Anda di halaman 1dari 1

Resumo do livro “Sucesso”

Sucesso não é necessariamente alcançar um status financeiro razoável, e sim, fazer a vida
toda o que mais lhe dá satisfação, contribuindo para um mundo melhor. O dinheiro não é
algo bom ou ruim, é uma energia volátil, que muda de mão facilmente, de forma que o
problema se encontra no apego a ele e no seu mau uso. Assim, ainda que seja muito nobre
fazer filantropia, só se deve realizá-la aquele que tiver primeiramente sucesso.

O sucesso é obtido através da ação efetiva, e há algumas atitudes que o predispõem. A


proposta comportamental do DeRose Method, através de seus conceitos, acaba por
transformar o mundo através da civilidade. O insucesso, por outro lado, também é
conseguido através de atitudes, como por exemplo, o constante descontentamento, enxergar
a vida através de uma ótica egocêntrica, indispor-se com os outros, entre outras atitudes. A
atitude determina qual o tipo de classe de cada um também. Outro sinal que denota sucesso
é a forma como se trata qualquer papel, aquele que trata bem tem maiores chances de ser
bem sucedido.

Trabalhar deve ser estimulante e não, como se espera, algo desagradável e sofrido. E para
que assim seja, devemos atuar como profissional liberal ou empresário, trabalhando por um
ideal pessoal nosso. O DeRose Method não possui funcionários, mas adota o coworking
como forma de trabalho. Esse modelo foca não somente no lucro, mas também na sociedade
que dele nasceu. O empresário trabalha mais que o empregado, que por sua vez se
assemelha a um escravo assalariado. E empreendedor tem uma polaridade ativa, e está
sempre buscando gerar ideias. No mais, assim como a escravidão, o conceito de emprego e
a relação patrão/empregado está obsoletos. Além disso, a faculdade se destina a pessoas que
querem ser empregadas (ou que amam a carreira que decidiram cursar).

Não se deve largar a legalização da empresa a despachantes, a contabilidade ao contador, e


tampouco a administração da empresa na mão de charlatões. No caso do contador, deve-se
fazer um controle para saber se ele realmente está trabalhando. Além disso, sociedade não
dá certo.

Se for entrar na profissão nova mantendo a antiga, a nova não deslanchará nunca. Passar
fome e ter inimigos também são fatores que nos tiram da zona de conforto, nos levando a
trabalhar e criar mais. Não devemos nos vender por um preço, deixando de realizar nossos
sonhos. Mas devemos diversificar nossas fontes de renda aumentando os nossos ativos,
criando produtos físicos, por exemplo, pois o serviço é pouco valorizado no Brasil. Mesmo
assim, devemos cobrar preços condignos com a nossa profissão para valorizá-la. Para ter
sucesso, devemos ser éticos, honestos, ter liderança sem perder a cordialidade, seguir o
juramento do Método DeRose, buscar qualidade de vida, adotar uma linguagem correta,
aprender a lidar com os próprios erros, seguir os axiomas, adotar uma atitude afirmativa,
saber arriscar — principalmente nas crises — vencer a preguiça, entre muito mais.

Bárbara Robles Villela