

36-(UFAL-AL) A localização de um lago, em relação a uma caverna pré-


histórica, exigia que se caminhasse 200 m numa certa direção e, a seguir, 480
m numa direção perpendicular à primeira. A distância em linha reta, da
caverna ao lago era, em metros,
a) 680
b) 600
c) 540
d) 520
e) 500
37-(UFPB-PB) Considere os vetores , e , nos diagramas numerados de I
a IV.

Os diagramas que, corretamente, representam a relação vetorial = – são


apenas:
a) I e III
b) II e IV
c) II e III
d) III e IV
e) I e IV
38-(UEG-GO) Considerando que os vetores , e satisfazem à equação
vetorial + = e seus módulos estão relacionados pela equação escalar A
+ B = C, responda ao que se pede.
a) Como está orientado o vetor A em relação ao vetor B? Justifique o seu
raciocínio.
b) Considere agora que a relação entre os seus módulos seja dada por A2 +
B2 = C2.
Qual seria a nova orientação do vetor B em relação ao vetor A? Justifique seu
raciocínio.
39– (FUVEST-SP) Um viajante saiu de Araripe, no Ceará, percorreu,
inicialmente, 1.000 km para o
sul, depois 1.000 km para o oeste e, por fim, mais 750 km para o sul. Com
base nesse trajeto e no mapa acima, pode-se afirmar que, durante seu
percurso, o viajante passou pelos estados do Ceará,
a) Rio Grande do Norte, Bahia, Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro, tendo
visitado os ecossistemas da Caatinga, Mata Atlântica e Pantanal. Encerrou sua
viagem a cerca de 250 km da cidade de São Paulo.
b) Rio Grande do Norte, Bahia, Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro, tendo
visitado os ecossistemas da Caatinga, Mata Atlântica e Cerrado. Encerrou sua
viagem a cerca de 750 km da cidade de São Paulo.
c) Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Goiás e São Paulo, tendo visitado os
ecossistemas da Caatinga, Mata Atlântica e Pantanal. Encerrou sua viagem a
cerca de 250 km da cidade de São Paulo.
d) Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Goiás e São Paulo, tendo visitado os
ecossistemas da Caatinga, Mata Atlântica e Cerrado. Encerrou sua viagem a
cerca de 750 km da cidade de São Paulo.
e) Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Goiás e São Paulo, tendo visitado os
ecossistemas da Caatinga, Mata Atlântica e Cerrado. Encerrou sua viagem a
cerca de 250 km da cidade de São Paulo.

Instrução: As questões 40 e 41 devem ser respondidas com base na situação


física descrita a seguir.
No esquema apresentado na figura abaixo, uma partícula de poeira cósmica,
cuja massa é igual a 2,0 g, move-se livremente de norte para o sul, com
velocidade de módulo igual a 1,2 km/s. No instante visualizado nesse
esquema (t = 0), passam a atuar sobre essa partícula as forças A, B e C nele
representadas, sendo todas elas constantes.

Considere também que os valores numéricos associados aos eixos “norte” e


“leste” referem-se à unidade de força do Sistema Internacional: newton (N).
40-(IFNMG-MG)
O módulo da velocidade da partícula no instante t = 1,0 s, expresso em km/s,
está corretamente apresentado na alternativa:
A) 1,3
B) 2,4
C) 1,0
D) 1,8
41-(IFNMG-MG)
No instante t = 1,0 s, as forças A, B e C deixam de atuar na partícula. Nessas
condições, a forma da trajetória da partícula, desde t = 0, está corretamente
descrita na alternativa:
A) Retilínea, desde t = 0, e ainda retilínea, após t = 1,0 s.
B) Inicialmente circular e, após 1,0 s, retilínea.
C) Inicialmente circular e, após 1,0 s, parabólica.
D) Inicialmente parabólica e, após t = 1,0 s, retilínea.
42-(AFA) Os vetores , na figura abaixo, representam, respectivamente,
a velocidade do vento medida em relação ao solo e a

velocidade de um avião em pleno vôo, medida em relação ao vento.


Sabendo-se que o movimento resultante do avião acontece em uma direção
perpendicular à direção da velocidade do vento, tem-se que o cosseno do
ângulo θ entre os vetores velocidades , em módulo, vale
a) B/A
b) A/B
c) – A/B
d) – A.B